Page 1

FELIZ 2012 DE TODA A EQUIPA

Temas polémicos na Confraria

Em algarvepress.net

um zapping pelo Algarve

DESTAQUES: No mês passado o deputado Miguel Freitas foi o convidado da Confraria dos Cavalheiros da Távola Quadrada e respondeu a muitas questões de interesse, algumas polémicas até, sobre assuntos de interesse para os PÁG. 04 algarvios: Hospital Central, Portagens, Segurança e muitas outras...

O Melhor e o Pior de 2011 contado pela capas do Algarve Press

olémic

Guadiana e Tavira voltadas para o Mar Pág..... 14

DE TODA A EQUIPA

a nas P

ortage

A sem ana de cobran estrut uras e ças na também A2 num fun 2 ficou marca da cionár io da em por tiros nas presa conces sionár

Despo rto no Alg Equestre ar saltar ve quer mais al to

PÁG.

ns

Em

alg um zap arvepres s.net ping pel o Algarv e PÁG.

ia. Alente jan mostra m os raça a sua

DESTAQ 17

UES:

Pescar ia Associ oferecida por ação Pág.....

Criança s e Jov proteg ens ma idos em is Monch iqu

04

e

Pág..... 08 Guadi ana e Tavira voltad as par a o Ma r Pág..... 14 VRSA manté m trad do pre ição sépio gigant e Pág..... 18 Comp lexo de novas VRSA valênc com ias

21 PÁG.

24

Pág..... 20 Mergu lho del da EX icia ute ISTIR ntes

PÁG. 05 a 11 Pág.....

Culatrense comemora 37 anos de coletividade

Pág..... 12

BOAS FESTAS

Tiros e P

Albufeira faz balanço e perspetiva 2012 Pág..... 02

21

Hospital de Faro tem nova administração Pág..... 15 Olhanense com Sérgio Conceição ao leme Pág..... 20 AIA distinguido em toda a linha Pág..... 21


www.algarvepress.net – diário online

TURISMO

1ª quinzena de janeiro de 2012

Albufeira faz Balanço e Perspectiva 2012 Os representantes máximos da Câmara e da Assembleia Municipal de Albufeira reuniram, no passado dia 28 de dezembro, parte da comunidade albufeirense para manifestar os votos de um bom ano de 2012 e agradecer a todas as forças vivas o trabalho que tem sido desenvolvido no município. Desidério Silva aproveitou a ocasião para salientar o empenho levado a cabo pelas associações, empresários, comerciantes, forças de segurança e Juntas de Freguesia do concelho, em prol do desenvolvimento de Albufeira.

2

Já Carlos Silva e Sousa evidenciou a necessidade de se reunirem esforços para vencer as adversidades que se adivinham. “2012 não vai ser um ano fácil, por isso que temos que ter audácia, esperança e coragem para ultrapassarmos a crise. Através das várias ações de solidariedade e do forte associativismo que se vive no concelho, a comunidade de Albufeira tem demonstrado ser um exemplo de coesão e unidade, essenciais para enfrentar o futuro”, referiu. A cerimónia, que contou com a atuação do Coro da Câmara Municipal, serviu também para fazer um balanço do ano que está a terminar e apresentar algumas das perspetivas futuras. “Apesar de 2011 ter sido um ano difícil no contexto nacional e autárquico, levámos a cabo várias intervenções e investimentos. Em 2012, as dificuldades irão manter-se, mas tencionamos assumir os compromissos que já estão no terreno e continuar a trabalhar com rigor, exigência e total disponibilidade para ouvir e resolver o problema das pessoas”, frisou o edil de Albufeira. A abrir o discurso, Desidério Silva sublinhou que “Albufeira é um município com caraterísticas especiais no contexto nacional, face à sua importância turística. Continuaremos a pressionar o Governo

Desidério Silva (ao centro) com os principais representantes do executivo camarario

para proceder à alteração da lei das finanças locais, para que municípios como o nosso tenham outra forma de financiamento, de acordo com a riqueza que produzem”.

“ A encerrar os discursos, Desidério Silva e Carlos Silva e Sousa deixaram votos de prosperidade para 2012 a todos os presentes. O presidente da Câmara albufeirense fez questão de manifestar o seu desacordo com a reforma que pretende eliminar as Juntas de Freguesia de Olhos de Água e Guia: “Faremos tudo o que estiver ao nosso alcance para contrariar essa ideia”, garantiu. A requalificação do Espaço Público foi uma das áreas em destaque e que continuará a ser tida em conta no novo ano. Intervenções como a requalificação do

principal acesso à cidade ou do Túnel de Águas Pluviais de Albufeira, e a ligação dos sistemas de saneamento de Vale da Ursa e Canais marcaram 2011. Desidério Silva salientou a importância do início da construção do novo acesso a Albufeira pela Via do Infante, uma empreitada assegurada pelo Governo Central, que o autarca diz ter garantias de “ir para a frente”. A criação do Gabinete de Reabilitação Urbana de Albufeira (GRUA), veio permitir o desenvolvimento de inúmeras iniciativas com o intuito de valorizar o património e a sua reabilitação. A zona do Centro Antigo e de Montechoro estão a ser alvo de um projeto de requalificação urbana que terá continuidade em 2012. Em matéria de Educação, o concelho assistiu ao início da construção da EB 1,2,3 da Guia e Pavilhão Desportivo, e ao desenvolvimento de diversos projetos educativos direcionados às crianças e jovens. Quanto à Cultura, tem-se apostado num reforço do papel da Biblioteca Munici-

pal, das Galerias de Arte e respetivas exposições. Em termos de Desporto, a autarquia reforçou a formação e participação da juventude nos espaços desportivos do concelho e as parcerias com clubes e associações nas diferentes modalidades. No Turismo, o município tem procurado consolidar a aposta em Espanha, nomeadamente em Andaluzia, Estremadura e Galiza. Nas questões do Ambiente, Albufeira voltou a liderar, conquistando o maior número de galardões ambientais a nível nacional. Na área da Ação Social, o município continua a ajudar mais de duas centenas de famílias do concelho através do apoio ao arrendamento e a estratos sociais desfavorecidos. As questões relacionadas com a Segurança e Saúde, que levaram Desidério Silva a reunir com o Poder Central, também mereceram uma preocupação permanente por parte do executivo e irão continuar em evidência no novo ano.


