Page 1

2005-2010

2000-2005 1

1991-1999


Expediente Redação: Jéssica Ap. Oliveira Sueli Carpinelli Colaboradores: Andreara Moreira Alexandre Almeida Alexandre Monteiro Francisco Carpinelli Gabriella Carpinelli Glauco Cavalcanti Ilva Carboni Guimarães Josie Sena Marco Lucena Marcos Balsamão Mário Notari Mateus Passos Monica Dantas Raphael Willisk Renata Carpinelli Ricardo Ferreira Sérgio Mine Soely Oliveira Vivian Lemes

Você Faz Parte Dessa História.

A

20º edição da Revista Alanews é especial. no dia 22 de agosto, comemoraremos 20 anos de empresa e para celebrar esta data traremos nesta edição a visão do Grupo Alatur para os próximos anos, depoimentos e histórias de colaboradores antigos de casa e as expectativas dos que acabaram de chegar. Falaremos sobre a Nova Intranet através de um bate-papo descontraído que procurou sanar todas as dúvidas referentes a nova ferramenta. Como se trata de uma edição comemorativa, falaremos de algumas ações internas que aconteceram entre os meses de julho e agosto como, Férias na Alatur e o Alatur Melhor (Semana da Sustentabilidade). Pensou era só isso? Entenda as diferenças entre mestrado, doutorado e especialização na sessão mercado e fique atento ao que o mercado pede.

Diagramação e Projeto Gráfico: Jéssica Ap. de Oliveira Valter Bezerra Revisão: Ilva Carboni Guimarães Jéssica Ap. de Oliveira Soely Oliveira Periodicidade: Bimestral Tiragem: 1.200 exemplares Colabore com as nossas edições, mande suas sugestões para: falecomalanews@alatur.com

2


Sumário Palavra da Direção

04

Linha do Tempo

05

Você Faz Parte Dessa História

06

Aconteceu Ganhadores do Prêmio Reserva Hotel

Nova Intranet

Férias na Empresa

Alatur Melhor (Semana da Sustentabilidade)

08

Filiais

12

09

Equipe de Brigadistas

12

10

Agora Somos Alatur

14

Eventos Alatur

13

Novas Conquistas

15

11

Perfil de Liderança Francisco Carpinelli

16

Marcos Balsamão

18

Glauco Cavalcanti

17

Ricardo Ferreira

19

Espaço Crescimento Atitudes de Qualidade

20 Para Refletir

Mercado

21

3

23


Palavra da Direção Chegamos aos 20 anos!

A

gradecemos imensamente a cada um de vocês por fazerem parte da nossa história, por ter escolhido o Grupo Alatur como local de trabalho e principalmente por se dedicar dia-a-dia ao compromisso de fazer da nossa companhia a maior e melhor empresa de viagens corporativas do Brasil. 20 ANOS - Essa idade é a mais desafiadora, pois quando olhamos para trás e percebemos o quanto fomos criativos, como fomos empreendores, como soubemos trabalhar em equipe e como a soma de tudo isso colaborou para um empolgante resultado. E também nos desperta para importantíssimas reflexões: - O que temos que fazer para continuar sendo esse fenômeno do mercado de viagens corporativas? - O que devemos preservar para não nos desviarmos dessa trajetória de ascensão? - Quais pontos devemos modificar para garantir sucesso nos próximos 20 anos? Certamente esse é um exercício sério e até mesmo difícil, porém prazeroso de ser feito, pois dele extrairemos nosso direcionamento para o futuro. O que não podemos mudar? Certamente são nossos valores: agilidade, confiança, parceria, dedicação; Nosso espírito de equipe, nossa criatividade, nossa paixão por atender bem! E o que sempre deve estar em mudança, em evolução? Certamente são nossos conhecimentos, nossa busca incessante por qualificação e por evolução profissional. Pensemos juntos... façamos juntos a fotografia pintada, como primeiro passo da construção conjunta desse futuro. Hoje somos a maior empresa de mobilidade corporativa do Brasil, mas queremos ser a maior da América Latina, reconhecida e admirada pela nossa qualidade de serviços e pelo nosso profissionalismo. Nossos clientes nos vêem como um parceiro ideal e estratégico para contribuir ativamente na conquista do seus objetivos. Somos uma empresa alegre, com um clima interno agradável e composta por profissionais felizes, que realmente amam o que fazem. Que sabem que os bons resultados são atingidos através de estratégias bem desenhadas, planos bem executados e tudo isso realizado por colaboradores bem preparados e empenhados com o sucesso coletivo. Você concorda com essa fotografia pintada? Caso concorde, seja bem vindo aos próximos 20 anos do Grupo Alatur, você faz e continuará fazendo parte dessa história de sucesso. Presidência 4


/,1+$'27(032*5832$/$785

 *5832$/$785)$=$126

2010

5HIHUrQFLDGHVXFHVVRQRPHUFDGRFRUSRUDWLYRFRPFOLHQWHV HQWUHDVPDLRUHVHPSUHVDVGR%UDVLOHGRPXQGR&ULDR,QVWLWXWR $ODWXUTXHLQLFLDDGLYXOJDomRGRFRQFHLWRGH0RELOLGDGH&RUSRUDWLYD

2009 ,QDXJXUDomRGDILOLDOGH&XULWLED&RQVROLGDomR GR*UXSR$ODWXU$HPSUHVDWRUQDVH6$

2008

)LUPDGDD-RLQW9HQWXUHFRPD0&,(PDJRVWRp RILFLDOL]DGDDSDUFHULDFRPD+5*:RUOG:LGHQR %UDVLO6XUJHR*UXSR$ODWXUFRPFUHVFLPHQWRGH LQWHJUDQGRD%63

