Page 42

Pessoas na História que Experimentaram a Liberdade Religiosa ou a Falta Dela

Ou podemos ver Roger Williams, que foi para a América do Norte por razões religiosas e que viveu a experiência da intolerância da parte dos Puritanos, seus correligionários. Foi para Rhode Island, a fim de construir um sistema em que a liberdade de religião fosse estabelecida para todos. Como sabem, isto teve um impacto importante no desenvolvimento constitucional dos Estados Unidos da América da América. Lemos sobre Lutero e João Huss, e aprendemos sobre uma parte da Roménia onde a Liberdade Religiosa era protegida pela lei já no século XVII. Ouvimos falar de tempos em que o relacionamento entre o Estado e as Igrejas foi estabelecido em países como a Itália, a Espanha e Portugal. Mas este rico material não é para nosso entretenimento científico, mas para aprendermos da História sobre a nossa situação atual. Vemos as mudanças no desenvolvimento histórico. Lembro-me de um congresso sobre Liberdade Religiosa em que estive há quatro anos na República Dominicana, e um dos temas foi: “Que perigos para a Liberdade Religiosa representa o secularismo?” Agora, uns anos mais tarde, a situação já mudou e estamos profundamente preocupados com o progresso do populismo. O populismo está a separar sociedades e, consequentemente, está a ameaçar a situação das minorias, incluindo as minorias religiosas. Por isso, é necessário observar as mudanças e os desenvolvimentos históricos e adaptar a nossa compreensão dos perigos para a Liberdade Religiosa e daquilo que podemos fazer a favor da proteção da Liberdade Religiosa à luz dos novos desenvolvimentos que estamos a viver neste momento. Este livro pode ajudar-nos a afinar a nossa visão. Gostaria de falar da segunda metade deste volume: História da Liberdade e o Respeito pelas Diferenças. Estamos a falar aqui num lugar seguro, no mesmo sentido a discutir sobre Liberdade Religiosa a alto nível, ou seja, de uma forma teórica, e tentamos manter este nível, mas a questão deveria ser: Como podemos usar num nível prático o que discutimos aqui? Como pode isto ser posto em prática? Quantos dos nossos resultados serão transferidos para uma aplicação prática? Será a sociedade capaz de lidar com a diversidade religiosa? Este termo tem sido utilizado frequentemente nos nossos dias e como está a sociedade capacitada para avançar com isto? É muito fácil confessarmos oralmente com a nossa boca uma etiqueta positiva. Posso recordar alguns exemplos de aconselhamento às pessoas que têm problemas com a Liberdade Religiosa, e, neste momento, tenho dois casos a aconte-

41

Profile for AIDLR AIDLR

Consciência & Liberdade 30 (2018)  

Consciência & Liberdade 30 (2018)  

Profile for aidlr
Advertisement