Issuu on Google+

Kenshin

www.subarashinews.com.br

SUBARASHI

Depois de unos de espera os fãs do retalhador mais famoso do mundo dos animes poderá conferir o herói espadachin andarilho em carne e osso nos cinemas, você

não pode deixar de ler. E mais, a história da saga de Makoto Shishio a mais eletrizanteo do mangá e anime está de volta em uma série especial de OVAS. pg.3

SUBARASHI

Min 22º Máx 30º

São Paulo Segunda-Feira 30 de abril de 2012 Edição 37 - Ano 3

Hikonin Sentai Akibaranger

pg.5

Em uma nova empreitada a TOEI company lança uma nova série sentai batizada Esquadrão não-oficial Akibaranger

Takanori Aiba

Angeli em SP

O artista japonês Takanori Aiba criou comunidades em miniatura em árvores de bonsai, usando materiais como papel craft, plástico, resina acrílica e materiais do dia-a-dia.

Angeli ganha exposição em São Paulo no Itaú Cultural e João Montanaro comenta os trabalhos do cartunista. Leia nossa matéria e não perca essa exposição em São Paulo. pg.2

pg.2


30

www.subarashinews.com.br

SUBARASHI

Takanori Aiba

www.subarashinews.com.br

SUBARASHI

Kenshin, Kaoru, Yahiko, Sanozuke e companhia de volta em carne e osso

Conheça a incrível arquitetura em miniatura de Takanori Aiba

Takanori Aiba nasceu em 1953 em Yokohama, no Japão. Estudou japoneses tradicionais têxteis e roupas tingidas em Tóquio Zokei University. Construiu uma carreira primeiro como ilustrador freelance labirinto desde 1978. Seus trabalhos foram serializadas em labirinto “POPYE”, revista de moda japonesa de 10 anos. Fundou sua própria companhia, “Graphics Inc. e Criação”, em 1981. Expandir uma gama de sua carreira para um fabricante de conceito e diretor de arte para espaços arquitetônicos. A produção total de “Shin Yokohama Chinese Noodle Museu”, “Muse Du Petit Prince De Saint Exupery A Hakone”, “ NINJA AKASAKA “eram um dos seus principais works. Since de 2003, ele colocou sua mente para criar três obras de arte tridimensionais que combina seu conhecimento e experiência de ambos ilustrador labirinto e arquiteto. Em setembro de 2010, ele teve uma

exposição individual, “Aventuras dos olhos” em Kakiden Gallery, Tóquio Japão, com suas obras. Kazuko Todate, crítico de arte, fala sobre a nossa exposição, * 1 “Obras são criadas através de extraordinárias Aiba imaginações fantásticas e às vezes até quimérica. No entanto, eles não se parecem com sonhos impossíveis. Na verdade as pessoas acreditam que eles são verdadeiros edifícios e espaços porque Aiba representa não apenas o contorno, mas também todos os detalhes elaborados em cada um trabalha. Embora as pinturas são planas e bidimensional, Aiba cria imagens de o lado, para trás, e mesmo no interior dos edifícios. Aiba círculo de olhos ao redor, e às vezes intencionalmente vagar entre prédios no espaço. Seus olhos são como os de um pássaro ou como os de vento. “

você encontrará histórias incríveis e alguns personagens únicos. Essas obras não são apenas composições imaginárias, é realmente possível construir os parques de diversões. Murakami, que faz modelos Aiba, é também um engenheiro civil. Ele é um compartilhamento de sonhos realistas com Aiba. Os primeiros modelos do tipo bonsai parecer bonsai arte. Bonsai refletir o sentido tradicional da estética japonesa de expressar a grandiosidade da natureza em uma pequena planta em vaso. No entanto, a densidade de decoração e as histórias ricas de obras Aiba contêm tempos extraordinários e espaços que diferir do mundo bonsai determinada por fisiologia plantas.

