Issuu on Google+

Maceió, 02 a 08 de agosto de 2013 l Ano I l Nº 022

alagoas expresso Distribuição Grátis

E-mail: redacao@alagoasexpresso.com.br l Fone: 3034.1651

2014: Renan Calheiros defende voto distrital misto para as eleições

Agência Brasil

Ele comentou as propostas aprovadas no Senado Federal

Sobre concorrer ao Governo do Estado em 2014, o Presidente do Senado voltou a dizer que era cedo para se posicionar, mas

JUDICIÁRIO

não descartou que o PMDB vai lançar candidato majoritário. Ele agradeceu a “generosidade” do ex-prefeito Cícero Almeida, que

o apontou como o candidato mais preparado para o governo. “Não sei se sou mais útil como senador ou governador”. pag. 3 Assessoria STF

Atitudes do Presidente do STF são postas em xeque O comportamento do presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Joaquim Barbosa, tem desagradado a gregos e troianos. Ato público foi promovido por políticos contra uma liminar do ministro . pag. 12

LAMPIÃO

TABULEIRO

Rota do Cangaço encanta visitantes

Nova sede do Detran ficará pronta em março

Os visitantes que gostam de se aventurar por trilhas, podem desfrutar o passeio pela Rota do Cangaço, em Xingó, oferecido em Piranhas. pag. 14

Iniciada em fevereiro deste ano, a obra no imóvel, que tem 40 mil metros quadrados, está orçada em torno de R$ 25 milhões. pag. 8

DIVERSÃO

Espetáculo: Circo de Marcos Frota estará em Maceió Atrações prometem encantar o público com teatro, palhaços, trapézios, malabarismo e mágica. pag. 11

Divulgação


2

Alagoas Expresso

POLÍTICA

DiretoaoPonto Voney Malta - vfamalta@ig.com.br

INDISPONÍVEIS O juiz da Comarca de Limoeiro de Anadia, Phillipe Melo de Alcântara Falcão, determinou a indisponibilidade dos bens do ex-prefeito Jorge Nivaldo Ribeiro de Albuquerque e dos ex-secretários municipais Luiz Eduardo Lopes Cavalcanti, Sebastião Vieira de Souza, Sidnaldo Vieira de Souza, Rafael Ribeiro de Albuquerque, José Alberto Oliveira Silva e Edjaria Elpídia Silva Santos. Os réus são acusados pelo Ministério Público Estadual (MPE) de terem desviado quase R$ 6 milhões dos cofres públicos em apenas três anos. REDUÇÃO O governo do Estado informou que vai reduzir o volume da água distribuída por meio de carros-pipa em Alagoas. Conforme nota publicada na Agência Alagoas, a decisão é motivada pelo aumento no volume de chuvas nas regiões mais castigadas pela seca. SUSPEITA O Ministério Público de Alagoas suspeita que o cálculo para definição do valor do duodécimo da Câmara de Vereadores de Maceió foi feito de maneira incorreta. Uma portaria foi publicada para que seja feita uma investigação que pode causar abertura de inquérito civil público. Ação do MPE se baseia em estudo realizado pelo Ministério Público de Contas (MPC), que garante que todos os repasses, desde 2010, foram ilegais. JUSTIÇA O Sindicato dos Médicos de Alagoas (Sinmed) e o Conselho Regional de Medicina (CRM) informaram, nesta quarta-feira (31), que devem ingressar com uma ação na Justiça Federal contra a decisão do Conselho Estadual de Segurança (Conseg), que determina que militares atuem como legistas no Instituto Médico Legal (IML). DESAFIO O senador Fernando Collor (PTB-AL) desafia o presidente da Assembleia, Fernando Toledo e o governador Teotonio Vilela, a permitirem que uma força-tarefa investigue a contabilidade do Legislativo e da Secretaria da Fazenda. DESAFIO 2 Posicionamento do senador se dá em virtude das suspeitas de irregularidades na utilização dos recursos da ALE e também por conta dos repasses acima do duodécimo feitos pela Fazenda. Collor propõe que uma força-tarefa formada por representantes de diversas instituições em Alagoas “mergulhe na contabilidade do Legislativo e da Fazenda”. Interdição O Sindicato dos Policiais Civis de Alagoas (Sindpol), voltou a denunciar a superlotação da Delegacia Regional de União dos Palmares e as condições insalubres do local, onde 42 presos ocupam apenas três celas. O sindicato reiterou o pedido de interdição da delegacia à Procuradoria de Justiça do município.

Maceió, 02 a 08 de agosto de 2013

Apesar de admiração mútua, Luciano e Célia ficarão divididos

Ex-prefeito de Arapiraca elogiou administração do sucessora Emanuelle Oliveira Editora O ex-prefeito de Arapiraca, Luciano Barbosa (PMDB) elogiou a administração de sua sucessora, Célia Rocha (PTB) frente à Prefeitura Municipal, destacando ser necessário organizar a casa para começar a dar pique total. “A Célia Rocha tem muita fibra, é determinada e tem uma experiência pública imensa’, ressaltou Luciano. Ela, que era deputada federal, foi eleita prefeita com 46,33% dos votos válidos, num total de 46.117 votos, de acordo com o Tribunal Superior Eleitoral (TSE). É a terceira vez que Célia Rocha comanda o segundo maior município do Estado. Mas, parece que ambos, considerados importantes nomes da política arapiraquense, continuarão em palanques diferentes, em relação à majoritária, apesar da admiração mútua. Assim aconteceu em 2006. Enquanto Célia Rocha apoiou o senador João Lyra, que foi derrotado, Luciano Barbosa ficou ao lado de Teotônio Vilela Filho, eleito para o primeiro mandato no Governo do Estado. Na campanha de 2010, Célia Rocha deu apoio ao senador Fernando Collor, que saiu vitorioso no Senado, enquanto o então prefeito Luciano Barbosa a p o i o u o e x - g ove r n a d o r Ronaldo Lessa. Em 2014, Célia Rocha deverá apoiar o senador Fernando Collor em uma reeleição e o candidato escolhido para o governo. Já Luciano Barbosa ficará com o senador Renan Calheiros. PERSPECTIVAS POLÍTICAS Luciano Barbosa disse ainda ser cedo para atribuir seu nome

a algum cargo nas eleições de 2014, mas destacou que vem mantendo um entendimento no município. ‘’Me considero uma peça importante do tabuleiro de

xadrez em Arapiraca, diante da minha densidade eleitoral para ocupar espaços políticos. Nao descarto a possibilidade de contemplar o Agreste na Câmara Federal’’, ressaltou.


