Page 1


Conseg do Água Verde desenvolve diversas atividades por mais segurança pública na região

novo presidente do Conselho Comunitário de Segurança do bairro Água Verde, empresário Paulo Roberto Goldbaum Santos, empreendeu uma nova dinâmica de trabalho para levar o Conseg a diversas regiões do bairro. Além das reuniões mensais realizadas no Restaurante Ancoradouro, sempre contando com as presenças de representantes da Polícia Militar do Paraná e da Guarda

Municipal, diversas reuniões estão sendo realizadas em condomínios, ruas e edifícios do bairro Água Verde. O objetivo, segundo o presidente, é “levar o Conseg Água Verde ao conhecimento da maioria dos moradores e comerciantes do nosso bairro, incentivando a participação de todos, porque quanto maior participação, maior será nossa força para conquistar mais segurança pública para o nosso bairro e região”.

Durante as reuniões, oficiais da Polícia Militar fazem palestra sobre segurança preventiva dos moradores e comerciantes do bairro. Representantes da Guarda Municipal falam sobre as parcerias com as comunidades e os trabalhos

realizados em nossa região. Na foto acima, à esquerda, o Capitão Sérgio, comandante da 5ª Companhia do 12º BPM, falando sobre dicas de segurança para os participantes das reuniões públicas do Conseg Água Verde.

Convite aos moradores e empresário do bairro Água Verde Convidamos para reuniões mensais e itinerantes que ocorrerão no bairro do Água Verde em Junho/Julho 2012. As próximas reuniões acontecerão nos dias 26.06, 05.07 e 31.07, no Restaurante Ancoradouro, na av. Água Verde, 663, a partir das 20 hs.

Expediente

ANO

Paulo Roberto Goldbaum Santos - Presidente Conselho Comunitário de Segurança Agua Verde www.consegaguaverde.blogspot.com

22

jornalaguaverde@gmail.com

Anuncie aqui 3528-6264

O Jornal Água Verde é uma publicação mensal da Editora Associados Cultural Água Verde Ltda, distribuido gratuitamente nos bairros da região Sul de Curitiba. Endereço: rua Brasílio Itiberê, nº 3333 - Curitiba - PR • Fone /Fax: (41) 3528-6264. Filiado ao EarthAction Network

Diretor presidente: José Gil Diretor de Honra: Haroldo Perolla (in memorian) • Colaboradores voluntários: Máximo dos Reis (Maçã), Adilson Moreira, Francisco Souto Neto, Ivan Rigotti, Jefferson Gomes e Silva, Camila Costa Toppel, Diniz Bonilauri e Vera Lucia Haut. As matérias ou artigos assinados não refletem, necessariamente, a opinião do jornal.

- A PEC 37 beneficia a criminalidade, afirma o Procurador Geral Marcelo Ferra de Carvalho. - Índice aponta que há 20 anos de distância entre as regiões do Brasil. - 18,5 milhões de brasileiros convivem com esgoto a céu aberto. Leia na internet: http://issuu.com/revistacontrolesocial


Curitiba leva inovação à Rio + 20 uritiba estará na Rio + 20, a Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável, no Rio de Janeiro, defendendo políticas públicas efetivas de sustentabilidade urbana e ambiental. O respeito ao meio ambiente é uma das marcas registradas da cidade que é reconhecida por ser limpa, por ter um dos maiores índices de áreas verdes por habitante do Brasil e pelo pioneirismo na separação do lixo, que hoje garante o aumento da renda dos catadores de materiais recicláveis. “O respeito ao meio ambiente é uma das marcas registradas de Curitiba. E isso é algo que pode ser percebido nas pequenas atitudes de cada morador. Ao poder público cabe inovar sempre em favor da cidade e dos seus habitantes”, afirma o prefeito Luciano Ducci. Pelos resultados de quem transforma cartas de intenções em práticas de sucesso Curitiba irá inovar na conferência mundial sobre sustentabilidade, que será aberta nesta quarta-feira (13) no Rio de Janeiro. No evento, a cidade apresentará o hibribus, ônibus movido a eletricidade e biocombustível, que fará parte da primeira frota nacional deste tipo de veículo. Mas as ações de Curitiba pela sustentabilidade ambiental vão além do transporte público. O prefeito afirma que os prêmios de Cidade mais Verde da América Latina e de mais sustentável do mundo, conquistados em 2010, entre outros indicadores, confirmam que a cidade transforma intenções em práticas que têm resultado na vida dos curitibanos. Entre as conquistas recentes da cidade, Luciano Ducci cita o aumento nos índices de

área verde por habitante e de reciclagem doméstica de lixo. O prefeito também destacou as mais de mil áreas de parques, bosques e praças da cidade e a criação das seis RPPNMs, reservas particulares de área verde preservadas. Curitiba cada vez mais verde - Cada

cidadão que mora em Curitiba conta hoje com 64,5 metros quadrados de área verde, distribuída nos parques e bosques públicos e nas áreas particulares, além das 300 mil árvores nas ruas da cidade. Espaços de conservação, convívio e lazer, os parques guardam parte da memória e história da cidade, além de abrigarem fragmentos da vegetação nativa. Outra alternativa pra conservação é o

Ministro Aldo Rebelo visita a Arena e garante apoio ministro dos Esportes, Aldo Rebelo, reafirmou nesta terça-feira, durante visita à Arena da Baixada, que as obras do estádio estão dentro do prazo. "Isso dá conforto e segurança para a realização da Copa do Mundo em Curitiba", disse. O ministro visitou a Arena acompanhado pelos secretários da Copa, Luiz de Carvalho (municipal) e Mario Celso Cunha (estadual). "O principal que é a estrutura já está de pé. O estádio está pronto", completou o ministro que, após a visita, se encontrou com líderes empresariais paranaenses na Associação Comercial do Paraná. Rebelo vistoriou as obras, pela primeira vez, em 13 de fevereiro. Na vistoria, Rebelo recebeu do reitor da UFPR, Zaki Akel, um documento com aná-

lise técnica de todos os aspectos relacionados à construção do estádio da Copa do Mundo de 2014. "A avaliação, assinada pelo Departamento de Engenharia, possibilita o encaminhamento da obra", disse Akel. Quanto à estrutura de Curitiba, Rebelo disse que a cidade já está preparada para a Copa e que já é um destino turístico imp o r t a n t e . “Curitiba está apenas se aperfeiçoando para receber turistas do Brasil e do exterior”, disse. “As obras ampliam e complementam essa capacidade e tornam a Copa do Mundo com mais conforto e segurança. É o que nós queremos e desejamos”, completou. As autoridades foram recepcionadas pelo presidente do Clube Atlético Paranaense, Mário Celso Petraglia, o “construtor da Arena do Atlético”.

incentivo fiscal dado aos proprietários de áreas verdes para transformá-las em Reservas Particulares do Patrimônio Natural Municipal. A propriedade continua privada, mas o benefício se torna público. Números apontam que o conjunto atual de áreas verdes de Curitiba retira da atmosfera nada menos que 168 toneladas de dióxido de carbono por hectare. Quem mora

na cidade, respira aliviado. Coleta seletiva - A questão do lixo, grande problema urbano mundial, é outra questão bem equacionada em Curitiba. Cidade pioneira no Brasil a implantar a coleta seletiva, desde 1989, tem hoje uma realidade bem acima da média nacional. Mais de 85% da população separa o lixo doméstico. O município, na contrapartida, é atendido em

