Issuu on Google+

ESCOLA BÁSICA INTEGRADA DE AMARELEJA

N

o

m

e

d

a

e

m

p

r

e

s

a

Ano Lectivo 2009/20010 Nº2 Março 2010

0,50 Estrelas

“Limpar Portugal” reuniu os populares da nossa vila e fortaleceu espírito ecológico. O Baldio agradece!

Ainda nesta edição: • As visitas de estudos dos

alunos da EBI de Amareleja a Barrancos e Noudar, Mértola e S. Cucufate, Teatro Politeama e Palácio de Queluz • «O Cavaleiro da Dinamar-

ca» - A peça de teatro • Encontro dos alunos de

EMRC em Moura • Campanha de recolha de

Resíduos de Equipamentos Eléctricos e Electrónicos • A Importância de ser

Bombeiro na sociedade • Clube de Teatro • Parlamento Estudantil

Vanessa Martins representou a nossa escola no Corta-Mato Regional A aluna do 9ºA ficou em sétimo lugar no Campeonato Regional e teve um desempenho brilhante no Corta-Mato Nacional no passado dia 13 de Março em Vagos, Aveiro, onde formou equipa de Juvenis Femininos para representar o Centro de Área Educativa do Baixo Alentejo e Alentejo Litoral, no âmbito do desporto escolar

Alunos, professores e funcionários vestiram-se a rigor para mais um Carnaval escolar. Sob o tema «Património» todos se divertiram na interpretação de elementos daquilo que temos de mais característico na nossa terra Dia da Internet Segura - Temos informações e dicas úteis para poderes navegar na internet sem problemas


Agrupamento de Escolas de Amareleja

Página 2 - As 5 Estrelas - O Jornal da tua Escola

Editorial Realizar o Jornal na Escola é muito mais que divulgar informação, fazer propagandas ou realizar um trabalho em grupo. É também isso, e vai muito além, busca desenvolver a criatividade, o espírito crítico e avaliativo, a expressão oral e escrita. É conhecer a realidade, os problemas locais, a cultura. Significa momentos de partilha, de aprendizagens significativas e colaborativas. Ver os textos e as imagens que reflectem o quotidiano desta comunidade educativa torna-se gratificante para todos os que colaboram nesta iniciativa. O carácter pedagógico do jornal escolar e a sua influência no desenvolvimento pessoal e social dos alunos apresenta-se actualmente como uma relação de causa - efeito bastante significativa, sobretudo na motivação e auto-estima de todos os que nele participam activamente. Experiências como esta contribuem, certamente, para a formação dos nossos alunos, na construção da cidadania e para que se tornem leitores mais criativos e mais críticos em relação ao contexto social em que vivem. Francisco Pereira

A nossa escola está a participar num Programa de Reciclagem de rolhas de cortiça. Para tal, só necessitas de entregar ao teu Director de Turma as rolhas de cortiça que recolhes das garrafas! Podes consultar todas as notícias sobre a t u a e s c o l a n o s i t e http://agvamareleja.drealentejo.pt/site/

Notícias da Escola

Olimpiadas de Matemática e do Ambiente …….…………………… 3 Visita de Estudo a Lisboa - Palácio de Queluz e Teatro Politeama 4 Arte Depositrão ……………………………………………...………… 4 4 Dia Europeu da Internet Segura ………………….……………… 5 «Limpar Portugal» - Limpeza do Baldio de Amareleja…………...... 7 Comemoração do dia Mundial da Árvore……………………….…... 7 Comemoração do Carnaval - Desfile ……………………………..… 8 Campanha de recolha de REE…………………………………….. .11 Encontro dos alunos de EMRC em Moura ……………………….. 12 Visita de Estudo às Ruínas de S. Cucufato e Mértola …………....13 Entre a História e a Natureza …………………..……………………14 Visita a Lisboa - «O Cavaleiro da Dinamarca» …………………....16 A importância de ser Bombeiro na Sociedade……………………. 17 Espaço das Línguas ………………………………………...………. 18 Desporto Escolar .………………………………………………...….. 20 Clube de Teatro ……………... ……………………………………… 22 1º Ciclo de Amareleja ……………………………………………….. 23 Eleições Parlamento Estudantil ……………………………………. 23 Última …………………………………………………………………. 24

Não percas tempo! Espreita as novidades do Agrupamento de Escolas de Amareleja. Amareleja

Ficha Técnica Propriedade: Agrupamento de Escolas de Amareleja Coordenadoras: Carla Vasconcelos e Vanessa Quitério Colaboraram nesta edição: Alice Rocha; os alunos Inês Fradinho, João Ferreira e Tomás Simões do 3ºB de Amareleja; Beatriz Carrasco, Carla Matins, Dinis Caeiro, José Maria, Marina Silvestre e Sofia Coelho do 5ºD; Ana Marta, Marta Pato e José Pedro Campaniço do 6ºA; os alunos do 6ºB; Beatriz Martins, Diana Simões e Susana Martins do 6ºC; Carolina Santos, Inês Mestre e Beatriz Candeias do 7ºC; Gonçalo Caro do 8ºA; Neuza Manços e Vanessa Martins do 9ºA; Susana Patrício do 5ºA; Carla Reis; Clara Barreira; Célia Ramos; Fátima Baltazar; Francisca Barradas, Francisco Pereira; Hélder Sousa; José Manuel Ferreira; Maria José Borrego; os alunos Carlos Honrado, Carlos Mendes, Elson Banha, Mauro Robles e Luís Lérias da turma de CEF de Protecção de Pessoas e Bens. Paginação e revisão: Carla Vasconcelos e Vanessa Quitério Impressão: Câmara Municipal de Moura

A tua escola na internet - http://agvamareleja.drealentejo.pt/site/


Agrupamento de Escolas de Amareleja

Página 3 - As 5 Estrelas - O Jornal da tua Escola

As Notícias da Escola Olimpíadas da Matemática Resultados da 1ª Eliminatória

No dia 11 de Novembro decorreu a 1.ª eliminatória das XXVIII Olimpíadas Portuguesas da Matemática. Nesta primeira fase participaram 50 alunos da nossa escola, 40 nas pré-olimpíadas (alunos dos 5.º, 6.º e 7.º anos) e os restantes nas olimpíadas (alunos dos 8.º e 9.º anos). O aluno Tomás Caldeira foi o seleccionado para participar na 2ª eliminatória. No entanto, como foi transferido para a Escola de Barrancos, continuou a participar, mas em representação da sua actual escola.