* 2 “Se você explorar qualquer parte pequena de obras Aiba,

Cartunista Angeli movimenta São Paulo com sua exposição O cartunista Angeli é tema de uma exposição gratuita que fica em cartaz até o dia 29 de abril em São Paulo. No prédio do Itaú Cultural, na Avenida Paulista, os visitantes podem ver charges e quadrinhos de personagens criados pelo artista, que tem como alguns temas de seu trabalho comportamento, política e música. Angeli publicou seu primeiro

O Eiga.com divulgou as primeiras imagens da adaptação live action de Rurouni Kenshin (também conhecido como Samurai X), intitulada Rurôni Kenshin: Meiji kenkaku roman tan (Kenshin, o andarilho Crônicas de um Espadachim da Era Meiji). O longa é baseado na popular série de mangás de Nobuhiro Watsuki, ambientada nos primeiros anos da Era Meiji no Japão e conta a história de Kenshin Himura, um pacifico espadachim que prometeu nunca mais matar. A adaptação é dirigida por Keishi Ohtomo e Takeru. O elenco conta com Yû Aoi (Megumi Takani), Teruyuki Kagawa (Takeda), Yôsuke Eguchi (Saito), Takeru Sato (Kenshin), Emi Takei (Kaoru Kamiya), Munetaka Aoki (Sanosuke Sagara) e Taketo Tanaka (Yahiko Myojin). A Warner Bros irá lançar o filme em 25 de agosto de 2012. O Mangá Rurouni Kenshin, ganhou uma versão animada que aqui no Brasil chegou com o nome de “Samurai X”. O anime passou na TV aberta mais

desenho aos 14 anos. Ao longo do tempo, desenvolveu seu traço e se tornou um dos maiores cartunistas do país. Parte do material acumulado em cerca de 40 anos de carreira está na exposição, que além de charges e quadrinhos apresenta capas de discos, filmes e vídeos. A exposição “Ocupação Angeli” tem cerca de 800 obras espalhadas em um espaço de 120

metros quadrados. A curadoria selecionou pelo menos 20 temas e tipos de trabalhos – incluindo sexo (em uma área separada, para maiores de 18 anos), comportamento, política, música, charges, caricaturas, tiras de personagens e o mundo irreverente da revista Chiclete com Banana. Um vídeo feito com o artista para a exposição apresenta uma entrevista na qual ele fala de fatos marcantes em sua carreira. Um livro com desenhos e quadrinhos de Angeli, feito para o evento, será distribuído aos visitantes. A tiragem é limitada em 2 mil exemplares. A exposição fica aberta de terça a sexta-feira, das 9h às 20h, e aos sábados, domingos e feriados das 11h às 20h. A entrada é gratuita. O Itaú Cultural fica na Avenida Paulista, 149, perto da Estação Brigadeiro do Metrô.

Falta pouco para a edição 2012 do melhor evento de animes da América Latina Saiba mais sobre o Anime Friends 2012 um evento que reúne pessoas de todos os cantos do Brasil fantasiadas apaixonadas e fantasiadas de mangás que são os desenhos japonês de vários estilos, se você é um desses apaixonados pelos desenhos Japonês, não perca o Anime Friends em

2012. O evento já tem 8 anos e cada ano que passa o Anime Friends aumenta o seu público, pois a cada ano vem aumentando o numero de pessoas que se interessam pela cultura oriental e o evento é justamente para divulgar um pouco dessa cultura promovendo atividades divertidas entre as pessoas que gostam do universo dos mangás, animes e afins.

teve algumas partes sensuradas por questões de violencia. Agora o anime vai ganhar uma versão LIVE-ACTION que está prevista para estreiar dia 25 de agosto de 2012 no Japão. A caracterização dos personagens e os cenários estão muito fieis aos do Mangá/anime. E isto tem gerado uma alta expectativa dos fãs de Samurai X. Em março um programa de TV no Japão exibiu um documentário de 89 minutos intitulado de Hadaka ni shitai otoko sobre o ator Takeru Satoh e um fã editou / cortou a cena referente as gravações do filme em live-action do grande sucesso de mangás e animês, RUROUNI KENSHIN, o qual é uma adaptação assinada / dirigida por Nobuhiro Watsuki. A cena retirada do documentário traz o ator Takeru Satoh (Kamen Rider Den-O , Rookies , Beck , Ryōmaden e entre outros), de 23 anos, praticando seus movimentos como espadachim Rurouni Kenshin (Kenshin Himura) e gravando algumas cenas com sua parceira de filme, a atriz Emi Takei (18) que vive a heroína Kaoru Kamiya.

