Issuu on Google+

Maceió, 21 a 27 de junho de 2013 l Ano I l Nº 016

alagoas expresso Distribuição Grátis

E-mail: redacao@alagoasexpresso.com.br l Fone: 3034.1651

Joaquim Brito diz que protestos não vão abalar reeleição de Dilma Roussef

Dirigente do PT em Alagoas afirmou que o partido vai reforçar alianças políticas para 2014 A suposta omissão do governo Dilma Roussef acerca da onda de protestos contra o

aumento da tarifa de ônibus, que tomou conta de várias Capitais Brasileiras e ganhou

repercussão internacional, foi comentada pelo presidente do Partido dos Trabalhadores em

Alagoas (PT), Joaquim Brito, em entrevista à reportagem do Alagoas Expresso. Segundo

Brito, as manifestações não devem abalar a popularidade da presidente. pag. 3 cada minuto

UFAL

Marina Silva lança em Maceió Rede Sustentabilidade

ano se empenha no projeto. O impasse para a criação de novos partidos tem chamado cada vez mais atenção. pag. 2

cada minuto

Agênca Brasil

Presidenciável, ela vem sendo apoiada pela vereadora por Maceió, Heloísa Helena (PSOL), que desde o início deste

TURISMO ÔNIBUS

Protestos contra o aumento da tarifa aconteceram em 100 cidades Muitas lojas fecharam as portas, temendo depredações. Algumas autoridades acompanharam a manifestação, a exemplo do presidente da Ordem dos Advogados Seccional Alagoas, Thiago Bomfim, que classificou o protesto como histórico. pag. 7

Costa dos Corais: praias paradisíacas no Litoral Norte de AL São 130 km realçados pelo verde dos coqueiros e o azul intenso do mar. Vamos apresentar os melhores destinos em duas edições, hoje você confere a primeira parte. pag. 14


2

Alagoas Expresso

POLÍTICA

Maceió, 21 a 27 de junho de 2013

DiretoaoPonto

Marina Silva colheu assinaturas para criação de novo partido

PROTESTOS A meninada nas ruas deixou políticos, analistas, sociólogos e filósofos sem entender o que estava ocorrendo. Os protestos foram iniciados nas grandes cidades, São Paulo e Rio. Depois chegou a outras capitais e a cidades do interior.

Presidenciável, ela conta com o apoio de Heloísa Helena

Voney Malta - vfamalta@ig.com.br

Emanuelle Oliveira Editora Durante palestra na Universidade Federal de Alagoas, na última segunda-feira (17), a ex-senadora e ambientalista Marina Silva lançou no Estado seu novo partido, a Rede Sustentabilidade, com o objetivo de colher assinaturas para reforçar o registro da legenda junto ao Superior Tribunal Eleitoral (TRE). A intenção de Marina Silva é conseguir 500 mil assinaturas em pelo menos nove Estados, até setembro de 2013. Presidenciável, Marina Silva vem sendo apoiada pela vereadora por Maceió, Heloísa Helena (PSOL), que desde o início deste ano se empenha no projeto. O impasse para a criação de novos partidos tem chamado cada vez mais atenção. A maioria dos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) se manifestou a favor de que o Senado possa analisar o projeto, patrocinado pelo PT e PMDB para beneficiar a candidatura à reeleição de Dilma Rousseff, ao dificultar o surgimento ou fortalecimento de eventuais adversários na disputa de 2014.

MUDANÇA Se anteriormente a convocação para determinado ato de protesto era marcado pela utilização de panfletagem, carro de som e megafone, agora as redes sociais fazem o trabalho muito mais rápido e de forma bem mais eficiente. CLASSE MÉDIA A turma que vem participando dos protestos é originariamente da classe média brasileira. Talvez aí se explique muito do grau de insatisfação. Como assalariados, profissionais liberais e pequenos e médios empresários, os pais desses jovens recebem uma mordida imensa em sua renda através de impostos. CLASSE MÉDIA 1 Além disso, sofrem com a falta de educação, segurança e mobilidade urbana. Ou seja, não vêm os impostos que pagam serem revertidos em benefícios concretos. Por outro lado, os grandes empresários são beneficiados com isenções e incentivos e a classe mais baixa ascendeu através de diversos programas sociais e reservas garantidas por quotas sociais. CLASSE MÉDIA 2 Pois bem, os filhos da classe média observam seus pais serem sacrificados ao terem que pagar mensalidades em escolas particulares, faculdades também particulares, segurança privada, planos de saúde, enfim, tudo. Enquanto que os jovens de classe baixa têm sua reserva de mercado.

ESTÁDIOS Os estádios de futebol para a Copa das Confederações e para a Copa do Mundo em 2014 foram construídos com dinheiro público. E todos tiveram o orçamento inicialmente previsto estourado. Depois de prontos, estão sendo entregue a iniciativa privada para exploração durante décadas. Foram gastos bilhões de reais.

REDE SUSTENTABILIDADE A Rede Sustentabilidade foi fundada em 16 de fevereiro de 2013, durante o Encontro Nacional da Rede Pró Partido, que aconteceu em Brasília e contou com a participação de

Heloísa Helena, deputados Alfredo Sirkis, Walter Feldman, Domingos Dutra o vereador da cidade de São Paulo Ricardo Young e o Secretário de Meio Ambiente e Sustentabilidade de Pernambuco Sérgio Xavier , entre outros. Segundo Marina Silva, o partido pretende agrupar vários segmentos da sociedade, trazendo um novo projeto político, que estipula um teto financeiro para a campanha, dois mandatos para cada candidato, entre outras questões. “Ainda não somos um partido, mas temos um manifesto provisório. Os defensores do projeto que impede a criação de novos legendas dizem querer evitar o uso do fundo partidário. No entanto, o modelo de desenvolvimento que exclui os que são considerados diferentes não é sustentável. O Rede Sustentabilidade prevê um balanço, à cada 10 anos, da atuação na política brasileira e junto à sociedade e se não preencher as expectativas, será reavaliado. Apoiamos candidaturas independentes, com causas específicas, que contemplem o nosso projeto político”, ressaltou.

Foto: Emanuelle Oliveira

CLASSE MÉDIA 3 E quando junta tudo, corrupção, impunidade, e sem as garantias mínimas de eficiência no que cabe como responsabilidade do poder público, o caldo da revolta é cozido numa imensa panela de pressão.