100% de sua área com a coleta de resíduos domiciliares orgânicos e recicláveis. Programas como o Câmbio Verde, que troca lixo reciclável por alimentos em diversos pontos da cidade, e o Ecocidadão são outros exemplos inteligentes de gerenciamento do lixo. Sempre à frente - Curitiba de mantém pioneira nas inovações de transporte, como a primeira a contar com os ligeirões, os maiores ônibus do mundo movidos a biocombustível, e agora ao apresentar o hibribus na Rio + 20. Desde 1974, os curitibanos contam com um sistema integrado que possibilita atravessar a cidade pagando uma única passagem. São ganhos de mobilidade e ambientais, graças ao incentivo ao uso coletivo. Ao unir energia elétrica e biodiesel, a frota é mais silenciosa e reduz em até 80% as emissões de carbono. Não é por acaso que o transporte urbano em Curitiba é referência nacional e internacional. Os rios da cidade também são tratados com carinho. Ações de revitalização incluem a transferência de famílias que vivem irregularmente em suas margens para áreas dignas e seguras. No local, a cidade ganha novos parques lineares e a volta da vegetação nativa. Educação ambiental e fiscalização passam a fazer parte do entorno das águas. Antes de estar na moda, a palavra Sustentabilidade já era ordem em Curitiba. O conjunto de iniciativas proposto pelo município e aceitas por sua população já conferiram à cidade, em 2010, o prêmio Cidade Sustentável do Globe Fórum, além do primeiro lugar do índice de Cidades Verdes da América Latina, pelo The Economist / Siemens. Em Curitiba, desenvolvimento rima com preservação ambiental.


CEDAV A EMPRESA MAIS PARTICIPATIVA NA LUTA CONTRA O CÂNCER DE MAMA

Da direita para a esquerda Rosangela Souza do Rotary, Tânia Gomez presidente da HUMSOL, Rodrigo P. Machado do CEDAV, Salete Kato do HUMSOL, Nelson Hasselmann do CEDAV e Elsa Acosta do Rotary de Piraí do Sul.

Participação do Instituto Humanista de Desenvolvimento Social - HUMSOL através de sua presidente Sra. Tânia Gomez.

O Rotary Internacional realizou de 25 à 27 de maio a sua XXVII Conferência Distrital - Distrito 4730, no Canal da Música em Curitiba, intitulada Conferência dos Corações Abertos. O Governador Distrital Romualdo J. Inckot recebeu todos os conferencistas dando ênfase ao tema Compreensão Mundial: disseminar a boa vontade entre pessoas e povos. Os participantes foram acolhidos irmanamente pelo Professor Mario Antonino e a senhora Celina representante do Distrito 4730. Nesta ocasião o Centro Diagnóstico Água Verde foi Certificado como a empresa mais participativa na luta contra o câncer de mama neste ano rotário. Este reconhecimento deveu-se ao apoio técnico, profissional, comercial e humano do CEDAV ao projeto ROTARY PELO ROSA contra o CÂNCER DE MAMA, criado e coordenado pelo Rotary Cajuru. Previsão do Instituto Nacional do Câncer

indica que haverá 53 mil novos casos de câncer de mama dignosticados só no Brasil. O número de mortes de mulheres em 2010 foi de 12.765, e 147 mortes de homens. O câncer de mama é responsável por 22% de novos casos no mundo, sendo muito raro em mulheres antes dos 35 anos. Infelizmente, só o auto-exame não detecta precocemente este mal, sendo necessário fazer o exame adequado. A presidente do Instituto Humanista de Desenvolvimento Social - Humsol, Srª Tânia Gomez proferiu curta preleção referente a problemática do combate ao Câncer de Mama, evidenciando aos rotarianos a importância da prevenção deste mal e das campanhas auxiliares. Por sua vez o Coordenador de Projetos do Rotary Internacional Sr Dani Alberton apresentou o projeto ROTARY PELO ROSA contra o CÂNCER DE MAMA ao público como um dos projetos mais bem sucedidos do Distrito 4730.

INCA lança estimativas de câncer 2012

ma Nervoso Central, corpo do útero, laringe (nos homens) e linfoma não Hodgkin – os dois últimos noticiados por terem acometido, respectivamente, o ex-presidente Lula, o ator Reynaldo Gianecchini e a presidente Dilma Rousseff. A Organização Mundial da Saúde (OMS) fez uma projeção de 27 milhões de novos casos de câncer para o ano de 2030 em todo o mundo, e 17 milhões de mortes pela doença. Os países em desenvolvimento serão os mais afetados, entre eles o Brasil.

O Instituto Nacional de Câncer (INCA) estima em cerca de 520 mil novos casos de câncer para o próximo ano. A informação faz parte da publicação Estimativa 2012 – Incidência de Câncer no Brasil. O estudo destaca os tipos de câncer mais incidentes nas regiões brasileiras, como de pele não melanoma, próstata, mama e pulmão. As sete novas localizações de tumores são bexiga, ovário, tireoide (nas mulheres), Siste-


O Eike Batista que a imprensa não mostra inguém duvida, as dúvidas estão todas na sua vida, ou melhor, na vida do pai, que montou sua herança, antes mesmo dele nascer. Ninguém tem uma trilha (que gerou o trilhão) de irregularidades tão grande quando Eliezer Batista. E em toda a minha vida profissional, nunca escrevi tanto e tão vastamente sobre irregularidades, prejuízo ao Brasil, ENRIQUECIMENTO COLOSSAL, quanto sobre Eliezer. E logicamente nem uma vez de forma POSITIVA, sempre naturalmente NEGATIVA. A partir do "Diário de Notícias" (1956/1962) e depois já na "Tribuna da Imprensa", Eliezer era personagem quase diário. O roubo das jazidas de manganês do Amapá, assunto exclusivo deste repórter, ninguém participava, Eliezer era tão GENEROSO com os jornalões, como foi depois com o filho. O Brasil era o maior produtor de manganês do mundo. Como era de outros minérios, todos controlados por ele, presidente eterno da Vale. Eliezer devastou o Amapá, entregou todo o manganês aos americanos, a "preços de banana" (royalties para o presidente dos EUA, Theodore Roosevelt, que inventou essa expressão para identificar os países debaixo do Rio Grande. Isso em 1902). No Porto de Nova Iorque, os navios que vinham do Brasil com manganês, atracavam lá longe para não provocar

comentários. E este repórter dava o número dos navios, os nomes, o total da carga, o miserável preço da venda, EMPOBRECENDO o Brasil, ENRIQUECENDO os "compradores" e o grande VENDEDOR (sem aspas) Eliezer. Está tudo no arquivo da "Tribuna", fechada por necessidade de silenciar o jornal que contava tudo. Os jornalões,

mulando para o filho bem-aventurado. (Mas como o jornal Tribuna da Imprensa está fechado, tenho que ESQUECER essas matérias de 40 e 50 anos, mas a-tu-a-l-i-z-a-d-í-s-s-i-m-a-s. Quem nasce Batista se reproduz na riqueza de outro Batista. Só o manganês não se reproduz, dá apenas uma safra). Mas como Eliezer foi sempre muito

Eike Batista: "Paguei meu imposto de renda com um cheque de 670 MILHÕES DE REAIS”. Deve ser verdade. Mas de onde vem essa fortuna, que segundo ele, é a maior do Brasil? Do pai, o melhor do Brasil? servos, submissos e subservientes, exaltavam as vendas destruidoras, elogiavam o PROGRESSO DO AMAPÁ, por ordem de ELIEZER e da VALE. Diziam: "O Amapá abre estradas, constrói escolas e hospitais, os pobres estão muito mais atendidos e alimentados". Mistificavam a opinião pública, queriam convencer a todos, que EXPLORAR AS RIQUEZAS do então Território, deixando os milhares de pobres habitantes sem comer, sem morar, sem hospital e escola. Tudo transitório, enquanto ESBURACAVAM todas as terras, EXTRAÍAM o manganês e DOAVAM tudo aos trustes. (Como se chamavam, na época). Gostaria de reproduzir tudo isso, a corrupção praticada pelo pai, beneficiando e enriquecendo ele mesmo e acu-

