Page 1

A festa aquรกtica na sua piscina


Curso 1 (HIDROSHOW) - Manhã – 09:00 às 12:00. Dias 19, 20 e 21 de junho- sexta, sábado e Domingo Local: Piscina e Auditório ? HIDROSHOW – A inovação do verão 2009. DOCENTES: Alessandra Cantalogo e Lico Fernandes OBJETIVO - Apresentar novas estratégias para as aulas de hidroginástica, dentro das novas tendências do mercado, incorporando conceitos de interatividade, entretenimento e lazer. CONTEÚDO: “Conceitos Gerais de HIDROGINÁSTICA, HIDROTERAPIA, HIDROSHOW” ; “A utilização da música” “Considerações Biomecânicas” “Benefícios da Hidroginástica” “Hidrovariações” “Princípios pedagógicos da hidroginástica” "Considerações Metodológicas” “Estrutura da aula” “Procedimentos para organizar uma aula” “Aulas Práticas”


Panorama Histórico da Reabilitação Aquática O uso da água como meio de cura data de muitos séculos, embora o seu uso original não coincida exatamente com a nossa percepção presente do seu uso para finalidades de reabilitação.


Hidroterapia, hidrologia, hidrática, hidroginástica, terapia pela água, terapêutica pela água e exercício na água. Os termos mais comumente usados hoje em dia são “reabilitação aquática” ou “fisioterapia aquática”.


HIDROGINÁSTICA DEFINIÇÃO:

“É um programa de condicionamento, desenvolvido na água, que inclui exercícios do tipo aeróbios e exercícios para o desenvolvimento da resistência muscular localizada, força muscular e flexibilidade.”


HIDROTERAPIA DEFINIÇÃO: A hidroterapia é a utilização dos efeitos físicos, fisiológicos e cinesiológicos, advindos da imersão do corpo, ou parte dele, em meio aquático, como recurso auxiliar na reeducação funcional neuromotora, musculoesqueletica ou cardiorrespiratória, visando o restabelecimento da saúde, sua manutenção ou ainda prevenção de uma alteração funcional orgânica.


HIDROSHOW Aula de hidroginástica temática ministrada por Fisioterapeuta e Dj Interativo .O trabalho é direcionado ao público em geral, para todas as idades, com atividades lúdicoeducativas e interativas, com troca de figurinos de acordo com o estilo musical tocado, fazendo assim todo o público presente interagir e participar diretamente das atividades apresentadas.


Conhecer e executar técnicas de prevenção de acidentes.


A UTILIZAÇÃO DA MÚSICA Um ponto importante da hidroginástica a ser ressaltado é o fato de que não se pode transferir exercícios feitos fora da água, diretamente para dentro, pois a resistência do meio líquido é 600 vezes maior. Por isso a escolha da música e o ritmo são fatores importantíssimos para o sucesso de sua aula. Uma recomendação seria músicas de 120 a 130 bpm, pois este ritmo pode ser perfeitamente executado no meio líquido.


Observação Além disto alguns exercícios como elevação das pernas a frente em terreno seco são executados pelos músculos elevadores da coxa e para descer a perna basta diminuir a contração que a força da gravidade se encarrega do resto, no entanto no meio aquático é necessário a participação dos glúteos para se fazer o abaixamento das pernas.


A água é um excelente meio de exercitação: • Forças de impacto contrariadas pela força de impulsão • Acolhimento de populações especiais • Fonte de grande alegria para a população em idade escolar


Considerações Biomecânicas Conhecer...

• Força de impulsão -

anula as forças de impacto perturba o equilíbrio e a postura facilita o movimento ascendente dificulta o movimento descendente


Considerações Biomecânicas Conhecer...

• Força de arrasto - força resistente ao movimento - função da área de secção transversal oposta ao deslocamento - minimizada na natação, procurada na hidroginástica


Considerações Biomecânicas Conhecer...

• Leis de Newton 1ª ou Lei da Inércia Ex: parar/ arrancar mudanças de direcção


Considerações Biomecânicas Conhecer...

• Leis de Newton 2ª ou Lei da aceleração F=m.a Para aumentar a velocidade de um movimento, é necessário aumentar a força aplicada no mesmo.


Considerações Biomecânicas Conhecer...

• Leis de Newton 3ª ou Lei da Ação-Reação A movimentação dos segmentos numa dada direcção tem como consequence um deslocamento do corps no sent do oposta.


Benefícios da Hidroginástica • Impacto diminuído • Rápido fortalecimento muscular • Diminuição do desconforto (calor, suor) • Alternativa ao nado tradicional


Benefícios da Hidroginástica • Melhora o sistema cardio-respiratório; • Melhora o condicionamento físico; • Desenvolve os músculos e a resistência muscular; • Aumenta a amplitude das articulações; • Ativa a circulação; • Melhora a postura; • Diminui o impacto sobre as articulações; • Alivia dores na coluna vertebral;


Benefícios (Cont.) • • • • • •

Alivia as tensões e o stress do dia-a-dia; Tem efeito relaxante; Melhora os aspectos físicos e psicológicos; Proporciona um bem estar físico e mental; Ajuda na socialização; Aquece simultaneamente diversas articulações e músculos; • Diminui os problemas de hipertensão e hipotensão.


