Page 1

JUL

2017 ANO 22  Nº 263 Prefeitura do Recife Secretaria de Cultura Fundação de Cultura


pprefeitura do recife Prefeito do Recife Geraldo Júlio Vice-prefeito do Recife Luciano Siqueira Secretária de Cultura Leda Alves Fundação de Cultura Cidade do Recife Presidente Diego Rocha Gerente Geral de Administração e Finanças: Edelaine Britto Gerente Geral de Ações Culturais e Infraestrutura Sílvio Sérgio Dantas Gerente de Desenvolvimento e Descentralização Cultural Iana Cláudia Marques Agenda Cultural Editor Manoel Constantino Repórteres Anax Botelho, Erika Fraga e Jaciana Sobrinho Equipe Gerencial Christina Simão e Jacqueline Moraes Versão online Jacqueline Moraes Projeto Gráfico Estúdio Vivo | Fernanda Lisboa e Matheus Barbosa Diagramação Lúcia Rodrigues Capa Lúcia Roddrigues, Adélia Collier | Foto: Buraco, por Renato Mangolin

Cais do Apolo, 925, 15º andar, Bairro do Recife Recife-PE CEP 50030 230 Telefone 81 3355 8065 Fax 81 3355 8810 agendaculturaldorecife@gmail.com www.recife.pe.gov.br/agendacultural www.agendaculturaldorecife.blogspot.com Twitter @agendaculturall

Programação sujeita a alteração. Por favor, confirmar. Sugestões de pauta devem ser enviadas até o dia 15.


FÉRIAS NO RECIFE, UM TEMPO FÉRTIL Férias escolares tem vários significados e muita gente busca cumprir metas muitas vezes estabelecidas um ano atrás mas há aqueles que, por diversas circunstâncias, preferem utilizar o recesso escolar para oferecer aos filhos entretenimento aliado ao conhecimento, mas sempre focado na ludicidade e na alegria de suas crianças. Assim, profissionais preparam um leque de serviços, desde a oferta de oficinas de artes aos programas culturais, tais como, levar os filhos ao teatro. E Recife oferece em julho um festival dedicado exclusivamente à linguagem para a infância. Assim, as férias de suas crianças podem ser bem divertidas, com as histórias e personagens que abrem as cortinas dos teatros da nossa cidade, com uma programação para o mês inteiro. Com apoio da Prefeitura do Recife, a Métron Produções, sob a batuta de Edivane Bactista e Ruy Aguiar, as portas dos teatros estão abertas para 14º Festival de Teatro para Crianças de Pernambuco que acontece de 1º a 30 de julho, que desta feita, presta homenagem a atriz Cira Ramos, uma dama Teatro do Pernambucano que trabalha no mercado das artes cênicas há 39 anos, atuando como atriz, gestora pública, diretora teatral, locutora, dubladora e preparadora de elenco. No teatro para infância e juventude, tem notório reconhecimento, pois ao longo da sua trajetória profissional, participou de grandes referências de qualidade no teatro para Crianças em Pernambuco, dentre eles: Maria Borralheira e O rei Arthur e os cavaleiros da Távola Redonda (Papagaios Produções), Avoar (TTTrês Produções Artísticas), A Ver Estrelas (Adriana Falcão / Alexandre Alencar), Caxuxa (Grupo ou Entra no Tom ou sai da Música), Peter Pan no Circo do Chocolate (Chocolate Produções). O convite está feito, faça dessas férias de julho um canteiro fértil de novas aventuras para suas crianças, seja através de oficinas de arte ou vivenciando com seus filhos a mágica viagem no mundo do teatro. Manoel Constantino Editor

Por trás das Cortinas 4 Artes Cênicas 6 Música 15 Circulando 21 Artes Visuais 30 Cinema e Vídeo 38 Giro Literário 41 Cursos e Concursos 50 Serviços 52


POR TRÁS DAS C0RTINAS Por Manoel Constantino

TV Teatro PE fomenta a solidificação e reconhecimento do teatro pernambucano A arte cênica é uma das áreas de expressão artística das mais antigas e por ser uma arte presentificada, que se torna completa com a presença física do público, é a que mais sofre transformações no que diz respeito à conquista de um público permanente e fiel. De tempos em tempos, se fala da crise do teatro e, de crise em crise, a arte da interpretação sobrevive há séculos, comovendo plateias das mais diversificadas e de todas as classes sociais e assim, ela se renova e conquista espaços dos mais nobres aos mais alternativos, inclusive as ruas das cidades. Um dos espaços que hoje vem sendo utilizado pelos artistas teatreiros, são as mídias sociais e que, de alguma forma, se transformam em canais de divulgação e contato com o público.

