Page 1

Newsletter ASSOCIAÇÃO INSULAR DE GEOGRAFIA Volume 2, Edição 1

30 de Janeiro 2011

Nesta edição: - Documentário Orlando Ribeiro, “Itinerâncias de um Geógrafo” - Curso de Formação: Introdução à utilização de SIG’s no ensino da Geografia - Curso de Formação: Geografia da Região Autónoma da Madeira - Conferência “A Cidade do Funchal e a Expansão Urbana” - Lançamento oficial do Ano Internacional das Florestas - Agenda AIG Fevereiro - Acontece… - Outros eventos...

Linha de Apoio ao Professor 291944757

www.aigmadeira.com

www.twitter.com/aigmadeira


Newsletter

Estreia 13 de Fevereiro 21h00 (RTP2) “Quando em 1911 nasceu, ninguém diria que o filho do Sr. António da drogaria, nos anos 30, estaria a fundar as bases científicas da Geografia nacional. // Humanista, amante das artes, erudito explorador do mundo, Orlando Ribeiro tornou-se na figura ímpar desta ciência tão menosprezada até então. Merecem ser partilhados os seus cadernos de campo, as fotos da sua inseparável Leica os testemunhos de quem partilhou a sua vida pessoal e profissional... // Num documento que pretende reunir a absoluta riqueza obtida através desse prisma tão perspicaz e sensível: o olho do geógrafo. //a câmara viajará pelas paisagens... pela natureza ....pelos lugares ocupados pelo homem que o mestre Orlando Ribeiro nos ajudou a compreender e a amar. //a arrábida... a beira baixa... os capelinhos ... a ilha do fogo são alguns dos locais onde voltaremos, procurando transportar para o século XXI a memória deste geógrafo português e a sua obra de incontornável valor ecuménico“. Fonte: doc-orlandoribeiro.blogspot.com

Este documentário conta com a participação do Geógrafo Madeirense Raimundo Quintal e com Paulo Oliveira, Director do Parque Natural da Madeira.

Esta obra insere-se na comemoração do Centenário de nascimento do grande mestre da Geografia portuguesa, cuja acção tem ainda repercussão assinalável no mundo académico e nas políticas públicas nacionais, em particular no domínio do ordenamento do território. Com efeito, Orlando Ribeiro deixou uma poderosa herança no estudo da Geografia no ensino universitário em Portugal, que será recordada no documentário pelos testemunhos na primeira pessoa de importantes discípulos como Ilídio do Amaral, Jorge Gaspar e Raquel Soeiro de Brito, para além dos depoimentos de outras personalidades marcantes da cultura portuguesa, como José Mattoso e António Barreto. O documentário percorre, na primeira pessoa, os caminhos do percurso científico e humano do Mestre. Da Arrábida à Ilha do Fogo, passando pelos Capelinhos e pela Madeira. Importa recordar, também, que Orlando Ribeiro, desde os primeiros anos da FCG integrou o Conselho Consultivo de Ciência da Fundação. O Programa Gulbenkian Ambiente co-financiou a produção deste documentário e considera a sua estreia como um dos eventos com que pretende assinalar, ao longo de 2011, os quarenta anos da fundação da política pública de ambiente em Portugal, que se comemorará em Junho, quatro décadas após a criação oficial da Comissão Nacional do Ambiente, liderada por José Correia da Cunha, ele próprio um colaborador de Orlando Ribeiro.

Conheça um pouco mais a obra de Orlando Ribeiro

Visite: www.orlando-ribeiro.info

Página 2

No ano em que se comemora o centenário do nascimento de Orlando Ribeiro (1911-1997), sugerimos uma visita ao Site www.orlando-ribeiro.info que se dedica à difusão dos resultados do Projecto de Tratamento do Espólio Científico de Orlando Ribeiro, legado por este ao Centro de Estudos Geográficos de Lisboa, onde podemos conhecer um pouco melhor a obra daquele que é considerado o renovador da Geografia, no Portugal do século XX, e o geógrafo português com mais ampla projecção a nível internacional. No entanto, a sua vasta obra, produzida a par da longa e intensa carreira como professor e investigador universitário, abarca muito mais do que avanços científicos na Geografia, e revela uma diversidade de interesses e intervenções que desenham uma invulgar geografia intelectual.