VANTAGENS DA HIDROGINÁSTICA •Aquece simultaneamente as diversas articulações e músculos durante os exercícios, o que auxilia o tratamento de problemas articulares; •Melhora a execução de exercícios sem sobrecarregar as articulações de base e eixo do movimento, porque o corpo é menos denso do que a água e a força de flutuação faz com que o corpo ganhe estabilidade e equilíbrio; •Facilita o aumento gradativo da amplitude articular; •Fortalece os músculos articulares sem riscos (quando aplicado corretamente); •Oferece maior resposta muscular através das diversas posições expressas nos exercícios e por resistência oferecida pela água; •Melhora a condição da pele devido a ativação do suprimento sangüíneo e trabalho no aparelho circulatório;


VANTAGENS DA HIDROGINÁSTICA (cont) •Facilidade do retorno venoso pelo efeito da pressão hidrostática, auxiliando a quem tem tendência à varizes; •Reeducação respiratória aumentando o trabalho respiratório em 60%, melhorando assim a capacidade respiratória do corpo; •Performance global, qualquer movimento que será feito na água terá que ter resistência na ida e na volta, é uma sobrecarga natural; •O coração funciona com maior eficiência, quando o nosso corpo esta submerso até o pescoço e em repouso, o coração bombeia 32% mais sangue. Isso acontece porque a imersão concentra o suprimento de sangue ao redor do coração. O coração consegue bombear maior volume de sangue por batimento resultando em maior eficiência e melhor condicionamento cardíaco; •Massageamento dos músculos, a ondulação da água contra o tecido muscular cria o efeito de uma massagem recuperativa que geralmente se prolonga por horas após a saída da piscina.


Hidrovariações • • • • • • • •

Caminhada; Deep water(Hidro sem tocar o pé no fundo); Deep runner (Corrida dentro sem tocar); Hidroioga; Hidrodança; Hidrocapoeira; Hidro power Hidro Local;


Hidrovariações (Cont.) • • • • • •

Hidro step; Hidro Kickbox; Hidro Kids; Hidrocircuito; Hidrorecreativa; Hidro avançada;

• • • • • • •

Aulas temáticas: Hidro de Natal; Hidro de Páscoa; Hidro das Mães; Hidro Junina; Hidro dos Pais; Hidro das crianças.


Observações Toda e qualquer aula deve ser planejada antecipadamente. O professor precisa estar ciente dos exercícios que irá prescrever, se eles são eficazes e farão os alunos atingirem seus objetivos, se o grau de dificuldade não vai atrapalhar o desenvolvimento do aluno, etc. Por isso é muito importante que o professor faça o planejamento das aulas e entre na água para fazer os exercícios, comprovando assim a eficácia da mesma.


PRINCIPIOS PEDAGÓGICOS DA HIDROGINÁSTICA Para que o objetivo seja alcançado, é imprescindível que o professor siga alguns princípios pedagógicos:


1). PRINCIPIO DA MOTIVAÇÃO:

Quanto mais o indivíduo é estimulado positivamente, mais ficará motivado, pois a motivação está relacionada diretamente à personalidade do professor.


2). PRINCIPIO DA INDlVlDUALIZAÇÃO:

A individualização se caracteriza pela condição biológica do aluno, que determina o grau de esforço que será capaz de suportar.


3). PRINCIPIO DA CONTINUIDADE: Está baseado no processo de adaptação ao organismo humano, que é o resultado da alternância entre o esforço e a recuperação, e ocorre através dos estímulos que poderão ser: - Fracos: não causam nenhum benefício ao organismo; - Moderados: provocam leves excitações; - Fortes: produzem adaptações satisfatórias; - Muito Fortes: podem causar dados irreparáveis.


4). PRINCIPIO SOBRECARGA:

Aumentar gradativamente número de repetições, duração, intensidade dos exercícios.


Considerações Metodológicas E s tr u tu r a d a A u la P a r te In ic ia l A q u e c im e n t o P r é - a lo n g a m e n t o s ?

P a r te P r in c ip a l R e s is t ê n c ia a e r ó b ia F o r ç a m u s c u la r F le x ib ilid a d e

P a r te F in a l R e la x a m e n t o A lo n g a m e n t o s f in a is ?


ESTRUTURA DA AULA


1). SOLTURA (Pré-Aquecimento): O objetivo desta fase é alertar o corpo e a mente para o que vai ser feito. Estar inteiramente “ligado” faz com que não haja desperdício de energia e cada exercício seja feito de maneira correta, com interesse, aproveitando-se ao máximo seus benefícios. A Soltura visa, então, aprontar o corpo para o trabalho de água.


2). AQUECIMENTO: Varia de professor para professor e de formas, mas deve ser gradativo. -Aquecimento global, - Pequenos mĂşsculos, - Acelerar a F.C.


3). AERÓBICOS: Deve-se elevar e manter entre 60% à 75% a Freqüência Cardíaca. (Medir pulso, para verificação).


4). FORMAIS LOCALIZADOS FLEXIBILIDADE: Também varia de professor para professor, mas daremos ênfase aos abdominais e glúteos, seguidos pelos membros inferiores e superiores. Não devemos deixar de nos preocuparmos com a flexibilidade que deverá começar gradualmente até atingir 1/2 desta parte da aula.


5). RELAXAMENTO: Deve não ser somente físico, mas também mental. Bem variado, de acordo com o nível e a necessidade de seus alunos.


HIDROSHOW  

Curso Hidroshow

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you