Page 1

nº 13 agosto 2017

TURISMO SUSTENTÁVEL

INFOMAIL

UM COMPROMISSO COM AS GERAÇÕES VINDOURAS


4 DESTAQUE TURISMO SUSTENTÁVEL

Paulo Jorge Marques Inácio (Presidente) Ordenamento e Gestão Urbanística Gabinete de Planeamento Estratégico e Desenvolvimento Departamento Jurídico e Administrativo

10 ACONTECEU

Departamento de Gestão Financeira Gabinete de Desenvolvimento e Avaliação de Recursos Humanos

12 OPINIÃO

Gabinete de Proteção Civil

13 OBRAS DE

Água e Saneamento

PROXIMIDADE

17 AGÊNCIA DE

DESENVOLVIMENTO

21 POLÍTICAS

SOCIAIS INOVADORAS

Gabinete de Relações Públicas e Protocolo Fiscalização Municipal Turismo Atendimento ao público: marcação prévia Tlf: 262 580 843/61

Hermínio Rodrigues (Vice-Presidente/Vereador) Obras Municipais e Ambiente Projetos Municipais Taxas e Licenças Gestão de Zonas Industriais Cadastro Imobiliário Informática Atendimento ao público: marcação prévia

24 PROJECTOS

& INICIATIVAS

31 DELIBERAÇÕES

Tlf: 262 580 826

Inês Silva (Vereadora) Educação Ação Social e Juventude Cultura Associativismo Desporto Atendimento ao público: marcação prévia Tlf: 262 580 810

CONFLUÊNCIA BOLETIM INFORMATIVO DA CÂMARA MUNICIPAL DE ALCOBAÇA Nº 13 AGOSTO 2017 DISTRIBUIÇÃO GRATUITA PROPRIEDADE CÂMARA MUNICIPAL DE ALCOBAÇA PAÇOS DO CONCELHO, PRAÇA JOÃO DE DEUS RAMOS, 2461 – 501 ALCOBAÇA COORDENAÇÃO, EDIÇÃO, DESIGN E PAGINAÇÃO GABINETE DE RELAÇÕES PÚBLICAS E PROTOCOLO IMPRESSÃO E ACABAMENTO FIG INDÚSTRIAS GRÁFICAS, S.A. RUA ADRIANO LUCAS, 3020-265 COIMBRA DEPÓSITO LEGAL 386990/15 TIRAGEM 31300 EX GABINETE DE RELAÇÕES PÚBLICAS E PROTOCOLO PAÇOS DO CONCELHO, PRAÇA JOÃO DE DEUS RAMOS, 2461 – 501 ALCOBAÇA TLF: 262 580 844 E-MAIL: GCRP@CM-ALCOBACA.PT

José Canha (Vereador) Sem pelouros atribuídos Atendimento ao público: marcação prévia

Eugénia Rodrigues (Vereadora) Sem pelouros atribuídos Atendimento ao público: marcação prévia

Carlos Bonifácio (Vereador) Sem pelouros atribuídos Atendimento ao público: marcação prévia

WWW.CM-ALCOBACA.PT WWW.FACEBOOK.COM/MUNICIPIOALCOBACA

Rogério Raimundo (Vereador) Sem pelouros atribuídos Atendimento ao público: marcação prévia


EDITORIAL Viver em Alcobaça é sinónimo de qualidade de vida. Esse é o mote da estratégia de afirmação territorial que o Município tem vindo a implementar em todo o concelho. Estamos a construir um lugar onde é bom viver e onde os residentes sentem orgulho naquilo que é seu. É uma estratégia virada, em primeiro lugar, para dentro, dirigida a todos nós, os munícipes, de forma a que cada um possa ser embaixador de Alcobaça. Só quando nos sentimos confortáveis na nossa casa é que a podemos partilhar com quem nos visita. A afirmação do concelho de Alcobaça assenta em três pilares: património (histórico, cultural e científico), gastronomia e ambiente. Estes três pilares são a base da política de Turismo Sustentável que o Município tem vindo a materializar em diversos projetos e iniciativas como os percursos interpretativos, as rotas pelo património, a reflorestação da Quinta do Campo, no Bárrio, a pedonalização do Rio Alcoa, o Parque Verde e as suas estufas pedagógicas, entre outros. Nesta nova edição do Boletim Municipal “Confluência”, convidamos os munícipes a acompanhar todo o processo de regeneração gradual e consistente que se está a operar um pouco por todo o concelho. Temos uma ideia muito clara do que estamos a fazer e do muito que ainda falta fazer. Este é um trabalho contínuo, a bem dos superiores interesses do concelho e dos seus residentes. Esta é uma mensagem que queremos também transmitir aos nossos emigrantes que nesta época estival do ano regressam às suas raízes. Queremos que também eles sintam orgulho na sua terra natal e se um dia tiverem oportunidade ou vontade de regressar terão, à sua disposição, um concelho desenvolvido, modernizado, equipado e com uma grande capacidade de apoio municipal e comunitário. Destaco ainda os significativos avanços nas obras do Hotel do Mosteiro de Alcobaça, no Parque Verde de Alcobaça, na Unidade de Saúde Familiar da Benedita, no Centro Escolar de Turquel e as recentes aquisições patrimoniais no Vimeiro, Évora de Alcobaça e em Aljubarrota, onde o Município concretizou a compra do chamado Celeiro da freguesia, com todas as vantagens que isso representa para a promoção da marca Aljubarrota. A melhoria das infraestruturas do concelho serve apenas um propósito: reforçar a qualidade de vida dos munícipes. Temos as nossas necessidades básicas plenamente garantidas: somos dos poucos municípios com qualidade de água a 100% e uma taxa de saneamento que serve mais de 80% da população. Temos uma rede de apoio social com IPSS dinâmicas e modernizadas sendo o concelho com mais Misericórdias em Portugal e o segundo do distrito de Leiria, a par de Pombal, com mais instituições sociais (27). Os alcobacenses são pessoas exigentes e trabalhadoras e, como tal, o Município conta com todos eles para, juntos, fazermos de Alcobaça um lugar bom para viver. Deixo ainda um cumprimento muito especial à diáspora alcobacense e desejo a todas as famílias que se divirtam na Feira de São Bernardo.

O Presidente da Câmara Municipal Paulo Jorge Marques Inácio


Turismo Sustentável Um compromisso com as gerações vindouras A visão estratégica da autarquia para a gestão turística do concelho assenta nos valores da sustentabilidade, da valorização do ambiente e na formação cívica. Temos um património ambiental e cultural que podemos e devemos valorizar através do turismo, mas também envolvendo as escolas e a comunidade local. Paulo Inácio, Presidente da Câmara Municipal

A ONU (Organização das Nações Unidas) proclamou 2017 como o Ano Internacional do Turismo Sustentável para o Desenvolvimento, mote que dá eco às iniciativas municipais em torno da divulgação e valorização do património histórico, cultura, ambiental e gastronómico do concelho. É uma estratégia de marketing territorial que respeita a identidade e a integridade patrimonial, direcionada não apenas para turistas e visitantes mas também para todos os munícipes, promotores naturais da sua terra. É também um incentivo ao empreendedorismo, à revitalização económica e consequentemente à criação de emprego, com base na sustentabilidade ambiental. Alcobaça caracteriza-se acima de tudo pela multiplicidade: paisagem, marcas, produtos, manifestações culturais, indústria e património. Como tal, é importante saber valorizar todas estas dimensões de uma forma equilibrada e reforçar, junto dos alcobacenses, um sentimento de orgulho e de pertença. Um trabalho que é acima de tudo um compromisso com as gerações vindouras: preservar a nossa identidade cultural mas também os nossos recursos naturais.

4 » confluência


Turismo Sustentável » Destaque

Turismo escolar Polo de conhecimento histórico e científico O turismo escolar posiciona Alcobaça como um território a (re)descobrir. É uma forma de turismo sustentável, mostrando e divulgando a riqueza patrimonial do concelho às novas gerações que irão certamente regressar com os seus pais e mais tarde com os seus filhos. O concelho tem um vasto património edificado e natural que merece ser valorizado.

Serviço Educativo O Município tem vindo a ampliar a sua oferta de serviço educativo, envolvendo e dinamizando escolas, IPSS e Universidades Seniores. Destaque para as atividades do Museu do Vinho, “Era Uma Vez… Monges, Cavaleiros e Reis, à descoberta dos Mosteiros Património Mundial do Centro”, Percursos Interpretativos, as ações de limpeza de praia e o programa “Uma Aventura em Alcobaça”, que proporcionam um conjunto de experiências educacionais e lúdicas realizadas em diversos locais do concelho.

Estufas pedagógicas no Parque Verde O Parque Verde contempla a criação de duas estufas pedagógicas que serão uma referência nacional em termos de introdução ao estudo da botânica e da natureza. Pretende-se favorecer o seu usufruto pela comunidade escolar local, mas também atrair alunos e professores de outros concelhos.

Percurso Camoniano O percurso Pedro & Inês em cerâmica de Alcobaça será inaugurado a 20 de agosto e disposto ao longo do recentemente requalificado Passeio Pedonal. O projeto nasceu de uma interpretação do episódio de Inês de Castro de Os Lusíadas, de Luís Vaz de Camões (séc. XVI) e traduz, em cada peça exposta, o universo literário, identitário e simbólico do amor de D. Pedro I e D. Inês de Castro.

Património edificado Mosteiro de Coz O Mosteiro Cisterciense de Santa Maria de Coz encontra-se em processo de elevação da sua classificação a Monumento Nacional, na sequência da candidatura entregue ao Ministério da Cultura, no início de 2016. Este processo poderá facilitar o acesso a financiamento comunitário necessário para realizar mais obras de preservação e valorização deste mosteiro feminino cisterciense. Uma verdadeira obra-prima arquitetónica e um marco da excelência patrimonial cisterciense que importa valorizar, recuperar e revitalizar. confluência « 5


Destaque « Turismo Sustentável

Rotas pelo património Estão desenhadas cinco rotas pelo património que proporcionam a visitantes, turistas e à comunidade local experiências históricas de forma sistematizada e acompanhada: “A Villa Romana de Parreitas e o Museu Monográfico do Bárrio”; “Visita ao Mosteiro de Coz”; “Alcobaça – Dê Lugar ao Amor”; “Por Aljubarrota com Brites de Almeida” e “São Martinho do Porto, para lá da praia”.

Museus Municipais O concelho tem três museus municipais: O Museu do Vinho cujo acervo museológico é o mais completo do país na temática vitivinícola, abrangendo aspetos da cultura material do vinho de inquestionável valor histórico, científico, industrial e etnográfico, que vão do século XVII ao advento do século XXI. O Museu Raúl da Bernarda apresenta um valioso espólio de cerâmica que ilustra o peso histórico deste setor industrial em toda a região. Mais recentemente inaugurou-se a Central da Confluência dos Rios, espaço museológico que evoca o pioneirismo industrial do concelho, sendo ainda também espaço para exposições de vídeo-arte.

Villa Romana de Parreitas O Museu Monográfico do Bárrio e a Villa Romana de Parreitas, são duas mais-valias turísticas do concelho de Alcobaça que constituem um testemunho da ocupação romana no concelho de Alcobaça. O Município organiza visitas guiadas a este importante legado histórico através de inscrição prévia junto Serviço Educativo. A visita a Parreitas pretende dar a conhecer a presença romana na região de Alcobaça e os vestígios do processo de romanização conhecidos, em íntima relação com a desaparecida Lagoa da Pederneira e com o contexto do Império Romano no seu todo.

Gastronomia Malhado de Alcobaça A raça suína Malhado de Alcobaça está a ser preservada graças ao trabalho levado a cabo por um conjunto de produtores, da Federação Portuguesa das Associações de Suinicultores (FPAS), da Associação dos Agricultores da Região de Alcobaça e da Câmara Municipal, que têm desenvolvido esforços com vista à divulgação, certificação e registo da marca.

6 » confluência


Turismo Sustentável » Destaque

Maçã de Alcobaça A marca Maçã de Alcobaça é hoje em dia uma das principais marcas do concelho, com grande peso económico na sua balança comercial. Projetos como a Modernização do Perímetro de Rega da Cela, representam um forte impulso para a produção agrícola (nomeadamente Maçã de Alcobaça, Pera Rocha e produtos hortícolas) e consequentemente para a economia local, regional e nacional.