2007

/DQoDPHQWRGD$ODWXU0DJD]LQH 5HDOL]DomRGRž)yUXP$ODWXU,QDXJXUDomRGDV ILOLDLVHP%HOR+RUL]RQWH&DPSLQDVH-RLQYLOOH

2006

$$ODWXUDGTXLUHD$JrQFLD:HHJR )LOLDVHDR9LUWXRVR,QDXJXUDomRGD -DUDJXi7XULVPRHGD8&$

2004

&UHVFLPHQWRGH,QJUHVVRQRVHOHWR JUXSRGHDJrQFLD9LUWXRVR/DQoDPHQWR GRSULPHLUR'LUHWyULRGH+RWpLV&RUSRUDWLYR

2001-2003

,QJUHVVDP5LFDUGR)HUUHLUDH0DUFRV%DOVDPmR SDUDDSRLDUDH[SDQVmReIXQGDGDD$ODWXU(YHQWRV H,QFHQWLYRVTXHQDVFHFHUWLILFDGD

1991- 2000

,QDJXUDomRGDILOLDO5LRGH-DQHLUR,QtFLR GRVSURJUDPDVGHGHVHQYROYLPHQWRH FHUWLILFDomRGHTXDOLGDGH )XQGDomRGD$ODWXU9LDJHQVH7XULVPR &RQTXLVWDGDSULPHLUDVHGHSUySULDeUHODQoDGR RQRPH$ODWXUQRPHUFDGR

5


Você Faz Parte Dessa História

D

edicamos esse espaço para alguns colaboradores antigos de casa e os que recém chegaram para que possam expressar tudo aquilo que sentem e pensam sobre a Alatur, contar alguma história que tenha vivido aqui e que se recordam com muita alegria, ou ainda dizer quais são as expectativas em fazer parte dessa equipe. Confira. “Depois de alguns anos na empresa, são muitas emoções no nosso diaa-dia. Todos os momentos são importantes, mas teve um em especial que me deixou muito emocionada. Foi este ano no dia do meu aniversário. Todos os anos nossa equipe do GPP comemora os aniversariantes do mês, fiquei surpresa e muito feliz quando percebi que neste dia TODOS da minha equipe, entraram na minha sala cantando Parabéns. Sei que todos são sempre muito ocupados, e muitas vezes não conseguem sair da sala e prestigiar o colega de trabalho, mas neste dia minha alegria foi completa, quando vi a equipe toda reunida. É sempre muito bom receber este carinho. Pode parecer besteira, mas são esses pequenos detalhes que fazem a grande diferença, e faz com que nos sintamos especiais. Espero ter contribuído de alguma forma, foi um momento simples, mas que teve um impacto muito grande para mim.”

medo de fazer alguma coisa, mas fazia para ver no que ia dar. E deu no que deu! É muito bom fazer parte desse crescimento e de ter acompanhado o desenvolvimento dessa empresa da pré-adolescência à maturidade. Hoje me sinto grande, como ela. Eu, como muito outros, fui da Califórnia Turismo e me sinto mais Alatur do que os 10 anos que tenho de empresa. Me lembro quando mal nos conheciam e éramos minoria nos eventos de fornecedores. Hoje, eles têm que montar uma festa só para nós e em etapas para atender todo mundo. Hoje somos referência! Parabéns, Alatur. Parabéns pelo aniversário e pelo sucesso!” “Histórias são tantas que daria para escrever um livro, mas histórias são contadas de diversas formas e versões, e muitas vezes perdemos o que realmente interessa ser contado, ou as pessoas entendem somente metade do que foi dito. Então não vou falar sobre histórias da Alatur, vou falar sobre o que a Alatur significa em minha vida. Essa empresa - se é que podemos simplesmente chamá-la assim, ou melhor, talvez o termo “família” seria mais apropriado, pois vivemos tanto tempo aqui que acabamos vivendo em um clima familiar, mas como isso é possível? Como uma “empresa” consegue passar para alguém esse tipo de sentimento ou impressão? É difícil isso acontecer, pois quando pensamos em empresa, trabalho, patrão, já dá um frio na espinha, mas a Alatur é diferente para mim. Nesses anos que tenho de casa, não houve apenas uma troca profissional, onde o empregador paga e o empregado trabalha, a Alatur escuta o que você tem a dizer e se preocupa com seu funcionário. Ela não te dá apenas um emprego. No meu caso ela me acolheu e me deu a possibilidade de

“É muito interessante pensar na Alatur hoje com duas décadas. Eu comecei aqui na metade desses 20 anos e ela era apenas uma criança espevitada e muito esperta. Dessas que, às vezes, tinha 6


Internacional e ainda continuo atendendo o Grupo Promon. Posso dizer que a Alatur me proporcionou um grande crescimento pessoal e profissional, e que isso fez alcançar boa parte dos meus objetivos. Hoje, só tenho que agradecer a Alatur, pelas oportunidades, pela confiança e pela paciência que todos têm tido comigo.”

fazer amigos, trazer amigos para trabalhar aqui, e principalmente, proporcionou-me condições de formar minha família - minha família nasceu aqui na Alatur. Hoje não posso dizer que tenho tudo que gostaria de ter - longe disso, mas com certeza e sem demagogia nenhuma a Alatur me ajudou a ter tudo aquilo que realmente importa para mim. Obrigado família ALATUR!”

“Quando a Alatur ganhou a conta do Grupo Promon, em 2003, a proposta era contratar apenas os três melhores atendentes da equipe. Nessa época, eu era auxiliar administrativo e por isso não estava nos planos de contratação. No dia que o Francisco e Monica foram conhecer o posto - após entrevistar o Marcelo, a Elisa e a Ordalia, eles me chamaram para conversar e para saber o que eu fazia no posto. Ainda me lembro da primeira coisa que o Francisco me disse. Ele falou: E essa aliança de noivado no seu dedo? Você vai mesmo casar? Você é louco? Ai eu disse que não era louco, eu queria casar sim e que o casamento era bom. Hoje fica fácil entender o porquê dele ser o dono da empresa e eu ser o funcionário: o cara tem visão!! (risadas).Depois de uma breve conversa, eles resolveram me contratar como ADM e eu vim junto com a conta. Em pouco tempo, passei para Assistente de Emissão e depois consegui uma oportunidade e me tornei mais um Consultor Nacional no posto. Após algum tempo, tive outra oportunidade e hoje sou Consultor Nacional e