A estreia será em 25 de agosto deste ano, no Japão, mas os fãs do mundo todo estão na expectativa da estreia ocorrer mundialmente, não sei se já é um indício de tal possibilidade ocorrer, mas em março passado a página oficial do filme no YOU TUBE exibiu o último trailer oficial com legendas em 04 (quatro) idiomas: inglês, francês, espanhol e chinês; detalhe que só faz aumentar ainda mais a expectativa. Enquanto nenhuma confirmação acontece de fato seguirei notificando aos fãs, assim como eu, desse possível sonho concretizar-se de fato.

25/8 Estreia Japonesa

Cena do filme que estreia em agosto deste ano.


30

www.subarashinews.com.br

SUBARASHI

Hikonin Sentai Akibaranger

Code Geass de volta este ano!

Quase paralelo ao super-sentai do ano surge o enim[atico e bem humorado esquadr'ao sentai n'ao oficial

Nesses quase 10 anos de existência, o JBox conseguiu a antipatia e o ódio de um “seleto” grupo de fãs de tokusatsus – que coloca nosso nome na macumba a cada nova matéria lançada sobre os live-action japoneses. Tudo porque sempre brincamos com as situações engraçadas, os roteiros às vezes bizarros e os problemas orçamentários dessas produções (ao menos as mais antigas). O que não significa que não gostamos, até porque a graça está justamente nesses detalhes. =D Esse mesmo grupo de nerds deve estar querendo cortar os pulsos agora, já que a própria Toei, a “sagrada mãe” da maioria dos programas do gênero, não fez diferente de nós no recém-estreado Hikonin Sentai Akibaranger: esculachou tudo de forma divertida pra satirizar os sentais, os tradicionais esquadrões coloridos que há 35 anos protegem o Japão e fascinam as crianças do mundo todo – mesmo que na forma de Power Rangers. E pode parecer meio precipitado por levar em conta apenas o primeiro episódio, mas me

arrisco a dizer que Akibaranger é a melhor coisa produzida no Japão (relacionada à tokusatsus, é claro) em muuuitos anos. Principalmente pra quem é bem humorado. A História,Nobuo Akagi é um rapaz bastante peculiar: trabalha como entregador para sustentar seu vício em… super sentais! O cara respira as séries da Toei e sonha em se tornar o Red de alguma temporada. Seu amor pelos coloridos saltitantes só não é maior do que sua fixação por Aoi, uma garotinha moe estrela de um anime fictício chamado Z-Cune Aoi. Detalhe: ele tem “só” 29 anos e se comporta como um tremendo retardado (familiar, né?). No meio de um de seus trabalhos corriqueiros, enquanto tenta dar uma de super-herói (o que definitivamente não é seu dom…), Nobuo é recrutado por Hiroya Hakase, dona de um estabelecimento chamado Sentai Café (na realidade a base secreta do grupo e que é enfeitada com tantas quinquilharias dos esquadrões que faz qualquer fã hardcore enfartar de tesão =P) para que junto dos também otakus Yumeria Moegi (que se

fantasia de gato, termina todas as frases com “nya” e age como uma retardada – amei ela *_*) e Mizuki Aoyagi, se tornarem o Esquadrão Não-Oficial Akibaranger. Não Oficial? A série estreou no último dia 06 de abril e mais que uma sátira corrosiva é uma homenagem aos sentais. As referências aos heróis coloridos são constantes, mas não é obrigatório conhecer todas as produções da franquia pois sempre aparece uma referência na forma de fotos e imagens dos esquadrões quando citados – isso sem contar as músicas-tema que sempre tocam no fundo. A graça em Akibaranger está justamente no sarro que tiram dos clichês do gênero sem se importar em “denegrir a imagem” dos heróis. Praticamente vomitam em cima de todos as perguntas que sempre fazíamos sobre as repetições das situações (porque já não usam a arma finalizadora no início da luta, por exemplo) e escracham tudo que é possível. - Os heróis se transformam usando um tipo de garage kit da personagem de anime Aoi, que passa então a ser utilizado como uma espécie

de pistola laser. Detalhe para a frase de transformação: “Grande Desilusão!!”. E eu achando que Jacãn era muito chique. =P - Ao “morfarem” eles vão sempre parar em um local diferente de onde estavam (Power Rangers mandam lembranças), geralmente em uma pedreira, galpão abandonado ou área descampada. E Nobuo, para

acalmar as parceiras, explica: “essa é uma das situações mais comuns nos sentais”. É hilário quando, ao se depararem com o monstro do dia (chamado Gerente de Escritório Seitakawadachisouhidenagaphid Shibuya @_@) os Akibarangers já usam a arma finalizadora no coitado – que acha essa atitude injusta.

