Page 1


Água Verde é o bairro campeão em roubo de carros em Curitiba O bairro Água Verde tem mais e meia-noite, conforme a polícia. “O carros roubados que o centro da cidade, número de furtos é maior, porque o e os veículos mais visados são os marginal precisa de só um minuto para populares, sem chaves codificadas e cometer o crime. O roubo nos preocupa modernos sistemas de alarmes. mais, porque envolve violência contra Durante entrevista a vítima”, disse o CARROS MAIS coletiva à imprensa, o delegado Figueiroa. ROUBADOS EM 2012 delegado Renato Em média, 25 carros são roubados ou furtados Figueiroa informou que o Volkswagen Gol bairro Água Verde por dia aqui em Curitiba. Fiat Uno No ano passado, foram continua sendo o bairro Fiat Palio onde mais se rouba quase nove mil casos Chevrolet Corsa veículos em Curitiba. registrados, de acordo Chevrolet Celta com um balanço da DeleAlguns motivos são Ford Fiesta citados, como a gacia de Furtos e Roubos Chevrolet Monza tranquilidade do bairro, de Veículos. Foram 5.438 Volkswagen Parati onde os bandidos agem ocorrências de furtos e Volkswagen Fusca com alguma 3.443 de roubo. O índice tranquilidade. O grande de recuperação desses veFiat Siena número de edifícios, onde ículos variou de 50% a alguns veículos ficam nas ruas durante 65%, segundo a delegacia. Os carros a noite e a madrugada, também populares são mais visados. A maioria favorecem o delito. é levada para desmanche, para que as A Polícia Civil divulgou um balanço peças sejam retiradas e vendidas. que aponta que 63,5% dos veículos Seguro sobe até 40% roubados ou furtados no primeiro De acordo com o Sincor (Sindicatos bimestre de 2013 foram recuperados. dos Corretores de Seguros), o aumento O número é 21% maior que no mesmo neste início de ano ficou entre 3% e 8%, período do ano passado, quando houve na média, em relação ao ano passado. recuperação de 52,5% dos objetos de Em alguns casos, porém, o motorista roubo ou furto. encontra aumento de até 40%, se Os crimes acontecem na maioria das comparada ao valor pago em 2011 para vezes durante a noite, entre as 18 horas preservar a cobertura do veículo.

Travas e alarmes podem evitar furtos de veículos O Brasil é um dos países que tem os valores de seguro de automóveis mais caros do mundo. Diversos motivos são apontados, mas existe uma lucratividade abusiva neste setor, além do elevado número de veículos roubados ou furtados. Hoje em dia os roubos de carros são tantos que quase ninguém mais se anima a andar com o carro sem possuir um alarme com trava elétrica, uma vez que deixar o carro em qualquer rua sem a devida vigilância e segurança é pedir que seja roubado. Existem pessoas que trabalham e que por isso se vêem obrigadas a deixarem seus carros próximos aos locais em que realizam seu trabalho. Outras deixam o veículo na rua por falta de vaga de garagem, entre outros motivos. Os valores dos estacionamentos

estão cada vez mais abusivos. Por todos esses motivos, e também por conselhos de técnicos de segurança, a instalação de travas e alarmes nos veículos é mais que recomendável: é uma necessidade. Alguns técnicos de segurança lembram que no momento de furtar um veículo os marginais avaliam os locais de ação, preferindo lugares ermos, com pouco movimento, e preferem os veículos sem travas e sem alarmes, porque exigem menor tempo para serem roubados. Entre roubar um veículo com trava e alarme, e um veículo sem acessórios de segurança, o marginal prefere com certeza o veículo sem proteção. Portanto, para quem não pode pagar o seguro do automóvel, a melhor opção é colocar dispositivos de segurança que protejam o veículo.


Mais uma criação curitibana: “Réveillon Fora de Época”

O Réveillon Fora de Época é uma festa tipicamente curitibana onde as pessoas se reúnem, mas, segundo a más línguas, não se misturam. Tudo começou há dois anos, na Praça Espanha, cujos moradores e comerciantes da região não

gostaram da ideia, e pediram para a Prefeitura transferir o local da festa. Neste ano, a festa foi realizada no Largo da Ordem, reunindo 25 mil participantes, na grande maioria jovens. O motivo da festa é inserir Curitiba no calendário nacional de festas inusitadas. “No Brasil, brincam que o ano só começa depois do carnaval. Por isso o réveillon deve acontecer após o carnaval”, justifica Bruna, adolescente aguaverdeana. A convocação para a festa foi feita - desde a primeira vez - pela internet. Internautas das mais variadas tribos levam suas bebidas - champagne, cerveja ou tubão, dependendo da condição social dançam e conversam animadamente. Não há carro de som nem trio elétrico. Reforçando a crença de que o curitibano é um povo fechado e reservado, muito

diferente de outras cidades, neste Reveillon tipicamente curitibano, as pessoas se reúnem, mas não se misturam. Não há interação entre as tribos; no máximo um aceno de mão ou um cumprimento. O Réveillon Fora de Época é uma prova disso: os participantes formam rodas, como numa festa de tribos indígenas. “Estamos aqui, mas cada um na sua”, é a mensagem dos participantes. Mesmo na queima de fogos, à meia noite, nada de abraços efusivos ou manifestações exageradas de alegria. Um amigo disse que nunca mais vai à Bahia, motivo: “povo folgado, fica abraçando, passando a mão. To fora!”. A disciplina e a excelente educação são mais uma das características dos curitibanos e da festa. 25 mil pessoas reunidas, dançando e bebendo, e não há brigas ou problemas.


Novo comando do exército recebe secretário da Copa ficiais do Exército Brasileiro estiveram reunidos, nesta quinta-feira , no Quartel General no bairro do Pinheirinho, para ouvir a palavra do secretário estadual para Assuntos da Copa do Mundo da FIFA 2014, Mario Celso Cunha, e obter informações sobre a preparação da Copa no Paraná. O secretário foi recebido pelo comandante da 5ª Região Militar e 5ª Divisão do Exército, general Luiz Felipe Kraemer Carbobell, que destacou a importância do planejamento para o mundial. “Trata-se de um megaevento, onde as Forças Armadas

estarão presentes, contribuindo para a segurança nacional”, disse o militar. A palestra foi no auditório do QG e teve a coordenação do general de brigada, Fernando Marques Freitas, responsável pelos projetos e logística para a Copa 2014. “Estamos empenhados em desempe-

nhar um grande papel, atuando de forma compartilhada com as demais Armas, incluindo Aeronáutica e Marinha”, falou Freitas. O Exército vai utilizar cerca de 18 mil militares no mundial de 2014, devendo preparar 1,5 militares para a Cidade-sede de Curitiba. O Gover-

no Federal, através do Ministério da Defesa, investirá R$ 709 milhões para as ações do mundial. “As Forças Armadas estiveram coordenando as ações de segurança nos jogos Panamericanos (RJ) e na Rio+20, demonstrando competência exemplar”, afirmou o secretário Mario Celso Cunha. “Eles estarão também nos demais grandes eventos do Brasil, como Copa das Confederações, Jornada Mundial da Juventude, Copa América, Visita do próximo Papa e Olimpíadas 2016”, concluiu o secretário da Copa. Fotos: Osvaldo Ribeiro.

Leite de saquinho X leite de caixinha A praticidade na alimentação, nos dias de hoje, na maioria dos casos, é sinônimo de consumo exagerado de conservantes e acidulantes, e de produtos cancerígenos. Algumas doenças de pele são causadas por esses produtos químicos usados para preservação de alimentos.

