Page 1

Edição: Junho/2014 - Ano 4 / Número 19

A temperatura caiu

Conheça as doenças que são mais comuns nesta estação e previna-se

Mountain Bike

Ação do Bensaúde incentiva o esporte e bem-estar

Bem em Forma

Colaboradores se unem em busca de boa forma e saúde

Sem tabaco

Conheça o grupo que ajuda as pessoas a largarem o cigarro


03

Índice

Ativamente 04 Mente

Dicas do Bem

Prática de exercícios que propiciam o despertar de estímulos neurais

Hidrobike

10

Exercício na água ajuda no condicionamento e perda de peso

06

Indicações de livros, receita saudável e destinos de viagem

Bebê

11

OS primeiros cuidados com bebê geram dúvidas, confira algumas dicas

07

Sem Tabaco

12

Grupo auxilia dependentes a deixarem o cigarro e lidarem com barreiras

Saúde em primeiro lugar Esta edição da Bensaúde em Revista traz uma série de matérias dedicadas à saúde em suas diferentes vertentes. Alimentação, atividade física, mente, vícios e outros temas são abordados de forma simples e esclarecedora. Nas nossas páginas você conhece mais sobre o programa do Bensaúde de incentivo à busca da boa forma saudável, o “Bem em Forma”. Colaboradores se uniram em uma rede de incentivo a busca da alimentação saudável e prática de atividade física. Entenda também como funcionam os grupos do Setor de Medicina Preventiva “Ativa Mente” e “Viva Bem Sem Tabaco”. Os participantes contam com o suporte dos profissionais do Bensaúde e tiram dúvidas nas reuniões. Quando um bebê nasce, além da alegria, dúvidas e inseguranças também invadem as preocupações dos pais. Destacamos os principais cuidados que o bebê precisa, em uma matéria que esclarece as principais dúvidas apresentadas no grupo “Bem Bebê”. O inverno chega e com ele algumas doenças típicas da temporada. Em nossa matéria de capa você descobre quais são as doenças mais comuns e como se prevenir.

Bem em Forma

Inverno

08

Bensaúde News

14

Conheça as doenças mais comuns da estação e previna-se

Atletas se reúnem para um dia dedicado ao esporte e à saúde

Editorial

Boa Leitura!

Mountain Bike

13

Colaboradores do Bensaúde se unem na luta contra a balança e em prol da saúde

Fique por dentro das novidades do Bensaúde e eventos que estão por vir.

Expediente:

Bensaúde Plano de Assistência Médica Hospitalar Ltda. Endereço: Rua XV de Novembro, n° 4488, Vila Redentora Central de Atendimento (17) 3214-6499 Setor Comercial (17) 3214-6482 Contato: bensaude@bensaude.com.br Acesse: www.bensaude.com.br

Produção Editorial:

Hoje.C Comunicação & Marketing Tel (17) 3222-3925 - www.hojec.com.br

Coordenação:

Marcela Castelini - Relações Públicas

Textos:

Jornalista Responsável: Tatiane Versiani - MTB 69.349/SP

Colaboração: Mara Constancio

Fotos:

Guilherme Baffi

Criação e Diagramação: Agência Messaggio

Impressão:

Gráfica Fotogravura

Tiragem:

3 mil exemplares

Fale Conosco:

Confira versão digital em: www.bensaude.com.br

Envie sugestões ou críticas para a Bensaúde em Revista marcela@hojec.com.br www.bensaude.com.br