Ambiente à Prova - Categoria Júnior

Programa de Reciclagem de Rolhas de Cortiça

O aluno Jorge Fernando Trigueirão Batardinho, da turma B,

COLABORA CONNOSCO!!

do 9.º ano, obteve o melhor resultado da Escola, na 1ª Elimi-

Ajuda-nos a preservar o sobreiro (Quercus suber) e a melhorar o nosso ambiente. Desfrute da sua bebida, tendo consciência que está a contribuir para a conservação da nossa floresta autóctone.

natória das XV Olimpíadas do Ambiente 2009/2010. A Prova decorreu no dia 14 de Janeiro e teve como tema “Os Objectivos do Desenvolvimento do Milénio". Foram seleccionadas para participar na 2.ª eliminatória as alunas

A rolha de cortiça é um produto que

Ângela Correia Rodrigues (8.ºA), Filipa Cristina Agulhas

garantiu e deverá continuar a garantir a

(9.ºA) e Tânia Sofia Batista Valente (9.ºB) passaram à

manutenção do montado de sobreiros.

segunda eliminatória, que teve lugar a 4 de Março. Infeliz-

Esta espécie faz parte de um dos ecossiste-

mente, já não conseguiram ultrapassar esta etapa.

mas mais ricos em biodiversidade do con-

De qualquer modo, todos os alunos estão de parabéns!

tinente europeu e que se estima absorver, por ano, 4,8 milhões de toneladas de CO2,

Não nos podemos esquecer de agradecer a todos os que realizaram a prova. Ao participarem nesta actividade os alunos evidenciam parte da sua sensibilidade ecológica e capacidade de concretização de actividades extracurriculares. As Olimpíadas do Ambiente têm como objectivo fundamental sensibilizar a comunidade escolar, especialmente os alunos do 7.º até ao 12º ano, para a problemática ambiental, aprofundando o conhecimento sobre a situação portuguesa e mundial.

um dos principais gases causadores do efeito estufa e do consequente aquecimento global. Como a cortiça é a própria casca da árvore, também retém CO2 e ao ser reciclada, evitam-se emissões deste gás para a atmosfera, contrariamente ao que acontece quando se decompõe ou é incinerada. A tua escola na internet - http://agvamareleja.drealentejo.pt/site/


Agrupamento de Escolas de Amareleja

Página 4 - As 5 Estrelas - O Jornal da tua Escola

As Notícias da Escola Visita de Estudo a Lisboa - Palácio de Queluz e Teatro Politeama No âmbito das disciplinas de Língua Portuguesa e His-

Dorothy e os seus amigos: o espantalho sem cérebro;

tória e Geografia de Portugal, os 6º anos, das turmas

o homem de lata sem coração e um leão sem cora-

A, B e C, da Escola Básica Integrada de Amareleja,

gem. Os quatro caminharam pela estrada de tijolos

acompanhados pelos professores: Susana Araújo,

amarelos, à procura do Feiticeiro de Oz e assistimos

Mário Almeida, Maria José Leal e Francisca Barradas,

às suas aventuras.

visitaram o Palácio Nacional de Queluz e o Teatro Politeama, em Lisboa, no dia 15 de Janeiro de 2010.

Em seguida visitamos o Palácio Nacional de Queluz. Uma das coisas que nos impressionou foram os esti-

Saímos da Amareleja por volta das 7:00 horas mas

los: Barroco; Rococó e Neoclássico. Vimos imensos

ainda tivemos de passar pela Póvoa de S.Miguel, pois

compartimentos, tais como: salas, quartos, salões de

os alunos de Santo Aleixo e de Safara já se encontra-

festa, sala de chá, sala de fumo, sala de jantar e sala

vam no autocarro. A visita teve como principais objecti-

de trono.

vos:

A nossa guia que possuía muitos conhecimentos histó-

- Desenvolver o espírito crítico; - Fomentar o gosto pelo teatro; - Reconhecer a importância dos conhecimentos históricos deixados pelos nossos antepassados; - Descobrir o prazer através da arte; - Identificar documentos históricos.

ricos tirou-nos inúmeras dúvidas, tais como a forma como os membros da realeza se comportavam e os seus costumes e tradições. Chegámos a Amareleja por volta das 19:15 horas. Consideramos que a visita de estudo foi muito interes-

Esta visita de estudo proporcionou aos alunos assistirem à peça de teatro: “O Feiticeiro de Oz”, um musical

sante e com ela aprendemos muitas coisas sobre a história e a representação de uma peça de teatro.

de Felipe La Féria no Teatro Politeama, em Lisboa. Neste teatro tivemos o prazer de conviver com os colegas e os actores cantando músicas do espectáculo e

Beatriz Martins nº5; Beatriz Garcia nº6; Diana Simões

aprendemos como é bom ter uma família e fazer ami-

nº9; Susana Martins nº17 - 6ºC

gos. Neste musical havia uma menina chamada

Arte Depositrão Participa na decoração de um ou vários

REEE (Resíduos de Equipamentos Eléctricos e Electrónicos) e trans-

forma o resíduo num objecto artístico. Mostra que tens imaginação e revela a tua capacidade de transformação de pequenos equipamentos eléctricos e electrónicos em verdadeiras obras de arte. Os trabalhos devem estar concluídos no dia 20 de Maio de 2010 e deverão ser expostos no dia Eco-Escola (durante a Semana Cultural). Esclarece as tuas dúvidas com Professoras do Projecto Eco-Escola e professoras de E.V.T.

Diverte-te e desenvolve a tua criatividade! Surpreende-nos!

A tua escola na internet - http://agvamareleja.drealentejo.pt/site/


Agrupamento de Escolas de Amareleja

Página 5 - As 5 Estrelas - O Jornal da tua Escola

As Notícias da Escola Dia Europeu da Internet Segura O Dia Europeu da Internet Segura comemorou-se no dia 9 de Fevereiro na Biblioteca da nossa escola.

Glossário Cyberbullying: consiste no acto intencional de uma criança ou adolescente denegrir, ameaçar, humilhar ou maltratar outra criança ou adolescente utilizando as novas tecnologias de informação e comunicação, em particular, a Internet. Phishing: consiste em utilizar métodos vários que levem o cibernauta a revelar dados pessoais e confidenciais, como os seus números de cartão de crédito, informação de contas bancárias, números de segurança social, passwords e outros. Trojans: vírus geralmente camuflados num programa legítimo, que executam outras funções com o desconhe-cimento do proprietário do equipamento. Vírus: programa informático que tem como propósito infectar o computador, fazendo com que o seu sistema operativo fique corrompido. Worms: têm a mesma finalidade do vírus, mas propagam-se automaticamente, replicando-se assim em grande volume.