Quetionada sobre a pretenção de se candidatar à Presidência da República em 2014, Marina Silva foi comedida. “Ainda é cedo para me posicionar sobre esse assunto”, informou. Mas, sua entusiasta, Heloísa Helena reafirmou o desejo de que a ambientalista dispute o cargo em 2014 e mais, disse que sua permanência no Psol está condicionada a não haver impedimentos para apoiar Marina Silva. Quando disputou a Presidência da República em 2010, pelo Partido Verde, Marina conquistou quase 20 milhões de votos. Logo, especialistas passaram a avaliar que caso ela dispute o cargo em 2014, as eleições seriam decididas no segundo turno, como deseja Aécio Neves, o principal pré-candidato de oposição a Dilma.

ATENÇÃO O cuidado que é preciso ter é com a presença de bandidos durante as manifestações. Sem liderança, sem uma pauta de reivindicações concreta e clara para ser posta numa mesa de negociações, é terreno aberto para que vândalos possam atuar, como atuaram. DEMOCRACIA Está tem sido a tem sido a beleza dos protestos: A democracia brasileira, o direito de expressão e de livre manifestação, sendo carregada e fortalecida pela juventude. Ao mesmo tempo em que a classe política está assustada e temerosa. A juventude mostrou que pode mudar o país.

Ambientalista proferiu palestra no auditório da Universidade Federal de Alagoas (UFAL)


Alagoas Expresso

3

POLÍTICA

Maceió, 21 a 27 de junho de 2013

PT pretende fortalecer Dilma Roussef no Estado para reeleição em 2014 Presidente Estadual afirmou que objetivo do partido é fazer alianças e reforçar candidatura Emanuelle Oliveira Editora A suposta omissão do governo Dilma Roussef acerca da onda de protestos contra o aumento da tarifa de ônibus, que tomou conta de várias Capitais Brasileiras e ganhou repercussão internacional, foi comentada pelo presidente do Partido dos Trabalhadores em Alagoas (PT), Joaquim Brito, em entrevista à reportagem do Alagoas Expresso. Segundo Brito, as manifestações não devem abalar a popularidade da presidente, que pleiteia a reeleição em 2014. Ela foi vaiada na abertura da Copa das Confederações, em Brasília, antes do jogo entre Brasil e Japão, em protesto aos investimentos destinados ao futebol. A população de Maceió também foi às ruas para tentar impedir o aumento da passagem de ônibus de R$ 2,30 para R$ 2,85, participando de três atos, tendo os dois últimos ocorrido simultaneamente em outras Capitais. Ele lembrou que o reajuste parte das Prefeituras Municipais e que o Governo Federal apenas pode mediar a discussão. “Os protestos contra o reajuste se espalharam, mas no Brasil essa não é uma área que tenha a ver com o Governo Federal. O prefeito de São Paulo, Fernando Haddad tem agido de forma democrática frente a situação”, destacou Brito. O dirigente do PT em Alagoas lembrou ainda, que o ministro Gilberto Carvalho se reuniu com os manifestantes no Palácio do Planalto e informou que o governo respeita o movimento, mas não aceita depredações, principalmente a prédios públicos. Sobre a vaia na abertura da Copa das Confederações, Joaquim

Brito disse existir uma insatisfação da população, inclusive em relação ao preço dos ingressos, que custaram em média R$ 200,00. Ele também afirmou que o governo Dilma teve uma baixa na popularudade por causa da inflação, que já foi estabilizada. “A Dilma estava ao lado do presidente da CBF, José Maria Marin que se negou a depor na Comissão da Verdade porque é acusado de colaborar com a ditadura. Isso pode ter ocasionado a vaia, pois a presidente também foi aplaudida. Em relação ao ingresso, o mais barato equivale a um terço do salário mínimo, os mais carentes não podem ver os jogos”, afirmou. ELEIÇÕES Joaquim Brito disse que em Alagoas o PT não deve lançar candidato majoritário e sim, firmar alianças com partidos que

ilustração

fazem oposição ao PSDB, para fortalecer a reeleição de Dilma Roussef. “O objetivo do PT em Alagoas é ampliar a atuação na Câmara Federal. As campanhas já começaram, mas de forma precipitada. Acredito que a Dilma ganhe no primeiro turno, embora todos os demais candidatos, Aécio, Eduardo Campos e Marina Silva estejam contra ela”, destacou. DILMA CONSULTA LULA Após os protestos do dia 17 de junho, Dilma Rousseff se encontrou com o ex-presidente Lula, seu mentor político. A estratégia sugerida pelo ex-presidente foi que o Governo Federal passe a incorporar em seus discursos as reivindicações dos manifestantes. Sobre os protestos Dilma afirmou: “essas vozes precisam ser ouvidas”.

Joaquim Brito disse que Governo Federal apoia manifestações pacíficas.

Dilma Roussef acompanhada de políticos alagoanos durante visita ao Canal do Sertão


4

Alagoas Expresso

CIDADES

Maceió, 21 a 27 de junho de 2013

Aplicação de penas alternativas pode beneficiar escolas

SEE pretende firmar acordo com o Poder Judiciário Anna Cláudia Almeida Repórter Um casal protagonizou uma séria discussão que culminou com agressões físicas e o registro de um boletim de ocorrência. O caso foi investigado, com vítima e testemunhas ouvidas e o veredicto final é para a culpa do acusado pelo crime. No entanto, por se tratar de um crime de menor potencial ofensivo, o cumprimento de alguns anos de cadeia é revertido numa pena alternativa, na maioria das vezes, com distribuição de cestas básicas ou pagamento pecuniário. Essas penas restritivas de direitos normalmente são aplicadas com o objetivo de não retirar do convívio familiar e da comunidade quem cometeu o delito, ocasionando a oportunidade de reintegração e prevenção da reincidência. Além desses benefícios para os condenados, as

penas alternativas ainda produzem um efeito de reflexão para as ações dos considerados culpados por alguns crimes mais leves. No tocante ao assunto, uma nova discussão no Judiciário Alagoano pode mudar os rumos e conceitos para essas punições, com a orientação para a substituição da pena pecuniária por atividade laboral em prédios públicos do Estado. Entre os beneficiados nessa nova sistemática estão as escolas públicas estaduais, que começariam a receber prestação de serviços comunitários, o que auxiliaria as políticas sociais voltadas ao ensino público. O assessor especial da Secretaria de Estado da Educação e do Esporte (SEE), Francisco Beltrão esteve reunido com o presidente em exercício do Tribunal de Justiça (TJ/AL), desembargador Tutmés Airan e outras autoridades. Francisco Beltrão acrescentou que ao

invés do pagamento pecuniário, o apenado deverá cumprir ações sociais em uma das 328 espalhadas pelo Estado. “Precisamos desses serviços e eles serão importantes, de alguma forma, para o crescimento de nossos estudantes. Seis meses de trabalho voluntário farão uma diferença bem maior do que o pagamento às vítimas”, afirmou Beltrão. O juiz auxiliar da Corregedoria, Emanuel Dória foi designado pelo desembargador Tutmés Airan para formatar a resolução propondo ao Pleno do Tribunal a possibilidade de substituição de pena pecuniária pela prestação de serviços comunitários nas escolas, que será levada para avaliação, dependendo então da aprovação pelos desembargadores. “O trabalho agora será de orientação aos juízes no Estado para evitar a aplicação de penas com cestas básicas ou

Penas educativas têm como objetivo reintegração e prevenção da reincidência

prestações pecuniárias e privilegiar a prestação de serviços. Essa postura terá uma utilidade social bem maior. Muitos

usam o pagamento para se livrar de um problema penal, se tornando um balcão de negócios`, disse.