Doces e Licores Conventuais Os Doces e Licores Conventuais, reconhecidos internacionalmente pela sua excelência, representam uma mais-valia turística e económica sendo um elemento fundamental da identidade e da tradição alcobacense. Esta secular tradição gastronómica é celebrada anualmente na Mostra Internacional de Doces & Licores Conventuais, que afirmam esta marca além-fronteiras.

Vinhos O setor vitivinícola alcobacense está historicamente ligado ao trabalho desenvolvido pelos monges da Ordem de Cister. No início do século XX, o vinho da região era reconhecido nacionalmente. Depois de décadas de alguma quebra na produção e na qualidade, tem-se assistido, nos últimos anos, a um verdadeiro ressurgimento dos vinhos de Alcobaça graças essencialmente ao trabalho da Adega Cooperativa e da Quinta dos Capuchos que tem vindo a obter prémios internacionais. Esse trabalho tem ganho visibilidade com a participação na iniciativa Vinhos de Lisboa, na Rua Augusta.

Ambiente Reflorestação da Quinta do Campo, Bárrio O projeto de reflorestação da Quinta do Campo resultou até ao momento na plantação de 27 500 árvores de espécies autóctones criando um novo espaço florestal para as futuras gerações usufruirem.

Troca de papel por plantas O Dia Mundial da Árvore, da Floresta e da Agricultura tem vindo a ser assinalado através da campanha “Qual é o seu Papel?”, com o objetivo de promover a troca de papel velho por plantas. Este ano a campanha bateu recordes absolutos, tendo sido recolhidos quase nove toneladas de papel. Promove-se acima de tudo a consciência ambiental e a valorização da reciclagem.

confluência « 7


Destaque « Turismo Sustentável

Ações de limpeza das praias A cultura de preservação ambiental está implantada no concelho. O resultado é um respeito cada vez maior pelo património natural. As limpezas de praia levadas a cabo pelo município junto da comunidade educativa são disso exemplo, ensinando aos mais novos a importância da preservação da natureza e do ambiente.

Praia.comigo Está disponível através da internet uma plataforma, em fase de teste, que torna possível a notificação de irregularidades relacionadas, entre outras, com a presença de lixo, danificação de equipamentos ou contaminação da água nas praias reportando ao departamento municipal responsável. endereço: https://praia.comigo.pt/

Valorização do rio Alcoa Gradualmente, os projetos que se estão a desenvolver vão no sentido de valorizar o recurso natural água, nomeadamente o Rio Alcoa. O Parque Verde é disso um bom exemplo: um novo espaço lazer e um polo de atração turística que procura cruzar a cultura cisterciense e a beleza natural que nos rodeia. Outro exemplo, já concluído, é a requalificação do percurso pedonal junto à “Levadinha”. Este projetos melhoram as condições de vida dos munícipes, proporcionando-lhes espaços de lazer e de desporto informal, valorizando, deste modo, o sistema hidráulico cisterciense.

Precursos interpetativos No âmbito do Ano Internacional do Turismo Sustentável para o Desenvolvimento, proclamado pela ONU, o Município promoveu diversos percursos interpretativos entre Fevereiro e Julho, onde o objetivo principal é valorização do património natural do Concelho. Conhecer, interpretar e estimar foi o mote desta iniciativa que passou por várias freguesias: “Lagoa de Pataias”, “Na senda de Joaquim Vieira Natividade”, “As árvores da nossa cidade”, “Biodiversidade: Levadinha, Alcoa e Baça”; “Conhecer melhor o litoral norte e sul de Alcobaça” e “No sopé da Serra dos Candeeiros”.

8 » confluência


Turismo Sustentável » Destaque

Cultura & Eventos Cistermúsica Estreado em 1991, por iniciativa da Câmara Municipal, o festival Cistermúsica que, este ano, foi mais uma edição de sucesso, é um espaço de concertos e espetáculos, assim como um lugar de descoberta de novos e velhos talentos (regionais, nacionais e internacionais) no universo da música universal. Conjuga na perfeição, e como poucas iniciativas do seu género, as qualidades criativas, culturais, arquitetónicas e turísticas de uma região inteira e de tudo aquilo que esta tem para oferecer.

Aljubarrota Medieval Aljubarrota Medieval evoca a vitória na Batalha de Aljubarrota que afirmou a independência de Portugal, ocorrida a 14 de agosto de 1385. Durante quatro dias de muita animação, descobre-se um pouco mais da nossa História. A este grande momento histórico encontra-se associada a lendária Padeira de Aljubarrota, Brites de Almeida, a quem é atribuído o feito de, com a pá do seu ofício, ter aniquilado um grupo de sete castelhanos famintos.

Feira de São Bernardo Em agosto, o concelho de Alcobaça celebra Bernardo de Claraval, uma das mais importantes figuras da Ordem de Cister. A secular e tradicional Feira de São Bernardo, a grande festa do concelho, de entrada livre, oferece a todos os que a visitam muita animação: concertos, exposições, equipamentos de diversão, venda ambulante e mostra de atividades económicas da região, provas equestres e de ciclismo (Circuito de São Bernardo).

Mostra Internacional de Doces & Licores Conventuais Trata-se do grande evento da programação cultural do Município, que este ano celebra a sua 19ª edição (23 a 26 de novembro). Os milhares de visitantes não resistem à tentação de vir a Alcobaça experimentar deliciosas e ancestrais iguarias, oriundas da tradição monástica e conventual do Mosteiro de Alcobaça como de outros Mosteiros e Conventos (nacionais e internacionais).

Books&Movies Com o Books&Movies a Câmara Municipal cumpre o desígnio de democratizar o acesso à cultura. O festival que, este ano, decorre de 4 a 14 de novembro, promove em diversos espaços da cidade momentos únicos de partilha de experiências e vivências com os artistas e criadores dos mais diversos ramos da cultura, com especial enfoque na literatura e no cinema que são os géneros basilares deste evento.

confluência « 9


Aconteceu 13 e 14 abril 2017

The Gift

Os alcobacenses The Gift iniciaram, em abril, a tournée internacional do seu mais recente álbum “Altar” com duas noites esgotadas no Cine-Teatro de Alcobaça João D’Oliva Monteiro. Os concertos foram também uma excelente oportunidade de ouvir os grandes êxitos da banda que comemorou recentemente 20 anos de carreira.

19 a 21 maio 2017

Benedita Mágica Festival Internacional de Magia

10 » confluência

Afirmar a Benedita como uma vila culturalmente ativa é um dos grandes objetivos do Festival Internacional de Magia - Benedita Mágica, cuja 3ª edição realizou-se em maio, no Centro Cultural Gonçalves Sapinho. O festival tem vindo a ganhar notoriedade no contexto nacional e representa uma aposta clara na promoção diferenciada da freguesia.


14 abril a 11 maio 2017

Ao Teatro! Festival

A 4ª edição do Ao Teatro! Festival trouxe 10 espetáculos de grande qualidade distribuídos por 4 freguesias do concelho (Alcobaça, Benedita, Cela e Maiorga) com o objetivo de descentralizar o acesso à cultura e ao teatro. O evento, co-organizado pela associação cultural beneditense Gambuzinos com 1 Pé de Fora e pela Câmara Municipal, é já uma referência no panorama dos festivais de teatro da região dada a sua qualidade artística.

20 e 21 maio 2017

Recriação do mercado do século XIX

A praça do Mosteiro de Alcobaça voltou a ser palco da recriação do Mercado do Séc. XIX. Nada foi esquecido: a venda de produtos tradicionais, as idas à fonte, os cantares, os desfiles de noivos, os bailaricos e os jogos tradicionais. Durante dois dias, proporcionou-se aos visitantes e turistas uma viagem no tempo. Elementos dos diversos ranchos de Alcobaça, vestidos a rigor, recriaram o ambiente do Mercado do séc. XIX que, naquele tempo, tinha lugar junto ao Mosteiro. confluência « 11


Opinião

Ano de ouro para o Desporto no concelho Atleta, equipa, prémio, futebol, andebol, voleibol, ténis, natação, xadrez, futsal, hóquei, vólei, dança, artes marciais, atletismo, vitória, companheirismo, formação, coração… são palavras, entre muitas outras, que fazem parte do nosso vocabulário desportivo. Desde há décadas que muitos dirigentes, com a colaboração da autarquia, têm desenvolvido um trabalho metódico e sério em prol da formação de crianças e jovens, com o pressuposto de que a atividade física é um contributo precioso para o seu crescimento e integração. O desporto de competição surge neste contexto associado ao reconhecimento do atleta /equipa e à representatividade dos clubes. “Orgulho” é, pois, uma outra palavra que se pode acrescentar ao conjunto de vocábulos desportivos. Em 2017, vários atletas e associações desportivas do concelho obtiveram títulos regionais, nacionais e internacionais nas

mais diversas modalidades e escalões de formação, facto que a Câmara Municipal tem vindo a assinalar, convidando estas entidades para serem devidamente condecoradas nos Paços do Concelho. É um reconhecimento merecido. Na sua essência, o Desporto cumpre um papel de grande importância na coesão social da comunidade. Os atletas e os clubes são verdadeiros embaixadores de Alcobaça levando o seu nome a todo o país e além-fronteiras. O suor e o esforço despendido nestas brilhantes conquistas desportivas, cujo mérito cabe inteiramente aos clubes e atletas vencedores, estão contextualizados num quadro de apoio e atenção permanentes que a Câmara Municipal tem vindo a construir nos últimos anos. Quero deste modo felicitar todos os atletas, dirigentes, funcionários e familiares por fazerem de 2017 um ano de ouro para o Desporto no concelho. Inês Silva, Vereadora

Contributos para um Turismo Sustentado! Apresento algumas propostas para uma política de turismo no concelho. Desde logo a criação de uma Agência local para o desenvolvimento turístico e lançamento de uma plataforma web (internet). Um projecto de base associativa para reunir hotéis e outras unidades hoteleiras, empresas de animação turística, agências de viagem, rent-a-car e outras empresas com actividade relevante na área do turismo e que desenvolva acções a nível nacional e nos principais locais de origem dos turistas que nos visitam, que deve ser estendido aos municípios vizinhos. Regeneração do Mercado Municipal não perdendo a sua função originária, valorizando a produção agrícola local, mas introduzindo uma nova componente vocacionada para turismo, com a criação de infraestruturas para autocarros de turismo, lojas de produtos regionais, posto de atendimento de turismo, restaurante/cafetaria, sanitários. Criação do “guia voluntário”, pessoas com facilidade de comuni-

cação e sabendo algumas línguas estrangeiras que seriam colocadas num banco de voluntariado onde se informaria os turistas da possibilidade de conhecer Alcobaça e o concelho, criando não só uma experiência única de turismo como enriquecimento para o próprio voluntário e para o turista. Os turistas cada vez mais vêm à procura deste contacto, porque para ver o mosteiro está a internet cheia de fotos! Com uma articulação bem-feita é possível levar os turistas a degustar a nossa gastronomia, colocando os serviços e o comércio envolvidos neste processo. Criação de um passe turístico com direito a um fim-de-semana completo no concelho onde se inclui estada, refeições e actividades de carácter cultural; Lançamento de uma aplicação georreferenciada com sítios, percursos, eventos no concelho (disponível várias línguas: inglês, francês, russo, mandarim, japonês). Carlos Bonifácio, Vereador

Segurança. Coesão. Poupar. Investir com critério. Planear com todos. 1.As funções primordiais da Câmara são: estar na 1ª linha de protecção das pessoas, evitar tragédias, dar respostas eficazes, na hipótese de catástrofes, para além dos incêndios. Imperativo o plano de ordenamento florestal rigoroso. Lembrar riscos sísmicos; bacias hidrográficas; um Atlântico agreste. Há que prevenir. 2.É preciso: Que o Feriado Municipal valorize a diáspora e afirme o concelho junto de quem está longe; Gerir a coesão municipal com todos os alcobacenses; Aproximar as freguesias, com medidas concretas. A CDU concorda em medalhar os atletas/clubes e outras instituições e personalidades que se destaquem em áreas, como a cultura, a investigação, as exportações, a criação de emprego, concreta-

12 » confluência

mente o tecido empresarial, onde se destacam as MPME e a Economia Social. 3.É preciso: Acabar com gastos supérfluos, em assessores partidários, valorizando os recursos humanos do município. Poupar e investir com critério. Resolver 3 grandes problemas de dívida: Centros Escolares/ Pav. Évora; indemnização/expropriação da propriedade da R. D. Pedro V; pagamento de 5 milhões de €, em água, não consumida e que não podia ser fornecida. Para a CDU a chave está noutro modelo de governação do município, com a participação de todos, desde a pequena à grande obra. Rogério Raimundo, Vereador


Obras de Proximidade

Investimento mais próximo do munícipe O Município tem contratualizado, no âmbito do Quadro Comunitário 2020, vários projetos com vista à regeneração urbana do concelho.