Durante toda a manhã foi divulgada uma apresentação electrónica elaborada pelos alunos do 8.º A e 8.º B alertando para os Perigos da Internet e dando a conhecer alguns cuidados que não devemos esquecer. Nos intervalos das actividades lectivas foram vários os alunos, do 1.º ao 3.º ciclos, que participaram nos jogos disponíveis no site www.seguranet.pt colocando à prova, de uma forma divertida, os seus conhecimentos sobre a Segurança na Internet. Foram distribuídos panfletos, autocolantes e marcadores de livros alusivos a esta temática. Houve ainda tempo para a visualização de um filme sobre a Internet Estas actividades contaram com a colaboração dos alunos do 8.º A e do 9.º B aos quais se agradece a sua disponibilidade e o seu empenho!

Sessão de Cinema “A REDE” Neste filme, Angela Bennett (Sandra Bullock) é uma programadora informática que vive no início da era digital. A sua função passa por testar jogos para eliminar erros e por descobrir vírus em sistemas de segurança.

do apenas quer a disquete e matá-la de seguida. Ela consegue escapar, mas roubam-lhe o passaporte e a sua própria identidade é alterada, por quebra na segurança dos sistemas informáticos americanos. Uma vez que vivia isolada de todos, foi difícil alguém sentir a sua falta e conseguir provar quem ela realmente era. Daí até ao final, o filme gira em torno de muita acção e suspense.

Vive para o trabalho, que pode Este filme mostra-nos que não ser feito através de casa e, pradevemos refugiar-nos nas ticamente todas as suas amizanovas tecnologias e isolar-nos des, são apenas virtuais. da realidade, não devemos Um dia decide tirar férias e conversar com pessoas desconuma bela praia de Yucatan, nhecidas, nem mesmo falar da México, encontra um homem nossa vida ou facultar dados bem-parecido que tenta roubar- pessoais a alguém. É preciso lhe uma disquete que contém muito cuidado, porque a Interum vírus que iria ser espalhado net é um “Mundo” e nela exispela rede. Apesar de ela não o tem muitos perigos… Isto não conhecer, ele já tinha muitas quer dizer que deixemos de informações suas pois, fazendo navegar na Internet. Podemos -se passar por outra pessoa, e devemos consultá-la, mas dialogava com ela através de devemos estar bastante informados dos riscos inerentes à sua um chat. A partir daí a vida de Angela utilização. complica-se, pois o desconheci-

Neuza Manços 9º A

A tua escola na internet - http://agvamareleja.drealentejo.pt/site/


Agrupamento de Escolas de Amareleja

Página 6 - As 5 Estrelas - O Jornal da tua Escola

Notícias da Escola Dia Europeu da Internet Segura Hoje em dia a Internet já é acessível para quase todas as pessoas. Utiliza-se para diversas coisas, servindo desde ferramenta de trabalho a lazer. A Internet tanto nos pode dar benefícios, como pode pôr em risco a nossa própria vida. Se por um lado nos permite fazer pesquisas, visitar museus, conhecer outras culturas, comunicar com os outros, por outro, pode fazer com que nós, sem querermos, deixemos transparecer dados que podem pôr em risco a nossa segurança, o que acontece com maior frequência nas compras online, nos chats, nas redes sociais, no envio de e-mails, etc. Nestas salas de conversação (chats), ao falarmos com desconhecidos temos de ter atenção aos seguintes aspectos: ● Não dar o nome; ● Não dar a morada; ● Não dar a conhecer o número de cartões pessoais; ● Não dar os dados de acesso a contas bancárias; ● Não referir palavras-passe; Nas redes sociais, deves ter muito cuidado com a exposição dos teus dados na página de perfil e com as fotografias e as opiniões que colocas on-line. Nunca te esqueças que os utilizadores mal intencionados podem utilizar o que sabem sobre ti para criar falsos perfis. No correio electrónico, não abras mensagens de remetentes que não conheças, porque podem conter vírus. Por vezes, surgem Cavalos de Tróia (trojans) que poderão danificar seriamente o teu computador. Outro assunto de extrema importância relacionado com os perigos da Internet é o cyberbullying. Geralmente trata-se de colegas mais velhos que humilham e ameaçam os mais novos utilizando as novas tecnologias da informação, principalmente os chats de conversação. O cyberbullying pode levar a depressões, isolamento, grande sofrimento e, por vezes, pode até levar à morte. Agora já sabes que a Internet tanto te pode dar coisas boas, como pode pôr seriamente a tua vida em perigo! Por isso, quando fores à Internet já sabes algumas dicas que ajudam a proteger-te de algo que possa acontecer. Não te esqueças que é fundamental denunciar situações de risco. Informa os teus pais ou professores de qualquer coisa que te tenha desagradado!

O FILME 'A REDE' ALERTA PARA OS PERIGOS DAS AMIZADES VIRTUAIS

Gonçalo Caro 8.º A

A tua escola na internet - http://agvamareleja.drealentejo.pt/site/


Agrupamento de Escolas de Amareleja

Página 7 - As 5 Estrelas - O Jornal da tua Escola

Notícias da Escola “Limpar Portugal” - Limpeza do Baldio de Amareleja No dia 20 de Março de 2010, foi o dia de limpar Portugal. Como a missão era limpar as matas, o povo da Amareleja decidiu limpar o Baldio das Ferrarias. Para isso, houve uma grande adesão por parte do povo. Para fazer a limpeza, a Junta de Freguesia de Amareleja distribuiu luvas e sacos do lixo para que se pudesse pôr mãos à obra. E assim, começaram por dividir os participantes em grupos e depois por locais a limpar. Também tivemos o apoio de tractores e carrinhas, onde eram despejados os sacos com lixo e alguns objectos maiores que foram encontrados de daí os resíduos eram postos em contentores que depois eram levados para aterros sanitários. Na nossa opinião esta foi uma grande iniciativa e muito importante porque limpar o ambiente e protege-lo é um dever cívico no qual todos devemos participar. Já que estas iniciativas de limpezas por vezes são poucas há que aproveitá-las. Para nós foi um dia bastante divertido, pois além de termos ajudado a natureza também nos divertimos e socializamos. Deveriam promover mais actividades destas, para que as matas não fiquem sujas como estavam. Filipa Agulhas e Vanessa Martins - 9ºA

Comemoração do Dia Mundial da Árvore

O Agrupamento de Escolas de Amareleja agradece à Câmara Municipal de Moura, pelo fornecimento das árvores plantadas.

