Page 25

24

Liviu OLTEANU

b) Regional c) Internacional A nível nacional, os diplomatas e os políticos que representam alguns dos Ministérios mais importantes devem participar juntos: o Ministério dos Negócios Estrangeiros, o Ministério da Justiça, o Ministério da Educação e o Ministério da Cultura; os representantes destes Ministérios têm de trabalhar em conjunto com 4) Líderes religiosos, 3) Eruditos, e 5) Representantes da sociedade civil [organizações não-governamentais, Media, advogados]. A nível regional, é importante participar em cada debate sobre os assuntos propostos, tais como: Religião, liberdade de religião, discriminação, violência em nome da religião, perseguição, extremismo, terrorismo e Genocídio, que podem influenciar a paz e a segurança; as organizações regionais principais de Direitos Humanos que têm interesse e um importante conhecimento especializado nesta área: o Conselho da Europa, a União Europeia, a Organização para a Segurança e a Cooperação na Europa; e outras organizações regionais, tais como a Organização para a Cooperação Islâmica (OIC), a União Africana (UA), etc.. A nível internacional, as Nações Unidas devem ser referidas como o principal Ator/Árbitro e coordenador de todos os outros atores preocupados com as questões mundiais. Outras organizações internacionais também têm um papel importante aqui, algumas pertencendo às Nações Unidas, como, por exemplo, a UNESCO, e outras de outras zonas, tais como a Comissão Americana sobre a Liberdade Religiosa Internacional (USCIRF), e por aí adiante.

INTERNACIONAL REGIONAL

NACIONAL

Os três níveis de ação do Quadro “Diálogo dos Cinco” – Foto ©AIDLR

Profile for AIDLR AIDLR

Consciência & Liberdade 30 (2018)  

Consciência & Liberdade 30 (2018)  

Profile for aidlr
Advertisement