Grupo

04

ATIVA MENTE

Grupo do Bensaúde auxilia beneficiários a estimularem a capacidade neuropsicológica com exercícios. A mente pode criar algumas barreiras e armadilhas, por isso, em diferentes idades, é importante estimular o desenvolvimento da capacidade neuropisicológica. Manter ativo um dos mais importantes músculos do corpo humano é essencial para a saúde como um todo. Comum na terceira idade, o declínio da capacidade cognitiva decorre dos processos fisiológicos do envelhecimento normal do ser humano. Dessa forma, as doenças neurológicas se manifestam mais entre os idosos, por isso a preocupação de se trabalhar em especial com eles. Porém, jovens, adultos e crianças não podem ignorar a mente, é preciso estimular sempre. Uma mente ativa é também sinônimo de saúde e rendimento nas atividades redobrado. “Em alguma fase da vida, todos estão sujeitos a passar por momentos de estresse e sobrecarga de atividades que acabam afetando a atenção e memória. Estimular a mente é essencial e pode auxiliar em reações mais rápidas”, explica a psicóloga Simone Rangel. Essa realidade e necessidade de estimular a capacidade neuropsicológica foi observada nos grupos de apoio do Setor de Medicina Preventiva e deu origem a um grupo dedicado à mente. Para auxiliar os beneficiários que sentiam a necessidade de estimular a mente, foi criado em 2013 o grupo “Ativa Mente”. Com reuniões semanais, o grupo oferece suporte aos beneficiários para melhorar a capacidade de concentração nas atividades que realizam. “O objetivo do “Ativa Mente” é melhorar a capacidade neuropsicológicas dos participantes, através de exercícios que propiciem na prática o despertar de estímulos neurais, melhorando o rendimento laboral de cada um em suas atividades diárias e inclusive a segurança e a autoestima. Em turma, são realizados diferentes exercícios, cada encontro as atividades trabalham um aspecto como: memória, concentração, memória fotográfica, agilidade, lateralidade, ritmo, habilidade motora e percepção. É como uma ginástica para a mente que a desafia a seguir uma nova rota e direção, estimulando e melhorando o seu desempenho global. Alterando atividade do cotidiano que já estão no “modo automático”, os exercícios aceleram os processos cerebrais. Sempre que estimulado, o cérebro passa a se exercitar. www.bensaude.com.br


Grupo

05

O grupo “Ativa Mente” é gratuito, assim como todas as atividades propostas no Setor de Medicina Preventiva do Bensaúde. Podem participar das reuniões todos os beneficiários Bensaúde, principalmente aqueles que sentem maior necessidade de exercitar a memória. Antes de integrar ao grupo, os interessados passam por uma breve avaliação com a psicóloga do grupo. Os interessados devem fazer contato pelo telefone 17 3214-6490, email medicinapreventiva@bensaude.com.br ou atendimento na Unidade Rua Redentora, 3140 – Redentora São José do Rio Preto - SP. O grupo se reúne em dois horários: segunda-feira de 16h00 às 16h45 e sexta-feira de 8h00 às 9h00.

Estimule sua mente. A psicóloga Simone Rangel dá dicas de como estimular a mente com atividades diárias. - Mude as coisas de lugar (mude roupas de gaveta, utensílios de armários, disposição de móveis num ambiente); - Pratique jogos como palavras cruzadas, dominó, jogo da memória ou qualquer outro que promova o raciocínio e até mesmo a interação com outras pessoas; - Faça cursos de: informática, atividade física, artesanato e outros; - Faça as atividades rotineiras de formas diferentes (mude trajetos, faça movimentos com a mão que menos usa como escovar os dentes ou pentear os cabelos. Essas atividades podem parecer pequenas, mas estimulam a mente a sair do padrão e assim, fazer novas conexões.

Serviço: Simone Rangel - Psicóloga do Setor de Medicina Preventiva do Bensaúde

www.bensaude.com.br


Dicas do Bem Dica de Livro

Receita

Fim - Fernanda Torres Com o livro Fim, o primeiro romance da atriz e escritora, Fernanda Torres consolida sua transição para o universo das letras e mostra que nesse âmbito é uma artista tão completa quanto no palco ou diante das câmeras. O livro focaliza a história de um grupo de cinco amigos cariocas. Eles rememoram as passagens marcantes de suas vidas: festas, casamentos, separações, manias, inibições, arrependimentos. Há graça, sexo, sol e praia nas páginas de Fim. Mas elas também são cheias de resignação e cobertas por uma tinta de melancolia. Humor sem superficialidade, lirismo sem cafonice, complexidade sem afetação, densidade sem chatice: de que mais precisa um romance para dizer a que veio? Fonte: companhiadasletras.com.br