“Minhas expectativas são as melhores, espero que a Alatur continue nessa crescente evolução dentro do mercado corporativo, sempre pensando em se estruturar cada vez mais e superando as expectativas, oferecendo serviços diferenciados e de qualidade, a paixão por atender bem. Minha opinião sempre será a mesma, a Alatur é e sempre será a melhor empresa para se trabalhar, aqui dentro comecei do zero, sem saber se quer o que era viagens corporativas, ou no máximo ouvi a respeito na faculdade. Aqui é uma escola onde cresço e aprendo muito, e sempre continuarei aprendendo. Quero crescer muito mais e estar sempre no topo, ao lado da agência a número 1 em viagens do país. Espero que a minha contribuição ajude o Grupo Alatur a se perpeuar nessa posição e que cada vez mais tenhamos nossa marca atrelada a excelência e qualidade em termos de viagens.”

“Ela não te dá apenas um emprego. No meu caso ela me acolheu e me deu a possibilidade de fazer amigos, trazer amigos para trabalhar aqui, e principalmente, proporcionou-me condições de formar minha família - minha família nasceu aqui na Alatur.” 7


Aconteceu

Ganhadores do Prêmio - Reserva Hotel

N

o dia 06 de junho o Concurso Reserva Hotel premiou seu segundo ganhador. O objetivo dessa competição é promover o uso da ferramenta partindo de uma margem igual ou superior de 90% dentro do mês. Mas vale lembrar que, somente os consultores que fizeram uso do Reserva Hotel participaram da premiação. Veja a entrevista com a 2ª Ganhadora, Flávia Coelho do posto de atendimento do Santander.

me habituado com a ferramenta. Quando o Reserva Hotel chegou, achei muito simples fazer uma solicitação, era necessário o preenchimento de apenas uma tela, enquanto no Regente tínhamos que abrir e fechar várias telas até gerar o Voucher. 2. Quais os benefícios que o Reserva Hotel agregou a sua rotina de trabalho? Quando o banco de dados está operando normalmente, o Reserva Hotel proporciona agilidade e praticidade, além de tornar os processos de emissão de Voucher bem mais simples e rápidos. 3. Sente-se segura para indicar a ferramenta para os demais membros de sua equipe? Incentivaria o uso do mesmo? Sim. Posso notar que, quando uma pessoa – que anteriormente utilizava o Regente, faz uso do Reserva Hotel, logo percebe que é ele mais fácil e prático. 4. Descreva suas considerações finais. O Reserva Hotel, mesmo apresentando alguns erros de integração e lentidão em algumas partes do dia, é um sistema que trará mais qualidade e agilidade ao trabalho. Aconselho que todas as pessoas façam uso da ferramenta, para detectarmos nossas reais necessidades e as deficiências existentes. O Reserva Hotel promove maior segurança e rapidez, melhorando o desempenho da empresa como um todo.

Primeiramente gostaria de mencionar minha imensa gratidão com meus colegas de trabalho, pois reconheço que foi graças a ajuda de todos que tive a oportunidade de ganhar. Continuamos trabalhando para que seja cada vez menor o número de inconsistências referentes a Hotéis. Aproveito, também, para alertá-los que as chances são iguais para todos. 1. O objetivo do concurso é promover o uso da ferramenta Reserva Hotel. Na sua opinião, qual o maior desafio com relação a ferramenta anteriormente usada – com a mesma finalidade do Reserva Hotel, e a ferramenta atual? Não senti muita dificuldade, por estar na empresa a pouco tempo (desde setembro de 2010), eu ainda estava em fase de adaptação e não havia 8


Nova Intranet

5. Quais são os ganhos para a empresa com essa nova plataforma? Agilidade e organização nos processos. 6. E quais as vantagens para os colaboradores? A navegação simples e intuitiva, facilidade em encontrar documentos, visualização de dados pessoais, ferramenta de comunicação instantânea, o uso da intranet fora da Alatur e futuramente avaliações e treinamentos arquivados em área pessoal. 7. O que muda no dia-a-dia e quais os ganhos para o trabalho? A agilidade na comunicação interna e centralização das informações, documentos e ferramentas para o trabalho. A mudança é muito mais do que uma simples reformulação na Intranet da empresa, com o passar do tempo e com a implementação do restante das ferramentas isso ficará mais claro. Estamos passando por uma mudança de cultura, pois muitos fluxos e funções mudarão. 8. Que pessoas fazem parte da equipe que desenvolveu a nova intranet? Alexandre M. Almeida Programador e Webmaster, Raphael Willisk - Programador e Designer e Gabriella Carpinelli - Coordenadora. 9. Quando o projeto foi iniciado? O projeto foi iniciado em abril de 2011 e a previsão de ter todas as ferramentas desenvolvidas (até agora) é julho de 2012. 10. Que caminhos pretendem seguir daqui para frente? Não temos a idéia de parar as melhorias na Intranet. Novas demandas aparecem toda semana, assim vamos vendo a necessidade de cada pedido e adaptando todos da melhor forma a nossa intranet, no menor prazo possível. Nosso objetivo sempre será facilitar o trabalho de todos aqui no Grupo. O desafio é grande, mas com a colaboração de todos conseguiremos proporcionar ao Grupo Alatur uma ferramenta de qualidade efetiva.

O portal interno, exclusivo para você!

C

om a finalidade de sanar algumas dúvidas relacionadas a Nova Intranet, reunimos nessa edição algumas perguntas que não nos deixam calar. Confira num bate-papo super descontraído com Gabriella Carpinelli, Raphael Willisk e Alexandre Almeida.