PREVIDENTE, controlou todos os minérios, que deixou para o filho, de "papel passado", ou então em indicações DEBAIXO DA TERRA. Mas com os mapas atualizados e do conhecimento APENAS DO FILHO, A MAIOR FORTUNA DO BRASIL, ANTES MESMO DE NASCER. (O Brasil tem quase a totalidade da produção desses minérios, como tinha do manganês, raríssimos. E como tem do NIOBIO, ainda mais raro e IMPRESCINDÍVEL, 98 por cento de tudo o que existe no mundo). Alternando de pai para filho, afinal onde termina Eliezer e começa o Eike? O pai já completamente identificado, mesmo como presidente, "DONO" da Vale, embora já carregasse como propriedade pessoal, a ICOMI, fundada para

Comissão da Copa recebe secretário A Comissão Especial para Acompanhamento dos Assuntos relacionados com a Copa de 2014 e com a Olimpíada de 2016 reúne-se nesta terça-feira na presidência da Câmara Municipal. Os vereadores recebem o secretário municipal da Copa, Luiz de Carvalho, e o presidente do Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano de Curitiba (Ippuc), Cléver de Almeida, que vão auxiliar no debate de questões relativas ao evento do Mundial de futebol. A reunião tem como pauta a Lei Geral da Copa, as responsabilidades municipais quanto à competição e as obras complementares no estádio Joaquim Américo, a Arena da Baixada, dentre outros assuntos. A Comissão é presidida pelo vereador Pedro Paulo (PT).

concorrer com a própria Vale. Utilizando a ESTATAL para produzir lucros PARTICULARES. *** PS - O filho Eike nasceu rico e poderoso. Se descuidou, foi preso em casa pela Polícia Federal. Seguiu a receita de Daniel Dantas, "só tenho medo da Polícia, lá em cima, eu resolvo", resolveu. Ninguém sabe onde está a conclusão do ato de prisão. PS2 - Para o HOMEM MAIS RICO DO BRASIL SER PRESO, é necessário que a acusação esteja fundamentada. ESTAVA. Mas as providências LÁ DE CIMA, também ESTAVAM. PS3 - Eike "funda" empresas que provocam notícias e permitem a concessão de favores. Nem é pelo lucro, e sim para exibição. PS4 - Fora a herança "que meu pai me deixou", abriu ou comprou restaurantes, hotéis, espalhou através dos amestrados, "estou DESPOLUINDO a Lagoa Rodrigo de Freitas". Continua a mesma, ninguém conhece a Lagoa como este repórter. Mas as pessoas acreditam na DESPOLUIÇÃO. Ha!Ha!Ha! Não riam, é a tragédia da corrupção. PS5 - É preciso que alguém obrigue Eike Batista a explicar como se tornou O HOMEM MAIS RICO DO BRASIL. Acho que quem pode fazer isso é a RECEITA FEDERAL. Por Hélio Fernandes, da Tribuna da Imprensa


Os atuais pré-candidatos à prefeitura de Curitiba

Encontro do PT em Maringá homologa pré-candidatura de Verri O Partido dos Trabalhadores de Maringá realizou o Encontro Municipal para a homologação dos pré-candidatos a vereador e prefeito no domingo passado. Os 180 delegados confirmaram a política de alianças do PT e a précandidatura do deputado estadual Enio Verri. Presidentes de outros seis partidos também estiveram na Câmara de Vereadores. Reginaldo Benedito Dias, um dos responsáveis pelo Grupo de Trabalho Eleitoral, disse que a candidatura do Partido dos Trabalhadores seguirá “o modo petista de governar”. O plano de governo pretende aprofundar as mudanças sociais implantadas pelo Governo Federal. O presidente do PT de Maringá,

Mário Verri, destacou a importância do Partido se unir a outras siglas que prentedem melhorar Maringá. Os presidentes Marly Martin (PPL), Marco Aurélio Rocha (PR), Alberto Abraão (PV), Mário Alberton (PC do B), José Carlos Endlich (PDT) e o cabo Zé Maria, representando o deputado federal e presidente do PSC, Edmar Arruda participaram do evento. Pré-candidato homolagado pelo PT, o deputado estadual e presidente do Partido dos Trabalhadores do Paraná, Enio Verri, parabenizou todos os filiados que participaram do encontro. “No partido todos têm o direito de opinar sobre o plano de governo, sobre as alianças e os candidatos do partido”, explicou.

PSB - Luciano Ducci, prefeito. PPL - Alzimara Bacelar, feminista, servidora pública. PPS - Renata Bueno, vereadora. PSol - Bruno Meirinho, advogado. Nunca exerceu cargo político ou Luiz Felipe Bergmann, advogado e servidor público. Nunca exerceu cargo político. PSTU - Avanilson Araújo, advogado. Nunca exerceu cargo político. PSC - Ratinho Júnior, deputado federal. PDT - Gustavo Fruet, ex-deputado federal. PMDB - Rafael Greca, ex-prefeito de Curitiba, ex-ministro, ex-deputado estadual e ex-secretário de Estado. PTB - Fábio Camargo, deputado estadual. PV - Dra. Clair, ex-deputada federal ou Paulo Salamuni, vereador.

Curitiba não tem táxis suficientes Basta começar a chover que o número de táxis de Curitiba se revela insuficiente. O posicionamento da Câmara Municipal de Curitiba privilegiando as entidades classistas atrapalha ainda mais esta situação, prejudica a população, e favorece uma categoria que tem o dever de servir ao povo, porque é uma concessão pública. Segundo levantamento do jornal Gazeta do Povo, somente quatro capitais brasileiras estão dentro do parâmetro mundial que estabelece como ideal a existência de um táxi a cada 300 habitantes: Aracaju (SE), Recife (PE), Belém (PA) e Rio de Janeiro (RJ). A capital

fluminense é a que apresenta o melhor indicador, com um táxi a cada 197 pessoas. Entre as 12 cidades-sede da Copa de 2014, apenas Rio e Recife têm uma proporção de táxis aceitável. Curitiba tem a sétima pior relação: um por 778. A falta de táxis em Curitiba prejudica o comércio em geral. Centenas ou milhares de pessoas evitam sair à noite porque sabem que não conseguirão encontrar um táxi durante a noite ou a madrugada. E se hoje a situação é ruim, imaginem na Copa do Mundo, quando Curitiba será invadida por milhares de turistas de todos os continentes.

Comerciantes da Avenida Getúlio Vargas pedem adequação de calçadas Atendendo a pedidos de comerciantes da avenida Getúlio Vargas, no bairro do Rebouças, o vereador Celso Torquato esteve em visita no local para verificar a situação das calçadas. O principal questionamento da população é em relação à padronização da largura das passagens de pedestres no calçamento. "Foram levantadas algumas dúvidas porque os espaços para passa-

gem de pedestres varia de quadra para quadra. Já conversei com o pessoal técnico da prefeitura e a justificativa oficial é que há necessidade de áreas maiores de grama em alguns locais para melhor escoamento de água", disse Celso Torquato. "De qualquer maneira, vamos verificar se há ainda adequação para ser feita para melhorar a passagem dos pedestres", finalizou Celso.