No caso do leite, por exemplo, as pessoas preferem comprar o leite de caixinha, o leite UHT. Ele recebe uma substância química chamada de estabilizante (citrato de sódio). Assim, toda a gordura do leite é distribuída de maneira uniforme, o que evita a formação da nata e a separação da

gordura, por isso o leite de caixa é mais viscoso. O leite de saquinho não possui esse aditivo químico. O leite de saco conserva mais os seus nutrientes, pois o tratamento que recebe na indústria é mais suave. O leite UHT é processado em temperaturas bem mais elevadas. Esse

processo mata também nutrientes importantes do leite. O processamento UHT é mais rigoroso. Assim, elimina todos os microrganismos do leite, tanto os patogênicos como os deteriorantes. É um dos motivos pelo qual o tempo de validade é de quatro meses, bem maior que a validade do leite de saco. A validade do leite de saco é de três dias, pois o processamento é mais suave e preserva vitaminas e minerais importantes para a nossa saúde. Porém, o sabor é muito melhor. O leite em caixa é também chamado de “sopa morta” porque todas as bactérias, proteínas e vitaminas estão mortas.


A Casa Pronta Decorações tem novidades em persianas e cortinas abe aquele último lançamento em persianas e cortinas? Cortinas Wave imitando o falso Ilhos. Persianas Rolô Dublê Vision, Noblesse, Rolo Premium, DoubleVision, Seychelles? A Casa Pronta Decorações tem tudo isso e muito mais para deixar sua casa ou escritório mais bonito, moderno e requintado. Há 27 anos no mercado de cortinas, persianas, estofados e decorações, o casal Sidney Batista Alves e Tânia Alves da Casa Pronta Decorações tem as mais lindas sugestões para a sua casa ou comércio. Atende em domicílio e faz orçamentos sem compromisso. A empresa atua no ramo de decorações apresentando os últimos lançamentos da moda em produtos nacionais e importados. Através de catálogos ricamente ilustrados você pode escolher papéis de parede, persianas, da Alemanha, Itália, Argentina e nacionais. Confira os produtos que a Casa

Pronta oferece para embelezar sua casa ou escritório: Persianas - Lançamentos em persianas horizontais e verticais. Modelos inovadores como Rolô Dublê Vision, Noblesse, Rolô Premium, Doublê Vision, Seychelles, e mais de 20 modelos, do tradicional ao último lançamento, em várias cores e padrões. Tudo confeccionado sob medida. Cortinas - Lançamento Wave im-

portado mecanismo igual ao de persiana, para residências ou escritório que não tem cortineiro ou sanca, ou com pé direito alto. Cortinas tradic i o n a i s , atualizadas, em mais de 15 modelos, das antigas às mais modernas. Sancas - O modelo que faz sucesso na atualidade, e que já está na Casa Pronta, é a Sanca de Isopor revestida em Polietileno. É de fácil aplicação e limpeza, durável e econômica. São 17 modelos disponíveis. Papel de parede - Modelos alemães, italianos, argentinos e nacionais, com as mais belas e modernas padronagens, disponíveis em centenas de modelos, acessíveis para consultas em 15 álbuns ricamente ilustrados. Estofados - A Casa Pronta tam-

bém fabrica e reforma os seus estofados, sofás retráteis e com chess long. Tudo sob medida. Capas para estofados modeladas. Além de oferecer os melhores produtos do mercado de decorações, a Casa Pronta facilita os seus paga-

mentos no cartão ou cheques. Temos a melhor negociação. Venha fazer-nos uma visita e conhecer as melhores sugestões para deixar a sua casa ou escritório mais modernos, bonitos e atualizados. Rua Brasílio Itiberê, 3656, Água Verde, telefones (41) 3233-0504, 3233-7360 e 9977-8626. Site: www.casapronta.art.br


Denuncia de ‘caixa preta’ no Sistema S: Sesc, Senac, Senai, Sesi, Senar, Sebrae O senador Ataídes de Oliveira (PSDB-TO) criticou em Plenário, nesta segunda-feira, a falta de transparência das entidades do Sistema S, composto pelas entidades Sesc, Senac, Senai, Sesi, Senar, Sebrae, entre outras. O senador informou ter publicado um livro, “A caixa preta do Sistema S”, em que divulga os resultados de auditoria realizada a seu pedido pelos órgãos de fiscalização – Tribunal de Contas da União (TCU), Controladoria Geral da União (CGU) e Receita Federal. Segundo ele, a auditoria identificou que no sistema são cometidos “pelo menos dois crimes”: falta da publicidade em seus atos, conforme exige a lei, e arrecadação direta de empresários, sem passar pela Receita Federal. Já quanto à arrecadação direta, somente o Sesi e o Senai arrecadaram diretamente das empresas, por meio de boleto bancário, em 2011, R$ 1,3 bilhão e R$ 1,7 bilhão, respectivamente, informou o parlamentar. O problema é que esse repasse de recurso precisa ser notificado à Receita Federal, o que segundo ele não vem ocorrendo. - Não restou dúvida de que o chamado Sistema S é uma verdadeira caixa preta, que não respeita em nada o artigo 37 da Constituição Federal, que trata dos princípios básicos da coisa pública: impessoalidade, moralidade, eficiência, publicidade e legalidade. Nada disso vem sendo cumprido pelos entes ligados ao sistema S – acusou o senador. Sendo custeado por recursos públicos, o sistema deveria obedecer a regras semelhantes às da administração pública, o que não estaria ocorrendo. O senador listou mais alguns dos problemas apontados pela

auditoria e descritos em seu livro. Um deles é a disponibilidade financeira do sistema. De acordo com o TCU, haveria atualmente cerca de R$ 4,3 bilhões em aplicações financeiras. Ataídes disse, no entanto, acreditar que o valor pode ser ainda maior. Em um balancete de 2010 do Sesi encontrado por ele na Internet, a entidade dizia ter R$ 2,8 bilhões em aplicações financeiras. Considerando que o Sesi é apenas um dos entes ligados ao sistema, o senador estima que o valor das aplicações pode ultrapassar R$ 8 bilhões. - Se essa entidade foi criada com finalidade exclusiva de qualificar mão de obra e levar lazer e cultura para o trabalhador, o que este dinheiro está fazendo parado em banco? – questionou. O senador contou ainda que a auditoria apontou a existência de supersalários, licitações realizadas sem fiscalização e acompanhamento, cumulatividade de cargos (um mesmo dirigente com até nove cargos), ação por apropriação indébita de R$ 3,3 bilhões repassados equivocadamente ao sistema pelo INSS, diminuição no número de cursos gratuitos oferecidos à comunidade e aumento significativo dos cursos pagos, desvio de finalidade (uma vez que há registro de aplicações financeiras e imobiliárias) e métodos contábeis questionáveis – que teria sido classificado pelo próprio TCU como um verdadeiro “labirinto”, que não obedecem aos princípios básicos de contabilidade. Ataídes de Oliveira lembrou que dados da CGU mostraram que em 172 entidades do sistema fiscalizadas pelo órgão, 90% apresentaram irregularidades. Agência Senado

Lançado o melhor livro de contos policiais da atualidade

O escritor e jornalista Edilson Pereira acaba de lançar o melhor livro de contos policiais da atualidade, “Uma profissão tão antiga quanto a tua”, pela editora Swedenborg. Edilson trabalhou na Agência Folhas, O Diário do Norte do Paraná, Folha de Londrina, O Estado do Paraná e Tribuna do Paraná. Foi ganhador dos prêmios Paraná de Jornalismo em 2003 e 2004, e Prêmio Funarte de Dramaturgia. O livro “Uma profissão tão antiga

quanto a tua” reune excelentes contos curtos sobre violência, matadores de aluguel, prostitutas, ladrões, pedófilos e todo um elenco de desajustados que fazem parte da vida moderna. Talentoso, irreverente, saguaz, são alguns dos adjetivos que podemos aplicar a Edilson Pereira. Um escritor que está acima da média nacional, inclusive dos festejados escritores promovidos e patrocinados pelas grandes editoras. O livro “Uma profissão tão antiga quanto a tua” é sem dúvida um dos melhores livros lançados no país, na atualidade, no seu gênero, e está à venda nas melhores livrarias, incluindo a tradicional e completa Livraria do Chain, fone 3264-3484.


