Page 1

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA CENTRO DE EDUCAÇÃO SUPERIOR NORTE/RS CURSO DE COMUNICAÇÃO SOCIAL – HAB. RELAÇÕES PÚBLICAS ÊNFASE EM MULTIMÍDIA

MEMÓRIAS DO CLUBE RECREATIVO CULTURAL HARMONIA – EXPOSIÇÃO FOTOGRÁFICA

Aline Godoy Bicca Candida Cavalheiro Schwaab Hoana Talita Gehlen Jordana Casarim da Rosa Verônica Gomes Marandini

FREDERICO WESTPHALEN/RS, MAIO DE 2012


Lista de Figuras Figura 1.........................................................................................................................................6

Sumário INTRODUÇÃO .......................................................................................................................... 3 1 APRESENTAÇÃO DA INSTITUIÇÃO ................................................................................ 3 1.1 Razão Social ..................................................................................................................... 3 1.2 Endereço ........................................................................................................................... 3 1.3 Histórico............................................................................................................................ 4 1.4 Negócio ............................................................................................................................. 5 1.5 Estrutura administrativa .................................................................................................... 5 2 ANÁLISE SITUACIONAL .................................................................................................... 6 3 OBJETIVO .............................................................................................................................. 8 4 PÚBLICO ALVO .................................................................................................................... 8 5 JUSTIFICATIVA .................................................................................................................... 8 6 AÇÃO ESTRATÉGICA ....................................................................................................... 10 7 CRONOGRAMA .................................................................................................................. 11 8 RECURSOS .......................................................................................................................... 12 REFERÊNCIAS ....................................................................................................................... 14 APÊNDICES ............................................................................................................................ 15 Apêndice 01 – Banner ........................................................................................................... 16 Apêndice 02 – Convite ......................................................................................................... 17 Apêndice 03 – Release ACIRP e DA HORA .................................................................... 188


INTRODUÇÃO

Este projeto é um trabalho desenvolvido na matéria de Assessoria e Consultoria do curso de Relações Públicas ênfase em Multimídia da Universidade Federal de Santa Maria do campus de Frederico Westphalen/RS, no qual temos o Clube Recreativo Cultural Harmonia (CRCH) como cliente, e tem por finalidade o desenvolvimento de uma ação em prol deste para auxiliar na soma de atividades que vem sendo feitas para a sua reestruturação. O intuito desta ação é a realização de uma divulgação para a propagação da história e memórias do Clube que será feita através de uma exposição de fotográficas, que tem como objetivos atrair os antigos sócios para que relembrem bons momentos vividos e também para quem não é sócio ou não conhece a história poder conhecer e despertar o interesse em fazer parte do CRCH. Para tanto, iremos trabalhar em parceria com o Clube Harmonia para o desenvolvimento desta ação para a captação de fotos antigas, de recursos para o desenvolvimento da ação e para que haja o contato com pessoas que vivenciaram a época e possam auxiliar no contexto histórico das imagens. Através dessas ações pretendemos estar disseminando o nome do Clube Recreativo Cultural Harmonia na cidade de Frederico Westphalen e região para resaltar sua importância e valor histórico agregado a ele.

