Issuu on Google+


AISLAN DLANO

ANDAR DE CAVALO


AISLAN DLANO

ANDAR DE CAVALO


Andar de Cavalo Copyright 2015 por Aislan Dlano EDITOR RESPONSÁVEL Aislan Dlano SUPERVISÃO EDITORIAL Aislan Dlano CAPA, PROJETO GRÁFICO E DIAGRAMAÇÃO Aislan Dlano Lima, Aislan, 2015. Andar de Cavalo/ Devocional diário – Aislan Dlano Lima, Camaçari– BA, 2015. Todos os direitos reservados à Aislan Dlano Lima Rua Phoc de Abrantes, SN – Vila de Abrantes Bahia – Camaçari – BA – CEP: 42.840-000 CONTATOS Facebook: Aislan Dlano Tumblr: aislandlano.tumblr.com Blogger: aislandlano.blogspot.com E-mail: dlanoaislan@outlook.com Pinterest: in.pinterest.com/aislandlano Kdfrases: kdfrases.com/usuario/aislandlano Pensador: pensador.uol.com.br/autor/aislan_dlano


Todas as tardes, eu e meus irmãos íamos ao estábulo montar nos cavalos e competir uns com os outros. Aquela brincadeira era contagiante, nossa toda aquela adrenalina, transpirava em cada gota de suor. O porte de cada cavalo, a exuberância de sua velocidade, suas habilidades e força eram incomparáveis. Naquele dia fui vitorioso, mas há outros que perderei. Quando voltávamos para casa, os céus se escureceram com as turbinas daquele ataque, vimos nossa casa sendo destruída, mesmo que corrêssemos não alcançaríamos a nossa família. Era a guerra, vendo todo aquele sofrimento, andar de cavalo foi uma felicidade que passou para dar lugar a uma grande tormenta. Fomos cercados por soldados, nossos cavalos foram levados, eu e meus irmãos fomos rompidos em laço de parentesco. Nossa, última lembrança foram as competições de cavalo. Crescemos dispersos, desgarrados, um para o norte, outros para o sul, outros para o leste... Segundo o estatuto deles: “Quando um homem for recém-casado não sairá à guerra, nem se lhe imporá encargo


algum; por um ano inteiro ficará livre na sua casa para alegrar a mulher que tomou.” Só não sei como ser feliz em ver meus irmãos solteiros na trincheira de uma guerra. Mas, devo guarda-me com vida para reunir e reestabelecer o que sobrar de minha família. Aparentemente eu estava fraco, mas a guerra foi o que m deixou mais forte. “Guarda-te da praga da lepra, e tenhas grande cuidado de fazer conforme a tudo o que te ensinarem os sacerdotes levitas; como lhes tenho ordenado, terás cuidado de o fazer.” A guerra cessou, em meio aquele caos comecei a buscar a minha família, quando eles me viram e gritaram meu nome, comecei a chorar: eram meus pais. Eles não estavam em casa quando o bombardeio começou. Nos abraçamos por um longo período, posteriormente encontramos todos os meus irmãos. Hoje somos competidores de hipismo, somos um grupo dos melhores. O amor por andar à cavalo não seria impedido por uma guerra. E você deixará seu sonho morrer porquê de uma guerra? Pois, eu não deixei!


“No seu dia lhe pagarás a sua diária, e o sol não se porá sobre isso; porquanto pobre é, e sua vida depende disso; para que não clame contra ti ao Senhor, e haja em ti pecado.” Deuteronômio 24: 5, 8,15


Andar de cavalo