PURÊ DE ABÓBORA COM RICOTA E CURRY Ingredientes: • • • • • • •

Viagem São Thomé das Letras - MG

500g de abobóra descascada e cortada em cubos 2 colheres (sopa) de creme de ricota 1 colher (sopa) de azeite ½ colher (chá) de curry em pó noz-moscada ralada a gosto sal a gosto cebolinha a gosto

Modo de preparo: Cozinhe os cubos de abóbora no vapor, temperando com um pouco de sal. Quando estiverem macios, desligue o fogo e amasse a abóbora com um garfo ou passe por um espremedor de batatas. Lave e seque bem a cebolinha. Pique fino e reserve. Em uma panela, junte o creme de ricota, a abóbora espremida, o azeite e o curry. Leve ao fogo para aquecer e tempere com noz-moscada e, se necessário, sal. Passe o purê para uma tigela, salpique a cebolinha picada e sirva a seguir. Fonte: Marina Barbosa Alexandre Nutricionista do Setor de Medicina Preventiva do Bensaúde www.bensaude.com.br

O astral místico - reforçado pelas construções em pedra -, as cachoeiras e as grutas fazem de São Thomé das Letras um dos destinos mais concorridos de Minas. Nos vales ao redor estão escondidas cascatas, corredeiras, grutas e mistérios que atraem turistas. No Centro da cidade as atrações ficam por conta da arquitetura em pedras sobrepostas, como a da igreja do Rosário; dos restaurantes que capricham nas deliciosas receitas mineiras e das lojinhas de artesanato. Fonte: feriasbrasil.com.br


Plano de Saúde

07

Movimento por uma vida saudável Bensaúde segue investindo em ações em prol do bem-estar. Segunda corrida Mountain Bike e o Duathlon Bensaúde são algumas delas.

Sempre em movimento, promovendo a saúde e o bemestar, o Bensaúde reuniu atletas e amantes do esporte para a 2ª edição da Corrida Mountain Bike do Bensaúde. Cerca de 200 competidores subiram nas bikes e enfrentaram os diferentes desafios do percurso elaborado especialmente para prova, que aconteceu no dia 6 de abril no Lago III da Represa Municipal. O evento evidenciou a necessidade e o prazer de cuidar da saúde por meio da prática de exercícios físicos A competição foi dividida em trajetos de 20km e 45km (feminino e masculino), além de categorias por idade. Na categoria 20 km feminino, quem levou a melhor foi a competidora Marcela Assad, que chegou em primeiro lugar. Em seguida, Cristiane Viude e Eliane Facchini atravessaram a linha de chegada. Já na 20km masculino,

Victor Fernando foi o vencedor. O segundo e o terceiro lugar ficaram para os competidores João Victor Souto e Márcio Roberto. Nos 45km feminino, Valéria Conceição passou na frente de todos e conquistou o primeiro lugar, seguida pelas competidoras Luciana Cristina e Amanda de Moraes. O vencedor dos 45km masculino foi Reginaldo Donizete, deixando o segundo lugar para Victor Renan Noronha e o terceiro para Bruno Kennedy Firmino. Além da premiação aos vencedores, todos os competidores ganharam uma camiseta e uma medalha de participação. Todo o percurso foi monitorado por equipamentos eletrônicos e fiscais, os competidores contaram com pontos de água durante o percurso. Até quem não participou da corrida aproveitou para se exercitar e fazer caminhada pela Represa com o acompanhamento da equipe da Medicina Preventiva do Bensaúde. Seguindo a ideia de que saúde não é a ausência de doença e sim ter a qualidade de vida, o Bensaúde segue com a programação de ações voltadas à prática de atividades físicas. Já está próxima a data de realização do 1º Duatlon Bensaúde. A competição une duas modalidades de corridas, que juntas somam 28 km. São 8 km de corrida e 20km de bicicleta. O duatlon acontece no dia 27 de julho às 8h30 na Represa Municipal de São José do Rio Preto. Para mais informações, acesse o site www.bensaude. com.br

www.bensaude.com.br


Inverno

Doenรงas de iverno: Previna-se! Com a queda da temperatura, algumas doenรงas se tornam mais frequentes. Conheรงa os sintomas e saiba como se prevenir.