1 APRESENTAÇÃO DA INSTITUIÇÃO 1.1 Razão Social Clube Recreativo e Cultural Harmonia

1.2 Endereço Rua José Cañellas, nº 88, Centro. CEP: 98.400-000 – Frederico Westphalen/RS.


1.3 Histórico Na década de 1930 o Brasil estava vivendo uma situação econômica e política de expansão e modificações sociais. As camadas sociais iniciaram movimentações em prol de seus direitos, como mudanças no sistema eleitoral, reivindicavam seus direitos trabalhistas através das instaurações de sindicatos. Este cenário de desenvolvimento social influenciou o crescimento das cidades interioranas e também a industrialização. Este contexto de expansão influenciou também o crescimento dos municípios do norte do estado do Rio Grande do Sul, e um deles foi Frederico Westphalen, que se expandiu a partir da chegada dos colonizadores advindos das “terras velhas”, na região de Caxias do Sul. Estes vieram em busca de terras mais férteis e qualidade de vida aos familiares. Todo este movimento social aconteceu entre os anos de 1918 à 1939. Os colonizadores eram especializados profissionalmente em várias áreas como: funcionários da Secretaria Estadual do Estado, engenheiros, agrimensores, auxiliares de corda, auxiliares de administração, entre outros. Por possuírem uma formação mais aprimorada e qualificada, e por advirem de cidades maiores necessitavam de um local de entretenimento e lazer. E foi assim que o Clube Recreativo Cultural Harmonia foi idealizado. Assim, no dia 26 de dezembro de 1936, no salão de discussões da empresa Camargo & Borges Ltda, um grupo de pessoas resolveu fundar o Clube. A primeira diretoria foi formada pelo presidente honorário José Muniz Reis e presidente efetivo Garibaldi Freire, além de outros cargos como secretário, tesoureiro e orador oficial. Em 09 de janeiro de 1937 o Clube iniciou oficialmente as suas atividades com o baile de posse da diretoria. No ano de 1961 o CRCH comemorou o seu Jubileu de Prata, o que motivou os sócios a iniciarem a “Campanha de Fundos” para a construção da sede própria. Até então o Clube utilizava as dependências da empresa Camargo & Borges Ltda, onde hoje se localiza a loja Germano de Cesaro, no centro da cidade. Dois anos mais tarde, em 19 de março de 1963 foi iniciada outra “Campanha de Fundos” mas, desta vez, para a aquisição das aberturas do prédio. Mais tarde, em 1973 foi realizada a compra das tintas para a pintura, com recurso proveniente também de uma Campanha. Estes momentos de mobilização dos sócios estão comtemplados no Livro de Ouro, destinado especialmente para o controle dos valores adquiridos com as Campanhas. Ao longo de sua história o clube desenvolveu várias atividades sociais e culturais que geraram o envolvimento da sociedade Frederiquense. Entre estas


atividades as mais significantes foram os Bailes do Branco, Bailes do Ano Novo, Bailes de Carnaval, Bailes da Pelúcia, Bailes de Debutantes, entre outros tantos que fizeram o clube construir uma história e uma tradição inabalável não apenas em Frederico Westphalen, mas em toda a região. Atualmente, o clube está se reinserindo no círculo de clubes voltados ao lazer e entretenimento da região, disponibilizando aos seus sócios dois salões para festas no centro da cidade, e também uma área de lazer localizada no interior do município com uma infraestrutura que conta com duas piscinas, quadra de vôlei e futebol.

1.4 Negócio Prestação de Serviço em Lazer e Entretenimento

1.5 Estrutura administrativa (Organograma/terceirizados/parceiros)


Figura 1: Organograma do CRCH. Fonte: Autoras do trabalho. 2 ANÁLISE SITUACIONAL

O Clube Recreativo Cultural Harmonia é o clube mais antigo da cidade de Frederico Westphalen/RS, e na época de sua fundação era o único clube da região do Médio Alto Uruguai. Esse fator contribuiu para atrair muitos sócios já que, muitas pessoas da comunidade provinham de outras cidades e sentiam falta de ter um ambiente de lazer. Porém, com o passar dos anos e com o crescimento da cidade e da região


outros Clubes foram se estabelecendo e o Clube Harmonia começou a ter concorrentes, mas continuou sustentando o título de Clube mais tradicional da cidade. Com a instalação e fortalecimento de quatro instituições de ensino superior no município, a Universidade Federal de Santa Maria (UFSM) , Universidade Regional Integrada (URI), Universidade Estadual do Rio Grande do Sul (UERGS), Universidade Norte do Paraná (UNOPAR) a quantidade de casas noturnas também aumentou, embora o Clube ainda fosse procurado para promoção de festas universitárias. A situação econômica da população também sofreu alterações e o Clube não conseguiu mais sustentar os bailes de gala. Por não realizar mais nenhum evento próprio e não oferecer outros diferenciais dos sete outros clubes da cidade: a Aquática1, o Ipiranga2, o Itapagé3, o Serrano4, a SOESBA5, a AABB6 e a AFUCOPER7 que trazem aos seus sócios, de maneira geral: academia, sauna, amplas instalações, salões de festas reformados, piscinas e uma boa localização, o Clube Harmonia foi perdendo o engajamento dos sócios, bem como, a possibilidade de conquistar outros. Além disso, outro fator que corrobora para a falta de frequência dos sócios ao clube deve-se ao fato das piscinas estarem lotadas na sede Campestre, que fica retirada do centro da cidade, restando na sede Central: três salões de festas, sendo que dois estão desativados, e um bolão com placar eletrônico. O Clube acabou não se atualizando e não atendendo as demandas, desse modo continuou a perder mais sócios, além daqueles que desistiram de pagar em dia suas mensalidades levando a uma situação complicada, pois sem recurso financeiro não havia como fazer as devidas melhoras nas estruturas. Dentre as melhorias mais urgentes estavam: a pintura externa da sede Central, a reforma dos salões de festa, e a troca de equipamentos estragados. Com a eleição para a nova diretoria, o plano era reestruturar e tentar mudar a imagem que o Clube tinha de decadente. O primeiro passo foi fazer com que os antigos sócios voltassem a frequentar e que acertassem suas dívidas, todas foram negociadas e com a ajuda do empresariado foi possível começar a restaurar o salão de festas principal e o salão secundário e começar a pensar na pintura da parte externa. A Diretoria também 1