Volume 2, Edição 1 Introdução à Utilização de SIG’s no Ensino da Geografia: SIG Desktop – Open Source (gvSig) (NOVO CURSO) A utilização das novas tecnologias da informação tem garantido uma modernização e dinamização da prática lectiva. Além das utilizações mais comuns de programas como os aplicativos do Microsoft Office, existe um conjunto de outras ferramentas informáticas que poderão aumentar significativamente a qualidade técnica, científica e pedagógica da prática lectiva. Os objectivos desta acção passam por responder ao crescente interesse da comunidade pela questão dos Sistemas de Informação Geográfica, nomeadamente a sua utilidade para estudar fenómenos e preparar os docentes para que, conhecendo a questão mais a fundo, a possam transmitir aos seus alunos. Além disso, pretende-se modernizar a prática lectiva através da utilização de ferramentas informáticas apelativas e com grandes potencialidades.

Objectivos Específicos: - Dotar os formandos de competências básicas para um desenvolvimento de materiais de auxílio à prática lectiva; - Desenvolver e estimular o gosto pela Informática e pela utilização de Sistemas de Informação Geográfica; - Realizar operações simples em plataforma SIG; - Visualizar dados geográficos e tabulares; - Georeferenciar dados espaciais; - Inquirir elementos utilizando expressões lógicas; - Encontrar elementos utilizando relações espaciais; - Editar dados espaciais; - Importar elementos para uma geodatabase; - Criar novas classes de elementos; - Produzir mapas, relatórios e gráficos; - Efectuar análises espaciais; - Gerir dados geográficos; - Efectuar georeferenciação; - Visualizar dados pontuais e lineares a partir de tabelas; - Converter dados a partir de outros formatos; - Editar dados espaciais e tabelas de atributos; - Criar e utilizar metadados; - Produzir cartografia temática.

Datas (sessões presenciais): 4, 5 e 19 Março de 2011 Local: Escola Sec. Francisco Franco Duração(nº horas): 50 horas Destinatários: Prof. Grupo 420 (Geografia) Limite de inscrições: 15 Formandos Custo: 50€ Sócios AIG 70€ Não Sócios Validação: Sim (50 horas) Acreditação: Sim (2 Créditos) Inscrições: www.aigmadeira.com

Metodologia de realização da acção A acção irá funcionar em regime de b-learning, com 3 sessões presenciais, intercaladas por sessões não presenciais recorrendo a ferramentas on-line, onde serão realizados exercícios práticos de aplicação dos conhecimentos adquiridos.

Requisitos: - Conhecimentos básicos de informática na óptica do utilizador; - PC Portátil e PEN (Unidade de Armazenamento de Massa).

Página 3


Newsletter GEOGRAFIA DA REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA I (NOVO CURSO) Datas (Sessões presenciais): Módulo 1– 19 de Fevereiro Módulo 2 - 26 de Março Módulo 3 - 30 de Abril Módulo 4 - 11 e 12 de Maio* Módulo 5 - 13 e 14 de Maio* *Semana do Desporto Escolar Local: Sede da AIG Casa da Cultura de Cª Lobos Duração(nº horas): 75horas (Curso Integral) 15 horas (Por Módulo) Destinatários: Prof. Grupo 420 (Geografia)

Este curso de formação possibilitará aos docentes a actualização e aprofundamento de conhecimentos, nas vertentes teórica e prática, de um conjunto de temáticas da Geografia Regional Madeirense que devem ser abordadas ao longo do Ensino Básico e Secundário, atribuindo maior relevância aos conteúdos locais e regionais e aos conceitos de local e região, aprofundando o estudo da sua natureza e dessa forma contribuindo de forma mais efectiva, para a compreensão das dinâmicas e fenómenos à escala regional. OBJECTIVOS: - Compreender as características particulares da RAM, realçando os relacionamentos e a integração de diversos fenómenos num quadro de unidade regional; - Combinar as dimensões espacial e temporal na interpretação dos fenómenos e processos naturais e humanos; - Identificar e interpretar as grandes linhas de unidade e diversidade regional, bem como, as dinâmicas de mudança mais relevantes no espaço regional; - Desenvolver métodos e técnicas de trabalho, tendo por referência a escala regional. MÓDULO 1 - A GÉNESE DA PAISAGEM MADEIRENSE – MORFOLOGIA E GEOLOGIA