Inverno A temporada de frio chegou. Enquanto as temperaturas diminuem, aumenta o número de casos de doenças alérgicas do sistema respiratório e dos olhos. A exposição à poeira e fungos e a baixa umidade do ar associada à poluição são os principais motivos para que o inverno seja a estação em que a resistência fica mais debilitada. Alguns hábitos podem contribuir para que essas doenças se manifestem. O alergologista Antônio Carlos Buck Marcos explica que as pessoas passam mais tempo em ambientes fechados para se aquecerem no tempo do frio, o que aumenta o contato com outras pessoas que podem estar contaminadas. A exposição aos alérgenos também é maior. “Cobertores e roupas guardadas por muito tempo nos armários acumulam poeira e mofo, que são causadores de alergias”, diz o especialista. Os olhos também sofrem nessa época. O oftalmologista Guy Soares de Sordi afirma que o período de pouca chuva e muito vento é propício para a ocorrência de olhos secos e a transmissão de conjuntivites. ”Os vírus, bactérias e fungos, agentes causadores de alergia, irão circular muito mais fácil pelo ar, aumentando e muito a transmissibilidade”, destaca o médico. Com apenas alguns ajustes na rotina, é possível se proteger e fortalecer o sistema imunológico. 1 – Troque sempre as roupas de cama e prefira edredons a cobertores; 2 – Na hora de limpar os móveis e o chão da casa, utilize um pano úmido para evitar levantar poeira; 3 – Abra as janelas. A ventilação e luminosidade natural ajudam a reduzir a proliferação de ácaros e fungos; 4 – Não fume e evite o contato com a fumaça do cigarro; 5 - Evite aglomerações de pessoas em lugares fechados e pouco arejados; 6 - Lave as mãos várias vezes ao dia para evitar que vírus e bactérias se alojem nessa região; 7 – Pessoas alérgicas não devem usar carpetes, cortinas e tapetes no quarto; 8 – Vacine-se. A vacina antigripal e a antipneumocócica evitam que as doenças se manifestem ou abrandam seus sintomas. A hidratação é um dos pontos mais importantes para se prevenir. No tempo do frio, a transpiração é reduzida e as pessoas sentem menos sede. Porém, é essencial ingerir bastante líquido por conta da baixa umidade do ar, que pode ressecar as vias aéreas. Marcos recomenda que pacientes com sintomas respiratórios utilizem soluções fisiológicas nasais para evitar a piora. O mesmo vale para os olhos. A sensação de olhos secos pode ser tratada com colírios lubrificantes, segundo de Sordi.

09

Confira quais são as doenças mais comuns do inverno: Conjuntivite: É a inflamação da membrana que reveste o globo ocular e o interior das pálpebras. Pode ser causada por reações alérgicas, vírus e bactérias. O olho afetado apresenta inchaço, coceira, vermelhidão e lacrimejamento. Bronquite: É a inflamação dos brônquios, tubos que saem da traqueia e se ligam aos pulmões, levando o ar aos órgãos. Pode ser causada por alergias, vírus, bactérias e substâncias tóxicas, como poluentes. Os brônquios ficam contraídos, o que dificulta a respiração. Gripe: É causada pelo vírus Influenza, que ataca o sistema respiratório e fragiliza as vias aéreas. Para combatê-lo, o sistema imune responde com uma grande carga de anticorpos. Isso causa reação inflamatória que pode ser sentida por todo o corpo, como as dores e a sensação de moleza, próprias da doença. Resfriado: Também prejudica as vias aéreas e apresenta sintomas parecidos com os da gripe, porém menos intensos. É causado por vários tipos de vírus, como o rinovírus, para influenza e alguns tipos de adenovírus. Eles agridem a mucosa nasal e provocam os espirros, a coriza e a congestão. Rinite: É a inflamação da mucosa que reveste o nariz, geralmente causada por alergia à poeira e ao mofo, que provoca coceira, espirros, coriza e congestão nasal. Bactérias, fungos, vírus e elementos não alérgicos, como odores e perfumes fortes, são outros fatores que também podem desencadear a inflamação. Sinusite: É a inflamação dos seios da face, que são as cavidades no interior dos ossos, na região superior do rosto. Pode ser desencadeada por alergias, bactérias, fungos e vírus. Causa dores de cabeça e no rosto, coriza, congestão nasal e alterações no olfato. Pneumonia: É uma inflamação que ocorre nos pulmões, geralmente quando o sistema imune está fragilizado por outro problema, como gripe, tuberculose, entre outros. Vírus, fungos, bactérias e parasitas são os principais causadores da doença. Eles ficam nos alvéolos pulmonares, responsáveis pelas trocas gasosas, e dificultam a respiração.

