Page 1

boletim informativo

Poupar Água

3ª EDIÇÃO Jan | Fev | MAr 2015

Quando não chove é necessário redobrar os cuidados com o uso de água!

indicadores 1º trimestre 2015 1 054 080 m3

Quantidade Água Fornecida

36 749 contratos

N.º Contratos Ativos Quantidade Resíduos Recolhidos

6 336 toneladas

Recolhas Resíduos Verdes e Monos

673 pedidos

Contentores Lavados

3 589 contentores

Notícias Intervenções efetuadas nos concelhos da ARM - 1º trimestre de 2015

“As alterações climatéricas e consequências no regime hídrico”

No 1º trimestre do ano, a ARM - Águas e Resíduos da Madeira, S.A. realizou um conjunto de pequenas/médias intervenções com recursos próprios, que trazem grandes melhorias nos serviços prestados pela empresa.

Avizinha-se um Verão seco devido à pouca precipitação no Arquipélago da Madeira. Por isto, há a necessidade de racionalizar o consumo de água e apelar a todos à poupança desta.

Pág. 3

/aguasdamadeira

www.aguasdamadeira.pt

Pág.12

geral@aguasdamadeira.pt

T. 291 201020


recolha de resíduos verdes - poda da vinha 2015 A empresa ARM – Águas e Resíduos da Madeira, S.A. reforçou a recolha gratuita de resíduos verdes em fevereiro e março de 2015, especificamente para a poda da vinha, nos concelhos de Câmara de Lobos, Ribeira Brava, Machico e Santana – os municípios aderentes da ARM. Até ao final de março, esta recolha ocorreu de 2.ª a 6.ª feira, mediante marcação prévia por telefone e de acordo com a disponibilidade do departamento de recolha da empresa. Este reforço foi já implementado em igual período no ano passado e originou a recolha de cerca de 54 toneladas de resíduos verdes deste tipo. Em 2015, o aumento da recolha foi de 30% relativamente a 2014.

Durante todo o ano, a ARM disponibiliza a recolha

gratuita de Resíduos Verdes (de limpeza de jardins, podas de

árvores) e Monos (eletrodomésticos, móveis, colchões), mediante pedido, através do n.º verde 800 910 500 na ilha da Madeira e do n.º

291 980 560 na ilha do Porto Santo.

Até os pequenos sabem que

os resíduos podem ter uma nova vida.

LIGUE 800 910 500 1

ser grat viço uito *


Projetos concluídos 1º trimestre 2015 BENEFICIAÇÃO DO LANÇO SUL DOS TORNOS - 3ª FASE LEVADA DOS MOINHOS Concluiu-se recentemente a obra de Beneficiação do Lanço Sul da Levada dos Tornos - 3ª Fase, Levada dos Moinhos. Obra executada devido às significativas perdas de água registadas em canais secundários do Lanço Sul da Levada dos Tornos. Procedeu-se à reparação desses canais por forma a otimizar o recurso hídrico (diminuir as perdas e garantir transporte de 60 l/s na levada principal e 15 l/s em cada regadeira). Esta obra esteve associada a um investimento público de 185 000€, co-financiado pela União Europeia ao abrigo do Programa de Desenvolvimento Rural para a Região Autónoma da Madeira (PRODERAM).

sistema de irrigação do parque agrícola do porto santo Com a reformulação do sistema de rega do Parque Agrícola do Porto Santo (PAPS), criou-se um sistema de filtração e de distribuição de água de rega. Os trabalhos incluiram a remodelação de um reservatório, fornecimento e instalação de um sistema elevatório, montagem de um sistema de filtração, execução de uma nova rede de distribuição com escoamento sob pressão, construção de caixas de derivação e descargas de fundo e de hidrantes de rega e respetivos acessórios. Esta obra está associada a um investimento público na ordem dos 978 000€, co-financiado pela União Europeia ao abrigo do Programa de Desenvolvimento Rural para a Região Autónoma da Madeira (PRODERAM).