PES 2013 tera fatores FIFA A personificação dos jogadores, fazendo com que o avatar no game reproduza o estilo de corrida, domínio e drible dos craques que representam na vida real, foi incluída na franquia Fifa de 2010. Cristiano Ronaldo, por exemplo, corre mais inclinado para frente que os outros jogadores, como na vida real. A Konami, contudo, prometeu uma grande alteração neste sentido. Segundo o texto, um grande número de jogadores terão suas características copiadas. Segundo a empresa, no próximo game o jogador terá o controle total da bola. Podendo diminuir a velocidade dela, trocar de pé,

www.subarashinews.com.br

SUBARASHI

dominar de diferentes maneiras, fazer passes de diferentes formas. “Pro Evolution Soccer introduziu um conceito de liberdade de movimento, o PES 2013 vai trazer a liberdade total”, diz o texto. O jogo será o primeiro da franquia a vir com a opção de manter os passes e chutes em um modo totalmente manual, deixando para o jogador controlar a altura e velocidade com que a bola sai do pé do jogador e chega ao ponto desejado. Outro movimento muito usado que vai ganhar aspecto totalmente manual é o “um, dois”, podendo fazer que com o primeiro jogador se desloque em qualquer

movimento. O game vai introduzir os dribles em diferentes velocidade, usando o direcional. O jogo terá novos movimentos, que serão executados segundo a rapidez com que o jogador executa o movimento no controle. Os goleiros também vão ganhar total controle e mais participação no jogo. Eles, por exemplo, poderão repor a bola de forma mais precisa para armar contra-ataques, dependendo de suas habilidades. Os guarda-metas também serão agraciados com a personificação. “Novas maneiras de defesa e reações serão adicionadas“.

Emfim teremos a volta aguardadissima do anime, porem sem Lelouch, ou nao......

Primeiro faremos um apanhado para quem nao conhece o anime, sem duvida um dos mais aclamados. A maioria das histórias giram em torno do estudante Lelouch Lamperouge, um jovem príncipe que na sua infância sofreu um atentado terrorista à sua casa, no qual morreu sua mãe e deixou sua irmã impossibilitada de andar e cega. Após isso ele teve que se mudar para um lugar chamado Area 11, que corresponde ao Japão depois de dominado pelo Império de Britannia, e recomeçar a sua vida. Alguns anos depois ele encontra uma garota misteriosa chamada C.C. que lhe dá um poder chamado Geass, que lhe permite dar ordens a qualquer ser humano. E com esse poder ele resolve ir de encontro aqueles que fizeram mal a ele e sua irmã. Knightmare é uma palavra formada pela junção de duas outras, Knight e Nightmare, seria algo como “cavaleiro dos pesadelos”, referindo a suas próprias armas; frame é uma palavra popular para máquinas Humanoides (com dois pés e dois braços) são máquinas de combates robóticas que foram criadas

principalmente para reabastecer tanques de guerra e outros veículos de guerra. Os modelos de Knightmare Frame são produzidos pelo Império Britannico, quem confirmou seu design. No decorrer do anime, o Japão e outros países desenvolveram seus próprios Knightmare Frames para ganhar vantagem na luta contra a Britannia e contra a Ordem dos Cavaleiros Negros (Kuro no Kishidan). Kadokawa Shoten publicou 4 adaptações de mangá de Code Geass, cada um contendo histórias alternativas. O primeiro, Code Geass: Lelouch of the Rebellion, por Majiko~!, focou no personagem principal da série, Lelouch Lamperouge. Ele foi originalmente distribuído pela Monthly Asuka, iniciando em Outubro de 2006, e lançando um volume único pela Asuka Comics DX em 26 de Dezembro de 2006. O segundo, ‘’Code Geass: Suzaku of the Counterattack’’ , Kōdo Giasu: Hankō no Suzaku), distribuído pela revista Beans, focou em Suzaku Kururugi. Escrito por Atsuro Yomino, conta uma alternativa realidade onde Knightmare Frames não