Serviço: Antonio Carlos Buck Marcos - Alergologista CRM 98769 Guy Soares de Sordi - Oftalmologista CRM 60689 www.


Exercícios

10

Tchibum!!

Hidrobike atrai alunos para exercícios na água em busca da perda de peso. Pedalar dentro d’água é a sensação do momento nas academias. As atividades aquáticas parecem ter caído de vez na lista das queridinhas daqueles que buscam um corpo em forma. Mas o sucesso tem suas razões. Atividades dentro d’água, como hidrobike, além de fazerem bem ao corpo e a mente, poupam as articulações que sofrem menos com os impactos. “Na água o impacto sobre as articulações é mínimo, portanto durante todo o exercício as articulações são protegidas, minimizando o risco de lesões. Além disso, os movimentos são realizados naturalmente, usando como força a própria resistência da água”, explica Monica Reusch Marques, educadora fisica da Academia Swim Gym . A eliminação de peso é o principal motivo que levam alunos em busca dos exercícios de hidrobike. Além do peso, a atividade também auxilia no condicionamento físico e definição muscular. A fisioterapeuta Rosiley Cosenza, ressalta também os benefícios da atividade aquática para o condicionamento cardiorrespiratório e circulação. “Os efeitos fisiológicos da água estimulam a vasodilatação circulatória. A força da água vem de baixo para cima e auxilia o retorno venoso, além da pressão hidrostática que funciona como uma micro-massagem em todo o corpo submerso. Assim, a queima de calorias é maior, não existe a ação da gravidade que facilita os movimentos, mas permanecem os efeitos fisiológicos da água, que por ser quente, leva ao relaxamento generalizado”, ressalta a fisioterapeuta. Indicada para qualquer pessoa que busca qualidade de vida, a prática da hidrobike requer alguns cuidados. “É importante fazer uma alimentação leve até uma hora antes da aula, para que o aluno não sinta mal-estar devido à intensidade do exercício e para que exista o intervalo para a digestão. Beber água potável durante a aula também é importante, pois mesmo estando parcialmente imerso, o corpo libera suor“, aponta Monica Reusch Marques. Monica também chama a atenção para as maneiras de adaptação à bicicleta. “A altura e peso do aluno podem interferir na altura ideal do banco. Em relação às restrições médicas, é sempre importante ter a orientação de um médico de confiança”. www.bensaude.com.br

Uma das primeiras a apostarem nas atividades aquáticas em São José do Rio Preto, Rosiley Cosenza lembra que a hidrobike é uma das principais atividades buscadas pelos alunos.