2


outras intervenções - 1º trimestre de 2015 município de câmara de lobos

Nova estação de cloragem/desinfeção da Lourencinha Em fevereiro passado foi posta em funcionamento a nova Estação de Cloragem da Lourencinha. Esta instalação tem a caraterística inovadora de operar sem utilizar energia elétrica, um atributo partilhado apenas com uma outra instalação deste tipo no país. Trata por mês cerca de 6 000 m3 de água com origem na Nascente da Fonte Serrão, abastecendo parte da zona baixa de Câmara de Lobos. Esta obra foi executada no âmbito do projeto da Melhoria da Qualidade da Água.

Intervenção na Vereda da Levada da Fajã Na Vereda da Levada da Fajã, a ARM procedeu à colocação de 130 metros de rede nova, com uso de material em PEAD de diâmetro 63 PN16, e substituição de ramais para PEAD DN32, com eletrossoldadura de todos os acessórios. Finda-se assim o abastecimento de água bruta/não tratada nesta zona.

3


Intervenção na Estrada Municipal da Quinta do Serrado No âmbito da exploração das redes de água potável do Município de Câmara de Lobos e fruto de diversas reclamações de falta de água e/ou pressão, a ARM com recurso às suas equipas operacionais efetuou a substituição de 50 metros de rede onde anteriormente já tinham ocorrido 15 intervenções de reparação de rede e executou uma caixa com válvula redutora de pressão (VRP) a montante desse local para proteção das condutas e regularização das pressões de abastecimento.

Nova rede de abastecimento no Caminho Agrícola do Luzirão No novo Caminho Agrícola do Luzirão - obra a cargo do Município de Câmara de Lobos, a ARM efetuou a fiscalização da rede de águas e procedeu à instalação de duas caixas com válvulas redutoras de pressão DN65, bem como de 20 ramais domiciliários completos desde a tomada em carga até à rede predial existente. Esta intervenção comtempla a execução de uma nova rede com cerca de 1600 metros.

município da ribeira brava

Melhoria da qualidade da água - partilha concelhos de câmara de lobos e ribeira brava Foi efetuada uma alteração de rede que aumentou a área de influência do Reservatório da Cruz da Caldeira, cujo objetivo foi o de tornar possível o abastecimento público de água a habitações que se encontr am num ponto alto, nomeadamente nas Veredas da Vera Cruz e do Capitão, no sítio da Vera Cruz - Quinta Grande.

4


Foi ainda efetuada uma outra intervenção já em domínio pertencente ao Município da Ribeira Brava, que visou melhorar significativamente o abastecimento público de água potável à Vereda e Caminho da Vera Cruz e Zona do Tranqual. Para tal, nesta intervenção, para além da ativação de uma parte de conduta em PVC DN90 que se encontrava fora de serviço na Estrada Regional Comandante Camacho de Freitas, foi executado um novo troço de rede para reforço da Vereda e Caminho da Vera Cruz, construída uma caixa com equipamentos de redução de pressão na conduta principal para reforço do abastecimento à zona outrora crítica do Tranqual, aproveitada parte da rede antiga para abastecimento das casas mais altas (com pressão de montante da VRP instalada) e por fim efetuadas alterações na rede de influência do Reservatório da Cova da Velha para que deixasse de abastecer a Zona do Tranqual. A Zona do Tranqual, anteriormente abastecida pela rede de influência do Reservatório da Cova da Velha, tinha graves problemas de abastecimento, nomeadamente nas horas de maior consumo, que deixaram de existir após as alterações realizadas.

INTERVEnção caminho da rocha A ARM substituiu cerca de 190 metros de rede de tubo galvanizado de 3/4” para PEAD PN16 de 63 mm de diâmetro, incluindo também a substituição de ramais completamente executados com tubo e acessórios PEAD DN32 eletrossoldados. Esta intervenção melhorou o abastecimento a 12 moradias no Caminho da Rocha. O uso de acessórios eletrossoldados aumenta significativamente a fiabilidade da rede e ramais, promovendo um abaixamento gradual das perdas que em norma verificam-se maioritariamente nos ramais. Os acessórios usados anteriormente (agora substituídos) facilmente originavam roturas ou perdas de água pelas roscas ou pelo tipo de acoplamento de aperto rápido ou por rotura do próprio acessório. O aumento do diâmetro da rede elimina o efeito de falta de água ou abaixamento brusco de pressão quando uma instalação na vizinhança está a consumir água. Este tipo de tubagem aumenta a fiabilidade da rede e promove a diminuição de perdas.