existem. Vestindo uma roupa humana feita por Lloyd para aumentar suas habilidades físicas, Suzaku pega na identidade de Lancelot, um governo mascarado em lutadores criminosos e super-heróis. Oposto é a organização crimonosa chamada de Cavaleiros Negros. ‘’Code Geass: Nightmare of Nunnally’’, Kōdo Giasu Naitomea Obu Nanarī), focado na irmã de Lelouch, Nunnally Lamperouge, foi distribuído pela Comp Ace e escrito por Tomomasa Takuma. Quando Lelouch perde no incidente no gueto de Shinjuku, Nunnally encontra uma entidade chamada Nemo, que recupera sua saúde e garante a ela a habilidade para usar o Knightmare Frame Mark Nemo. Usando ele, Nunnally tenta ver algumas verdades sobre seu irmão. Então suas ações alcançam o interesse da elite da Legião Estrangeira Especial Britânnica Irregulares, que observam ela para capturar ou matar ela. A mais recente adaptação de mangá, Code Geass: Tales of an Alternate Shogunate, Bakumatsu Ibun Roku Kōdo

Giasu Hangyaku no Rurūshu), foi distribuído pela Kerokero Ace. Essa história ocorre em 1853 com novos personagens. Os Navio Negros de Britannia aparecem no porto de Uraga. Alguns anos mais tarde, Lelouch Lamperouge, Ruruushu Ranperuuji) — irmão da jovem garota chamada Nunnaly ( Nanari) — é o comandante militar da brigada chamada de Shinsengumi, formada sob as ordens de um Shogunato para lutar contra os Revolucionários Negros( Kuro no Ishin Dan), um grupo rebelde liderado por um indivíduo misterioso que usa uma máscara e é chamado como Rei (, lit. Zero). No fato, essas duas organizações a mesma, e eles buscam combates para ter poder na Britannia. Geass é uma habilidade para chamar e controlar armaduras chamadas de Nightmares , Naitomea). Lancelot, Ransurotto) é um Nightmare. Sobre Boukoku no Akito...... A Sunrise liberou recentemente novas informações a respeito de Code Geass Gaiden: Boukoku no Akito (Code Geass: Akito The Exiled), que será lançado em formato de OVA.

Ao todo serão quatro especiais com duração de 50 minutos cada, primeiro exibidos nos cinemas japoneses e posteriormente lançados em Blu-ray. A primeira parte estreia durante o verão japonês e o intervalo de lançamento será de 3 meses para cada uma. Novos personagens também estarão presentes no anime, três deles já contam com descrição: Ryo: General do Euro Universo e líder de um grupo que se opõe a “Mafia”. Yukiya: Atirador e membro do grupo de Ryo. Possui um talento especial para obter informações. Ayano: membro do grupo de Ryo que sempre carrega uma espada. Leia mais em: Novidades sobre Code Geass Gaiden: Boukoku no Akito | Anime, Mangá e TV – ANMTV http://www.anmtv. xpg.com.br/novidades-sobrecode-geass-gaiden-boukoku-noakito/#ixzz1tlFmSFKZ


30

www.subarashinews.com.br

SUBARASHI

Cavaleiros do Zodiaco...Omega

www.subarashinews.com.br

SUBARASHI

Vamos saber como e umascola de manga em Toquio

O anime de maior sucesso no Brasil em todos os tempos em fase nova e com muitas novidades