Os nossos alunos não se esqueceram de comemorar o Dia Mundial da Árvore. Para assinalar a data, foram plantadas duas árvores em cada escola do agrupamento, uma pelos alunos do Pré-Escolar e outra pelos do 1º Ciclo. A partir de agora, a manutenção e tratamento das árvores será feita pelos respectivos alunos de cada escola. A tua escola na internet - http://agvamareleja.drealentejo.pt/site/


Agrupamento de Escolas de Amareleja

Página 8 - As 5 Estrelas - O Jornal da tua Escola

As Notícias da Escola Comemoração do Carnaval—Desfile na Amareleja Nem o tempo frio, nem alguma chuva à mistura impediram que decorresse o tradicional Desfile de Carnaval das nossas escolas pelas ruas da vila de Amareleja. Participaram no evento alunos, professores e auxiliares que, com muito empenho e dedicação, deram largas à sua imaginação e apresentaram os seus originais disfarces! Foi no dia 12 de Fevereiro e houve grande animação!

Fotos pela Professora Célia Ramos

1º Ciclo

“Torre do Relógio” - 4ºAno

“Chaminés” - Pré-Escolar

“Malmequeres” - 3ºB

“Ceifeiras” - 1ºA

“Espigas” - Pré-Escolar

A tua escola na internet - http://agvamareleja.drealentejo.pt/site/


Agrupamento de Escolas de Amareleja

Página 9 - As 5 Estrelas - O Jornal da tua Escola

As Notícias da Escola Comemoração do Carnaval—Desfile na Amareleja 2º Ciclo

“As Ceifeiras” - 5ºA

“Os Forcados” - 5ºA

“Cogumelos” - 6ºA e 6ºC

Em cima, à direita:“O Rebanho” - 5ºC Em cima, à esquerda:“Vara de Porcos” - 5ºD Em baixo, à esquerda:“A Vindima” - 5ºB A tua escola na internet - http://agvamareleja.drealentejo.pt/site/


Agrupamento de Escolas de Amareleja

Página 10 - As 5 Estrelas - O Jornal da tua Escola

As Notícias da Escola Comemoração do Carnaval—Desfile na Amareleja 2º Ciclo

“Os caracóis” - 6ºB

“Os caçadores” - 7ºB

3º Ciclo

“As Deusas Gregas” - 7ºA

“As damas”

Professores, Funcionários e Alunos mascararam-se e saíram à rua para mais um desfile na Amareleja. Não faltou diversão, alegria, música e dança, os ingredientes fundamentais para a folia que é o Carnaval!

A tua escola na internet - http://agvamareleja.drealentejo.pt/site/


Agrupamento de Escolas de Amareleja

Página 11 - As 5 Estrelas - O Jornal da tua Escola

As Notícias da Escola Campanha de Recolha de REEE (Resíduos de Equipamentos Eléctricos e Electrónicos) A tua escola está a participar no

GERAÇÃO DEPOSITRÃO 2010, concurso que pretende

recolher

equipamentos eléctricos e electrónicos e reciclá-los de forma consciente. Os

Resíduos

de

Equipamentos

Eléctricos e Electrónicos (REEE) contêm componentes bastante nocivos para a saúde e para o ambiente (chumbo, cádmio e mercúrio são exemplos de componentes nocivos). Como tal, todas as pessoas devem ser esclarecidas sobre a importância da promoção de hábitos de

taneamente, visam a protecção da

trodomésticos

Saúde Humana e do Ambiente.

(secadores de cabelo, torradeiras,

Demonstra que és um jovem consciente, que se preocupa com o ambiente e com a saúde, participan-

batedeiras

em

fim

eléctricas,

de

vida

telefones/

telemóveis, leitores de mp3, portáteis, impressoras, entre outros).

do na Campanha de Recolha de

Com base no seu processo de trata-

Resíduos de Equipamentos Eléctri-

mento, os REEE foram agrupados

cos e Electrónicos (REEE).

nas seguintes categorias: grandes

objectivos o tratamento, a reutiliza-

O Depositrão é um contentor desti-

electrodomésticos;

ção e a reciclagem de REE e, simul-

nado ao depósito de pequenos elec-

arrefecimento; televisores e monito-

separação de resíduos e participação nas campanhas de recolha de REE. Campanhas que tem como

materiais

de

res, lâmpadas e outros.

Deposita os teus Resíduos de Equipamentos Eléctricos e Electrónicos (REEE) no Depositrão da Escola. Vamos aliar a nossa sensibilidade ecológica à vontade de participar no Programa Geração Depositrão. Juntos, vamos tentar juntar uma quantidade significativa de REE que nos permita obter um bom resultado no concurso GERAÇÃO DEPOSITRÃO 2010.

A CAMPANHA TERMINA NO DIA 20 DE MAIO CONTAMOS CONTIGO!!

A tua escola na internet - http://agvamareleja.drealentejo.pt/site/


Agrupamento de Escolas de Amareleja

Página 12 - As 5 Estrelas - O Jornal da tua Escola

As Notícias da Escola Encontro dos alunos de EMRC

Moral é fixe... Moral é o caminho! Os alunos de Educação Moral e Religiosa Católica da nossa escola tiveram um dia de aulas diferente, no passado dia 23 de Fevereiro. Da nossa escola participaram 31 alunos que se deslocaram até Moura, para o Encontro de Alunos de EMRC do Arciprestado e que envolveu cerca de 160 alunos, do 5º ao 7º ano, vindos das escolas de Serpa, Vila Nova de S. Bento, Amareleja, Pias e Moura. A actividade começou por volta das 10h, no Parque de Feiras da cidade, onde todos os participantes foram acolhidos pelos alunos anfitriões. Estes tocaram e cantaram para nós e para os outros alunos que iam chegando pela manhã. Assim que se reuniram todos os alunos da disciplina e os respectivos professores, e após uma breve apresentação por escolas, deu-se início à construção de um mural da actividade. Cada um deixou "a sua mão" no papel de parede, elaborando assim um painel colorido, em representação dos alunos presentes e onde constava a frase "Moral, Moura 2010".

De seguida dirigimo-nos para o Convento de Nossa Senhora do Carmo, onde visitamos a Igreja e as suas capelinhas laterais. O Professor Jorge Mata deu-nos a conhecer algumas histórias sobre o Convento e, de uma forma mais solene cantamos um cântico a Nossa Senhora do Carmo, a "senhora da casa". Para a parte da tarde outras actividades estavam reservadas. Já rente à hora de almoço regressamos para o Parque de Feiras. Aí comemos os lanches trazidos de casa. Mal parando para descansar, os alunos de EMRC lançaram-se nas actividades radicais que estavam montadas no pavilhão. Escalada, tiro ao arco, voleibol, luta, rapel, ginástica, percurso com andas e lançamento de latas foram as actividades oferecidas para o espaço da tarde e que ocuparam os alunos até às 16h. No final do encontro cada aluno retirou do mural uma mão diferente, levando assim uma parte do mural construído na parte da manhã. Simbolicamente cada um levou outro aluno consigo, acentuando assim o momento de convívio fraterno entre os alunos da disciplina de EMRC. Moral é fixe... Moral é o caminho! Texto e Fotos pela: Professora Vanessa Quitério A tua escola na internet - http://agvamareleja.drealentejo.pt/site/


Agrupamento de Escolas de Amareleja

Página 13 - As 5 Estrelas - O Jornal da tua Escola

As Notícias da Escola Visita de Estudo às Ruínas de S.Cucufate e Mértola No passado dia 3 de Março, os alunos do 7º Ano tiveram a

vincada. Devido à presença do Rio Guadiana, foi outrora

oportunidade de ter uma aula de campo de História e

um importante porto comercial.