Espaço para passagem de pedestres está reduzido em algumas quadras da Avenida Getúlio Vargas


Curitiba ganha dois novos parques

uritiba terá dois novos parques: um na Vila Rigoni (Fazendinha) e outro na rua Bernardo Meyer (CIC). A ordem de serviço para o início imediato das obras foi assinada nesta quarta-feira pelo prefeito Luciano Ducci e pelo governador Beto Richa. Curitiba passa a ter 25 milhões de metros quadrados de área verde, somando parques, bosques, praças e reservas particulares. O prefeito Luciano Ducci, ao assinar a ordem de serviço, explicou a importância ecológica e social dos novos parques. "Na Vila Rigoni e na região da rua Bernardo Meyer moravam famílias em área de risco. Todas foram relocadas e hoje vivem com conforto, dignidade e segurança". As novas áreas de lazer e preservação ambiental vão ocupar uma faixa de 210 mil metros quadrados, numa extensão de quase três quilômetros, às margens do Rio Barigui. No local, moravam 244 famílias em situação de risco que foram transferidas e atendidas em

novos loteamentos da Cohab. "As famílias que estavam morando na beira do rio, agora vivem em casas boas, de alvenaria. E estamos transformando essas áreas em dois belos parques, amenizando o impacto das chuvas, reurbanizando a região”, disse Luciano Ducci. “Isso mostra que essa grande intervenção tem uma preocupação em cuidar bem do meio ambiente, mas também e principalmente em cuidar bem das pessoas”, comentou. A secretária do Meio Ambiente, Marilza Dias, explicou que os dois novos parques são parte de um projeto grandioso, o Viva Barigui, que prevê um único parque de 45 quilômetros de extensão formando um corredor de biodiversidade e de infra-estrutura às margens do rio Barigui. “O grande parque linear do Viva Barigui mostra visão de futuro e planejamento estratégico”, disse. Por ações como esta, segundo Marilza, o Ministério do Meio Ambiente reconheceu Curitiba,

Secretária Marilza Dias, Gilberto Bedin, Administrador Regional do Portão, Prefeito Luciano Ducci e Governador Beto Richa, na assinatura da ordem de serviço. no final do ano passado, como a cidade brasileira que mais faz pelo meio ambiente. O governador Beto Richa afirmou que o reconhecimento e as várias premiações nacionais e internacionais que Curitiba tem recebido na área de meio ambiente são um estímulo a novas ações. Ele comentou o quanto o povo curitibano é consciente e está engajado nas causas ambientais. A empresa vencedora da licitação para

implantação dos parques, a Viaplan, terá 18 meses para concluir as obras. O custo dos dois novos parques é estimado em R$ 19,7 milhões, numa parceria da Prefeitura de Curitiba com a Agência Francesa de Desenvolvimento. Também participaram da solenidade os administradores regionais da CIC, José Dirceu de Matos, e do Portão, Gilberto Bedin; os vereadores Celso Torquato e Dirceu Moreira e diversas lideranças regionais.


Prefeito Luciano Ducci desmente a Revista Veja Nota pública de esclarecimento

Dilma Dilma anuncia anuncia R$ R$ 20 20 bi bi para para estados estados A presidenta Dilma Rousseff reuniu na semana passada os 27 governadores para anunciar a liberação de R$ 20 bilhões a serem aplicados em investimentos. As medidas permitirão a ampliação da capacidade de investimento dos estados num momento em que a economia mundial passa por um período de crise. A primeira medida é a criação da linha especial de crédito Pró-Investe. Os recursos são do Tesouro Nacional e as liberações serão feitas pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). “É a maior linha de crédito que já foi criada para os estados e poderá ser tomada por qualquer um deles”, disse o ministro da Fazenda, Guido Mantega, após o encontro de Dilma com os governadores. O governo ainda vai definir na próxima semana os limites de financiamento para cada estado. O prazo limite para contratação dos empréstimos é 31 de janeiro do próximo ano. “O dinheiro vai ser disponibilizado pelo BNDES nos próximos anos e depende apenas de resolução do Conselho Monetário Nacional, que deverá ser reunir na próxima semana. É uma conta de rápida utilização para os estados de modo que os

investimentos possam ser elevados já neste ano”, disse Mantega. O tempo de financiamento é de 20 anos, com mais um ano de carência. A correção será pela Taxa de Juros de Longo Prazo (TJLP) mais 1,1 ponto percentual se o empréstimo for tomado com o aval da União. Caso o estado opte por não ter o aval da União, a correção do empréstimo será pela TJLP mais 2,1 pontos percentuais. Ou seja, com a TJLP, que está em 6% ao ano, o empréstimo pode ser corrigido por 7,1% ou 8,1%, dependendo de haver aval. Segundo Mantega, a taxa é bastante baixa para esse tipo de investimento. A segunda medida é uma mudança que dará estímulo às parcerias público-privadas (PPPs), que têm sido usadas pelo Poder Público para fomentar os projetos de infraestrutura e mobilidade urbana. “Vamos reduzir o custo desses empreendimentos, transformando a natureza da contraprestação”, informou. Segundo ele, isso significa que o governo reduzirá a tributação do pagamento que os estados fazem para remunerar os investimentos feitos pela iniciativa privada nesse tipo de pareceria.

A reportagem da revista Veja é profundamente injusta, difamatória e infundada. Não há qualquer irregularidade na evolução patrimonial do prefeito Luciano Ducci e de sua família, como pretende insinuar nota publicada pela revista. Todos os recursos e bens declarados têm origem comprovada junto à Receita Federal. A suposta notícia de que o Ministério Público abriria investigação sobre a referida variação patrimonial carece de fundamento fático. O Ministério Público não iniciou, até o momento, qualquer procedimento a respeito. Para provar que não tem nada a esconder, o prefeito Luciano Ducci vai nesta segunda-feira ao Ministério Público para entregar as declarações de Imposto de Renda dos últimos cinco anos e se colocar à disposição do procurador geral Gilberto Giacóia para qualquer esclarecimento que se fizer necessário. Todos os bens declarados no Imposto de Renda do prefeito Luciano Ducci e de sua família têm origem e estão registrados, assim como a origem de todos os recursos. A referida reportagem carece de credibilidade, na medida em que ignora os documentos oficiais sobre o patrimônio e a sua evolução. A revista Veja foi “usada” por fonte mal-informada e evidentemente determinada a fabricar um falso escândalo. As duas fazendas mencionadas pela Veja, na verdade são cinco fazendas situadas no Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e Paraná, e pertencem a Marry Dal Prá Ducci, recebidas, em sua origem, em herança ou adquiridas e registradas legalmente pela mulher e pelos filhos do prefeito. No que se refere ao “apartamento de cobertura no Batel”, no qual, segundo a Veja, residiria o prefeito Luciano Ducci, mais uma vez a informação é falsa. O prefeito e sua família vivem, desde 2007, no 5º andar do edifício Le Mirage e não na cobertura. O referido apartamento foi adquirido com recursos da família, como está registrado nas declarações de Imposto de Renda do prefeito e de sua família. Em relação ao sr. Cícero Paulino, citado pela Veja como capataz das fazendas da família do prefeito, trata-se de contador com MBA em administração pública, que presta serviços profissionais a diversas empresas. Em maio de 2010, foi nomeado funcionário em cargo em comissão na Prefeitura de Curitiba, lotado no gabinete do então vice-prefeito. Em janeiro de 2012, Cícero Paulino foi desligado de sua função na Prefeitura de Curitiba. Durante todo o período em que prestou serviços à Prefeitura, não houve sobreposição entre função pública e atividade privada. Curitiba, 16 de junho de 2012. Luciano Ducci Prefeito de Curitiba