O que aconteceria se Os Cavaleiros do Zodíaco crescessem, e seus filhos dessem continuidade a luta contra o mal? É mais ou menos esse o plot principal por trás de Saint Seiya Ômega – nova produção da Toei Animation envolvendo a série criada por Massami Kurumada nos anos 80. Apostando num público mais jovem, mas sem querer abrir mão dos velhos fãs, o roteiro aposta na velha fórmula “Saori está em perigo x cavaleiros precisam se unir e arriscar suas vidas para salvá-la!!!”. A expectativa é que a série atinja a marca de 52 episódios e já há negociações com emissoras brasileiras para seu lançamento (!). Com certeza os fãs da velha guarda estão curiosos para saber o que vem por aí e ainda que nem tenha estreado, praticamente todo mundo já sabe o que vai acontecer com os personagens @_@. * Spoilers, muitos spoilers* Marte, o Cavaleiro de Ouro de Serpentário (oi?), o 13º signo do Zodíaco e mestre do Santuário tenta dar cabo de um bebê que é salvo por Seiya, o Cavaleiro de Ouro de Sagitário – sim, ele subiu de patente =P. Os dois duelam e com a ajuda de Atena, o vilão é vencido. Seiya desaparece após a batalha e Saori cuida do bebê, chamado Kouga. Treze anos se passam e Marte ressurge para atacar Atena. Mesmo trajando a armadura de bronze de Pégaso, Kouga, o novo protagonista da série, não é capaz de fazer frente ao vilão. Saori desaparece e o novo herói parte à sua procura. No caminho ele conhece Souma, Cavaleiro de Bronze de Lionet (Leão Menor) e juntos derrotam um enviado de Marte. Se dando conta que a luta não vai ser fácil, Kouga se une a Souma numa escola de treinamento de cavaleiros. Lá eles conhecem a Amazona de bronze Yuna de Águia que é irmã de Marte. A garota rebelde (ela luta sem a tradicional máscara das amazonas) tem uma irmã gêmea malvada (Paola?) que é uma das vilãs da história. No decorrer da série, um quinteto se formará quando esse trio se unir a Ryuhou de Dragão, filho de Shiryu com

Shunrey (!) e Haruto de Lobo, um cavaleiro de bronze que veste a armadura de Lobo e é descendente de ninjas (e primo distante de algum ninja com roupa de gari?). Há também um 6º ranger cavaleiro que começa como vilão e depois vira a casaca pro lado dos mocinhos chamado Eden de Orion. Por trás de todas as artimanhas malignas da série, está Lúcifer. Não é claro ainda se este Lúcifer é uma outra reencarnação de Hades ou o anjo caído da mitologia cristã (também conhecido como Satanás o cãozinho da Bruxa do 71 e Diabo o imperador do inferno vilão da Patrine). De qualquer forma, esse vilão maior – como todos os outros da série – só dará o ar de sua graça nos finalmentes do negócio. Além de Seiya, Saori e Shiryu, outros conhecidos do povão vão dar o ar de sua graça: Ikki está na ilha da Rainha da Morte que supostamente teria afundado no episódio 32 da série clássica e vai ajudar Kouga durante algum momento decisivo; Hyoga foi promovido a Cavaleiro de

Ouro de Aquário mas foi congelado por Marte (que ironia, não?); Shun perdeu todo cosmo depois da luta contra Hades e vira um tipo de conselheiro dos mais jovens; Shina é mestra de Kouga e Marin tem alguma ligação com Yuna. Não se sabe se outros personagens (como o Kiki e os outros cavaleiros de bronze) vão aparecer. O que está definido é que Seiya voltará no episódio 17 (hein?) e que ele se unirá a Kouga e os demais na luta para salvar Saori. O traço da série está um tanto estilizado se comparado ao da série clássica e Seiya está usando um daqueles inexplicáveis lenços ao redor do pescoço que os japoneses acham chic. Agora confesse: você ficou muito curioso, né?! Saint Seiya Ômega estréia dia 1º de Abril no Japão e terá pré-estréia mundial no dia 30 de março – inclusive no Brasil.

Com apenas 18 anos e recémformado no ensino médio, Yuya Saitou saiu de Miyazaki (província localizada na ilha de Kyushu, a aproximadamente 800 km de Tokyo) e desembarcou na capital japonesa para correr atrás de um sonho comum a outros incontáveis jovens do arquipélago: tornar-se um mangaká, como são chamados os autores dos quadrinhos japoneses. “Em qualquer sala de aula, de qualquer escola do país, você com certeza encontrará uma ou duas pessoas que sonham em ser um desenhista de mangás”, diz ele, que se dedicava de corpo e alma aos treinos de beisebol antes de ingressar na Tokyo Creators College, escola que possui um dos mais respeitados cursos especializados do país. “No fim, tudo conspirou para que eu optasse pelo desenho”, lembra. A história de Yuya pode ser considerada padrão entre os alunos de uma escola de mangá. Para alguém que não tem idéia da importância das histórias em quadrinhos dentro da sociedade japonesa, porém, é simplesmente impensável a existência de uma sala de aula composta por até 150 pessoas, vindas de praticamente todos os cantos do país e que deixaram para trás família, amigos e cachorro, além de desembolsarem uma quantia considerável de dinheiro, para tentar se tornar um mangaká. E que fique claro: trata-se de uma profissão conhecida pelo alto nível de estresse e pressão. Antes de considerar a qualidade do desenho, um bom mangaká é aquele que consegue lidar com a idéia de produzir mensalmente mais de Papel de paredeEscola de mangáÁrea de trabalho do mangaká Kamiya Yuu 800×600 - 1024×768 1280×96030 páginas de material. “Quando entrei era apenas mais uma daquelas pessoas que simplesmente gostavam de desenhar, mas somente aqui na escola é que comecei a compreender que se tratava de uma profissão que exige muita disciplina”, diz Yuya, que terminou o curso no primeiro semestre de 2007.