Alagoas Expresso

POLÍTICA

Maceió, 02 a 08 de agosto de 2013

3

Projetos aprovados: Calheiros disse que Senado “captou”anseios das ruas Presidente do Senado aproveitou recesso para vir a Alagoas e reuniu jornalistas em café da manhã

O senador Renan Calheiros (PMDB) aproveitou o recesso no Congresso Nacional para vim a Alagoas reforçar as alianças políticas e comentar, durante café da manhã com a imprensa, na última sexta-feira (26), as ações na presidência do Senado. Calheiros defendeu o plebiscito para aprovação da Reforma Política, afirmando que alguns pontos da proposta já poderiam começar a vigorar nas eleições de 2014, a exemplo do “distrital misto”, no qual as vagas seriam destinadas aos mais votados, independentemente de coeficiente eleitoral ou de voto de legenda. “A reforma política será essencial para melhorar o sistema político eleitoral. Poderíamos fazer a transição nessa eleição majoritária. Não entendo como um candidato que teve menos votos se elege. Os mais bem votados devem assumir. Essas mudanças poderiam ser feitas através de Lei Ordinária, que é mais fácil do que emenda. Também concordo com as mudanças no financiamento eleitoral. Outro ponto importante para ser revisto é a substituição de candidatos em cima da hora, isso é uma fraude para com a vontade popular. Muitas vezes, os eleitores nem sabem em quem estão votando”, frisou. O senador também elogiou a postura do deputado estadual, João Henrique Caldas PTN) em divulgar os extratos da conta bancária da Assembleia Legislativa do Estado, referentes a 2011, o que resultou em div’ersas denúncias relacionadas a pagamentos feitos a comissionados da Casa de Tavares Bastos. PROJETOS APROVADOS Renan Calheiros citou alguns

Foto: Reprodução

Emanuelle Oliveira Editora

Renan Calheiros apontou nomes para disputar as eleições em 2014 pelo PMDB

dos projetos aprovados pelo Senado, em meio ao clamor social vivido em diversas cidades do país desde o mês de junho, quando foram iniciadas manifestações nas ruas. “O Senado vive um ano rico, promoveu uma reforma administrativa, onde foram cortados gastos e privilégios econômicos de mais de R$ 300 milhões. Implantamos o Conselho da Transparência, em parceria com o instituto Ethus, a Transparência Brasil e a ABI. Votamos o orçamento e outros projetos polêmicos, após o Senado captar os anseios das ruas. Nos reunimos com líderes do movimento e em menos de 15 dias, foram votadas 40 propostas, entre elas, as ques prevêm a corrupção como crime hediondo, Ficha limpa para servidores públicos, destinação dos royalties do petróleo, fim do voto secreto, regulamentação

da profissão dos médicos, CPI da espionagem, entre outras”, destacou. O presidente do Senado destacou a apresentação do Projeto que cria o Passe Livre para estudantes. Questionado sobre os custos para manter as gratuidades, Calheiros afirmou não fazer sentido o Governo Federal pagar o Bolsa Família e os estudantes não terem como ir à escola. ‘’Depois das manifestações, houve uma mudança de enfoque do orçamento. Agora, temos que discutir cada centavo e quais gastos são prioritários. Como pagar para manter o estudante na escola, se ele não tem o transporte escolar? Pedi à Câmara para acelerar a apreciação do Estatuto da Juventude, a desoneração do FPM e da Lei da Palmada, além de ter contribuído para o arquivameto das Pecs 33 e 37’, disse.

ELEIÇÕES 2014 Calheiros avaliou o desempenho da presidente Dilma Roussef, destacando ser precipitado levar em consideração pesquisas que apontam queda da popularidade dela em um momento turbulento enfrentado pelo Brasil. “É preciso deixar a poeira baixar. O ideal, seria realizar uma nova pesquisa daqui a 60 ou 90 dias”, afirmou. Sobre concorrer ao Governo do Estado em 2014, Renan Calheiros voltou a dizer que era cedo para se posicionar, mas não descartou que o PMDB vai lançar candidato majoritário. Ele agradeceu a “generosidade” do ex-prefeito Cícero Almeida, que o apontou como o candidato mais preparado para governar Alagoas. “Tenho uma ótima relação com o Almeida, mas não sei se sou mais útil como senador ou governador, a decisão caberá aos alagoanos. O

PMDB tem muitos nomes bons para as próximas eleições. Tem o Luciano Barbosa, que deixou a Prefeitura de Arapiraca com um índice de aprovaçao de 80%, o Renan Filho, que foi o deputado mais votado de todos os tempos em Alagoas, além de ter experiência como administrador, o José Wanderley, que só não foi ministro porque já havia sido indicado para a vaga de vice-governador. Se tivermos que formar uma chapa proporcional, isso só será feito em março”, ressaltou. ESTALEIRO EISA A aprovação do Estaleiro Eisa em Coruripe foi comemorada pelo senador Renan Calheiros. “O Ibama concedeu licenças em Pernambuco e Bahia, seria preconceito deixar Alagoas de fora. O projeto de interesse do Instituto só foi devolvido após a apreciação da licença do Eisa, assim como anunciado. Estaremos à disposição para as próximas etapas”, ressaltou. VISITA DO PAPA A visita do Papa Francisco ao Rio de Janeiro movimentou o cenário político nas últimas semanas. Muitos aproveitaram a popularidade peculiar do argentino - que se recusou a ser acompanhado por políticos em suas visitas a comunidades carentes - para “sair bem na foto”. Calheiros comentou o fato. “O Brasil é umas das maiores nações católicas do mundo e o Papa é carismático, acessível, tem uma agenda nova para a igreja, além de ser chefe de estado. Sua vinda ao Brasil foi importante e mereceu ser prestigiada por todos. Eu mesmo fiz questão de recebê-lo e dar as boas vindas em nome do Senado’, explicou.


4

Alagoas Expresso

CIDADES

Maceió, 02 a 08 de agosto de 2013

Famílias resistem em desocupar Vila dos Pescadores e aguardam decisão Moradores participaram de audiência pública promovida pelo Ministério Público Federal Anna Cláudia Almeida repórter Sob o argumento de que já estão há décadas vivendo no local, as 66 famílias que residem em barracos na Vila dos Pescadores, no bairro do Jaraguá, afirmam que só deixarão o espaço após decisão da Justiça Federal. A Prefeitura de Maceió pretende concluir um projeto de reurbanização na área. Durante uma audiência pública, promovida pelo Ministério Público Federal (MPF), representantes do órgão, Prefeitura e as presidentes da Associação de Moradores e Amigos

do Bairro de Jaraguá (Amajar), Maria Enaura Alves do Nascimento e do Instituto Habitacional Vila dos Pescadores, Maria José dos Santos Martins, discutiram a situação dos moradores, mas não chegaram a um denominador comum. Por se tratar de uma área da União, a saída das famílias foi levada à Justiça Federal. Grande parte das famílias que viviam na favela acataram o projeto da Prefeitura e, em 2012, se mudaram para o Conjunto Habitacional Vila dos Pescadores, construído na Avenida Assis Chateaubriand, no Trapiche da Barra.

O conjunto residencial conta com 75 blocos, comportando seis apartamentos em cada um deles, totalizando 450 moradias. Um investimento total de R$ 14 milhões, dos quais, R$ 10 milhões são do Governo Federal e R$ 4 milhões de contrapartida da Prefeitura de Maceió, na gestão de Cícero Almeida. Na Vila dos Pescadores, os novos moradores contam com toda a infraestrutura necessária, como instalações hidráulica e elétrica, áreas pavimentadas e de lazer. No entanto, apesar de todos os investimentos, as famílias que ainda permanecem no local afirmam ser inviável

a mudança, porque a pesca é a única fonte de renda e há uma grande distância entre as novas moradias e seu local de trabalho. A presidente da Amajar, Maria Eunice Alves, defende que a Prefeitura não deve concretizar a transferência dos pescadores e marisqueiros, já que o espaço vai além da moradia e trabalho para as famílias. A representante da comunidade afirma que a maior necessidade dos pescadores é de investimentos na questão estrutural para dar mais condições de trabalho. Os moradores querem a construção de um mercado, depósitos e um espaço limpo

para receber os clientes e comercializar os produtos. No entanto, outros pontos foram citados durante a audiência. Um deles, referente à violência no local que se tornou um espaço para o crime e tráfico de drogas. Rotineiramente, a Polícia Militar registra assassinatos na Vila dos Pescadores e realiza diversas operações para prender bandidos que usam a favela no Jaraguá para disseminar o crime. Durante o encontro a procuradora da República Roberta Lima Barbosa Bomfim defendeu que um acordo seria a melhor alternativa para a questão.