Serviço: Monica Reusch Marques - Academia Swim Gym Rosiley Cosenza - Fisioterapeuta da Cosenza Fisioterapia


Bebê

11

Os primeiros cuidados com o bebê

O nascimento de uma criança é um momento único e cheio de emoções, mas traz com ela também ansiedades e questionamentos para os pais. Logo que um bebê nasce, a rotina da família passa por uma grande transformação. Levar um ser tão frágil e pequeno para casa, inclui uma série de preocupações. Os primeiros cuidados são essenciais para que a criança tenha um desenvolvimento saudável e feliz. Para ajudar os pais nessa nova etapa, o Bensaúde oferece o curso para gestante “Bem Bebê”. Promovido pela equipe do Setor de Medicina Preventiva do Bensaúde, o curso tem como objetivo ajudar a solucionar as dúvidas relacionadas à gestação e ao bebê. O curso é gratuito e acontece nos meses ímpares, às quintas-feiras das 18h30 às 21h00. A técnica em enfermagem Sueli Dias recomenda o “Bem Bebê” aos pais de primeira viagem. “Com o acompanhamento, a futura mamãe e seus familiares passam a se sentir mais confiantes e preparados para os desafios e descobertas da maternidade”, destaca Sueli Dias. Uma das novidades do curso são as aulas de banho, nelas os pais praticam técnicas adequadas para dar banho no bebê, utilizando bonecas e banheiras. Os pais e acompanhantes aprendem com as dúvidas dos colegas de turma e criam na aula uma rede de apoio.

pescoço e genital. - Secar os ouvidos com hastes flexíveis, passando-as apenas nas dobras das orelhas, sem introduzir; - Limpar as narinas apenas superficialmente. Nunca introduzir nada no nariz do bebê; - As pomadas para prevenção de assaduras devem ser utilizadas com orientação médica; - Shampoos, perfumes, loções e talcos não devem ser utilizados nos primeiros meses para evitar que o bebê inale estes produtos; - Procurar deixar o bebê sempre com meias para que os pés fiquem aquecidos; - O bebê é quem decide qual é a hora certa de mamar, mas procure fazer com que ele se alimente bem todas as vezes para que o espaço de tempo entre as mamadas seja maior. Porém, recomenda-se não ultrapassar o intervalo de 3 horas durante o dia; - Colocar o bebê para arrotar após as mamadas, apoiado no colo da mãe ou outra pessoa, por pelo menos 15 minutos; - Evitar trocar o bebê logo após as mamadas. Caso seja realmente necessário, deverá trocá-lo virando de um lado para o outro, sem elevar as pernas para evitar vômitos.

Confira algumas dicas do Bem Bebê sobre os primeiros cuidados com os recém-nascidos: - Escolher a roupa adequada para o bebê com base no clima. Excesso de roupas pode provocar febre e desidratação; - Ficar atento à temperatura da água na hora do banho. Ela deve estar morna ao toque, ou em torno de 35°C; - Com o bebê sempre em posição em pé, lavar primeiro a cabecinha e secar logo em seguida para mantê-lo aquecido. Depois lavar o corpinho e secar bem nas axilas,

Para auxiliar os novos pais em seus momentos de lazer, o Bensaúde comanda o fraldário do Riopreto Shopping. Ele possui uma estrutura completa com trocador, amamentário, micro-ondas, geladeira e carrinhos de bebê para crianças de até 24 meses de idade. A ação é mais uma forma de amparar e dar segurança aos pais em todos os momentos dessa nova fase. Serviço: Sueli Dias Técnica em Enfermagem do Setor Medicina Preventiva do Bensaúde


12

Tabagismo

Cigarro, BASTA!!! Grupo “Viva Bem Sem Tabaco”: Programa de Incentivo à Cessação do Tabagismo auxilia beneficiários a deixarem o vício.

Mundialmente o cigarro provoca inúmeras doenças e até mesmo a morte, principalmente quando associado a outros fatores de risco como sedentarismo, obesidade, uso de anticoncepcionais, consumo de bebida alcoólica e outros. O consumo do cigarro, seja de forma esporádica ou a dependência propriamente dita, inicia-se geralmente na adolescência ou início da fase adulta. “Hoje, em virtude do acesso à informação e das campanhas de sensibilização dos prejuízos impostos pelo cigarro, houve uma diminuição da incidência de jovens fumantes, mas ainda é grande o número daqueles que começam a fumar nessa fase”, analisa a psicóloga Flávia Mazocato. Para ajudar aqueles que querem deixar o vício do cigarro, o Setor de Medicina Preventiva do Bensaúde criou em 2012 o grupo “Viva Bem Sem Tabaco”: Programa de Incentivo à Cessação do Tabagismo. “No grupo são compartilhadas histórias pessoais de cada um e sua relação com o cigarro ao longo da vida. Há aqueles que ainda não pararam e pensam em parar de fumar, há os que pararam e os que já recaíram em tentativas anteriores. Eles contam as tentativas frustradas, as dificuldades em parar, como contornam a falta do cigarro e o que os motiva nessa tentativa”, ressalta a psicóloga. Para Flávia, trocar experiências bem sucedidas ou não, faz com que as pessoas não se sintam sozinhas e permite compreender que a cessação é um processo que exige muita motivação e disciplina. A identificação com outras pessoas que passam pelas mesmas dificuldades é um motivador e possibilita a identificação de estratégias que ainda não tenham tentado. www.bensaude.com.br