Ele leva aproximadamente sete horas para terminar cada página de seus mangás. Calma, isso não significa que a resistência física seja o principal requisito do profissional dos quadrinhos japoneses, mas se trata de um dos grandes fatores que determinam o sucesso de um

paredeEscola de mangáÁrea de trabalho do mangaká Kamiya Yuu 800×600 - 1024×768 1280×96030 páginas de material. “Quando entrei era apenas mais uma daquelas pessoas que simplesmente gostavam de desenhar, mas somente aqui na escola é que comecei a com-

profissional, a existência de um espaço onde todos compartilham um mesmo sonho, como nesse caso, acaba gerando um saudável clima de competição, como destaca Junko Kirita, 18 anos, aluna do primeiro ano do curso: “São muitas pessoas talentosas em um ambiente só e, com isso, acabo me dedicando

Japão Bolsas de Estudo Vistos Conversor de Moedas Onde comprar produtos JBC Restaurantes Japoneses Enquetes Redes Sociais » home » Notícias Escola de mangá em Tóquio Made in Japan visitou a faculdade Tokyo Creators College, que forma alguns dos melhores profissionais de anime e mangá do Japão. Veja como funciona uma verdadeira escola japonesa de quadrinhos por Pablo Yuba 16.02.2009 Share on email Share on facebook Share on google Share on orkut Share on live More Sharing Services 0 Sala de aula Apesar da formalidade clássica presente em qualquer escola japonesa - como os cumprimentos coletivos aos orientadores e auxiliares –, o ambiente das salas de aula em geral é leve e descontraído.

autor dentro desse competitivo mercado. “Desenhar bem com certeza é a principal qualidade no mundo dos mangás, mas é importante deixar claro que muitos autores famosos não têm uma técnica incrível. Eles conquistam o leitor por meio de um roteiro interessante e pela maneira como constroem a página”, diz o professor Atsushi Inoue da Tokyo Creators College. Redes Sociais » home » Notícias Escola de mangá em Tóquio Made in Japan visitou a faculdade Tokyo Creators College, que forma alguns dos melhores profissionais de anime e mangá do Japão. Veja como funciona uma verdadeira escola japonesa de quadrinhospor Pablo Yuba 16.02.2009 Share on email Share on facebook Share on google Share on orkut Share on live More Sharing Services 0 Antes de considerar a qualidade do desenho, um bom mangaká é aquele que consegue lidar com a idéia de produzir mensalmente mais de Papel de

preender que se tratava de uma profissão que exige muita disciplina”, diz Yuya, que terminou o curso no primeiro semestre de 2007. Ele leva aproximadamente sete horas para terminar cada página de seus mangás. Calma, isso não significa que a resistência física seja o principal requisito do profissional dos quadrinhos japoneses, mas se trata de um dos grandes fatores que determinam o sucesso de um autor dentro desse competitivo mercado. “Desenhar bem com certeza é a principal qualidade no mundo dos mangás, mas é importante deixar claro que muitos autores famosos não têm uma técnica incrível. Eles conquistam o leitor por meio de um roteiro interessante e pela maneira como constroem a página”, diz o professor Atsushi Inoue da Tokyo Creators College. Mariana Spagnuolo E Tokyo Creators CollegeMariana Spagnuolo E Tokyo Creators CollegeAlém de mostrar ao aluno as responsabilidades de um

mais para não ficar atrás.” Essa ascensão das escolas de mangá é algo recente, e é o próprio professor Atsushi quem confirma isso. Quando era estudante, ele optou pela faculdade de cinema, justamente pela falta de opção, e também para auxiliar sua técnica de desenho e composição das cenas. “Na minha época existiam pouquíssimas instituições especializadas em mangá e não se tinha muita noção a respeito da qualidade dos cursos.” no Brasil Grandes Matérias Grupos de Taiko Trabalhe no