Obra em execução do Centro Escolar de Turquel

No âmbito do Plano de Desenvolvimento Urbano, destaque para as obras, já em execução, do Parque Verde Urbano da Cidade e da reabilitação do espaço verde do antigo Parque de Campismo. No que diz respeito ao Pacto de Desenvolvimento e Coesão Territorial da Comunidade Intermunicipal do Oeste, o Município contratualizou a execução do Centro Escolar de Turquel (cujas obras estão a decorrer); do Centro Escolar de Alfeizerão, do Centro Escolar da Cela; da Integração e Requalificação do Ensino Pré-escolar e Básico no edifício da EB 2/3 de Pataias; da reabilitação e refuncionalização do MercoAlcobaça; reabilitação e refuncionalização do Mercado Municipal e a reabilitação do conjunto edificado do Museu do Vinho. No âmbito deste mesmo Pacto, destaque para a Unidade de Saúde Familiar da Benedita (USF), cujos trabalhos estão em curso.

Obras em execução da Unidade de Saúde Familiar da Benedita

Projetos co-financiados:

A autarquia, na reunião de câmara de 6 de junho, aprovou a abertura dos procedimentos para a requalificação da Avenida Rainha Santa Isabel, em Pataias, e para a requalificação da Avenida Nossa Senhora de Fátima (EN 356), na Martingança.

Acompanhamento das empreitadas por parte do Presidente da Câmara

Corte dos Eucaliptos da ALEB já avançou A Quinta da Serra onde será instalada a futura Área de Localização Empresarial da Benedita (ALEB) está a ser preparada para o início das obras com o necessário corte dos eucaliptos e cedros a decorrer durante as primeiras semanas de agosto. A primeira fase de construção da zona industrial irá posteriormente ser candidatada a fundos comunitários através de um concurso internacional público com o valor estimado de 6.5 milhões de euros.

confluência « 13


Obras de Proximidade

Projetos financiados para a cidade No âmbito da regeneração urbana, destaque para a transformação do MercoAlcobaça num pavilhão multiusos e a requalificação da sua zona envolvente.

14 » confluência


Obras de Proximidade

Obras de proximidade

O Parque Verde será um espaço de fruição pública com profundas implicações nas rotinas diárias da cidade. Equipado com diversas zonas de lazer, o Parque verde cruza dois patrimónios essenciais: o legado cisterciense e a beleza natural das margens do rio Alcoa que assim se torna novamente num elemento visitável da sede de concelho. Destaque ainda para as possibilidades de desporto espontâneo que se abrem com este novo espaço.

Espaços verdes da cidade ganham forma As obras de requalificação do antigo parque de campismo de Alcobaça vão transformar este espaço numa nova infraestrutura de lazer no coração da cidade que estará aberta a toda comunidade. Com cerca de 15.000 m2, o espaço poderá ser livremente usufruído pelos munícipes e visitantes e estará também preparado para receber campistas e caravanistas. Projetos co-financiados:

confluência « 15


Obras de proximidade

1

2

3

4

5

6

7

Alcatroamentos melhoria da rede viária 1 - Burinhosa, União das Freguesias de Pataias e Martingança; 2 – Carvalhal de Aljubarrota, Aljubarrota; 3 – Casal dos Ramos, Cela; 4 – Casal do Botas, Maiorga; 5 – Pisões, União das Freguesias de Pataias e Martingança; 6 – São Martinho do Porto; 7 – Orjo, Turquel.

16 » confluência


Agência de Desenvolvimento

Cerâmica: património económico, cultural e social De 2 a 4 de junho, Alcobaça transformou-se no epicentro da criatividade artística da indústria cerâmica na região, acolhendo o evento “Bom Dia Cerâmica”. Neste evento, para além de projeções de filmes, exposições artísticas, showroom de peças industriais e demonstrações ao vivo, decorreu também o I Encontro Nacional de Cerâmica onde se partilharam experiências e onde os valores da funcionalidade e da estética andaram sempre de mãos dadas durante o debate. O Presidente da Câmara Municipal elogiou “a persistência dos empresários perante as dificuldades vividas por este setor nos últimos anos, e a sua capacidade de superação, revitalizando a tradição da cerâmica desta região, um setor de importância vital para o desenvolvimento económica e social da região”. Durante o evento, esteve à votação do público o Prémio de Melhor Stand e Ceramista da Mostra, promovida pelo Coletivo 3C’s. Resultados finais: 1º Paula Teresa, Alcobaça; 2º Mário Reis, Caldas da Rainha e 3º João Quitério, Alcobaça Originalmente promovido em Faenza (Itália), o “Bom Dia Cerâmica” foi alargado a Portugal pela Associação Portuguesa de Cidades e Vilas de Cerâmica, entidade constituída para a defesa, valorização e divulgação do património cultural e histórico cerâmico.

Percurso Camoniano Pedro & Inês em cerâmica de Alcobaça O Município lançou recentemente um desafio às fábricas de cerâmica de Alcobaça para que, a partir de uma interpretação do episódio de Inês de Castro de “Os Lusíadas”, de Luís Vaz de Camões (séc. XVI), de um soneto do mesmo autor e de um outro de Miguel Torga (séc. XX), traduzissem em peças artísticas o universo literário, identitário e simbólico do amor de D. Pedro I e D. Inês de Castro - figuras imortalizadas nos túmulos que se encontram no Mosteiro de Alcobaça. A partir de finais do séc. XIX, Alcobaça afirma-se como um território da expressão da cerâmica artística que, neste projeto, também se pretende realçar e imortalizar. Este percurso, a inaugurar a 20 de agosto, insere-se na visão estratégica do Município na promoção do Turismo Escolar, que se reflete na aposta em temas curriculares, com o objetivo de trazer as escolas (locais e nacionais) a visitar Alcobaça. Empresas participantes: S. Bernardo; Perpétua, Pereira e Almeida, Lda; Faianças Ramos, Lda; António Rosa – Cerâmicas, Lda; Sporvil Cerâmicas; Arfai Ceramics Portugal; Destinos – Arte Cerâmica, SA; Jomazé; Ceriart – Cerâmica Artística, SA; Kergila, Cerâmica Decorativa Unipessoal, Lda e SPAL Porcelanas.

Alcobaça com reconhecimento internacional A Condé Nast Traveler, prestigiada revista de viagens do mundo, elaborou uma lista dos 20 mais belos locais do Património Mundial da UNESCO na Europa, sendo que o único monumento português incluído na lista foi o Mosteiro de Alcobaça. Recentemente, o Trivago - reputado comparador online de preços de hotel - incluiu Alcobaça na lista dos 10 Destinos de Natureza e Cultura Emergentes em Portugal: onde se pode desfrutar de turismo rural e “representam de forma ímpar a profunda riqueza da Natureza e Cultura em Portugal”. A revista UP Magazine, produzida pela TAP e disponibilizada

aos seus passageiros, publicou também um artigo que promove Alcobaça, o Mosteiro de Coz e algumas das principais marcas, particularmente as chitas de Alcobaça, a doçaria conventual e as cestas de Coz. Para o Presidente da Câmara Municipal de Alcobaça, Paulo Inácio, “estas menções são de grande importância dada a projeção internacional destas publicações. O concelho tem vindo a afirmar-se cada vez mais como um concelho turístico com sustentabilidade e equilíbrio, graças ao trabalho da Câmara Municipal e dos agentes locais que contribuem para a sua promoção.” confluência « 17


Agência de Desenvolvimento

Lugares Património Mundial da Região Centro

Câmara e Turismo do Centro promovem Mosteiro de Alcobaça A Turismo Centro de Portugal está a implementar a campanha de promoção dos “Lugares Património da Humanidade da Região Centro”, realizando iniciativas para valorizar os seus respetivos monumentos classificados pela UNESCO, nomeadamente o Mosteiro de Alcobaça. A campanha resulta de uma candidatura ao programa de financiamento comunitário Centro 2020. Trata-se de um reforço na promoção do património de Alcobaça, Batalha, Coimbra e Tomar que irão repartir uma verba de cerca de 2 milhões de euros a aplicar ao longo de três anos. No concelho de Alcobaça, foram abrangidos por este projeto, em 2017 vários espetáculos apresentados em frente ao Mosteiro de Alcobaça, de entrada livre, dentro do Ciclo de Espetáculos do Mosteiro de Alcobaça: três concertos inseridos no festival Cistermúsica (1, 7 e 30 de julho), o espetáculo LÚMEN, da companhia alcobacense S.A. Marionetas (17, 18 e 19 de agosto) e o concerto de encerramento do festival Gravíssimo – 7º Festival e Academia Internacional de Metais Graves - (31 de agosto). Para o Presidente da Câmara Municipal “esta é uma excelente oportunidade de divulgar Alcobaça e o seu Mosteiro numa lógica de rede. O concelho produz anualmente eventos de grande qualidade que agora vamos divulgar sob a alçada deste projeto. Esta candidatura é uma forma de reconhecimento da importância patrimonial e histórica de Alcobaça e dar-lhe-á seguramente uma alavancagem importante em termos de prestígio e notoriedade.” A candidatura engloba ainda atividades de serviço educativo, o que, segundo Paulo Inácio, representa “um apoio importante para ações já implementadas nesta área como o projeto ‘Era uma vez… Monges, Cavaleiros e Reis – À descoberta dos Mosteiros Património Mundial do Centro’ que promove visitas temáticas aos Mosteiros de Alcobaça, Batalha e ao Convento de

Cristo, em Tomar, para alunos do 4º ano do 1º ciclo. O chamado turismo escolar é um investimento de futuro para que as novas gerações aprendam a valorizar a sua região, desenvolvendo um sentimento de pertença que será determinante para valorizar e proteger o Património Mundial nas próximas décadas.”

Obras do Hotel do Mosteiro de Alcobaça prontas para arrancar Depois dos levantamentos arqueológicos preliminares, o projeto final do Hotel do Mosteiro foi apresentado ao executivo da Câmara Municipal a 30 de junho, uma sessão que contou com a presença de José Luís Borba de Campos Nogueira, da comissão executiva da Visabeira , do sub-diretor geral da Direção-Geral do Património Cultural (DGPC), João Carlos dos Santos e do arquiteto Souto Moura. O projeto final foi já submetido à DGPC aguardando agora o parecer da tutela do património. A unidade hoteleira situar-se-á no Claustro do Rachadouro e é uma obra avaliada em cerca de 15 milhões de euros, cuja concessão ao Grupo Visabeira terá a duração de 50 anos. Para o 18 » confluência

Presidente da Câmara Municipal, este investimento “é fruto da insistência e determinação pessoal e institucional e um motivo de orgulho para todos os alcobacenses uma vez que renova o grande potencial de um património mundial no qual se inscreve grande parte da história deste povo e desta região.” O hotel ocupará toda a área nascente do conjunto monumental, com 15.781m2 de área bruta de construção (3 pisos, 81 quartos, dos quais 9 são suites, uma ampla zona de serviço, SPA, ginásio e espaços para organização de eventos e congressos, restauração e salas de estar polivalentes e espaços comerciais).