Agência aBLe Marketing e o CLUBE DE BENEFÍCIOS PORTAL ÁGUA VERDE Publicitário aposta no comércio local e cria Agência de Marketing e Publicidade exclusiva para pequenas e médias empresas. Como surgiu a ideia de criar uma agência de Marketing direcionada às pequenas e médias empresas? Surgiu durante a minha especialização. Embora a minha formação acadêmica seja em Publicidade e Propaganda, toda a minha vida profissional atuei na área comercial e, em sua maior parte, no segmento varejo com foco no consumidor final. No meu dia a dia de trabalho, justamente pela minha formação, observava com frequência a carência que meus clientes tinham em realizar ações eficientes de promoção e merchandising. Em muitos eu tinha certa abertura e até conseguia contribuir com algumas sugestões, mas na maioria não me atrevia fazê-lo com receio de ser invasivo. Durante a minha especialização em Marketing e Gestão de Negócios, muito se falou sobre o crescimento do mercado de varejo e a sua importância principalmente na formação dos números das indústrias. Foi aí então que me ocorreu juntar a experiência profissional a uma realidade de mercado e dar início aos primeiros rabiscos na criação de uma modalidade de serviços que pudesse potencializar esse momento do varejo. Uma agência de marketing, gestão de negócios e desenvolvimento organizacional para atender de forma exclusiva, profissionais liberais e pequenas e médias empresas. E em mercado de varejo como é possível atender empresas próximas e concorrentes? Indo até elas e fazendo um bom briefing. Saber do que o cliente realmente precisa só é possível através do briefing. Por ele podemos avaliar a situação atual do negócio e desenvolver o nosso trabalho. Realizar trabalhos de publicidade para grandes empresas concorrentes é comum em agências de publicidade. Para pequenas e médias não precisa ser diferente. Criar, reformular e reestilizar logomarcas, slogans, materiais de papelaria, banners, sites, por exemplo, não incorre numa atitude desleal de uma agência com os seus clientes. Além disso, trabalhos com mídias televisivas - vídeos institucionais e TV indoor, rádio – spots, jingles que são produtos que levam a identidade da empresa e são desenvolvidos para

todos sem nenhum constrangimento. Essa responsabilidade nos protege para que, na conquista pelo consumidor, os clientes possam ficar tranquilos de que não estamos dando arco e flecha para uns e metralhadora para outros, e vice-versa. Pequenas e médias empresas remetem a pequenos e médios faturamentos. Como você acredita que, com todos os encargos, tributos, impostos e despesas essas empresas ainda consigam ter uma agência de marketing? Essa pergunta é muito pertinente e uma das que eu mais gosto de responder. Em primeiro lugar eu discordo que pequenas e médias empresas remetam a pequenos e médios faturamentos. Tudo é uma questão de ponto de vista. Se uma empresa fatura dez e desses dez consegue rentabilizar cinco e outra fatura dez e desses dez consegue rentabilizar quarto (e isso é fato) é uma prova que o tamanho não está vinculado ao faturamento. Ambas tem a oportunidade de crescer os dez, rentabilizar mais que quatro e cinco, ou ainda, as duas coisas ao mesmo tempo. Nossa proposta de trabalho é aumentar o faturamento das empresas, rentabilizar seus negócios e fidelizar seus clientes e não gerar despesa. Vale lembrar que nós somos uma agência especializada nesse segmento. Temos ciência absoluta da representatividade de qualquer capital para pequenas e médias empresas. Por isso, para cada cliente será desenvolvida uma estratégia dentro do seu contexto e de mais ninguém. As ações serão realizadas de acordo com a possibilidade, necessidade e prioridade de cada empresa. Ela é quem vai determinar o quanto pode investir para que nós possamos oferecer as alternativas. O mais importante é deixar claro que sempre há um pouco que todos podem fazer. Além disso, todos precisam de um nome, uma logomarca, um cartão de visitas, um folder promocional ou outra forma de divulgação. Esses são investimentos obrigatórios para todos, mas que, através da aBLe, podem ter um resultado final surpreendente pela qualidade e profissionalização sem gerar ônus ou desperdício.

Por fim, há ainda um valor que a aBLe proporciona aos clientes que não se mensura: o fato de saber que está fazendo algo por sua empresa de forma sólida e sóbria e que se

O Publicitário José Mauro Oliveira, Diretor da AGÊNCIA aBLe Marketing acredita ser um ótimo momento para as pequenas e médias empresas do Água Verde. transforma em otimismo, entusiasmo e energia. Muitas dessas empresas se mantém há tempos no mercado sem uma agência. Por que você acredita que é importante passarem a ter agora? Para buscarem melhores resultados. Nossa proposta de trabalho não se limita a realizar apenas ações de manutenção e sobrevivência. Trabalhamos para encontrar oportunidades que façam nossos clientes faturar mais. Podemos exemplificar de forma direta a importância da nossa Agência citando a copa do mundo no Brasil em 2014. Não importa se o cliente é contra ou a favor da copa do mundo no Brasil. O fato é que ela será no Brasil, daqui a pouco mais de um ano e aqui no nosso Bairro. Vemos isso como uma oportunidade ímpar para o comércio local. Não importa quais seleções venham para Curitiba. As câmeras do mundo inteiro estarão aqui. Então, por que ficar parado esperando a sorte bater à sua porta quando é só se preparar um pouco para poder aproveitar ao máximo essa oportunidade? Esse é o nosso

trabalho. Deixar o cliente tranquilo para cuidar do dia a dia do seu negócio e nós esquentarmos a cabeça pensando lá na frente por ele. Então, na sua visão, o momento é favorável para pequenas e médias empresas que estão buscando crescimento? Com certeza. E não só aqui no Água Verde. Como já mencionei, o mercado varejo tem se tornado cada vez mais representativo para fornecedores e consumidores. Porém, é muito importante o cliente não confundir favorável com fácil. Não existe nada fácil quando se fala em empreender. O que constrói a história de um negócio é cada dia trabalhado e não apenas um bom momento. É preciso ainda mais dedicação quando o vento está favorável uma vez que as oportunidades se apresentam para todos os que estão dispostos a aproveitá-las. E para essas pequenas e médias empresas que estão dispostas a aproveitar boas oportunidades, a Agência aBLe já tem algo preparado? Mais do que algo preparado para oferecer é estarmos totalmente preparados para atendê-las. No ano de 2012 nós trabalhamos com muito afinco na constituição da nossa Agência. Estudamos muito o mercado para que pudéssemos de fato oferecer soluções específicas para o mercado em que nos propusemos atuar. Com isso, desenvolvemos estratégias e ações que podem ser aplicadas em qualquer ramo de atividade. Além disso, estamos na fase final do nosso produto maior que é o Clube de Benefícios Portal Água Verde. Este é, sem dúvida, a forma mais inovadora que as empresas que contratarem os serviços da Agência aBLe terão para divulgar seus negócios e prestigiar seus clientes. Um mecanismo que utiliza as ferramentas mais eficazes de marketing e publicidade que temos certeza será um grande sucesso e já está à disposição das empresas que tiverem interesse em conhecer o projeto e se beneficiar. É só entrar em contato conosco através do telefone (41) 9666.0600 ou pelo email zemauro@agenciaable.com.br. A primeira fase do portal contará apenas com as 100 primeiras empresas contratantes e entrará em atividade ainda no primeiro semestre de 2013.