Sociedade Aquática Barrilense Esporte Clube Ipiranga 3 Esporte Clube Itapagé 4 Clube Esportivo Serrano 5 Sociedade Esportiva Barrilense 6 Assossiação Atlética Banco do Brasil 7 Associação dos funcionários da Cooperativa Tritícola de Frederico Westphalen 2


decidiu voltar a realizar eventos próprios do Clube para arrecadar fundos, um exemplo é o baile de páscoa e o carnaval de inverno.

3 OBJETIVO Propagar a história do Clube Recreativo Cultural Harmonia (CRCH).

3.1 Objetivos Específicos  Realizar uma exposição fotográfica;  Instigar os antigos sócios a regularizar a sua situação com o Clube;  Dar visibilidade ao CRCH.

4 PÚBLICO ALVO O Público alvo deste evento é a comunidade de Frederico Westphalen e região e todos os que se interessarem em conhecer a história do Clube Harmonia além da imprensa e autoridades locais.

5 JUSTIFICATIVA Ao realizarmos essa ação estaremos exercendo a atividade primordial do Relações Públicas que é a comunicação entre a organização e seus públicos e também, estaremos divulgando a trajetória do Clube Harmonia, que desde 1936 faz parte da história da cidade de Frederico Westphalen. Conforme nos diz Cesca (2008) as Relações Públicas têm por objetivo manter um bom relacionamento entre a organização em que atua e seus diversos públicos e dentre suas principais atividades esta a de assessoria e consultoria à empresas, organizações públicas e/ou privadas ou a uma pessoa em particular. A assessoria e consultoria sugere à alta administração políticas para os setores da organização que trabalham com a opinião


pública, como: publicidade institucional, políticas de relações públicas, de relações industriais, de marketing e políticas no tratamento com os diversos setores da opinião pública. Para Duarte (2010) a assessoria é essencialmente, a administração do fluxo de informações e relacionamento entre fontes de informação e imprensa. Isso significa que o assessor de comunicação é um elo entre a organização e os meios de comunicação. Ele é fundamental para gerir este relacionamento, sendo que este só irá acontecer se o assessor de comunicação desenvolver um planejamento estratégico da comunicação, para que possa através deste elencar o que é importante e viável para a organização em termos de comunicação e envolvimento com seus diversos públicos. Para realizarmos essa ação juntamente com o Clube Harmonia precisamos efetivar a atividade de assessoria e consultoria a que nos referimos aqui. Onde focamos nossos objetivos em apenas um segmento, e não na empresa como um todo; a exposição foi o meio que escolhemos para dar maior visibilidade e conhecimento ao Clube. A organização de eventos esta entre as atividades que contribuem para a divulgação e consolidação da imagem organizacional de uma empresa, essa atividade cresce e se torna conhecida cada vez mais por apresentar um reconhecimento vantajoso e proporcionar melhores relações entre a empresa e seus públicos, stakeholders, mídia e etc. Para essa divulgação a que nos propomos, foi pensado um evento institucional onde o foco é despertar a atenção para o Clube. Sabendo da importância que os eventos têm e da grande visibilidade que eles proporcionam Cesca (2008, p.20) fala que:

Evento é um fato que desperta a atenção, podendo ser notícia e, com isso, divulgar o organizador. Para as relações públicas, evento é a execução do projeto devidamente planejado de um acontecimento, com o objetivo de manter, elevar ou recuperar o conceito de uma organização junto a seu público de interesse.