Alagoas Expresso

CIDADES

Maceió, 21 a 27 de junho de 2013

Governador em exercício garantiu celeridade na entrega das residências

5

Casas são destinadas a vítimas das enchentes de 2010

Cansadas de esperar famílias ocupam casas do Programa da Reconstrução Expectativa é de que mais 7 mil residências sejam concluídas e entregues aos novos moradores Anna Cláudia Almeida repórter Já se passaram três anos desde a enchente que destruiu diversos municípios alagoanos e a expectativa é de que até o final de 2013 o Governo do Estado finalize o processo de entrega dos imóveis às vítimas que perderam tudo na época da tragédia, que deixou milhares de famílias desabrigadas e provocou várias mortes em Alagoas e no Estado de Pernambuco. As casas construídas, através do Programa da Reconstrução, já somam 14.236 e a expectativa é de que mais 7 mil sejam concluídas e as chaves entregues aos novos moradores. Mas, um problema que está em processo de judicialização se refere as cerca de quatro mil residências que permanecem invadidas por famílias não cadastradas pelo Governo Estadual. Em entrevista coletiva esta semana, o vice-governador José Thomaz Nonô confirmou que

as invasões estão sendo combatidas pelo Ministério Público Estadual (MPE) e não há uma maneira para evitar que elas aconteçam, já que esses conjuntos habitacionais tornaram-se um sonho para as famílias que sofreram com a tragédia de 2010. Dentre as invasões mais antigas estão as que aconteceram nos municípios de Rio Largo e Atalaia. Em Rio Largo, por exemplo, a ocupação aconteceu há quase um ano e teria como objetivo pressionar a Prefeitura para entregar as moradias, que estavam prontas mas permaneciam fechadas. Das 215 residências do conjunto habitacional, mais de cem foram invadidas por famílias inteiras que se negam a sair dos imóveis. O município se destacou, no ano passado, com uma das piores situações quanto à regularização, pois não havia enviado o cadastro das famílias que teriam o direito de receber as casas. “Muitas famílias quando sabem que as casas estão pron-

tas ou quase prontas logo invadem, com medo de perder os imóveis. Mas, o problema é pior quando aqueles que não têm direito também fazem as ocupações. Essas invasões estão sendo investigadas principalmente pelas irregularidades em cadastros e podem estar beneficiando àqueles que não sofreram com as enchentes”, colocou José Thomaz Nonô. Como existe um processo extremamente burocrático tanto para a retirada dos invasores, já que existe uma ação judicial, quanto para a análise de todos os cadastros que foram feitos pela Caixa Econômica Federal (CEF), a demora nas entregues acabam gerando inquietações. Mas, Nonô garantiu que o Estado vem lutando para agilizar esse processo, para por fim ao sofrimento de diversas pessoas. Alguns conjuntos habitacionais ainda seguem em fase de conclusão, já que escolas e postos de saúde ainda devem ser construídos para atender a popu-

lação local. Para isso, os órgãos públicos [secretarias de educação e saúde] são os responsáveis por coordenar os trabalhos e a expectativa é de que todos os prédios estejam também prontos até o final deste ano. REINTEGRAÇÕES DE POSSE As reintegrações de posse são sempre desgastantes, como explica o major Givaldo, Diretor do Centro de Gerenciamento de Crise da Polícia Militar de Alagoas. Assim que elas acontecem, normalmente, a polícia é acionada para tentar negociar a saída dos invasores, para que ocorra uma desocupação de forma pacífica. Mas, essa resistência por parte das pessoas acaba sendo um entrave nas negociações. “O papel da polícia nesses casos é de acompanhar os oficiais de justiça, que entregam as notificações para que as pessoas deixem os imóveis. No primeiro momento existe

a tentativa do diálogo, explicar a necessidade de deixarem os locais, mas é muito difícil fazer com quem entendam esse posicionamento, porque muitos não têm para onde ir e deixam claro que não irão ceder às explicações”, colocou o major. Apesar de muitos aceitarem deixar os imóveis, alguns continuam a permanecer de forma ilegal, o que ocasiona ações consideradas mais drásticas, com o uso da força. Apesar disso, antes de qualquer atitude a articulação de diversos órgãos se torna importante para encontrar uma solução mais adequada. Foi solicitado ao Poder Judiciário a contribuição para ampliar a logística nessas ações, que devem ser acompanhadas por psicólogos e assistentes sociais. “Existe todo um trabalho para evitar confrontos. Até porque sabemos que sempre existem pessoas que tentam se aproveitar das situações”, acrescentou o major.


6

Alagoas Expresso

OPINIÃO O protesto brasileiro FERNANDO GABEIRA*

Os acontecimentos se precipitam, a noite ainda não acabou. Mas sinto-me no dever de dizer que estou aqui, acompanhando tudo. Durante a semana, preparo o artigo para o Estado de São Paulo. É um comentário, entre outras coisas, sobre o livro de Manuel Castells, Redes de Indignação e Esperança. Ele analisou a Primavera Arabe, o movimento Occupy Wall Street, os jovens indignados na Espanha e analisou o caso pioneiro da Islândia. O Brasil entrou no mapa internacional das grandes revoltas populares articuladas pelas redes sociais na internet. Fiz hoje um texto para a Band, acrescentando essa ideia: em quase todos lugares, o movimento começa com uma reivindicação pontual e termina com uma vontade de mudar o país. Isso já aparece nos cartazes das manifestações dos brasileiros aqui e no exterior: desculpem o transtorno mas estamos mudando o Brasil. Alguma coisa começou e não sabemos todos os seus contornos. Uma revista me perguntou hoje como via o futuro. Disse que o cenário era mais complexo no ano que vem, quando teremos Copa do Mundo, eleições presidenciais e perigo de inflação. Joseph Blatter falando pela FIFA e expressando também o desejo do governo afirmou que a Copa das Confederações vai arrebatar os brasileiros e vão esquecer de seus problemas. É uma ilusão porque também estão em jogo nas manifestações os gastos com a Copa do Mundo. Ao que tudo indica, as pessoas pedem melhores serviços públicos e combate à corrupção. É ridículo supor que vão abrir mão de suas queixas apenas porque o Brasil conquistou o título. Joseph Blatter também perguntou onde estavam a educação e o fair play quando o estádio vaiou Dilma em Brasília. Ele nos vê como torcedores porque está em curso um projeto milionário que enriquece a Fifa e alguns grupos, mas leva enormes recursos do povo brasileiro. É fácil supor como os acontecimentos mexeram comigo e me trouxeram esperança. Sem prejuízo do trabalho, pretendo agora voltar com um texto diário. As vezes não dá nem para esperar um dia. De qualquer forma, até amanhã. No Rio, onde se fez a maior manifestação do Brasil, houve violência e isto não é bom. Um dos aprendizados do século XX foi rejeitar a tese de que os fins justificam os meios. Sei que os conselhos as vezes parecem pretensão. Mas a história nunca começa do zero, sempre é renovada com as lições do passado. É possível questionar o transporte coletivo, os gastos da Copa, os serviços públicos, falar em mudanças no Brasil –tudo isso sem violência. * É escritor, jornalista e político