Área Gamer Por Cézar Moura Como esperado a Sony anunciou seu novo console no dia 20 de Fevereiro com precisões cirúrgicas de horário. Falaram como vai funcionar o hardware do aparelho, as novas funcionalidades de seu sistema online, a Playstation Network, além de participações das desenvolvedoras mostrando seu apoio com trailers de jogos exclusivos; como o Deep Down da Capcom, ou o Infamous: Second Son da Sucker Punch, Watch Dogs da Ubisoft e o novo Killzone Shadowfall da Guerilla Games. Mas ainda assim, nada do console. Isso nos deixou com uma pulga atrás da orelha obviamente, acerca do “quando” eles vão mostrar finalmente o novo console, e do “por que” não mostrar agora. Mentes ágeis conseguem desvendar o mistério do “Quando”, já que a E3 é sempre quem mostra o Coringa escondido, e o dilema do “por que” pode ser respondido com um fato: A Microsoft ainda não mostrou o SEU

O próximo passo da Microsoft novo console, e se ela o fizesse antes da Sony, mesmo depois de uma coletiva de imprensa, tudo teria sido em vão. Estratégias de batalha à parte, recentemente a Microsoft divulgou a data de sua própria conferência para o fim de Abril, e foi registrado um domínio na internet chamado “XboxEvent.com”. A data específica

ainda não está 100% certa, mas tudo indica que tem algo a ver com a Game Developers Conference em San Francisco, que acontece no fim de Março. É isso aí galera, a corrida armamentista está tomando suas proporções diabólicas para o grande evento que se desdobrará em Julho em Los Angeles. Sony e Microsoft

apontam seus novos tanques de guerra para nós, meros compradores, enquanto a Nintendo faz os reparos em seu oprimido Jipe de pneu furado. De que lado você está? Para mais informações acesse nosso blog. thevideogameherald.blogspot.com


Reduzi a tarifa de ônibus sem qualquer ajuda, diz Beto Richa governador Beto Richa reafirmou nesta terça-feira, que não há possibilidade de renovar o convênio para o subsídio ao transporte coletivo de Curitiba. Segundo ele, a medida adotada no ano ano passado era emergencial e o repasse está garantido até maio, conforme convênio firmado com a prefeitura. Richa destacou que o suporte financeiro oferecido à prefeitura de Curitiba é semelhante a outras iniciativas do Estado de apoiar municípios na realização de obras e projetos

urbanos. "Na história do transporte público do Paraná, nunca houve um subsídio de tarifa por parte do Governo do Estado. Nós auxiliamos por um determinado momento, mas o governo não pode ser sobrecarregado com mais essa despesa", disse. Beto Richa disse que procura agora "uma outra forma de contribuição para as cidades do Paraná, que têm na tarifa de ônibus um problema a ser enfrentado". A situação atual, segundo ele, é um "socorro momentâneo", um auxílio que o governo dá

em diversas áreas, como pavimentação e obras. "Estamos perdendo R$ 1 bilhão em receitas e teremos que rever os nossos gastos". O governador cobrou ainda uma atuação do governo federal nesse subsídio. “Realizei, quando era prefeito de Curitiba, uma reunião com os principais prefeitos do Brasil, e daqui saiu uma carta pedindo auxilio ao governo federal para reduzir a tarifa de ônibus em todo Brasil, isentando os tributos federais que incidem sobre a passagem e que che-

gam a mais de 25% do valor final da passagem, e não houve nenhuma resposta nesse sentido”, afirmou ele. "Assim como baixaram a conta de luz, podiam muito bem baixar a tarifa de ônibus nas principais cidades do país, como uma grande contribuição aos trabalhadores", completou. Richa destacou que quando assumiu a prefeitura de Curitiba em 2005, um dos primeiros atos foi baixar a tarifa de ônibus. "Fiz isso sozinho, sem ajuda do governador, sem ajuda do presidente da República".


Mistérios da língua portuguesa no Brasil Para os lusófonos de Angola, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor Leste não é fácil entender o Português tupiniquim. Alguém daqui, por outro lado, poderá argumentar que também encontramos dificuldades para compreender os nativos daqueles países. Sim. Elas existem, mas o embaraço que provocamos àqueles nossos irmãos é muito maior. Senão, vejamos o que aconteceu na sala de recepção de um salão de convenções em Fortaleza (CE) entre o recepcionista e um angolano que veio ao Brasil para participar de um congresso: - Por favor, gostaria de fazer minha inscrição para o Congresso. - Tem uma palestra agora na sala meia oito. - Desculpe, qual sala? - Meia oito - Podes escrever? - Não sabe o que é meia oito? Sessenta e oito; assim, veja: 68. - Ah, entendi! “Meia” é seis. - Isso mesmo, meia é seis. Mas não vá embora, só mais uma informação. A organização do Congresso está cobrando uma pequena taxa para quem quiser ficar com o material: DVD, apostilas, etc.; gostaria de encomendar? - Quanto tenho que pagar? - Dez reais. Mas estrangeiros e estudantes pagam “meia”. - Humm... que bom! Aí está: seis reais.

- Não, o senhor paga meia. Só cinco, entende? - Pago meia? Só cinco? “Meia” é cinco? - Isso, meia é cinco. - Tá bom, “meia” é cinco. - Cuidado para não se atrasar, a palestra começa às nove e meia. - Então já começou há quinze minutos, são nove e vinte. - Não, ainda faltam dez minutos. Como falei, só começa às nove e meia. - Pensei que fosse às 09:05, pois “meia” não é cinco? Você pode escrever aqui a hora que começa? - Nove e meia; assim, veja: 09:30. - Ah, entendi! Meia é trinta. - Isso, mesmo, nove e trinta. Mais uma coisa, senhor. Tenho aqui um folder de um hotel que está fazendo um preço especial para os congressistas, o senhor já está hospedado? - Sim, já estou na casa de um amigo. - Em que bairro? - No Trinta Bocas. - Trinta Bocas? Não existe esse bairro em Fortaleza. Não seria no Seis Bocas? - Isso mesmo, no bairro “Meia” Boca. - Não é meia boca, é um bairro nobre. - Então deve ser “cinco” bocas. - Não!... Seis Bocas, entende, Seis Bocas! Chamam assim porque há um encontro de seis ruas; por isso, Seis Bocas. Entendeu?

Novo Papa é “um homem de grande simplicidade e amor aos pobres”, diz cardeal Damasceno O presidente da CNBB, cardeal Raymundo Damasceno Assis, apresentou suas primeiras impressões sobre o Papa Francisco (foto ao lado) em rápida entrevista à Rede Católica de Rádio. “ Creio que o papa Francisco já traz suas características expressas no nome que ele escolheu, inspirado no santo de Assis. São Francisco, como nós sabemos, é um santo da pobreza, da simplicidade, da comunhão com todas as pessoas, e com a própria natureza... Aliás, é o patrono da ecologia. As marcas deste novo papa: o primeiro latino americano, um argentino, o primeiro a adotar este nome “Francisco”, o primeiro jesuíta... Mas creio que vai marcar o seu pontificado pela característica de ser um verdadeiro pastor. Um pastor que ama o seu povo, que está inteiramente voltado para o cuidado do seu povo, mas ao mesmo tempo aberto ao mundo, a todos os demais

povos, com os que pertencem a uma outra religião... Ele terá este coração grande, aberto, à exemplo de São Francisco de Assis. Creio que esta espiritualidade certamente inspirará o novo papa, pela simplicidade, pelo diálogo, que serão suas marcas, como foram quando ele foi arcebispo de Buenos Aires: um homem de grande simplicidade, de grande amor aos pobres.”