1. Por que foi criada uma nova intranet? Para facilitar a comunicação interna, o compartilhamento de documentos e informações e gestão de pessoas e processos. A intenção é que a Intranet seja muito mais que uma simples ferramenta de comunicação, estamos trabalhando para que ela se torne o principal sistema de gestão da empresa. 2. Que papel ela desempenha? A Intranet é usada como área de compartilhamento interno dos mais diversos conteúdos, além de promover a interação dos colaboradores. 3. Por que é preciso se logar na nova intranet? Como a intenção futura é termos um sistema complexo com assinatura digital, a identificação de cada indivíduo é feita através do login. Assim quando o colaborador estiver logado na intranet poderá assinar eletronicamente diversos documentos, o que substituirá a assinatura no papel. 4. Quais seus principais diferenciais? Todos os colaboradores estão divididos por nível de acesso, diretoria, departamento e cargo. Cada um terá acesso apenas aos documentos que lhe dizem respeito, facilitando o acesso ao que se procura mais rapidamente. Haverá também o controle dos gestores sobre seus encarregados de maneira prática. Outra novidade é a área onde o colaborador pode verificar os benefícios oferecidos pelo Grupo Alatur, além do famoso Atwitter. 9


Férias na Empresa

F

érias na Empresa foi um dia especial, coordenado por Vivian Lemes - GP, que teve apoio da equipe da Universidade Corporativa, ocorreu no dia 26 de julho de 2011 último. Com o objetivo de promover oportunidade para que os filhos de nossos colaboradores conhecessem a empresa que seus pais trabalham e o trabalho que realizam. O evento contou com a presença de 66 crianças, foi um sucesso! Confira abaixo a programação especialmente escolhida para fazer o dia dos nossos “baixinhos” inesquecível: 08:00 às 09:00 - Chegada na UCA e credenciamento e foto. 09:30 - Tour pela empresa, oficinas e brincadeiras. 10:30 - Lanche. 10:50 - Oficinas e brincadeiras. 12:00 às 14:00 - Almoço com os pais, oficina e brincadeira. 14:00 - Oficina de mágica. 15:00 - Visita ao Terraço Itália, oficinas e brincadeira. 16:00 - Show de mágica 16:45 - Lanche. 17:00 - Sessão Cinema com “Rio, o Filme” (convite foi estendido aos pais).

Toda a programação proporcionou aos “pequenos” muita diversão e um dia especial na vida deles. A ação contou com a participação de Atri Consultoria, InterCity e Atlântica Hotels como patrocinadores. Breve, você terá acesso à todos os elogios dessa ação na nossa página da intranet.

10


Alatur Melhor Semana da Sustentabilidade

A

Semana da Sustentabilidade ocorreu entre os dias 30 de maio a 03 de junho e contou com um grande número de atividades. O evento abriu debates para temas como, a reciclagem e o reaproveitamento de materiais reutilizáveis, emissão e compensação de CO² e gestão de resíduos. Atualmente, o Grupo Alatur incentiva seus colaboradores para práticas sustentáveis mais simples como, redução da cota individual de impressão, separação do lixo em recicláveis e não recicláveis e a distribuição de canecas de porcelana em substituição aos copos plásticos. Atitudes simples como essas, proporcionam a redução dos gastos, economia de receita e preservação dos recursos naturais e nos posiciona como empresa sustentável com base no trinômio: ambiental, social e econômico. Convidamos, como porta-voz para esse assunto, o Assessor Jurídico Alatur e um dos representantes do Comitê de Sustentabilidade, Marco Lucena. Confira o que foi perguntado à ele. Alanews: Quais os objetivos dessa ação? R: Mostrar ao nosso colaborador que a sustentabilidade não visa apenas o meio ambiente, mas também o lado econômico e social; Conscientizar sobre o impacto que nossas ações ou omissões causam ao meio ambiente; Mostrar que a nossa empresa, e também varias outras, se preocupam com o tema; Trazer exemplos de ações que estão em andamento. Alanews: Quais os benefícios que a Semana da Sustentabilidade agregou aos colaboradores do Grupo? R: Em primeiro lugar, tivemos uma adesão considerável e com isto, pessoas de muitas áreas fizeram uma “integração” com outras. Além disso, os temas abordados trouxeram uma outra visão e consequentemente atitudes (pelo menos é o que esperamos) que irão melhorar o nosso ambiente de trabalho, nossa vizinhança e o mundo - porquê não sonhar alto? O benefício é de todos nós, somente ganhamos com isso! Alanews: Qual a conclusão que você tira dessa ação? R: Que temos uma equipe de colaboradores preocupados com a atual situação e que muitos acreditam que podem fazer algo. É o alerta para não ficar parado, vendo a degradação do mundo e de seus habitantes. O legal é que notamos que ações semelhantes deverão ocorrer mais e com mais frequência. O interessante é que a ação foi além do que esperávamos.

Divugaremos os ganhadores do 2º e 3º Semestre - Aguarde!

11


Filiais Curitiba: Nossa filial Curitiba completou 1 ano e realizou um evento no dia 27 de julho no Hotel Rayon e que contou com a participação de 53 convidados. A palestrante Adriana Carranca, autora do livro “O Irã sob o Chador” apresentou um Irã diferente e caloroso - totalmente diferente daquele divulgado pela mídia, que encantou os convidados.

A Nova Sede da Jaraguá Turismo: A Jaraguá Turismo também inovou em seu espaço de trabalho. A sede mudou-se para um novo prédio, houve adequação de layout seguindo os padrões da Alatur e acréscimo de 100% no número de estações de trabalho.

Rio de Janeiro: A filial Rio de Janeiro registrou crescimento e prepara sua infraestrutura para manter essa ascenção. Segundo o diretor da filial Rio de Janeiro e Nordeste, Alexandre Monteiro, a cidade apresenta boas perspectivas pelos bons centros para a realização de convenções e congressos aliados a grandes opções de lazer, que acabam atraindo a atenção de empresas e executivos. “Com base no promissor cenário apresentado, a filial já está se preparando para o aumento do volume de negócios. Realizamos investimentos na parte estrutural e estamos ampliando a equipe de colaboradores, visando suprir a demanda crescente”, conclui Monteiro.