Agência de Desenvolvimento

Perímetro de Rega da Cela preparado para o crescimento económico O Presidente da Câmara Municipal, acolheu com “orgulho e satisfação” o anúncio do Ministro da Agricultura, Luís Capoulas Santos, da abertura do 1º concurso público para as obras de requalificação do Perímetro de Rega da Cela, publicado no final de junho em Diário da República. O projeto, que abrange as freguesias de Bárrio, Cela e Famalicão (Nazaré), representa um investimento global de 10 milhões de euros resultantes de uma candidatura do Estado Português a fundos comunitários, anunciada em 2015. O anúncio foi feito na sessão pública de esclarecimento sobre “Desenvolvimento Agrícola do Perímetro da Cela”, a 1 de julho, que juntou dezenas de técnicos agrícolas para partilhar experiências e boas práticas de utilização e rentabilização do sistema de rega. “Este projeto é uma revindicação antiga da Associação de Beneficiários da Cela e da Autarquia. Estamos a falar de um dos melhores solos agrícolas do país, com uma extensão de 450 hec-

tares. A produção hortícola e a Maçã de Alcobaça são muito importantes para a economia local, regional e nacional. Quero também felicitar a capacidade de organização dos agricultores alcobacenses, neste caso em concreto, dos regantes da Cela, que têm agora uma oportunidade única para usufruir de um desenvolvimento qualitativo do seu trabalho”, afirmou o autarca. Esta primeira empreitada, na ordem dos 3.6 milhões de euros, incidirá sobre o sistema de rega. Terá, depois, lugar um segundo concurso focado nos caminhos de acesso com sensivelmente o mesmo valor. Seguir-se-á ainda um terceiro concurso. Prevê-se que toda a obra de requalificação do perímetro esteja concluída em 2019. A sessão pública de esclarecimento “Desenvolvimento Agrícola do Perímetro da Cela”, foi promovida pela Associação de Beneficiários da Cela, com o apoio da Câmara Municipal de Alcobaça, entre outras entidades.

Projetos de financiamento para a sustentabilidade Alcobaça é dos municípios mais empreendedores do Oeste e a Câmara Municipal tem assumido o seu papel de promotor e divulgador de projetos de financiamento disponíveis: Em abril, a Câmara Municipal e o Instituto da Habitação e da Reabilitação Urbana (IHRU) assinaram um protocolo de cooperação institucional de sensibilização para a reabilitação urbana. A linha de financiamento “Reabilitar para Arrendar” do IHRU apoia a reabilitação de edifícios, com idade igual ou superior a 30 anos, para fins de renda condicionada. Em maio, foi apresentado o programa SI2E - Sistema de Incentivos ao Emprego e Empreendedorismo, que visa o fomento ao emprego e o apoio/criação de micro e pequenas empresas, através dos Programas Operacionais Regionais

(CENTRO 2020). A sua execução será feita através dos GAL (Grupos de Ação Local) LeaderOeste, EcoMar e ADEPE para investimentos com custo elegível até 100 mil euros; e através da OesteCIM para investimentos com custo elegível superior a 100 mil e até 235 mil euros. São passíveis de financiamento do SI2E duas tipologias de operações: 1) criação de micro e pequenas empresas ou expansão ou modernização de micro e pequenas empresas criadas há menos de cinco anos e 2) expansão ou modernização de micro e pequenas empresas, criadas há mais de cinco anos. Ao todo a OesteCIM e os GAL vão gerir uma dotação total superior a 10 milhões de euros.

confluência « 19


Agência de Desenvolvimento

603 178 201

32 766 489

Balança comercial do concelho mantém-se positiva

Portugal

Oeste Centro

Alcobaça

-76 388 055

No primeiro quadrimestre de 2017 a balança comercial do concelho manteve-se positiva apesar da descida registada no contexto nacional e do Oeste. Para o Presidente da Câmara Municipal Paulo Inácio, “estes dados confirmam a tendência de recuperação económica no concelho. Estamos num momento de viragem para o qual o Município tem trabalhado em conjunto com os empresários alcobacenses. O futuro só será risonho se todos trabalharmos em sintonia para esse efeito.” De acordo com dados do Instituto Nacional de Estatística recolhidos pelo Observatório Social do Município, o concelho registou, nos primeiros quatros meses do corrente ano, uma balança comercial positiva de quase 33 milhões de euros ao passo que na região Oeste ocorreu um decréscimo na ordem dos 77 milhões de euros. Também se registou, no período janeiro-abril de 2016, face ao período homólogo deste ano, um abrandamento no número de empresas criadas mas sobretudo um acentuado decréscimo de empresas dissolvidas. Destaque ainda para a redução significativa do número de pessoas inscritas no IEFP - Instituto de Emprego e Formação Profissional de Alcobaça quando comparados os primeiros quatro meses de 2016 e 2017. Ao todo registaram-se menos 343 indivíduos inscritos.

-3 848 414 685

Balança Comercial (€), 1º Quadrimestre (2017)

2500

1951 2000

1608 1500

1000

500

0 1º Quadrimestre 2016

1º Quadrimestre 2017

Evolução nº desempregados inscritos, serviço de emprego de Alcobaça, Concelho de Alcobaça - 1º Quadrimestre (2016-2017)

Constituição

Dissolução

2016

2017

2016

2017 10

janeiro

24

24

45

fevereiro

17

15

9

8

março

20

18

19

10

abril

19

9

5

8

80

66

78

36

-14

-42

Constituição e dissolução de pessoas coletivas e entidades equiparadas (nº), 1º Quadrimestre - Concelho de Alcobaça (2016-2017)

Modernização administrativa em curso A Câmara Municipal está a implementar um processo de modernização administrativa que irá reforçar a ligação e a proximidade com os munícipes na gestão do espaço público. A autarquia está a testar, através da Internet, a ferramenta praia.comigo - que torna possível o reporte de irregularidades nas praias do concelho, como por exemplo, a presença de lixo, danificação de equipamentos ou contaminação da água, diretamente aos serviços municipais. Após a conclusão da fase de testes, esta aplicação irá alargar o seu âmbito à gestão e manutenção do espaço público do município. Para o Presidente da Câmara Municipal “esta plataforma é um passo importante para a construção de uma sociedade moderna onde todos podem contribuir para o bem-estar da comunidade, ajudando os serviços técnicos a realizar o seu trabalho.”

20 » confluência


Políticas Sociais Inovadoras

Qualidade de vida para a comunidade sénior A comunidade sénior alcobacense tem à sua disposição um conjunto de iniciativas de dinamização que inclui atividades desportivas, visitas guiadas a locais de grande interesse de todo o País e organização de eventos culturais. A autarquia procura elevar os índices de qualidade de vida não apenas da 3ª idade mas também das respetivas famílias que sabem que podem contar com o apoio do Município.

Passeios Seniores Uma das iniciativas da Autarquia com maior sucesso na área Social, decorrerá de 1 de setembro a 4 de outubro e terá como destino a cidade do Porto. Destaque para o passeio de barco no rio Douro, onde os passageiros poderão usufruir de uma paisagem privilegiada e sobretudo admirar as seis pontes que fazem conexão entre o Porto e Vila Nova de Gaia. Desporto Sénior Durante todo o ano, em várias freguesias do concelho, a Câmara Municipal disponibiliza atividades desportivas no âmbito do programa Desporto Sénior. Esta iniciativa mobiliza quase 600 pessoas inscritas e proporciona diversão, convívio e bem-estar.

A Câmara adquiriu recentemente um novo autocarro que está ao serviço de todos os municipes

Eventos Culturais O Magusto Sénior e as comemorações do Dia Mundial da Terceira Idade são alguns exemplos dos eventos de cariz cultural e social que a Câmara promove anualmente e com grande adesão por parte da comunidade.

Nova aplicação informa sobre rede apoio a Vítimas de Violência Doméstica O GAVVD - Gabinete de Apoio Vitimas de Violência Doméstica do Município (que pertence à Rede Nacional de Apoio a Vitimas de Violência Doméstica) consta na pesquisa de estruturas de apoio à vítima a partir de uma aplicação que o Governo lançou para o efeito. A aplicação chama-se APP VD – APPoio Contra a Violência Doméstica, desenvolvida pela CIG – Comissão para a Cidadania e a Igualdade de Género. Esta aplicação para telemóveis concentra toda a informação relativa aos serviços de apoio às vítimas de violência doméstica e de género. Esta aplicação, disponibiliza informação sobre os serviços

de apoio disponíveis no seu concelho, de que forma podem fazer uma denúncia ou um pedido de informação e quais as entidades que podem dar aconselhamento jurídico, social ou psicológico nesta área. Após descarregar a App VD, basta escolher um distrito e a resposta que procura, por categorias: Estruturas de Apoio à Vítima, Forças de Segurança, Câmaras Municipais, Intervenção com Agressores, Justiça, Proteção de Crianças e Jovens, Saúde ou Serviços locais de Segurança Social. Podem ser realizadas diretamente a partir desta aplicação chamadas telefónicas ou o envio de mensagens eletrónicas.

confluência « 21


Políticas Sociais Inovadoras

Manuais e materiais escolares gratuitos para alunos do 1º ciclo 1º ANO No seguimento da implementação do Plano de Ação Social Alargada, uma política de pioneira abrangência encetada em 2015 que visa a concessão gratuita de manuais e materiais escolares a todos os alunos do 1º ciclo do Ensino Básico, a Câmara Municipal irá novamente implementar esta medida de apoio às famílias do concelho no ano letivo que se avizinha. Este projeto permite apoiar toda a comunidade escolar que frequenta o 1º ciclo e procura incutir um sentido de responsabilidade aos alunos que recebem os materiais e os manuais, no sentido de estes saberem cuidar dos bens que lhes são entregues no início do ano letivo. A todos os alunos do 1º ciclo, a Câmara Municipal irá oferecer gratuitamente um conjunto de materiais escolares essenciais para o trabalho diário na sala de aula. Este ano, os manuais serão custeados pelo Ministério da Educação. “Todas as crianças merecem ter as mesmas oportunidades no início do seu percurso escolar e é isso mesmo que a Câmara garante com esta iniciativa. É uma ajuda para as famílias que deste modo sabem que podem contar com o seu município para os ajudar a suportar os elevados custos destes materiais que agora estão ao seu dispor gratuitamente”, afirmou Paulo Inácio.

22 » confluência

1 pasta arquivo; 4 lápis ; 2 borrachas; 1 caixa de lápis de cor; 4 esferográficas; 1 apara-lápis; 1 régua; 2 colas batom; 1 tesoura; 1 caderno ; 1 mochila 2º ANO 1 pasta arquivo; 4 lápis; 2 borrachas; 1 caixa de lápis de cor; 4 esferográficas; 1 apara-lápis; 2 colas batom; 2 cadernos; 1 esquadro 3º ANO 1 pasta arquivo; 4 lápis; 2 borrachas; 1 caixa de lápis de cor; 4 esferográficas; 1 apara-lápis; 1 colas batom; 6 cadernos; 1 transferidor; 1 compasso; 1 esquadro; 1 mochila 4º ANO 1 pasta arquivo; 4 lápis ; 2 borrachas; 1 caixa de lápis de cor; 4 esferográficas; 1 apara-lápis; 2 colas batom; 6 cadernos; 1 esquadro