Para os profissionais envolvidos, o desejo de parar de fumar é o que determina a busca por ajuda. Sem o desejo pessoal, não haverá a cessação. O surgimento de uma doença, os riscos à saúde, a cobrança social ou familiar não são suficientes para a pessoa parar de fumar. Parar de fumar não é uma tarefa fácil, a chance de sucesso está diretamente relacionada à motivação pessoal e à persistência do tabagista em saber lidar com a fissura (desejo intenso de fumar) nos primeiros dias e com os sintomas da abstinência como a alteração do humor, irritabilidade, alteração do sono, dor de cabeça, malestar e outros. “O acompanhamento individual é útil no processo, pois aumenta a chance de sucesso, já que o profissional ajuda a identificar os momentos mais difíceis em resistir ao cigarro. Os gatilhos associados ao ato de fumar e as formas mais eficazes de contornar estes momentos. O apoio da família e de amigos também é muito importante para o tabagista em processo de cessação, seja para incentivar e ajudar nas primeiras semanas, como também para entender as mudanças de humor tão comuns nas primeiras semanas”, conclui Flávia Mazocato. O programa de incentivo à cessação do tabagismo do Setor de Medicina Preventiva do Bensaúde já atendeu cerca de 40 beneficiários. Podem participar qualquer beneficiário tabagista do Bensaúde, seja ele encaminhado por algum médico ou por procura espontânea. Os interessados devem fazer contato pelo fone 3214-6490; email medicinapreventiva. medicinapreventiva@bensaude.com.br ou atendimento na Unidade Rua Redentora, 3140 – Redentora - São José do Rio Preto - SP Serviço: Flávia Mazocato - Psicóloga do Setor de Medicina Preventiva do Bensaúde


Reeducação

13

Programa do Bensaúde incentiva colaboradores a entrarem em forma com saúde. Metabolismo desregulado, deficiência de nutrientes, sedentarismo, excesso de peso, indisposição e outras tantas dificuldades são resultados da negligência com a alimentação correta e atividade física. Para auxiliar seus colaboradores, o Setor de Medicina Preventiva do Bensaúde criou o grupo “Bem em forma”. “O grupo tem como objetivo incentivar o emagrecimento através da mudança de comportamentos alimentares que estimulem a adoção de uma vida mais saudável” explica a nutricionista Marina Barbosa Alexandre, que comanda o projeto. Já dizia o ditado: “a união faz a força”. Criando uma rede de apoio, o “Bem em forma” é dividido em dois grupos que mensalmente comparam os ganhos, perda de peso e de medidas. “O principal objetivo do grupo é que cada participante auxilie no processo de emagrecimento fazendo com que um observe o outro nas atitudes “não muito saudáveis”, corrigindo os erros alimentares um do outro e contribuindo para um melhor resultado”, destaca a nutricionista. Perda de peso, alimentação balanceada e a saúde em primeiro lugar. Para garantir que todo o processo seja realizado de forma saudável, profissionais do Setor de Medicina Preventiva do Bensaúde acompanham todas as etapas do programa em que 38 colaboradores participam. As dúvidas são sanadas a qualquer momento que o colaborador sentir necessidade, seja através de email, pessoalmente ou por telefone. Mensalmente os participantes passam por uma avaliação nutricional para identificar as dificuldades, conhecer os possíveis erros e modificar o planejamento alimentar. Semanalmente a atividade física também é estimulada. O grupo participa de aulas de ginástica funcional supervisionadas por uma educadora física. Desde o surgimento, em novembro de 2013, os dois grupos participantes do “Bem em forma somam 71,6kg

