Page 48

renovável, a partir dos combustíveis fósseis, esses limites tornam a crise da agricultura convencional estrutural. Rocha (2006, p. 35) argumenta que “a exaustão da biodiversidade aumentou os riscos de perdas de safras, as culturas ficaram mais vulneráveis às pragas, às doenças e às variações climáticas”. Veiga (1995), em entrevista a revista Agricultura Sustentável, ressalta que os problemas do modelo convencional de produção vão além do intenso uso de maquinário e agrotóxicos. A perda da biodiversidade ou erosão genética imposta pelo surgimento de plantas e animais “melhorados geneticamente” pode provocar serias conseqüências á humanidade. Shiki (1995, p. 25) chama a atenção para a vulnerabilidade genética propiciada pelos organismos (tanto vegetais, como animais) geneticamente modificados, destacando o risco de acidentes ecológicos, como o ataque de Helminthosporium na cultura do milho, ocorrido na década de 70 nos Estados Unidos. Ao deixar de plantar ou de criar variedades e raças tradicionais, adaptadas e rústicas, em favor daquelas mais produtivas e uniformes, o agricultor e o criador modernos estão inconscientemente provocando a perda de tesouros genéticos incalculáveis, que poderão um dia salvar a humanidade da fome (PASCHOAL, 1995, p. 12-13).

Romeiro (2003) observa que a agricultura “moderna” também é afetada com a dilapidação das florestas, em grande parte provocada pelo avanço da fronteira agrícola. Devido à perda da biodiversidade, a manutenção da fertilidade do solo e o combate a pragas e doenças ficam cada vez mais complexos, surge então à necessidade de tecnologias cada vez mais avançadas e dispendiosas para mascarar o seu efeito destrutivo, elevando assim o custo produtivo.

34

Profile for Agrofloresta.net

Sistemas Agroflorestais e Desenvolvimento Agrícola Familiar  

Um Estudo de Caso sobre o Projeto Policultura no Semi-Árido, Pólo de Umburanas/BA Autor: Hilbério Santos Silva Monografia apresentada ao Cu...

Sistemas Agroflorestais e Desenvolvimento Agrícola Familiar  

Um Estudo de Caso sobre o Projeto Policultura no Semi-Árido, Pólo de Umburanas/BA Autor: Hilbério Santos Silva Monografia apresentada ao Cu...

Advertisement