1. INCENTIVO À NATALIDADE Apoio até ao valor de €250,00 por cada criança nascida no concelho, a atribuir sob a forma de reembolso de despesas elegíveis, realizadas em estabelecimentos comerciais situados no concelho. Gratuitidade das atividades de apoio à família no pré-escolar e do fornecimento de refeições no 1.º ciclo do ensino básico, aplicável no terceiro filho e seguintes. O que fazer? Apresentar um pedido, por escrito, dirigido ao Sr. Presidente da Câmara Municipal de Alcobaça. Consultar o respetivo regulamento disponível em www.cm-alcobaca.pt. 2. REDUÇÃO DO IMI EM FUNÇÃO DO NÚMERO DE DEPENDENTES Redução do Imposto Municipal de Imóveis, a vigorar em 2017, atendendo ao número de dependentes que, nos termos do código do IRS, compõem o respetivo agregado familiar. Um dependente a cargo – redução fixa de €20; Dois dependentes a cargo – redução fixa de €40; Três ou mais dependentes a cargo – redução fixa de €70. O que fazer? A dedução fixa é automática, tendo em conta o agregado familiar da declaração de rendimentos de 2016. 3. APOIO NAS REFEIÇÕES ESCOLARES Refeições escolares gratuitas para os alunos carenciados. O que fazer? Formalizar o pedido de isenção de pagamento de refeições através de um requerimento disponível na Unidade de Educação. Comparticipação nas refeições escolares dos alunos do escalão A(100%) e B (50%) que frequentam o Jardim de Infância e o 1.º Ciclo. O que fazer? O encarregado de educação deve entregar a declaração da Segurança Social solicitada pelos serviços do estabelecimento de ensino, no ato da matrícula. 4. APOIO NO TRANSPORTE ESCOLAR Comparticipação em 50% do passe dos alunos que frequentam o ensino vocacional e o ensino secundário que residam a mais de 4 Km do estabelecimento de ensino onde estão matriculados. O que fazer? O encarregado de educação deve preencher um formulário a formalizar pedido de transporte, no ato da matrícula. Isenção de pagamento nos transportes escolares para os alunos do 1.º, 2.º e 3.º ciclo que residam a mais de 4 Km do estabelecimento de ensino onde estão matriculados. O que fazer? Solicitar a isenção de pagamento através de um requerimento disponível na Unidade de Educação. Isenção de pagamento nos transportes escolares para os alunos dos 1.º, 2.º e 3.º ciclo, que se encontrem em situação de carência económica e residam a menos de 4 Km do estabelecimento de ensino onde estão matriculados. O que fazer? Solicitar a isenção de pagamento através de um requerimento disponível na Unidade de Educação. 5. MOCHILAS / MATERIAL ESCOLAR / MANUAIS ESCOLARES PARA TODOS OS ALUNOS DO 1.º CICLO Programa que consiste na entrega de mochila e materiais escolares a todos os alunos do 1.º ciclo, independentemente do escalão. Contempla ainda empréstimo de manuais para as disciplinas de Português, Estudo do Meio, Matemática e Inglês. O que fazer? O encarregado de educação deve preencher um formulário entregue no ato da matrícula. 6. BOLSAS DE ESTUDO PARA ALUNOS DO ENSINO SUPERIOR Atribuição de 30 bolsas de estudo a estudantes do ensino superior, residentes no concelho, em situação de carência económica. O que fazer? Preencher o respetivo requerimento, anexando a documentação solicitada e entregar nos Serviços de Ação Social do Município, durante o período de candidaturas. Consultar o regulamento disponível em www.cm-alcobaca.pt. 7. HABITAÇÃO SOCIAL O Município faz a atribuição, gestão e acompanhamento dos fogos dos cinco Bairros Sociais do Município – Arrendamento sob Regime de Renda Apoiada. O que fazer? Contactar os Serviços de Ação Social. 8. APOIO À RENDA Comparticipação no pagamento da renda de habitacional, por um período de 12 a 36 meses, em situações de vulnerabilidade e emergência social e perigo físico ou moral, incluindo as relativas a violência doméstica.

O que fazer? Apresentar um pedido, por escrito, dirigido ao Sr. Presidente da Câmara Municipal de Alcobaça. Consultar o respetivo regulamento disponível em www.cm-alcobaca.pt. 9. TARIFA FAMILIAR / SOCIAL DO CONSUMO DE ÁGUA PARA FAMÍLIAS NUMEROSAS E CARENCIADAS Desconto no valor da fatura de fornecimento de água a agregados familiares com 5, ou mais elementos, ou em situação de manifesta carência económica. O que fazer? Preencher o respetivo formulário disponível nos Serviços Municipalizados, acompanhado da documentação necessária. 10. APOIO A VÍTIMAS DE VIOLÊNCIA DOMÉSTICA Apoio psicológico e social a vítimas de violência doméstica e/ou familiares. Encaminhamento para estruturas de proteção da vítima. Promoção de grupos de trabalho / seminários / ações de sensibilização com vista à prevenção da Violência Doméstica. O que fazer? Contactar o GAVVD - Gabinete de Apoio a Vítimas de Violência Doméstica. 11. SESSÕES DE PSICOLOGIA PARA MUNÍCIPES CARENCIADOS Sessões de acompanhamento e apoio psicológico especializado. O que fazer? Preencher o respetivo formulário de pedido de consulta e entregar nos Serviços de Ação Social. 12. PROGRAMA DE FÉRIAS PARA CRIANÇAS E JOVENS (“UMA AVENTURA EM ALCOBAÇA”) Programa de cariz social e pedagógico de apoio a famílias mais vulneráveis, que consiste na oferta de atividades lúdicas, desportivas e culturais a crianças e jovens do ensino básico (1.º, 2.º e 3.º ciclos). Decorre nas férias do Natal, Páscoa e do verão. O que fazer? O encarregado de educação pode apresentar, junto do diretor da instituição de ensino, a intenção da integração do seu educando no Programa de Férias. Caso este seja selecionado, preenche uma ficha de inscrição e assina um termo de responsabilidade. 13. CAMPANHA DOAR Angariação de mobiliário e eletrodomésticos em bom estado para encaminhar para famílias carenciadas e com dificuldades económicas. O que fazer? Contactar os Serviços de Ação Social. 14. BENEFICIAÇÃO DE HABITAÇÃO PRÓPRIA PERMANENTE Execução de pequenos arranjos domésticos em habitações de famílias em situação de carência económica. Cedência de materiais de construção com vista à melhoria das condições de habitabilidade. O que fazer? Apresentar um pedido, por escrito, dirigido ao Sr. Presidente da Câmara Municipal de Alcobaça. Consultar o respetivo regulamento disponível em www.cm-alcobaca.pt. 15. APOIO A DESLOCAÇÕES A MUNÍCIPES DE FAMÍLIAS EM SITUAÇÃO DE CARÊNCIA ECONÓMICA Apoio nas deslocações de munícipes carenciados e dos que se encontrem em situação de risco social. O que fazer? Contactar os Serviços de Ação Social. 16. RESPOSTAS SOCIAIS AOS MUNÍCIPES SENIORES Sénior Ativo: desenvolvimento de atividades diversas que promovam o bem-estar físico e emocional dos beneficiários (Passeios Seniores, Desporto Sénior; Carnaval Sénior; Magusto Sénior; Dia da Terceira Idade). Acompanhamento da atividades socioculturais das Universidades Seniores e das IPSS. O que fazer? Contactar os Serviços de Ação Social. 17. COMPARTICIPAÇÃO NAS DESPESAS DE SAÚDE Apoio financeiro para despesas associadas a doenças crónicas ou incapacitantes. Comparticipação em encargos para a aquisição de equipamentos ou na adaptação de instalações ou viaturas para utilização por portadores de deficiência. O que fazer? Apresentar um pedido, por escrito, dirigido ao Sr. Presidente da Câmara Municipal de Alcobaça. Consultar o respetivo regulamento disponível em www.cm-alcobaca.pt. 18. ELABORAÇÃO DE OFICINAS MULTITEMÁTICAS (CRIANÇAS, JOVENS E RESTANTES AGENTES EDUCATIVOS) Implementação de projetos direcionados aos diferentes agentes educativos, para o fortalecimento e diversificação das metodologias e estratégias, de forma a proporcionar aos alunos o desenvolvimento de competências de autonomia, criatividade, iniciativa, inovação e organização; renovando os mecanismos de aproximação entre a escola e a família. O que fazer? Contactar o Centro de Atendimento a Jovens.

CONTACTOS ÚTEIS - Serviços de Ação Social: T. 262 580 899 | Unidade de Educação: T. 262 580 831 | Serviços Municipalizados: T. 262 580 900

confluência « 23


Projectos & Iniciativas

Museus, Monumentos e Sítios espaços vivos e dinâmicos As comemorações do Dia Internacional dos Monumentos e Sítios (18 e 22 de abril), este ano sob o mote “O Património Cultural e o Turismo Sustentável”, relevaram o vasto património cultural e industrial de Alcobaça. O Museu Raul da Bernarda lançou um novo programa de Masterclasses denominado “À Roda da Cerâmica Artística” dedicadas ao trajeto histórico da cerâmica contemporânea de Alcobaça. Foi ainda inaugurada a rota turística “Aljubarrota com Brites de Almeida”, um percurso pelos principais locais de interesse da histórica vila, e esteve patente na Central da Confluência dos Rios, a exposição temporária digital “Alimentícia Gráfica”, dedicada à arte gráfica de uma das mais emblemáticas fábricas alcobacenses: a Alimentícia. O Museu do Vinho promoveu visitas comentadas sobre a história da maior coleção vitivinícola, em contexto museológico, em Portugal. Cerca de 40 pessoas participaram na “Visita aos Coutos de Alcobaça: Perspetivar o Turismo Sustentável” desde a Serra dos

Candeeiros aos Moinhos de Chiqueda terminando no Mosteiro de Coz onde se realizou uma palestra sob o tema “Turismo Sustentável – Alcobaça e Coz nos itinerários Europeus de Cister” que assinalou o primeiro aniversário da adesão do Mosteiro de Santa Maria de Coz à Carta Europeia de Cister. Por sua vez o, Dia Internacional dos Museus atraiu perto de mil visitantes aos Museus Municipais. Destaque para a caminhada noturna “Alcobaça em Andanças Entre Museus” que passou pelos três museus da cidade; a exposição de fotografia “Reflexos do Mundo” de Ni Francisco, patente no Museu do Vinho; e a mais recente proposta de serviço educativo deste museu, o teatro de fantoches “Uma Adega Especial”, que resume de uma forma acessível e pedagógica, a sua história e evolução. Promoveram-se ainda visitas à exposição temporária “Alimentícia Gráfica”, no Museu Raul da Bernarda teve lugar a masterclass “À Roda da Cerâmica Artística: Raku e o Poder dos 4 Elementos” sobre a técnica ancestral do Raku.

Iniciada primeira fase de requalificação do Museu do Vinho de Alcobaça Os trabalhos de requalificação do Museu do Vinho iniciaram-se no final de julho, com uma intervenção nos serviços administrativos. Esta primeira fase de requalificação, é um passo necessário para que o Museu consiga dar um salto qualitativo no acolhimento de visitantes. Em 2015 registou-se um aumento de cerca de 36% e em 2016, um novo aumento de 16%. Para o Presidente da Câmara Municipal, “este é um trabalho necessariamente moroso e delicado para a preservação do espólio extraordinário que este Museu contém. Já restauramos

24 » confluência

cerca de 60 máquinas, utilizadas na produção do vinho, ao ponto de estas estarem plenamente funcionais. Estamos a estudar, em conjunto com a comissão científica do Museu, diversas soluções para tornar mais eficaz a apresentação desta coleção.” O projeto de requalificação já se encontra aprovado pela Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional de Lisboa e Vale do Tejo. Está prevista a criação de uma loja e uma área de restauração que “são valências muito importantes para a sustentabilidade deste Museu”, sublinha Paulo Inácio.


Projetos & Iniciativas

Município reforça a marca Aljubarrota Promover e sedimentar a marca Aljubarrota é uma visão estratégica do Município. A par de Aljubarrota Medieval e de aquisições patrimoniais, como o Celeiro, delineou-se um percurso que proporciona uma experiência histórica de grande relevância, pelas ruas da vila de Aljubarrota. A nova rota “Por Aljubarrota, com Brites de Almeida” é composta por 17 pontos de interesse, nos quais se incluem a icónica estátua da Padeira de Aljubarrota, de José Aurélio, as igrejas de São Vicente e de Nossa Senhora dos Prazeres, o Pelourinho, a Torre do Relógio e o Núcleo de Arte Sacra. A par da rota “Dê Lugar Ao Amor”, na cidade de Alcobaça, este novo percurso procura promover a marca Aljubarrota tanto para o turismo como para a comunidade local, ou seja, as escolas, as universidades seniores, as IPSS e os munícipes em geral.

Aljubarrota também na rota do turismo militar A Rede de Municípios com Batalhas Históricas promoveu nos dias 25 a 27 de Maio um Colóquio sobre Batalhas Fundacionais, em Porto de Mós, Batalha e na vila de Aljubarrota. O encerramento dos trabalhos teve lugar em Aljubarrota, no dia 27 de maio, onde foram proferidas duas conferências sobre a Batalha de Aljubarrota e os seus significados simbólicos, pela voz dos investigadores João Gouveia Monteiro e Saul António Gomes. Seguiu-se uma mesa redonda subordinada ao tema do turismo militar. Este evento, que mereceu a adesão de altas patentes militares, veio consolidar a estratégia de promover uma rede municipal em torno da temática das batalhas históricas e dos seus territórios, para a sua valorização científica, cultural e pedagógica.

