Page 50

Os estudos bioquímicos e microbiológicos indicam que o processo de degradação anaeróbica é realizado em quatro etapas principais (hidrolise, acidogênese, acetogênese e metanogênese) e nele intervém muitas famílias de microrganismos. Especificamente, são as bactérias metanogênicas as que produzem o biogás. Desta forma, a digestão anaeróbica como método de tratamento de resíduos permite obter um gás com alto conteúdo energético que pode ser facilmente aproveitável, bem como um produto final mais estabilizado (digestores ou biol), com inferior conteúdo de matéria orgânica, que pode ser utilizado como fertilizante. O objetivo básico da tecnologia é manter a maior atividade bacteriana possível no digestor, porque estes microrganismos são os maiores responsáveis pela transformação. Para tanto é fundamental controlar os parâmetros de operação e controle do processo, a fim de que se mantenham dentro das gamas adequadas. A digestão anaeróbica constitui, portanto, uma boa alternativa para tratar resíduos com elevada matéria orgânica biodegradável (Nallathambi, 1997; Mata-Álvarez et al., 2000; Baraza et al., 2003) como os vistos no capitulo 2. Portanto, este tratamento está indicado para águas residuais agroindustriais, com alta carga de matéria orgânica biodegradável (resíduos procedentes de açucareiras, alcooleiras, destilarias, conservas, papeleiras, etc.) (Do Toro, 2001), resíduos agrícolas e pecuários (chorume, esterco, resíduos de matadouro, etc.) (Gannon, et al., 1994; Mahony, et al., 2002) e resíduos urbanos que compreendem tanto a fração orgânica dos resíduos sólidos (Tchobanoglous et al., 1994), quanto os lodos de depuradora de águas residuais urbanas (Choi, 1997). Ademais, este tratamento também está indicado para mesclas de resíduos orgânicos de diferente origem e composição, aproveitando a sinergia das mesclas e compensando as carências de cada resíduo separadamente, no que se conhece como codigestão anaeróbica (Sosnowski et al., 2003). Ademais, sua utilização implica uma série de benefícios não só ambientais e energéticos, mas outros que estão implícitos nas características da própria tecnologia e que tornam atrativa sua aplicação no meio rural.

O Biogás

44

Biogasconteudo extensivo pt  

Programa de Capacitação em Energias Renováveis Fonte: ONUDI

Biogasconteudo extensivo pt  

Programa de Capacitação em Energias Renováveis Fonte: ONUDI

Advertisement