Segundo Matias (2010) o evento é um conjunto de atividades desenvolvidas com o objetivo de se alcançar um público alvo. No caso do evento que estaremos realizando, ele será aberto e de cunho cultural. Após todo um planejamento tático de qual forma seria a mais aconselhada para a divulgação do Clube, foi pensando então, em uma exposição fotográfica. De acordo com a conceituação de Cesca (2008), uma exposição é fixa, com o único objetivo de divulgação. Matias (2010, p. 111) Coaduna-se com a conceituação de Cesca (2008), afirmando que uma “exposição é uma exibição pública de produção artística, industrial, técnica ou cientifica” com objetivos delimitados.


A partir das conceituações apresentadas, justificamos nosso trabalho pela importância que a exposição fotográfica: “Memórias do Clube Harmonia” traz ao resgate histórico e cultural que o Clube representa para a cidade de Frederico Westphalen. Por ser o clube mais antigo da região, resgatar a história do clube, significa resgatar a historia de Frederico Westphalen, relembrar épocas e despertar o sentimento saudosista da comunidade e dos antigos sócios do clube ao relembrar a sua trajetória e além de resgatar pessoas e histórias, instigar outras pessoas a fazer parte de tantos momentos importantes e convidá-los a continuarem construindo a história do Clube. Para que este resgate histórico obtenha êxito, realizaremos uma exposição de fotos que foi a forma mais singela e eficiente que a assessoria encontrou para demonstrar a sua relevância para à cidade.

6 AÇÃO ESTRATÉGICA A ação consiste em uma exposição das fotos antigas, que contam a história do Clube Harmonia desde a sua fundação, apresenta fotos dos eventos, festas, bailes, obras de ampliação e atrações que foram desenvolvidas durante todo o período de sua existência até os dias atuais. A exposição acontecerá nas dependências da loja Vitrola, um espaço que além de livraria, locadora, distribuidora e café ainda apoia a propagação da cultura local, situada no Centro da cidade de Frederico Westphalen/RS. A intenção da realização deste evento é atingir sócios e futuros sócios do CRCH para divulgar e propagar os momentos gloriosos que foram vividos e atrair a atenção da sociedade para um local que muito representa a própria historia da cidade de Frederico Westphalen, por ser o clube mais antigo e ter sido referencia regional como Clube modelo. A exposição será realizada do dia vinte e cinco (25) de maio ao dia trinta (30) de maio e contará com vinte e duas (22) fotos históricas do Clube. Para abertura do evento serão convidadas autoridades locais, a imprensa, professores do Departamento de Comunicação Social (UFSM/Cesnors), a diretoria do Clube além dos sócios para prestigiar as fotos expostas.


Para a abertura oficial da exposição será realizado um cerimonial, contendo o discurso do presidente do Clube, do historiador Wilson Ferigollo8, da orientadora deste trabalho e de uma acadêmica representando o grupo de acadêmicas. Para dar uma identidade visual ao event, produziremos um banner (apêndice 01) para situar o tema da exposição para quem chega no local do evento, além da criação de um convite (apêndice 02) nos moldes da identidade do evento para os convidados. As composições do banner e do convite terão um arranjo de elementos antigos como molduras e letras caligrafadas que lembre a questão de “memórias” como remete o nome da exposição, as cores utilizadas para reforçar esta questão será a cor dourada que está associada à riqueza, algo majestoso e nobre, além de trazer charme e construir confiança, poder e inteligência. A cor preta será utilizada para transmitir sensação de sofisticação e elegância além de nobreza e distinção, e por fim o branco que trás o estímulo a humildade e claridade. Com essas características procuramos representar o evento. As fotos utilizadas serão coletadas do acervo do clube, do historiador local Wilson Ferigollo e de pessoas da comunidade que tenham registros do Clube em momentos importantes. O desenvolvimento do banner e convite será desenvolvido pelas acadêmicas que estão assessorando. Contudo, será necessária a coleta de patrocínio externo para que seja possível realizar o escaneamento e impressão das fotos em tamanho 20x30 além da impressão para o banner em tamanho 80cmx1,20m e os convites em tamanho 09cmx20cm.