Alagoas Expresso

CIDADES

Maceió, 02 a 08 de agosto de 2013

5

Sindicato quer barrar segunda etapa da licitação dos complementares em AL Arsal finalizou certame, mas pretende completar o quadro de transportadores e atender a população Foto: Assessoria

Anna Cláudia Almeida * com assessoria Repórter A luta para a inclusão da Cooperativa de Transporte Complementar Intermunicipal de Passageiros de Alagoas (Coopervan) no processo licitatório da Agência Reguladora dos Serviços Públicos de Alagoas (Arsal) continua, mesmo com a finalização do certame, em março deste ano. Apesar de ter perdido na Justiça de Alagoas uma ação interposta pela Coopervan, os complementares aguardam a decisão de um recurso impetrado junto ao Tribunal de Justiça (STJ) para tentar reverter o entendimento dos desembargadores do Estado. E enquanto a situação não é definida, aqueles que ficaram foram do certame ainda pretender intervir na segunda licitação, cujo aviso foi publicado no Diário Oficial do Estado de junho deste ano. A Arsal, para completar o quadro de transportadores e atender a população de todo o Estado, fará um novo processo licitatório com o objetivo de preencher 645 vagas na categoria Complementar. As apresentações das propostas individuais acontecem neste mês de agosto, no Ginásio do Sesi, no bairro do Trapiche. Segundo o presidente do Sindicato dos Transportadores Complementares, Roberval Lagoa, o Pleno do Tribunal de Justiça de Alagoas decidiu negar à cooperativa provimento ao agravo regimental interposto pelo sindicato que pedia a retificação do edital de licitação. Com a decisão, a cooperativa entrou com um recurso no STJ. “Além disso, estamos no aguardo do parecer do presi-

Desde a assinatura dos contratos, a fiscalização da Arsal, em parceria com a Polícia Militar foi intensificada

dente do TJ referente a um recurso especial. Esperamos que a decisão seja revista e a categoria está esperançosa para que o julgamento na Corte máxima seja favorável. Mas, enquanto isso não acontece, já estamos nos mobilizando para ingressar com uma nova ação para impedir a segunda etapa da licitação que irá deixar vários transportadores de fora”, colocou. A categoria explica que o direito de participar da licitação é constitucional e cita a Lei Federal 12.690/12, que reforça o direito das cooperativas de trabalho de participarem das licitações. O artigo 10 dessa lei, segundo os transportadores, prevê expressamente que a cooperativa não poderá ser impedida de participar de procedimentos de licitação

pública que tenham por escopo os mesmos serviços, operações ou atividades previstas em seu objeto social. Para o sindicato, a decisão do Tribunal em manter a licitação sem a participação do sindicato é inconstitucional. FISCALIZAÇÃO Segundo a Arsal, após a conclusão da licitação, é observada uma maior eficiência e segurança para os usuários, além do maior conforto, já que agora aqueles que utilizam diariamente o sistema contam com uma frota de cinco empresas de ônibus e 800 veículos complementares licitados, após cumprirem todas as exigências do edital, a maioria visando a segurança e o bem-estar dos passageiros. Com veículos novos – foi exigido o

tempo máximo de sete anos de uso - e motoristas qualificados, ganham os milhares de usuários transportados diariamente. Para a permissão da exploração do serviço complementar, também contaram pontos para avaliação critérios como: experiência de carteira de motorista classe D ou superior; experiência com transporte de passageiros; participação em cursos voltados à área; e veículos providos de acessibilidade. O presidente da Arsal, Waldo Wanderley disse que quando a agência foi criada, em 2001, as vans irregulares que faziam o transporte intermunicipal de passageiros se proliferavam em Alagoas. “O cenário era de tumulto e insegurança para os usuários, então, em uma

tentativa de organizar o setor na época, a Arsal realizou um cadastro desses transportadores. Hoje, anos depois dessa medida, comemoramos o fato de termos um sistema totalmente ordenado e legalizado”, destacou. Desde a assinatura dos contratos, a fiscalização da Arsal, em parceria com a Polícia Militar (PM/AL), foi intensificada em todo o Estado, principalmente nas áreas onde existe maior número de clandestinos, com o objetivo principal de assegurar os direitos dos transportadores complementares contemplados na licitação. A fiscalização, que também foi reforçada na capital, em conjunto com a Superintendência Municipal de Transporte e Trânsito (SMTT), é de extrema importância para a segurança dos passageiros já que, além de coibir o transporte clandestino, verifica o estado dos veículos, a utilização de itens de segurança, a qualificação do condutor, excesso de passageiros, entre outros itens. As operações, que ocorrem em pontos fixos e volantes, podem resultar desde autuações até o transbordo de passageiros e a apreensão do veículo. Com a intensificação da fiscalização, o número de autuações envolvendo veículos do transporte convencional (ônibus), complementar (vans autorizadas) e clandestino (vans não autorizadas e táxis lotação) aumentou em todo o Estado, resultando em mais segurança para os usuários do transporte rodoviário intermunicipal. Para informações, reclamações ou sugestões, os usuários do sistema podem ligar gratuitamente para 0800-284-0429 (Ouvidoria Arsal) ou fazer o registro na página eletrônica www.arsal.al.gov.br.