Enquadramento e Localização da RAM; Morfologia e Geologia; A Acção Erosiva como Modelador da Paisagem; A Singularidade da Paisagem Regional. MÓDULO 2 – POPULAÇÃO E MIGRAÇÕES

Limite de inscrições: 20 Formandos Custo Sócios AIG: 20€ Por Módulo (Sócios AIG) 40€ Por Módulo (Não Sócios) Validação: Sim (75 horas)

Evolução da População; Distribuição da População; A Emigração e as Comunidades Madeirenses; A Imigração. MÓDULO 3 – OS CENTROS URBANOS REGIONAIS

Os Centros Urbanos – Perspectiva Histórica; A Hierarquização dos Centros Urbanos; A Importância do Funchal. MÓDULO 4 – A BIODIVERSIDADE REGIONAL

A Fauna; A Flora; A Biodiversidade como Património.

Inscrições: www.aigmadeira.com

MÓDULO 4 – ORIGEM E GESTÃO DA ÁGUA

As Disponibilidades de Recursos Hídricos; Balanço Necessidades - Disponibilidades; O Sistema de Abastecimento. As inscrições poderão ser efectuadas para a totalidade do curso ou individualmente para cada um dos módulos. O CFDG admite um limite de faltas até 20% da carga horária total do curso, tendo o participante direito ao certificado completo do respectivo curso. Quando o absentismo for superior a 20%, o participante terá direito ao certificado de frequência parcial, correspondente ao número de horas frequentadas (exemplo: a frequência de apenas um dos módulos, confere certificado correspondente ao número de horas desse módulo.) Página 4


Volume 2, Edição 1 Acontece Sessão pública de discussão do Plano de Ordenamento do Espaço Marítimo Com o apoio da Direção-Geral do Ordenamento do Território e Desenvolvimento Urbano (DGOTDU) e do Instituto da Água (INAG), a realizar na sede da Sociedade de Geografia de Lisboa a 10 de Fev de 2011. Mais Informações: www.socgeografialisboa.pt

OUTROS EVENTOS: - Seminário Nacional Eco-Escolas 2011 4 a 6 de Fevereiro Teatro Municipal da Guarda

- 9º Workshop APDR

Sessão de lançamento: “Imigração, identidades e discriminação”

“Descentralização financeira

10 de Fevereiro, Biblioteca Municipal de S. Lázaro - Lisboa Lançamento do livro Imigração, identidades e discriminação. Imigrantes russos e ucranianos na Área Metropolitana de Lisboa, de Maria Manuela Ferreira Mendes. A apresentação da obra, publicada na Imprensa de Ciências Sociais, estará a cargo do Prof. Doutor Jorge Malheiros, do Instituto de Geografia e Ordenamento do Território, da Universidade de Lisboa, e da Dra. Rosário Farmhouse, Alta-Comissária para a Imigração e Diálogo Intercultural. Imigração, identidades e discriminação expõe e analisa as representações dos imigrantes russos e ucranianos residentes na Área Metropolitana de Lisboa acerca das práticas e situações percepcionadas como discriminatórias nas suas relações com a sociedade portuguesa. Experiências discriminatórias que os imigrantes realçam sobretudo na sua relação com o mercado de trabalho. No quadro da interacção entre o Nós e os Outros, a investigação empreendida evidencia a conjugação de processos de construção e reconstrução de pertença e de diferença nestes grupos de imigrantes, o que permite compreender o seu distanciamento/proximidade com a sociedade maioritária.

e desorçamentação” 11 de Fevereiro de 2011 Univ. do Minho – Braga

- Seminário "Serviços

Energéticos

e

Contratos de Performance de Energia" 14 de Fevereiro Auditório do Centro Cultural Vila Flor – Guimarães

- Colóquio

Mais Informações: www.oi.acidi.gov.pt

“Portugal entre desassossegos e desafios”

XXV Encontro Nacional de Professores de Geografia

17 e 18 de Fevereiro Faculdade de Economia da Universidade de Coimbra

Geografia, planos e metas retratos de um território planeado 14 a 16 de Abril de 2011 – Sines Mais Informações: www.aprofgeo.pt/moodle/

- 1 ª Conferência

3 º Encontro Internacional “ Fire Effects on Soil Properties”