Equipe de Brigadistas Alatur No primeiro final de semana do mês de agosto (06 e 07/08), o Edifício Itália disponibilizou 12 vagas para colaboradores interessados em fazer parte do corpo de Brigadistas de Incêndio. O treinamento buscou candidatos com espírito de liderança, proativos e que tenham facilidade em realizar trabalhos em equipe. Ao final, os candidatos receberam a certificação correspondente ao treinamento. Veja quem faz parte da Equipe de Brigadistas Alatur. Legenda: Jean Rocha, Fábio Augusto, Sérgio José, Roger Ribeiro, Diego Vasconcelos, Leonardo Andrade, Thais Rodrigues, Fabiana Cristina, Vivian Lemes, Regina Wysocki e Ana Claudia Rocha

12


Instituto Alatur Notas Rápidas

O

Instituto Alatur em parceria com a AMCHAM - Câmara Americana do Comércio, em 11.05 trouxeram de Nova Iorque, Carol Salcito, presidente da Management Alternatives Inc., para uma palestra sobre Globalização e Regionalização. O evento marca a ampliação do escopo do Comitê de Viagens da AMCHAM que passa a ser denominado Comitê de Viagens e Mobilidade Corporativa, bem como o retorno de Ricardo Ferreira a presidência do Comitê de Viagens da AMCHAM Brasil, ao lado de Bernardo Feldberg. “O conceito de Mobilidade Corporativa é uma tendência que já começa a se consolidar no mercado externo e, o gestor de viagem que atua no Brasil, tem que se preparar para este novo papel. Com o amadurecimento da gestão de viagens corporativas, novos desafios surgem para este gestor como eventos virtuais e híbridos, gestão de frotas, gestão de expatriados, logística de treinamentos entre outros.”, afirma Soely Oliveira – Diretora Executiva do Instituto Alatur. Dentro do conceito de Mobilidade Corporativa tivemos ainda :

Mural Você Faz Parte Dessa História - No início do mês de agosto, a Alatur inauguroum na Universidade Corporativa Alatur, um mural com algumas fotos de eventos e ações internas que trouxeram e trazem grande prestígio ao Grupo e aos seus coladoradores. Vale lembrar que, as fotos serão trocadas periodicamente. Visite e admire essa iniciativa. Concurso Mamma Mia, que espetáculo! - O Concurso Mamma Mia, objetivou estimular a busca pelo conhecimnto sobre rotas aéreas. O prêmio foi um par de ingressos para o famoso espetáculo musical, Mamma Mia! A ganhadora desse concurso foi Débora Matos da Central de Atendimento. Campanha TAM - A Invasão Vermelha, é o nome de várias campanhas que acontecerão durante o mês agosto. Essa é uma parceria da TAM com o Grupo Alatur para promover e elevar a participação da companhia aérea no grupo. Na primeira semana o desafio era responder um Quiz, porém apenas aqueles que estavam vestindo a camista vermelha poderiam participar. Acompanhe!

28.06 – Gestão de Expatriados – O número de profissionais estrangeiros trabalhando no Brasil, os chamados expatriados, está em expansão. Eles são demandados para suprir a falta de mão de obra em variadas áreas. Atualmente, as empresas já disputam esses talentos e estão passando por uma revisão nas suas políticas de contratação e retenção. Essa visão foi compartilhada por especialistas que participaram deste painel realizado pelo comitê de Viagens & Mobilidade Corporativa da Amcham-São Paulo. 19.07 – Expense Managment - “um desafio para o gestor de viagens”. Presente no Brasil pela primeira vez, o consultor David Kaufman (co-fundador, sócio gestor e CFO do Acquis Consulting Group), falou com os presentes sobre controle de despesas no setor de viagens corporativas e como cerca de 90% das grandes empresas norte americanas utilizam o expense managment como uma importante ferramenta de gestão integrada com o objetivo de otimizar processos e reduzir despesas. Compondo o painel participaram ainda , representantes do Grupo Santander Keila Hanashiro (gerente de facilities) e Marina Inês de Melo (analista de facilities), além de Patrícia Thomas (vice-presidente da ABGEV).

Alatur Champions League - O Alatur Champions League é o 1º Campeonato Interno de Futebol que incentiva a integração entre os colaboradores do Grupo e a prática esportiva. As equipes poderão ser divididas de acordo com o gênero (feminino e masculinho) e modalidade (Futsal ou Society). Quaisquer dúvidas em relação ao campeonato, derverão ser esclarecidas através no perfil no Grupo Alatur no Twitter (ATwitter).

13


Agora Somos Alatur

N

o mês de Julho a Alatur incorporou ao seu quadro de colaboradores novos membros, que farão parte da história do grupo e contribuirão para o crescimento e alcance das metas para 2013 e 2015. O Grupo Alatur deseja que todos sejam bem-vindos.

Data: 04/07/11 Novos Colaboradores: Gabriel Ortega (Eventos, Atendimento), Tassia Felinto (Conta a Receber), Manoela Andrade (Club + / Virtuoso) e Camila Klein (Eventos, Atendimento).

Data: 18/07/11 Novos Colaboradores: Andressa dos Santos (Central de Atendimento), Antonio Carlos C. de Carvalho (Relacionamento com Fornecedor), Daniele Buonanno (Eventos, Atendimento), Leticia França (Faturamento), Luana Carvalho (Central de Atendimento), Nana Shara (Faturamento), Thais Cruvinel (Club + / Virtuosos) e Tiago Costa (Atendimento Aeroporto).

Data: 25/07/11 Novos Colaboradores: Jéssica Oliveira (Marketing), Bruno da Silva (Atendimento de Postos), Amanda Ferreira (Eventos, Atendimento), Danilo José da Silva (Expedição), Victor Ribeiro (Atendimento de Postos), Juarez Lima (Atendimento de Postos), Patricia de Olveira (Lazer & Cip) e Janaina Brito (Eventos, Atendimento).

14


Novas Conquistas É com grande prazer e satisfação que divulgamos abaixo alguns de nossos novos clientes. São conquistas recentes e que nos trazem grande orgulho, resultado de um excelente trabalho em equipe.