7 CRONOGRAMA

Dia

Atividade

16 á

23 á

30 de

7 á 13

14 á

21 á

25

30

22

29 de

Abril

de

20 de

24

de

de

10

de

Abril

á 6 de

Maio

Maio

de

Maio

Abril

Maio

Elaboração do Projeto

X

X

Levantamento de

X

X

8

Maio jun

Maio

Wilson Ferigollo é historiador de Frederico Westphalen e está escrevendo um livro sobre a história do Clube


preços Autorização da Diretoria do CRCH para execução Escolha das fotos á serem expostas Escaneamento e reparos nas fotos Envio das fotos para impressão Elaboração das legendas das fotos, textos explicativos e Banner do Projeto Organizaçãofotos e montagem das legendas Montagem da exposição Abertura Desmontagem da exposição Ofícios de agradecimentos Relatório Final

X

X X X

X

X X X X X X

8 RECURSOS RECURSOS HUMANOS Descrição

Quantidade

Valor

Professora

01

Voluntária

Acadêmicos de Relações Públicas

5

Voluntárias

Autoridades, imprensa, sócios e futuros sócios do CRCH.

30

Convidados


RECURSOS FÍSICOS Descrição Vitrola

Quantidade 01

Valor Apoio

RECURSOS MATERIAIS Descrição

Quantidade

Valor

Fotos

22

Apoio Eder Silva Photo9

Pedestal para fotos

10

Apoio Vitrola

Legenda para fotos

22

Apoio das acadêmicas de Relações Públicas

RECURSOS FINANCEIROS Descrição

Quantidade

Banner

01

Convites

60

Valor Apoio Contraço10 Apoio das acadêmicas de Relações Públicas

9 AVALIAÇÃO

A avaliação deste projeto se dará por meio da realização de uma entrevista qualitativa sobre a exposição fotográfica. Serão entrevistados visitantes aleatórios, sem delimitar quantidade de entrevistas e nem o turno em que ela vai acontecer. O resultado dessa entrevista demonstrará a opinião e percepção do público visitante. Também se pretende realizar o clipping do evento como forma de avaliar a divulgação do mesmo, considerando que o principal objetivo deste projeto de intervenção é propagar a história do Clube Recreativo Cultural Harmonia além de dar visibilidade a instituição. O clipping foi escolhido por ser, segundo Simões (1995, p. 182) um 9 10

Eder Silva Photo é fotografo de Frederico Westphalen e apoiador do evento Contraço é uma gráfica de Frederico Westphalen


instrumento de entrada de informação para a organização, permitindo a análise e a interpretação dos dados. A coleta de material será de vinte e um (21) de maio a seis (6) de junho e a análise também será de forma qualitativa, utilizando-se da análise de conteúdo.

REFERÊNCIAS CESCA, Cleuza G. Gimenes. Organização de Eventos: Manual para planejamento e execução- 9 ed. São Paulo: Summus, 2008.

MATIAS, Marlene. Organização de Eventos: Procedimentos e Técnicas -5 ed. Barueri, SP: Manole, 2010.

Significado do Preto. Disponível em: http://www.significadodascores.com.br/significadodo-preto.php Acesso em: 10 de maio de 2012

Significado do Dourado. Disponível em :http://www.significadodascores.com.br/significado-do-dourado.php Acesso em: 10 de maio de 2012

Significado do Branco. Disponível em: http://www.significadodascores.com.br/significado-do-branco.php Acesso em: 10/05/2012

SIMÕES, Roberto Porto. Relações Públicas: função política. 3 ed. ver. e ampl. São Paulo: Summus, 1995.


APÊNDICES


Apêndice 01 – Banner


Apêndice 02 – Convite


Apêndice 3 – Release ACIRP, Setor de Comunicação da UFSM e DA HORA Release para a ACIRP/ DA HORA/ SETOR DE COMUNICAÇÃO DA UFSM

O Clube Recreativo Cultural Harmonia juntamente com os alunos do Curso de Comunicação Social – habilitação em Relações Públicas Multimídia (UFSM) estarão realizando uma Exposição Fotográfica “Memórias do Clube Harmonia”. A abertura da exposição acontecerá no dia 25 de maio de 2012, às 18h na Vitrola. Esta exposição consiste em um Projeto realizado pelos acadêmicos do 6º semestre de Relações Públicas Multimídia da Universidade Federal de Santa Maria, sob a coordenação da professora Drª Lana Campanella e tem como objetivo o resgate histórico do clube através de fotografias. Lembramos que a exposição permanecerá na Vitrola até o dia 30 de maio.

MEMÓRIAS DO CLUBE RECREATIVO CULTURAL HARMONIA – EXPOSIÇÃO FOTOGRÁFICA  

Trabalho apresentado na disciplina de Assessoria e Consultoria RP, na Universidade Federal de Santa Maria, campus de Frederico Westphalen.