Page 1

© copyrighted material

As Faces de Engelbert Paulo Martins Oliveira ___________________________________________________________ Nas respectivas obras, Jheronimus Bosch codificou a sua opinião sobre os novos governantes Habsburgos, bem como relativamente ao compatriota e cliente Engelbert II de Nassau (ou Engelbrecht), outrora próximo de Carlos o Temerário (†1477), mas que agora, em inícios do século XVI, administrava a Borgonha Neerlandesa em nome dos imperiais. Por essa razão, Bosch considerou Engelbert como uma versão negativa do patriótico S. Bavo de Gand, incluindo-o em vários trabalhos, mesmo naqueles vendidos ao próprio governador. Retrato oficial de Engelbert (c.1490), e figurações simbólicas por Bosch (em pinturas e desenhos originais, bem como em cópias e adaptações em gravura)

Borgonha Neerlandesa corrompida

(sobrep.)

Como "mau ladrão e Judas" Com os Habsburgos

S. Bavo de Gand, a antítese de Engelbert 1/2


O Jardim das Delícias foi encomendado por Engelbert, que faleceu em 1504, pouco antes da conclusão. Por isso, Jheronimus Bosch ainda o incluiu entrando no Inferno directamente pela direita (em sentido contrário à evolução do tríptico), ingenuamente protegido pela sua indulgência. Todavia, a outra carta confirmará as culpas e a condenação do cliente, de acordo com a gramática simbólica de Bosch.

A fusão de um cão com um rato simboliza o mercenário Bosch e o assistente Anthonis van Aken, auto-conotados com o próprio cliente e com o poder Habsburgo. A “mesa” é tambémo painel de um tríptico, assinalando os pecados da oficina dos Van Aken, que lucrava com os Habsburgos e com os delegados Nassau.

Data: 1504

O “N” invertido, representando a corrupção dos Nassau.

A obra seria finalizada ainda em 1504, e entregue ao sobrinho e sucessor Henry III de Nassau-Breda.

Retrato de Henry III, e figuração simbólica junto do falecido tio Engelbert.

Mais tarde, os Nassau tornaram-se líderes independentistas neerlandeses, e o enigmático tríptico foi-lhes confiscado e remetido para Espanha, onde o Habsburgo Filipe II era um incauto apreciador e coleccionador de Bosch. [2012] akenpapers.bravesites.com 2/2

As Faces de Engelbert (©, disponível para consulta)  

(P) As Faces de Engelbert