Page 91

Em pé no corredor de baixo, eu estava prestes a acreditar seriamente que Dez tinha deixado minha bunda numa casa abandonada, quando a porta se abriu atrás de mim. Eu girei ao redor. Um senhor mais velho entrou pela porta, fechando-a em silêncio por trás dele. Cinza salpicava seu cabelo preto e sua pele marrom clara estava fortemente vincada. Seus profundos olhos castanhos encontraram os meus, e quando ele passou por mim no corredor, um quente sorriso cruzou seu rosto. Ele desapareceu pela porta da frente, sem dizer uma palavra. — Ok, — eu murmurei. Virando, me dirigi através de um arco amplo e uma grande sala de estar. Andei por aí sem descansar até que, cansada novamente, sentei em um maciço sofá de couro. Minha mente foi imediatamente para o que ia acontecer a seguir. Nossos sete dias acabaram e eu não tinha dado uma resposta a Dez. Deixando cair minha cabeça, eu esfreguei atrás do meu pescoço. O desconforto em meu estômago era como veneno do pukwudgie, espalhando até um brilho de suor cobrir minhas palmas. Eu desejei poder me transformar para minha verdadeira pele e voar. As coisas sempre pareciam fazer mais sentido no ar, mas Dez, onde quer que ele estivesse, ia pirar. DC, bem como a cidade de New York, era abarrotava com vários demônios. E embora o crepúsculo ainda estivesse a horas de distância, seria arriscado... Desde quando eu tinha começado a me preocupar com o que Dez pensava? A resposta era óbvia. No mesmo momento em que ele voltou para minha vida. Minha cabeça estava pendurada molemente em meu pescoço. As palavras formaram em meus pensamentos antes que eu pudesse pará-las. Eu ainda estava muito apaixonada por ele. Durante os três anos em que ele tinha ido, aquele amor se transformou em um coração partido, mas nunca desapareceu. Um movimento no canto do meu olho pegou minha atenção. Levantando minha cabeça, eu aspirei surpresa. Parada na porta estava uma garota pequena, mal tendo um metro e meio. Ela não podia ter mais que treze anos. De novo, ela podia ser mais nova. Ela era tão pequena, e eu nunca tinha visto nada como ela antes.

91

Jennifer l armentrout dark elements #0 5 bitter sweet love [revisado]  
Jennifer l armentrout dark elements #0 5 bitter sweet love [revisado]  
Advertisement