Page 1

w w w . a g or a r n. com . br

NATAL

Sexta-feira, 1º de junho de 2018 Edição nº 315 | ano 2

TEMPO

JORNAL DIÁRIO DE DISTRIBUIÇÃO GRATUITA EDIÇÃO CONCLUÍDA ÀS 21H30 TIRAGEM: 10.000 EXEMPLARES

Bené Barbosa e Daniel Cerqueira (em pé) expõem seus argumentos para plateia no Hotel Holiday Inn, que recebeu primeira edição do Agora RN em Debate na quarta

DEBATE 08 A 11

Especialistas confrontam ideias sobre o armamento Série de eventos interativos para abordar os principais temas da sociedade atual, “Agora RN em Debate” estreia com discussão sobre polêmico tema do direito à arma de fogo. Estudiosos, autoridades e participantes comentam. INSISTÊNCIA 04

José Aldenir / Agora Imagens

PREJUÍZO 04

Vereador vai à Justiça contra aumento da tarifa de ônibus

RN poderá perder até R$ 610 mi com redução de taxa sobre óleo diesel

Após ter proposta de decreto legislativo derrubada na Câmara Municipal, Sandro Pimentel ingressará com ação no início da semana.

Essa é a previsão de perda anual da Secretaria Estadual de Tributação caso avance a proposta de diminuir o ICMS que incide sobre o combustível.

Caminhão-tanque abastece posto de combustíveis na zona Leste de Natal

José Aldenir / Agora Imagens

MAX: 30 ºC MIN: 22 ºC


OPINIÃO

2

SEXTA-FEIRA www.agorarn.com.br

COLUNA DOAGORA

O

redacao@agorarn.com.br

Ganho e perda

prefeito Álvaro Dias (PMDB) passou no primeiro grande teste de fogo na Câmara Municipal de Natal. Antes do feriado, os vereadores da base governista derrubaram a proposta de decreto legislativo que revogava o aumento autorizado pelo Executivo para as tarifas de transporte público municipal. Por 14 votos a 8, o governo venceu. Por outro lado, quem saiu perdendo na história foi o presidente da Câmara, Raniere Barbosa (Avante). Defensor veemente da derrubada do reajuste, o vereador chegou a dizer em pronunciamento que, na Câmara, não havia mais “bancada do Seturn”. No fim das contas, no entanto, prevaleceu a vontade dos empresários.

>> Ameaça 1. A vereadora Nina Souza (PDT) denunciou um homem por supostamente tê-la ameaçado durante a sessão da Câmara da última quarta-feira, 30. De acordo com a pedetista, o homem afirmou que a mataria. Após a ameaça, que foi seguida de xingamentos, o rapaz foi contido por demais presentes na casa legislativa. Nina passou mal e foi levada depois para o hospital. No início da tarde, a vereadora foi liberada. >> Ameaça 2. “É lamentável que a primeira mulher a assumir a posição de líder de um prefeito em Natal sofra tamanha ameaça. Tenho orgulho do trabalho que a Câmara

Diretor-Editor-Geral

Edilson Viana

Diretor Administrativo

Cármen Lúcia, presidente do Supremo Tribunal Federal, sobre os pedidos de “intervenção miliar”

>> Baixo desempenho. Os resultados das últimas pesquisas de intenção de votos puseram ainda mais dúvida sobre a pré-candidatura de Fábio Dantas (PSB) ao Governo do Estado. Patinando nas pesquisas (em algumas, ele aparece com menos de 1% das citações), o atual vicegovernador não tem deslanchado e, por causa disso, está tendo dificuldade para fechar apoios. >> Concorrência. Em tempos de escassez de recursos federais, qualquer liberação de verba de Brasília para o Rio Grande do Norte atrai diversos “padrinhos”. Foi assim, por exemplo, na disponibilização recente de R$ 180 milhões para obras de saneamento em Parnamirim. Pelo menos três deputados reivindicam a “facilitação” do convênio: Antônio Jácome (Podemos), Fábio Faria (PSD) e Felipe Maia (DEM).

>> Uma por semana. Enquanto as demais prefeituras potiguares enfrentam dificuldades financeiras e fazem poucos investimentos, a de São Gonçalo do Amarante segue um ritmo frenético de inaugurações. O prefeito Paulo Emídio (PR) está entregando à população, desde o final do ano passado, uma obra por semana. José Aldenir / Agora Imagens

>> Peso das pesquisas. Apesar de balizarem a busca por apoios e ajudar a costurar alianças, têm pouco serventia as pesquisas de intenção de voto para eleições para deputados estadual e federal. Isso porque não são exatamente os mais votados que são eleitos para os cargos. A maneira como as coligações são compostas é que faz toda a diferença. E a definição só será a partir de julho.

Tiago Rebolo

Marcelo Hollanda

Gerente Comercial

Alessandra Viana

Gerente de Circulação

Redator-Chefe

Karina Mandel

>> Outro projeto Anotem aí: o vice-governador Fábio Dantas, do PSB, não será candidato a governador nas eleições deste ano. Por outro lado, não está descartada a possibilidade de uma composição política disputando uma suplência, por exemplo, com vistas a uma vaga futura no Tribunal de Contas do Estado.

Editores Assistentes Ciro Marques Jalmir Oliveira Wagner Guerra

Parece ter prevalecido o bom senso e, aos poucos, a greve dos caminhoneiros vai terminando. O País está voltando à normalidade; e as pessoas, retomando à rotina de trabalho, ainda que enfrentando atropelos e aborrecimentos. Os prejuízos são incalculáveis, mas, mesmo assim, o movimento é considerado justo e oportuno pelo que representa para o conjunto da população brasileira. Ninguém aguenta aumento de combustíveis todos os dias. Tudo começou com a adoção de uma política equivocada da Petrobras, que havia sido saqueada nos governos petistas e a conta foi transferida para a população pelo atual governo. Agora, os líderes dos caminhoneiros têm de sentar à mesa da negociação com o governo para resolver o impasse que tomou proporções alarmantes, comprometendo o abastecimento em todos os segmentos do consumo de bens e alimentos. O radicalismo nesse momento não é o recomendável e não leva a nada, a não ser piorar a situação de dramaticidade instalada em todo o País. Os brasileiros estão vivendo momentos de incerteza e desilusão. Até quando? Chegou a hora de se promover uma união nacional para tirar o País das greves, da crise e do caos a que foi submetido. Mas, toda crise deixa lições, alguma coisa de positivo, e nesta não será diferente. Neste caso, vemos a necessidade de as autoridades buscarem alternativas de transporte, seja por meio de ferrovias ou fluviais, por exemplo. O que não pode é o Brasil ficar condicionado a greves, muitas vezes ilegítimas, corporativas, sem opções para ao menos minimizar os problemas ocasionados.

 LEITURA RÁPIDA

Gerente Administrativo Daniel Paiva

Bom senso

A democracia é o único caminho legítimo”

Municipal tem feito a favor de Natal, e não será nenhum ato machista que vai me intimidar”, afirmou Nina Souza após o acontecimento.

Editor-Geral-Adjunto

Diretora Executiva

jtpinheirojh@gmail.com

Nélson Júnior / STF

>> Expectativa. O governador Robinson Faria (PSD) – atual terceiro colocado nas pesquisas de intenções de voto para o Governo do Estado – está confiante de que, a partir das convenções partidárias, seu nome ganhará força para a disputa eleitoral. É que, daí em diante, segundo entendem os articuladores, as obras executadas durante o seu governo (sobretudo as sociais) ganharão mais visibilidade. Enquanto isso, a confiança é que os adversários devem estagnar ou cair. A aposta, por exemplo, é que Fátima Bezerra (PT, líder das sondagens) não passa dos 30% e que Carlos Eduardo (PDT, 2° colocado) terá dificuldades quando começar a caminhar ao lado dos senadores Agripino e Garibaldi.

Alex Viana

JOAQUIM PINHEIRO

Por Redação

01.06.2018

FILIADO A

Kamilla Costa

ENDEREÇO DA REDAÇÃO: AVENIDA HERMES DA FONSECA, N° 384 - PETRÓPOLIS, NATAL/RN - CEP: 59014-165 | REDAÇÃO: (84) 3027-1690 PUBLICAÇÕES: publica@agorarn.com.br | ESTE JORNAL É DE CIRCULAÇÃO GRATUITA

>> Exemplos exitosos O Brasil bem que poderia copiar os modelos de Cuba, na educação; do Chile, na segurança pública; e do Paraguai, na economia. Sugestão do tenente Amorim, da Polícia Militar, residente em Caicó. O tenente é um estudioso dos problemas nacionais do Brasil e de países da América do Sul.


01.06.2018

POLÍTICA 3

SEXTA-FEIRA www.agorarn.com.br

CONSTRUÇÃO • ACABAMENTO • BRICOLAGEM • DECORAÇÃO • JARDINAGEM

ofertas imperdíveis 01/06 a 04/06

Foto Ilustrativa

A nossa loja está funcionando normalmente. Aproveite.