REGIONAL

1ª quinzena de janeiro de 2012

À Babuja

diário online – www.algarvepress.net

Opinião

Finalmente, Que os valores não se extingam! somos um país de ricos e abastados

Neste novo ano os maiores

desejos para os nossos amigos leitores e anunciantes vão para a Saúde e Amizade entre Familiares e Amigos, com esperança numa vida melhor, e que os valores que nos foram legados não sejam jogados para o lixo nem se extingam, pois a nossa maior crise, antes de financeira, é de valores! Que o “farol” da fraternidade e solidariedade bri-

lhe bem longe, para que o “barco” da esperança e vida melhor chegue a bom porto, são os desejos muito sinceros de todos nós no diário e quinzenário on-line ALGARVE PRESS, numa parceria, também ela fruto de muita amizade, carregada de valores, com a Switch.com. Manuel Luís

Depois de uma festa atípica, em que os portugueses comemoraram a passagem do ano, acordámos todos no novo ano com uma atitude a saber a luxo permanente e contínuo. Como é possível, se ain- ele é o grande responsável da ontem vivíamos em por tirar Portugal da rota da plena crise aguda e em pobreza e do colapso emicontenção de gastos? nente, para um universo (de) A crise persiste, mas ago- composto integralmente por ra é vivida como só os gente de luxo, que come, ricos podiam, quando bebe e lava-se! É um luxo, ainda tinham dinheiro. mas graças ao senhor MiPassar a comer desde o nistro das Finanças, somos pequeno-almoço, almoço um país pobre, mas luxuoso e jantar, só como alimen- (aqui é vital, não confundir tos de luxo. Hábitos de hi- com orgulhoso). Mas então, giene, feitos com escovas não foi este Sr. Ministro que de dentes de ouro e den- disse que os portugueses tífrico feito com água mi- estavam a viver acima das neral e ovas de salmão! suas possibilidades? Bem… Ora vejamos: Passámos a reconheço-lhe mérito; conpagar 23% IVA em tudo o seguiu-me confundir. Como que é comer e beber, seja é que deixamos de viver nos restaurantes, tascas, acima das nossas possibilibares, hotéis. Aliás, o luxo dades, a viver de luxos, quocomeça nos supermerca- tidianamente?! Com hábitos dos, quando adquirimos a de luxo graças ao IVA de 23 maior parte dos produtos % nos bens essenciais, mas alimentares e de higiene sem dinheiro. Oximoro? Paindispensáveis para viver. radoxo? Contradição? Não, Por isso, se os artigos e caros leitores; É sim o Gasprodutos de luxo pagam 23 parismo da economia por% IVA, é porque os legisla- tuguesa, servida sob uma dores consideram que comer cama de “troika”, levada e beber, ter hábitos regula- ao forno, em lume brando, res de higiene, é um luxo. os mesmos 4 meses que o Logo, passámos a viver em Orçamento de Estado levou ambiente de luxo quotidia- a ser “cozinhado” para ser no. Viva! Como é que os servido tudo junto, sem arportugueses podem não refecer. Isto sim, é economia gostar do Sr. Ministros se de fusão… e de luxo.

3


www.algarvepress.net – diário online

REGIONAL

1ª quinzena de janeiro de 2012

Miguel Freitas Empolgou Confraria

Manuel Luis (esq) deputado algarvio Miguel Freitas (ditª )

Odeputado

4

socialista algarvio, Miguel Freitas, foi o convidado especial do tradicional jantar-debate da Confraria dos Cavalheiros da Tábua Quadrada, que mensalmente junta cerca de meia centena de confrades oriundos das mais diversas áreas do empresariado, operariado e política, regional e nacional, para debaterem as grandes questões regionais e nacionais com convidados, também eles, oriundos das mais diversas áreas. Aconselhamos vivamente a visualização, no canto su-

perior direito de www.algarvepress.net, da reportagem vídeo realizada em parceria com a Switch.com. Assim, até porque esta é a primeira edição de 2012, por isso muito especial no que respeita ao melhor e pior do que se passou em 2011. Como poderão ver nas diversas páginas onde são colocadas as capas de edições do ano passado, com o respectivo link para os respectivos jornais online, mais do que a transcrição das perguntas e respostas sobre temas tão importantes como a Construção do Hospital

Central do Algarve, o Estado das Pescas na região e país, o Desemprego, Turismo ou Portagens, a todos os temas Miguel Freitas respondeu frontal e abertamente, aproveitando até para deixar alguns recados com direção bem perceptivel . Perante o interesse dos temas em debate e as muitas informações que Miguel Freitas deixou aos mais de

50 confrades, até porque coincidiu com o 51ª. aniversário do político socialista, que também não desmentiu a sua eventual candidatura à Câmara de Faro pelo PS nas próximas autárquicas, reputamos de grande importância a visualização da video-reportagem sobre este jantar-debate da Confraria.

Miguel Freitas (deputado socialista algarvio)

Texto_Manuel Luís Fotos_Vico Ughetto


1ª quinzena de janeiro de 2012

REGIONAL

diário online – www.algarvepress.net

Os confrades presentes ouviram atentamente o deputado e participando vivamente no debate

O Melhor e o Pior de 2011 em capas do Algarve Press

5


www.algarvepress.net – diário online

6

REGIONAL

1ª quinzena de janeiro de 2012


ANDALUCÍA ....P.22/23

REGIONAL

1ª quinzena de janeiro de 2012

diário online – www.algarvepress.net

Aí estão as portagens na Via do Infante

Em algarvepress.net

um zapping pelo Algarve

DESTAQUES: Peso das mochilas prejudica crianças. Pág..... 04

Meios de pagamento para veículos estrangeiros disponíveis

PÁG.02

Ministro promete milhões para Bombeiros

Marina de Vilamoura detém 5 âncoras. Pág..... 05 Jornadas Europeias do património Pág..... 08 Criatividade e Inovação em Faro Pág..... 11

ANDALUC

ÍA ....P.22/2

Aboim Ascenção é exemplo nacional Pág..... 12

A Praça da República, em Loulé, recebeu, este domingo,PÁG. mais07 e 17 de 300 bombeiros vindos de vários pontos de país

3

Tavira no Campenato do Mundo Pág..... 17,21

Olhão, Han gares e Fa rol são palco de filmage ns

Ya ku n é o título da cu rt a-m et rage algarv io A m a ser real nd ré Bad al iz ad a p elo o, venced or de vários pr ém io s inte rnaciona is

Em algarv

um zappin

A luta con tinua

CDU ataca Macário Co rreia órico da in

Eleito s da CDU na A ss em bleia M cont ra os au un icip al de m ento s da Faro, s rend as

iciativa

epress.ne

g pelo Alg

DESTAQU

ES:

PÁG.18

A marcha lenta envo lve de viatura s, como ca ndo diversos tipos rros ligeiro veículos p s, motas e esa dia 8 de O dos irá ocorrer no próximo utubro (an iversário d cha lenta a 1ª marem 2010), entre as 1 20,00 hora 4,00 e as s, numa e xtensão d envolvend e 120 klm o a EN 12 , 5 e a Via d o Infante. Cartaz hist

7

última

Apoio a fa míli numerosas as .