Os famosos e suas tatuagens Nessa edição destacamos algumas celebridades do Brasil e do exterior que fazem sucesso em todo o mundo e sim, com tatuagens! Angelina Jolie, é um belo exemplo disso não só por ser bela mas por ser também uma das mais conhecidas. A atriz, que adora tatuagens, já removeu algumas, depois fez outras novas, por vários motivos. A maioria das tatuagens atuais da atriz diz respeito a família, como a tatuagem do braço onde ela escreveu as coordenadas do local de nascimento dos seus filhos. E outras ela fez para cobrir tatuagens antigas, por exemplo: ela tinha duas pequenas tribais na base das costas, que foram cobertas com um tigre tailandês, e uma letra japonesa que ela antes tinha perto dos ombros e foi clareada com laser e depois coberta com uma oração de proteção em sânscrito! Já a cruz com a frase em latim “quod me nutrit me destruit” foi para cobrir um dragão que ela tinha abaixo do umbigo. A frase significa “o que me nutre me destrói”. Aqui no Brasil, os “Relity Shows” sempre exibem participantes tatuados. Na atual temporada de “A Fazenda” vários participantes têm tatuagens, Viviane Araújo, Penélope Nova, Gretchen, e outros... Numa das edições anteriores do Reality, Fernando Scherer, o Xuxa, ostentava um dragão gigante nas costas por exemplo. Nas edições do BBB também era super normal que vários dos participantes tivessem tatuagens, como o Lutador Dourado, a Modelo Cacau e sua Fênix, o Professor de Artes Marciais Yuri e seu escorpião gigante, a Modelo Jaque Khury, e vários outros. Muitas vezes em filmes, novelas, etc... o ator ou atriz parece não ter tatuagens. Devido a alta qualidade das maquiagens utilizadas, talvez você se surpreenda ao descobrir que seu ídolo tem tatuagens e você nem sabe... Afinal eles são profissionais que trabalham dando vida para outro personagem. Como é o caso da Angelina Jolie, Cléo Pires, Débora Secco, A Isis Valverde que faz a

personagem Suelen na novela Avenida Brasil, e os atores Justin Timberlake, Johnny Depp, Sylvester Stallone, etc... Além dos atletas como David Beckham e outros jogadores de futebol, os lutadores Vanderlei Silva, Victor Belfort, etc... A cantora Amy Winehouse disse certa vez, numa entrevista, que quando se olhava no espelho, gostava de ver algo novo, por isso ficou viciada em tatuagens! E isso não é privilégio apenas dos artistas, muita gente hoje em dia tem esse mesmo sentimento e várias tatuagens também. Nos últimos anos a tatuagem deixou de ser marginalizada por alguns setores da sociedade e passou a fazer parte da identidade e individualidade das pessoas. Hoje não é raro encontrar em muitos estúdios de tatuagem pessoas acima dos 50 anos fazendo suas tattoos já que o preconceito diminuiu, permitindo-lhes tornar realidade um sonho antigo. Felizmente as mentes estão mudando! Nas próximas edições falaremos mais sobre outros famosos e suas tatuagens. Como a Top Gisele Bündchen e vários outros. PROMOÇÃO DE INVERNO NO LORD TATTOO ESTÚDIO: Um Estúdio de tatuagem com qualidade de alto nível está localizado no bairro Rebouças, próximo da Faculdade Curitiba. É o Lord Tattoo Estúdio, visite e conheça o trabalho de um dos melhores tatuadores do Brasil. Esta é a melhor época para fazer sua tattoo, pois na ausência de sol a cicatrização é melhor, mas muitos perdem o ânimo por causa do frio. Por isso, durante os meses de Junho, Julho e Agosto, você tem 20% de desconto em suas tattoos pagando em dinheiro, lembrando que é necessário apresentar este jornal para ganhar o desconto. O Lord Tattoo Estúdio fica na Rua Chile, 1578, sala 3. Ligue marcando sua avaliação nos telefones 3383-7810 ou 99667832. Ou acesse o site www.lordtattoo.com.br


COLUNA DO DO CONDOMÍNIO CONDOMÍNIO COLUNA

Sociedade

Dicas de Segurança em condomínios Nos Prédios de Apartamentos Normas de Segurança - As normas de segurança a serem adotadas devem ser decididas em assembléia de condôminos, com ampla difusão para todos os moradores do prédio; Os Funcionários - A seleção de pessoal doméstico e do condomínio deve ser rigorosa, com pesquisa da vida pregressa dos candidatos e criteriosa verificação das fontes de referência. De preferência deve ser mantida a máxima discrição quanto aos valores guardados na casa, existência de cofres, etc; O pessoal de zeladoria, principalmente aqueles que desempenham funções na portaria do prédio, devem ser alertados para os diferentes expedientes usados pelos delinqüentes e devem estar capacitados para tomar providências urgentes quando necessário; Acesso de Estranhos - Ao atender estranhos, o porteiro deve manter os portões fechados e as pessoas do lado de fora. O acesso de estranhos, sempre que possível, deverá ser restrito a um horário pré-fixado e ser precedido das cautelas disponíveis; O portão somente pode ser aberto após a identificação do visitante e o aviso ao morador sobre a conveniência da entrada; Na dúvida, deve-se solicitar ao morador para vir identificar tal visitante. Ao receber prestadores de serviços, é necessário identificá-los, anotar os dados de seus documentos, avisar o condômino e só permitir acesso às dependências mediante

autorização do morador e devidamente acompanhado por um funcionário. Nos horários de limpeza e recolhimento de lixo, as entradas do edifício devem manterse fechadas. Itens de segurança no imóvel - As entradas do imóvel - social, de serviço e garagem - devem ser suficientemente iluminadas, evitando-se o uso de obras de arte, de decoração e de jardinagem que obstruam a ampla visão do local à distância; Os acessos aos apartamentos igualmente devem ser dotados de boa iluminação, controlada do interior da residência. As portas devem ser sólidas e guarnecidas de “olhos mágicos” ou outros dispositivos que permitam a observação do vestíbulo; O interfone é de grande valia para que, em caso de emergência, o morador comunique a presença de suspeitos ou de indivíduos indesejáveis em seu “hall” de entrada; Havendo outros prédios contíguos ou próximos, por consenso dos seus moradores, poderá ser instalada uma ligação pelo interfone de suas portarias ou zeladorias, ou mesmo de um simples alarme sonoro que funcionará como pedido de auxílio nos momentos de perigo; O mesmo alarme sonoro, acústico ou luminoso poderá ser instalado em casa vizinha, estabelecimento comercial ou simplesmente em local externo, à vista dos moradores das imediações, com divulgação da instalação desse recurso.

Maria Vitória de Lima Dantas (11 anos) e Gabriela Dantas Albuquerque (2 anos). Netas do coronel Jordão Lima e Maria José Dantas de Lima.

João Luiz Nogueira (gerente do Banco do Brasil, agência Água Verde) ao lado da esposa Luciane Nogueira, durante reunião do Conselho Comunitário de Segurança do bairro Água Verde.

Espaço da Poesia Antonio Pedro Flores Amaral, morador na divisa dos bairros Água Verde e Rebouças

NO SILÊNCIO DA NOITE Alma de jogral, Cantando contente Sons de madrigal Em lira candente,

A dor companheira, Que segue meus passos, Já todos canseira, Já todos bem lassos...

Eu só suspirava Em quadras amenas, Eu só dedilhava Cantigas sem penas!

Mas sinto que resta, No grande rochedo, Um canto de festa Cantando bem ledo!

O tempo passou, Passou a quimera, Somente ficou - vassala sincera –

São cândidas harpas, Num lento vibrar! Galgando as escarpas, Não posso para!

Quem toca? Sereis, De luzentes rastros, Nas brancas areias Da noite sem astros... Ah! Dona esperança Cansei de esperar, Mas alguém alcança O fundo do mar?

