Page 106

PEcuária

portugal

Importações de Produtos Animais A apreciação global do ano de 2015, relativamente ao ano anterior, evidencia uma diminuição das importações na maior parte dos segmentos, embora em cada sector haja alguns produtos objeto da estatística que mostram variações contrárias. Assim, nos animais vivos verificou-se uma ligeira diminuição das importações de cerca de 0,5%, a qual se deveu essencialmente à diminuição das importações de bovinos na ordem dos 53,2%, mas também de ovinos e caprinos (-9,2%). A diminuição das importações de animais vivos não se fez sentir só a nível de quantidades importadas, mas também no valor das importações, no qual se registou uma diminuição de 13% do valor global, diminuição esta que se deveu à diminuição em valor de todas as espécies, exceto das aves, mas principalmente dos bovinos. No sector das carnes e miudezas, houve um decréscimo global quer em quantidade importada (-3,8%), quer em valor (-2,4%), no entanto em valor a diminuição foi menor devido ao aumento do preço médio da generalidade das carnes e miudezas, com exceção da carne de suíno e de aves cujo o preço médio diminuiu. Nos produtos lácteos, as importa-

ções também diminuíram 6,3% em quantidade, devido à diminuição de importação de todos os segmentos à exceção do queijo e do iogurte, cuja importação aumentou (10,0% e 4,6%, respetivamente), o que foi acompanhado pela descida em valor (-4,3%), essencialmente devido à diminuição do preço dos diferentes produtos lácteos com exceção do iogurte e do queijo. No caso dos ovos, a quantidade importada aumentou 19,4% de 10 124 tons em 2014 para 12 093 tons em 2015, o que foi acompanhado pelo aumento do valor global da importação de ovos de 16,9%. Nos outros produtos de origem animal verificou-se um aumento das importações de enchidos em quantidade (8,0%) e em valor (1,0%), mas o aumento em valor foi menor do que o verificado em quantidade devido à diminuição do preço por tonelada. A importação de conservas de carne também aumentou quer em quantidade (2,8%), quer em valor (6,1%). No que se refere ao peixe, constatou-se um ligeiro aumento das importações (1,0%) em quantidade, mas um aumento significativo em valor (14,4%), o que se deveu a um aumento bastante significativo do preço por tonelada.

Importação Tons

Produtos

2010

2011

2012

2013

2014

2015*

Principal Origem (% de Valor)

Animais Vivos Bovinos Suínos Ovinos/Caprinos Aves

2 452

2 144

2 560

3 808

3 808

1 591

Espanha

83,3

104 247

117 769

110 896

118 229

118 229

125 057

Espanha

98,5

317

563

1 179

1 374

1 374

1 519

Espanha

96,2

1 935

1 952

3 427

2 683

2 683

4 279

Espanha

50,4

258 333

244 500

250 997

280 879

280 879

306 983

Espanha

69,7

Carnes Miudezas Total Bovina

84 715

77 252

79 629

88 486

88 486

93 806

Espanha

62,2

Fresca

69 889

63 784

67 478

75 957

75 957

81 534

Espanha

62,8

Congelada Suína Ovina/Caprina Aves Miudezas

15 826

14 277

12 151

12 528

12 528

12 173

Espanha

58,3

108 564

100 551

113 356

126 420

126 420

121 731

Espanha

96,9

7 004

6 456

6 487

6 878

6 878

7 033

Espanha

41,2

39 901

42 961

45 953

53 736

53 736

63 917

Espanha

81,5

5 958

5 105

5 572

5 360

5 360

4 837

Espanha

54,3

173 760

180 513

186 274

163 170

163 170

121 364

Espanha

63,5

16 120

17 662

19 784

22 336

22 336

18 652

Espanha

76,5

Leite e Nata Não Concentrado Concentrado Iogurte

93 110

100 613

113 110

111 571

111 571

113 104

Espanha

75,7

Manteiga

10 367

8 834

9 135

11 495

11 495

9 158

Espanha

45,9

Queijo

35 715

34 523

35 347

40 200

40 200

48 524

Espanha

38,9

9 691

10 572

12 314

10 644

10 644

12 093

Espanha

95,7

8 340

8 647

9 344

10 344

10 344

10 757

Espanha

72,0

Ovos Enchidos Conservas de Peixe Peixe * Valores provisórios Fonte: INE/IACA

104

Anuário 2016

19 016

20 778

25 040

24 503

24 503

24 971

Espanha

57,6

355 926

358 480

393 291

421 436

421 436

425 690

Espanha

41,7

Profile for IACA

Iaca2016  

Iaca2016  

Advertisement