Geografia. Para além de terem observado “in loco” ruínas romanas e artefactos das culturas romana e islâmica, também puderam reconhecer várias formas de relevo do Baixo Alentejo e Vale do Guadiana.

Chegados ao posto de turismo, conhecemos as guias que nos iriam fazer uma interessante visita à pitoresca vila. Começamos pelo Castelo, outrora posto de defesa da vila, que nos oferece uma espectacular vista para a área

O primeiro lugar a ser visitado foram as ruínas romanas de

envolvente. Prosseguimos para um dos ex-libiris da

S. Cucufate, datadas do século I d.c., que constituiam uma

localidade, a antiga mesquita, que remonta ao século

antiga aldeia, onde se cultivavam e transformavam produtos

séc. XII e que constitui o único exemplar de arquitectura

agrícolas. Apesar da chuva que não teimava em largar-nos,

religiosa islâmica em teritório português que “sobreviveu” à

tivemos a possibilidade de observar vestígos de um bonito

reconquista cristã. Dela ainda se conservam quatro portas

templo, de habitações onde outrora viviam os proprietários

de estilo árabe e o "mirhab". A actual fisionomia data do

e os empregados, bem como os diferentes tanques (de

séc. XVI, quando foi adaptada a igreja. Continuamos o

água fria, tépida e quente) onde outrora se banhavam. Foi

nosso

ainda apresentado um filme sobre o local e a sua evolução

importantes vestígios do período em questão, destacando-

ao longo dos tempos.

se uma casa e objectos utilizados no quotidiano da época.

Após paragem em Beja para almoço, prosseguimos viagem para a bonita vila de Mértola. Pelo caminho pudemos deliciar-nos com a imensidão da planície alentejana, ainda bem verdinha. A pouco e pouco denotamos algumas alterações

na

paisagem,

onde

a

planície

começa

lentamente a dar lugar a um relevo gradualmente mais acidentado, à medida que nos aproximamos de Mértola e do vale do Guadiana. Finalmente chegamos a Mértola, vila com uma grande

périplo

no

Museu

Romano,

que

apresenta

No Museu Islâmico podemos contactar com materiais do período islâmico, que foram recolhidos nas escavações arqueológicas que decorrem em Mértola desde 1978. Depois deste delicioso “banho” de cultura regressamos à Amareleja, com a pena de não termos tido a possibilidade de ir ao Pulo do Lobo, devido às condições atmosféricas adversas e ao mau estado dos acessos. Fica então uma sugestão para um passeio na Primavera! Professoras Carla Vasconcelos e Mariana Neves

riqueza patrimonial e natural, por onde já passaram Fenícios, Romanos (que a apelidavam de Mirtylis), Visigodos e os Mouros, que lá deixaram uma marca bem

A tua escola na internet - http://agvamareleja.drealentejo.pt/site/


Agrupamento de Escolas de Amareleja

Página 14 - As 5 Estrelas - O Jornal da tua Escola

Notícias da Escola Entre a História e a Natureza Os alunos do 5º Ano da EBI de Amareleja partiram um dia à descoberta do património histórico-cultural da vila vizinha de Barrancos. Já com sol alto, renderam-se aos encantos do Parque de Natureza de Noudar, no trilho pedestre e na visita ao Castelo, mandado construir no século XIV pelo Rei D. Dinis. Fotos pela professora Célia Ramos

No dia dezanove de Março fomos a Barrancos. Partimos da EBI de Amareleja às nove horas e chegamos pelas dez à vila vizinha. Fomos pelas ruas de Barrancos até ao Museu Municipal Arqueologia e Etnografia (MMAE) onde

encontrámos

vários

materiais

arqueológicos expostos no MMAE, como por exemplo utensílios, um furador, um martelo de mineração calcolítico e uma balança do século XVII. De seguida fomos ao Monte da Coitadinha, onde

almoçamos.

Fizemos

um

pequeno

percurso guiados por um mapa. No regresso ao Monte, vimos um pequeno filme sobre o parque natural de Noudar e fizemos uma pequena actividade, de perguntas e respostas. Fomos lanchar e alguns puderam fazer umas compras

na lojinha

do

recordações.

De

seguida fomos explorar o Castelo de Noudar. Vimos uma capela muito antiga e uma casa com objectos antigos. Regressamos à escola por volta das dezassete horas. Gostamos muito da visita a Barrancos e adorávamos lá voltar.

Beatriz Carrasco, Mariana Martins, Sofia Coelho 5ºD A tua escola na internet - http://agvamareleja.drealentejo.pt/site/


Agrupamento de Escolas de Amareleja

Página 15 - As 5 Estrelas - O Jornal da tua Escola

Notícias da Escola

Foi no dia dezanove de Março que fomos com o nosso professor de História e Geografia de Portugal numa visita de estudo a Barrancos. Visitamos o Museu Municipal de Arqueologia e Etnografia, o Monte da Coitadinha e o Castelo de Noudar. No museu vimos fornos de lenha que serviam as pessoas para cozer o pão e bolos, uma antiga roda de pedra e potes de cerâmica e malas antigas. Também fomos visitar o Monte da Coitadinha que se situa dentro do Parque de Natureza de Noudar. Lá as pessoas podem ficar hospedadas, fazer passeios a pé, de bicicleta e visitarem o Castelo de Noudar. O Monte também tem uma horta. O Castelo de Noudar é um monumento nacional e relevante património arquitectónico do concelho. Susana Patrício - 5ºA

Primeiro fomos

ao

Museu

de

Ar queologia

Etnog r af ia

de

e

Barrancos. Visitamos o Monte da Co i ta d i nh a

e

a lm oç a m os

na

esplanada. Fomos à Casa da Malta que fica no Monte da Coitadinha e dêmos um passeio pelo campo para ver várias coisas: uma eira grande, a Malhada dos Braços e a horta de ervas

aromáticas.

Visitamos

o

Castelo de Noudar e voltamos para casa.