Nome da empresa: (Crefisa) Adobe Assessoria de Serviços Cadastrais LTDA. Início do atendimento: 05/2011 Gerente de prospecção: Marcel Gibin Gerente de conta: Rosana Grilli (a partir de Outubro) Atendimento: em Posto Virtual, São Paulo. Nome da empresa: The Fifties Início do atendimento: 05/2011 Gerente de prospecção: Regiane Morozetti Gerente de conta: Rosana Grilli (a partir de Outubro) Atendimento: em Posto Virtual, São Paulo.

Nome da empresa: Tetra pak Início do atendimento: 09/2011 Gerente de prospecção: Pedro Wertheimer Gerente de conta: Eleonora Amiden Atendimento: em Posto Virtual e Físico, Curitiba e Monte Mór.

15


Perfil de Liderança

E

m edições anteriores falamos dos Líderes e seus departamentos, nessa edição comemorativa dos vinte anos estamos inovando, trazendo de presente um pouquinho do lado pessoal dos principais gestores do nosso grupo. A nossa repórter Alanews perguntou e Francisco, Marcos, Ricardo e Glauco responderam, compartilhando informações bem pessoais – são gente como a gente!

Francisco Carpinelli Presidente do Grupo Alatur Alaews: Esporte que assiste e esporte que pratica: R: Assisto futebol e fórmula 1. Praticar, praticar... Só levantamento de garfo mesmo!!! Alanews: Uma boa lembrança da infância: R: Acreditar que eu poderia ter o que eu sonhasse, incluindo coisas materiais - eu fui mais persuasivo com meus pais do que minha irmã. Alanews: Uma boa lembrança da Alatur: R: É a de todos os balanços de finais de ano, quando constatamos que cresceu e cresceu. Alanews: Uma boa lembrança da vida pessoal: R: O nascimento das minhas filhas, o mais recente da netinha Rafaella e agora é esperar pelo neto! Alanews: Nos fins de semana eu gosto de... R: Curtir a família completa, incluindo os “filhos caninos” no interior e descansar assistindo TV, cozinhar... Alanews: Preferidos a) Músicas: R:do Ney Matogrosso e da Amy Winehouse b ) Livro: R: “A Essencial Arte de Parar”, uma cliente e muito amiga me presenteou quando tive um problema de saúde. c) Site ou blog: R: “Aqueles que trazem a informação que preciso com agilidade. Santo Google é o caminho.” d) Prato: R: Qualquer um bem preparado! e de preferência, grande (risadas). Alanews: Como iniciou a vida profissional? R: Eu tinha 15 anos e ingressei com Office-boy na Christian Gray. Foi a diretora que convenceu minha mãe a me deixar estudar a noite. Alanews: Como ingressou no segmento de turismo? R: Pela Varig. No crediário e emissão de bilhetes. Alanews: Um sonho que realizou: R: Comprar uma apartamento com sacadas nos quartos e na sala, tinha paredes espessas e os batentes eram bem largos. Simbolizou vitória e conquista. Alanews: Um sonho que realizará: R: Ter uma ONG bem estruturada. Ribeirão Pires é um embrião do projeto social da Alatur para ajudarmos a comunidade. Alanews: Nas horas livres eu... R: Acho algo para fazer ou durmo! Também gosto de compras - de supermercado a shoppings, tem gente lá em casa que briga porque compro mais do que deveria, por isso e falo pro meu cachorrinho: “não casa Bilão, não faça essa besteira” (risadas). Alanews: Alatur é... R: Um espaço de luta para conquista, crescimento e união de esforços e atualmente buscamos mudar o que for necessário para a solidez da empresa. 16


“A Alatur é uma das belas histórias de sucesso de empresas brasileiras.”

Glauco Cavalcanti Vice Presidente Alanews: Esporte que assiste e esporte que pratica: R: Futebol e Corrida Alanews: Uma boa lembrança da infância: R: Minha escola Alanews: Uma boa lembrança da Alatur: R: Quando entrei na empresa e quando ganhamos uma conta grande com a Embraer Alanews: Uma boa lembrança da vida pessoal: R: O nascimento dos meus filhos Alanews: Nos fins de semana eu gosto de... R: Ir à praia Alanews: Preferidos a) Músicas: R: Brasileira b ) Livro: R: Livros de História c) Site ou blog: R: Site do UOL d) Prato: R: Churrasco Alanews: Como iniciou a vida profissional? R: Como Engenheiro de Sistemas Alanews: Como ingressou no segmento de turismo? R: Através do contato como cliente da Alatur Alanews: Um sonho que realizou: R: Uma casa na praia Alanews: Um sonho que realizará: R: Viajar muito Alanews: Nas horas livres eu... R: Família Alanews: Alatur é... R: Uma das belas histórias de sucesso de empresas brasileiras.

17


“Iniciei minha carreira pela Aviação. Isso foi em 1980 na TRANSBRASIL e depois na TAM em 1987 até 1992. A partir daí ingressei no mercado de agência corporativas.”

Marcos Balsamão Vice Presidente Executivo Alanews: Esporte que assiste e esporte que pratica: R: Futebol e as vezes corridas. Alanews: Uma boa lembrança da infância: R: Derrubar as latas de lixo dos vizinhos na volta da escola as terças-feiras. Alanews: Uma boa lembrança da Alatur: R: Quando ganhamos nossa primeira grande conta no Rio de Janeiro (L’Oreal). Alanews: Uma boa lembrança da vida pessoal: R: Quando meu filho nasceu. Alanews: Nos fins de semana eu gosto de... R: Nos dias de sol, passear de motocicleta e carros antigos. Alanews: Preferidos a) Músicas: R: Rock and Roll (todas). b ) Livro: R: O Velho e o Mar. c) Site ou blog: R: Todos os sites que mostram onde comprar peças de carros e motos, d) Prato: R: Arroz, feijão, carne moída e purê de batatas. Alanews: Como iniciou a vida profissional? R: Em 1974 como Office-boy no Grupo Pão de Açúcar. Alanews: Como ingressou no segmento de turismo? Iniciei minha carreira no turismo pela Aviação. Isso foi em 1980 na TRANSBRASIL e depois na TAM em 1987 até 1992. A partir daí, ingressei no mercado de agências corporativas. Alanews: Um sonho que realizou: R: Me casei, comprei minha casa e fui pai aos 38 anos. Alanews: Um sonho que realizará: R: Acho que consegui tudo ao longo da minha história. Alanews: Nas horas livres eu... R: Mexo nos meus brinquedos - carros e motos, vou no cinema, teatro (as vezes). Alanews: Alatur é... R: Um case na história do Turismo Brasileiro.