Maceió, 21 a 27 de junho de 2013

O STF e a criação de novos partidos O impasse sobre a tramitação do Projeto de Lei que restringe a criação de novos partidos (PLC 14/2013) parece estar longe de terminar. E pelo andar da carruagem parece mesmo que a proposta será discutida no Senado, visto que a maioria dos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) já acenou favorável a essa possibilidade. Com isso, a liminar do ministro Gilmar Mendes seria derrubada. O julgamento foi suspenso na quinta-feira (13). Nos bastidores alguns políticos se movimentam para que o projeto não seja aprovado, a exemplo do senador Rodrigo Rollemberg (PSB-DF). Enquanto isso, a base aliada do Governo Dilma Roussef aguarda ansiosa a aprovação da proposta, para evitar a rivalidade nas eleições de 2014 e conseguir a reeleição no primeiro turno. A base para transferir a apreciação do PLC 14/2013 para Senado é de que o STF só julgaria o caso se o projeto já tivesse sido transformado em lei. Para manter a linha há quem diga que o Projeto de Lei seria arquivado ao chegar no Congresso Nacional, para que os “representantes do povo” não pareçam egoístas, se fechando dentro de seus próprios partidos e ideologias. A exemplo da Rede Sustentabilidade, idealizada pela ex-senadora Marina Silva, os novos partidos parecem querer mais do que manter o isolamento característico das legendas já existentes, com suas bases voltadas para a classe

burguesa. Eles querem absolver os jovens e a camada da população que até então era considerada “diferente”, o que ganhou força com a Reforma Política. No auge da política dos “fichas limpas” não faltará aquele político temeroso em não se reeleger. Impedir a criação de novos partidos, é, além de uma coisa passível de questionamentos, contrário ao fortalecimento da democracia. Claro que essas novas legendas devem atender requisitos mínimos, como forma de evitar o surgimento dos partidos nanicos, que com pouca expressividade eleitoral lançam candidatos com chances mínimas de vitória, usam o Fundo Partidário e são usados pelos partidos mais fortes. E será que esses dinossauros da política que aí estão lembram da essência do projeto político adotado por seus partidos - se é que existia antes de chegarem ao poder? Será mesmo que eles cumprem o que prometeram aos eleitores ou lembram que seus escândalos e desmandos ferem a Constituição Federal? . Infelizmente a sociedade ainda não conseguiu barrar os truculentos projetos que saem do Congresso Nacional, em benefício único e exclusivamente de seus legisladores. Mas, por que será que não fazem uma proposta para acabar com os partidos que aí estão e consequentemente, com a perpetuação de seus integrantes nos cargos públicos?

alagoas expresso EXPEDIENTE Premissa Comunicação e Eventos Ltda CNPJ 17.259.098/0001-07

Tiago Uzeda Diretor-Geral

Emanuelle Oliveira Editora-Geral

Jornal do Commércio Impressão

Endereço: Avenida Deputado José Lages, 850 - Ponta Verde - Maceió - Alagoas E-mail: redacao@alagoasexpresso.com.br - Fone: 3034.1651


Alagoas Expresso

CIDADES

Maceió, 21 a 27 de junho de 2013

7

Foto: Cadaminuto

DaRedação redação - redacao@alagoasexpresso.com.br

RECONSTRUÇÃO O deputado estadual João Henrique Caldas (PTN) polemizou ao questionar as declarações do vice-governador José Thomaz Nonô (Democratas) sobre o Programa da Reconstrução. JHC disse que houve lentidão, por parte do Governo do Estado, para entregar as casas, destinadas a famílias do interior, vítimas das enchentes, há três anos. O deputado denunciou a existência de milícias dentro dos conjuntos residenciais. MAIS PROTESTOS Centenas de pessoas fizeram passeata pelas ruas do Centro de Arapiraca nesta terça-feira (18) para cobrar a redução da tarifa da passagem de ônibus. Aproveitando a “onda” de protestos os moradores do município de Rio Largo também foram às ruas nesta quinta-feira, para cobrar melhorias na saúde e segurança, além da construção de uma biblioteca pública.bem como em Penedo. PEC Por falta de consenso entre entidades, deputados federais defenderam nesta terça-feira (18) o adiamento da votação da Proposta de Emenda à Constituição (PEC), que limita as investigações do Ministério Público na área criminal. O presidente da Câmara dos Deputados, Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN) anunciou a votação para o dia 26 de junho.

Em Maceió cerca de 10 mil pessoas percorreram as ruas do Centro durante manifestação Em Maceió manifestantes se concentraram na Praça Centenário Nesta quinta-feira (20) o Brasil praticamente parou com os protestos contra o aumento da tarifa de ônibus, que ocorreram simultaneamente em cerca de 100 cidades. Em Maceió os manifestantes contaram com o apoio de um trio elétrico e se concentraram na Praça Centenário, no bairro do Farol. Esse foi o terceiro protesto ocorrido na Capital este mês. De acordo com a Polícia Militar mais de 10 mil pessoas acompanharam a caminhada, que seguiu para o Centro da

Cidade. O efetivo do Gerenciamento de Crises da PM e policiais do Batalhão de Polícia Eventos (BPE) foram mobilizados para reforçar a segurança. As ruas por onde os manifestantes passaram foram interditadas por agentes da Superintendência Municipal de Transporte e Trânsito (SMTT). Muitas lojas fecharam as portas devido ao protesto, temendo depredações. Algumas autoridades acompanharam a manifestação, a exemplo do presidente da Ordem dos

Advogados Seccional Alagoas, Thiago Bomfim, que classificou o protesto como histórico. Em Salvador cones de sinalização foram incendiados e houve tumulto entre os manifestantes e a polícia. No Rio de Janeiro o protesto invadiu a Candelária e ocorreu de forma pacífica. Já em São Paulo a Avenida Paulista foi tomada pelos manifestantes. Em Recife mais de 50 mil pessoas tomaram as ruas da cidade. Em Aracaju até os lojistas aderiram á manifestação.