A história de sucesso da Gomes Imóveis udo começou há 8 anos, quando o economista Elcio Gomes, após trabalhar por 18 anos no ramo imobiliário, decidiu montar a Gomes Imóveis, com sede própria, na rua Mato Grosso, 497, lojas 1 e 2. A empresa cresceu e prosperou ao longo dos anos, firmando-se como uma das principais imobiliárias de Curitiba no ramo de compra, venda e locação de imóveis. Ao longo de 26 anos de trabalho no ramo imobiliário, Elcio compara uma imobiliária a um banco: “Em ambos o cliente deposita seu investimento à procura de rentabilidade, entretanto, na imobiliária o imóvel adquirido produz o rendimento da locação além de ser valorizado ano a ano, em índices muitas vezes superior aos principais investimentos do mercado financeiro”. Outra grande diferença destacada é que, ao contrário dos bancos, os imóveis não estão sujeitos a incertezas do mercado. “A crise atual na Europa, por exemplo, pode afetar alguns bancos, enquanto que os imóveis passam ao longo das crises e das intempéries, e se valorizam”. Nos últimos anos, conta Elcio Gomes, “ houve uma grande mudança no comportamento do comprador e do inquilino. Antigamente o comprador ou locador decidia rapidamente; hoje, prefere pesquisar para fechar o melhor negócio. Com as mídias sociais na internet, aumentou mui-

to a pesquisa imobiliária , fazendo com que os preços da compra e da locação sejam equilibrados pela lógica do mercado”. Sobre a situação atual do mercado imobiliário, Elcio afirma que “está equilibrado sendo que nos meses de janeiro, fevereiro e março sempre há alguma expansão por alguns motivos: nesta época um grande número de estudantes vem do interior e de outros estados, em busca de casas ou apartamentos para morar, comprar ou alugar. Grandes empresas também contratam ou fazem transferências de funcionários nesse período, aumentando a procura por imóveis”. Mas o aumento da procura por imóveis para compra ou locação não devem ser confundidos, explica Elcio: “os valores de imóveis e de aluguéis em Curitiba hoje, acompanham a lógica do mercado. Os proprietários que tentam super valorizar seus patrimônios para venda ou locação, na maioria das vezes não conseguem atingir

seus objetivos acumulando despesas com condomínio, luz e água, fazendo com que revejam os valores praticados, porque os clientes estão mais atentos, mais seletivos e pesquisam exaustivamente até encontrar o imóvel desejado. O valor do condomínio do imóvel, lembra Elcio, é hoje um dos importantes fatores para valorização ou desvalorização do imóvel, “quanto menor o valor do condomínio, mais valorizado será o imóvel porque o locador busca preços justos e acessíveis”. Falando sobre os valores por metro quadrado em Curitiba, Elcio relembra que alguns anos atrás “os valores de imóveis e aluguéis em nossa cidade, estavam defasados. Eram os mais baratos entre as capitais da região Sul do país. Nos últimos anos porém, os preços subiram e equilibraram.” Para aquisição de imóveis nos tempos atuais, informa Elcio Gomes, “os bancos oferecem linhas de créditos das mais variadas, com taxas a serem negociadas. No passado esses financiamentos não contemplavam a classe C, por exemplo, mas hoje a oferta de financiamentos é abundante para todas as classes sociais. É possível fazer um bom negócio na aquisição de imóveis recorrendo a financiamentos bancários, algo improvável no passado recente”. A Gomes Imóveis coloca à disposi-

ção de todos, assessoria para avaliação de imóvel . “Trata-se de um serviço prestado por profissionais capacitados. Comprar, vender ou alugar sem o apoio de um corretor é algo temerário”, lembra Elcio, “porque os trâmites legais e as condições dos imóveis são melhores avaliadas por um profissional, fazendo

com que o proprietário tenha mais tranquilidade e segurança no negócio a ser realizado”. Atualmente a Gomes Imóveis possui um site, o www.gomesimoveis.net, onde é possível acessar excelentes ofertas para compra, venda e locação de imóveis. Além do site a imobiliária investe em anúncios nos jornais de grande circulação e portais (sites) da internet. Nos próximos meses haverá uma novidade para os clientes. As informações sobre os visitantes dos imóveis estará disponível online, podendo ser acessadas por computadores, notebooks, tablets ou ipads.


Novidades no bairro Sam Sushi Delivery Barbearia Clube chega ao Água Verde Espaço oferece serviços de cuidados pessoais num ambiente exclusivamente masculino

A Barbearia Clube inaugurou no último dia 04 de março sua segunda casa, localizada no bairro Água Verde – Avenida Água Verde, 373 –, e trouxe uma nova opção para o homem curitibano que gosta de cuidar do visual, mas sem frescura. O novo espaço segue o conceito característico da marca, que resgata a nostalgia das barbearias antigas, e disponibiliza aos clientes um local exclusivo para os seus cuidados pessoais.

Kumon no Água Verde Chegou ao bairro Água Verde uma nova unidade do Kumon, localizada na Avenida dos Estados, 732, entre a rua Goiás e Mato Grosso. A unidade foi inaugurada oficialmente no dia 01/03/2013, apesar de já estar em funcionamento desde 01/02/2013. O espaço conta com uma sala de 100m², uma recepção agradável, espaços arejados, amplos

“As cadeiras de barbeiro, o piso xadrez e o bar com cervejas premium complementam o ambiente e reforçam que este é um espaço unicamente masculino”, destaca a proprietária e idealizadora do negócio, Meire Ferreira Pinto (foto acima, à direita). Pioneira neste segmento, a Barbearia Clube oferece os tradicionais serviços de barba, cabelo e bigode, além de tratamentos faciais e corporais, manicure e pedicure, depilação, massagens, podologia e acupuntura.

e bem iluminados e ainda uma área especial para as crianças poderem aguardar os pais sem comprometer os alunos que estiverem realizando suas atividades do Kumon. Esse espaço foi criado pensando no nosso maior tesouro: nossos alunos! Para comemorar já começamos nossas atividades com uma promoção: alunos matriculados até 31/03/2013 concorrerão a um EReader MiniKOBO. Venham visitar a nossa unidade e conhecer mais sobre o Método Kumon. KUMON - Avenida dos Estados, 732, Água Verde - Telefone 3434-3611

Quem não conhece Chef Caju, especialista em culinária japonesa? Conhecido em toda cidade por prestar acessorias a varios restaurantes em curitiba, e , também por comandar os melhores restaurantes da cidade, tais como: Akira, Taisho Batel, Takô e hj trabalha como Chef no Kenji Kaiten: O mais novo restaurante da Cidade! Chef Caju acaba de inaugurar o seu Delivery: O Sam Sushi Delivery, localizado no bairro Rebouças, vem para trazer uma boa alternativa para quem gosta de comida japonesa de qualidade. Possui um cardápio com uma variedade de opções, como sushi, sashimi, temakis, yakissoba, porções entre vários outros pratos para quem é apaixonado pela cozinha oriental! Sendo uma ótima escolha para quem gosta de comer bem sem sair do conforto e comodidade da sua casa. Telefone: 3019-6928. Pedido de terça a domingo das 18 às 23h30.

Escola Geração do Saber A Escola Geração do Saber iniciou atividades em 04/03/2013 e vem com uma proposta diferenciada em educação infantil.É formada por profissionais competentes e apaixonados pelo que fazem, com ampla experiência e constante atualização. A Geração do Saber oferece projeto bilingue com aulas diárias com objetivo de oferecer um ensino acima da média para que as crianças tenham uma base mais sólida neste idioma. Oferecemos aulas especiais de ballet, judô, psicomotricidade, musicalização e salas monitoradas. Entre em contato para agendar uma visita telefone: 3779-6971 ou pelo e-mail diretoria@geracaodosaber.com.br site: www.geracaodosaber.com.br


Novidades para emagrecer e para a beleza na Dermo Formulações Uma das mais tradicionais farmácias de manipulação de Curitiba, a Dermo Formulações, apresenta uma série de produtos eficazes para o emagrecimento, para a sua beleza e a saúde nos seus mais variados aspectos. Entre as novidades apresentadas pela Dermo Formulações, entre muitas outras expostas no site www.dermoformulacoes.com.br, destacam-se: G o m a s sacietogênicas Compostas por Colágeno e Gelatina, super concentradas e muito saborosas. Indicadas para emagrecimento, combatem a flacidez e a celulite. Disponível no sabor de sua preferência. Pílula da beleza - Anti envelhecimento, aumenta a síntese de colágeno e gelatina. Antioxidante. Efeito de lifting oral. Flaconete emagrecedor - A dose certa para seus quilinhos a mais desaparecerem. Emagrecedor. Ação termogenica, diurética, inibidora do apetite. Perda de medidas. Induz a saciedade. Bombom emagrecedor - Sabe aquela vontade incontrolável de beliscar o dia todo que faz qualquer dieta ir por água abaixo? Está com os dias contados. O bombom emagrecedor inibe o apetite. É emagrecedor. Saciedade. Diminui a compulsão por doces. Perda de medidas e regulador intestinal. Pó anti age com FPS - Previne contra os raios solares. Embalagem inovadora. Previne manchas e rugas. Atenua imperfeições da pele. Mousse de limão - Para limpeza facial.