Aquisições patrimoniais são investimento no futuro do concelho A autarquia tem levado a cabo uma política de aquisições patrimoniais em diversos locais do concelho com vista a garantir o bem-estar futuro das populações. Recentemente, além do já mencionado Celeiro de Aljubarrota, foi também adquirida uma casa de habitação em Évora de Alcobaça, que será demolida para criação de um novo parque de estacionamento junto à sede da Junta de Freguesia; e um conjunto de casas devolutas no Vimeiro, também para serem demolidas com vista a

requalificar a zona envolvente da sede da Junta de Freguesia. Para o Presidente da Câmara, “estas aquisições serão futuramente intervencionadas ou sujeitas a construção de raiz de modo a servirem a visão estratégica do Município para a requalificação urbana das freguesias. Estamos a investir no futuro do concelho, através de uma política de aquisições patrimoniais que oferecem diversas opções de usufruto”.

confluência « 25


Projetos & Iniciativas

Lúmen - Uma História de Amor

Espetáculo Património da Humanidade Na sequência dos grandes e surpreendentes eventos culturais produzidos pela Câmara Municipal, como foram os espetáculos de video-mapping no Mosteiro de Alcobaça, LÚMEN - Uma História de Amor é uma ambiciosa produção que envolve a população do concelho. “Esta é uma grande oportunidade dada pelo Município e pela Turismo do Centro de Portugal a artistas locais de renome como são a companhia S. A. Marionetas. LÚMEN é a sua maior produção de sempre e poderá ser apresentada noutros locais do país”, afirma o Presidente da Câmara. O espetáculo tem sempre início junto aos Paços do Concelho e, após um percurso pela cidade, desenvolve-se junto ao Mosteiro nos dias 17, 18 e 19 de agosto. Na última sessão, no dia 19 de agosto, o espetáculo integrará, no final, o grande cortejo das associações do concelho, que farão o percurso do Mosteiro até ao recinto da Feira de São Bernardo (19 a 23 de agosto).

Cistermúsica XXV Festival de Música de Alcobaça O Cistermúsica – Festival de Música de Alcobaça tem apresentado, desde a sua primeira edição em 1992, espetáculos de grande qualidade para um público cada vez mais presente e fiel. Foi traçado desde então um caminho de excelência que o festival foi percorrendo e que o consagrou como um dos melhores festivais de nível internacional. Este ano, foi uma edição histórica, em que se celebrou o génio de Bach e Ravel, combinando, como já vem sendo habitual, obras raras e obras conhecidas do grande público. Desta edição (que decorreu de 1 a 30 de julho) destaca-se a estreia moderna da ópera Inês de Castro de Giuseppe Giordani (1793), historicamente a primeira de dezenas de óperas inspiradas na história de Pedro e Inês, um momento alto no ano em que se assinalam os 650 anos da morte do rei D. Pedro I. Um momento alto dado o simbolismo do tema.

26 » confluência

Destaque ainda para o Ciclo de Espetáculos Mosteiro de Alcobaça que incluíram três atuações no festival: a Banda Sinfónica de Alcobaça, dirigida por Sébastien Béreau, com um programa dedicado a Ravel, o espetáculo “Murmúrios” pelo alunos dos Cursos Básicos e Secundários da Academia de Dança de Alcobaça e a Orquestra Filarmónica Portuguesa, sob a direção de Osvaldo Ferreira, com a 2.ª Sinfonia de Rakhmaninov e a divina Suite Quebra-Nozes de Tchaikovski. Para o Presidente da Câmara, “o festival Cistermúsica é dos eventos de maior longevidade e notoriedade da região. Saúdo com agrado a enorme adesão do público. E uma palavra de agradecimento também à Turismo Centro de Portugal pelo apoio a esta produção cultural de excelência.” O Cistermúsica celebrou de forma notável os seus 25 anos!


Projetos & Iniciativas

Animação | Gastronomia | Concertos | Artesanato

Alcobaça em festa em Agosto Em agosto, Alcobaça está em festa. Aljubarrota Medieval afirma-se cada vez mais como um dos grandes eventos de recriação histórica e a tradicional Feira de São Bernardo, a grande festa do concelho, é o ponto de encontro de gerações.

ALJUBARROTA MEDIEVAL Evento com mais de 20 anos de existência onde se revivem os tempos medievais pelas ruas estreitas que caracterizam esta vila. Aqui prova-se o afamado pão da padeira, os queijos, os enchidos, os licores, os doces, o mel e as compotas. Há também espaço para a olaria, a tecelagem e os bordados. Revive-se o quotidiano da época medieval com as tavernas, os cortejos, torneios a pé e a cavalo, mostras de armas, ceia medieval, acampamento, malabarismos e muita música. Este evento evoca a vitória portuguesa na Batalha de Aljubarrota. Durante quatro dias (12 a 15 de agosto), haverá a oportunidade de descobrir um pouco mais da nossa História, vivendo-a no local que deu o nome à Batalha ocorrida a 14 de agosto de 1385 e que afirmou a independência de Portugal! A este grande momento histórico encontra-se associada a lendária “Padeira de Aljubarrota” (Brites de Almeida) a quem é atribuído o feito de, com a pá do seu ofício, ter aniquilado um grupo de sete castelhanos famintos.

19 LÚMEN 21H30

S.A. MARIONETAS MOSTEIRO DE ALCOBAÇA

19 BERG 23H

20 MICKAEL 22H

CARREIRA

21 MUSICAL 22H

JUKEBOX

22 D.A.M.A 22H

22 GISELA 22H

JOÃO

FEIRA DE SÃO BERNARDO - FESTAS DA CIDADE De 19 a 23 de agosto, realiza-se mais uma edição das festas da cidade com muita tradição em toda a região e que atraem anualmente milhares de visitantes à cidade. Esta feira secular, de entrada livre, oferece a todos os que a visitam, cinco dias de muita animação: haverá espaços para concertos com grandes nomes nacionais, mas também para bandas filarmónicas e ranchos folclóricos do concelho, exposições, equipamentos de diversão, artesanato, venda ambulante, mostra de atividades económicas, a ww, a tradicional prova de ciclismo - Circuito de S. Bernardo - no dia 20 de agosto (feriado municipal). Nesta grande festa não faltará a parte gastronómica: Malhado de Alcobaça (grelhados e enchidos desta raça suína autóctone da região), Maçã de Alcobaça (diversas iguarias com a deliciosa Maçã de Alcobaça) e frango assado. O grande destaque desta edição é a exposição “ALCOBAÇA: TURISMO DE EXPERIÊNCIAS”. No âmbito do Ano Internacional do Turismo Sustentável para o Desenvolvimento, esta exposição será dedicada ao setor económico do Turismo no concelho e irá ilustrar a qualidade de vida, a beleza e o que de melhor o concelho oferece para usufruto dos seus munícipes e aos turistas que nos visitam. Nesta exposição pretende-se dar a conhecer a oferta que existe no concelho em termos de animação turística; museus e monumentos; alojamento e restauração; gastronomia e vinhos; turismo industrial; ecoturismo e eventos.

confluência « 27


Projectos & Iniciativas

Semana da Criança

História do Moinho de Vento levado às crianças de todo o concelho Para celebrar o Dia Mundial da Criança, a Câmara Municipal realizou, de 29 de maio a 2 de junho, atividades e iniciativas itinerantes pelas escolas do concelho. Aplicando o conceito estreado no ano anterior, o Município levou a vários estabelecimentos escolares das 13 freguesias do concelho uma dramatização do conto “Moinho de Vento”, o mais recente livro infantil da autoria da Vereadora da Cultura, Inês Silva e com ilustrações de Joana Raimundo. Conta a história de um casal, o Vasco e a Alice, que aprendeu a controlar os ventos para seu proveito e sustento, criando os moinhos para fazer o pão. “Os moinhos de vento tornaram-se indispensáveis no concelho, em vários lugares, por permitirem a produção de farinha, essencial para fazer o pão. Neste sentido, os moinhos de vento fazem parte da história local. Foram usados por famílias que ajudaram muitas outras a alimentar os seus filhos. É por isso fundamental conhecermos um pouco do papel histórico, social e económico dos moinhos de vento da nossa região”, escreve o Presidente da Câmara Municipal, Paulo Inácio, no seu prefácio do livro. Para Inês Silva, “os moinhos de vento fazem parte do nosso imaginário comum e reforçam a nossa ligação com as raízes e com a nossa terra”.

Books&Movies um festival de cultura e diálogo Ana Zanatti homenageada no Books & Movies 2017 Ana Zanatti será a homenageada da 4ª edição Books & Movies (4 a 14 de novembro). A atriz e escritora portuguesa será a figura central do evento que decorrerá entre os dias 4 a 14 de novembro, promovendo a celebração da cultura e trazendo a Alcobaça escritores e artistas profissionais que, num clima de diálogo, de tolerância e de abertura, se juntam ao seu público para conversar sobre livros e filmes. Nasceu a 26 de junho de 1949 e é uma figura proeminente do teatro, do cinema e da televisão portuguesas, tendo participado em várias novelas, filmes, peças de teatro, programas de entretenimento. A homemagem terá lugar na Gala Books & Movies 2017 que decorrerá no Cine-Teatro de Alcobaça a 14 de novembro.

28 » confluência

Documentário vencedor do Prémio Internacional Books&Movies 2016 editado em DVD O Município promoveu recentemente a edição em DVD do documentário “José (Au) Vento”, vencedor do Prémio Internacional Books&Movies 2016, que está à venda na Biblioteca Municipal de Alcobaça. O prémio foi atribuído ao documentário sobre o escultor alcobacense José Aurélio, realizado pelos também alcobacenses Gonçalo Tarquínio e Rita Pimenta. Na Biblioteca Municipal pode adquirir as edições promovidas pelo Município.


Projetos & Iniciativas

Clubes e atletas são embaixadores do concelho O concelho tem uma forte tradição de associativismo desportivo como se comprova pela existência de dezenas de coletividades e atletas inseridos em competições oficiais e amadoras. Nos últimos tempos assistiu-se a uma série de triunfos individuais e coletivos em competições regionais, nacionais e internacionais, facto que a Câmara Municipal tem vindo a destacar através de sessões de homenagem nos Paços do Concelho e da Gala do Desporto. O Presidente da Câmara, Paulo Inácio destaca o “contínuo e árduo trabalho destes atletas e associações desportivas ao longo dos anos que muito orgulham os alcobacenses. Eles são verdadeiros embaixadores do concelho e como tal todo o reconhecimento lhes é devido.” Para a Vereadora do Desporto, Inês Silva, “o desporto cumpre um papel social importantíssimo nas comunidades locais e estes feitos merecem todo o nosso reconhecimento e admiração.” A importância social do desporto no concelho também se comprova na grande adesão registada em iniciativas de desporto espontâneo como o Alcobaça em Andanças ou a já tradicional Caminhada do 25 de Abril que este ano superou a fasquia dos mil participantes. Gala do Desporto A 2ª Gala do Desporto do Município de Alcobaça realizou-se em março último no Cine-Teatro de Alcobaça João D’Oliva Monteiro e destacou as personalidades e instituições que mais se evidenciaram durante a época desportiva de 2015/2016 ou no ano civil de 2016.