5


Nova CPC da Eira do mourão Esta intervenção, executada no âmbito do projeto da Melhoria da Qualidade da Água, teve como objetivo fornecer água potável à Eira do Mourão abaixo da Levada do Norte, zona que não possuia abastecimento com água tratada. A CPC foi construída para reduzir a pressão na rede, para proteção das condutas e fornecimento de água a pressões regulamentares. Foram também substituídos 365 metros de rede nova, de tubo galvanizado de 3/4” (polegadas) para PEAD de diâmetro 63 PN16, incluindo também substituição de ramais em PEAD DN32, com uso de acessórios eletrossoldados.

Construção Estação Elevatória (EE) Fajã da Ribeira A construção desta EE teve o objetivo de pressurizar a água vinda do Reservatório da Meia Légua para a zona alta Fajã da Ribeira, por forma a abastecer cerca de 30 moradias e assim acabar com a água bruta/não tratada na zona. Procedeu-se ainda à substituição integral de cerca de 100 ramais.

intervenção caminho da vigia No Caminho da Vigia procedeu-se à substituição de 55 metros da rede para reforço de abastecimento a cerca de 20 instalações/moradias. A intervenção foi realizada uma vez mais com recurso a materiais em PEAD e acessórios eletrossoldados para uma maior durabilidade das ligações de abastecimento.

6


município de machico

Intervenção - água de pena No 1º trimestre de 2015, a ARM procedeu à execução do troço de rede em PEAD DN90 PN16 para fornecimento de pressão e caudal adequados aos consumidores de Água de Pena - Machico.

Intervenção - azinhaga caramanchão Na Azinhaga - Caramanchão substituiu-se a rede precária em aço galvanizado 1/2” por PEAD DN63 PN16, incluindo a substituição completa de 4 ramais domiciliários integralmente executados em PEAD DN32 PN16 e acessórios eletrossoldados.

Intervenção - caniçal No Caniçal foram instaladas duas VRP - Válvula Redutora de Pressão, para alteração do modo de funcionamento da rede de modo a garantir um maior caudal aos clientes.

7


município de Santana

Intervenção - Faial, água d’alto Na zona de Água d’Alto no Faial, colocou-se 800 metros de rede nova por forma a acabar com o abastecimento de água não tratada. Construiu-se ainda uma VRP para diminuir a pressão da rede e adequar o caudal.

Intervenções - Faial, Lombo de Cima Numa primeira intervenção substitui-se 80 metros de canalização para PEAD DN63 PN16, aumentado desta forma a capacidade da rede. Numa segunda intervenção aumentou-se também a capacidade da rede com a substituição da cerca de 70 metros de rede para PEAD DN63 PN16, incluindo ramais.

Intervenções - São roque do FaiaL Em São Roque do Faial executou-se cerca de 50 metros de rede nova, em PEAD DN90 DN16, com material eletrossoldado, e substitui-se 40 metros de rede recorrendo aos mesmos materiais, por forma a aumentar a capacidade de abastecimento da população.

8


município do porto santo

Intervenção caminho pedra das almas A Delegação de Água no Porto Santo procedeu à substituição da rede de distribuição de água potável no Caminho Pedra das Almas, em janeiro de 2015, por forma a melhorar o abastecimento à população da zona.

manutenção veículos recolha de resíduos 1

2

3

9

4


recolha de resíduos e lavagem de contentores

RECOLHA DE RESÍDUOS 1º TRIMESTRE 2015 A ARM no 1º trimestre de 2015 recolheu no total 6 336 toneladas de resíduos (entre resíduos indiferenciados, embalagens de plástico e metal, papel e cartão, vidro e resíduos verdes, monos e outros. Total % Resíduos Recolhidos - 1º trimestre 2015

Resíduos Indiferenciados (90%) Plástico e Metal (1%) Papel/Cartão (3%) Vidro (3%) Resíduos Verdes e Monos (3%)