Mar Josette Garcia

E eis-me aqui De frente pro mar Fazendo nada A divagar... Bem devagar O tempo esvai E tudo que fica

Cola e não sai Do pensamento Tudo que se vê Neste paraíso E breve momento Faz-me lembrar Que Você É tudo que preciso. www.josettegarcia.blogspot.com


Curitiba precisa recuperar suas calçadas, afirma o vereador Celso Torquato o artigo a seguir, o vereador Celso Torquato fala sobre a situação das calçadas de Curitiba e as soluções adequadas. Com a palavra, o vereador: “É necessário e urgente que comecemos a resolver um problema antigo que vem se arrastando por décadas em Curitiba: o calçamento de nossas ruas. Temos que reconhecer que este é um dos pontos deficientes em nossa gestão urbana. E temos melhorado pouco nos últimos anos. Desde o início de minha primeira gestão como vereador, tenho alertado a administração pública para a questão da baixa qualidade de nossas calçadas. Mas, infelizmente, muito pouco foi realizado. Por isso, em algumas regiões de Curitiba, a situação das calçadas é caótica. Os problemas são de toda espécie, desde a ausência de calçamento, pisos inaquedados, pouco espaço para o trânsito de pedestres até a completa falta de acessibilidade. Nossa cidade não oferece as condições mínimas para quem transita pelas calçadas. Se para o pedestre comum as condições já são muito difíceis, tornam-se impraticáveis para quem tem alguma deficiência ou mobilidade reduzida. O diário "Jornal do Estado" publicou, em sua edição de 27 de junho, que menos de 1% de nossas calçadas seguem as regras de acessibilidade, com guias rebaixadas, rampas, pisos táteis, semáforos com

sinalização sonora ou qualquer outro equipamento que auxilie na inclusão das pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida. E, segundo dados do IBGE, já contamos, em Curitiba, com cerca de 250 mil pessoas com algum tipo de deficiência que precisam de recursos de acessibilidade, inclusive os idosos. Temos que adequar todo nosso espaço urbano para atender a essas pessoas que precisam de recursos especiais. Além da acessibilidade, temos o problema dos pisos inadequados que, muitas vezes, não são próprios para a utilização em calçadas. São pisos que apresentam forte trepidação, saem facilmente do lugar, não são práticos para remoção e recolocação e provocam acúmulo de água e permitem a derrapagem dos pedestres. Também precisamos melhorar a fiscalização municipal para não permitir que obras fora dos padrões sejam executadas e temos que dividir com os proprietários dos imóveis a responsabilidade pelo estado de conservação das calçadas.” Como fazer para melhorar o estado de nossas calçadas? Celso Torquato - Há alguns anos atrás, propus um projeto para implantação e recuperação de calçadas no entorno de escolas,

que se chamava “Caminhos da Escola”. Conseguimos fazer isso em algumas escolas, como na escola Itacelina Bittencourt e no

colégio Santos Dumont, no Guaíra e nos colégios Marechal Cândido Rondon e Francisco Klemtz no Portão. Aproveitando essa idéia, o então prefeito Beto Richa elaborou, em 2005, o programa "Caminhos da Cidade", que buscava implantar, recuperar e readequar as calçadas de toda a cidade. Para garantir a execução do programa foi criado o Fundo de Readequação das Calçadas (FUNRECAL), que seria abastecido com recursos oriundos da cobrança de taxas urbanísticas. Para o primeiro ano do programa, 2006, a prefeitura destinou 5 milhões de seu orçamento. A prioridade era para as regiões onde haviam escolas, creches e unidades de saúde. Além

disso, as novas calçadas seguiriam padrões definidos pelo IPPUC e pela Secretaria de Urbanismo, usando blocos de concreto prémoldado e respeitando normas de acessibilidade e segurança. Algumas obras foram realmente executadas seguindo estes princípios, notadamente a recuperação do calçamento da Marechal Deodoro. Mas, depois, o programa "Caminhos da Cidade" ficou estagnado e pouco se fez pelas calçadas de Curitiba. Temos problemas graves em todos os bairros. No Portão, por exemplo, as calçadas da avenida República Argentina estão em condição lamentável. Em algumas quadras, elas nem existem, em outras estão com o piso inadequado ou deteriorado. Não há nenhum recurso para acessibilidade. E estamos falando de uma das principais avenidas de Curitiba. Precisamos recuperar o "Caminhos da Cidade" e reativar o Fundo de Readequação das Calçadas. Precisamos enfrentar essa questão já. É um assunto de grande interesse público. Diariamente sou perguntado pela população de todas as regiões da cidade sobre isso. Temos que dar uma resposta aos moradores de Curitiba. Já esperamos demais. Se não começarmos agora, depois, talvez, seja tarde demais.

Portão aberto à cultura Faltam poucos dias para que a cultura conquiste mais espaço no Bairro Portão. Em 29 de junho próximo, às 19h, a comunidade ganha o Portão Cultural, antigo Centro Cultural do Portão, que reabre suas portas depois de uma reforma que teve início em 2008. Para a festa que marca a entrega da obra não há necessidade de apresentação de convite. “É um reencontro da população com um espaço que marca a história da cidade”, destaca Roberta Storelli, presidente da Fundação Cultural de Curitiba. A Prefeitura de Curitiba devolve à população um complexo arquitetônico com área de 4827,55 m2, totalmente revitalizado, e que abriga o MuMA – Museu Municipal de Arte, o Cine Guarani, o Auditório Antônio Carlos Kraide, a Casa da Leitura Wilson Bueno e um Centro de Arte Digital, além de Espaço de Convivência e salas para cursos e projetos de ação educativa. Como em toda obra deste porte, os detalhes merecem cuidados especiais e agitam os dias que antecedem a entrega do Portão Cultural. As salas de exposições recebem acabamento de pintura nas paredes e módulos para suporte das obras de arte. Vidros, pisos e calçadas passam por limpeza final, enquanto são colocadas as placas de sinalização, incluindo sistema em Braille. Intervenções visuais na

fachada do prédio e revisão da iluminação, além da chegada do mobiliário da biblioteca envolvem várias equipes. No cronograma estão previstos para os próximos dias o teste final da parte elétrica e do sistema de ar condicionado, a complementação da instalação lógica e de telefonia e a colocação das poltronas do Auditório Antonio Carlos Kraide e do Cine Guarani. Entre as atividades que exigem maior concentração dos funcionários estão a organização do material literário da Casa da Leitura e a montagem das exposições, colocando ao alcance dos visitantes parte do acervo de 3.814 obras do MuMA que estava temporariamente abrigado na reserva técnica do Memorial de Curitiba. Por sua importância como bem cultural, o MuMa é cadastrado pela Prefeitura de Curitiba como Unidade de Interesse Especial de Preservação (UIEP) Mudanças significativas tornam o Portão Cultural um endereço mais atraente àqueles que procuram lazer aliado ao conhecimento. A transformação da antiga biblioteca em Casa da Leitura homenageia Wilson Bueno, um dos mais importantes escritores paranaenses, e torna-se um centro de estudos e pesquisas voltado à leitura.


Um oferecimento do Açouque Tobias

Contra Filé Borboleta no Espeto Ingredientes · 4 steaks de contra filé pesando aproximadamente 300g cada um Para o Tempero · 1 colher de sopa de óleo vegetal · 2 colheres de sopa de sal grosso

O BOM LADRÃO Na época em que estamos vivendo, plena de inquéritos, julgamentos e CPIs, envolvendo a classe política e grande parte da chamada “elite” brasileira, representada por influentes personalidades do mundo dos negócios, quero fazer um pequeno passeio por esse campo minado da corrupção. Nunca em minha vida presenciei tanta roubalheira como a que está ocorrendo agora. A criminalidade parece estar ganhando a guerra em nosso país. Está insuportável assistir e ler os noticiários diários dos meios de comunicação. A cada hora, mais e mais notícias sobre roubos, assaltos, falcatruas; são assaltos a bancos, roubos diversos, tráfico de drogas, empreiteiras avançando no dinheiro público, compradores viciados em propinas, políticos respondendo por Mensalão e Cachoeira, por desvio de verbas, e por tudo que está fora da lei. As autoridades no governo municipal, estadual ou federal, sem saber o que fazer, exibe propagandas maciças na televisão dizendo que tudo está lindo e maravilhoso, através de imagens de cartão postal e mentiras que nem criança acredita mais. E assim vamos vivendo. A corrupção cada vez mais avança. Outro dia assisti a um vídeo que está rolando na internet, com uma manifestação da Cidinha Campos, deputada estadual do Rio que indignada acusa a maioria de seus colegas de corrupção, com um vocabulário tão devastador que deputado algum teve a coragem de contestá-la. Enquanto falava criou-se um silêncio estarrecedor no

