Page 128

A Importância de Envolver as Mulheres como Agentes de Paz

Temos mais números: por exemplo, na Alemanha, o Ministro do Interior sugere um aumento dos crimes violentos de 427% contra os migrantes e refugiados em 2016, e ainda em 2016: 654 ataques contra refugiados, 449 contra centros de receção, 45 incêndios provocados e cinco ataques incendiários. Realmente, são muitos. Como uma demonstração de “Islamofobia”, temos visto mães que não queriam ter refugiados Muçulmanos nos seus bairros. Há até mesmo políticos que transmitem a ideia de que os terroristas do Estado Islâmico podem infiltrar-se entre os refugiados com o objetivo de cometerem ataques na Europa. Notámos também que esta Islamofobia pode resultar na incapacidade de acesso ao alojamento para estes migrantes e refugiados, especialmente quando têm um primeiro nome que tem uma conotação estrangeira (árabe, africana) e um patronímico que é de origem semelhante. Gostaria de pedir desculpa aos nossos amigos suíços aqui presentes, por contar uma ilustração: parece que a polícia aqui aproveita o tempo de oração na sexta-feira para multar os proprietários de veículos estacionados nas imediações das mesquitas. Aparentemente, não é feito por crueldade, mas é preocupante. É talvez esta Islamofobia que está a servir de justificação e de desculpa para a religião estar a ser usada por certos refugiados e migrantes e Muçulmanos, que se estão a converter ao Cristianismo, para evitarem esta violência que é cometida contra eles. Estes crimes não afetam apenas os Muçulmanos, mas também afetam as minorias cristãs. Por exemplo, no centro da Alemanha há 40 000 Cristãos refugiados que foram atacados ou insultados durante o último mês. A questão que nos colocamos é porque existe tanto ódio para com a religião? Sem dúvida, é por causa da ignorância; é por causa da intolerância; é por causa de uma má interpretação da religião. A intolerância e a radicalização ocorrem porque vemos diferenças, mas não temos consciência da realidade dos outros. Não podemos impor a nossa fé – uma pessoa deve ser livre para exercer a sua fé e não deve ser condenada por isso. Portanto, a religião, desde que seja bem interpretada, pode dar-nos ordem e harmonia na sociedade, respeito pelas organizações e deve dar-nos segurança e paz. Quando falamos de Islão, “salaam” significa paz. Temos dois Mandamentos que incluem amor e paz, de maneira que podemos encontrar esses valores de caráter em todas as religiões hoje. Quando falamos em toda a sociedade, fazemos a ligação entre os valores humanísticos e a religião: fidelidade, solidariedade, igualdade, amor, honestidade, humildade, paciência, misericórdia, moderação e perdão. Estes são valores comuns, que são positivos e que

127

Profile for AIDLR AIDLR

Consciência & Liberdade 30 (2018)  

Consciência & Liberdade 30 (2018)  

Profile for aidlr
Advertisement