Pág..... 02 Loulé unifo rm informação iza . Pág..... 05 Luís Gom es apela à transpar ência Pág..... 12 Criatividad e lidera investimen to regional Pág..... 15

Memorial para Pedro e inês em estreia Pág..... 18 PÁG. 13

Ford Tran sits compe tem no AIA Pág..... 20

t

arve


www.algarvepress.net – diário online

REGIONAL

1ª quinzena de janeiro de 2012 ANDALUCÍA ....P.22/23

Pontinha encerra posto

Em algarvepress.net

um zapping pelo Algarve

DESTAQUES: Horta social em Faro Pág..... 04

À semelhança de outros pontos do país, que viram faixas como a da foto em estações dos correios, o posto da Pontinha em Faro corre o risco de PÁG. 07 encerrar e deixar grande parte da baixa sem local para receção e envio de produtos postais.

Hotelaria e Restauração à beira de um ataque de nervos

Museu de Portimão internacionaliza-se Pág..... 06 Mendes Bota toma posição contra a pornografia extrema Pág..... 08 Revitalizar património urbano Pág..... 12 Algarvios marcham contra portagens Pág..... 13

Ameaça do aumento do IVA para a taxa máxima une o setor para PÁG. 03 jornadas de luta. No Algarve o perigo de mais despedimentos é elevado.

8

ANDALUCÍA ....P/23

Temporal abateu-se sobre Faro Em algarvepress.net

um zapping pelo Algarve

DESTAQUES:

Ventos com rajadas que atingiram os 150 kms hora, acompanhados PÁG. 10 de chuva intensa, provocaram na madrugada de 24 de Outubro, fortes estragos na Capital Algarvia afetando sobretudo o Aeroporto e levando inúmeros passageiros a ficarem retidos ou com vôos em atraso nesse dia.

Gás Natural no Algarve

Cavalheiros da Távola Quadrada debatem investimentos nos PALOPs Pág..... 05 Apelo à união regional Pág..... 12 Algarve sem portagens Pág..... 14 Roteiro poético em Tavira Pág..... 18 Carros históricos em Portimão Pág..... 20

Miguel Freitas, exigiu, esta sexta-feira, “transparência” ao Governo no que concerne à prospeção de gás natural no Algarve,

PÁG. 15

Odiana distinguida Pág..... 23

Automóveis históricos mostram-se no AIA Pág..... 20


1ª quinzena de janeiro de 2012

REGIONAL

diário online – www.algarvepress.net

ANDALUCÍA ....P/23

Vídeo Vigilância causa polémica Em algarvepress.net

um zapping pelo Algarve

DESTAQUES: Unidade de cuidados continuados foi um flop! Pág..... 07

Na capital algarvia, autarquia e PSP acusadas de não abrangerem pontos PÁG. 02 e 12 vitais e de intimidação aos cidadãos.

Turismo bate recorde

Loulé abre piscinas ao público Pág..... 08 Unidades de saúde podem encerrar Pág..... 13 Corte no subsídio de Natal reduz compras Pág..... 15 Derbi com dias contados na Horta da Areia? Pág..... 17

Algarve, Lisboa, Alentejo, Norte e Centro com novos máximo de dormidas apesar do período de crise.

PÁG. 03

Autarquias algarvias “pescam” na Andaluzia. Pág..... 23

9


www.algarvepress.net – diário online

REGIONAL

1ª quinzena de janeiro de 2012

ANDALUCÍA ....P/23

Confraria junta Cabo Verde ao Algarve Em algarvepress.net

um zapping pelo Algarve

DESTAQUES: Águas do Algarve com menção honrosa Pág..... 04

10 Manuel Inocêncio Sousa, candidato do PAICV às eleições presidenciais, Fonseca, foi o convidado de honra do jantar-debate da Confraria dos

PÁG. 10

Próximo dia 8 estão aí

Mendes Bota alerta para violência psicológica. Pág..... 06 Ortopedia e Medicina Física em novo espaço Pág..... 07 BA no Algarve com bom resultado Pág..... 12 Asfixia de pequenas empresa em Faro Pág..... 14

Governo começa a cobrar portagens na Via do Infante a partir de 8 de PÁG. 17 Dezembro. A partir de agora é mais caro viajar no Algarve.

Algarvios vencem Rali do Algarve Pág..... 21


REGIONAL

1ª quinzena de janeiro de 2012

diário online – www.algarvepress.net

AS BOAS FEST DE TODA A EQUIPA

Tiros e Polémica nas Portagens

Em algarvepress.net

um zapping pelo Algarve

DESTAQUES: A semana de cobranças na A22 ficou marcada por tiros nas PÁG. 17 estruturas e também num funcionário da empresa concessionária.

Desporto Equestre no Algarve quer saltar mais alto

Alentejanos mostram a sua raça

Pescaria oferecida por Associação Pág..... 04 Crianças e Jovens mais protegidos em Monchique

Pág..... 08 Guadiana e Tavira voltadas para o Mar Pág..... 14 VRSA mantém tradição do presépio gigante Pág..... 18 Complexo de VRSA com novas valências Pág..... 20

PÁG. 21

PÁG. 24

Mergulho delicia utentes da EXISTIR Pág..... 21

11


www.algarvepress.net – diário online

REGIONAL

1ª quinzena de janeiro de 2012

Culatrense poderá começar a receber adversários Na Ria Formosa mora há várias gerações um Povo ilhéu que não desiste, resiste e insiste na defesa dos seus direitos, exige ser tratado como outros povos no continente ali tão perto, mas ao mesmo tempo tão longe na forma como e quando distribui os direitos, qual padrasto que trata

12

Na Ilha de Santa Maria (nome que provém do cabo arenoso e um farol majestoso com o mesmo nome), administrativamente dependente de Faro, composta por três núcleos habitacionais - os históricos Hangares e o Farol, com o mesmo nome, a Culatra destaca-se pela sua população piscatória, que sabe dos seus direitos e deveres. Os filhos da ilha, frutos de várias gerações, há

muito que se uniram em torno de diversas associações, de cariz social e desportivo. O Clube União Culatrense (CUC), a disputar a 1ª divi-

Daniel Santos (esqª) e Artur Carrilho apadrinham mais um jovem ilheu para o Culatrense

são do futebol distrital algarvio, há 37 anos que atrai os jovens culatrenses para a prática do desporto-rei. Muito por culpa de vários carolas como Daniel Santos (fundador do clube e actual presidente da AG) e Artur

