Page 1

FA I A B R AVA | A B R I G O D O S A B U T R E S Sinta-se parte integrante de um documentário de vida selvagem!

No Campo de Alimentação de Aves Necrófagas da Faia Brava foi construído um abrigo de observação e fotografia, onde é possível observar uma diversidade incrível de espécies de aves que aproveitam a deposição de restos de ossos e de carne. Qualquer visitante da Faia Brava pode assim observar, em excelentes condições e a escassos metros de distância, uma das cenas mais impressionantes da vida selvagem do Oeste Ibérico.

“O desenrolar global da acção é fascinante e a paisagem de acesso ao abrigo é de arrepiar, com o vale do Côa ao fundo no seu milenar e mítico silêncio. A evolução dos grifos enrolando em térmica a escassas dezenas de metros ou os voos rasantes dos Milhafres vão elevando a adrenalina, que atinge o seu pico quando o imponente Abutre-do-egipto aterra a 15 metros do abrigo para Britango ou Abutre-do-egipto Erik Menkveld

ensaiar uma estranha marcha. Só se ouvem os disparos do obturador, procura-se um melhor ângulo, agora aquele enquadramento sobre as fragas. Uma experiência inesquecível para qualquer ornitólogo ou simples amante da Natureza!” Dinis Cortes

Abutre-negro Mario Reis

Abutre de Ruppel Ana Luísa Catarino


Espécies observadas Dependendo da época do ano, aparecem no alimentador o Abutre-do-Egipto Neophron percnopterus, o Grifo Gyps fulvus, o Milhafre-preto Milvus migrans, o Milhafre-real Milvus milvus, a Águia-real Aquila chrysaetos, a Pega-azul Cyanopica cyanus, o Corvo Corvus corax. Espécies raras já registadas: Abutre-negro Aegypius monachus e Abutre de Ruppel Gyps rueppellii. Notase ainda a presença regular de Chapim-real Parus major, Melro-azul Monticola solitarius, entre outras.

Localização e acesso Situado no concelho de Figueira de Castelo Rodrigo, acede-se em viatura 4x4 a partir da aldeia de Algodres. Foi construído no interior de um alimentador de abutres, que está localizado num ponto elevado, sobranceiro ao rio, com poucas árvores e alguns afloramentos rochosos. A deslocação do Sol é feita por trás do abrigo, permitindo ter sempre uma luz favorável, desde o amanhecer ao entardecer. Dimensões e características Este abrigo tem capacidade para 3 fotógrafos. Apresenta dimensões de 3,00x2,00 m e a sua altura varia entre 1,80 m e 1,60 m. Tem ainda 2 aberturas amplas. Uma situada a cerca de 85cm do chão, para se poder fotografar sentado e aproveitar ângulos mais próximos do solo. A abertura mais alta fica a cerca de 150cm do chão, sobretudo para observação, mas também para fotografia de ângulos mais altos. Isolamento térmico e acústico, cadeiras. Regras Neste abrigo, os fotógrafos deverão entrar ainda de noite e sair após o por do sol (salvo outra combinação com a organização). É terminantemente proibido fumar ou fazer ruído no interior do abrigo. Águia-real - AidNature

Equipamento fotográfico recomendado A distância das aves ao abrigo pode ser adaptada pela disposição do alimento. Os abutres podem situar-se entre 10 a 30 metros. Há vários tipos de lentes que recomendamos, mas uma 500 ou 400 mm para realçar aves mais afastadas e poisadas nas rochas ou árvores ou para destacar pormenores. Para além disso, uma lente zoom de 70-200mm ou 300mm pode ser o ideal para cenas de voo, de grupos ou de proximidade. Conversores. Estas indicações são adequadas para máquinas reflex analógicas ou reflex digital full frame. Para as máquinas digitais com Crop Sensor ter em consideração o factor de ampliação que pode ser de 1,6x ou superior. Recomendamos ainda envolver as lentes com camuflado.

Fotografias de Erik Menkveld


Detalhes do programa

Datas: disponível durante todo o ano (segunda a domingo). Ponto de encontro: Sede da ATN, Figueira de Castelo Rodrigo. Horário: a actividade tem uma duração variável que pode ir de 2 a 8 horas. Tipo de visita: percurso em veículo todo-o-terreno até ao abrigo. Máximo de 3 participantes. Distância percorrida: Em viatura 50 km. | Dificuldade: fácil; não apropriado para crianças devido ao rigor de silêncio e imobilidade. O que trazer: Material fotográfico, roupa adequada à época do ano e às condições climatéricas previstas. Água. Opcionais: binóculos. Custo por pessoa: 80,00 euros/pessoa. 2º dia: 20% de desconto. Inclui: guia, utilização de abrigo fotográfico, transporte em todo-o-terreno a partir de Fig.

Parceiro oficial:

Castelo Rodrigo, café e snack campestre, seguro de acidentes pessoais, 1 inscrição de sócio Suplementos disponíveis: aluguer de equipamento óptico (2,00 euros/pessoa); cesto de picnic (15 euros/pessoa).

Marcações e pedidos de informação Alojamentos rurais parceiros

Outras informações Como chegar a Figueira de Castelo Rodrigo e à Faia Brava?

geral@atnatureza.org; 271 311 202 Casa da Cisterna, Castelo Rodrigo (www.casadacisterna.com) | Quinta de Pêro Martins, Quintã de Pêro Martins (www.quintaperomartins.com). Com condições especiais para visitantes à Faia Brava. Figueira de Castelo Rodrigo | Almeida | Pinhel | Vila Nova de Foz Côa Por favor, consulte o Google Maps, aqui.

Associação Transumância e Natureza | Travessa Serpa Pinto,3 6440-118 Figueira de Castelo Rodrigo Tel/Fax: +351 271 311 202 | Email: geral@atnatureza.org | www.ATNatureza.org | www.facebook.com/faiabrava | www.atnatureza.blogspot.com A ATN é uma entidade sem fins lucrativos, que não recebe apoio estatal e que depende do apoio dos seus associados. Os lucros das visitas revertem para as acções de estudo e conservação da natureza na Faia Brava.


Faia Brava | Abrigo dos Abutres  

Utilização de abrigo no interior do Campo de Alimentação de Aves Necrófagas para observação e fotografia de aves, durante a sua alimentação,...

Advertisement
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you