14,90

R$

m2

18,90

R$

m2

PISO PALMA GRAY 47X47

PORCELANATO ONNI 61X61

Caixa com 2,43m . CÓDIGO: 89847513

Caixa com 2,23m . CÓDIGO: 89481000

Classe A, uso externo com cobertura, borda arredondada. Pamesa. 2

Classe A, uso interno, borda arredondada. Buschinelli. 2

36,90

R$

m2

PISO LAMINADO

159,90

cada

IMPERMEABILIZANTE PAREDE

Linha New Way, encaixe click, no padrão ravello. Durafloor.

18kg, na cor branca. Weber.

Garantia residencial 12 anos. Garantia comercial 7 anos. Produzido com madeira de reflorestamento. Consulte condições de instalação e garantia na loja. Caixa com 2m2. CÓDIGO: 89579714

CÓDIGO: 89472684

Exclusividade

R$

189,90

cada

MANTA ASFÁLTICA

Linha Viaflex, rolo com 10m2. Viapol. CÓDIGO: 89707380

R$

159,90

cada

R$

TINTA ESPECÍFICA PARA GESSO & DRYWALL

18 litros, acabamento fosco, indicada para interiores, nacor branca. Sherwin Williams.

15,90

cada

PORTA REVISTA

Em papelão, diversas cores. Spaceo.

CÓDIGO: 89305111-89305090-89305125

CÓDIGO: 87093230

R$

69,90

cada

LIXEIRA EXTERNA

60 litros, 61cmx48cmx48cm, em plástico, nas cores branca, preta ou amarela. Gioplast.

CÓDIGO: 89226424-89441583-89226431

suporta até 182kg

R$

149

,90

R$ cada

TAPETE TRENDY

150cmx200cm, colorido ou cinza. J.Serrano.

CÓDIGO: 89496141-89496176

NATAL - RN - BR 101, NOVA PARNAMIRIM, EM FRENTE AO TREVO DA MARIA LACERDA Seg. a sáb. das 8h às 22h. Domingos, das 9h às 18h Ofertas válidas de 01/06 a 04/06/2018 ou enquanto durarem os estoques para a loja de Natal.

www.leroymerlin.com.br

179,90

cada

CADEIRA

Mod. Safira, 82cmx43cm, em plástico, diversas cores. Tramontina.

CÓDIGO: 89672254-89672261-89672275

Garantimos o preço e a quantidade mínima de 5 unidades ou 50m2 para a loja Natal dos produtos anunciados durante a validade desta publicação ou enquanto durarem os estoques, salvo erros de impressão. Preços de produtos a serem retirados. Os elementos utilizados para a produção das fotos são somente ilustrativos.

R$


POLÍTICA

4

SEXTA-FEIRA www.agorarn.com.br

01.06.2018

ARRECADAÇÃO PÚBLICA

Redução do ICMS dos combustíveis provocaria prejuízo de R$ 610 milhões Apesar disso, governador Robinson afirma que aceita abrir mão da receita se proposta federal for consenso entre os governadores brasileiros. Não adianta reduzir no RN e ainda continuar o bloqueio em outros estados José Aldenir / Agora Imagens

Ciro Marques Editor assistente A proposta do Governo Federal de reduzir o Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) dos combustíveis nos estados pode causar uma queda de R$ 610,8 milhões na já prejudicada arrecadação pública do Rio Grande do Norte. A estimativa é da Secretaria Estadual de Tributação, com base no cálculo da nova alíquota proposta pela União. Atualmente, o Governo do RN taxa 18% de ICMS para o diesel, 29% para a gasolina e 23% para o etanol, o popular álcool. Com essas alíquotas, a previsão é arrecadar até o final do ano cerca de R$ 1,2 bilhão, ou seja, quase 10% do orçamento total do Estado. Só com a gasolina, a estimativa é conseguir mais de R$ 850 milhões. Se houver a aprovação dessa redução proposta pelo Governo Federal,

Caminhoneiros protestam na BR-101, na altura do município de Parnamirim as taxas seriam de 18% para etanol e gasolina e apenas 7% para o diesel. Só a arrecadação estimada para a gasolina, porém, representaria um corte de quase R$ 400 milhões para este ano, se a nova alíquota passasse a ser pra-

ticada a partir de 1º de junho. Por isso, não foi por acaso que o secretário estadual de Tributação, André Horta, que também é coordenador de secretários da Fazenda dos Conselho Nacional de Política

CÂMARA

Vereador vai recorrer à Justiça contra aumento da passagem

Fazendária (Confaz), demonstrou receio com a aprovação de qualquer redução de impostos estaduais, principalmente diante da crise financeira que assola estados. “Não dá para fazer uma minirreforma no atropelo”, ressaltou André Horta. Em entrevista concedida na quarta-feira, 30, o governador Robinson Faria afirmou que, mesmo com o prejuízo, pode haver a redução. “Apesar de ter um estado com muita dificuldade, mas temos que dialogar e, se for o caso, até aceitar cortar uma parte dessa receita, porque o prejuízo pode ser muito maior com o comércio parado, o turismo parado, a indústria paralisada”, afirmou Robinson, acrescentando que fazer isso sozinho não dá resultado porque os caminhoneiros continuariam parados em outros estados e a circulação de mercadorias continuará prejudicada. 

EM QUINZE

SEGUNDOS José Aldenir / Agora Imagens

Elpídio Júnior / CMN

O vereador de Natal Sandro Pimentel (PSOL) ainda não desistiu de conseguir suspender o aumento de 30 centavos na passagem de ônibus da capital potiguar, mesmo após a Câmara Municipal rejeitar o decreto legislativo de sua autoria que cancelaria o reajuste. Em contato com o Agora RN, o parlamentar afirmou que pretende recorrer à Justiça comum para reverter a situação. “O jurídico do nosso gabinete já está trabalhando. Até segunda ou terça-feira, entraremos com a ação”, antecipou Pimentel. Os argumentos da ação para a suspensão do reajuste devem ser os mesmos que serviram para fundamentar o decreto legislativo, ou seja, de que o Conselho Municipal de Mobilidade não convocou oficialmente os integrantes do Legislativo Municipal para a reunião que definiu o aumento da passagem.

Sandro Pimentel propôs o decreto Além disso, deve ser abordada também a contrariedade ao princípio da publicidade e da transparência na concessão do aumento, uma vez a reunião foi realizada na sexta, o decreto foi publicado no sábado e o novo valor (R$ 3,65) já passou a valer no domingo, 20. Curiosamente, o presidente da Comissão de Constituição e Justiça

(CCJ) da Casa, Felipe Alves (PMDB), afirmou no início da semana que o caminho jurídico seria a solução para o impasse, porque a própria CCJ já havia apresentado um parecer dizendo que o decreto legislativo não poderia ser utilizado porque a Prefeitura não teria “extrapolado” o seu limite legal. Na quarta-feira, 30, a líder da bancada governista, vereadora Nina Souza (PDT), encaminhou voto contrário à revogação. Ela defendeu que a Câmara estaria adentrando em competências do Executivo. “O único meio de operacionalizar com relação a essa demanda seria o vereador que acredita haver vícios procurar a Justiça e não trazer para a Câmara. Todas as outras reuniões foram feitas da mesma forma: por e-mail e com publicização em jornais, na imprensa”, afirmou a vereadora. 

Cinco municípios do RN terão eleição no domingo O Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Norte realizará neste domingo, 3, eleições suplementares para o cargo de prefeito e vice-prefeito das cidades de João Câmara, Pedro Avelino, Galinhos, Parazinho e São José do Campestre. Os pleitos ocorrerão das 8h às 17h e são consequência da cassação dos gestores eleitos em 2016. Estarão aptos a votar os eleitores constantes do cadastro eleitoral em situação regular, com domicílio eleitoral no município em questão até o dia 3 de janeiro de 2018 e que permaneçam nessa situação até a data do pleito.


01.05.2018

CIDADES 5

SEXTA-FEIRA www.agorarn.com.br

RECURSOS HÍDRICOS

Reservas hídricas do RN chegam a 31,57% após quadra chuvosa Segundo o Instituto Estadual de Gestão de Águas, número de reservatórios secos ou em volume morto caiu de 35 para 10 no período de cinco meses José Aldenir / Agora Imagens

As reservas hídricas superficiais estaduais totais chegaram a 31,57%, segundo relatório Instituto de Gestão das Águas do RN (Igarn). Dos 47 reservatórios com capacidade superior a 5 milhões de metros cúbicos, apenas 8 permanecem em volume morto e outros dois estão secos. As chuvas dos últimos meses melhoraram a situação das reservas de todo o estado. No mesmo período de 2017, 14 mananciais estavam em volume morto e 11 estavam secos. O maior reservatório estadual, a Barragem Armando Ribeiro Gonçalves, com capacidade para 2,4 bilhões de metros cúbicos, chegou ao final do inverno deste ano com 709.485.333 metros cúbicos, percentualmente, 29,56% do seu volume total.