ATO MÉDICO O plenário do Senado aprovou nesta terça-feira o projeto de lei que institui o Ato Médico, que lista uma série de procedimentos que poderão ser realizados exclusivamente por médicos formados. A proposta, que regulamenta o exercício da medicina, é acompanhado com atenção por profissionais de saúde e tramitava há mais de dez anos no Congresso. Pelo texto aprovado, serão privativos dos formados em medicina atividades como diagnóstico de doenças, prescrição de medicamentos, cirurgias, internações, altas hospitalares, entre outros. INTERDIÇÃO DE RUAS A SMTT vai interditar ruas próximas ao estacionamento do bairro do Jaraguá, durante o São João 2013, que começa nesta sexta-feira (21). O Cruzamento da Av. Industrial Cícero Toledo com a Travessa dos Artistas é o único dos três pontos de bloqueio que será interditado às 17h, para possibilitar a segurança dos ambulantes na parte externa do arraial. Outros pontos de interdições ocorrerão no cruzamento entre a mesma avenida com a Rua Mato Grosso, próximo à Praça Marcílio Dias, e o cruzamento entre a Rua Associação Comercial com a Rua Sá e Albuquerque. O fluxo dos veículos que irão no sentido Centro de Maceió será desviado para a Travessa dos Artistas, pela lateral do MISA, em direção às ruas Sá e Albuquerque ou Barão de Jaraguá. Só poderão passar pela Av. Industrial Cícero Toledo os veículos que virem do sentido Centro ao Jaraguá. PACTO DAS ÁGUAS O governador de Alagoas, Teotonio Vilela Filho assinou nesta terça-feira, 18 de junho, o decreto de adesão ao Pacto Nacional pela Gestão das Águas. Assim, o Estado se juntará a Paraíba, ao Acre e ao Mato Grosso do Sul, que já aderiram à iniciativa da Agência Nacional de Águas (ANA).


8

Alagoas Expresso

ECONOMIA

Maceió, 21 a 27 de junho de 2013

LiderançaCorporativa Ônibus: Vilela e Rui anunciam que passagem não aumentará Marcelo Homci* - www.zettacoaching.com.br

Governador disse que as manifestações são um avanço

Tempo e Prioridades

*Marcelo Homci é palestrante, coach de executivos e instrutor de coaching.

O governador Teotonio Vilela Filho e o prefeito de Maceió, Rui Palmeira, participaram, nesta quinta-feira (20), do programa Fique Alerta, na TV Pajuçara, onde comunicaram as medidas tomadas para evitar o aumento da passagem de ônibus na capital. Confor me anunciou o governador, o Estado vai desonerar o Imposto de Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) e o Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) para as empresas de ônibus. A iniciativa é para

impedir o aumento, atendendo às reivindicações da população. Rui Palmeira destacou o apoio do Estado para a tomada da decisão em Maceió. “Não poderíamos decidir sem esse entendimento do Governo. Foi fundamental esse apoio para que não houvesse o aumento aqui”, disse o prefeito. Sobre os atos de manifestação em Alagoas e no País, o governador classificou como um avanço e um momento diferente na história da democracia. “Temos que manter a ordem, o respeito e a compreensão para

Foto: Alagoas 24horas

Tenha muito cuidado se perceber que está falando muito que não tem tempo para nada. Você pode estar mergulhando em um estresse profundo sem perceber! Um jovem brasileiro chamado Christian Barbosa que é considerado um dos maiores especialistas em produtividade pessoal e profissional no Brasil, escreveu o livro “A Tríade do Tempo”, onde oferece uma solução para quem deseja uma vida mais equilibrada, favorecendo a realização de sonhos e metas e ainda conseguindo se dedicar ao que considera realmente importante na vida. O modelo da Tríade do Tempo assume que realizamos tarefas, atividades e responsabilidades que se subdividem em Importantes, Urgentes e Circunstanciais e discorre sobre a forma como utilizamos nossas horas conforme abaixo: • Esfera Importante São atividades relevantes em nossa vida – aquelas que trazem resultados positivos a curto, médio ou longo prazo. As coisas importantes têm prazos de execução e nunca são urgentes. Uma tarefa importante pode se tornar urgente se não for cumprida no tempo previsto. • Esfera da Urgência São atividades para as quais o tempo está curto ou se esgotou. São exigências que chegam em cima da hora, não podem ser previstas e geralmente, causam pressão e estresse como relatórios inesperados, problemas de saúde, reuniões emergenciais ou clientes que apresentam problemas são alguns exemplos. • Esfera Circunstancial São as atividades desnecessárias ou excessivas como desperdícios de tempo em coisas inúteis ou tarefas feitas por comodidade, ou por serem “socialmente” apropriadas. Normalmente não têm valor nenhum, pois não trazem nenhum resultado e às vezes até nos frustram. A negligência diante das coisas importantes nos conduz a um regime de urgência, porém, quando separamos o importante do urgente em nossa vida pessoal e no trabalho, fica muito mais fácil entender e resolver os problemas e a forma como utilizamos o tempo. Termino pedindo a você para reavaliar suas prioridades de acordo com o que você valoriza mais. Sejam quais forem, meu desejo é que você sinta que está valendo a pena investir sua energia, tempo e dinheiro nelas e, acima de tudo, que sejam motivos para tornar sua vida mais saudável e feliz...

Usuários sofrem com as más condições do transporte coletivo.

que haja uma interlocução e as demandas sejam atendidas dentro das possibilidades do Estado”, ressaltou Teotonio. Quanto à manifestação que ocorrerá nesta tarde, o chefe do Executivo alagoano garantiu que a polícia está orientada para manter o comportamento parceiro. “Determinei que os policiais agissem de forma civilizada; estarão presentes para fazer a segurança dos manifestantes. O ato é importante e deve ser feito de forma construtiva e pacífica”, enfatizou o governador.