6

Alagoas Expresso

OPINIÃO

Anotações à atual política econômica CIRO GOMES* Deu nos jornais da semana, ao mesmo tempo: nível de crescimento despenca 1,4%, inflação pelo IPCA cede, mercado revê para baixo expectativa de crescimento para o ano de 2013, governo vai cortar 15 bilhões de reais em seus investimentos e Banco Central eleva a taxa de juros. Como entender o que está acontecendo? O BC enxerga neste momento uma inflação de demanda? A demanda, agregada ou não, que se atinge com restrição ao crédito e corte de investimentos públicos, está superaquecida? Estaríamos com nossa capacidade instalada na indústria totalmente ocupada? Ou assim como na política o governo está perdido que nem cachorro caído de caminhão de mudança? Parece-me infelizmente que a segunda constatação explica melhor a gestão de nossa economia nestes tempos. Nos anos Lula, o salário mínimo elevou-se de 70 e poucos dólares para mais de 300, a proporção do volume de crédito em relação ao PIB subiu de ridículos 13% para algo ao redor de 50%. Somadas a uma consolidação e expressivo incremento das políticas de proteção social, essas medidas trouxeram 23 milhões de indivíduos à pequena classe média. Esses três movimentos se exauriram. Sobra oferta de dinheiro na praça e a inadimplência alta revela os limites da tomada de crédito. A alta dos salários sem ganhos de produtividade doravante será mais difícil de se visualizar. Não será com políticas sociais compensatórias, ainda que justíssimas num país de tanta iniquidade como o nosso, que o Brasil alcançará um futuro de desenvolvimento. No ponto em que estamos, o desafio que se impõe exige definições e alguma audácia. Da mão para a boca já fomos longe demais. A primeira definição, que parece trivial, mas não é, deve ser a clareza de nosso objetivo estratégico: crescer a taxas mais altas possíveis. E administrar as tensões, contradições e tarefas – enormes tarefas – daí advindas. Todos os bancos centrais de países minimamente sérios são mandatados para perseguir a menor inflação a pleno emprego. Só o do Brasil tem um mandato exótico de perseguir a menor inflação atirando de canhão em andorinha. Assim temos que o objetivo estratégico do Brasil é tabelar a inflação com um a dois anos de antecedência e submeter todas as outras variáveis – emprego, salário, taxa de crescimento, portanto, a esta meta. O crescimento econômico entre nós, legado da era FHC mantido e endeusado pelo PT e seu sócio, o PMDB, é um mero efeito colateral. Quando emprego, renda, crédito e proteção social se expandiam, a tragédia do baixíssimo crescimento se mascarava. Agora não dá mais. Para já, seus efeitos se fazem acontecer e não só nas expectativas. A única ameaça concreta de inflação vem daí. Dado o déficit, a demanda por dólar explode. Crescendo a demanda por dólar, seu preço em real aumenta. O povo não compra dólar, mas come pão. Pão é trigo e trigo é dólar. Assim como passagem de ônibus, que é diesel, que é petróleo, que é dólar. Assim como remédio, que é química fina, 85% da qual o Brasil importa e paga... em dólar. Como a taxa de juros elevada ataca este problema? Como a facilitação de entrada de capitais especulativos de curtíssimo prazo ajuda? A este filme já assisti. Fernando Henrique fez para ganhar a reeleição em 1998. E em janeiro de 1999 o real explodiu. Para a presidenta Dilma falta muito tempo! * Ciro Gomes é advogado, professor universitário e político brasileiro

Maceió, 02 a 08 de agosto de 2013

O impasse da Vila dos Pescadores O impasse de quase uma década continua. A desocupação da Vila dos Pescadores, em Jaraguá, nao deve acontecer tão cedo. A confirmação veio durante audiência pública realizada na semana passada, no auditório da Procuradoria da República em Alagoas. A Prefeitura alega o fim do prazo para a implantação de um projeto de reurbanização da área, que seria voltado ao trabalho dos pescadores e não mais a moradias, havendo a possibilidade de ter que devolver 24 milhões destinados pelo Governo Federal para a obra, enquanto que muitos moradores se recusaram a aceitar a mudança para o conjunto habitacional construído pela Prefeitura de Maceió no Sobral. A intenção da Prefeitura era construir 450 moradias para os pescadores, mas o clima de guerra fria persiste. O projeto de uma marina turística no local era um dos ‘sonhos’ do ex-prefeito Cícero Almeida, para melhorar o visual da cidade. Mas, a Vila dos Pescadores está no Jaraguá há mais de 80 anos e se confunde com o próprio processo histórico da Capital. Entre os problemas enfrentados pela

comunidade local está a falta de saneamento e as construções precárias. No entanto, há quem defenda uma ‘revitalização’ que mantenha os moradores na vila. Um dos motivos da resistência dos pescadores é a distância do conjunto habitacional do local onde eles precisam trabalhar. No entanto, os casos de violência na Vila dos Pescadores se intensificam, bem como o tráfico de drogas. Crianças correm livremente, expostas a doenças. O espaço é disputado por bares e pequenos estabelecimentos, onde é comercializado o pescado. De um lado, estão os pescadores, que desejam apenas ficar perto da sua fonte de sustento e nao querem simplesmente ser esquecidos em apartamentos minúsculos, que apesar de apresentarem melhores condições, não contemplam os anseios da comunidade. Do outro, o desejo da Prefeitura em acabar com a imagem que ‘enfeia’ a paisagem do bairro histórico, dividindo espaço com os grandes eventos realizados nas imediações e com as moradias dos mais abastados. É o caos em meio à urbanização. Mas, que pena que esse não é o único contraste social que vemos em Maceió.

alagoas expresso EXPEDIENTE Premissa Comunicação e Eventos Ltda CNPJ 17.259.098/0001-07

Tiago Uzeda Diretor-Geral

Emanuelle Oliveira Editora-Geral

Jornal do Commércio Impressão

Endereço: Avenida Deputado José Lages, 850 - Ponta Verde - Maceió - Alagoas E-mail: redacao@alagoasexpresso.com.br - Fone: 3034.1651


Alagoas Expresso

CIDADES

Maceió, 02 a 08 de agosto de 2013

7

Maceió Mais Saúde: Prefeito empossa simbolicamente concursados da Saúde Serão convocados 875 aprovados no último concurso realizado pela Prefeitura de Maceió SECOM Maceió O prefeito de Maceió, Rui Palmeira e o vice-prefeito, Marcelo Palmeira, participaram nesta quinta-feira (1º) da solenidade de posse simbólica de mais de 200 novos servidores da Secretaria Municipal de Saúde. A cerimônia aconteceu no Centro Cultural e de Exposições Ruth Cardoso e contou com a presença de 244 servidores aprovados no último concurso e nomeados a partir de junho, dentro do “Programa Maceió Mais Saúde” – conjunto de ações de reestruturação da saúde pública municipal. No total serão 875 convocados distribuídos em 33 cargos das áreas administrativas no cronograma de nomeações iniciado em junho e a ser encerrado em setembro. Acompanhado dos secretários municipais de Saúde (SMS), João Marcelo Lyra, da Administração, Recursos Humanos e Patrimônio (Semarhp), Jaelson Gomes, do presidente da Câmara Municipal, Chico Filho; o prefeito recepcionou e deu as boas-vindas a todos os aprovados no último certame. O prefeito ressaltou e convocou os novos servidores na tarefa de reverter o quadro da saúde da capital, com a meta de reestruturar os serviços ofertados à população pelo Sistema Único de Saúde (SUS). “Saúdo a cada novo servidor pelo empenho em dedicar-se a melhorar à saúde pública de Maceió. Cada um de vocês conseguiu esta importante vitória por mérito, com a responsabilidade e a missão de intensificar os trabalhos para transformar a saúde da capital”, disse Rui Palmeira. Já o vice-prefeito, Marcelo Palmeira, congratulou os aprovados e ressaltou o desafio conjunto de reerguer a saúde de Maceió. “A saúde de Maceió é um desafio de todos que estão na administração pública. Agora, contamos

Fotos: Marco Antonio/ASCOM

com todos para contornar os problemas da saúde”, disse o vice-prefeito. Na oportunidade, também estiveram presentes os secretários Carlos Spergiorin, do Controle Interno; Mac Lira, da Habitação e Saneamento; Adriana Toledo, do Gabinete do Prefeito; Renata Fonseca, da Finanças; além dos vereadores Eduardo Canuto, Tereza Nelma e Silvânio Barbosa. CAPACITAÇÕES Na ocasião, o secretário de saúde, João Marcelo Lyra, reforçou que muitos servidores já estão trabalhando desde junho passado. “Alguns médicos não compareceram, pois já estão atuando em suas funções nos postos de saúde. É um compromisso assumido em estar próximo do cidadão”, afirmou o secretário. Conforme informou, capacitações e treinamentos serão desenvolvidos para integrar o nosso servidor sobre o funcionamento administrativo e executivo da secretaria de Saúde. Para o presidente da Câmara Municipal, Chico Filho, o trabalho destes novos servidores será de grande valia para quem precisa dos serviços públicos de saúde. “A nomeação dos servidores resulta em um saldo muito positivo para a saúde da população maceioense”, detalhou o presidente. Entre os cargos preenchidos, estão os agentes de gestão e administrativos, auxiliares de enfermagem, enfermeiros, dentistas e médicos de várias especialidades, como pediatra, geriatra, gineco-obstetra, pneumologista e psiquiatra, entre outras. NOVOS SERVIDORES Posse dos concursadosUm dos nomeados, Ronaldo Acioli assumiu um dos cargos destinados a agente de gestão. Formado em análise de sistemas e administração, ele contou sobre a respon-