Carrilho (presidente da direção), “ a maioria dos elementos do plantel são oriundos da Culatra. Um regresso ás origens do CUC”, salien-

tam os dirigentes, igualmente orgulhosos por “uma política desportiva que impede a existência de dívidas”. Mas, em tempo de aniversário, qualquer aniversariante anseia pelas melhores pren-

das da parte dos organismos políticos e desportivos respectivos. Com um bom edifício-sede e um poli-desportivo que responde às

exigência associativas, os dirigentes do CUC não escondem a existência de “uma velha luta pela construção, na Culatra, de um campo de futebol com capacidade e estruturas de apoio para receber os adversários, evitan-

do as deslocações semanais a Faro, para jogar no Municipal da Horta da Areia, sempre que actua como visitado”, situação que, “na prá-


REGIONAL

1ª quinzena de janeiro de 2012

diário online – www.algarvepress.net

menagear associados e empresários, homens e mulheres, que mais têm ajudado o Culatrense, o edil Macário Correia reconheceu que “o campo de futebol da Culatra é desejado há cerca de 40 anos”, por isso deixou a certeza que “agora existe abertura para que o Culatrense deixe de ser uma equipa que joga sempre fora em todos os jogos”. Um anúncio que deixou os filhos da ilha com a esperança estampada no rosto. Manuel Luís - t e f Daniel pede a Macário apoios para construção do campo de futebol da Culatra. A ilhéu Silvia Padinha, da Associação Nª.Srª dos Navegantes, também ouve e apoia

tica, relega semanalmente o Culatrense para a condição de visitante”, lamentam os dirigentes culatrenses. Apesar de reconhecerem “o excelente apoio da Câmara de Faro”, presidente da AG e da Direção do CUC aguardaram com alguma ansiedade a presença do presidente da autarquia, Macário Correia, no almoço do 37º. aniversário do clube para ouvirem as palavras de apoio e incentivo do autarca, que chegou acompanhado de vereadores, representantes da Associação de Futebol do Algarve e da Junta de Freguesia da Sé, juntando-se à delegação a Cruz Vermelha, que presta formação aos ilhéus e socorros na Ilha. “Somos tão portugueses como os outros no continente. Se na Madeira e Açores existem campos de futebol e outras estruturas de apoio ás populações porque não podem ser construída nesta ilha?”, questionam Daniel Santos e Artur Carrilho, que

aproveitaram para divulgar outro projecto: “Queremos adquirir embarcações destinadas a passeios turísticos e apoio à festa da Nª. Srª dos Navegantes, bem como uma embarcação capaz de transportar a nossa equipa, técnicos e dirigentes para Faro, para treinos e jogos”. No almoço de aniversário, que encheu o salão de festas do clube e serviu para ho-

13

Rogério Bacalhau (esqª) e Paulo Santos, dois vereadores que acompanharam Macário Correia.

Macário Correia aplaudido efusivamente quando falou na abertura para construção do campo de futebol


www.algarvepress.net – diário online

ECONOMIA

1ª quinzena de janeiro de 2012

Investigadores descobrem pérolas em ostras no Algarve  Um grupo de investigadores, Frederico Batista e Ana Grade (da Estação Experimental de Moluscicultura de Tavira do IPIMAR) com a colaboração de Deborah Power, do Centro de Ciências do Mar (CCMAR), encontrou pérolas em ostras do género Crassostrea.

O fenómeno é muito raro 14

nesta família de bivalves, e algo que nunca tinha sido observado nos últimos dez anos em que estes investigadores se têm dedicado ao estudo destas espécies em Portugal. Em mais de 756 ostras apanhadas em diferentes locais no Algarve (desde a Ria de Alvor à Ria Formosa e Rio Guadiana) e que constituíram a amostra deste estudo, foram encontradas pérolas em dois exemplares.

A equipa de investigadores, constituída por membros da Estação Experimental de Moluscicultura de Tavira do IPIMAR e do CCMAR, acrescentou que num só indivíduo foram encontradas quatro pérolas (com um diâmetro inferior a 2 mm) e noutro foi observada uma pérola com uma dimensão razoável (cerca de 5 mm de

diâmetro e 190 mg de peso – ver figura). Este fenómeno é frequente noutras espécies de bivalves (ostras perlíferas da família Pteriidae), podendo as pérolas atingir um elevado valor comercial, mas nos últimos dez anos não tinha sido observado em ostras do género Crassostrea, que existem em Portugal.

As pérolas são produzidas por moluscos bivalves, tratando-se de uma reação defensiva do hospedeiro a corpos estranhos, tais como parasitas ou partículas inertes. O corpo estranho é coberto por várias camadas, sendo estas constituídas essencialmente por carbonato de cálcio sob a forma de cristais de aragonite. Na sequência desta descoberta, a equipa de investigadores vai agora realizar alguns estudos complementares para compreender melhor o fenómeno e perceber quais os fatores que levaram ao aparecimento das pérolas. Este estudo foi efetuado no âmbito dos projetos SEAFARE e Sharebiotech cofinanciados pelo Programa de Cooperação Territorial Europeia INTERREG Espaço Atlântico (2007-1013), através do Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional.


1ª quinzena de janeiro de 2012

ECONOMIA

diário online – www.algarvepress.net

Novo Conselho de Administração Foi publicado, em Diário

de República, no dia 28 de Dezembro, o despacho de nomeação do novo Conselho de Administração do Hospital de Faro EPE. Presidido pelo Dr. Pedro Manuel Mendes Henriques Nunes, o novo órgão de administração do Hospital é ainda integrado pelo Dr. Jorge Manuel Domingues Salvador, que assume o cargo de Diretor Clínico, pelo Enf.º José Fernando Vieira dos Santos, que assume as funções de Enfermeiro-Diretor, pelo Dr. Luís Miguel

da Costa e Cunha Martins e pela Dra. Graça Maria Palma Pereira, ambos com cargos de Vogais Executivos. Os membros do novo Conselho de Administração iniciaram, no dia 28 de Dezembro, as suas funções e promove-

ram uma sessão de apresentação aos funcionários, uma iniciativa que contou a presença de profissionais de todas as áreas do Hospital. Durante a sessão, o Presidente do Conselho de Administração, bem como os

restantes membros, destacaram a importância do trabalho em equipa entre todos os setores profissionais e o seu empenho em consolidar a imagem e a importância do Hospital de Faro enquanto unidade de referência a nível nacional e internacional.