Lista dos premiados na Gala do Desporto Atleta de Formação Feminina - Lúcia Quitério Atleta de Formação Masculino - Guilherme Pina Atleta Feminina - Melanie Santos Atleta Masculino - Diogo Rafael Clube de Formação Masculino - Grupo Desportivo da Martingança Clube de Formação Feminino - Clube de Natação de Alcobaça Mérito Desportivo - João Silva Equipa Sénior Masculina - C.C.R.D. Burinhosa Equipa Sénior Feminina - União Recreativa Bárrio Carreira - Joaquim Marques Treinador do Ano - Filipe Faria Revelação do Ano - Inês Carreira Atleta do Desporto Sénior - Maria Ascensão dos Reis Jesus Desporto Espontâneo - Alcobaça em Andanças Desporto Adaptado - Centro de Educação Especial, Reabilitação e Integração de Alcobaça

A Gala do Desporto do Município de Alcobaça é uma organização da Câmara Municipal com o apoio dos órgãos de comunicação social Região de Cister, Cister FM, Tinta Fresca, Benedita FM, O Alcoa e Pataias à Letra.

confluência « 29


Projectos & Iniciativas

Campanhas de sensibilização e educação ambiental O Município tem vindo a realizar várias atividades de sensibilização e educação ambiental, educando e apelando a comunidade escolar e à população em geral para a necessária preocupação com o meio ambiente e com o espaço público. É importante que todos trabalhemos para manter o concelho limpo e preservado, tanto para nosso usufruto como para as gerações vindouras. ETAR de São Martinho do Porto recebeu alunos No âmbito do Programa de Educação Ambiental - Bandeira Azul, 82 alunos de duas Eco-Escolas concelhias visitaram a ETAR de São Martinho do Porto, a 16 de maio. Tiveram oportunidade de conhecer os equipamentos e tecnologias que em muito contribuem para a atribuição da Bandeira Azul à baía. As atividades de Educação Ambiental são um dos requisitos obrigatórios nas candidaturas à Bandeira Azul. Percursos Interpretativos no Património Natural Inserido nas comemorações do Ano Internacional do Turismo Sustentável (ONU), o Município promoveu, de fevereiro a julho, oito percursos interpretativos com o objetivo de conhecer, interpretar e estimar o património ambiental que nos foi legado: “Lagoa de Pataias”; “Na senda de Joaquim Vieira Natividade”; “As árvores da nossa Cidade”; “Biodiversidade: Levadinha, Alcoa e Baça; “Conhecer melhor o litoral sul e norte de Alcobaça” e “No sopé da Serra dos Candeeiros”. Tiveram mais de 300 participantes de várias idades, 38 das quais eram docentes de vários níveis de ensino, que adquiriram competências várias para os seus alunos na área da cultura local e preservação ambiental.

SUMA presente nas escolas e nas praias A SUMA, empresa responsável pela gestão de resíduos e limpeza no concelho de Alcobaça, desenvolveu nas praias de Paredes da Vitória e de São Martinho do Porto atividades de sensibilização ambiental tais como o ECOSPOT, Procuro Não Sujar e EKO KIOSKO. Durante o ano letivo, em parceria com o Município realizaram-se ações de sensibilização nas escolas, nomeadamente, a iniciativa Animais da Cidade: não deixar sacos de lixo fora dos contentores, apanhar os dejetos do animal de estimação da via pública, fazer bom uso das papeleiras, não estragar o que é público, ser cordial para os vizinhos, são as principais mensagens transmitidas por esta campanha.

Proteção Civil dinamiza simulacros nas escolas O Serviço Municipal de Proteção Civil do Município de Alcobaça desenvolveu, em março, um conjunto de simulacros e ações de sensibilização com vista a dotar a comunidade escolar de uma cultura de segurança e de autoproteção. Foi também distribuído o Manual da Proteção Civil, documento que congrega uma série de conselhos e informações, que informam a população acerca dos procedimentos básicos a ter em caso de acidente grave ou catástrofe. As ações de sensibilização visaram fornecer aos alunos e professores conhecimentos práticos, para realidades tão distintas como o socorro e segurança, nos seus diversos domínios. Estas atividades realizaram-se na Escola Básica Frei António Brandão, Benedita, Centro Escolar da Benedita e na Escola Básica de Pataias. 30 » confluência


Deliberações

APOIOS FINANCEIROS CONCEDIDOS PELO MUNICÍPIO DE ALCOBAÇA

REUNIÃO ORDINÁRIA 09.12.2016 »ASSOCIAÇÃO DE SOLIDARIEDADE SOCIAL DO ARIEIRO - €15.000,00 (encargos com o projeto de estrutura residencial para idosos e centro de dia); »ASSOCIAÇÃO DE BEM-ESTAR SOCIAL E RECREATIVA DE ALPEDRIZ – €3.000,00 (restruturação das suas valências culturais); »FÁBRICA DA IGREJA PAROQUIAL DA FREGUESIA DE NOSSA SENHORA DOS PRAZERES DE ALJUBARROTA – €15.000,00 (obras de conservação de prédios confinantes com a Capela de Chiqueda); »FÁBRICA DA IGREJA PAROQUIAL DA FREGUESIA DE SANTA EUFÉMIA DE COZ - €10.000,00 (realização de obras de conservação da Igreja de Nossa Senhora da Graça); »FREGUESIA DE ALFEIZERÃO - €40.000,00 (construção de casas de banho na zona ampliada do cemitério de Alfeizerão); »FREGUESIA DE ALJUBARROTA - €20.000,00 (encargos com obras diversas); »FREGUESIA DE VIMEIRO – €7.000,00 ( festa anual da freguesia); »GRUPO DESPORTIVO CONCHA AZUL – €5.000,00 (aquisição de equipamento diverso); »‘GAPA’ - GRUPO DE AMIGOS DOS PELUDINHOS DE ALCOBAÇA - €15.000,00 (instalação do seu novo abrigo animal); REUNIÃO ORDINÁRIA 22.12.2016 »FREGUESIA DE BENEDITA - €18.666,48 (reparação dos filtros de areia do tanque de aprendizagem e da piscina de vinte e cinco metros do Complexo das Piscinas Municipais na Benedita); »FREGUESIAS DE ÉVORA DE ALCOBAÇA E TURQUEL - €20.000,00 (€10.000,00 a cada uma das freguesias para construção conjunta de uma ponte sobre o afluente do rio Baça, no lugar de Casal da Amada); »ASSOCIAÇÃO TEMPOS LIVRES DOS COVÕES E MOLEANOS - €5.000,00 (reparação de viatura); REUNIÃO EXTRAORDINÁRIA 30.01.2017 »GINÁSIO CLUBE DE ALCOBAÇA - €15.000,00 (aquisição de uma carrinha preparada para o transporte de crianças); »ASSOCIAÇÃO DE PAIS E ENCARREGADOS DE EDUCAÇÃO DOS ALUNOS DA ESCOLA DO PRIMEIRO CICLO DO ENSINO BÁSICO (EB1) E JARDIM-DE-INFÂNCIA (JI) DO CASAL DA LAGOA - €1.024,59 (colocação de uma cobertura junto à entrada das instalações da Escola do Primeiro Ciclo do Ensino Básico do Casal da Lagoa); »FÁBRICA DA IGREJA PAROQUIAL DA FREGUESIA DE SANTA EUFÉMIA DE COZ - €17.500,00 (realização de obras de requalificação da zona envolvente da Igreja da Póvoa); »FÁBRICA DA IGREJA PAROQUIAL DE SÃO TIAGO DE ÉVORA DE ALCOBAÇA - €12.000,00 (realização de obras de construção de um espaço de catequese e lazer anexo à Igreja); REUNIÃO ORDINÁRIA 13.02.2017 »CEERIA - CENTRO DE EDUCAÇÃO ESPECIAL, REABILITAÇÃO E INTEGRAÇÃO DE ALCOBAÇA - €50.000,00 (aquisição de um miniautocarro para transporte dos respetivos utentes); »ASSOCIAÇÃO PARA A DEFESA E VALORIZAÇÃO DO PATRIMÓNIO CULTURAL DA REGIÃO DE ALCOBAÇA (ADEPA) €11.000,00 (realização da edição de dois mil e dezassete do projeto denominado ‘Conhecer para Preservar’); »FREGUESIA DE TURQUEL - €25.000,00 (realização de obras de manutenção e reparação de caminhos vicinais nos lugares de Ardido e Moinhos); »FREGUESIA DE VIMEIRO - €45.000,00 construção de um novo estaleiro e demolição do estaleiro existente; »ASACORD - ASSOCIAÇÃO DE ACORDEÃO DE PORTUGAL - €7.000,00 (realização da ’21.ª Semana Internacional do Acordeão); »ASSOCIAÇÃO BENEDITENSE DE CULTURA E DESPORTO - €15.800,00 (realização de obras de manutenção e beneficiação do Parque de Jogos); »ASSOCIAÇÃO BENEDITENSE DE CULTURA E DESPORTO - €4.500,00 (realização da décima quinta edição do ‘Corso Noturno de Carnaval’); »ASSOCIAÇÃO ‘OLÉ OLÉ ALFEIZERÃO’ - apoio logístico diverso (realização da segunda edição do evento ‘Olé Olé Alfeizerão’); »ASSOCIAÇÃO RECREATIVA E CULTURAL DAS ROSAS, AREEIRO, CASAL PINHEIRO E FRAGOSAS - €25.000,00 (realização de obras de conservação no respetivo edifício-sede); »CLUBE DE NATAÇÃO DE ALCOBAÇA - €3.500,00 (realização do ‘XXI Torneio - Taça Cidade de Alcobaça’); »COCAPA - COMISSÃO ORGANIZADORA DO CARNAVAL DE PATAIAS - €4.500,00 (realização da edição de dois mil e dezassete do evento denominado ‘Carnaval de Pataias); »HÓQUEI CLUBE DE TURQUEL - €1.375,00 (realização da edição de dois mil e dezassete do evento denominado ’Corso de Carnaval Turquel´); »SALÃO CULTURAL ATAÍJENSE - €30.000,00 (realização de obras de requalificação e beneficiação do respetivo campo de futebol e zona envolvente); »SPORT UNIÃO ALFEIZERENSE - €1.375,00 (realização do‘Corso Carnavalesco´); »FÁBRICA DA IGREJA PAROQUIAL DE SÃO TIAGO DE ÉVORA DE ALCOBAÇA - €20.000,00 (obras de construção do Centro Pastoral de São Tiago e requalificação da zona envolvente à igreja); »ASSOCIAÇÃO DE MELHORAMENTOS DOS CAPUCHOS - €10.000,00 (obras de reparação e conservação de edifício); »ASSOCIAÇÃO HUMANITÁRIA DOS BOMBEIROS VOLUNTÁRIOS DE SÃO MARTINHO DO PORTO - €25.000,00 (aquisição de um veículo autotanque); »ASSOCIAÇÃO DE SOCORROS VOLUNTÁRIOS DA CELA - €10.000,00 (aquisição de um armazém); »ASSOCIAÇÃO DE PRODUTORES FLORESTAIS DOS CONCELHOS DE ALCOBAÇA E NAZARÉ - €14.222,12 (construção de um ponto de água na freguesia de Turquel); REUNIÃO ORDINÁRIA 20.03.2017 »FREGUESIA DE ALFEIZERÃO - €7.000,00 (realização das ‘Comemorações do Dia da Vila’); »UNIÃO DAS FREGUESIAS DE COZ ALPEDRIZ E MONTES -€25.000,00 (obras de beneficiação de caminhos vacinais); »FÁBRICA DA IGREJA PAROQUIAL DE NOSSA SENHORA DOS PRAZERES DE ALJUBARROTA - apoio logístico diverso (realização da ‘Festa da Espiga); »ALFAIATE D’HISTÓRIAS - €3.500,00 (realização da quarta edição do evento denominado ‘Ao Teatro! Festival!’); REUNIÃO ORDINÁRIA 22.08.2016 »GINÁSIO CLUBE DE ALCOBAÇA - €15.000,00 (aquisição de material desportivo no âmbito da participação no Campeonato Nacional de Seniores Desportivos); »CLUBE DE TÉNIS DE ALCOBAÇA - €5.000,00 no âmbito da organização do ‘Campeonato Nacional Equipas Sub 16’, e do ‘Campeonato Nacional Equipas Sub 14’); REUNIÃO EXTRAORDINÁRIA 13.04.2017 »CENTRO DE BEM-ESTAR SOCIAL DA MAIORGA - €25.000,00 (para aquisição de uma viatura); »ASSOCIAÇÃO DE BEM ESTAR SOCIAL E RECREATIVA DE ALPEDRIZ - €16.000,00 (aquisição de uma viatura); »FREGUESIA DE BÁRRIO - €3.000,00 (realização das comemorações do aniversário da Freguesia); »FREGUESIA DE BÁRRIO - €35.000,00 (beneficiação do edifício do Centro de Saúde de Pinhal Fanheiro); »FREGUESIA DE BENEDITA - €40.000,00 (obras de beneficiação de caminhos vacinais); »FREGUESIA DE BENEDITA - €7.000,00 (realização das comemorações do trigésimo terceiro aniversário da elevação a Vila); »FREGUESIA DE CELA - €45.000,00 (limpeza e restauro do Pelourinho e com a ampliação do Parque de Merendas); »FREGUESIA DE ÉVORA DE ALCOBAÇA - €25.000,00 (conservação de caminhos vicinais); »FREGUESIA DE SÃO MARTINHO DO PORTO - €40.000,00 (instalação de janelas e construção de um muro na Escola do Primeiro Ciclo do Ensino Básico de São Martinho do Porto); »FREGUESIA DE TURQUEL - €7.000,00 (realização das comemorações da relevação de Turquel a Vila); »UNIÃO DAS FREGUESIAS DE ALCOBAÇA E VESTIARIA - €40.000,00 (para obras de readaptação do projeto de estaleiro e de ampliação das instalações da Escola do Primeiro Ciclo do Ensino Básico de Vestiaria); »UNIÃO DAS FREGUESIAS DE PATAIAS E MARTINGANÇA - €40.000,00 (para execução de ciclovia entre Pataias e Pataias-Gare); »UNIÃO DAS FREGUESIAS DE PATAIAS E MARTINGANÇA - €85.000,00 (para obras de alargamento do cemitério de Pataias); »FÁBRICA DA IGREJA PAROQUIAL DA FREGUESIA DE NOSSA SENHORA DOS PRAZERES DE ALJUBARROTA - apoio logístico (uma tenda para realização de evento); »SOCIEDADE FILARMÓNICA TURQUELENSE - €3.000,00 (realização do ‘IV Encontro de Bandas da SFT’); »UNIÃO DESPORTIVA DE TURQUEL - €3.000,00 (reparação de duas viaturas); »CLUBE DE DESPORTOS ALTERNATIVOS DA NAZARÉ - €3.000,00 (participação da atleta Teresa Almeida no Circuito Mundial de Bodyboard); »FÁBRICA DA IGREJA PAROQUIAL DA FREGUESIA DE PATAIAS - €5.000,00. (para obras de pintura e acabamentos da nova igreja da Martingança); »SOCIEDADE FILARMÓNICA VESTIARIENSE MONSENHOR JOSÉ CACELLA - €10.000,00 (realização de obras de beneficiação da respetiva sede.); »CENTRO PAROQUIAL DE ASSISTÊNCIA DE NOSSA SENHORA D’AJUDA – €5.816,85 (obras de beneficiação das respetivas instalações); »FÁBRICA DA IGREJA PAROQUIAL DA FREGUESIA DE NOSSA SENHORA DOS PRAZERES DE ALJUBARROTA – €10.000,00 (para construção de edifício de apoio a eventos); »FÁBRICA DA IGREJA PAROQUIAL DA FREGUESIA DE NOSSA SENHORA DOS PRAZERES DE ALJUBARROTA - €40.000,00 (realização de obras no Salão Paroquial de Moleanos); »GRUPO RECREATIVO E DESPORTIVO DE VALE DE MACEIRA – PEDIDO DE APOIO - €1.750,00 (realização de obras de beneficiação das respetivas instalações); »BOMBEIROS VOLUNTÁRIOS DO CONCELHO DE ALCOBAÇA - €10.250,00 (‘Formação no Combate a Incêndios Urbanos e Industriais (CIUI); »PATRIARCADO DE LISBOA - apoio logístico diverso (no âmbito da realização da ‘Festa da Família – Jornada Diocesana da Família’); »ASSOCIAÇÃO DOS BOMBEIROS VOLUNTÁRIOS DE ALCOBAÇA - €30.000,00 (realização de obras e aquisição de viatura para transporte de doentes); REUNIÃO EXTRAORDINÁRIA 28.04.2017 »FÁBRICA DA IGREJA PAROQUIAL DE ALPEDRIZ - apoio logístico (1 tenda, no âmbito da realização das festividades em nome de Santo António; »INSTITUTO DE NOSSA SENHORA DA ENCARNAÇÃO-ECB - €3.000,00 (realização da ‘XV Edição da Feira do Livro’); »RANCHO FOLCLÓRICO DE CASAIS DE SANTA TERESA - €1.500,00 (para a realização do Festival de Folclore Concelhio de Alcobaça); »FÁBRICA DA IGREJA PAROQUIAL DA FREGUESIA DE SANTO ANDRÉ DA CELA - materiais de construção (obras de restauração da Capela de São Pedro da Cela Velha); »ASSOCIAÇÃO HUMANITÁRIA DOS BOMBEIROS VOLUNTÁRIOS DA BENEDITA - €30.000,00 (aquisição de uma viatura de combate a incêndios florestais); REUNIÃO EXTRAORDINÁRIA 22.05.2017 »UNIÃO DAS FREGUESIAS DE ALCOBAÇA E VESTIARIA - apoio logístico (no âmbito da realização as festividades dos santos populares): »RANCHO FOLCLÓRICO DOS MOLEANOS - €700,00 (no âmbito da realização do evento denominado ‘X Festival Pedra Rock’).