Solenidade de pose foi realizada com a presença do vice-prefeito e do secretário de saúde de Maceió

sabilidade de prestar o melhor serviço possível na secretaria de Saúde. “Estou no cargo desde o início de junho, e é com muita satisfação que posso dar um retorno mais imediato para quem utiliza os serviços da saúde pública de Maceió, com base no aprimoramento e melhorias constantes”, comemorou. MACEIÓ MAIS SAÚDE As nomeações integram o pacote de ações do Programa Maceió Mais Saúde, que engloba ainda a reforma de 35 Unidades e reestruturação do PAM Salgadinho, com investimentos totais de R$ 12 milhões. O Programa inclui também a gestão das duas Unidades de Pronto Atendimentos (UPA) juntamente à União e governo do Estado com contrapartida de R$ 700 mil. A prefeitura ainda providenciou a cessão dos dois terrenos (no Trapiche e Benedito Bentes) onde serão construídas as duas Unidades de Pronto Atendimento (UPAs).

Rui Palmeira ressaltou a importância de investimentos na área


8

Alagoas Expresso

ECONOMIA

Maceió, 02 a 08 de agosto de 2013 Foto: Agência Alagoas

LiderançaCorporativa Marcelo Homci* - www.zettacoaching.com.br

Viva com Mais S.O.R.R.I.S.O! Sempre falo que as relações no trabalho possuem eco assim como em qualquer área de nossas vidas. Cedo ou tarde você recebe de volta o que emite. Então, se quer encontrar alegrias no seu caminho, que tal distribuir sorrisos? Com base nisso criei um acróstico com as letras da palavra sorriso e o compartilho a seguir para sua reflexão. Sentido – entenda a fundo o que move seus pensamentos. Faça com que este autoconhecimento possa ser o início de sua trilha rumo ao sucesso. Encontre uma razão para fazer o que faz e para conquistar suas metas. Otimismo – ser uma pessoa positiva mesmo quando os desafios parecem muito difíceis vai lhe dar mais força para superá-los. Pessoas otimistas conseguem manter a calma e a clareza necessárias para percebercomo podem vencer seus problemase, além disso, geram harmonia ao seu redor o que atrai admiração e ajuda. Resiliência – é a arte dos que nunca desistem. Cair e não ficar caído, perder e não ser derrotado! Ser resiliente é se recuperar sempre apesar de qualquer adversidade. Para gente vitoriosa assim o lema é “não importa o que fazem com você. O que importa é o que você faz com o que fazem com você!”. Responsabilidade – o maior poder que alguém conquista é a consciência de que as rédeas de sua vida repousam única e exclusivamente em suas mãos. Colocar a culpa na empresa pelo seu salário e sua carreira, não fará você conseguir aumento nem promoção... Assuma o controle sendo proativo e empreendedor. Intensidade – viva com fervor seus sonhos e sempre trabalhe com determinação para alcançá-los. A força e o ritmo do seu caminhar é que ditam o tamanho da sua jornada. Solução – seja uma pessoa solucionadora problemas. Assim todos vão querer estar perto de você ou ter você como referência. Ousadia –Que tal ser criativo e procurar novas formas de crescer todos os dias? Ouse ser a diferença positiva na sua própria vida. Quem não ousa, não vive! Finalizando, sugiro que você se afaste de pessoas pessimistas e negativas. Se for preciso, fale para elas algo que sempre digo aos “urubus” de plantão quando quero melhorar o clima do ambiente: “Volta pro mar oferenda!” Eu desejo que você viva com maisS.O.R.R.I.S.Oe que tenha uma semanade alegrias. * Marcelo Homci é palestrante, coach de executivos e instrutor de coaching.

“Já temos um novo Detran em termos de atendimento e de serviços” Afirmou Vilela

Governador visita obra da nova sede do Detran Obra, iniciada em fevereiro, será concluída em março de 2014 Agência Alagoas O governador Teotonio Vilela e o diretor presidente do Departamento Estadual de Trânsito de Alagoas (Detran/ AL), Lucio de Melo visitaram, nesta quinta-feira (01), a obra da nova sede do órgão, localizada no bairro do Tabuleiro do Martins, próximo à Polícia Rodoviária Federal. O objetivo da visita foi acompanhar o andamento da obra de reforma, ampliação e construção do espaço. Na ocasião, o governador do Estado falou da expectativa para inaugurar a nova sede em março de 2014. “É importante lembrar que o novo Detran está em funcionamento nas antigas instalações, já temos um novo Detran em termos de atendimento e de serviços”, explicou. Vilela lembrou ainda que os

serviços oferecidos pelo órgão podem ser realizados virtualmente. “O Detran de Alagoas já presta serviços hoje com mais conforto, celeridade e economia para os alagoanos. Todos esses serviços também são oferecidos para quem tem acesso online. O Detran de Alagoas de hoje já é referência para o Brasil”, concluiu. Iniciada em fevereiro deste ano, a obra no imóvel, que tem 40 mil metros quadrados, está orçada em torno de R$ 25 milhões. Para o diretor presidente do Detran/AL, Lucio de Melo, a mudança para o novo prédio tem como finalidade melhorar a infraestrutura e proporcionar mais conforto e segurança aos usuários e servidores. NOVA SEDE Para atender as necessida-

des do Detran, a nova sede será composta por um prédio central, seis anexos, uma área de convivência arborizada para aulas ao ar livre e estacionamento, que já está pavimentado. Na distribuição dos blocos, funcionarão os setores operacionais do departamento, tais como setor de veículos, setor de infrações, educação e habilitação. O espaço contemplará agência bancária, praça de alimentação, auditório para 220 pessoas, sala de treinamento para servidores e instrutores dos Centros de Formação de Condutores (CFCs) e galpões para atender o serviço de vistoria de carros e caminhões. O projeto foi construído a partir das necessidades expostas por cada setor, visando ajudar na definição do formato dos seus respectivos locais de trabalho.


Alagoas Expresso

MODA

Maceió, 02 a 08 de agosto de 2013

TREND Aline e Tristanna Baltar - www.blogdablueberry.com

Colete de pelo Os casacos e coletes de pelo fake vieram para ficar! As peças caminham junto à tendência étnica e têm uma pegada hippie chic. Ele é perfeito para um dia friozinho. Mas, na hora de usá-lo, é importante equilibrar o look, já que são peças muito volumosas. “Evite tecidos e estampas que briguem pela atenção com ele. A calça cigarrete è uma boa aposta, pois é, sequinha no corpo.” A top brasileira misturou colete de pele com tênis para montar uma produção nem tão casual e nem tão chique. A blueberry trouxe para vocês essa peça desejo que não pode deixar de ter.