recinto, sinal evidente de que dizia verdades incontestes. A certa altura de seu pronunciamento citou que “talvez a causa de tanta corrupção seja o DNA bandido que corre em nossas veias, sem que possamos evitá-la”. Na realidade parece que ela tem mesmo razão. Aprendemos todos, desde pequenos, que temos que ser “vivos e malandros”, que temos que conseguir o que precisamos usando o tal “jeitinho brasileiro”, isto é, fazendo as coisas por trás dos panos. Assim, se a coisa funciona desta maneira no Brasil, a saída é voltar a tempos passados, pelo menos politicamente, quando no governador de São Paulo, Adhemar de Barros se criou esta máxima: “rouba, mas faz”. De modo que, partindo da aceitação desse nosso DNA incontrolável, resta contentar-nos com o “rouba, mas faz”. Como até na Bíblia existe citação sobre o “bom ladrão”, crucificado ao lado de Jesus”, vou ficar na expectativa de que esses bilhões de Reais que estarão sendo gastos com a Copa do Mundo, por esse Brasilzão afora, resultem em obras que fiquem para a população, como, viadutos, trincheiras, avenidas, praças, aeroportos, transportes, estádios, etc. etc. mesmo sabendo que uma soma incalculável deste dinheiro sumirá em direção a compra de novos carrões, mansões, barcos e iates, fazendas, viagens fabulosas e jatinhos, esse sim, dinheiro perdido para sempre o qual o povo nunca mais verá. Quem sabe se realmente o “bom ladrão” até exista!

Algumas matérias você só lê no site do Jornal Água Verde www.jornalaguaverde.com.br www.jornalaguaverde.blogspot.com

Modo de Preparar Alguns açougueiros já fornecem as postas de contra filé no corte “borboleta”. Outros ainda não. Mas, ele é simples de ser feito. Pegue os steaks de contra filé conforme indicados (300g cada um) e corte cada um deles bem no meio da sua espessura, iniciando o corte pelo lado da gordura.

Esse corte não deve separar os dois pedaços da carne. Ao ser “aberta” (como um livro), ficará com dois filetes de gordura fazendo as bordas externas, no formato que lhe dá o nome – “borboleta”. Coloque as postas abertas num espeto duplo e com um pincel macio passe uma camada fina de óleo vegetal em ambos os lados das postas. Salpique com sal grosso da mesma forma. Deixe 20 minutos descansando e leve à churrasqueira préaquecida durante 5 minutos de cada lado a uma distância de 30cm do braseiro forte. Vire o espeto apenas uma vez.

Sal feito de lágrimas humanas Está chegando ao mercado o Sal Gourmet, uma novidade estranha e bizarra: é feito de lágrimas humanas. Fosse lançado no século passado seus autores seriam acusados de bruxaria, mas nos dias atuais é mais uma novidade para conquistar uma fatia específica do mercado. No rótulo vem escrito: “Sal feito de lágrimas de raiva” ou então “Sal feito de lágrimas derramadas durante o corte de cebolas”. Segundo a Hoxton Street Monster Supplies, empresa responsável pelo lançamento, o produto é feito da seguinte maneira: lágrimas humanas frescas são cozidas e depois colocadas em tanques de cristalização. Apesar das lágrimas já serem salgadas, elas também são “enxaguadas” em solução salina. Segundo eles, o processo todo é baseado em técnicas centenárias. Cada tipo de lágrima tem um gosto diferente. Arrependimento, por exemplo, tem um leve sabor de lavanda, ótimo para temperar carnes e batata assada.


Filosofia de vida O resfriado escorre quando o corpo não chora. A dor de garganta entope quando não é possível comunicar as aflições. O estômago arde quando as raivas não conseguem sair. O diabetes invade quando a solidão dói. O corpo engorda quando a insatisfação aperta. A dor de cabeça deprime quando as dúvidas aumentam. O coração desiste quando o sentido da vida parece terminar. A alergia aparece quando o perfeccionismo fica intolerável. As unhas quebram quando as defesas ficam ameaçadas. O peito aperta quando o orgulho escraviza. O coração enfarta quando chega a ingratidão. A pressão sobe quando o medo aprisiona. As neuroses paralisam quando a”criança interna” tiraniza. A febre esquenta quando as defesas detonam as fronteiras da imunidade.

Uma viagem inesquecível ao fundo do mar http://youtu.be/WK2LpUoqX6A

Esporte

Jefferson Gomes e Silva

RICARDO DRUBSCKY ASSUME O FURACÃO E PROMETE MUITA LUTA PARA CONQUISTAR A SÉRIE B O demitido técnico Juan Carrasco saiu sem mágoas do Furacão. Falou que deseja muita sorte para o Atlético Paranaense e lamenta não ter conquistado o título estadual para o rubro-negro. Ricardo Drubscky, o novo técnico, é muito competente e chegou prometendo muito trabalho. Vem da escola mineira que ultimamente revelou excelentes técnicos, e diga-se de passagem Drubscky é dos mais estudiosos e competentes da escola mineira. Foi um grande acerto de Mário Celso Petragllia, aliás com essa diretoria maravilhosa que o Furacão tem, logo surgirão as conquistas. Agora que o Atlético Paranaense conseguiu resolver a questão da construção da Arena para a Copa, tudo ficará mais fácil. O povo parnaguara vai apoior de vez o Furacão. O litoral nunca foi tão feliz com a chegada do Furacão na primeira capital do Paraná. Parabéns a Paranaguá pela chegada do Atlético. Paulo Baier não pode ficar de fora do jogos do Atlético Paranaense. Tenho certeza que o Furacão volta a elite do futebol em 2013. O time de maior torcida do estado fará uma festa rubro-negra muito bonita no final do ano. O Coritiba do técnico Marcelo Oliveira luta para chegar a final da Copa do Brasil. Ao contrário do Atlético Paranaense que logo de cara pegou grandes times na Copa do Brasil (Cruzeiro e Palmeiras). O Coritiba só pegou times fracos. Agora contra o São Paulo é mo-

mento de mostrar todo o futebol, se conseguir eliminar o São Paulo será uma grande façanha do time verde. A torcida anda preocupada com Rafinha, que não joga, e não sai da departamente médico. Mas, há rumores que Rafinha está sendo negociado com o futebol da China. A goleada - jogando com 10 reservas no Atlético Goianiense mostra que o Coxa tem um elenco respeitável. O Paraná Clúbe é uma luta só. Ricardinho já provou que é um grande técnico e acredita no crescimento do time da série B do Brasileiro. Mas precisa de reforços. O Paraná Clube tem um dos grandes volantes (meia) do futebol Brasileiro, Ricardo Conceição. Já passou pelo Atlético Paranaense, Ponte Preta e outros clubes. É um jogador de qualidade e garra. Destaques: Marcos do restaurante Veneza, o melhor de Santa Felicidade. Henry do restaurante Moustache em Balneário Camboriu, na Avenida Atlantica. Acir Gabardo da Copiadora Gabardo, no Edificio Asa. Edson Esquinazy, da Roma Imóveis. Dentista Flávio Misima, na praça Rui Barbosa (Fone 3223-4152). Odécio Fernandes da Galvinação Sartor no Pinheirinho. O atleticano Mauro e o paranista Sandro do salão Marques na Rua Minas Gerais na Vila Guaira. Paulão do Costelão Turma da Ponta amigos e cerveja na Carlos Dietzch no Portão. João, Ivan do Hotel Alvear no Portão.