Estatística

De 15 a 19 de Março de 2011, Universidade do Minho – Guimarães O Núcleo de Investigação em Geografia e Planeamento (NIGP) da Universidade do Minho promove o 3 º Encontro Internacional sobre os efeitos dos incêndios nas propriedades do solo. É de conhecimento geral que o fogo e as altas temperaturas produzem mudanças nas características, físicas, químicas, orgânicas e biológicas do solo, neste sentido é importante conhecer os seus efeitos. Pretende-se reunir cientistas que estudem os efeitos do fogo sobre as propriedades do solo e recuperação dos mesmos após os incêndios. Espera-se que a troca de informações não só contribua para uma melhor compreensão dos efeitos dos incêndios sobre os solos, mas também que se apresentem soluções para uma melhor manutenção do solo em termos de qualidade e regeneração da floresta. Mais Informações: http://fesp2011.pt.vu Página 5

Espacial

2011

“Mapping Global Change ” 23-25 Março de 2011 Universidade de Twente Enschede, Holanda

- Congresso Nacional de Turismo e Ambiente 30 de Março a 01 de Abril de 2011 – Sesimbra


Newsletter Conferência “ A Cidade do Funchal e a Expansão Urbana” Os professores de Geografia do 11º ano da Escola Ângelo Augusto da Silva promoveram, no dia 24 de Janeiro do presente ano, uma conferência intitulada “A Cidade do Funchal e a Expansão Urbana”, para os alunos do 11º ano desta Escola. Foi oradora a Presidente da Associação Insular de Geografia, Gilda Dantas, que realçou as causas da expansão da cidade, principalmente desde meados do século XX, e as dinâmicas de concentração e desconcentração de pessoas e de actividades em função dos factores económicos e sociais e da maior ou menor acessibilidade. A transformação na organização espacial, a diferenciação sócio-territorial sentida na cidade do Funchal, o crescimento das áreas suburbanas e a rurbanização também foram temas debatidos nesta conferência e apontados como consequências da mobilidade populacional e da desconcentração das residências.

Lançamento Oficial do Ano Internacional das Florestas Decorreu no dia 2 de Fevereiro no Centro de Ciência Viva de Proença-a-Nova, o lançamento oficial do Ano Internacional das Florestas. Esta cerimónia ocorreu em simultâneo com o lançamento mundial que teve lugar em Nova Iorque, na 9ª sessão do Fórum das Nações Unidas para as Florestas. A sessão de lançamento do Ano Internacional das Florestas é uma iniciativa do Ministério da Agricultura, do Desenvolvimento Rural e das Pescas em articulação com a Comissão Nacional da Unesco e com a colaboração da Ciência Viva – Agência Nacional para a Cultura Científica e Tecnológica. O Ano Internacional das Florestas, iniciativa desenvolvida pela Organização das Nações Unidas, pretende sensibilizar a população mundial da importância das florestas para uma vida sustentável no planeta. Por sua vez, sugere-se aos inúmeros os agentes do sector, desde governos a organizações não-governamentais, a realização de esforços para a sua preservação. Por cá, a Secretaria Regional do Ambiente e Recursos Naturais também já apresentou o programa de iniciativas de comemoração do Ano Internacional da Floresta. O programa inclui um leque diversificado de actividades promovidas pela Divisão de promoção e sensibilização ambiental, em torno do lema: : “Recuperar, Reflorestar…Proteger e Preservar a Floresta da Madeira”, disponível para consulta no site da SRA. Mais informações sobre esta temática poderão ser obtidas no site nacional do ano internacional das florestas - www.florestas2011.org.pt

Agenda AIG de Fevereiro Associação Insular de Geografia Rua São João de Deus nº 40 9300-151 Câmara de Lobos Telef. 291944757 Fax – 291944791 Correio Electrónico: geral@aigmadeira.com

- 5 de Fevereiro - - Sede da AIG - Casa da Cultura de Câmara de Lobos Acção de formação: As TIC na aula de Geografia: Utilização didáctica das imagens de satélite - 18 de Fevereiro - Escola Básica e Secundária Padre Manuel Álvares Acção de esclarecimento: Riscos e Catástrofes Naturais, Prevenir hoje para salvar amanhã - 19 de Fevereiro - Sede da AIG - Casa da Cultura de Câmara de Lobos Acção de formação: Geografia da RAM (Módulo 1 - A Origem da Paisagem Madeirense)

Página 6

Newsletter15  
Advertisement