9


10

Alagoas Expresso

DECOR

Maceió, 02 a 08 de agosto de 2013

DECOR Laura Amaral - amarallaura@ig.com.br

Bolos de casamento Esta semana resolvi trazer para vocês uma seleção de alguns bolos de noiva que fizeram parte de decorações minhas nos últimos meses. O bolo, é uma grande atração na festa, todo mundo vai até a mesa aprecia-lo e por isso cada vez mais as noivas estão mais exigentes na escolha do modelo e tamanho. O modelo mais usado é o redondo e com 3 andares no mínimo para dar efeito. Os modelos geralmente são as noivas que escolhem de acordo com cada gosto , mas há aquelas festas que exigem um bolo mais especifico e adequado para

a situação. A cor geralmente usada é o branco, tradicional, mas há que opte pelo off white, bege ou até mesmo colocam uma cor da decoração em detalhes. O cenário para abrigar o bolo também é muito importante pois é o local onde os noivos e familiares se reunem para a foto tradicional, por isso procuro sempre nas minhas decorações dar um maior destaque a este espaço no ambiente do casamento. Até a próxima semana, Laura.

Cenário do bolo e doces, local escolhido para a tradicional foto dos noivos familiares na festa.

Bolo de poá branco e rosas de organza e renda renassenca. Um luxo!

Bolo de 09 andares todo decorado com mini rosas de biscuit. Por Marli e Raquel.

Bolo de 4 andares com aplicação de rosas e laços.

Bolo lindo de 5 andares com acabamento em flores e rendas.


Alagoas Expresso

CULTURA

11

Foto: Divulgação

Maceió, 02 a 08 de agosto de 2013

Picadeiro e magia: ‘Marcos Frota Circo Show’ promete encantar público Circo de ator global será montado no estacionamento do Shopping Pátio Maceió, no Tabuleiro Da editoria Hoje tem espetáculo? Tem sim senhor! As surpresas por trás da lona do Grande Circo Popular do Brasil prometem fazer o público alagoano viajar num fantástico mundo encantado em meio a palhaços, equilibristas, malabaristas, contorcionistas e mágicos. Não há registro na história da humanidade de algo com maior capacidade de fascínio e permanência do que o circo. Nas crianças, estimula o espírito lúdico, o sonho, a fantasia, o encantamento; Nos adultos, reanima emoções adormecidas e resgata a paixão pela vida. A todos, o circo apaixona.

Há vinte e um anos na estrada, o Grande Circo Popular do Brasil, criado pelo ator Marcos Frota percorre o país levando autêntica alegria, que extrapola o picadeiro e se ramifica nas comunidades através de programas sociais e educacionais. Acreditamos neste universo de possibilidades. Um novo olhar atravessa o picadeiro e recoloca o circo ao lado dos outros segmentos artísticos, discutindo a cultura e a arte brasileira através de diversas proposições e realizações como a formação de um novo público de circo revitalizado e de uma geração de artistas (ampliação do mercado de trabalho); a conquista de novos e nobres espaços para o

circo; e a criação e implantação de primeira Universidade Livre do Circo no Brasil com o apoio da UNESCO, UNICEF e em parceria com o Ministério do Esporte e do Turismo. Mais de 16 milhões de pessoas já assistiram às performances dos artistas deste circo, que já se apresentou durante o carnaval do Rio de Janeiro e na cidade montada para o Rock in Rio III e teve aparições em novelas e filmes, bem como no projeto Criança Esperança. Com figurino de Sônia Roveri, produção artística de Paola e Lucilene Junqueira e produção executiva de André Felipe, a academia Unicirco ramifica as artes circenses e cênicas para o maior número de pessoas

possível. A convite do Shopping Pátio Maceió, o ator global, Marcos Frota, traz o espetáculo circense “Marcos Frota Circo Show”. O ator Marcos Frota, famoso por papeis em novelas da Rede Globo, conta dos 150 profissionais envolvidos, desde os palhaços e malabaristas aos seguranças e zeladores. Afora, o aplauso do público acaba se tornando a motivação para seguir em frente com estes programas sociais e educacionais levados pela universidade pioneira, junto com o picadeiro e a lona de mais de 2 mil m². O lançamento das apresentações acontece nesta sexta-feira (02), às 21h, no estacionamento

do Shopping. O espetáculo promete encantar o público com atrações que envolvem teatro, música, palhaços, trapézios, malabarismo e mágica. SERVIÇO: MARCOS FROTA CIRCO SHOW

Local: Shopping Pátio Maceió Horário: Terça a Sexta-feira - 20 horas Sábado - 15, 18 e 21 horas Domingo e Feriado 10, 15, 18 e 21 horas Ingressos: Vão de R$10 a R$ 30, vendas no próprio circo e no shopping Informações: (82) 3311-4444


12

Alagoas Expresso

NACIONAL

DaRedação redação - redacao@alagoasexpresso.com.br

NOVO PROCURADOR NA ALE O advogado Fábio Ferrario será o novo chefe da Procuradoria Geral da Assembleia Legislativa de Alagoas (ALE), informação publicada nesta quinta-feira (01), no site da ALE. A nomeação será publicada no Diário Oficial desta sexta-feira, (02). Ele substitui o ex-procurador Marcos Guerra, que saiu recentemente do cargo, diante da crise enfrentada pela Mesa Diretora da ALE, devido a denúncias de irregularidades na folha de pagamento de 2011. DENÚNCIAS NA ALE O presidente da Assembleia Legislativa de Alagoas (ALE) afirmou, durante sessão realizada nesta quinta-feira (01) que a Mesa Diretora irá protocolar, junto ao Ministério Público Estadual e à Receita Federal, na segunda-feira (05), todas as explicações acerca das denúncias feitas pelo deputado João Henrique caldas sobre pagamentos indevidos à comissionados.

Maceió, 02 a 08 de agosto de 2013

MAGISTRADOS E POLÍTICOS SE UNEM CONTRA BARBOSA

Objetivo é pressionar o Supremo para derrubar uma liminar Brasil247 O comportamento do presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Joaquim Barbosa, tem desagradado a gregos e troianos. Nesta quinta-feira 1º, um ato público no Senado reuniu políticos, representantes de magistrados e juízes contra uma liminar do ministro que suspende a criação de quatro novos tribunais regionais federais no País. O objetivo principal é pressionar o Supremo para derrubar a liminar, concedida durante o recesso judiciário unica-

mente por Barbosa, que já havia se posicionado contra a proposta dos TRFs. Promovido pela Frente Parlamentar Mista de Criação dos quatro TRFs, o ato foi marcado por duras críticas a Barbosa. Para o deputado André Vargas (PT-PR), presidente da Câmara em exercício, ele “não se comporta” como um presidente de poder. “É muito estranho que o presidente do CNJ ou que o STF dê guarida a uma medida liminar ou Adin (Ação Direta de Inconstitucionalidade) que evita uma democratização

MEIA PASSAGEM O juiz Claudio José Gomes Lopes concedeu liminar obrigando o município de Maceió, a Superintendência Municipal de Transporte e Trânsito (SMTT) e a Associação dos Trabalhadores de Passageiros do Estado de Alagoas (Transpal), a fornecer o cartão eletrônico de passe estudantil (meia passagem) aos alunos de pós-graduação, mestrado e doutorado. A decisão aconteceu mediante uma ação civil pública interposta pelo defensor Ricardo Melro, do Núcleo de Direitos Difusos e Coletivos da Defensoria Pública do Estado, depois da crescente demanda de ações ajuizadas individualmente. CANAL DO SERTÃO A obra do Canal do Sertão terá mais R$ 80 milhões. A notícia foi dada pelo ministro Fernando Bezerra ao governador Teotônio Vilela. Desse dinheiro, R$ 42 milhões são para a terceira etapa e R$ 38 milhões para iniciar a quarta etapa. O Canal do Sertão é a maior obra hídrica do Nordeste e está em operação desde janeiro desde ano, com projetos de irrigação na região e abastecendo várias cidades. TRANSFERÊNCIA NEGADA O juiz da comarca de Traipu, Alberto Almeida, negou, nesta quarta-feira (31), o pedido de transferência do ex-prefeito Marcos Santos da cela especial no Baldomero Cavalcante para para a Academia da Polícia Militar. Santos foi preso no último dia 24, acusado de ser o autor intelectual da morte do ex-secretário do município, Valter Palmeira.