Alagoas Expresso

MODA

Maceió, 21 a 27 de junho de 2013

TREND Aline e Tristanna Baltar - www.blogdablueberry.com

Seattle Jeans O Inverno 2014 da Saint Laurent Paris mostrou o quanto os anos 90 está de volta na moda. E como não podia deixar de ser, a moda lançada já está entre as fashionistas. Além da camisa xadrez, estilo grunge amarrada na cintura, o destroyed jeans é um dos maiores exemplos. Já está sendo febre geral na gringa. Mas o novo-velho-jeans está de carinha nova. Calças mais larguinhas e com um corte na altura do joelho, dão o estilo 90’s. E os rasgos estão cada vez maiores. Há quem rasgue mais de um palmo, deixando os joelhos totalmente a amostra. Perfeitos, não? Nós já aderimos! Além de estilo, eles são mega confortáveis!

9


Alagoas Expresso

10 DECORAÇÃO

Maceió, 21 a 27 de junho de 2013

DECOR Laura Amaral - amarallaura@ig.com.br

Bonecas no jardim Esse tem é um dos mais procurados quando assunto é festa de 1 ano de menina, pensando nisso resolvi mostrar essa semana para vocês. Esta festa aconteceu nos jardins da residencia da aniversariante e foi almoço em familia que seguiu por toda a tarde com várias brincadeiras para as crianças. O bolo maravilhoso ficou por conta da Marli e Raquel, os doces do Atelier das delicias e as

bonecas, borboletas, bandejas e detalhes da loja Festão. As flores naturais não poderiam ficar de fora em se tratando de um jardim, portanto usamos vários arranjos tanto na mesa principal como nas mesas de convidados deixando assim o tema mais original. Confiram nas fotos todos os detalhes. Até a próxima semana, Laura.

Regadores receberam arranjos com flores naturais e pirulitos com detalhes de passarinho.

Mesa principal com o bolo no centro que foi obra de Marli e Raquel.

Docinhos decorados com personagens do jardim

Vista geral da mesa principal

Bonecas de pano, tema principal da festa faziam parte da mesa.


Alagoas Expresso

CULTURA

Maceió, 21 a 27 de junho de 2013

A inquietude de Colker em duas décadas de dança

11

Foto: Divulgação

Espetáculos acontecerão dias 10, 12, 13 e 14 de julho Da redação Vinte anos que se resumem em diversidade, inquietação e inovação da companhia fundada por uma mulher que foi jogadora de vôlei, chegou a cursar Psicologia, mas que conheceu na dança a sua verdadeira vocação. No repertório estão dez espetáculos, centenas de apresentações em 60 cidades brasileiras e turnês internacionais passando por 20 países da América do Norte, América do Sul, Europa e Ásia. Assim é a Companhia Deborah Colker, um dos mais importantes grupos de dança do Brasil e do Mundo que durante toda a sua trajetória tem como peça fundamental na divulgação, valorização e popularização dança no país. Deborah Colker foi a primeira mulher a criar e dirigir um espetáculo do conceituado Cirque du Soleil, OVO; ela também é a única brasileira a receber o maior Prêmio das Artes Cênicas da Europa o Laurence Olivier Awards concedido pela Society of London Theatre pelo espetáculo Mix. A história do grupo começou a ser escrita nos anos 90, graças ao talento, garra, disciplina e ousadia de uma pequena notável carioca: a bailarina e coreógrafa Deborah Colker. De lá para cá, transcorreram-se 2 décadas e milhares de aplausos a cada apresentação de Vulcão, Velox, Mix, Rota, Casa, 4POR4, Nó, Dínamo, Cruel e Tatyana. Para comemorar esse caminho de sucesso, a Cia Deborah Colker escolheu três espetácu-

los do seu repertório e traçou cuidadosamente um roteiro de maneira a contemplar países e cidades importantes na construção de sua história. Assim nasceu o Festival 20 Anos Cia de Dança Deborah Colker, patrocinado pela BR Petrobras. O evento está causando um rebuliço na cena da dança nacional e Maceió foi incluída no roteiro da turnê. As apresentações acontecem de 10 a 14 de julho, no Teatro Gustavo Leite - Centro de Convenções. Os espetáculos que o público vai ter o prazer de assistir são: Nó, Tatyana e Velox. OS ESPETÁCULOS O espetáculo NÓ, sucesso de público e crítica, fez sua estreia mundial no dia 05 de maio de 2005 n o Fe s t i v a l de Wolfsburg, na Alemanha, chegando em seguida ao Brasil onde estreou no dia 3 de junho de 2005 temporada popular de três meses no Teatro João Caetano, no Rio de Janeiro. Partiu para turnê por várias capitais brasileiras e vinte e três apresentações no Reino Unido entre abril e junho de 2006. Bailarinos amarrados com cordas, corpos que se aprisionam e se libertam, movimentos inspirados em um cavalo, dançarinos entrelaçados, uma mulher presa pelos cabelos. No espetáculo Nó, a coreógrafa Deborah Colker transforma em dança

um tema demasiado humano: o desejo. Nó traz os elementos que tornaram a companhia um fenômeno de comunicação com o público - o virtuosismo coreográfico, a precisão e o vigor dos bailarinos, a exploração e a ocupação de novos espaços cênicos - mas está impregnado de novidades. Os bailarinos fazem um espetáculo ao mesmo tempo violento e delicado, brusco e sensível, chocante e amoroso, onde a dramaturgia se torna evidente. Já Velox é o primeiro espetáculo da Cia. que exibe o vigor, a vitalidade, a precisão, a sofisticação técnica e principalmente a ideia de que o cotidiano, a paixão e o esporte se transformam em movimento coreográfico. Deborah Colker trabalha de uma forma dife-

rente a relação com o espaço: o chão verticaliza-se, subvertendo uma ordem e desafiando a lei da gravidade. Os bailarinos realizam um ballet aéreo numa parede cenográfica de 7 metros de altura, encantando as plateias. Para comemorar os 20 anos da Cia, esse espetáculo foi remontado pela primeira vez.

SERVIÇO: FESTIVAL 20 ANOS – CIA DE DANÇA DEBORAH COLKER

Local: Teatro Gustavo Leite – Centro de Convenções de Maceió Dias: 10 / 07 às 21h – Nó 12 / 07 às 21h – Tatyana 13 /07 às 19h – Tatyana 14 / 07 às 20h - Velox Ingressos: Plateia – R$ 120,00 (inteira) e R$ 60,00 (meia-entrada) Mezanino – R$ 100,00 (inteira) e R$ 50,00 (meia-entrada) Vendas: -Stand Sue Chamusca – Maceió Shopping – Térreo -on line pelo site www.suechamusca. com.br Informações: (82)3235-5301 / 9928-8675


SOCIAL

Alagoas Expresso

RAFAFÁ

Maceió, 21 a 27 de junho de 2013 Dressa Melo

12

Elaine Rafaella - elainerafaella@hotmail.com

Santa Feijuca foi um sucesso, Henrique Vital e Maurício Vasconcelos realizados com mais um evento top em Maceio. É isso aí TJ!