Tonifica e hidrata. Remove todas as impurezas. Renovação celular. Diminui a oleosidade da pele. Ervas emagrecedoras em cápsulas - As ervas são muito utilizadas nos produtos de emagrecimento, e por esse motivo não é de estranhar que cada vez mais apareçam cápsulas que combatem a gordura a base de ervas. Todos os medicamentos que a Dermoformulações manipula foram cuidadosamente selecionados para reunir tudo aquilo que a Natureza tem de melhor para oferecer. Filtro solar em erum de silicone FPS 60 com veneno de cobra - Antienvelhecimento moderno e super eficiente. Toque aveludado. Hidrata. Oil free, não comedogenico. Indispensável para o bem estar, saúde e beleza da sua pele. Rollon para área dos olhos - Diminui bolsas. Reduz olheiras. Diminui linhas de expressão. Efeito botox. Anti envelhecimento. Visite a Dermo Formulações e conheça as melhores sugestões para a sua beleza e saúde. Temos uma equipe inteira esperando para melhor atendê-lo. Desenvolvemos a fórmula especifica para a sua necessidade. O seu bem estar é a nossa principal matéria prima. 1 – Avenida Água Verde, 595, fones 32440277 e 3244-1204. 2 – Al. Dr. Carlos de Carvalho, 136, loja 2, fone 3022-7393 www.dermoformulacoes.com.br


Renault divulga resultados comerciais de 2012

Cezar Domingues, proprietário da CD Automóveis, com o prefeito Gustavo Fruet durante a inauguração da agência Capital Ecológica da Caixa Econômica Federal, na Avenida Agua Verde, esquina com a Rua Castro. Bairro Água Verde.

Conforme previsto, por conta da interrupção da produção na fábrica de automóveis – responsável pela produção dos modelos Duster, Sandero e Logan – durante 8 semanas entre dezembro e janeiro, o volume de emplacamentos da marca caiu em fevereiro. A fábrica já retomou as operações desde 7 de fevereiro. Com 11.159 emplacamentos e uma participação de mercado de 5%, a Renault do Brasil apresentou queda de 30,8% em seus volumes em relação a fevereiro de 2012, enquanto o mercado também caiu 5,6% na mesma comparação. A queda nos volumes acompanhou o baixo estoque de Duster, Sandero e Logan nas concessionárias.

“O baixo desempenho da Renault neste mês de fevereiro já estava previsto e é reflexo direto da redução dos estoques, em razão das obras de ampliação da capacidade produtiva da marca no Brasil. Essa ampliação é fruto de um investimento de R$ 500 milhões com o objetivo aumentar a produção anual em mais 100.000 veículos a partir deste ano”, ressalta Olivier Murguet, Presidente da Renault do Brasil. “Com a retomada das operações desde 7 de fevereiro, nossa participação de mercado vai aumentar na medida em que o abastecimento de Duster, Sandero e Logan nas concessionárias voltar à normalidade a partir de abril”, completa.

Nos resultados de fevereiro, destaque para os emplacamentos de Fluence (1.179) e Novo Clio (1.760) e para os comerciais leves Master (792) e Kangoo (537 unidades). O furgão Master é líder de vendas em seu segmento no Brasil no acumulado dos últimos 6 meses e é sucesso na Europa, onde a marca domina esse setor há 15 anos. Com a conclusão das obras de ampliação e a retomada da produção, os estoques de Duster, Sandero e Logan nas concessionárias serão normalizados a partir de abril. Os demais modelos da marca como Clio e Fluence e os comerciais leves, Master e Kangoo não estão com problemas de abastecimento.

SALÃO DE GENEBRA DESPERTA ALGUM OTIMISMO salões do mundo, estará aberto ao público em março com todas essas feridas abertas. Mesmo assim, grande parte dos fabricantes, especialmente os americanos, se esforça por mostrar novidades em busca da recuperação daquele mercado.

A difícil situação da crise política/econômica que os países europeus enfrentam, com tendência de agravamento se a Inglaterra deixar o bloco, além do crescimento da falta de empregos, da falta de dinheiro e com dívidas se acumulando é o pano de fundo para o cenário atual do mercado automobilístico do velho continente. O 87º Salão do Automóvel de Genebra, Suíça, país que não tem indústria automobilística mas mantém a tradição de um dos mais importantes

É o caso da Ford, por exemplo, que apesar de prever um prejuízo de quase 2 bilhões de dólares neste ano, no mercado europeu, manteve sua programação de lançar 15 novos veículos globais até 2015.


Coxa tem profissional convocado para Seleção Preparador de goleiros alviverde defenderá a camisa canarinho em amistosos diante da Itália e Rússia O preparador de goleiros do Coritiba, Antônio Carlos Pracidelli, foi convocado para representar a Seleção Brasileira de futebol, em dois amistosos que serão realizados no final do mês de março. De acordo com a convocação enviada pela Confederação Brasileira de Futebol, Pracidelli deve se apresentar no próximo dia 17 de março. Os amistosos, diante da Itália e Rússia, respectivamente, acontecem nos dias 21 e 25 de março. O jogo do Brasil diante da Azurra será disputado em Genebra, na Suíça, enquanto a partida contra a Rússia acontece em Londres. Essa não é a primeira vez que

Pracidelli é convocado à Seleção. O preparador de goleiros que participou da conquista do pentacampeonato em 2002, também já representou a camisa alviverde junto à Seleção na partida entre Brasil e Inglaterra, que também aconteceu em Londres.

Espaço da Poesia Antonio Pedro Flores Amaral, morador na divisa dos bairros Água Verde e Rebouças

ANDAR DESPERTOU A GRANDE FELICIDADE SOBRE O TEMPO DE VIVER! ANDO SÓ PARA O ALTO NO FINITO DO ANDAR! UMA LUZ ETÉREA ACOMPANHA-ME O ANDAR! POR ENTRE ESPINHOS E PEDRAS VOU SEGUINDO SEM CESSAR! ANDANDO CHEGO NO ALTO DO PENHASCO! DE LÁ! AVISTO NAVES EM ALTO MAR

SEMPRE ANDANDO PARO NAS SOMBRAS DOS EUCALIPTOS PARA OUVIR PÁSSAROS CANTANDO! NO CREPÚSCULO DO ANDAR! VEJO ANDORINHAS NO VERTICAL MIGRANDO MARES HORIZONTAL E POUCO A POUCO A IDADE DESAPARECE NOS RAIO DO SOL!