perdidos e muitos benefícios conquistados. “Todas as pessoas participantes do programa, sem exceção, identificaram alguma melhora na qualidade do sono, redução das dores pelo corpo (coluna, joelho e pé), digestão, redução da hipoglicemia e outros”, finaliza a nutricionista.

A união faz a força Conheça as regras do “Bem em forma” e aproveite para juntar seus amigos e, unidos, buscarem a boa forma e saúde. Não deixe de ter acompanhamento profissional. • Quem atingir a meta de 0,5kg por semana, ganha um lanche saudável, oferecido pelas lojas de produtos naturais parceiras; • Quem ganha peso deve doar um alimento não perecível de acordo com o total de peso ganho. Ex: caso tenha ganhado 100g deverá doar 1L de leite, caso tenha ganhado 200g deverá doar 1 pacote de macarrão e assim sucessivamente; • Os alimentos são doados para uma família ou instituição carente no decorrer do projeto. www.bensaude.com.br


Bensaúde News

14 Dia Mundial do Rim

Com o tema “01 EM 10. O RIM ENVELHECE ASSIM COMO NÓS.”, o Dia Mundial do Rim foi lembrado no dia 14/03/2014 pelo Bensaúde em uma ação no Riopreto Shopping. A equipe do Setor de Medicina Preventiva orientou o público presente sobre a prevenção e cuidados com os rins. A doença renal no Brasil e no Mundo vem atingindo níveis alarmantes. Informação e acompanhamento médico são as principais formas de combate à doença. Causada principalmente por diabetes, hipertensão arterial e glomeruronefrite, a doença renal deve ser prevenida. Durante a ação no Riopreto Shopping, o Bensaúde também aferiu a pressão e distribuiu panfletos informativos.

Bem Saudável

Os beneficiários participantes do grupo “Bem Saudável” do Setor de Medicina Preventiva do Bensaúde participaram no dia 9 de abril de uma confraternização de encerramento do curso. Na ocasião, eles também receberam os certificados de participação.

Dia Viva Bem

O mês de abril contou com mais uma edição do “Dia Viva Bem” do Setor de Medicina Preventiva do Bensaúde, realizado no dia 25 em comemoração ao Dia Nacional de Prevenção e Combate à Hipertensão Arterial. O dia dedicado à saúde contou com uma palestra da cardiologista Dra. Gracia Helena Thevenard com o tema: “Diminuindo os Riscos Cardiovasculares”. Os profissionais da equipe verificaram o peso corporal, a glicemia capilar e a pressão arterial dos beneficiários presentes.

Pratas da Casa

No dia 12 de abril o Bensaúde reuniu seus colaboradores em uma linda chácara de São José do Rio Preto para o “Prata da Casa”. O sábado foi de confraternização e gincanas. Os presentes apresentaram suas habilidades em artes manuais e corporais e participaram de atividades.

Dia das Mães

O Bensaúde organizou uma comemoração especial para suas colaboradoras pelo Dia das Mães. No dia 9 de maio, o grupo de mães se reuniu nas duas unidades do Bensaúde para um café da manhã e um café da tarde. Na ocasião, as mulheres foram surpreendidas com um vídeo de homenagens e com presentes que traziam a foto dos filhos de cada uma.

Palestra

O Curso Bem Bebê do Setor de Medicina Preventiva do Bensaúde orienta futuros pais e tira dúvidas recorrentes à gestação e ao bebê. No decorrer do curso são ministradas algumas palestras. No mês de maio, o pediatra nutrólogo Dr. Antônio Carlos Tonelli Gusson participou de um bate-papo descontraído e enriquecedor. www.bensaude.com.br


Edição junho 2014 bensaúde em revista 01  
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you