Curtindo o momento “corujice” Ed Baracho e Sarah Garcia mimam sua primogênita

Após um bom tempo de relacionamento, Roberta e Dudu Marinho oficializaram a união.

Isabela Cavalcante a”matutinha” mais estilosa do pedaço, para alegria de sua mãe, a jornalista Thaíse Cavalcante

Vem aí a mais nova Banda da Cidade: Santtafé que terá no vocal o já conhecido cantor, Thiaguinho Vasconcelos.

Além de apresentar Juninho Almeida, seu mais novo vocalista, a Banda Affarra acaba de lançar seu mais novo trabalho-For All.

Ao lado de seu esposo Geraldo Agra, a prefeita de Mar Vermelho Juliana Almeida está animada com os festejos juninos de sua cidade.

Festejando 50 anos de vida, a empresária Izabel Pinheiro ao lado de sua herdeira Adriana em sua festa de aniversário.

Solteiríssimo, Júlio Brandão vereador pro Mata Grande está curtindo a nova fase.

Sempre em sintonia o casal Clewerton e Simony Farias


Alagoas Expresso

NACIONAL

Maceió, 21 a 27 de junho de 2013

13

Presidente Dilma cancela viagens a Salvador e ao exterior devido a protestos pelo Brasil No Japão ela pretendia, entre outras medidas, anunciar a ampliação do acesso de estudantes a universidades Redação com Brasil247 As inúmeras manifestações pelo país levaram a presidente Dilma Rousseff a mudar sua agenda de viagens para os próximos dias, cancelando a visita que faria ao Japão e adiando uma reunião com governadores do Nordeste em Salvador. “Ela não quer ficar uma semana longe do Brasil neste período de manifestação”, argumentou a secretaria de comunicação da Presidência da República nesta quinta. A Presidência não informou ainda uma nova data para as

viagens. No Japão, a presidente cumpriria uma agenda oficial de reuniões com o primeiro-ministro Shinzo Abe e com o imperador Akihito, entre os dias 26 e 28 de junho. Ela também participaria de uma reunião com empresários. Em Salvador, havia previsão de que a presidente anunciasse um plano de financiamento para a agricultura, destinado á região do semiárido. A secretaria de imprensa argumentou que os governadores estavam envolvidos com a realização da Copa das Confederações e que, por isso, seria

melhor fazer o anúncio em outra data. Os protestos levaram centenas de milhares de pessoas às ruas, que inicialmente reivindicavam redução no preço das passagens do transporte público. Depois de alguns dias, porém, as reivindicações foram ampliadas, com reclamações contra a corrupção, gastos para realização da Copa do Mundo e até mesmo a Proposta de Emenda Constitucional que limita o poder de investigação do Ministério Público, a chamada PEC 37. Na semana passada, quando

as manifestações contra o aumento das tarifas do transporte público se intensificaram, o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), e o prefeito de São Paulo, Fernando Haddad (PT), estavam em Paris e sofreram duras críticas por isso. Com o espaço aberto na agenda de Dilma, o governador da Bahia, Jaques Wagner, resolveu pedir o adiamento da visita que a presidente faria na próxima sexta-feira (21) a Salvador para anunciar o Plano Safra do Semiárido. Wagner alegou que, por causa dos jogos da Copa das Confe-

derações no Nordeste, muitos governadores estavam encontrando dificuldades para participar da cerimônia, que ficou marcada para a próxima semana, em data a ser definida. INTERCÂMBIO A visita ao Japão serviria para incrementar os intercâmbios científico, cultural, econômico e comercial. Para o governo brasileiro, a tecnologia de ponta japonesa é fundamental, assim como para os japoneses interessam as energias renováveis e a construção naval em desenvolvimento no Brasil.


14

Alagoas Expresso

TURISMO

Maceió, 21 a 27 de junho de 2013

Conheça a Costa dos Corais Praias do Litoral Norte de Alagoas se destacam pela tranquilidade e natureza intocada

Redação com Setur Costa dos Corais é o nome dado ao Litoral Norte de Alagoas,

que possui a segunda maior barreira de corais do mundo. São 130 km realçados pelo verde dos coqueiros e o azul intenso do mar,

além da exuberância das piscinas naturais e da biodiversidade da vida marinha, que fazem desse lugar um verdadeiro paraíso.

mia é gerada pela pesca, turismo e cana-de-açúcar. O município possui infra-estrutura, belas praias a exemplo de Paripueira e Sonho Verde e a maior concentração de piscinas naturais do Brasil. É um recanto ecológico onde foi criado o primeiro Parque Municipal de Preservação do Peixe-Boi na América Latina.

PASSO DE CAMARAGIBE Distante 89 Km de Maceió, tem uma população de aproximadamente 14 mil habitantes, é cidade natal de Aurélio Buarque de Holanda. A margem do rio Camaragibe, começou o povoado de Passo, ponto em que o rio oferecia mais facilidade na passagem dos que vinham de Pernambuco para Alagoas e era ponto de apoio para os navios holandeses, daí a origem do nome, que passou a ser cidade em 1880 e fez parte dos acontecimentos históricos devido a invasão holandesa. Pousadas e Hoteis fazendas fazem parte

de Pedras, Japaratinga e Maragogi fazem parte da Costa dos Corais e possuem lindas praias e uma natureza praticamente intocada.

BARRA DE SANTO ANTONIO

PARIPUEIRA Distante 36 km do centro de Maceió, nome que significa “águas mansas”. A cidade originou-se a partir de uma colônia de pescadores, e a proximidade com Maceió passou a ser área de veraneio. Até 1988 o povoado pertencia ao município de Barra de Santo Antonio. A população é de 10 mil habitantes e a econo-

Os municípios de Paripueira, Passo de Camaragibe, Porto Calvo, São Miguel dos Milagres, Barra de Santo Antonio, Porto

Barra de Santo Antonio fica a 45 km de Maceió, sua população é de aproximadamente 15 mil habitantes. O município, as margens do Rio Santo Antonio, rio que deu origem ao nome da cidade, se divide na simplicidade da vida dos seus nativos e na grandiosidade de alguns monumentos históricos da arquitetura holandesa

do século 18. A maior riqueza do município é o patrimonio natural, possui um grande rio margeado por maguezais, belas praias como Tabuba, Carro Quebrado e a Ilha da Croa. Fora os atrativos naturais, Barra de Santo Antonio possui infra-estrutura para receber seu visitante.