Portugueses esperam pelas promoções a seguir ao Natal  O Observador Cetelem

perguntou aos consumidores portugueses se costumam esperar pelas promoções e saldos após o 25 de Dezembro para fazer algumas das suas compras de Natal. 25% afirma que sim, percentagem que chega aos 30% nos indivíduos entre os 25-34 anos e aos 33% na região norte do país. Lisboa e o sul do país são as regiões onde existe a menor percentagem de indivíduos (17% respectivamente) a afirmar que não costuma esperar pelas promoções após o Natal. Já no norte a percentagem situa-se nos 33%. O número

de mulheres que prefere esperar pelos saldos é também superior à dos homens (26% vs 24%) Na análise por faixa etária são os consumidores entre os 55 e os 65 que menos revelam intenções de comprar nas promoções de final de ano (18%). Seguidos dos indivíduos entre os 18 e os 24 anos (22%), dos indivíduos entre os 35 e os 44 anos (24%) e dos consumidores entre os 45 e 54 anos (27%). No momento de efectuar a compra, o principal critério de escolha é a utilidade da prenda. Curiosamente, o preço é colocado em segundo lugar, mas é de notar que são cerca de 25%, os indivídu-

os que pretendem aguardar pelo período de promoções (a seguir ao Natal) para fazer algumas das compras de Natal. Estes dados tornam-se mais relevantes quando estamos numa altura em que os comerciantes esperam recuperar a quebra nas vendas do Natal», afirma Conceição Caldeira Silva, responsável pelo Observador Cetelem

em Portugal. Esta análise foi realizada em colaboração com a Nielsen e aplicada, através de um inquérito quantitativo, a 500 indivíduos de Portugal Continental, de ambos os sexos, dos 18 aos 65 anos, entre o período de 3 a 4 de Outubro de 2011. O erro máximo é de + 4,4 para um intervalo de confiança de 95%.

15


www.algarvepress.net – diário online

REGIONAL

1ª quinzena de janeiro de 2012

Foto Flashada M

ais do que as habituais notícias, publicar estas fotos do tradicional desfile de pais-natais do Moto Clube de Faro por instituições de solidariedade social serve como apresentação de mais uma rubrica no Algarve Press, que pretende ser um género de “apanhados”

(bons ou maus) pelas objectivas dos nossos colaboradores. A Foto”Flashada”, esta do nosso colaborador “Reinalgon” (Reinaldo Gonçalves), é elucidativa do espírito de Natal (e não só) que os motards do Moto Clube de Faro (MCF) continuam a transmitir por onde passam:

Macário Correia (esqª) e José Amaro, do MCF, juntos no desfile social motard

16

Nem o nosso companheiro “Osores” (esqª), acompanhado do antigo edil farense, José Vitorino, conseguiu abstrair-se do “espírito” de Natal

No Refúgio Aboim Ascensão, Villas-Boas recebeu os motards com o habitual agradecimento


1ª quinzena de janeiro de 2012

REGIONAL

diário online – www.algarvepress.net

PALMAS PALMADAS &

Porto de Portimão cresce 673 por cento em quatro anos Pelo quarto ano consecutivo, o Porto de Portimão tornou a crescer no número de navios de cruzeiros e de visitantes, estando já agendadas para este ano um total de 48 escalas. Um exemplo de como o mar pode e deve voltar a ser pilar central para a economia algarvia e, no geral, portuguesa, como nos anos de 500.

Comissão De Utentes Da Via Do Infante Não Desiste Merece palmas igualmente o esforço e persistência da Comissão de Utentes da Via do Infante, primeiro para as evitar e, agora, em prol da anulação das portagens na Via do Infante. Tudo enquanto alguns que se diziam contra as portagens , por razões diversas, umas mais confessáveis que outras, baixaram os braços.

Não À Luta Armada

Muitas palmadas merce(m) aquele(s) que, ao contrário das formas de luta da Comissão de utentes, optaram por uma tipo de luta armada, até com perigo de vidas humanas. Está provado que os fundamentalismos não são benéficos em parte nenhuma do mundo, social ou economicamente falando.

Governo Incongruente - Também Na Saúde Palmadas intermináveis merece ainda o Governo quando parece defender a construção de mais um Hospital em Lisboa e o Hospital central do Algarve nem sequer mereça uma perspectiva de construção.

17


www.algarvepress.net – diário online

O texto de S. Mateus – único evangelista que dá conta desta visita – não oferece nenhuma concretização acerca dos misteriosos magos, que nos permita intuir se a sua condição era régia, qual era o seu número, como se chamavam ou a que raça pertenciam…

18

Os magos eram sacerdotes muito cultos, com grandes conhecimentos de astronomia e astrologia. Alguns deles ocupavam cargos públicos, mas nenhum deles chegou a reinar. Os que a Bíblia cita poderiam ser oriundos da Arábia, Mesopotânia, Babilónia ou Pérsia. Eram, com toda a probalidade, adoradores do deus Mitra. A sua religião tinha tantas semelhanças iconográficas com a que trinta anos depois predicaria o recém nascido que, quando séculos mais tarde se descobriu no Aventino de Roma o “mitreu” da sacerdotisa Prisca, os cristãos deduziram, pela simbologia ali exposta, que se tratava de uma catacumba cristã. Assim que, canonizaram a oficiante da religião pagã e edificaram por cima uma igreja consagrada à nova santa! Nos primeiros tempos da nossa Era, a palavra “mago” tomou o sentido pejorativo de “bruxo”, como o prova a história de Simão o Mago, assimilado a Anticristo. Assim, o primeiro grande escritor do cristianismo, Tertuliano, em princípios do século III, resolveu o problema – convertendo os Magos em Reis. A partir de então, a coroa ou o turbante

CULTURA

régio substituíram o gorro frígido que cobria as suas cabeças. Dada a imprecisão bíblica sobre este episódio, o número dos Reis Magos sofreu notáveis oscilações na iconografia cristã: nas catacumbas aparecem dois e quatro. A Igreja síria fixou em doze o seu conjunto, para estabelecer um paralelismo com as tribos de Israel e os apóstolos. Enquanto isso, os cristãos coptas afirmavam que tinham sido um total de sessenta Reis Magos, a estar presentes no Portal de Belém, todavia nunca disseram como se apresentaram nessa reduzida estância… Finalmente, no século VII consagrou-se o número três, por o Menino Jesus ter recebido igual número de prendas “tipo”. Foi por volta do ano 845, quando Melchior, Gaspar e Baltazar, apareceram pela primeira vez no Livro Pontifical de Rávena, ainda que exista um mosaico bizantino datado do ano 520, onde já são citados. Uma vez esgotada a questão do número e nomes dos Reis Magos, os seus corpos foram encontrados milagrosamente, ainda que não deixe de causar perplexidade a sua aparição na mesma vala, tratando-se de personagens de diferentes países, especialmente porque até ao século XI não se disse uma só palavra sobre a sua tumba. As (supostas) relíquias foram depositadas, de princípio, na igreja de São Eustorgio de Milão. Pouco depois, em 1164, o arcebis-

