Issuu on Google+

1ª EDIÇÃO ESPECIAL SOBRE A COPA DO MUNDO FIFA BRASIL 2014!

FINAL HISTÓRICA?

As duas maiores seleções sul-americanas podem sim se enfrentar na final da Copa do Mundo de 2014. Confira as possibilidades de acontecer essa final “dos sonhos”, para muitos.


A FINAL “DOS SONHOS”

A possibilidade de um confronto na final da Copa do Mundo, contra os nossos hermanos, no Maracanã, no dia 13 de Julho de 2014, é concreta e real, aumentando ainda mais a expectativa por parte dos torcedores brasileiros e argentinos. Por Pedro Brasil

M

uito se fala num possível duelo entre Brasil e Argentina na decisão da Copa do Mundo. É bem verdade que discurso não é tão dito nos últimos meses, principalmente pelas recentes apresentações da Argentina e as lesões de Messi. Mas, ainda há quem acredite nesta hipótese. No entanto, não é qualquer chave que pode proporcionar este cruzamento. Levando em consideração que as duas seleções terminem na liderança de seus grupos um possível Brasil x Argentina na final só aconteceria se os hermanos caíssem nos Grupo B, D, F ou H no sorteio que acontecerá no dia 6 de dezembro, na Costa do

Sauípe/BA. Caso a Argentina caia em uma destas chaves, mas estes ou o Brasil termine em segundo, o cruzamento ocorreria antes das finais. Há a possibilidade, também, que ocorra o cruzamento em uma hipotética final caso a Argentina caia nas demais chaves (com exceção o Grupo A, já que está é garantida do Brasil). Contudo, uma das duas seleções precisariam terminar em segundo em seu grupo. Caso contrário, as seleções poderia se enfrentar já nas quartas de final (Brasil em primeiro em seu grupo e a Argentina em 1º do Grupo C) ou nas semifinais (Brasil líder e a Argentina como líder dos Grupos E ou G).


Um confronto já nas oitavas de final também é possível. Para isso, a Argentina teria de cair no Grupo B. Neste caso, uma das seleções deve ser o líder de seu grupo e o outro termine a primeira fase em segundo. Logística Caso a Argentina caia no Grupo B, os hermanos jogariam, na sequência, em Salvador, Rio de Janeiro e Curitiba; Pelo Grupo D, as sedes seriam Fortaleza,

e Porto Alegre e, finalmente, no Grupo H, jogaria em Belo Horizonte, Rio de Janeiro e São Paulo. Levando em consideração a logística, para a Argentina seria melhor cair no Grupo H, uma vez que fará os seus treinamentos na Cidade do Galo, em Belo Horizonte e faria a sua primeira partida justamente na capital mineira. Além do que, as demais viagens não são tão desgastantes.

São Paulo e Natal; No Grupo F, Rio de Janeiro, Belo Horizonte

O mesmo vale para o Grupo F.



Trabalho pedro e aldrin impressão 1