18


“Aos finais de semana, gosto de descansar, procuro sempre por conforto e informação (revistas, sites). Fico em casa para relaxar e curtir a família.”

Ricardo Ferreira Vice Presidente Executivo 1. Esporte que assiste e esporte que pratica: R: Gosto de assistir voleibol. Sou corredor, nado duas vezes por semana e faço alongamento e respiração. 2. Uma boa lembrança da infância: R: Sou gaúcho de uma cidade chamada Rio Grande. Uma lembrança da minha infância, em especial, é da Praia do Cacino (maior praia do mundo) que se encontra a 15km da minha cidade e 200 da fronteira com o Uruguai. Alanews: Uma boa lembrança da Alatur: R: 1º Fórum Alanews: Uma boa lembrança da vida pessoal: R: Minha família (meus pais) e a família que construi. Alanews: Nos fins de semana eu gosto de... R: Aos finais de semana, gosto de descansar, procuro sempre por conforto e informação (revistas, sites). Fico em casa para relaxar e curtir a família. Alanews: Preferidos a) Músicas: R: João Gilberto (cantado por Caetano) e Tom Jobim. b ) Livro: R: Alan de Bottom c) Site ou blog: R: Panrotas, UOL, BlueBus. d) Prato: R: Qualquer prato bem feito. Alanews: Como iniciou a vida profissional? R: Na VASP, quando no Brasil eram apenas três grandes companhias aéreas, VASP, Transbrasil e Varig. Alanews: Como ingressou no segmento de turismo? R: Pela VASP Alanews: Um sonho que realizou: R: Criar e formar meus filhos Alanews: Um sonho que realizará: R: Ser criador de Basset Hound Alanews: Nas horas livres eu... R: Caminho. Alanews: Alatur é... R: Realização de tudo o que eu acho importante e gosto de fazer.

19


Espaço Crescimento

Atitudes de Qualidade Elogios Internos De: Marcos Antonio E. de Lucena Para: Vivian Lemes

De: Ricardo Benedetti Para: Karina Franco

Em primeiro lugar gostaria de agradecer ao dia incomparável que minha filha passou aqui ontem. Ela se divertiu muito e quando perguntei o que ela mais gostou, ela me disse que de tudo. Como é difícil os pais passarem os dias com seus filhos, a experiência de ontem, mesmo que separados por andares, foi muito importante para o crescimento, desenvolvimento e entendimento deles. Você como sempre, dedicada e fazendo de tudo para o sucesso das ações Alatur!

Gostaria de elogiar o atendimento, agilidade e educação prestado pela colaboradora Karina Fraco, se todos os colaboradores fossem iguais a ela teríamos uma empresa muito melhor do ela já é.

Elogios Externos De: Priscila Cardoso - Ajinomoto Para: Vanessa Bertelli

De: Marina Tremura - Bunge Brasil Para: Paloma Moura

Gostaria de agradecê-la pelo seu esforço em nos atender, sua rapidez e eficiência. Depois que passei a ser atendida por você, nunca mais tive problemas com a Alatur. Se todos na Alatur tivessem sua boa vontade e esforço com certeza eles não teriam mais reclamações de clientes.

Gostaria de registrar o excelente atendimento da Gabriela, desde o primeiro contato ela se mostra extremamente solícita e desenvolta, com ela não tenho problema, só solução. Tem raciocínio rápido, entende a necessidade do cliente e dá retorno rápido. Parabéns por sua gestão!

De: Marli Shirai - BNP Paribas Para: Ivana , Edmilson, Celso Nijori, Jairo Vimos antes de mais nada agradecer a ajuda da Sra. Ivana, do agente Edmilson e acima de tudo parabenizar mais uma vez Celso Nojiri pela preciosa ajuda que nos deu ainda há pouco. O reflexo de oferecer outro itinerário de forma a acomodar de forma confortável o Sr. Goethals para o atendimento de seus compromissos em Southampton , foi brilhante. Sua agilidade em nos proporcionar uma pronta resposta e a obtenção dos novos etkts, são admiráveis. Pois nestes momentos de tensão , uma resposta certa e rápida é o que todos buscam. Fica registrado mais uma vez nossos sinceros agradecimentos e nossos parabéns ao Celso, pelo exímio papel que exerce em nos viabilizar saídas impossíveis. Breve, os demais elogios serão publicados na nossa intranet! 20


Mercado aperfeiçoamento e os de especialização. Stricto sensu - São os cursos de mestrado profissionalizante, mestrado e doutorado.

Entenda as diferenças entre mestrado, doutorado e especialização

Os índices A partir de 1991, houve um crescimento do número de alunos no mestrado e doutorado, atingindo um total de aproximadamente 87 mil matrículas. Nos últimos 15 anos, o volume de estudantes matriculados no mestrado cresceu quase 80%, enquanto no doutorado as matrículas triplicaram.

Fonte : Folha Online

O

que é melhor: fazer uma especialização ou um mestrado? Qual é a diferença entre “Lato sensu” e “Stricto sensu”? Devo apostar em um mestrado profissionalizante ou acadêmico?

Dissertação e Tese Dissertação - Estudo aprofundado sobre um campo do saber. Tese - Estudo que deve trazer algo de novo para um campo do saber, como, por exemplo, uma nova teoria ou um novo tratamento de doenças.