A Barragem Santa Cruz do Apodi, com capacidade para 600 milhões de metros cúbicos, está com um aporte hídrico de 176,313 milhões de metros cúbicos, que representam 29,40% da sua capacidade total. Ao todo, durante o inverno, 8 reservatórios chegaram a atingir 100% da sua capacidade. Foram eles: Riacho da Cruz II; Apanha Peixe e Santo Antônio de Caraúbas, ambos localizados em Caraúbas; Encanto; Brejo, localizado em Olho D’água dos Borges; Beldroega, em Paraú; Pataxó, em Ipanguaçu; e Mendubim, em Assú. O açude Apanha Peixe ainda permanece sangrando. Os reservatórios ainda secos são o açude Dourado, localizado em Currais Novos, e o Trairi, em Tangará. 

EM QUINZE

SEGUNDOS Cedida / Semsur

Prefeitura assina novo contrato de iluminação A Secretaria Municipal de Serviços Urbanos (Semsur) assinou contrato com a empresa vencedora da licitação aberta para a manutenção da iluminação pública da cidade. A empresa vencedora é a Ilumitech Construtura Ltda., sediada na Bahia, e o contrato tem vigência de 12 meses. A Ilumitech Construtura será responsável pelos serviços operacionais comuns e contínuos de manutenção das instalações elétricas no município de Natal. O valor do contrato é de R$ 4,8 milhões. A Ilumitech Construtora passa a atuar no município de Natal a partir de 25 de junho.

Reservas hídricas chegaram a 35% José Aldenir / Agora Imagens

RN tem 126 mil ha de cajueiros

NOVA LEI

Merenda escolar no RN deverá ter ao menos 5% de derivados do caju O governador Robinson Faria sancionou uma lei que estabelece a inclusão de 5% de produtos derivados da cajucultura na merenda escolar dos alunos da rede estadual. Os alimentos deverão ser adquiridos prioritariamente da agricultura familiar. “Rico em vitaminas, fibras e nutrientes, o caju vai melhorar os valores nutricionais da alimentação de estudantes e promover o desenvolvimento local. A cajucultura é fundamental para o processo produtivo do setor rural”, explicou o deputado estadual Hermano Morais (PMDB), autor do projeto de lei.


BRASIL

6

SEXTA-FEIRA www.agorarn.com.br

CLÁUDIO HUMBERTO redacaoch@gmail.com

Crime compensa quando o foro é privilegiado

Democracia é o único caminho legítimo”

Ministra Cármen Lúcia, presidente do STF, preocupada com a crise nacional

D

enunciado em outubro de 2015, no âmbito da Lava Jato, por receber R$33,7 milhões em propina, o deputado Nelson Meurer (PP-PR) foi condenado a devolver apenas R$5 milhões à Petrobras. O valor, além de irrisório perto do montante surrupiado, é menor que o rendimento da poupança entre a denúncia e a condenação. Noves fora, Meurer fica com a propina, usa o rendimento para fazer a devolução e ainda sobra.

1 >> Em números A propina de R$33,7 milhões aplicada na poupança, investimento aliás desaconselhado por economistas, renderia R$6,6 milhões ao deputado.

3 >> Parece fila de posto Meurer é o primeiro político condenado no STF no âmbito da Lava Jato, mas há outros nove réus e mais 20 denúncias aguardando julgamento.

2 >> A propina O deputado recebeu 99 pagamentos mensais, desde 2006, no valor de R$300 mil, além de R$4 milhões em espécie na campanha de 2014.

4 >> Segunda Turma A condenação de Meurer por unanimidade na Segunda Turma do STF, a mais “boazinha”, é má notícia para parte dos acusados na Lava Jato.

>> CPI do Parente Segundo autora do pedido de CPI para investigar preços da Petrobras, senadora Vanessa Grazziotin (PC-doB-AM), no governo Temer foram realizadas 229 variações de preços do diesel, álcool e gasolina. >> Política de conveniência As cinco reduções de preço em oito dias de greve de caminhoneiros, enquanto dólar e o barril subiam, apenas mostra que a dolarização dos combustíveis nada tem de “técnica”. A Petrobras aumenta ou diminui preços de acordo com os seus interesses. Financeiros ou políticos. >> Reformar é preciso Ecoou na Câmara a necessidade pela reforma tributária, escancarada pela greve de caminhoneiros. O presidente Rodrigo Maia (DEM-RJ) disse que priorizará o projeto, em tramitação há mais de uma década. >> Contra Bolsonaro “Intervenção militar” é coisa de quem conspira contra a única chance de Jair Bolsonaro chegar a presidente: o voto direto. Em situação de golpe, o poder jamais seria entregue ao capitão reformado do Exército. PODER SEM PUDOR >> Os novos destinos do ex O ex-ministro do Planejamento do governo FHC, Guilherme Dias não apareceu na posse do substituto, Guido Mantega. Representou-o na solenidade o exassessor Simão Cirineu, que, em discurso, mencionou os “novos destinos” do ex-chefe para justificar a ausência, insinuando que Dias assumira novas atribuições, talvez no exterior. Na platéia, um gaiato esclareceu, em voz alta: - Só se ele virou gerente de pousada, na beira da praia! É que os “novos destinos” de Guilherme Dias eram, na verdade, Porto Seguro, no litoral sul da Bahia, onde estava naquele momento.

>> Obituário O jornalista alagoano e constituinte Audálio Dantas faleceu ontem em São Paulo. Tinha câncer. Presidiu o sindicato paulista dos jornalistas e foi o primeiro presidente da federação da classe eleito pelo voto direto. >> Venezuela é aqui Após a bagunça generalizada no País, com paralisações que objetivam impor prejuízos bilionários aos brasileiros, já deve ter haitianos e venezuelanos pensando em pegar o caminho de volta para casa. >> BB: se colar, colou O Banco do Brasil está cobrando 0,5% sobre faturas com vencimento em junho do cartão Visa Infinite, alegando “encargos financeiros do rotativo”, até de quem quitou a todo o débito. Aos que reclamam, a atendente diz que houve “erro no sistema”. Mas só a quem reclama. >> Não haveria greve se a ganância fosse menor Os custos para acabar a greve dos caminhoneiros, estimados em R$10 bilhões, correspondem a apenas 30% do lucro previsto pela Petrobras para 2018, de cerca de R$30 bilhões. Se a ganância da estatal fosse um terço menor, não haveria greve: seu lucro somou R$7 bilhões em três meses (janeiro a março), garantido pelos aumentos quase diários dos combustíveis que fizeram os caminhoneiros parar o País.

01.06.2018

FLÁVIO REZENDE jornalistaflaviorezende@gmail.com

Confusões internas Observando o interior do Partido dos Trabalhadores percebemos várias correntes em conflito. Uns sabem que Lula de fato roubou e fez muito mal ao partido, e tentam, buscar novos personagens e tocar o barco. Outros argumentam que sem Lula o PT acaba seguindo com ele de qualquer forma e buscando de todo jeito jogar a culpa na história, dividir com os outros ladrões e, até se fazer de doido para passar melhor. No MDB nem se fala, aquela colcha de retalhos só quer mesmo o poder para dele roubar e se manter, passando por ali - de vez em quando, alguns personagens mais sérios, que vivem as turras com os mandatários, que estão sempre apoiando os grupos que assumem o poder. Observamos agora os direitistas que andavam dormindo. Eles estavam cuidando também de meter a mão, mas diante da descoberta do covil geral de bandidos, estão se fazendo de doido para tentar escapar, apostando suas fichas no recente ícone, o Messias Bolsonaro. A divisão no seio deste segmento também está clara, com os moderados querendo vencer através do processo eleitoral que está chegando, enquanto os chamados intervencionistas, impacientes, aproveitam a parada dos caminhoneiros para tentar derrubar Temer e colocar logo os militares para tomar conta do País. Como percebemos não existe unidade nem à direita e nem à esquerda, enquanto no chamado centrão chovem candidatos que, igualmente não sabem o que na verdade querem, mudando o discurso ao sabor das pesquisas e dos humores do mercado. O que concluímos disso é que, a tão esperada calmaria, dificilmente vai de fato acontecer, uma vez que um grupo ou outro no poder, trará a tona suas correntes antagônicas internas, todas ávidas por poder e espaço, gerando mais tensão, confusão e instabilidade política. Está parecendo que enterraram mesmo uma cabeça de burro no Brasil, pois nada anda dando certo. Quem apostou que tudo melhoria com a saída de Dilma, está tendo que rever sonhos, enquanto os que perderam Dilma estão exultantes pois ganharam um discurso político, mas quem tem juízo sabe que esse rabo de foguete que estamos enfrentando, tem como principal combustível justamente seu governo, uma tragédia, uma comédia, uma boa bosta, para ser mais justo. Ave Maria, que situação, rapaz...


