Page 1

A8

A TARDI N HA

SALVADOR SÁBADO 24/12/2016

Exercite-se! ROBERTA MARQUES

Pode parecer engraçado, mas estudos revelaram que não é quem fica muito tempo sentado estudando que consegue ter bons resultados. Os trabalhos do grupo do pesquisador Sérgio G. da Silva, do Instituto Israelita de Ensino e Pesquisa Albert Einstein, em São Paulo, mostraram que os filhotes das ratinhas que se exercitavam bastante durante a gravidez conseguiam aprender mais rápido. Os cientistas também observaram que os ratos adolescentes que praticavam exercícios eram mais espertos. Esses ratos conseguiam se concentrar melhor em uma tarefa, sem se perder em distrações. E mais: que os benefícios trazidos com o

Querido Papai Noel... Neste Natal, brincamos de amigo-secreto e pedimos às crianças para dar presentes em um faz de conta ALESSANDRA OLIVEIRA

C

hamamos meninos e meninas para brincar de amigo-secreto. Eles podiam escolher qualquer pessoa do mundo para dar o presente que quisessem, vendido em loja ou inventado. O importante era que o amigo-secreto gostasse. Maria Clara Almeida, 7, quis dar uma carta para a amiga Clara. Ela foi a única que inventou o presente. Os demais quiseram comprar algo, como Ysaque Douglas Pereira, 12, que escolheu um celular para a mãe, porque o dela quebrou. Para ele, a melhor parte do Natal é ganhar alguma coisa. Também teve quem escolheu brinquedo. Lisa Clara dos Santos, 8, daria uma Barbie para a amiga Rebeca, e Arthur Souza, 10, uma bicicleta para o irmão Vítor. “Sem presente, ia tirar um pouco da diversão”, disse Arthur. A psicóloga e pesquisadora Paula Sanders explicou que devemos dar mais valor à atitude de presentear do que ao tipo de coisa que ganhamos. “A origem do Natal é compartilhar e valorizar as relações sociais”, contou. Juliana Costa, 12, concorda. “Pode ser um beijo e abraço”. No amigo-secreto de A Tardinha, ela escolheu dar roupas para a prima Renata, para ajudar a tia, que tem muitos filhos. Já Gustavo Trigo, 7, deu de brincadeira uma viagem para o avô “Pepão” visitar o pai dele, que é o bisavô de Gustavo, na Espanha.

Reprodução

Brincadeira feita para dividir O amigo-secreto se tornou popular após uma crise nos Estados Unidos, em 1929, quando as pessoas não tinham dinheiro para presentear toda a família. Hoje, a brincadeira ajuda o Natal a ser o segundo período em mais se vende brinquedo no Brasil, depois do Dia das Crianças. A psicóloga Paula lembrou que não devemos comprar sem motivo. “É preciso merecer o presente”.

Balão dos quadrinhos virou personagem De trás para frente, Oalab vira balão, se a gente acrescentar também o acento em cima da letra “a”. Pois bem, este é o nome do personagem principal deste livro, e ele nasceu de uma forma inusitada. Oalab foi criado para ser o pensamento de uma dessas figuras que só existem nas histórias em quadrinhos. Um dia, o desenhista o deixou lá, vazio, e ele acabou decidindo que não seria a ideia de alguém, mas sim um alguém ele mesmo. O balão então partiu em uma jornada com a ajuda do vento para encontrar o pensamento dos outros, como o do ovo que ainda não sabia que seu destino era ser passarinho. Essa é uma história que nos ensina como a palavra pensada é livre e como pensar junto pode ser enriquecedor.

BRUNO AZIZ

[ leia ] O vento de Oalab Autor: João Luiz Guimarães Ilustrador: Bruno Nunes Editora: SM 40 páginas R$ 36

movimento se mantinham na fase adulta. Porque mesmo que se pare de se exercitar, o cérebro de um indivíduo que cresceu se exercitando não perde as capacidades que adquiriu. Isso significa que as crianças deveriam se exercitar bastante e que deveria haver um maior equilíbrio entre as atividades de estudo e leitura e os exercícios físicos para que elas se tornem adultos com mais chances de sucesso profissional. ROBERTA É BIÓLOGA E PROFESSORA DA UNIVERSIDADE ESTADUAL DA PARAÍBA

Amigo-secreto de fantasia  

Matéria sobre amigo-secreto e consumo para edição de Natal, publicada em A Tardinha, página infantil do jornal A TARDE

Amigo-secreto de fantasia  

Matéria sobre amigo-secreto e consumo para edição de Natal, publicada em A Tardinha, página infantil do jornal A TARDE

Advertisement