Page 88

— Não é sua culpa. — Eu limpei minha garganta, desejando que eu pudesse sentar. — Você não sabia. E se é a culpa de alguém, é minha. Deus, eu me sinto burra. Ele riu um pouco. — Por que? — Por que? — Eu repeti estupidamente. — Você me disse para não tocar aquela coisa estúpida e eu devia saber melhor. Ele tirou o cabelo úmido do meu rosto com sua mão livre. — Bem, confiar em algo chamado Hebert é uma má ideia. Eu rio alto. — Isso é verdade. Molhando meus lábios, eu deixei escapar uma longa respiração. — Onde nós estamos? — Nós estávamos muito longe de casa para levar você de volta. — Ele deslizou sua mão pela minha bochecha e então se sentou, ainda segurando minha mão com sua outra mão. — Eu trouxe você para DC. Estamos na casa dos Abbot. Arregalei meus olhos. — Nós estamos aqui? Como? Você dirigiu? — Dirigir teria levado muito tempo, e eu não sabia quão perigosa a mordida era. Era mais rápido voar. Estou grato por ter feito isso. Acontece que a mordida de pukwudgie não é algo com que se mexa. Abbot mandou um dos homens de seu Clã pegar nosso carro. Todas nossas coisas estão aqui. Eu o encarei. Ele voou até aqui? Me carregando? Sem dúvida ele parece que ia cair. — Dez, eu.... um obrigada não é suficiente. — Você acordar e estar bem é o suficiente. — Ele apertou minha mão. — Teve alguns minutos que eu não achei que você iria. E eu... — ele engoliu em seco enquanto fechava os olhos. Quando ele abriu de novo, eles brilhavam com a cor do céu antes do crepúsculo quando levou a minha mão até sua boca e plantou um beijo na minha palma. — Eu estava realmente preocupado. Uma dor furou meu peito com a agonia na voz dele. — Eu estou bem, certo? — Sim, mas... — Ele abaixou minha mão de volta para a cama. — Jas você esteve dormindo por um dia e meio. — O que? Eu respirei. Aquilo não podia ser verdade. Eu senti como se eu não tivesse dormido há dias. — Oh meu Deus, eu vou achar Herbert e estrangular ele. Dez riu. — Você precisa entrar na fila atrás de mim para isso. Seu sorriso passou por um estremecimento. — Eu tive que contar para seu pai.

88

Jennifer l armentrout dark elements #0 5 bitter sweet love [revisado]  
Jennifer l armentrout dark elements #0 5 bitter sweet love [revisado]  
Advertisement