E s p o r t e Jefferson Gomes Cabral e Silva Erro de Arbitragem A decisão do primeiro turno do do brasileiro. campeonato paranaense 2013, trouxe uma O Coritiba está com um bom elenco para repercussão negativa para o futebol o Brasileiro. Alex está passando da bola. O paranaense no território nacional.O Coritiba Coritiba vai ganhar quase um time de reforços ganhou do Londrina de 1x0, mas, certamente com os jogadores que estavam no se o árbitro da partida Felipe Gomes da Silva departamento médico. A torcida esta confiante. não tivesse influencia direta no resultado o Acredito que seja necessário trocar o técnico Londrina seria campeão. para o campeonato brasileiro. Embora jovem Ele deixou de marcar trêis pênaltis claros e arrojado, Marquinhos Santos é fraco para o para o Tubarão e um campeonato brasileiro. pênalti para o Coritiba. D E S TA Q U E S : Tirando a possibilidade, Confraria do Atlético ou seja, impedindo que Paranaense em Belo o time do norte fosse Horizonte, no bar e campeão do primeiro mercearia da Serra, na turno. O que causou a ira Rua do ouro 1448; dos Londrinenses contra Marcos do o arbitro. O placar justo Restaurante Veneza, o da partida seria 3x2 para melhor de Santa o Londrina. Afonso Vitor Felicidade; Henri, do de Oliveira errou em Jeferson Roque Passeti, Jefferson R e s t a u r a n t e apenas afastar o árbitro Gomes e Vanil, conversando sobre Moustache, em Bal. e errou ao puni-lo futebol na Churrascaria Gaúcha Camboriu, na Av. apenas disciplinarmente. Atlântica, o melhor Pelo o fato de impedir diretamente que o povo atendimento de Bal. Camboriu. de Londrina comemorasse por merecimento - Orli da La ventura Grill, Churrascaria na o título do primeiro turno. O árbitro Felipe Avenida das Torres; Roque Passeti e Vanio Gomes da Silva deveria ser banido do futebol. da Churrascaria Gaúcha no Pinheirinho; Edson O Atlético Paranaense tem o melhor Esquinazi, da Roma Imóveis, melhor técnico do Brasil na atualidade. Ricardo imobiliária de Curitiba; Dentista Flavio Micima, Drubscy, com sua grande competência, na Praça Rui Barbosa, Odontologia 0 5 inteligência, sabedoria, e com tempo para estrelas-3223-4152; Taxistas, Anselmo e preparar o time têm tudo para fazer uma Marlon, da Rádio Táxi Sereia; Zequinha, grande campanha no campeonato brasileiro. funcionário exemplar, do Bouquet Garni, Rest Essa é a opinião de grandes torcedores do Vegetariano na Carlos de Carvalho; Os Furacão, a exemplo de Adir Bark, Luciano da atleticanos paranaenses, Acir Gabardo, Kalil Arigon Ferragens, Andre do Restaurante a Bark, Samir Haiddar, Therer, Thariq, Azzis e Casinha em São Jose, Adão da Pastelaria tio Tio, freqüentadores do Chopp Sorriso na XV. Pedro e Wilson da Usina da Pizza em São José. Com um excelente auxiliar técnico, Alberto Valentin, e o melhor preparador físico, Moraci Santana, além de um bom elenco o Furacão tem tudo para ir longe no campeonato brasileiro. Se a arbitragem deixar. O Paraná Clube está no caminho certo. Toninho Cecílio, bom técnico, esta conseguindo unir o grupo. Aposto que o tricolor sobe para a primeira divisão se manter o elenco, a comissão técnica e se a torcida colaborar. Os jovens Carlinhos e Julio Cesar podem ser a revelação do tricolor na serie B


Dois amigos pescando Bem baixinho, para não assustar os peixes, Junior diz: - Acho que vou me divorciar. Minha esposa não fala comigo há mais de 2 meses. Paulo continua lentamente tomando sua cerveja, em seguida, pensativo diz: - É melhor você pensar bem sobre isso, Junior. Mulheres como a sua, que não falam por 2 meses, são difíceis de encontrar. wwwwwwwwww Duas senhoras idosas estavam tomando o café da manhã num restaurante. Ethel notou alguma coisa engraçada na orelha de Mabel e disse: - Mabel, você sabe que está com um supositório na sua orelha esquerda? Mabel respondeu: - Eu tenho um supositório na minha orelha? Ela o puxou, olhou para ele e então disse: - Ethel, estou feliz que você tenha visto... agora eu acho que sei onde encontrar meu aparelho auditivo... wwwwwwwwww - Senhor: lamento informar que encontramos o corpo de sua esposa no fundo do mar. Nós a içamos para o deque e, presa a ela, havia uma ostra. Dentro da ostra havia uma pérola que deve valer $50,000 dólares. Por favor,diga-nos o que fazer. O velho homem respondeu: - Mande-me a pérola e atire de novo a isca. wwwwwwwwww O médico atende o paciente idoso e milionário, que estava usando um revolucionário aparelho de audição e pergunta: - E aí, seu Almeida, está gostando do aparelho? - É muito bom! - respondeu o velhinho. - E a família gostou? - pergunta o médico. - Não contei para ninguém ainda... Mas já mudei meu testamento três vezes! wwwwwwwwww

Fotos provam que você é malicioso (a)

É um casal de 80 anos, que está começando a ter problemas de memória. Eles vão ao médico para ser examinados. O medico faz um check-up e diz aos velhinhos que não há nada de errado com eles, mas que seria bom ter um caderninho para anotar as coisas. À noite, quando estão os dois assistindo TV, o velhinho levanta e a mulher pergunta: - Onde você vai? - À cozinha - responde ele. - Você não quer me trazer uma bola de sorvete? - pede ela. - Lógico! - responde o marido solícito. - Você não acha que seria bom escrever isso no caderno? - pergunta ela. - Ah, vamos! Qualé? Ironiza o velhinho - Eu vou me lembrar disso! Então ela acrescenta: - Então coloca calda de morango por cima. Mas escreve para não ter perigo de esquecer. - Eu lembro disso, você quer uma bola de sorvete com calda de morango. - Ah! Aproveita e coloca um pouco de chantilly em cima! - pede a velha Mas lembre-se do que o médico nos disse... escreva isso no caderno! Irritado, o velhinho exclama: - Eu já disse que vou me lembrar! Em seguida vai para a cozinha. Depois de uns vinte minutos, ele volta com um prato com uma omelete. A mulher olha para o prato e diz: - Eu não disse que você iria esquecer ? Cadê a torrada? wwwwwwwwww Um casal de velhinhos vai ao escritório de um advogado para que seja preparado o divórcio. O advogado, vendo-os assim tão velhinhos, pergunta por que eles farão isso nessa idade tão avançada. Determinada ao divórcio a velhinha diz: - Veja doutor, é que ele tem, com muitos esforços, uma única ereção no ano e... O velhinho super nervoso a interrompe dizendo: - E ela pretende que eu a desperdice logo com ela. wwwwwwwwww Duas mulheres estão em um salão de beleza, e uma diz para a outra: - Desculpe-me perguntar amiga, mas reparei que você não tem sequer um fio de cabelo branco. Como é possível? - É muito fácil, amiga: pinto de preto. - Desculpe a ousadia, mas você poderia me dar o telefone desse negão?