1ª quinzena de janeiro de 2012

po de Colónia, Reinaldo de Dassel, conselheiro do imperador Federico Barbarroja, aproveitou o saque de Milão para se apoderar dos corpos. Transportou-os para a sua diocese, e depois foram transladados num magnifico relicário de ouro, para a catedral de Colónia – onde se rende veneração na actualidade; pese a que a Igreja não os declarou santos, somente permitiu que os seus nomes sejam impostos aos que recebem o baptismo na sua fé. Até ao século XIV, Baltazar, na iconografia religiosa não era considerado como um homem de raça negra. A Igreja, durante muito tempo, foi renitente a introduzir um negro na tríade dos Reis Magos, já que essa cor estava relacionada com o mundo das trevas. Nas miniaturas dos “Salterios” gregos, a figura de um homem desta raça representa o diabo, o Inferno ou à morte. Mas, optou por ele para consagrar a ideia de que cada um dos

três Magos representava um continente, e a um filho de Noé: Melchior a Europa e a raça de Jafet; Gaspar a Ásia e os semitas; e Baltazar a África e aos descendentes de Cain. Assim estavam as coisas aquando do descobrimento do Novo Mundo – em finais do séc. XV – mas que veio transtornar tudo…! Para completar a homenagem ao Salvador do género humano,

seria necessário agregar um quarto Rei Mago, que representasse a América, o que na verdade haveria de simplificar muito a tarefa dos artistas, cujas composições se equilibraram melhor com um número par de figuras! Houve uma intenção de ajustar o problema: em Portugal, na Sé de Viseu, representou-se um Rei Mago armado, emplumado e tudo… mas a “piedade” popular não estava para mais mudanças, e a inovação nunca se estendeu à orbe cristã! Protecções mágicas dos Reis… Por causa da rapidez e do êxito da sua viagem a Belém, sem mostrar indícios de fadiga humana, os reis Magos Magos foram invocados pelos caminhantes. Também pelos agonizantes, quando chegava a hora de empreender a sua última viagem, para conseguir a graça de uma boa morte. E também por terem “caído de joelhos” aos pés do Menino Jesus para o adorar, invocavam-se contra a epilepsia. Em França, os fa-

bricantes de cartas de jogar, figuravam-nos como padroeiros para figurar por reis nas suas cartas – ainda que na realidade se representassem quatro… Na Alemanha, as três letras que compõem as iniciais dos seus nomes, escrevem-se com giz nas portas das casas e nos estábulos – no dia da sua comemoração -, para proteger as pessoas e aos animais.      


CULTURA

1ª quinzena de janeiro de 2012

diário online – www.algarvepress.net

ACTA – Começa digressão de “Bullying” em Faro O

Programa de Teatro para a Educação desenvolvido pela ACTA para o ano lectivo de 2011/2012 vai começar amanhã, dia 5 de Janeiro, com o espectáculo “Bullying” na Escola Secundária Pinheiro e Rosa em Faro. Depois de várias solicitações por parte do corpo docente das escolas, a ACTA decidiu repor este espectáculo que trata sobre a problemática da violência no meio escolar a partir de situações tipo, enquadradas pelo jogo dramático que é desenvolvido numa vertente interactiva, Permitindo aos alunos assumirem diferentes papéis: professor, pai, auxiliar de acção educativa ou membro da Comissão Executi-

va. São abordados os temas da agressão física, agressão verbal ou indisciplina no espaço da escola, inclusivamente na sala de aula, com o objectivo de confrontar os alunos com estas questões. Bullying” resultou da criação colectiva de Paulo Moreira, Glória Fernandes e Luís de A. Miranda, é encenado por Paulo Moreira e conta com a participação dos actores Bruno Martins, Carla Dias, Mário Spencer e Tânia Silva. A peça estará em cena a partir do dia 5 Janeiro até dia 20 de Abril de 2012, durante a semana (manhãs e tardes) e será apresentada nas escolas dos concelhos de Albufeira, Aljezur, Faro, Lagoa, Lagos, Loulé, Olhão, Portimão, Tavira, Vila do Bispo e Vila Real de Santo António.

19 Este projecto é desenvolvido através de um Protocolo de Cooperação Cultural que anualmente a ACTA celebra

com as respectivas autarquias e com a Direcção Regional de Educação do Algarve.

31º. Encontro de Charolas Cumprindo mais uma vez

a tradição de dar as boas vindas ao novo ano ao som das Charolas, o município organiza a 31ª. Edição do Encontro de Charolas da Cidade de Faro. O encontro terá lugar no dia 8 de janeiro de 2012, a partir das 14:30 horas, no Teatro das Figuras e conta com a participação de 12 grupos de charolas do concelho. Flor de Liz, Charola Aldeia branca, Charola da Malta, Charola União Bordeirense, Grupo de Charolas do Colégio Algarve, Charola do Clube Desportivo Montenegro, Charola Mocidade

União Bordeirense, Charola da Casa do Povo de Estoi, Charola Juventude União Bordeirense, Flor Oriental, Charola Ossonoba de Estoi e Charola da Casa do Povo da Conceição de Faro. Também no dia 6 de janeiro de 2012, poder-se-á assistir às apresentações das charolas “Juvenil União Bordeirense” e “A Democrata” às 11:00 horas no Museu Regional do Algarve e às 17:00 horas na Biblioteca Municipal, respetivamente. Recordações de tempos antigos e não só, pois as charolas são já um património imaterial dos festejos desta quadra natalícia.


www.algarvepress.net – diário online

DESPORTO

1ª quinzena de janeiro de 2012

Não Tenho Medo desta Aposta É para Ganhar

Foi com esta frase que Isidoro Sousa, líder do Olhanense, apresentou Sérgio Conceição, na segunda-feira, à comunicação social e associados do emblema algarvio, reconhecendo ao mesmo tempo, sem entrar em mais pormenores, que “a saída de Daúto Faquirá se ficou a dever aos maus resulta-

20

Isidoro Sousa (drtª) recebeu Sérgio Conceição no relvado do José Arcanjo

Assim, após ter estalado

o “chicote” nos “leões” de Olhão, em dia de apresentações, foi com visível satisfação que o dirigente do clube de Olhão cedeu o protagonismo das respostas aos muitos jornalistas presentes na conferência ao novo treinador português do principal campeonato do futebol luso, que assinou por época e meia pela equipa da Cidade da Restauração. Ciente da responsabilidade da estreia como técnico principal. Sérgio Conceição admitiu que “o Olhanense pode ser o trampolim para voos mais altos”, não deixando, entretanto, de garantir que “agora o mais importante é alcançar, o mais rapidamente possível, o objectivo da manutenção” do único emblema algarvio entre os maiores do futebol português. O ex-adjunto de Dominique D’Onofrio no Standard

de Liége, clube belga onde iniciou a carreira de técnico na época passada, vencendo a Taça e sagrando-se vice-campeão da Bélgica foi ainda mais incisivo quanto ás ideias que vai implemen-