Dinis Caeiro, José Maria, Carla Martins, Marina Silvestre 5ºD A tua escola na internet - http://agvamareleja.drealentejo.pt/site/


Agrupamento de Escolas de Amareleja

Página 16 - As 5 Estrelas - O Jornal da tua Escola

Notícias da Escola Visita de Estudo a Lisboa - “O Cavaleiro da Dinamarca” Nesta composição vou falar-vos sobre a visita de estudo a Lisboa, mais propriamente sobre a obra dramatizada “O Cavaleiro da Dinamarca”. Foi muito bonita, divertida e engraçada. Talvez para alguns tenha sido secante, mas não foi o meu caso. Acho que a personagem que se sobressaiu melhor foi o Scappino dois, o que se vestia de verde. Também acho que o Scappino três, o que fazia de mulher do Cavaleiro, esteve muito bem, principalmente na interacção com o público. Achei engraçado ela mandar beijinhos e piscar o olho a um colega nosso da plateia. Adorei os cenários. Estavam muito bem desenhados, pintados e organizados. Favoreceram muito a peça de teatro. Para quem leu o livro, o teatro estava muito explícito. Seguiram a ordem da obra quase por completo, e quase nem mudaram as frases que diziam. Os meus momentos preferidos foram quando o Scappino três piscou o olho a mandou beijinhos, a entrada dos pretinhos que quase não viam nada e a entrada do Urso, que se agarrou de “unhas e dentes” ao Cavaleiro. É claro que também gostei muito da interacção com o público. Na minha opinião, não desgostei de nada. Como já referi, achei o teatro muito divertido e engraçado, também pelo facto de os actores terem sido muito bons. A Companhia “O sonho” foi muito gira e criativa. Carolina Santos 7ºC

No dia vinte e dois de Março, todas as turmas de 7º ano viajaram até Lisboa para assistir a um teatro sobre a obra em estudo em Língua Portuguesa “O Cavaleiro da Dinamarca”. A partida deu-se às 08h40. Durante a viagem, ouviram-se risos das turmas animadas, vozes de todos os que cantavam e os sons dos jambés que os alunos levaram para a viagem. A chegada a Lisboa deu-se às 12h00, aproximadamente. Todos os alunos foram divididos em grupos e seguiram o professor que os acompanhava para o Centro Comercial Vasco da Gama, no qual almoçámos. E visitámos as lojas, onde compramos diversas coisas. A entrada para o teatro estava marcada para as 14h30 e as turmas da nossa escola foram bastante pontuais. Durante o teatro pudemos rir, falar com as personagens que faziam parte da peça e que interagiram bastantes vezes com a plateia. Para narrar a história, três diferentes personagens entraram em cena e impressionaram os espectadores! Denominavam-se de Scappino um, Scappino dois e Scappino três – personagens de origem italiana -, que para além de nos contarem o percurso do Cavaleiro, nos divertiram com as suas “palhaçadas”. A peça em si foi bastante interessante, ADOREI vê-la! Inês Mestre, 7ºC

A tua escola na internet - http://agvamareleja.drealentejo.pt/site/


Agrupamento de Escolas de Amareleja

Página 17 - As 5 Estrelas - O Jornal da tua Escola

Cidadania e Mundo Actual— Actual—CEF PPB A importância de ser bombeiro na sociedade... Ser bombeiro é salvar vidas, ajudar os outros, estar sempre disposto a agir, por mais que o serviço seja difícil. Hoje em dia é muito difícil ser bombeiro e também não são todos os que se submetem a tal risco. Pelo trabalho que os bombeiros exercem, deviam ter um salário mais elevado. Salvam pessoas a qualquer hora do dia, com a vida por um fiozinho, mas para todos os casos lá estão eles sempre com a mesma garra e vontade de ajudar. Bombeiro = Super Homem Carlos Mendes e Elson Banha Ser bombeiro é muito importante para a sociedade, porque apagam fogos, ajudam as pessoas quando há um acidente. Se não houvessem bombeiros, as pessoas morriam mais facilmente em caso de acidente, porque não tinham auxílio. Eles arriscam a sua própria vida para salvar outras, porque muitos deles morrem em combate a incêndios. Carlos Honrado,

Hoje em dia é muito difícil ser bombeiro, mesmo para ser voluntário. Para se ser bombeiro voluntário, hoje em dia, já é necessário ter o 9º ano e mesmo assim não se consegue evoluir na carreira, uma vez que para se tirar a maioria dos cursos já se tem que ter o 12º ano. Qualquer bombeiro com o 9º ano não vai poder tirar os seguintes cursos: sapador, INEM, G.A. (Grande Ângulo), T.A.S., etc. Daí não ser fácil ser bombeiro voluntário, uma vez que até as próprias vítimas preferem ser socorridas por alguém com o 12º ano, porque têm mais escolaridade. Mauro Robles e Luís Lérias

A tua escola na internet - http://agvamareleja.drealentejo.pt/site/


Agrupamento de Escolas de Amareleja

Página 18 - As 5 Estrelas - O Jornal da tua Escola

Francês

Inglês Texto Criativo

Mon Portrait

My Weekend

Je m’appelle Bea-

Last weekend I wat-

triz.

ched TV all morning, I

Je suis une fille et j’ai onze ans.

had lunch, I played computer games and then I studies for my Maths test.

Je suis née le 28 novembre, 1997 à Beja. Je suis portugaise et j’habite à Safara.

On Sunday, I watched TV and studies for my science test all afternoon.

J’ai les yeux marron et mes cheveux sont onduBeatriz Garcia, 6ºC

lés et marron. Je mesure 1,55 mètres et je pèse 43 Kg. Je suis au 7ième année.

Mon école s’appelle

Este texto foi produzido no último teste de avaliação de Inglês, relativo ao tema "Last weekend".

E.B.I de Amareleja. Mes matières préférées sont le Maths et le Français. Mes loisirs préférées sont : jouer à l’ordinateur et sortir avec mes amis. J’habite dans une maison individuelle.

Na próxima edição queremos ver o teu texto de língua estrangeira publicado neste espaço. Conta-nos uma história, uma aventura, uma viagem...

Au revoir ! J’aimerais bien, un jour, aller à Paris et monter les escaliers de la Tour Eiffel !

Beatriz Candeias, 7ºC

A tua escola na internet - http://agvamareleja.drealentejo.pt/site/


Agrupamento de Escolas de Amareleja

Página 19 - As 5 Estrelas - O Jornal da tua Escola

Língua Portuguesa Adivinhas

Texto Criativo Animais

São irmãs gémeas,

Um pato de flauta

Nunca se vêem,

a rasgar uma pauta.

Caracóis

Um caracol esverdeado

Nem se encontram. Um gato petiz

pousado num chapéu encar-

a andar de patins.

nado.