SÃO MIGUEL DOS MILAGRES da paisagem desse município que tem no cultivo do Coco da Bahia, cana-de-açúcar, pesca e pecuária suas principais atividades econômicas e tem o Coco de Roda e Samba Matuto, os representantes da cultura popular. Os visitantes se encantam com a riqueza do potencial natural: rios, lagoas e manguezais com uma topografia dinâmica contendo morros e penhascos, além de um mar exuberante de recifes e corais, as praias de Barra de Camaragibe, Marceneiro e dos Morros são eleitas como as mais belas.

Distante 93 km de Maceió, com aproximadamente 9 mil habitantes, São Miguel dos Milagres passou a ser município em 1960 e até hoje matém um aspecto de exclusividade. Conta-se que um pescador muito doente encontrou uma imagem de São Miguel numa praia e se curou da doença imediatamente, daí a origem do nome da cidade. O seu espaço físico tranquilo e paradisíaco é dividido com as encatadoras pousadas que tem uma das melhores culinária e se destacam por ser um dos circuitos de hospedagem

mais charmosos do Brasil. Um passeio de barco nas águas do Rio Tatuamunha é possível ter um fantástico encontro com peixe-boi nadando entre os manguezais.

NA PRÓXIMA EDIÇÃO DO ALAGOAS EXPRESSO VOCÊ CONTINUA ESTE PASSEIO PELOS DESTINOS DAS COSTAS DOS CORAIS


Acesse:

www.achadao.al ano I | edição 016

cursos & empregos imóveis automóveis variados concursos

AUTOMÓVEIS AUDI Audi A3 2003 1.8, preto, gasolina, 4 portas, completo. Tel. 3311-7160

CHEVROLET Agile LTZ 2010 1.4, verde, 4 portas, flex, completo. Tel. 32028023 Astra Hatch ADV 2.0 2009 2.0, prata, 4 portas, flex, completo. Tel. 3202-8027 Celta 2004 1.0, braco, gasolina, 4 portas, Ar. Tel. 3324-1304 Celta 2004 1.0, prata, gasolina, 4 portas, Ar, TE e Alarme. Tel. 3311-7160 Celta 2010 1.0, cinza, 4 portas, flex, ar, te. Tel. 3202-8027 Celta 2010 1.0, prata, 4 portas, flex, ar e te. Tel. 3202-7939 Celta 2010 1.0, prata, flex, 4 portas, Ar, TE e Alarme. Tel. 33117160 Celta 2010 1.0, preto, flex, 4 portas, completo. Tel. 32027930 Celta 2011 1.0, prata,

4 prata, 4 portas, flex, completo. Tel. 32315110 Celta 2011 1.0, preto, flex, 4 portas, Ar, TE e Alarme. Tel. 32027930 Celta 2012 1.0, cinza, flex, 4 portas, completo. Tel. 30314806 Celta Life 2002 1.0, prata, gasolina, 2 portas. Tel. 3202-8051 Celta Life 2008 1.0, preto, flex, 2 portas, Ar. Tel. 3202-7930 Celta Life 2008 1.0, vermelho, 4 portas, flex, ar. Tel. 3202-7939 Celta Life 2008 1.0, vermelho, flex, 4 portas, Ar. TE e Alarme. Tel. 32027984 Celta Life 2009 1.0, vermelho, 4 portas, flex, completo –dh e ve. Tel. 3202-8027 Celta Life 2010 1.0, prata, flex, 2 portas, TE e Alarme. Tel. 3311-7160 Celta Spirit 2010 1.0, prata, 4 portas, flex, completo. Tel. 32315110 Celta Spirit 2010 1.0,

preto, flex, 4 portas, completo. Tel. 32027949 Classic 2004 1.0, bege, gasolina, 4 portas, Ar, DH, TE e Alarme. Tel. 3031-4806 Classic 2012 1.0, cinza, flex, 4 portas, completo – VE. Tel. 3031-4806 Corsa 2009 1.0, cinza, flex, 4 portas, Ar, TE e Alarme. Tel. 32027930 Corsa Maxx 2009 1.0, bege, 4 portas, flex, completo. Tel. 32315110

MOTOS HONDA 600RR 2007 Vermelha R$ 29.900,00. Tel. 3216-8000 600RR 2008 Branca R$ 33.000,00. Tel. 32168000 Fireblade 1000RR 2011 Vermelho R$ 52.000,00. Tel. 32168000 Hornet ABS 2013 Branca R$ 35.500,00. Tel. 3216-8000 Shadow 600 2001 Cinza R$ 12.500,00. Tel. 3216-8000

Shadow 750 2009 Preto R$ 23.000,00. Tel. 3216-8000 Shadow 750 2009 Preto R$ 24.000,00. Tel. 3216-8000

KAWASAKI Versus 2011 Preto R$ 25.000,00. Tel. 32168000

SUZUKI Bandit 2011 Preto R$ 24.000,00. Tel. 32168000 Boulevard M800 2009 Preta R$ 24.500,00. Tel. 3216-8000 Boulevard M800 2011 Branco R$ 27.500,00. Tel. 3216-8000 Hayabuza 1300 2010 Laranja R$ 39.000,00. Tel. 32168000 SRDA 1000 2005 Amarelo R$ 30.000,00. Tel. 3216-8000 SRDA 750 2009 Preta R$ 33.000,00. Tel. 3216-8000 Hayabuza 1300 2011 branca R$ 44.000,00. Tel. 3216-8000

YAMAHA R-6 2009 Laranja R$38.000,00. Tel. 3216-

Maceió, 21 a 27 de junho de 2013

8000 Palio 2011 1.0, prata, flex, 4 portas, completo. Tel. 33117160 Palio Adventure 2000 1.6, branco, gasolina, 4 portas, completo. Tel. 3202-7949 Palio Celebration 2009 1.0, prata, flex, 4 portas, Ar, DH e VE. Tel. 3031-4806 Palio Celebration 2010 1.0, azul, 4 portas, flex, completo. Tel. 32028023 Palio Celebration Economy 2012 1.0, cinza, flex, 4 portas, completo. Tel. 30314806 Palio Economy 2011 1.0, prata, flex, 4 portas, completo. Tel. 3202-7938 Palio Fire Economy 2011 1.0, prata, 4 portas, flex, completo. Tel. 3202-7939 Palio R 2007 1.8, vermelho, flex, 4 portas, completo. Tel. 3202-7984 Punto Attractive 2011 1.4, vinho, 4 portas, flex, completo. Tel. 3202-8023

DEDETIZAÇÃO Nossos Serviços:

*Controle de pragas *Limpeza de caixa d`agua *Descupinização *Desrratização Trabalhamos com produtos sem cheiro

Contato: (82) 8844-2452 (82) 9127-5302

WALDIR


16

PUBLICIDADE

Alagoas Expresso Macei贸, 21 a 27 de junho de 2013


Alagoas Expresso