RECOLHAS A PEDIDO DE RESÍDUOS VERDES E MONOS O serviço gratuito de recolha de resíduos verdes e monos continua a ser disponibilizado aos Municípios pertencentes à ARM, mediante pedido através do n.º verde 800 910 500 na ilha da Madeira e do n.º 291 980 560 na ilha do Porto Santo. De janeiro a março de 2015 efetuaram-se 673 recolhas a pedido. O Porto Santo é o Munícipio em que as pessoas mais recorrem a este serviço (405 pedidos). No 1º trimestre de 2015 foram recolhidas 194 toneladas de resíduos verdes, monos e outros. N.º Pedidos de Recolha por Munícipio - 1º trimestre 2015 Câmara de Lobos

122

Ribeira Brava

33

Machico

87

Santana

26

Porto Santo

405

0

100

200

300

400

500

LAVAGEM DE CONTENTORES Durante o 1º trimestre de 2015 foram já lavados e desinfetados 3 589 contentores. Este serviço é prestado com uma frequência de 6 vezes por ano, aos contentores dos centros urbanos. 10


educação ambiental VISITAS E AÇÕES No 1º trimestre do ano, foram realizadas 21 visitas às estações da ARM e 12 ações de sensibilização sobre a temática de resíduos e água. No total, foram sensibilizadas 1 050 pessoas (538 participantes em ações sobre a separação dos resíduos e ou poupança de água e 512 visitantes às estações de tratamento, valorização e encaminhamento para reciclagem dos resíduos e estações de tratamento de água). Na impossibilidade de dinamizar ações e visitas a todos os grupos que o solicitaram, a ARM colaborou com os estabelecimentos de ensino e outras entidades, nomeadamente Câmara Municipais e Casas do Povo, com a cedência de material de comunicação e informação para sensibilização ambiental. Visitantes Estações ARM - 1º trim 2015

Participantes Ações Sensibilização ARM - 1º trim 2015

6-9 anos

4-5 anos

10-13 anos

6-9 anos

14-17 anos 10-13 anos

18-29 anos 30-59 anos

30-59 anos 0

11

30

60

90

120

150

0

50

100

150

200

Grupo Amigos FIAT Madeira na ETA Alegria

Escola Secundária Jaime Moniz na ETA Alegria

Escola Básica e Secundária do Campanário

Escola Básica 1º Ciclo/PE da Vargem

250


As alterações climatéricas e suas consequências no regime hídrico “Todos nós já nos apercebemos que o clima está a mudar. Sabemos que as estações do ano já não são como eram antigamente. Verificamos que as chuvadas no Outono, no Inverno e na Primavera são cada vez menos frequentes. De facto, os registos meteorológicos obtidos na Região Autónoma da Madeira nos últimos anos comprovam que a precipitação tem vindo a diminuir. Paralelamente, os consumos de água potável e de água de rega pela população têm vindo a aumentar. Dado que as épocas de maior consumo de água não coincidem com as épocas de maior precipitação, a Região tem vindo a investir na construção de lagoas artificiais, que armazenam a água das chuvas de Inverno para as distribuir no Verão. Contudo, como não é possível controlar a precipitação que ocorre, essas reservas de água poderão ser insuficientes. Sendo a água essencial à vida e um recurso cada vez mais escasso, devemos modificar os nossos hábitos de consumo para que a água não falte nas torneiras das nossas casas e na agricultura. São medidas simples, que todos podem adotar, e que permitem diminuir o consumo da água sem afetar a nossa qualidade de vida.”

Poupar Água

texto de Mafalda Sousa (Técnica Superior ARM)

12


Linhas de atendimento

Linha CLIENTE 291 950 500 Dias úteis 9h-18h

Linha telefónica para assuntos relacionados com o contrato (novo, alterações, etc.), a faturação ou a leitura do seu contador.

Contrato e faturação

Comunicação de leituras

O CONTRAT FATURA

98

Linha VERDE 800 910 500 Chamada grátis

Linha telefónica para assuntos relacionados com anomalias ou pedidos de serviços (distribuição de água, drenagem de águas residuais ou recolha de resíduos urbanos).

Comunicação de anomalias (águas/resíduos)

Pedidos de serviço (águas/resíduos)*

*Por exemplo: Verificação do contador Mudança de local do contador Verificação do ramal de água potável/residual/pluvial Limpeza de fossa sética Recolha de resíduos verdes e monos

Boletim informativo arm jan fev mar 2015  
Advertisement