Mulher desconfiada Apesar de viverem na abundância, as coisas não corriam bem entre o marido e sua jovem mulher. Na verdade, ela estava convencida de que ele andava metido com a bonita empregada da casa. Então resolveu preparar uma armadilha pra pegar o marido no flagra. Dispensou a empregada no fim de semana e não contou ao marido. A noite, quando iam pra cama, o marido contou a mesma velha história: - Desculpe, minha querida, mas estou mal do me u estomago outra vez. Vou tomar um ar e já volto. Ele então rumou em direção ao banheiro. A mulher saiu rápido pelo corredor, subiu as escadas e deitou-se na cama da empregada. Mal ela tinha apagado a luz, veio ele, em silêncio. E , sem perda de tempo, saltou para a cama e fez amor com ela com toda a fogosidade. Ambos gemiam de prazer. Quando terminaram, a mulher disse, ainda ofegante: - Você não esperava me encontrar nesta cama, não é querido? E ligou a luz. - Sinceramente, não, minha senhora, disse o jardineiro. -o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-oO detetive presta contas à cliente: - Ontem eu segui o seu marido e ele foi primeiro a um restaurante, depois entrou numa loja, passou num salão de beleza, depois foi a um Shopping, em seguida foi numa casa de Chá, depois foi numa Casa de Jogo de Bingo, foi numa boate e depois para um motel… - Mais que cafajeste! – protesta a mulher. – Eu mato esse desgraçado! Me diga em detalhes o que ele fez em cada um destes lugares… - Bem… não fez nada! Acho que só estava seguindo a senhora! -o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-oMorre o homem e, não demora muito, a viúva também vai para o céu. Chegando no paraíso, ela encontra o marido. - Querido! Querido! ? diz ela, abraçando o ex - Que bom te encontrar aqui! Agora nós vamos ficar juntos pra sempre! - Opa, opa! Peraí… O trato foi: “Até que a morte nos separe”! -o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-oNo médico a mulher reclama: - Doutor, quando eu era solteira tive que fazer 4 abortos! Agora que casei, tô doida pra ter um filho e não consigo engravidar! - É muito simples! – responde o médico. - Então me fala, Doutor! - Você não está conseguindo reproduzir em cativeiro! -o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-oA garota recebe um convite para sair e fica toda animada. Quando ela retorna a mãe pergunta. E aí filha, como foi seu encontro? - Ah, mãe. Eu gostei, mas achei ele muito apressado. Imagina que logo que chegamos no cinema ele me pediu um beijo. A mãe, espantada pergunta: - No duro? A garota responde: - Não, mamãe, na boca!

Helena e Gilda, duas solteironas, são donas de uma farmácia. Entra um homem e pede uma camisinha. Helena atende e traz a camisinha. - É pequena! - reclama o freguês. E Helena traz uma maior: - Ainda é pequena. E Helena pega a maior do estoque. - Desculpe, mas tem de ser maior.... Helena grita pra Gilda, que está no estoque da farmácia: - Ó, Giiiiiiiiirrda! Tem um homem aqui que precisa de uma camisinha maior que a XXL...!!! O que é que eu ofereço a ele? - Casa, comida, roupa lavada e sociedade na farmácia!

Como o palhaço sai do motel? R. Todo gozadinho. E a patricinha? R. Toda metidinha! -o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-oDois amigos conversam no bar: - Quer dizer que você brigou de novo com a sua mulher? - Foi… Mas dessa vez ela terminou no chão, de quatro! - É mesmo? – pergunta o amigo, surpreso – Quem diria, hein! Pelo jeito as coisas mudaram… Mas conta aí essa história direito! - Ah, eu falei umas verdades e ela veio correndo atrás de mim! Aí eu entrei no quarto, ela ficou de quatro e falou: “Saia já debaixo dessa cama, seu covarde!” -o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-oOs dois amigos conversam no boteco: - Minha mulher me trata como um cachorro! – um deles reclama. - E como você reage? – o amigo pergunta. - Eu a trato como um poste! -o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-oAssim que nasceu o seu décimo filho, o sujeito jurou para o seu melhor amigo que se a sua mulher tornasse a engravidar ele se enforcaria. Um ano depois, o amigo vai visitá-lo e vê a mulher do cara com um barrigão enorme. - Ué… você não disse que se a sua mulher voltasse a engravidar, você se enforcaria? Resolveu quebrar a sua promessa? - De jeito nenhum! Tanto estava eu decidido a cumpri-la que cheguei até a comprar alguns metros de corda, mas… - Mas o quê? - Aí eu pensei comigo mesmo: “Será que não estou enforcando o homem errado?” -o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-oDois sujeitos se encontram no bar. - Por que essa cara de enterro, rapaz? – pergunta o primeiro. - Ih, rapaz! Briguei com a minha mulher e ela jurou ficar sem conversar comigo durante um mês inteiro. - Agora eu entendo por que você está tão triste! - É que o prazo acaba hoje! -o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-oDepois de certo tempo de namoro, o casal vai pro motel para a tão esperada primeira vez. Aí a moça diz: - Olha, você deve estar fazendo uma idéia errada, eu não sou desse tipo. - Não esquenta, nunca pensei mal de você. - Vou te confessar uma coisa… sabe que você é o primeiro? - Primeiro a transar? - Não, o primeiro a não pensar mal de mim! -o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-oA mulher se queixava, quase em prantos, à sua empregada: - Oh, Maria, acho que meu marido está me enganando com a secretária! - Não acredito! A senhora está dizendo isso pra me deixar com ciúmes. -o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-oE tem aquela daquele solteirão, cansado de viver sozinho, que colocou um anúncio na seção de classificados do jornal de maior circulação da cidade: “Procura-se uma Esposa”, era o título. Durante a semana, ele recebeu mais de uma centena de cartas. Mas, para a sua decepção, eram todas de homens e diziam a mesma coisa: “Pode ficar com a minha”.


iPhones revelam bastidores da guerra ao Afeganistão ntre julho de 2010 e fevereiro de 2011,o coletivo Basetrack acompanhou um grupo de fuzileiros navais norte-americanos no Afeganistão e realizou uma das mais interessantes experiências de cobertura de guerra dos últimos tempos. Tão interessante e inovadora, que gerou desconforto no QG do Tio Sam, que logo convidou os integrantes do grupo a se retirarem. Durante sete meses, o grupo de repórteres de guerra formado por um americano, dois húngaros, uma canadense e um inglês fotografou o cotidiano da tropa com iPhones, utilizando filtros do aplicativo Hipstamatic para obter efeitos analógicos nas imagens. A escolha do celular como ferramenta não foi por conta de nenhum patrocínio da Apple. De acordo com os fotógrafos, a câmera do iPhone foi adotada por ser a única vedada o suficiente para sobreviver à poeira fina do deserto afegão — além de apresentar boa qualidade e leveza. O projeto não consistiu apenas em fotografar os combatentes, mas também em fazer vídeos, entrevistas e disponibilizar tudo isso na internet em tempo real. O Basetrack se tornou um canal direto dos soldados com suas famílias e transformou os fuzileiros em cronistas de suas

trajetórias na guerra. As fotos são sensacionais. Além de flagrar a tensão dos dois lados da ocupação, mostram o tédio dos combatentes e as incoerências desta invasão que há mais de 10 anos massacra um povo em nome da “liberdade”, a um custo altíssimo para os EUA, com o objetivo de dominar o mundo, através da ocupação de países estratégicos. No mês passado, um dos cabeças do Basetrack — o húngaro Balazs Gardi — veio ao Brasil para o lançamento da edição número 2 da revista “Zum”, que traz na capa uma foto de um soldado do Exército Nacional Afegão com uma sacola na cabeça, durante uma tempestade de areia. Apesar do lado trágico das cenas, as belezas das fotografias são marcantes.

jornal agua verde  

Jornal mensal do bairro Água Verde, lançado há 22 anos. Circula nos bairros Água Verde, Rebouças, Vila Isabel e Portão. Tiragem de 15 mil ex...

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you