Issuu on Google+

FISIOTERAPIA NA PREVENÇÃO DE LINFEDEMA

Trabalho realizado pelo 6º semestre do curso de fisioterapia, disciplina de Dermato Funcional, ministrado pelas professoras Erika Calcagno e Mariana Negrão.

Aliene Vieira Costa RA 1688600 Cecília Fernanda Negrão RA Gabrielle de Andrade Cardoso RA 1643436


Priscila Morales Galhardo RA Marcela Morchio Ribeiro RA1643711 Em alguns casos de câncer de mama, durante a retirada do tumor também é necessário a retirada dos linfonodos da axila do mesmo lado para evitar que as células cancerígenas migrem para outras partes do corpo. Linfonodos são gânglios responsáveis por drenar a linfa para os seios, ou seja, uma troca líquida. No decorrer de uma infecção, esses linfonodos ligados à área afetada aumentam de tamanho e podem muitas vezes ser facilmente palpados e sentidos, são as ínguas.

A retirada dos linfonodos pode causar uma dificuldade de retirar o líquido do braço operado, causando dor, inchaço, desconforto, aumento de possíveis infecções, e conseqüentemente o aparecimento de linfedema de membro superior, ou seja, um acúmulo de líquido (linfa) fazendo com que o braço tenha um aumento de volume.


18 passos para a prevenção do linfedema de membro superior 1. Não ignore qualquer pequeno inchaço no braço, mão ou dedos (consulte o seu médico imediatamente).

2. Nunca tome injeção ou retire o sangue no braço afetado.

3. Verifique a pressão arterial no braço não afetado ou na perna, quando os dois braços estiverem afetados.

4. Mantenha o seu braço sempre limpo. Use loção hidratante após o banho. Tenha certeza de que todas as dobras do braço estejam secas e também entre os dedos.

5. Evite movimentos vigorosos e repetidos com o braço afetado.

6. Evite carregar objetos pesados. Nunca carregue bolsas ou malas por cima do ombro no lado afetado.


7. Não use roupas, jóias ou tiras elásticas no braço afetado.

8. Evite mudanças de temperaturas extremas durante o banho ou ao lavar a louça, e é recomendado evitar saunas e banheiras quentes (ou mantenha o braço afetado do lado de fora). Proteja sempre o braço do sol.

9. Tente prevenir qualquer trauma (machucados, cortes, queimaduras de sol e outras queimaduras, contusões de esporte, picadas de inseto, arranhões de gato) no braço afetado (fique atento a sinais de infecção quando isto ocorrer).

10. Use luvas ao fazer os serviços domésticos, jardinagem ou qualquer outro


tipo de trabalho que possa causar qualquer pequeno machucado.

11. Quando for fazer as unhas, evite retirar cutículas (informe a sua manicure).

12. Exercício é importante, mas consulte o ser fisioterapeuta. Não deixe o seu braço cansado: se sentir dor, repouse e eleve o braço. Exercícios recomendados: andar, nadar, exercícios aeróbicos suaves, andar de bicicleta, e especialmente ballet ou yoga.

13. Quando viajar de avião, use uma braçadeira de compressão feita sob medida.

14. Pacientes com mamas grandes devem usar próteses mamárias leves (próteses pesadas podem colocar muita pressão nos gânglios do pescoço). Use tiras/alças macias sobre o ombro. 15. Use um aparelho elétrico para remover os pelos da axila. Tenha o seu próprio aparelho e troque-o sempre que necessário. 16. Pacientes com linfedema devem usar uma braçadeira de compressão feita sob medida durante todo o tempo em que estiverem andando. Faça o controle com seu fisioterapeuta a cada 4-6 meses. Se a braçadeira estiver muito larga, provavelmente a circunferência do seu braço reduziu ou a braçadeira está gasta. 17. Cuidado: se você perceber uma erupção, coceira, vermelhidão, dor, aumento de temperatura ou febre, procure o seu médico imediatamente. Uma inflamação ou infecção no braço afetado pode iniciar ou agravar o linfedema. 18. Mantenha o seu peso ideal através de uma dieta bem balanceada. Evite fumar e ingerir álcool. Linfedema é um edema rico em proteína, mas ingerir pouca proteína não irá reduzir as proteínas do líquido linfático, ou melhor, isto pode enfraquecer os tecidos conectivos e piorar a condição. A dieta deve conter proteínas de fácil digestão (consulte uma nutricionista).


Prevenção em Linfedema