CONTACTOS ÚTEIS CÂMARA MUNICIPAL DE ALCOBAÇA Tel: 262 580 800 Fax: 262 580 850 e-mail: cmalcobaca@cm-alcobaca.pt web: www.cm-alcobaca.pt Edifício Paços do Concelho: Praça João de Deus Ramos 2461-501 Alcobaça Serviços Técnicos: Rua da Liberdade 2460-060 Alcobaça Assembleia Municipal Tel: 262 580 820 e-mail: assembleia@cm-alcobaca.pt

SERVIÇOS

MUSEU DO VINHO Rua do Olival Fechado, 2460-059 Alcobaça Visita: terça a domingo Manhã: 10h, 11h, 12h Tarde: 14h, 15h, 16h e 17h Tlm: 968 497 832 e-mail: museus@cm-alcobaca.pt MUSEU RAUL DA BERNARDA Ponte D. ELias, 2460-261 Alcobaça quarta a sexta: 10h às 13h e 14h às 17h sábados, domingos, feriados: 14h às 17h Tlm: 925 651 638 e-mail: museus@cm-alcobaca.pt MUSEU MONOGRÁFICO DO BÁRRIO Largo João Soares, Bárrio Tel: 262 581 959 e-mail: juntafreguesiabarrio@sapo.pt

ALCOBAÇA AMIGA BANCO LOCAL DE VOLUNTARIADO Escola Adães Bermudes Rua Afonso Albuquerque n.º 42 – Alcobaça Tel: 262 580 899 e-mail: alcobaca.amiga@cm-alcobaca.pt

MUSEU DA FAIANÇA DE ALCOBAÇA Rua Frei Fortunato, 2460-261 Alcobaça Manhãs – mediante marcação Tel: 262 582 955

AMBIENTE Linha Verde do Ambiente: 800 206 624 Recolha de Monos: 262 597 706

NÚCLEO DE ARTE SACRA DE ALJUBARROTA Praça do Pelourinho s/n 2460-601 Aljubarrota Marcação: Junta de Freguesia de Aljubarrota Tel: 262 507 113 e-mail: j.f.prazeres@gmail.com

BIBLIOTECA MUNICIPAL terça a sexta: 10h às 18h sábado e segunda: 14h às 18h Tel: 262 580 880 e-mail:biblioteca@cm-alcobaca.pt CINE-TEATRO DE ALCOBAÇA JOÃO D’OLIVA MONTEIRO bilheteira - terça a sexta: 13:30h às 17h Tel: 262 580 890 / 885 / 892 e-mail: cine.teatro@cm-alcobaca.pt CULTURA \ TURISMO Tel: 262 580 810 e-mail: cultura@cm-alcobaca.pt DEP. ADMINISTRAÇÃO GERAL Tel: 262 580 812 DEP. GESTÃO FINANCEIRA Tel: 262 580 804 DEP. GESTÃO E PLANO URBANÍSTICO Tel: 262 580 842 EDUCAÇÃO Tel: 262 580 831 ESCOLA ADÃES BERMUDES Espaço Internet, Centro de Atendimento a Jovens e Sala de Exposições Tel: 262 580 899 e-mail: escola.a.bermudes@cm-alcobaca.pt GAB. APOIO À PRESIDÊNCIA Tel: 262 580 843 GAB. APOIO A VÍTIMAS DE VIOLÊNCIA DOMÉSTICA Tel: 262 580 899 e-mail:gavvd.alcobaca@gmail.com GAB. RELAÇÕES PÚBLICAS E PROTOCOLO Tel: 262 580 844 e-mail: gcrp@cm-alcobaca.pt GAB. MÉDICO VETERINÁRIO Atendimento ao Publico: 2ª feira – Médica Veterinária Municipal 4ª feira – Eng dos Sistemas agrícolas/ambientais Tel: 262 580 879 OBRAS MUNICIPAIS Tel: 262 580 803 OBRAS PARTICULARES Tel: 262 580 832 PROTEÇÃO CIVIL Tel: 262 580 805 e-mail: smpc@cm-alcobaca.pt SERV. MUNICIPALIZADOS Tel: 262 580 900 Nº Verde / Avarias 808 206 419 TAXAS E LICENÇAS Tel: 262 580 808 MUSEUS CENTRAL DA CONFLUÊNCIA DOS RIOS Jardim da Biblioteca Municipal segunda a sábado: 14h30 às 17h30 Tel: 968 497 832 e-mail: museus@cm-alcobaca.pt

PARQUE DOS MONGES E MUSEU DOS DOCES CONVENTUAIS Rua Quinta das Freiras, 10 Chiqueda Tel: 262 581 306 e-mail: geral@parquedosmonges.com JUNTAS DE FREGUESIA Alcobaça e Vestiaria Sede: 262 581 130 Delegação: 262 596 099 Alfeizerão: 262 999 290 Aljubarrota Sede: 262 507 113 Correios e Atendimento: 262 508 111 Alpedriz, Coz e Montes: 262 544 155 Bárrio: 262 581 959 Benedita: 262 929 493 Cela: 262 503 126 Évora de Alcobaça: 262 509 161 Maiorga: 262 583 244 Martingança e Pataias Sede: 244 589 156 Pólo: 244 589 585 São Martinho do Porto: 262 989 188 Turquel: 262 919 733 Vimeiro: 262 910 598 SERVIÇOS DE SAÚDE Hospital de Alcobaça: 262 590 400 Centro de Saúde Alcobaça: 262 590 510 Centro de Saúde Alfeizerão: 262 999 687 Centro de Saúde Aljubarrota: 262 508 112 Centro de Saúde Alpedriz: 262 544 291 Centro de Saúde Benedita: 262 925 490 Centro de Saúde Cela: 262 503 068 Centro de Saúde Cós: 262 544 161 Centro de Saúde Évora de Alcobaça: 262 509 458 Centro de Saúde Martingança: 244 585 090 Centro de Saúde Pataias: 244 585 090 Centro de Saúde Pinhal Fanheiro: 262 503 522 Centro de Saúde São Martinho Porto: 262 989 289 Centro de Saúde Turquel: 262 919 250 Centro de Saúde Vimeiro: 262 910 237 DIVERSOS Posto Turismo Alcobaça: 262 582 377 e-mail: turismo_alcobaça@turismodooeste.pt Posto Turismo São Martinho Porto: 262 989 110 e-mail: turismo_smporto@turismodooeste.pt CTT CTT CTT CTT

Alcobaça: 262 590 351 Benedita: 262 925 281 Pataias: 244 587 180 S. Martinho do Porto: 262 985 001

GNR de Alcobaça: 262 580 100 GNR da Benedita: 262 925 120 GNR de Pataias: 244 589 393 GNR de S. Martinho do Porto: 262 995 038 PSP de Alcobaça: 262 505 650 Bombeiros Voluntários Alcobaça: 262 505 300 Bombeiros Voluntários Benedita: 262 925 500 Bombeiros Voluntários Pataias: 244 587 240 Bombeiros Volun. S. Martinho Porto: 262 985 100 Protecção Civil de Alcobaça: 262 580 805 Número Nacional de Socorro: 112 Proteção à Floresta: 117 Saúde 24: 808 24 24 24

confluência « 31


Confluência 13 - agosto 2017  

Boletim Municipal de Alcobaça - agosto 2017

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you