COLUNA DO DO CONDOMÍNIO CONDOMÍNIO COLUNA O SEGREDO DA BOA ADMINISTRAÇÃO NUM CONDOMÍNIO A qualidade da vida das famílias em um condomínio, primeiramente, depende dos próprios condôminos, no segundo lugar, depende dos trabalhos do administrador. O bem estar coletivo da vida condominial pode ser conduzido pelo um síndico profissional contratado, ou um condômino eleito na Assembléia Geral Ordinária (A G O) que acontece no mês de janeiro. Os subsíndicos e os conselheiros também são escolhidos nesta mesma assembléia. O síndico é responsável pela movimentação financeira, contra assinatura de um subsíndico, compra de insumos, contratação de serviços de manutenção. Hoje temos as empresas especializadas no mercado que prestam serviços de confecção de cadernos de prestação de contas com dados disponibilizados pela administração. O serviço de contratação, pagamento de salários e outros benefícios, e recolhimento dos encargos sociais dos funcionários também pode ser da responsabilidade da mesma empresa contratada. A empresa cobra menos de 3% da despesa mensal do condomínio. O síndico dispor o auxílio de subsíndico(s) e a orientação dos membros de conselho fiscal. Ele pode utilizar os serviços voluntários dos condôminos, indicados pela assembléia, com as habilidades e aptidões especiais, constituídos em comissões de obras e manutenção, compras, jurídica, artística e eventos so-

Creci J 3.943

ciais. No caso de contratação de serviço do profissional do condômino deve obedecer a escolha pela licitação no mínimo três propostas do serviço. A participação dos condôminos não termina com a eleição dos administradores e os conselheiros. Quando há um desinteresse geral entre condôminos devido aos motivos diversos que resulta na presença de cada vez menor número de participantes nas Assembléias Gerais Extraordinárias (A G E). A maioria das vezes, os poucos que comparecem nas assembléias não necessariamente conhecem a convenção e o regimento interno nem o código civil condominial Brasileiro. Isto seduz o síndico se tornar autoritário, conseqüentemente, ele não mais procura as orientações dos conselheiros nem solicita o auxílio dos subsíndicos bem como o dos condôminos. Sob estas condições, o êxito na administração do síndico depende das suas qualidades pessoais inerentes; o profissionalismo, a probidade e o amor pelo trabalho em prol da comunidade condominial. O síndico é o líder da comunidade que o elegeu a representar todos os condôminos. Ele possui as condições plenas a se realizar uma excelente administração convocando os subsíndicos, os conselheiros e os condôminos a fim de cuidar dos interesses dos membros da sua família condominial.

A ARTE DO BOATO O boato deve ser uma característica peculiar a todo ser humano. Imagino que não deve haver povo algum que não se utilize desse artifício para comentar sobre seus semelhantes, quase sempre de maneira pejorativa ou crítica. Às vezes o boato se mistura com a famosa fofoca, esta também de domínio público, e a gente fica, então, sem saber quem é quem. Qual de nós não conhece aquele ou aquela pessoa que, em meio de uma conversa, sai com essa exclamação: - “Não me diga que você não sabia disso ???’ E, começa a desembuchar tudo o que ouviu falar daquela pessoa vítima de sua língua afiada. Tive um colega de trabalho que era especialista no assunto. Em cada reunião que a empresa fazia mensalmente, era ele o foco das atenções nas rodinhas de bate papo. Ele sempre sabia detalhes pessoais dos colegas, dos chefes e dos clientes, e fazia questão de evidenciá-los naquelas ocasiões, fofocas contadas sempre em tom de deboche, e, claro, sem a presença do criticado. Era o conhecido fofoqueiro da empresa. Realmente, um perigo! Quando o tema é política, então a coisa vira epidemia. O que se inventa de estórias falsas, mentirosas ou deturpadas, não está no Gibi. Com o advento da internet, então, abriram-se as comportas da maledicência, da maldade e dos interesses corporativos, tornando o simples boato e a fofoca em armas poderosas contra os adversários. No tempo do Governo Militar, como acontece em todos os regimes ditatoriais, a censura estava a todo o vapor. A televisão, os jornais e revistas eram os principais alvos dos censores. Aliás, hoje, felizmente, vivemos num país em regime democrático de liberdade de expressão e estamos, assim, livres desses “donos da verdade”, como ainda ocorre em

Cuba, Coréia do Norte, Iran, China e outros países totalitários que ainda vivem fora da realidade do mundo contemporâneo. Voltando à censura, lembro de uma crônica muito marcante contada pelo Sérgio Porto, o Stanislau Ponte Preta, célebre articulista do jornal Última Hora, no tempo do Regime Militar. Falava ele sobre um boateiro famoso que vivia pelas ruas do Recife, e com muita frequência lançava boatos pela cidade. Contava assim: “Os boatos sobre prisões de comunistas aumentava a cada dia na cidade, prisões essas amplificadas por um famoso boateiro nordestino que espalhava notícias catastróficas sobre a atuação dos militares. Já saturados com o aumento desses boatos, o alto comando da repressão pernambucana mandou prender o falador. Levado para o órgão policial, foi interrogado por um coronel e sumariamente condenado a pena de morte por fuzilamento. O boateiro, pasmo e apavorado tentou apelar por sua vida, mas o militar foi intransigente: - “Podem levá-lo para o fuzilamento!” Pálido e com as pernas bambas o homem foi conduzido ao pátio da delegacia onde um pelotão de soldados se preparavam para o ato fatal, municiando suas armas. Encostado no paredão, com os olhos vendados e suando frio, aguardou seu final. O Chefe do pelotão comandou; -“Pelotão: aprontar! Preparar! Apontar... FOGO!!!” BOOOOOOMMMMM !!!!!!!!! O homem caiu com um saco vazio. Simplesmente desmaiara já que os tiros foram de festim. Acordou umas duas horas depois com o coronel à sua cabeceira. Boca seca, olhos arregalados e tateando por onde estava, ouviu a fala grave e enérgica do oficial: - “Bem, desta vez foi só de brincadeira. Mas, o senhor preste bem atenção. Se continuar com seus boatos mentirosos e nojentos, na próxima vez as balas serão de verdade, entendido! Pode ir embora.” O boateiro deixou a delegacia, ainda arrepiado com o que havia passado, quando já no próximo quarteirão encontrou alguns amigos que aguardavam sua saída para saber o que havia acontecido. Branco, com profundas olheiras, boca seca e ainda apalermado, olhou para os lados, como vendo se não estava sendo seguido, confessou num sussurro aos ouvidos dos amigos que se juntaram para ouvir a grande notícia: - “Companheiros. Fiz uma descoberta sensacional lá na delegacia. Descobri que o Exército Nacional está sem munição!”


O dia que fecharam a Câmara Municipal e prenderam todos os vereadores No final do século XVII, a povoação de Nossa Senhora da Luz e Bom Jesus dos Pinhaes contava uma população de 90 homens. Muitos deles haviam construído suas casas ao redor da capelinha existente no centro da atual Praça Tiradentes. O crescente aumento da população exigia o estabelecimento de regras que normatizassem a vida em sociedade. Para resolver a situação social, bastante caótica, alguns moradores solicitaram, através de requerimento, a realização de eleições e a criação da Justiça e da Câmara Municipal. Assim, foi criada a Câmara Municipal e reinstalado o Pelourinho, em 1693, e a povoação recebeu o predicado de Vila. Para colocar ordem na vila, em 1721 chegou o Ouvidor Rafael Pires Pardinho. Nas suas informações, dizia que a comunidade vivia num raio de apenas sete léguas, ao redor da vila. A partir desse limite “existiam infinitos campos, que eram desconhecidos, para os lados de oeste e do sul, e que só para o norte da vila, ao longo da estrada que ligava Curitiba a São Paulo, existiam algumas fazendas de

Estátua em homenagem ao Ouvidor Pardinho

criação de gado, de propriedade de habitantes de Paranaguá e de São Paulo”. (Balhana, 1969:62). A presença do Ouvidor Pardinho em vilas e aldeias que começavam a se desenvolver era uma determinação da monarquia. Em Curitiba (na época Vila Senhora da Luz e Bom Jesus dos Pinhaes), o Ouvidor fiscalizava os órgãos públicos. E para sua surpresa, encontrou na Câmara Municipal uma roubalheira desenfreada, subornos e trocas de favores ilícitos, exploração de agricultores e comerciantes. Diante do quadro de corrupção encontrado, o Ouvidor Pardinho mandou fechar a Câmara Municipal e aprisionar todos os vereadores. Entretanto, a cadeia pública da vila estava sendo construída, e não havia lugar para alojar os vereadores. A única alternativa seria açoitá-los no Pelourinho, um castigo julgado excessivo pelo Ouvidor. Eles foram, então, enviados para suas residências, para prisão domiciliar, e a Câmara Municipal permaneceu fechada até a realização de nova eleição. Esta história não é contada nos livros escolares. José Gil

Jornal Água Verde mês de março  

Jornal de bairros de curitiba.