01.05.2018

SEXTA-FEIRA www.agorarn.com.br

CIDADES 7


8

AGORA DEBATE

SEXTA-FEIRA

www.agorarn.com.br

01.06.2018

AVALIAÇÃO POSITIVA

Para organizadores, Agora RN cumpriu sua função social ao promover debate Diretor geral do Grupo Agora RN, Alex Viana, e jornalista Juliska Azevedo, que mediou discussão, comemoraram sucesso do evento e disseram que proposta original foi alcançada na quarta-feira, 30 José Aldenir / Agora Imagens

Um evento ágil, dinâmico, interativo e feito especialmente para debater os principais temas da sociedade. Foi com essa proposta que aconteceu na última quarta-feira, 30, em Natal, a primeira edição do “Agora RN em Debate”, série de encontros realizados pelo Grupo Agora RN. Participaram do primeiro evento os debatedores Bené Barbosa, presidente da ONG Movimento Viva Brasil, que defende a revogação do Estatuto do Desarmamento, e Daniel Cerqueira, membro do Fórum Brasileiro de Segurança Pública, que apoia a manutenção da legislação em vigor. Eles discutiram o tema “Sociedade armada: conflito ou solução?” durante uma manhã no hotel Holiday Inn Arena. Os jornalistas Alex Viana e Juliska Azevedo, organizadores do evento, comemoraram o resultado

Alex Viana e Juliska Azevedo com debatedores Daniel Cerqueira e Bené Barbosa do primeiro fórum e afirmaram que a proposta original foi alcançada com o debate. “O Agora RN em Debate é uma maneira de discutir os principais assuntos de interesse público, gerando conteúdo para a sociedade e cum-

prindo, assim, um dos papéis fundamentais de um veículo de comunicação”, destaca Alex, diretor-geral do Grupo Agora RN. Para Juliska, “o Agora RN em Debate trouxe uma proposta completamente diferente dos demais even-

tos já realizados na cidade, ao passo de que proporcionou a participação de instituições importantes para a sociedade e debatedores de alto nível na discussão de um assunto tão relevante”. O diretor-geral do Agora RN frisou também que o grupo cumpriu, ao realizar o evento, sua função social. “Que é levar conteúdo e conhecimento às pessoas, ser um canal de comunicação da sociedade e contribuir para o desenvolvimento político, econômico e social do nosso povo”, afirma Alex. A jornalista Juliska Azevedo, que mediou a discussão, pontuou a questão do envolvimento dos presentes. “Foi um evento muito bem aceito pelas pessoas por causa do nível das discussões e da interatividade, que é uma tendência nesse mundo em que nós vivemos”, finalizou. l

APOIO

Participantes elogiam iniciativa do Agora RN em Debate José Aldenir / Agora Imagens

Delegados, promotores, policiais, advogados, secretários, deputados... Todos os presentes ao Agora RN em Debate elogiaram a iniciativa do Grupo Agora RN em promover um evento organizado e imparcial sobre o assunto do armamento. Segundo eles, o evento está de parabéns não só pela pluralidade de ideias, como também pelo aprofundamento dos argumentos utilizados pelos dois lados. Entre os que elogiaram a iniciativa, está a secretária estadual de Educação, Cláudia Santa Rosa. Encontrando vários estudantes no auditório do Hotel Holliday Inn, onde o evento foi realizado, ela ressaltou a criação do espaço para esse tipo de debate. “Acredito que só a importância de o Agora RN criar esse espaço para a discussão desse tema, por si só, já realça um diferencial do grupo”, elogiou. Quem também destacou o espaço e o envolvimento de jovens estudantes foi o deputado estadual Dison Lisboa (PSD), que é presidente da Comissão de Constituição e Justiça da Assembleia Legislativa. “Estou vendo aqui a participação de muitos

José Aldenir / Agora Imagens

José Aldenir / Agora Imagens

Subtenente PM Eliabe Marques

Secretária Cláudia Santa Rosa

Deputado estadual Dison Lisboa

jovens, porque são os jovens interessados no tema. É um tema muito importante, mediante, sobretudo, o momento em que o Estado vive e o País vive, de tanta insegurança”, ressaltou o parlamentar. Presidente da Associação de Magistrados do RN (Amarn), Herval Sampaio afirmou que o Grupo Agora RN merece aplausos. “É mais do que oportuno se trazer um debate desse nesse momento e nesse momento todos têm que verdadeiramente aplaudir essa iniciativa. É a impren-

sa, justamente, trazendo aqui a sua contribuição em um tema que é deveras polêmico”, afirmou o juiz. Para o presidente da Associação de Subtenentes e Sargentos da Polícia Militar do RN, Eliabe Marques, o Agora RN em Debate é uma “iniciativa louvável, relevante e necessária. Em que pese que o tema é polêmico, complexo e é necessário um debate aprofundado e desgarrado de paixões e ideologias, porque o que está em jogo é a segurança da população e a vida das pessoas”.

Da mesma opinião, inclusive, compartilha a delegada-geral da Polícia Civil, Adriana Shirley, que representou a Secretaria Estadual de Segurança Pública e recomendou a presença de policiais ao evento. “Na nossa opinião, é salutar a discussão de quais são as consequências positivas e negativas do desarmamento. Por essa razão, inclusive, convocamos diversos policiais para que se fizessem presentes, entre delegados de polícia”, afirmou a delegada-geral da Polícia Civil. l


01.06.2018

AGORA DEBATE

SEXTA-FEIRA

www.agorarn.com.br

José Aldenir / Agora imagens

OPINIÃO

9

José Aldenir / Agora imagens

Debate coloca lado a lado visões opostas sobre o desarmamento BENÉ BARBOSA: O Rio Grande do Norte é o estado em que a população mais entregou armas. É o local com o menor registro de armas de fogo, mas isso não foi suficiente para reduzir a quantidade de homicídios. Hoje há um reducionismo na discussão do tema do desarmamento. O assunto envolve uma discussão muito maior, pois engloba a liberdade de expressão e a legítima defesa. A questão da defesa pessoal, por exemplo, é um direito do cidadão. Eu não proponho que a pessoa tenha acesso ao armamento para combater a criminalidade, pois este é um dever do estado. No entanto, as políticas públicas de segurança são fracassadas. Com isso, o cidadão está buscando aquilo que não é entregue pelo governo. É preciso, também, acabar com a “demonização” da arma. Há um argumento muito utilizado por aqueles que são favoráveis ao desarmamento: “a arma mata”. Muitos bradam que “as armas são responsáveis pelo aumento dos homicídios”, mas isso é uma bobagem. Parece que o objeto tem vontade própria. Desta forma, querem retirar a responsabilidade de quem, de fato, estava portando o objeto. Além disso, temo os riscos do monopólio da força. As políticas de segurança estão, quase que exclusivamente, nas mãos dos órgãos públicos de segurança. Um exemplo disso está no livro “Hitler e o desarmamento”. A obra mostra como Adolf Hitler utilizou a política desarmamentista para a tomada de poder. Outro exemplo é o governo do presidente Getúlio Vargas. Ele utilizou o desarmamento como controle político e social. Isso ocorreu com maior força no Nordeste. A retirada das armas das lideranças políticas foi realizada para pacificar toda a região. Vale lembrar um grande exemplo contrário a isso ocorreu no Rio Grande do Norte. O prefeito Rodolfo Fernandes, em 1927, distribuiu armas entre os mossoroenses. Com isso, a cidade foi a única em toda a região a resistir às investidas do grupo liderado por Virgulino Lampião. O que é preciso acontecer é o controle mais efetivo da criminalidade. E não o controle do cidadão honesto, pagador de impostos, que precisa ter garantido o direito de defender a si próprio. Tenho mais de 20 anos estudando o assunto. No entanto os que não acreditam na tese desarmamentista quase não têm espaço para se posicionar. O governo não deve a população como manada. A única boa política de desarmamento é entregar uma boa segurança pública, para que o cidadão, individualmente, de própria escolha, possa dizer que não precisa de uma arma para se defender.

"Agora RN em Debate" trouxe especialistas com posições contra e a favor das políticas desarmamentistas A primeira edição do "Agora RN em Debate" colocou lado a lado debatedores contra e a favor da revogação do Estatuto do Desarmamento (Lei 10.826/03). De um lado, o bacharel em Direito Bené Barbosa, fundador-presidente da ONG Movimento

Viva Brasil, autor do livro “Mentiram para mim sobre desarmamento”. Do outro, Daniel Cerqueira, técnico de Planejamento e Pesquisa do Instituto de Pesquisas Econômicas Aplicadas (Ipea) e membro do Fórum Brasileiro de Segurança Pública.

