Issuu on Google+

Publicação semanal produzida pelos estagiários da Agência Experimental do curso de Comunicação Social da Ulbra/Canoas. Hellen Borges e Juliano Vieira (textos).

ANO 4 - NÚMERO 10

18 A 25 DE JUNHO DE 2012

Zero Hora seleciona aluno de jornalismo para o “Primeira Pauta” Começa neste domingo, 17 de junho, a quarta edição do concurso Primeira Pauta ZH, que seleciona um estudante de jornalismo, cursando do 1º ao 7º semestre, para integrar uma equipe de Zero Hora e participar de uma cobertura jornalística, incluindo participação no planejamento, produção e realização da reportagem. Para participar, é preciso acessar o site de Zero Hora e responder à pergunta: que impacto as plataformas digitais têm na profissão de jornalista? Os autores das dez melhores respostas receberão um novo tema para desenvolver. Editores de ZH escolherão quatro finalistas e uma votação popular elegerá o quinto, dos quais sairá um vencedor. As inscrições vão até o dia 30 de junho. O vencedor da edição de 2010 do Primeira Pauta, foi o estudante de Jornalismo da ULBRA, Álvaro Andrade, que está comemorando o início da carreira como repórter da Rádio Gaúcha.

10ª edição confirma sucesso do Entre Linhas FOTOS DIVULGAÇÃO

O curso de Comunicação Social - Relações Públicas da ULBRA realizou na noite de quinta-feira,14, a décima edição do Entre Linhas, evento que tem o intuito de aproximar os autores dessa área com os alunos da Universidade. O encontro ocorreu em parceria com o Centro Cultural CEEE Erico Verissimo e teve como palestrante Flávio Schmidt, presidente do Conselho Federal de Relações Públicas (CONFERP) e escritor do livro “Do ponto de vista de Relações Públicas”. Schmidt abordou o tema “A evolução e os desafios do RP na sociedade contemporânea”. Para o coordenador do curso de Relações Públicas da ULBRA, Gustavo Becker, a abordagem desse tipo de tema enriquece o currículo do aluno. “Com esta interação, o aluno sai ganhando com o aprendizado e, também, adquire uma atividade extra de qualidade”, ressaltou. Garantindo praticar RP até na sua própria casa, Schmidt começou a palestra trazendo o olhar do profissional de relações públicas sobre os principais fatos das duas últimas décadas. “Houve tanta mudança neste período, que as empresas perderam a identidade”, destaca. Assuntos como globalização, bug do milênio, Código de Defesa do Consumi-

Gustavo Becker, coordenador do curso, Maria Inês Möllmann, debatedora e Schmidt, palestrante

dor, atentado às Torres Gêmeas, a eleição de Lula, comunicação digital e as transformações que tudo isso trouxe ao mundo, foram abordados por Schmidt. Como debatedora, foi convidada Maria Inês Möllmann, sócia-gerente da assessoria Influence. Maria Inês propôs um debate sobre o futuro, e Schmidt demonstrou acreditar que o mercado está favorável aos relações públicas, mas garante que os princípios básicos sempre serão os mesmos: “Os fundamentos de relações públicas nunca mudarão. Temos que fa-

vorecer os clientes e harmonizar os conflitos. A primeira tarefa do RP é entender o problema do cliente”. Ao encerrar sua participação, o palestrante deixou um conselho para os acadêmicos: “Nunca esqueçam o que aprenderam na universidade. Um bom profissional não se curva totalmente ao mercado”. Fechando os trabalhos, Becker aproveitou a oportunidade para reafirmar a sequência do Entre Linhas e já deixar todos convidados para a próxima edição.


Informativo Agex n.º 10