Joaquim Barbosa tem dado declarações polêmicas

do Poder Judiciário. Nós temos que conversar com os ministros. Derrubar essa liminar é ampliar a Justiça para os brasileiros”. Presidente da frente, o deputado Amauri Teixeira (PT-BA) disse que a liminar que suspende a instalação dos TRFs “não colabora com o estado democrático de direito” e foi tomada de forma “equivocada”. “O presidente do Supremo fez ameaças, chantagem, usou números que não são verdadeiros”, ressaltou Teixeira. Outro crítico foi o senador Sérgio Souza (PMDB-PR), que também integra o colegiado. Segundo ele, “todos nós sabemos que Barbosa tinha um lado nessa causa”. O presidente do STF já era crítico ferrenho da proposta antes de julgar a ação. Uma importante representante dos magistrados presente no ato foi a subprocuradora-geral da República, Raquel Dodge, que em defesa dos novos tribunais, ressaltou que é preciso diminuir o acúmulo de processos e que já há prescrições devido à enorme quantidade de trabalho. “Onde não há juiz, dificilmente o cidadão tem os seus direitos assegurados. Se os tribunais e juízes estão acumulados de processos, o acesso à Justiça fica comprometido. O desenho atual dos tribunais não atende às necessidades”, defendeu. Na liminar concedida por Barbosa durante o recesso, o presidente do Supremo justifica que a proposta teria que partir do Judiciário, e não do Legislativo, como ocorreu, e que haverá um gasto de R$ 8 bilhões para a criação dos tribunais em Curitiba (Paraná), Belo Horizonte (Minas Gerais), Salvador (Bahia) e Manaus (Amazonas). Os parlamentares rebatem o número, afirmando que o custo anual pode ser de apenas R$ 512 milhões, com base num estudo do Ipea.


Alagoas Expresso

SAÚDE

Maceió, 02 a 08 de agosto de 2013

13

12 motivos para ir ao dentista Lisiane Torres* Você sabia que fugir do dentista pode lhe causar muita dor de cabeça? Isso mesmo, adiar sua visita com desculpas de só irá prejudicar o seu sorriso e a sua saúde. Veja abaixo, alguns de uma infinidade de motivos para se ir ao dentista regularmente: 01- Manter a saúde do corpo: uma boca bem cuidada reflete na saúde de todo o corpo. Uma má mastigação ou mesmo uma mordida errada podem ocasionar desde dores de cabeça até problemas cardíacos. 02- Reconquistar a auto-estima: manter um sorriso saudável e harmonioso é uma boa maneira de você ficar bem consigo mesma. Gostando mais de sua aparência, você estará mais segura para enfrentar a vida.

03- Prevenção: prevenir cáries, doenças periodontais e mau hálito evita problemas futuros no cuidado com os dentes e gastos em longos tratamentos. Um check up periódico não deixa que os problemas se avolumem. 04- Manter os dentes limpos: uma higienização bem feita depende da escovação dos dentes e da língua, do

uso de fio dental, de anti-sépticos bucais (consulte seu dentista para saber qual o anticéptico adequado), garantindo a não-formação da placa bacteriana, de cáries e tártaro. 05- Substituir restaurações: suas antigas restaurações feitas em amálgama, por resinas mais atuais que são estéticas e duradouras. 06- Colocação de prótese: os implantes e as próteses possibilitam a substituição de um ou mais dentes perdidos, melhorando a mastigação, estética e fonética. 07- Corrigir a posição dos dentes: dentes tortos, além de serem esteticamente feios, diminuem o rendimento mastigatório, causam dores de cabeça e ouvido, prejudicam a fonética, entre outros problemas. 08- Perder o medo: dentista não é mais sinônimo de dor. Hoje, o tratamento dentário é muito mais eficaz e rápido. 09- Evitar problemas cardíacos: quase ninguém sabe, mas as bactérias do tártaro dental podem atacar o coração. A endocardite bacteriana, um tipo de problema cardiológico decorrente de processos infecciosos, pode ter origem na cavidade oral e causar a proliferação de bactérias nocivas ao

organismo. 10- Não ter dor de dente: a melhor solução para a dor de dente é a prevenção. Visitas periódicas ao dentista, mesmo sem a existência de qualquer sintoma, podem detectar o problema desde cedo, garantindo o sucesso do tratamento. 11- Incentivar seus filhos: as crianças devem freqüentar desde cedo o dentista. Dessa maneira, elas mantêm a saúde bucal e criam o hábito, combatendo a “odontofobia”. 12- Ter um sorriso bonito e saudável: um sorriso bonito rejuvenesce as feições, aumenta auto-estima e melhora a fonética

* Dra. Lisiane Torres Odontologia Estética e Prótese Dentaria CRO-2779 Norcon Empresarial Av. Comendador Gustavo Paiva, 2789 (Em frente ao Shopping Maceió), Sala:1008. Telefone: 9318-1142 / 3031-5017

Foto: Internet

Check up periódico pode evitar cáries, mau hálito e outros problemas odontológicos


14

Alagoas Expresso

TURISMO

Maceió, 02 a 08 de agosto de 2013

Os caminhos do Cangaço: Conheça a história de Lampião no Sertão de AL No município de Piranhas é possível visitar o local onde Lapião e seu bando foram mortos Redação Uma excelente opção de passeio une o ecoturismo à história do sertão nordestino, do final do século XIX e começo do XX - a saga de Lampião. Os visitantes que gostam de se aventurar por trilhas, podem desfrutar o

passeio pela Rota do Cangaço, em Xingó, oferecido pelo Cangaço Eco Parque. A Rota do Cangaço segue os últimos vestígios de Lampião, Maria Bonita e seus companheiros, até o local em que foram capturados e mortos, no ano de 1938. Para fazer este passeio, uma das opções é sair

de catamarã do centro histórico de Piranhas e percorrer as águas do São Francisco até o povoado de EntreMontes, chegando ao Cangaço Eco Parque, na fazenda Angicos. O município alagoano de Piranhas é considerado Patrimônio Histórico Nacional e fica na divisa com Canindé do São Francisco (Sergipe), de onde saem os catamarãs que levam ao Cânion do Xingó, um dos principais pontos de visitação do Estado. A Rota do Cangaço começa no atracadouro de Piranhas, com um passeio pelo leito do Rio São Francisco. A primeira parada é no vilarejo EntreMontes, conhecido pelo trabalho das bordadeiras de redendê, herança artesanal local.