Isidoro Sousa e Vasco Fernandes abraçaram-se efusivamente

novo técnico do Olhanense. Sérgio Conceição, que se notabilizou como joagador de futebol ao serviço do FC Porto, Lazio, Inter e Standard de Liége, entre outros,

Apresentou o novo técnico do Olhanense a sócios e jornalistas na sala de imprensa

tar para atingir os objetivos de manutenção: “Um balneário unido, muito trabalho e entrega” a um clube de uma “terra de gente raçuda, à minha imagem”, sublinhou o

de Isidoro Sousa em mais um jovem técnico (Sérgio conceição tem 37 anos) surge na sequência do que antes já acontecera com Paulo Sérgio e de Jorge Costa, ambos com bons resultados. Mas a tarde de apresentações não findou sem que o presidente do Olhanense tivesse anunciado o regresso do fisioterapeuta Fernando Belo e do médico Veloso Gomes à equipa médica do clube de Olhão, de onde tinham saído após a chegada de Faquirá ao comando técnico, culminando a tarde com a apresentação do lateral direito Vasco Fernandes, mais um regresso muito apaludido pelos associados que enchiam a sala de imprensa do Estádio josé Arcanjo.

contará na equipa técnica com a ajuda dos adjuntos Jorge Rosário, Vítor Bruno e Bembelé.

O atleta não escondeu que “é uma alegria voltar à casa que me ajudou a crescer com homem e jogador de futebol”.

Recordemos que a aposta

ML


DESPORTO diário online – www.algarvepress.net

1ª quinzena de janeiro de 2012

Autódromo Internacional do Algarve soma prémios e distinções  Desde a sua abertura em Novembro de 2008 que o Autódromo Internacional do Algarve tem recebido, tanto a nível nacional como internacional, vários prémios e distinções.

O

último aconteceu no passado mês de Novembro quando a Infront Motor Sports, entidade gestora do Campeonato do Mundo de Superbike, atribuiu ao AIA o “Superbike World Championship Organizer Award 2011”. Se este prémio tem uma importância particular, outros há que se destacam como o “Motorsport Facility of the Year”, distinção feita pelo Professional Motorsport World Expo Awards em 2009 ou a referência feita pela prestigiada revista inglesa Autosport que elegeu o Circuito de Portimão como um dos melhores do mundo também em 2009. Para além dos já referidos, o AIA foi ainda distinguido pela “Fast Bike Magazine” como o Circuito da Década, pela Federação Portuguesa de Automobilismo e Karting com o Prémio Prestígio em 2008 e por um sem número de órgãos de comunicação social que foram, ao longo destes últimos três anos, assinalando o circuito algarvio como pista de referência. Estas conquistas deixam os responsáveis da Parkalgar cientes que têm feito um bom trabalho: “Estes reconhecimentos deixam-nos extremamente satisfeitos e com a sensação de dever cumprido. Encaramos estas distinções como um sucesso da equipa em que, cada um à sua maneira contribui para o

21

resultado final. Têm sido três anos extremamente gratificantes mas muito trabalhosos e apesar de 2012 se adivinhar um ano difícil, estamos confiantes

que vamos conseguir superar as adversidades e tirar o melhor partido possível das pequenas conquistas”, referiu Paulo Pinheiro que acredita ter o AIA num período de contra-ciclo contrariando

as previsões negativas, não estivesse, para já, assegurada uma taxa de ocupação superior a 50% em 2012 e com um programa desportivo bastante aliciante e que será em breve divulgado.


www.algarvepress.net – diário online

DESPORTO

1ª quinzena de janeiro de 2012

Taça da Europa de Olhão acontecimento nacional

É claro, a Taça da Europa de Marcha não é um evento nacional, mas a edição realizada em Olhão em Maio deste ano não pode deixar de ser encarada pela relevância que teve no plano interno.

Reconhecida

por muitos agentes como um evento muito bem organizado, a IX Taça da Europa de Marcha Atlética foi uma demonstração da capacidade organizativa portuguesa, muito marcada desde logo pela já grande experiência de realização de eventos internacionais no nosso país.

22

Mas deve assinalar-se a grande coragem de trazer para Portugal a principal competição continental da marcha. A organização desta manifestação desportiva representou um importante

investimento para diversas entidades, com especial relevo para a Câmara Municipal de Olhão. Um investimento que, para quem quiser uma análise assente na frieza dos números, terá tido pouco ou nenhum retorno contabilístico. Porventura, o principal benefício terá sido expresso na afirmação internacional da capacidade organizativa dos portugueses, em especial das gentes do Algarve e de Olhão. A Taça da Europa de Marcha de 2011 atraiu um conjunto notável de atletas, espécie de colheita especial de entre

a elite continental da modalidade, que, com poucas excepções, compareceu em peso para uma jornada de provas em Olhão. Um pelotão de marchadores com uma quantidade e uma qualidade nunca vistas em Portugal. Já em anos não muito recuados tinha havido a intenção de apresentar uma candidatura portuguesa à organização de uma taça da Europa de marcha, mas as dificuldades acaba-

ram por se impor e obrigar a esperar por Maio de 2011 para se acolher o evento em Portugal. Talvez em anos próximos venhamos a poder ver no nosso país uma edição da taça do mundo. Ou talvez não. Por agora, fiquemo-nos pelas razões acima expostas para justificar a escolha da Taça da Europa de Marcha Atlética como acontecimento nacional de 2011.

Algarvio Ruben Faria na sombra de Cyril Déspres

Em

termos de rapidez pura, Ruben Faria é já considerado um dos melhores pilotos do mundo mas tal como em 2011, o olhanense estará dependente do que fizer o seu chefe de fila na Red Bull KTM, Cyril Despres. Além disso, Faria deverá entrar nesta edição com maiores cautelas pois fraturou três costelas numa prova do campeonato nacional e a sua preparação foi afetada por isso, tendo faltado ao último Rally de Marrocos. Seria um teste importante pela navegação, pelo calor

e resistência. Ainda assim estive com a equipa a testar em França e também me tenho preparado em Portugal, mas preferia ter feito mais corridas. O piloto de Olhão mantém o mesmo objetivo do ano passado, ajudar o Cyril a ganhar o Dakar. Se ele estiver bem eu próprio poderei fazer a minha corrida e quem sabe terminar nos cinco primeiros. Em 2011 estava em quinto a três dias do fim quando tive aquela penalização de duas horas, portanto acho que

esse é um resultado possível apesar das limitações da minha prova. Aos 37 anos, depois do oitavo lugar em 2011, Faria continua integrado na melhor equipa do mundo e não perdeu a esperança de, um dia, ele próprio poder lutar pela vitória. Tenho a melhor moto do Dakar, a melhor equipa e sinto que tenho aprendido imenso com o Cyril. Pode ser que um dia chegue a minha vez de brilhar”.


