Page 31

tinha acabado com o Clã de Dez. Eram casos escassos, mas sua ameaça era muito real. De repente, algo da diversão foi sugado desta experiência. — Desculpe. Sua desculpa me pegou de surpresa e eu não quis me sentir afetada por ela, mas meu peito se contraiu. — Quando fui embora, sabia que isso te afetaria, mas não me dei conta do impacto que causaria — continuou ele em voz baixa. — Não pensei que estaria sozinha, presa aqui. — Presa — era uma descrição correta. — Bem, acredito que na realidade você não me deva nada, não é? Não aceitou a oferta do meu pai e você... — Sim, te devo. — Seus olhos brilharam de um verde azulado. — Se não tivesse sido por você, bem, só Deus sabe o que teria sido de mim. Você me ajudou a seguir adiante, em maior parte. E você... — ele se calou, olhando fixamente para a janela do passageiro. — De todos os modos, eu me alegro que você esteja desfrutando disso. Aceitei a mudança de tema, querendo recuperar a sensação anterior. — Acredito que estou me saindo muito bem. Ele riu entre dentes. — Está. Acredito que você dominou o volante. Sempre foi uma ótima aprendiz. Sorri e logo uma onda de nervosismo me golpeou. Uma vez que a condição fosse concluída, então eu teria que cumprir com a dele. Beijá-lo. Fogo se estendeu através do meu rosto. O suor salpicou minhas palmas. Teria as palmas suadas enquanto o beijava? Eca. Eu disse a mim mesma que isso não importava, mas como Dez me lembrou, eu era uma mentirosa terrível. Sim, me importava. — Posso dirigir mais um pouco? — perguntei. — Pode dirigir o tempo que... pare o carro! — gritou de repente, se endireitando no banco. — Pare o carro Jasmine, agora! Os pelos de todo o meu corpo se eriçaram enquanto uma espessa sensação úmida invadia meu sangue. Algo estava mal, algo antinatural. Bati meu pé no freio. Os pneus chiaram e o cheiro de borracha queimada encheu o ar, mas outro aroma eclipsava... o cheiro de ovos podres. Enxofre.

31

Jennifer l armentrout dark elements #0 5 bitter sweet love [revisado]  
Jennifer l armentrout dark elements #0 5 bitter sweet love [revisado]  
Advertisement