Amarela por fora,

Um cão mauzão

Um caracol cantor

Verde por dentro

A comer macarrão.

pisado por um tractor.

Luís Costa 6º A

Os idosos adoram, Quando têm falta de dentes.

Um elefante de gravata a comer uma batata.

Ana Marta 6º A

montado numa bicicleta.

Um lobo na mata, a escrever uma acta.

Um caracol pintor ligado a um motor.

Vivo em Safara, Sou alta,

Um cavalo inglês

Estou pintada de branco,

a jogar xadrez.

Na minha torre, As cegonhas fazem os seus ninhos.

Um caracol atleta

Um caracol futebolista inscrito numa lista.

Um golfinho de camisa a comer uma pizza.

Marta Pato 6ºA

João Pedro Campaniço 6º A Texto colectivo 6º B

Tenho cheiro a Primavera, Colorida sempre fui. Tal como as minhas primas, As casas gosto de enfeitar. Ana Marta

6ºA A tua escola na internet - http://agvamareleja.drealentejo.pt/site/


Agrupamento de Escolas de Amareleja

Página 20 - As 5 Estrelas - O Jornal da tua Escola

Desporto Escolar Encontros 2º Período

Ao longo do 2º Período os alunos da escola participaram em diversas actividades inseridas no Desporto Escolar.

Voleibol Iniciados

Badminton Infantis -Iniciados -Juvenis

Futsal Iniciados Masculino

Provas Mega - Mega Sprinter, Mega Km e Mega Salto

Os alunos que ficaram em 1º e 2º Lugares no MEGASPRINTER, e em 1º Lugar no MEGA SALTO E MEGA KM estão APURADOS para participar nas Provas MEGAS REGIONAIS, a realizar em Beja, no dia 21 de Abril de 2010. Todos os alunos estão de parabéns, pelo seu desempenho satisfatório, espírito de grupo e muito desportivismo. Deixamos um agradecimento especial aos Auxiliares de Educação do bar da nossa escola, que prepararam aos inúmeros lanches que serviram de alimento aos alunos atletas. Igualmente é de salientar a cooperação/coordenação entre as escolas envolvidas nestas actividades do Desporto Escolar e a Câmara Municipal de Moura, Junta de Freguesia de Amareleja e Barranquense pelo apoio na questão dos transportes. A tua escola na internet - http://agvamareleja.drealentejo.pt/site/


Agrupamento de Escolas de Amareleja

Página 21 - As 5 Estrelas - O Jornal da tua Escola

Desporto Escolar Passeio BTT O Passeio de BTT no Baldio . Decorreu no dia 23 de Março na parte da tarde e juntou cerca de 47 alunos. A actividade teve forte adesão por parte dos alunos e, muito s u rp re end ent em e nte , contou com um maior número de raparigas.

Compal Air - Torneio de Basquetebol - Barrancos O Torneio de Basquetebol Compal Air 3x3 Local decorreu na EBI de Barrancos no dia 9 de Fevereiro de 2010. O Torneio contou com a participação de alunos do 2º / 3 ciclos, da EBI de Amareleja, acompanhados por dois professores de Educação Física. A participação da nossa escola foi muito boa, com um total de 23 alunos (incluindo três árbitro), formando cinco equipas no total. O Torneio decorreu com muita normalidade, sem nada a registar. Os espaços eram bastante bons (um interior e outro exterior), num total de dez tabelas de basquetebol, o que permitiu que um grande número de jogos se realizassem ao mesmo tempo.

Corta Mato Regional - Castro Verde No dia 23 de Fevereiro de 2010 realizou-se o Corta-Mato Regional, em Castro Verde. A actividade contou com a participação de alunos do 1º ciclo, 2º, 3º ciclos e alunos CEF, da nossa e foram acompanhados por dois professores de Educação Física. É de enaltecer a participação da aluna Vanessa Martins do 9ºA que nos brindou com um honroso sétimo lugar e esteve brilhante ao nível da atitude desportiva e de comportamento no Corta-Mato Nacional, que ocorreu em Aveiro no dia 13 de Março. A aluna integrou assim, em conjunto com outras alunas de outras escolas, o grupo do CAE BAAL - Centro de Área Educativa do Baixo Alentejo e Alentejo Litoral - no âmbito do desporto escolar. A tua escola na internet - http://agvamareleja.drealentejo.pt/site/


Agrupamento de Escolas de Amareleja

Página 22 - As 5 Estrelas - O Jornal da tua Escola

Clube de Teatro Durante o segundo período, que está

çaram por trabalhar estes aspectos, evi-

prestes a terminar, o Clube de Teatro pôs

denciando evolução. Para alguns alunos

em cena três peças “Os Reis Magos”, desti-

em particular, o Clube de Teatro está a ser

nada ao Pré-Escolar; “Quem foi Leonardo

muito importante porque está a contribuir

da Vinci?”, destinada aos alunos do 8º Ano, e “O amor anda no ar”, destinada à comunidade educativa. Para além disso, o Clube apresentou a peça “A Festa da Água”, no dia 22 de Março, a propósito da comemoração do Dia Mundial da Água. A participação dos alunos no Clube de Teatro foi positiva ao longo de todo o período. Os alunos foram, na sua grande maioria, assíduos, receptivos, empenhados, responsáveis e mostraram-se, quase todos, muito

disponíveis

para

participar

nos

ensaios, o que implicou terem de abdicar do seu tempo livre.

para melhorar a sua dicção, memorização de texto, projecção de voz, leitura expressiva e auto-estima. No entanto, há alguns alunos que devem melhorar o seu comportamento durante os ensaios, pois, a sua falta de concentração e dispersão pelo espaço cénico dificultam a sua representação bem como a dos colegas. Resta agradecer, em particular, a colaboração

das

docentes

Anabela

Ramos, na maquilhagem e guarda-roupa, e, Mariana Cano, na concepção e realização de cenários e de adereços. O Clube de Teatro agradece igualmente a colaboração das senhoras do Refeitório, O desempenho dos pequenos actores foi, na globalidade, bastante positivo. Se há alunos que revelaram mais autonomia, ini-

por permitirem a realização dos ensaios naquele espaço. Professora Alice Rocha

ciativa, criatividade e espontaneidade na arte de representar, todos os outros se esforA tua escola na internet - http://agvamareleja.drealentejo.pt/site/


Agrupamento de Escolas de Amareleja

Página 23 - As 5 Estrelas - O Jornal da tua Escola

1º Ciclo— Ciclo— Amareleja “Do Clássico ao Jazz” Eu hoje fui ver um concerto de música na

Eu e os meus colegas do 3ºB e

biblioteca, dado pelos senhores José do

do 3ºA assistimos a um concerto

Monte e Fernando Vintém. O José tocava

na biblioteca. O Sr. José do Mon-

Hoje eu e os meus colegas

saxofone e o Fernando tocava sintetizador.

te tocava saxofone e o Fernando

fomos à biblioteca assistir a um

Eles falaramde músicos como Mozart, Bach

Vintém tocava um sintetizador.

concerto de música. Tocaram

e Bethoven. Todos nós ficamos até às

Os dois tocaram a música de

uma das músicas do Mozart

16h15 da tarde. Eu e os meus amigose pro-

Mozart e Bach e de mais alguns

que para mim era muito bonito.

fessores fizemos uma viagem pela música e

compositores clássicos. Quando

E a última foi muito fixe porque

fomos mudando de ano para ano até aca-

acabou batemos muitas palmas e

deu-me vontade de saltar, dan-

barmos a viagem. Todos nós gostamos mui-

eu gostei muito.