Os alunos usufruem de ampla liberdade para realizar os exercícios passados a eles, sempre incentivados a aplicar seu próprio estilo nos trabalhos. “Não temos como objetivo enquadrar o aluno em um formato, muito pelo contrário. É interessante para nós que eles desenvolvam seu próprio traço”, diz o professor Atsushi, que nesse dia orientava, juntamente com uma equipe de assistentes, os mais de 100 alunos do primeiro ano do curso. “O engraçado é que, no fim, nós professores também acabamos aprendendo muito com os diferentes estilos e métodos criados por nossos alunos”.


30

www.subarashinews.com.br

SUBARASHI

O maior concurso de cosplay na sua edição anual

WCS – Etapa JBC Brasil A Etapa JBC Brasil é um campeonato nacional, com a participação dos cosplayers e fãs de diversos Estados, organizado pela Editora JBC — que além de ser a principal editora de mangás, já possui um vasto histórico em eventos voltados para o público de anime e mangás, desde a sua entrada no mercado em 2000. A Etapa JBC Brasil vai escolher as 10 melhores duplas de cosplayers brasileiros e, entre elas, eleger a campeã que representará o país na final mundial do World Cosplay Summit, no Japão. Rio Anime Club define primeira dupla para final brasileira Estado do Rio de Janeiro volta a ter representantes após 3 anos Mariana e Maisa Queiroz Monteiro da Silva, vencedoras da seletiva do Rio Anime Club Mariana e Maisa Queiroz Monteiro da Silva, vencedoras da seletiva do Rio Anime Club O Rio Anime Club definiu a primeira dupla para a final brasileira do World Cosplay Summit 2012. Depois de um hiato de três temporadas, o Rio de Janeiro volta a ter representantes locais na decisão nacional. As vencedoras foram Mariana Queiroz Monteiro da Silva e Maisa Queiroz Monteiro da Silva, com a performance inspirada no game Dynasty Warriors Strikeforce 2. Mariana interpretou Da Qiao, enquanto Maisa representou Xiao Qiao.

Dynasty Warriors, da produtora japonesa Koei, é uma série cuja criação de enredo e personagens foi inspirada no Romance dos Três Reinos, crônica que conta a história da unificação da China entre os séculos II e III. Em segundo lugar, ficou a dupla que interpretou o anime Gankutsuou: Thaís Fonseca Jussim (como Mercedez de Morcef) e Marcelo de Andrade Fernandes (Conde de Monte Cristo) Bruna Ribeiro e Ariana Caiado (finalistas do WCS Brasil 2011) repetiram o cosplay do mangá Sailor Moon, interpretando Sailor Galaxia e Princesa Kakyuu, respectivamente. Nova seletiva em São Paulo Agora, o Game World também pode ser o seu caminho para o Japão Você leu aqui e já deve ter reparado que os games se tornaram a principal fonte de inspiração para os cosplayers – deixando o anime e o mangá no chinelo. Atento à tendência, o Game World, tradicional evento de jogos eletrônicos, já abriu espaço para o cosplay em edições anteriores. Então agora é oficial: o Game World abriga sua primeira seletiva para a final brasileira do World Cosplay Summit 2012. O dia não poderia ser melhor: 1º de abril de 2012, às 17:00. As pré-inscrições começam às 00:00 do dia 15 de fevereiro e vão até as 12:00 do dia 25 de março de 2012. Mas atenção: é uma seletiva somente para cosplayers de São Paulo – e isso

também é verdade. Clique aqui para fazer a sua pré-inscrição e poder participar da estreia de uma seletiva. O evento Além da seletiva para o WCS Brasil 2012, o Game World vai apresentar as novidades no mercado de games, além de palestras, campeonatos e jogos para teste. Neste ano, contará com a presença de Reuben Langdon, dublador de Ken Masters em Street Fighter IV. O evento também sedia o Troféu Game World, que anualmente premia os melhores produtos e profissionais do setor.

Este jornal integra a revista JWorld nõ pode ser vendido separadamente


subarashi