Desarmamento civil é alvo de intenso debate na sociedade

As políticas públicas de segurança são fracassadas. Com isso, o cidadão está buscando aquilo que não é entregue pelo governo” Bené Barbosa Favorável à revogação

Há uma falácia no argumento 'criminoso contra o cidadão de bem'. O controle da criminalidade é feito com políticas públicas mais firmes”

Daniel Cerqueira Contrário à revogação

DANIEL CERQUEIRA: Minha colocação é como pesquisador social e econômico. É um tema complexo, que precisa de profundidade, e o processo científico é a minha base de referência. Acho genuíno o posicionamento de quem defende o direito de obter uma arma de fogo. No entanto, a arma é um enorme fator de risco, principalmente no âmbito social. Vivemos, hoje, uma crise civilizatória. São mais de 60 mil homicídios por ano no país. Basta lembrar que foi nos anos 1980 que começaram os problemas com a criminalidade. Houve uma explosão da violência. A população procurou se defender se armando. Com isso, a atual discussão não traz novidades. Há 30 anos, o Brasil enfrentou uma verdadeira corrida armamentista. A partir disso, a taxa de homicídios do país duplicou [Hoje é de 30,5 assassinatos para cada 100 mil habitantes, segundo a Organização Mundial da Saúde]. A política de armar a população já ocorreu, mas nunca funcionou. A mudança no panorama aconteceu em 2003. Foi a partir da restrição ao porte de arma, com o Estatuto do Desarmamento, que a proporção de homicídios se estabilizou. Se não fosse a atual legislação, o volume de mortes seria 12% maior. É preciso se registrar, ainda, que o aumento do número de armas está condicionado ao aumento mortes acidentais e do crescimento da insegurança social. São inúmeros os casos de crianças que morrem acidentalmente ao manusear armas. Além disso, há uma falácia no argumento 'criminoso contra o cidadão de bem'. Sim, é preciso controlar a criminalidade, com políticas públicas mais firmes, mas muita gente morre por crimes interpessoais. Cerca 20% dos homicídios acontecem assim, seja com o marido matando a esposa, ou em uma briga de bar ou mesmo num simples conflito no trânsito. Quanto mais armas no mercado legal, maior será o número de armas na clandestinidade. Em função disso, o valor da arma no mercado ilegal pode ficar mais barato, o que vai gerar novos crimes. No ambiente urbano, a arma é um instrumento de ataque. Há um estudo da Ministério Público de São Paulo que aponta que uma pessoa armada, ao ser abordada na rua, tem 56% mais chances de ser ferida do que se estivesse desarmada. As armas matam pessoas. Mais armas, mais crime. A única forma de termos uma redução dos crimes é com políticas mais claras, com o polícia mais estruturada. Não podemos jogar mais lenha dentro da barbárie brasileira.


10

AGORA DEBATE

SEXTA-FEIRA

www.agorarn.com.br

01.06.2018

“OPINE AGORA”

Interatividade marca presença em debate sobre questão do armamento De acordo com consulta realizada durante o fórum por meio de uma plataforma online, 87,5% dos que votaram no tema disseram ser favoráveis à permissão de armas de fogo. 10,3% pensam diferente José Aldenir / Agora Imagens

A primeira edição do “Agora RN em Debate”, que discutiu o tema “Sociedade armada: conflito ou solução?” na última quarta-feira, 30, em Natal, apontou que a maioria dos internautas quer a liberação da venda de armas de fogo para cidadãos comuns. De acordo com consulta realizada durante o fórum, 87,5% dos que votaram no tema disseram ser favoráveis à permissão de armas de fogo, enquanto que outros 10,3% afirmaram ser contrários e outros 2,09% se mostraram indecisos. A votação aconteceu por meio da plataforma online “Opine Agora”, criada especialmente para o evento Agora RN em Debate. Por lá, os participantes do fórum e internautas que acompanhavam a transmissão

O DEBATE

Participantes puderam opinar na hora sobre que argumento convenceu mais ao vivo do debate puderam expor sua opinião sobre os argumentos e propor perguntas para os debatedores. A interatividade esteve presente durante todo o fórum. Logo após a exposição inicial de Bené Barbosa e

Daniel Cerqueira, convidados para o debate, a votação foi aberta para o público, que pode dar sua opinião por meio do celular. Um resultado parcial foi divulgado, sendo atualizado durante toda a discussão. l

Inicialmente, cada debatedor teve quinze minutos para fazer uma exposição sobre o tema. Em seguida, o debate foi aberto para perguntas de representantes de dez instituições convidadas. Os representantes tiveram cinco minutos para fazer suas considerações e questionamentos, com 3 minutos para resposta por parte de Bené Barbosa e Daniel Cerqueira. Ao final, os debatedores convidados tiveram cinco minutos para conclusões. Toda a discussão foi transmitida simultaneamente pelas páginas do Agora RN no Facebook e no YouTube.


01.06.2018

AGORA DEBATE

SEXTA-FEIRA

www.agorarn.com.br

11

EM CIMA DO MURO

Liberar armas não é consenso entre juízes, delegados, promotores e OAB Presentes no evento Agora RN em Debate, que debateu a questão do armamento representantes de todas essas classes preferiram não antecipar posicionamentos que representem suas categorias José Aldenir / Agora Imagens

Quem acredita que delegados, juízes, policiais, promotores e advogados têm posições firmadas entre flexibilizar ou não a venda de armas no Brasil está bem longe de saber a pluralidade das opiniões dos ocupantes desses cargos no Rio Grande do Norte. E isso ficou evidenciado no Agora RN em Debate, quando representantes de todas essas classes preferiram não antecipar posicionamentos que representem suas categorias. Um exemplo disso foi a Associação de Magistrados do RN, representada no evento pelo seu presidente, o juiz estadual Herval Sampaio. “Não posso me manifestar em nome dos juízes do RN. Semana passada, inclusive, tivemos um debate entre

Juiz Herval Sampaio (Amarn)

Delegada Paoulla Maués (Adepol)

dois colegas sobre o assunto, trazendo elementos bastante complexos sobre essa discussão”, contou o juiz. Quem concorda com essa opinião é a delegada da Polícia Civil Paoulla Maués, presidente da Associação de

Delegados no RN. “Os delegados de polícia não tem um posicionamento único sobre o tema. Doutor Jaime Groff é firme em aceitar a flexibilização do estatuto, enquanto outros, não”, avaliou ela, antecipando que,

SOCIEDADE ARMADA: CONFLITO OU SOLUÇÃO?

Pesquisa mostra população dividida quanto ao assunto

José Aldenir / Agora Imagens

Em meio ao aumento dos números da violência em todo o Rio Grande do Norte, o potiguar revela o intuito de preservar o direito à própria defesa. Segundo estudo inédito do Instituto Perfil realizado entre os dias 12 e 13 de maio a pedido do Agora RN, um total de 49,88% dos entrevistados defendem o direito à arma de fogo para segurança, seja para a proteção da família ou da propriedade. A pesquisa ouviu 405 pessoas nas cidades de Natal e Parnamirim e procurou medir a opinião dos entrevistados sobre o direito de porte de armas para a civis. O tema, contudo, divide opiniões, pois 43,95% estão favoráveis à legislação. Outros 6,17% não souberam responder. O fato é que 49,88% dos entrevistados defendem a revogação do Estatuto do Desarmamento (Lei 10.826/03). Segundo o juiz Henrique Baltazar, titular da Vara de Execuções Penais de Natal, o número expressivo reflete a percepção da população quanto à sensação de insegurança. “A atual estrutura policial não é suficiente para proteger o cidadão. A população acredita que

José Aldenir / Agora Imagens

População da Grande Natal dividida uma arma pode ser uma forma de aumentar a sensação de segurança”, avalia o magistrado. O promotor criminal Wendell Beethoven também avalia que a pesquisa reflete um anseio da população. “Ao redor do mundo, nenhum sistema de segurança fica exclusivamente a cargo da polícia. A população tem o direito de cuidar da própria segurança”, justifica. Ainda segundo ele, a lei deve ter mudanças. “Eu acho que lei necessita de mudanças. A legislação deve promover facilidades para a aquisição de uma arma de fogo”, explica. l

pelo que vê na mídia, particularmente, tem receio da liberação das armas porque isso pode transformar discussões de trânsito em uma ameaça de morte quando alguém está armado. Representando o Ministério Público do RN no evento, o promotor Gláucio Pinto destacou que ainda não há uma posição formada da Instituição quanto ao tema. “Eu, particularmente, sou indeciso”, assumiu o promotor de Justiça. Presidente da Ordem dos Advogados no Brasil (OAB) no RN, Paulo Coutinho destacou que a segurança pública não é só armas e armamentos. “Tem muito a ver com educação, oportunidade e outros aspectos”, analisou. l


12

COTIDIANO

SEXTA-FEIRA www.agorarn.com.br

01.06.2018

ALEX MEDEIROS alexmedeiros1959@gmail.com >> Macunaíma News. O pior do Brasil é o brasileiro, diria uma versão de Câmara Cascudo num mundo paralelo. O que me parece é que a solução para Pindorama não é o povo escolher direito seus representantes, mas achar uma alternativa e descobrir como se faz para eleger um novo povo por aqui. >> A obra perpétua. Passa dos quatro anos que a obra no cruzamento da avenida Mor Gouveia com a rua São José segue sem que ninguém explique tanta demora. O trecho foi interditado desde antes do início da Copa 2014 e já há quem brinque dizendo que faz parte das obras da Copa da Rússia. >> Salve a seleção. Dez pessoas, mostradas ao vivo no Sportv, foram se despedir da seleção brasileira no Galeão. Na terça, espalharam-se como pólvora nas redes sociais críticas ao luxuoso avião da delegação e piadas com o modelito “gay-ricardoalmeida” do Neymar e aos muitos comerciais do Tite. >> Caçada assassina. Surge um movimento na Rússia em proteção dos cães de rua que estariam sendo dizimados em massa por esquadrões da morte contratados pelas prefeituras das cidades-sedes da Copa. A denúncia viralizou nas redes sociais e está provocando indignação pelo mundo afora. >> Fora do octógono. Após as derrotas e a penalização pelo uso de doping que mancharam a imagem de mito do UFC, o lutador brasileiro Anderson Silva está faturando um extra dando aulas de artes marciais ao ator norte-americano Jason Momoa, que interpreta Khal Drogo na série Game of Thrones.