ANDALUCÍA

1ª quinzena de janeiro de 2012

Hospitales públicos realizan 722 trasplantes de órganos en 2011

diário online – www.algarvepress.net

Nuevas sedes de Emergencias

La puesta en marcha de las instalaciones Los centros andaluces registran una me- ha supuesto una inversión de 8,6 millones dia de dos injertos al día y, por primera y permitirá mejorar la atención y respuesvez, hay más personas trasplantadas de ta en casos de urgencia riñón que en diálisis para los próximos tres años

El presidente de la Junta, José Antonio Griñán, durante la inauguración

Cartel para la promoción de la donación de órganos

Los hospitales públicos de Andalucía han realizado 722 trasplantes de órganos en el año 2011, 151 más que en 2010, gracias a la solidaridad que han mostrado las familias de 308 donantes fallecidos y a los 51 donantes vivo de riñón. Igualmente, se han registrado cifras históricas con una media de dos injertos al día y, por primera vez, hay más personas trasplantadas de riñón que en diálisis. Así lo ha manifestado la consejera de Salud, María Jesús Montero, que ha señalado que las de 2011 son las cifras más altas registradas en un año en cuanto a donantes fallecidos (por primera vez se superan los 300 donantes) y trasplantes (nunca se habían superado los 700 trasplantes de órganos sólidos, 400 trasplantes renales y 200 hepáticos). De los 722 trasplantes de órganos registrados, 426 fueron de riñón (de ellos, 12 infantiles y 51 de donante

vivo), 211 de hígado (10 infantiles), 38 de corazón (1 infantil), 24 de pulmón (1 infantil) y 23 de páncreas. A estos trasplantes de órganos hay que sumar también que más de 1.300 pacientes han recibido implantes de distintos tejidos (córneas, válvulas cardíacas, tejido óseo, segmentos vasculares, etc.), con lo que se han alcanzado los 2.000 injertos anuales. Estos datos consolidan los resultados que se vienen alcanzando en los últimos años en materia de donación y trasplante de órganos en Andalucía. En cuanto al número de donaciones de donante fallecido, ha aumentado este año respecto al anterior un 18% (308 de 2011 frente a 261 de 2010) y de los 722 trasplantes realizados, 671 fueron posible gracias a los órganos procedentes de estos donantes (537 en 2010), lo que supone un incremento del 25%.

El presidente de la Junta, José Antonio Griñán, ha inaugurado el nuevo edificio que albergará las sedes del Centro de Coordinación de Emergencias 112-Andalucía en Jaén y de la Unidad Adscrita del Cuerpo Nacional de Policía, un equipamiento que ha supuesto una inversión de 8,6 millones de euros cofinanciados con fondos FEDER. En el acto, el presidente ha resaltado que las nuevas instalaciones contribuirán a mejorar la movilización y coordinación de recursos ante situaciones de urgencias y emergencias, además de resolver el problema de falta de espacio de las infraestructuras disponibles hasta ahora. Igualmente, ha destacado que el cambio de sede conlleva la incorporación de Jaén al frontal de atención de llamadas de la ciudadanía, complementando las disponibilidades de los centros de Sevilla y Málaga. El proyecto del Centro de Coordinación de Emergencias 112-Andalucía en Jaén se enmarca en el ámbito de la promoción de la Sociedad del Conocimiento y Telecomunicaciones, impulsando la innovación y desarrollo

de aplicaciones de tecnología de la información. Por su parte, las nuevas instalaciones policiales han sido diseñadas especialmente conforme al Plan Integral de Seguridad de la Dirección General de la Policía y de la Guardia Civil. Ambos centros ocupan una superficie construida de 5.500 metros cuadrados en unos terrenos de titularidad pública pertenecientes a la Consejería de Gobernación y Justicia. Ficha Técnica Algarve Press info@algarvepress.net Diretor: Manuel Luís Redatores:

Manuel Andrade, Geraldo de Jesus

Colaboradores:

António Cartaxo, Carla Franco, Luís Nadkarni, Luís Neves, Nélson Pires, Octávio Escolástico, Ricardo Gomes, Rogério Barroso

Fotógrafos principais: OSORES Paginação:

Elsa Ramos (www.switch.com.pt)

Revisão:

Vico Ughetto (www.switch.com. pt) Morada: Pcta. Azedo Gneco, Lj-21 • 8000-163 Faro

23


www.algarvepress.net – diário online

Mais de 100 Mil Passaram o Ano em Albufeira   Albufeira entrou em 2012

com o pé direito. A cidade voltou a encher para terminar 2011 da melhor forma e dar as boas vindas ao Novo Ano. Música, fogo de artifício e animação marcaram o último dia do ano, que voltou a ser uma das celebrações com maior projeção a nível nacional. Apesar da difícil conjuntura económica, Albufeira voltou a impor-se como um dos principais destinos para esta época do ano. No último fim de semana de 2011, a cidade acolheu mais de 100 mil visitantes, tendo mais de metade optado por rumar à Praia dos Pescadores para assistir à atuação de Aurea e à tradicional sessão

de Fogo de Artifício. A artista revelação espalhou glamour e boa disposição pelo recinto à beira mar, animando a multidão com a sua enérgica presença e potente voz, que lhe têm valido diversas distinções. A abrir a noite, Wilson Honrado, um dos animadores da Rádio Comercial, brindou os presentes com uma seleção musical e fez a contagem final rumo a 2012. Após o espetáculo, a noite continuou por toda a cidade, juntando pessoas numa celebração única, marcada pela cor e pelo entusiasmo. Num contexto de restrição orçamental, a 10.ª edição da Passagem de Ano de Albufeira apenas foi possível pela

Desidério Silva (pres.da CM) desejou á Aurea um 2012 cheio de sucessos

feliz parceria entre a Câmara Municipal de Albufeira, Agência de Promoção de Albufeira (APAL), bem como diversas associações empresariais e empresários locais. O concerto foi um importante chamariz para atrair turistas ao concelho durante o fim de semana que, apesar de curto, juntou mais de 100 mil pessoas.

O fim de ano de Albufeira colocou no terreno centenas de profissionais das mais diversas áreas, desde a logística associada à montagem do evento, televisão, equipa da autarquia, segurança e transportes, Bombeiros Voluntários, GNR, INEM, Cruz Vermelha, Associação de Nadadores Salvadores de Albufeira, Polícia Marítima e Municipal.

Jan_2012 - Algarve Press  

1ª Quinzena de Janeiro - Algarve Press

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you