D e vo l t a a o c a t a m a r ã os visitantes seguem para o Restaurante Angicos, de onde sai a trilha até o local onde Lampião, Maria Bonita e mais nove cangaceiros morreram numa emboscada. Uma espécie de vagão de bondinho, puxado por um trator, vai até o início da trilha. Daí em diante, caminha-se cerca de 720 metros por uma vegetação preservada até a Grota do Angico, local que abriga um memorial da morte de Lampião e outras figuras históricas do Cangaço. Todo o percurso é acompanhado por guias locais. A Grota do Angico era um local de difícil acesso naquela época, por isso considerado seguro por Lapião e seu bando. Após matarem o rei do cangaço

e parte do bando, os policiais cortaram as cabeças dos jagunços e as deixaram expostas na escadaria da Prefeitura de Piranhas, o que originou uma foto emblemática do massacre. No lugar onde tudo aconteceu, foram colocadas cruzes e uma placa com os nomes dos cangaceiros e de Adrião, o único soldado morto no confronto. Voltando da trilha, já no Cangaço Eco Parque, os visitantes podem se refrescar nas águas do Velho Chico e relaxar na sombra debaixo das mangueiras. Além do ecoturismo como a Rota do Cangaço, as margens do rio São Francisco ainda oferecem outras opções de lazer, como arvorismo, passeio a cavalo e loja de artesanato. fotos: clandestinos.org

A Rota do Cangaço segue os últimos vestígios de Lampião

O calmo e rico São Franscisco

O ecoturismo também movimenta a região


Acesse:

www.achadao.al ano I | edição 022

cursos & empregos imóveis automóveis variados concursos

AUTOMÓVEIS CHEVROLET Agile LTZ 2010 1.4, verde, 4 portas, flex, completo. Tel. 32028023 Astra Hatch ADV 2.0 2009 2.0, prata, 4 portas, flex, completo. Tel. 3202-8027 Celta 2004 1.0, braco, gasolina, 4 portas, Ar. Tel. 3324-1304 Celta 2004 1.0, prata, gasolina, 4 portas, Ar, TE e Alarme. Tel. 3311-7160 Celta 2010 1.0, cinza, 4 portas, flex, ar, te. Tel. 3202-8027 Celta 2010 1.0, prata, 4 portas, flex, ar e te. Tel. 3202-7939 Celta 2010 1.0, prata, flex, 4 portas, Ar, TE e Alarme. Tel. 33117160 Celta 2010 1.0, preto, flex, 4 portas, completo. Tel. 32027930 Celta 2011 1.0, prata, 4 prata, 4 portas, flex, completo. Tel. 32315110 Celta 2011 1.0, preto, flex, 4 portas, Ar, TE

e Alarme. Tel. 32027930 Celta 2012 1.0, cinza, flex, 4 portas, completo. Tel. 30314806 Celta Life 2002 1.0, prata, gasolina, 2 portas. Tel. 3202-8051 Celta Life 2008 1.0, preto, flex, 2 portas, Ar. Tel. 3202-7930 Celta Life 2008 1.0, vermelho, 4 portas, flex, ar. Tel. 3202-7939 Celta Life 2010 1.0, prata, flex, 2 portas, TE e Alarme. Tel. 3311-7160 Celta Spirit 2010 1.0, prata, 4 portas, flex, completo. Tel. 32315110 Celta Spirit 2010 1.0, preto, flex, 4 portas, completo. Tel. 32027949 Classic 2004 1.0, bege, gasolina, 4 portas, Ar, DH, TE e Alarme. Tel. 3031-4806 Classic 2012 1.0, cinza, flex, 4 portas, completo – VE. Tel. 3031-4806 Corsa 2009 1.0, cinza, flex, 4 portas, Ar, TE e Alarme. Tel. 3202-

7930 Corsa Maxx 2009 1.0, bege, 4 portas, flex, completo. Tel. 32315110

MOTOS BMW BMW GS 1200 R, 2011, Preta. R$ 58.000,00. Tel. 3216-8000

HONDA Cargo 125 KS, 2009, Branca. R$ 4.500,00. Tel. 3202-3656 | 93268320 CB 1000 R, 2013, Ve r m e l h r a . R $ 4 3 . 6 9 0 , 0 0 . Te l . 3216-8000 CB 1000, 2013, Branca. R$ 47.290,00. Tel. 3216-8000 CB 300 STD, 2011, Preta, R$ 9.500,00. Tel. 3202-3656 | 9326-8320 CBR 1000 FireBlade, 2009, Preta. R$ 46.000,00. Tel .32168000 CBR 1000 FireBlade, 2012, Vermelha. R$ 60.000,00. Tel .32168000 CBR 1000, 2007, Ve r m e l h r a . R $ 37.000,00. Tel. 32168000

CBR 250 R, 2012, Preta, R$ 14.500,00. Tel. 3202-3656 | 93268320 CBR 250, 2012, Azul. R$ 17.620,00. Tel. 3216-8000 CBR 600 F, 2013, Azul. R$ 36.910,00. Tel .3216-8000 Crosstourer VFR X 1200, 2013, Vermelha. R$ 83.000,00. Tel. 3216-8000 Fan 125 KS, 2009, Preta. R$ 4.000,00. Tel. 3202-3656 | 9326-8320 Hornet 600, 2011, Preta. R$ 27.500,00. Tel .3216-8000 NC 700 X, 2013, Branca. R$ 31.800,00. Tel. 3216-8000 Pop 100, 2012, Preta. R$ 4.200,00. Tel. 32023656 | 9326-8320 Shadow 750, 2011, Preta. R$ 25.000,00. Tel. 3216-8000 Titan 150 ESD Flex, 2011, Vermelhra. R$ 6.000,00. Tel. 32023656 | 9326-8320 Titan 150 EX Flex, 2012, Azul, R$ 7.000,00. Tel. 32023656 | 9326-8320 Titan 150 EX Flex,

Maceió, 02 a 08 de agosto de 2013

2012, Cinza, R$ 6.000,00. Tel. 32023656 | 9326-8320 Transalp XL STD, 2013, Branca. R$ 33.000,00. Tel. 32168000 V F R 1 2 0 0 , 2011,Vermelhra. R$ 68.500,00. Tel. 32168000 V F R Au t o m a t i c a 1200, 2011, Preta. R$ 55.000,00. Tel. 32168000 XR 250 Tornado, 2008, Laranja. R$ 7.500,00. Tel. 32023656 | 9326-8320 XRE 300, 2011, Preta, R$ 10.500,00. Tel. 3202-3656 | 9326-8320

DEDETIZAÇÃO

SUZUKI

Boulevard 800, 2007, Preta. R$ 19.000,00. Tel. 3216-8000 Boulevard 800, 2009, Preta. R$ 23.000,00. Tel. 3216-8000 GSX-R 1000, 2005, Amarela. R$ 30.000,00. Tel. 32168000 V-Storm 1000, 2009, Preta. R$ 30.000,00. Tel. 3216-8000

Nossos Serviços:

*Controle de pragas *Limpeza de caixa d`agua *Descupinização *Desrratização Trabalhamos com produtos sem cheiro

Contato: (82) 8844-2452 (82) 9127-5302

WALDIR


16

PUBLICIDADE

Alagoas Expresso Macei贸, 02 a 08 de agosto de 2013


Alagoas Expresso