Corruptos são os outros

N

os últimos anos, com a onda de escândalos que atingiu toda a estrutura político-econômica do país, ao ponto da sujeira se espalhar pelos tapetes de todos os poderes da República, o Brasil se transformou numa sala como a velha peça teatral que o filósofo Jean Paul Sartre escreveu em 1944. Em “Entre Quatro Paredes”, num texto onde ele expõe com ritmo dramático conceitos sobre o existencialismo que refinou a partir da taça do dinamarquês Kierkegaard, três personagens morrem e se encontram confinados numa hermética sala que em tese seria o inferno, mas não dantesco nem católico. Garcin, Estelle e Inês, cada um com seus pecados, crimes e angústias, são castigados com uma eternidade em que terão que se perceber nos olhos dos outros. Livres das necessidades de comer e dormir, buscam se ver no único e minúsculo espaço que pode refletir suas imagens, o olhar de cada um. Nessa única opção de espelho, o trio vai tentando se moldar no olhar alheio até não poder mais controlar o constrangimento. Foi nesse contexto que Sartre cunhou no roteiro a frase que se tornou sentença filosófica “o inferno são os outros”, representando que julgamos nos outros com o olhar da nossa circunstância.

Estamos cientes dos crimes de alguns corruptos ilustres da politicagem nacional, mas temos dificuldade de vê-los no espelho do nosso mesmo tecido social. Representantes da sociedade, os políticos são produtos dela, moldados no caldo de cultura que formou cada um de nós. São retalhos de um todo. Ninguém é político de formação escolar ou profissional, não existe tal profissão. Todas as demais profissões existentes se antecipam no currículo e na reputação de um parlamentar, de um chefe do executivo, de um detentor de pasta administrativa. Um político corrupto já era um corrupto no seu ofício. E a corrupção não precisa ser gigantesca e escandalosa para ser um crime grave no contexto da República e do cotidiano. Não adianta chamar figuras como Lula, Aécio, Cabral, Cunha de ladrões e outros desaforos populares se você é o cara que pratica os chamados pequenos desvios de conduta e ética. Um médico, advogado, dentista, jornalista que dribla o pagamento de impostos rejeitando o uso de nota fiscal é tão corrupto quanto os políticos. Um engenheiro, professor, militar, empresário que forma fila dupla nos retornos e curvas para se antecipar à fila correta quando o sinal abre também é. Os brasileiros de todas as classes sociais precisam se olhar nos olhos e nas circunstâncias dos outros para se perceberem melhor. E parar urgentemente de buscar vantagens individuais nas crises que atingem o coletivo. Esculhambar corruptos e trocar desaforos político-ideológicos são granadas a espalhar cacos dos espelhos que nos refletem. Sobe o pano, Sartre sai e entra o Mateus, o evangelista, dizendo “por que reparas no argueiro que está no olho do outro, e não vês a trave que está no teu olho?”. Baixa o pano.

PICARDIA NAS REDES Sobre mim, de quinta até segunda de manhã: iniciando um relacionamento sério com o feriado. (Camila Braga)

Quando uma greve tem apoio dos movimentos sociais, não tem nada de social e não há movimento. (Soraya Rosa Machado)

Greve, paralisação, locaute, tomara que não provoquem o desabastecimento das figurinhas da Copa. (Leonardo Carlos de Oliveira)

Você me abre seus braços e a gente faz um país”

(Marina Lima)

>> Beco da Lama. “Os boêmios poetas de outrora Gothardo Netto, Abner de Britto, Jorge Fernandes e Ferreira Itajubá, ajudaram a desgastar seu calçamento, fétido de lixo e merda e, igualmente, perfumado de sonhos e delírios”. Da escritora Cellina Muniz na revista cearense Pindaíba, maio/2016.

>> Misoginia católica. De forma definitiva e com argumento fajuto, o Vaticano pôs fim à possibilidade das mulheres ocuparem a função dos padres. Em artigo no jornal L’Obsservatore Romano, o prefeito da Congregação para a Doutrina disse que “Jesus conferiu o sacramento a doze apóstolos, todos homens, que por sua vez comunicaram a outros homens”.


01.06.2018

SOCIAL 13

SEXTA-FEIRA www.agorarn.com.br

Daniela Freire

daniela.freirecosta@yahoo.com.br

>> Impacto. Levantamento feito pela Unidade de Economia e Estatística da FIERN nos dias 29 e 30 de maio, junto a 23 importantes segmentos industriais do estado, mostram que a greve dos caminhoneiros afetou fortemente alguns setores. Entre os mais atingidos estão os segmentos de açúcar e álcool (90% das vendas prejudicadas), cerâmico (100% das vendas e 60% da produção), café (100% da produção e 40% das vendas), sal marinho (100% das vendas), sorvetes e polpas de frutas (80% da produção), laticínios (40% da produção afetada). >> Serviços prestados. Falando na Fiern... A Federação das Indústrias e o seu presidente Amaro Sales de Araújo foram homenageados na noite de terçafeira, 29, na Câmara Municipal de Natal. A FIERN, pelos seus 65 anos de criação recebeu uma placa, e o industrial a Medalha Frei Miguelinho, a mais importante comenda do legislativo municipal, entregue anualmente a quem tem relevantes serviços prestados à comunidade natalense. A proposição foi do vereador Ubaldo Fernandes. A solenidade reuniu Diretores, presidentes de sindicatos filiados, gestores e colaboradores do Sistema FIERN, autoridades, convidados além de amigos e familiares do homenageado. Assessoria

Instagram / Reprodução

Equipe do Grupo Agora RN com os debatedores Bené Baborsa e Daniel Cerqueira, que abordaram o polêmico assunto “armamento”

>> Mais armas, mais crimes. “A arma não é uma forma de defesa, mas de ataque”. Foi assim que o debatedor do primeiro Agora RN em Debate Daniel Cerqueira se posicionou contra leis que incentivem o armamento da poppulação. Segundo ele, um dos poucos temas em que há consenso no meio científico é o de que “quanto mais armas, mais crimes”. Aliás, o Agora RN está de parabéns pela iniciativa de debater um assunto pertinente e que está em pauta com a situação de insegurança que assola o país. João Neto

No Arraiá da White, Herculano,Maria Do Carmo e Mariana

>> Aniversário. Primeiro shopping do Rio Grande do Norte, o Natal Shopping, completa 26 anos de existência na próxima segundafeira, 4, e relembra, junto com os clientes, as 26 razões pelas quais é especial paraos potiguares. E esses motivos estarão em destaque pelos corredores do mall ao longo de todo o mês de junho e nas redes sociais com uma campanha interativa. Os festejos em torno da data começam no próximo final de semana, quando os clientes serão recebidos com mimos, distribuídos no lounge montado especialmente para a comemoração.

>> Ameaça pública. A vereadora Nina Souza (PDT) foi ameaçada por um homem, suposto estudante, durante a sessão plenária da Câmara Municipal de Natal na última quarta-feira, 30. O cidadão chegou a dizer em voz alta que mataria a parlamentar. A discussão ocorreu após a CMN rejeitar proposta que revogava o aumento da passagem de ônibus na capital. Após a ameaça, que foi seguida de xingamentos, o rapaz foi contido por populares. Nina passou mal e foi levada às pressas para o hospital. No início da tarde ela foi liberada. “É lamentável que a primeira mulher a assumir a posição de líder de um prefeito em Natal sofra tamanha ameaça. Não será nenhum ato machista que vai me intimidar”, disse a vereadora. >> Opinião. “Não fazemos milagre, fazemos direito”. Da presidente do STF Cármen Lúcia, durante abertura da sessão de ontem no Supremo, sobre a atuação dos magistrados na paralisação dos caminhoneiros. >> Dica. Para quem quer vivenciar um final de semana com muita arte e cultura, a 5ª edição da Feira Multicultural está chegando. Nos próximos dias 1°, 2 e 3 de junho, um mix de expositores estarão exibindo o melhor do artesanato local no Shopping Cidade Jardim. O evento é gratuito e acontece das 9h às 21h na sexta e sábado, e das 15h às 21h durante o domingo. Divulgação

>> GIRO PELO TWITTER... ...da revista Exame: “Ilegal, greve dos petroleiros lança país em nova incerteza”; A Federação das Indústrias e o seu presidente Amaro Sales de Araújo foram homenageados na noite de terça-feira, 29, na Câmara Municipal de Natal. A proposição foi do vereador Ubaldo Fernandes

...do portal Yahoo: “A crise dos caminhoneiros revela um Bolsonaro oportunista e despreparado”; ...da Revista Fórum: “PIB tem crescimento medíocre de 0,4% no primeiro trimestre”. Desfile Dior em Paris, Resort 2019