çar e deu-me inveja… Foi um

to desta viagem.

Inês Fradinho 3ºB

sucesso. João Ferreira 3ºB

Tomás Simões 3ºB

No dia 24 de Março a nossa escola recebeu a iniciativa “Do Clássico ao Jazz”, no âmbito do projecto “Sons da Escola”, cuja entidade responsável é a Direcção Regional do Alentejo. Esta actividade destinou-se a alguns alunos do 1º Ciclo.

Eleições do Parlamento Estudantil Realizaram-se no dia 20 de Janeiro de 2010 as eleições para o Parlamento Estudantil. Todos os alunos da escola tiveram a oportunidade de exercer o seu direito de voto, elegendo a lista B. A tua escola na internet - http://agvamareleja.drealentejo.pt/site/


Agrupamento de Escolas de Amareleja

Página 24 - As 5 Estrelas - O Jornal da tua Escola

Todos iguais, todos diferentes O slogan é bem conhecido, pois anda na boca de toda a gente, mas, de tão conhecido, banalizou-se o conteúdo da mensagem. Todos diferentes porque uns são altos e outros são baixos, uns são loiros e outros são morenos, uns moram na cidade e outros moram na aldeia, uns gostam de manteiga e outros gostam de queijo. E, no fundo, todos iguais. Iguais sobretudo na necessidade de amor. Todos nós precisamos de amor e as crianças e os jovens ainda mais. Repito: os nossos filhos precisam de amor. Mas não se confunda amor com oferta de presentes. Amar é ouvir. Amar é partilhar as angústias e os medos. Amar é partilhar as alegrias e os segredos. Amar é respeitar. Amar é dizer uma palavra de carinho. Amar é valorizar os pequenos progressos. Amar é estar presente. Amar é ensinar. Amar é educar. E educar é aperfeiçoar. Educar é ajudar a ser melhor. Educar é corrigir. Educar é apontar um caminho. Educar é ajudar a percorrer o caminho. Educar é estar presente. Educar é acompanhar. Educar é dialogar. Creio que os pais, de um modo geral, estão a omitirse deste amor, desta educação. A sociedade de consumo em que vivemos será, talvez, a principal responsável por este facto. Para que não falte nada aos nossos filhos, trabalhamos imenso. Pais e mães passam os dias nos locais de trabalho, ausentes do lar, a trabalhar para ganhar dinheiro para comprar o que faz falta e o que não faz falta. Nunca se gastou tanto com o supérfluo. Vivemos seduzidos pela tirania da publicidade. Enquanto isso, os nossos filhos vão crescendo sem a nossa atenção, sem o nosso tempo a eles dedicado, o que, sobretudo na infância, é fundamental.

Ainda bebés vão para os infantários ou são entregues a amas e depois vão para a escola onde passam imenso tempo. E nós estamos ausentes. Ao fim do dia, cansados e exaustos, não temos tempo para os ouvir e se lhes perguntamos como lhes correu o dia é entre a notícia que passa na televisão e o arrumar da cozinha que ouvimos a sua resposta. Eles captam a nossa indiferença. Quando estamos com eles temos o tempo contado porque vivemos à pressa. Corremos atrás do tempo sem nos apercebermos que vamos no sentido errado. Já não temos tempo para o essencial: a partilha, a entrega. Já não nos entregamos, quando muito, entregamos coisas, bens materiais (brinquedos, guloseimas, roupas, acessórios). Mas, o que é mais importante não lhes damos: o nosso amor. Amar não é oferecer prendas. Amar não é dizer que sim a tudo. Amar não é realizar todas as vontades. Amar é estar lá quando precisam de nós e, às vezes, o precisar de nós é tão-só um olhar nos olhos, um sorriso confiante, um beijo carinhoso, uma palavra de conforto. A nossa ausência, em termos afectivos, cria um vazio e é esse vazio, muitas vezes erradamente preenchido com bens materiais, que está a provocar a indiferença dos nossos filhos. É esse vazio que os leva a procurar, muitas vezes, soluções erradas para os seus medos, as suas inseguranças, as suas dúvidas. Urge repensar para onde caminhamos, enquanto sociedade, quando temos cada vez menos tempo para as pessoas e passamos, no pouco tempo de lazer, cada vez mais tempo com as máquinas (televisão, computador, internet, telemóvel, mp3 e afins…).

Dia da Saúde No próximo dia 29 de Abril a nossa escola vai dedicar um dia inteiro à Saúde. Toda a comunidade escolar poderá informar-se sobre hábitos alimentares saudáveis e participar nas diversas actividades propostas: determinação do IMC (Índice de Massa Corporal), Pressão Arterial e Glicemia; mostra de produtos alimentares na “Banca de frutas de legumes” e visitar o “Cantinho do não fumador”. Da parte da tarde o Projecto “Cuida-te” apresenta a peça de teatro: “Deixemos o sexo em paz”, um monólogo interessante que aborda temas relacionados com a saúde e o indivíduo. Haverá exposição de materiais e todas estas actividades contam com a ajuda dos professores da nossa escola e dos

Professora Alice Rocha

Agentes da saúde do nosso concelho.

Queres participar na próxima edição do Jornal da tua escola? Queres fazer reportagem das actividades do Agrupamento de escolas de Amareleja e ver os teus trabalhos publicados?

Então ins-

O Agrupamento de Escolas de Amareleja agradece a todos os alunos voluntários todo o trabalho realizado até ao

creve-te no clube do Jornal ‘As 5 Estre-

momento e deseja a conti-

las’ ou fala com qualquer professor da

nuação de um bom trabalho.

tua turma.

Junta-te a este grupo 5 estrelas!

A tua escola na internet - http://agvamareleja.drealentejo.pt/site/


Jornal Escolar: As 5 Estrelas