Estas e outras dúvidas que permeiam a cabeça das pessoas que querem aprofundar seus conhecimentos após a universidade são respondidas pelo livro “Como Planejar a Educação”, da “Série Sucesso Profissional Finanças Pessoais”, da PubliFolha.

Mestrado Profissionalizante Curso menos teórico que o acadêmico e voltado para o mercado de trabalho. O aluno deve apresentar uma dissertação - monografia - em forma de projeto ou estudo de caso para obtenção de titulação. Mestrado Acadêmico Pós-graduação voltada para o ensino e a pesquisa. Oferece o título de mestre em determinado campo do saber, portanto é um curso direcionado para quem deseja lecionar. São cursos que exigem proficiência em outra língua, além do português, usualmente o inglês. Para obtenção do título é necessária a preparação de dissertação.

Pós Graduação, Mestrado, Doutorado e Especialização: Importante passo na vida de qualquer pessoa, atingir o mais alto grau da educação formal no Brasil é um grande desafio. Para ter uma idéia, o número de alunos matriculados no mestrado e doutorado não passa de 0,51% da população. Diferenças Os cursos de pós-graduação no Brasil são divididos em dois grupos: Lato sensu Estão classificados neste grupo de os cursos extensão/

Doutorado Curso voltado para a formação de pesquisadores, 21


dedicado exclusivamente à vida acadêmica e que busca o aprofundamento intenso em determinado campo do saber. Para obtenção do título é obrigatória a defesa de tese. Custos da Pós-Graduação Os cursos de mestrado ou doutorado são oferecidos pelas instituições de ensino mais tradicionais do mercado. Há opções tanto em escolas públicas quanto particulares. As escolas públicas não cobram pelo curso, enquanto nas escolas particulares os valores variam entre R$ 300 e R$ 900, dependendo do número de créditos cursados. Mas fique atento: algumas instituições fornecem bolsas de estudo. Formação de Ponta Há diversos cursos de Master in Business Administration no Brasil, mas a qualidade e o reconhecimento variam entre eles. Ganhos Observando-se os dados dos dez melhores MBAs brasileiros, verificamos que a média salarial dos participantes subiu algo como 33% depois de concluído o curso. MBA à Brasileira São cursos de especialização em administração de empresas que buscam a ampliação dos conhecimentos diretamente aplicáveis aos negócios. A sigla MBA vem do nome em inglês Master in Business Administration, mas não se engane, esses cursos são do tipo lato sensu. Algumas entidades oferecem como complemento ao currículo do MBA parcerias com instituições estrangeiras, proporcionando um período de estudos fora do país. Para saber mais e se aprofundar: “Como Planejar a Educação” Autores: Fabio Gallo Garcia e William Eid Júnior Editora: Publifolha Páginas: 72 Quanto: R$ 19,90 Onde comprar: Nas principais livrarias, pelo telefone 0800-140090 ou pelo site da Publifolha

22


Para Refletir Yamada, de 72 anos, diz que tem procurado convencer o governo sobre as vantagens de se aceitar a mão-deobra da terceira idade. Argumenta ele: “Em média, devo viver mais uns 15 anos. Já um câncer vindo da radiação levaria de 20 a 30 anos para se manifestar. Logo, nós, que somos mais velhos, temos menos risco de desenvolver a doença”. Ou seja: cidadãos que estão na faixa entre 60 e 70 anos, muitos deles inativos, querem dar sua última contribuição à sociedade e ao mesmo tempo liberar os jovens de um trabalho que lhes subtraria muitos anos produtivos de vida, enquanto que, para homens de idade mais avançada, não haveria diferença significativa. Essa é uma notícia que deve fazer refletir a todos nós. Não se trata apenas de genero sidade, mas de consciência. Os idosos japoneses não estão sendo bonzinhos, e sim exercendo o sentido de responsabilidade, que a eles é muito comum. Estão pensando na sociedade como algo que só funciona em conjunto, e não individualmente. Acredito que quando a gente faz o bem para si mesmo, com ética e respeito à lei, sem ônus para nossos pares, para todos, mas não basta: é preciso ir além, desconcertarse das vantagens pessoais para pensar no futuro, no que temos para doar em benefício daqueles que têm mais a perder. Um jovem de 18 anos pode contrair câncer aos 38 se trabalhar numa usina nuclear acidentada. A sociedade japonesa perde quando abre mão da força de trabalho de cidadãos de 38 anos. A família japonesa também. É essa visão macroscópica da funcionalidade que faz evoluir um país. Dizem que a gente fica com o coração mole à medida que o tempo passa. Não é por causa de coração mole que esses aposentados japoneses estão se candidatando a um trabalho insalubre. É porque estão acostumados a transformar intempéries em oportunidades, tanto pessoais quanto coletivas, sem distinção. Coração mole tenho eu que me emociono ao ver como seria fácil ser grande, se tivéssemos a grandeza necessária.

Espírito de Coletividade Por Martha Medeiros Fonte: O Globo e Hoje em Dia - 31/07/2011

R

ecebi pela internet um texto sem autoria, e só tive como comprovar sua autenticidade através do google, que ora avaliza os fatos, ora nos faz de bobos. No entanto, ao ler seu conteúdo tive for impressão de que era verdade.

O fato: um grupo de 200 aposentados japoneses, engenheiros em sua maioria, estão se oferecendo para substituir trabalhadores mais jovens no perigoso trabalho de manutenção da usina nuclear de Fukushima, que foi seriamente afetada pelo terremoto de quatro meses atrás. Os reparos envolvem altos níveis de radiotividade cancerígena, como se sabe. Em entrevista à BBC, o voluntário Yaseturu 23


A semana em que o Grupo Alatur comemora 20 anos está repleta de novidades e uma delas é o “Selo Comemorativo 20 Anos do Grupo Alatur”. Esse selo remete-nos as conquistas obtidas com parceria e dedicação - nossa paixão por atender bem. 24

ALanews  

Alanews edição 20°

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you