VARIEDADES

14

SEXTA-FEIRA www.agorarn.com.br Instagram / Reprodução

CANTORA SERTANEJA

Marília Mendonça sobre dieta: “Complicado foi eliminar arroz” Pelo Twitter, artista disse que, depois que parou de ingerir açúçar, descobriu “real paladar das coisas”

A cantora Marília Mendonça eliminou 15 Kg desde que iniciou uma reeducação alimentar e, na quarta-feira, 30, falou sobre o processo. “Depois que parei de ingerir açúcar, descobri o real paladar das

PALAVRAS CRUZADAS DIRETAS

www.coquetel.com.br

© Revistas COQUETEL

A noite sem nuvens, no céu Ente; Classe (?): criatura elite

Enredo; Oposto de "finos" trama Atração turística de Paris

Atividade como a Música

DEUS SALVE O REI

SEGUNDO SOL

Aluno da escola militar Fechar Suporte que firma ataduras

Beto hesita em subir ao palco e Valentim maldiz Beto Falcão diante da plateia. Luzia comenta com Groa que Beto Falcão se parece com Miguel. Karola tenta confortar Valentim, que sofre por não ter conseguido desfazer a farsa sobre a morte de seu pai. Valentim pede abrigo para Acácio. Karola questiona Beto sobre sua nova composição.

Chupetas (bras.) Medida agrária Rebanho bovino Queima (cadáver)

HORÓSCOPO

Assinalados Domínio; influência

ARIES (21/03 A 20/04) "(?) – O Extraterrestre", filme

Objetivo do banho diário

A hora adicional de trabalho

Espécie de cais O popular "puxa-saco"

Cama de varas Este (abrev.)

Alimento do gado Formato do anzol

(?) aqui: cá está Livra; salva

Ótimo astral para comprar umas coisinhas novas para incrementar seu guarda-roupa. Pode ter oportunidade de fazer contatos que vão beneficiar a sua carreira.

TOURO (21/04 A 20/05) Ótimo astral para quem pretende viajar, visitar pessoas queridas e matar a saudade de quem mora longe. O romance também pede novos estímulos: saia da rotina!

Nós, em inglês Cadete (abrev.)

GÊMEOS (21/05 A 20/06)

Inflamação na pele Lucinha Lins, atriz

Os astros vão deixar suas emoções mais intensas e qualquer imprevisto poderá afetar o seu humor. Procure encarar as mudanças com naturalidade. Aguarde novidades na paixão.

CANCER (21/06 A 22/07)

2/us. 4/píer. 5/bicos — jirau. 6/cerrar. 8/assanhar.

20

Solução A A R C E I T A M P O U V E I D P I Ç B A

E S S T E R R E L A A R D E A J E I E R A J U

I A N H T I A R B I C G A C A D R E E X T M E A S A C L F A L A D

A R C O D O T R I U N F O

A S S E A R G R O S S O S

BANCO

ORGULHO E PAIXÃO

Venâncio se interessa por ler textos de Elisabeta. Jorge revela a Ema que Amélia sofre de uma doença terminal. Susana e Petúlia falsificam a carta de Elisabeta para Darcy. Lídia decide se casar com Otávio, e Randolfo sofre. Mariko afirma a Elisabeta que Cecília lhe parece em perfeitas condições de saúde. Rômulo dispensa Anastácia.

Catarina conta a Afonso que Otávio propôs uma aliança entre Artena e Lastrilha. Orlando se entristece ao ver que Rodolfo e Lucrécia reataram sua união. Afonso diz a Amália que Gregório será seu tutor para prepará-la a assumir o trono. Otávio decide ir a Montemor mesmo não tendo sido convidado por Afonso.

Disparo de arma de fogo

Fruto da videira Pensamentos

Cantora sertaneja perdeu 15 Kg

coisas”, afirmou a sertaneja. Uma internauta, então, questionou se ela substituía açúcar branco pelo demarara. “Nadinha”, respondeu a sertaneja, assegurando que havia retirado de vez o alimento de sua dieta. Na sequência, ela ponderou: “Mas parar de ingerir açúcar não é fácil para todo mundo. É uma questão de organismo. Não sei explicar direito. Mas sei que tem gente que sente mais falta de doces. A coisa mais complicada de eliminar foi o arroz para mim”, escreveu no Twitter.

NOVELAS

PASSATEMPO Terreno lamacento que pode Tornar "engolir" irrequieto pessoas

01.06.2018

Seu coração está cheio de amor e você vai querer compartilhar isso com as pessoas que são mais valiosas. Boas vibrações na vida amorosa.

LEÃO (23/07 A 22/08) Bom dia para iniciar uma dieta, pensando na saúde e também na sua boa forma. Paquera com alguém do trabalho pode render boas surpresas. Apoiem os projetos um do outro.

VIRGEM (23/08 A 22/09 ) Quem pode emendar o feriado e viajar não deve perder esta oportunidade, pois os astros prometem momentos de muita diversão. Numa dessas, pode até pintar um novo amor.

LIBRA (23/09 A 22/10) Fofocas e mal-entendidos podem tumultuar o seu trabalho, por isso, tenha cuidado com o que vai dizer. Há boas chances de se envolver com alguém de outra cidade.

ESCORPIÃO (23/10 A 21/11) A Lua aumenta o desejo de interagir com as pessoas, estimula seu poder de comunicação e vai ser mais fácil fazer novas amizades. Sucesso também nas paqueras.

SAGITÁRIO (22/11 A 21/12) Bom dia para resolver assuntos corriqueiros que sempre ficam para depois. Terá prazer organizar as suas coisas. Paquera com pessoa conhecida pode trazer mais segurança ao seu coração.

CAPRICÓRNIO (22/12 A 20/01) Dia perfeito para curtir as coisas boas da vida. Deixe os compromissos e as preocupações de lado, pois a hora é de diversão. Emoções no amor: dê chance a quem quer se aproximar.

AQUÁRIO (21/01 A 19/02) Tudo indica que você vai aproveitar o dia para ficar em casa e relaxar no seu canto. Pode se envolver com uma pessoa comprometida. A dois, que tal uma surpresinha romântica?

PEIXES (20/02 A 20/03) Prepare-se para curtir o dia ao lado dos amigos. Não perca também a chance de conhecer gente nova. Se você busca um novo amor, agitos sociais serão ótimas oportunidades de paquera.


01.06.2018

ESPORTES 15

SEXTA-FEIRA www.agorarn.com.br

“FOI ACERTADO”

Danilo afirma que ida à Copa do Mundo foi graças à troca pelo City Apesar de um período difícil de adaptação ao futebol inglês, Danilo declara estar realizando seu sonho: “Tive mais confiança”

Quando decidiu trocar, cerca de um ano atrás, o poderoso Real Madrid pelo novo rico Manchester City, Danilo tinha em mente voltar à Seleção Brasileira e disputar a Copa da Rússia. Conseguiu. O lateral falou da mudança após treinamento da Seleção no CT do Tottenham, sem esconder o tom de comemoração pela decisão. “Estava confiante que, mudando

INSTITUTO DE ASSISTENCIA TÉCNICA E EXTENSÃO RURAL DO RIO GRANDE DO NORTE - EMATER-RN AVISO AOS LICITANTES PROCESSO N. 92169/2018-7 – TOMADA DE PREÇOS 008/2018 A Comissão Permanente de Licitação da EMATER, torna público que realizará no dia 18/06/2018, às 10:00 (dez) horas, na sua sede, a TOMADA DE PREÇOS Nº 008/2018, para Contratação de empresa especializada na execução dos serviços de Construção do Centro de Disponibilidade de Informação e Tecnologia da EMATER/RN no município de Caiçara do Rio dos Ventos/RN. O edital com as demais especificações encontra-se à disposição dos interessados na sede da EMATER, com a CPL, situada no Centro Administrativo do Estado, Bloco VI – Lagoa Nova – Natal/RN, no horário de 8:00 às 13:00 horas. Natal/RN, 30 de maio de 2018 Wadme Inácio Bezerra Presidente da CPL

EDITAL DE LEILÃO DE ALIENAÇÃO FIDUCIÁRIA 1º LEILÃO: 14 de junho de 2018, às 14h30min *. 2º LEILÃO: 26 de junho de 2018, às 14h30min *. - (*horário de Brasília) Ana Claudia Carolina Campos Frazão, Leiloeira Oficial, JUCESP nº 836, com escritório na Rua da Mooca, 3.508/3.547, Mooca, São Paulo/SP, FAZ SABER a todos quanto o presente EDITAL virem ou dele conhecimento tiver, que levará a PÚBLICO LEILÃO de modo PRESENCIAL E ON-LINE, nos termos da Lei nº 9.514/97, artigo 27 e parágrafos, autorizada pelo Credor Fiduciário BANCO SANTANDER (BRASIL) S/A CNPJ nº 90.400.888/0001-42, nos termos do instrumento particular com força de escritura pública de 28/11/2014, firmado com os Fiduciantes MIGUEL ANGEL FERNANDEZ MORENO, CPF/MF sob o nº 232.667.278-00, e sua esposa ALINE MARIA DA SILVA FERNANDEZ, CPF/MF nº 085.274.694-64, em PRIMEIRO LEILÃO (data/horário acima), com lance mínimo igual ou superior a R$ 752.191,85 (Setecentos e Cinquenta e Dois Mil Cento e Noventa e Um Reais e Oitenta e Cinco Centavos - atualizado conforme disposições contratuais), o imóvel constituído pelo “Unidade Residencial nº 205, tipo “A”, da Ala (fingers) Pirangi, com área privativa edificada real de 82,000m², e a área total de 158,377m², integrante do “IN MARE BALI RESIDENCIAL RESORT”, situado à Avenida Edgardo Medeiros (antiga Estrada Natal/Pirangi) nº 2545, no distrito do litoral Cotovelo, Parnamirim/RN, melhor descrito na matrícula nº 74.125 do Registro de Imóveis da Comarca de Parnamirim/RN”. Imóvel ocupado. Venda em caráter “ad corpus” e no estado de conservação em que se encontra. Caso não haja licitante em primeiro leilão, fica desde já designado o SEGUNDO LEILÃO (data/horário acima), com lance mínimo igual ou superior a R$ 603.922,13 (Seiscentos e Três Mil Novecentos e Vinte e Dois Reais e Treze Centavos - nos termos do art. 27, §2º da Lei 9.514/97). O leilão presencial ocorrerá no escritório da Leiloeira. Os interessados em participar do leilão de modo on-line, deverão se cadastrar no site www.FrazaoLeiloes.com.br, encaminhar a documentação necessária para liberação do cadastro 24 horas do início do leilão. Forma de pagamento e demais condições de venda, VEJA A INTEGRA DESTE EDITAL NO SITE: www.FrazaoLeiloes.com.br. Informações pelo tel. 11-3550-4066 (Bc – 11090).

PREFEITURA MUNICIPAL DE TOUROS AVISO DE ABERTURA TOMADA DE PREÇOS Nº 001/2018 – PMT A Prefeitura Municipal de Touros/RN, por meio da Presidente da Comissão Permanente de Licitação CPL, torna público que fará realizar a licitação a seguir especificada: Tomada de Preços, Menor Preço. Objeto: CONTRATAÇÃO DE EMPRESA ESPECIALIZADA NA EXECUÇÃO DE SERVIÇOS DE ENGENHARIA REFERENTE A PAVIMENTAÇÃO COM DRENAGEM SUPERFICIAL DOS SEGUINTES LOGRADOUROS: AVENIDA PRAIA DE LAGOA DO SAL, TRAVESSA 03 JOSÉ MÁRIO DE FARIAS E TRAVESSA 02 JOSÉ MÁRIO DE FARIAS, conforme condições e exigências estabelecidas no Edital e seus anexos. Data/hora/local: 18 de junho de 2018, às 09h, na Sala da Comissão Permanente de Licitação, Sede da Prefeitura de Touros, Praça Bom Jesus dos Navegantes, 28, 1ª andar, Centro – CEP 59.584-000 – Touros/RN. A Presidente informa ainda que o Edital e seus anexos estão disponíveis na sala da Comissão Permanente de Licitação, diariamente, no horário das 08h às 14h, e nos Endereços Eletrônicos: http://touros.rn.gov.br/ e pregaopmt@gmail.com. Touros/RN, 30 de maio de 2018 Paula do Nascimento Augusto Presidente da Comissão Permanente de Licitação

de clube e num projeto em que tivesse mais tempo de jogo, poderia voltar à Seleção. Acho que foi acertado. Foi um ano em que tive mais confiança para exercer o futebol que sempre joguei”, disse o lateral. Trabalhar com Pep Guardiola, diz Danilo, ajudou na evolução do seu futebol. “Ele é um cara que cobra um padrão tático perto da excelência”, finalizou.

Rafael Ribeiro / CBF

Lateral é treinado por Pep Guardiola


16

ESPORTES

SEXTA-FEIRA www.agorarn.com.br

01.06.2018

REFORÇO

Andrei Torres / ABC FC

Novo volante do América vai fazer sua estreia diante do Imperatriz Após a regularização de Patrick Mota, time alvirrubro poderá ter mudanças na partida pela fase de mata-mata do Campeonato Brasileiro da Série D

Goleiro Edson volta aos treinos

Canindé Pereira / América FC

O América antecipou a viagem para enfrentar o Imperatriz (MA). O time deixou Natal na quinta-feira, 31, para o encontro válido pela partida de ida da segunda fase da Série D. O jogo acontece no próximo domingo, 3, e o time alvirrubro poderá ter novidades na escalação. O volante Patrick Mota, contratado na semana passada, conseguiu agora regularizar a documentação. O jogador revelou que estava acertado com outra equipe, mas resolveu vir para o América. “Eu estava quase assinado com outro clube, daí apareceu o América aqui e eu vim com o objetivo de subir. Sou um segundo volante canhoto, mas gosto muito de apoiar”, disse. Patrick Motta diz que o objetivo deste ano é levar o América ao acesso. “O meu maior objetivo aqui é o acesso. Eu vim aqui com esse intuito. O objetivo de todos aqui é jogar. Então, vim aqui para fazer o meu melhor e ajudar o América a subir para a Série C do Campeonato Brasileiro”, afirmou. Pensando no desafio, a comissão técnica definiu a programação para

PAREDÃO

ABC terá retorno do goleiro Edson contra o Náutico, pela Série C

Patrick Mota foi contratado na semana passada, mas só agora foi regularizado o jogo contra o Imperatriz. Por conta de uma melhor logística, o time potiguar viajou na quinta-feira, 31, para Marabá (PA) e, só no sábado, 2, segue para Imperatriz (MA). O aeroporto da cidade paraense é o mais próximo do local de jogo. A direção do América já iniciou

as vendas dos ingressos para a partida de volta contra o Imperatriz. Arquibancada terá custo de R$ 30 (R$ 15 meia entrada). As mulheres, desde que vestidas com a camisa do time, poderão pagar R$ 10. Já as cadeiras terão preço de R$ 70 (R$ 35 meia entrada).

POTIGUAR 2018

Segunda divisão do Campeonato Estadual contará com 11 clubes

O goleiro Edson, afastado das atividades desde a 2ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série C, com uma lesão na região lombar, foi reavaliado e liberado para voltar aos treinamentos. Edson passou 35 dias em tratamento intensivo e realizando um trabalho de fortalecimento muscular. No último treino do ABC, o “Paredão” veio para o campo do CT e trabalhou normalmente com o treinador de goleiros, Wlamir Machado, e junto aos outros goleiros do grupo. A partir de agora, Edson vai intensificar os trabalhos específicos com Wlamir Machado para recuperar a parte técnica e o melhor condicionamento, para que logo possa estar novamente à disposição do técnico Ranielle Ribeiro.

EM QUINZE

SEGUNDOS Reuters

Jocaff Souza / FNF

A Federação Norte-rio-grandense de Futebol (FNF) iniciou a preparação da Segunda Divisão do Campeonato Potiguar 2018. Ao todo, 11 times demonstraram interesse em participar do torneio deste ano. A competição tem previsão de início para a primeira quinzena do mês de setembro. A FNF já realizou encontro com os clubes interessados. Estão assegurados Alecrim, Atlético Potengi, Atlético Potiguar, Baraúnas, Cruzeiro, Mossoró, Palmeira, Parnamirim e Visão Celeste. Além destes, outros dois times demonstraram interesse em participar: Corinthians de Caicó e o Centenário de Parelhas.

Campeonato acontece em setembro O Corintians informou a intenção em participar do campeonato, mas não enviou uma representação para a reunião. Já o Centenário, que enfrenta problemas jurídicos, rece-

beu um prazo até esta sexta-feira, 1°, para a regularização da situação administrativa. De acordo com informações do Tribunal de Justiça Desportiva do Rio Grande do Norte, 90% dos clubes que participaram do Conselho Técnico da Segunda Divisão do Campeonato Potiguar possuem débitos administrativos junto à FNF. O último dia para a inscrição no certame é o dia 15 de junho. Já o pagamento das taxas administrativas, no valor de R$ 5 mil, deve acontecer até dia 22 de junho. O regulamento e a tabela da competição serão publicados no dia 29 de junho. A competição tem previsão de início para a primeira quinzena de setembro.

Egito garante atacante Salah na Copa do Mundo A Associação Nacional de Futebol do Egito garantiu a presença do atacante Mohamed Salah, que sofreu uma lesão no ombro, na Copa do Mundo da Rússia. Se a previsão da entidade for confirmada, Salah ficará de fora apenas da estreia do Egito na Copa, contra o Uruguai, no dia 15 de junho. Desta forma, o atacante teria condições de voltar a vestir as cores do país na 2ª rodada, contra a Rússia, dia 19.

AGORA JORNAL - EDIÇÃO 315  

Versão Flip

AGORA JORNAL - EDIÇÃO 315  

Versão Flip

Advertisement