4  JUL 2017


Com o intuito de abrir espaços para os artistas das artes cênicas, o diretor e dramaturgo Ivaldo Cunha Filho, um eterno guerreiro do teatro pernambucano, ao lado de Helena Siqueira, criaram um canal, a TV Teatro PE, que desde 2012 vem contribuindo para a solidificação e construção do teatro pernambucano. TV Teatro PE A TV Teatro PE é um canal Web produzido pelo diretor e dramaturgo Ivaldo Cunha Filho e pela produtora Helena Siqueira com o objetivo de valorizar e dar visibilidade às produções artísticas de Pernambuco. Implementado em 2012, na plataforma Youtube, o espaço focou, inicialmente, o registro de produções teatrais para adultos e também infanto-juvenis, incluindo entrevistas com elenco e trechos de espetáculos. Aos poucos, abriu espaço para coberturas de eventos relevantes para as artes cênicas e entrevistas especiais com diretores e produtores locais, de forma a promover a reflexão sobre os desafios do teatro no estado. Em seu atual formato, a TV Teatro PE possui ainda quadros de debates, no formato mesa redonda, e esquetes humorísticos sobre os bastidores do universo cênico, além de especiais sobre artistas de outros estados que trazem seu trabalho a Pernambuco. A iniciativa serve também como registro do que vem sendo produzido no estado e como referência para pesquisas em vídeo sobre as atuais tendências do teatro pernambucano e seus representantes. Como uma vertente da TV Teatro PE, foi criado, em 2016, o canal Papo Reto, que aprofunda o teor crítico dos debates e contempla várias áreas de discussão, levando à web vídeos baseados nos principais temas em pauta de jornais locais e nacionais. Na equipe de atores fixo na tvteatrope temos: Anderson Leite,Vanessa Sueidy,Faby Jordane, Anayra Bandeira e Beatriz Siqueira. Quem desejar entrar em contato com Ivaldo Cunha e

sua equipe: ivaldocineteatro@yahoo.com.br

POR TRÁS DAS CORTINAS

5


ARTES CÊNICAS O Tempo Perguntou ao Tempo Foto Flora Pimentel

Projeto Pintando o 7 movimenta as férias com espetáculos e workshops de dança para crianças Nos meses de julho e agosto o projeto Pintando o 7 ocupa três fins de semana com muita ludicidade e criatividade. Três companhias de diferentes regiões do país realizam nove apresentações de espetáculos de dança para crianças - sendo duas coproduções internacionais Portugal e Alemanha, além de desenvolverem atividades pedagógicas com vivências que envolvem pais e filhos numa só brincadeira. Além da formação do público jovem para o futuro, o objetivo do projeto é fomentar o desenvolvimento de atividades artísticas voltadas para o público infantil, proporcionando à criança a experiência

6  JUL 2017


com diferentes tipos de estéticas para estimular o senso crítico, estético e criativo, agregando a prática artística ao trabalho educativo. No primeiro fim de semana (21, 22 e 23 de julho) o público poderá conferir as apresentações da Companhia de Danças de Diadema (SP), com a montagem A Mão do Meio Sinfonia Lúdica, uma história sobre o nascimento, a descoberta do corpo e da vida, e também, sobre as diferenças. Já nos dias 28, 29 e 30 de julho será a vez da coprodução Brasil/Portugal O Tempo Perguntou ao Tempo, do Grupo Acaso (PE). O espetáculo faz uma viagem lúdica ao mundo das parlendas, cantigas e brincadeiras de infância em comum entre os dois países, trazendo personagens caricatos e cômicos, como uma menina vestida nas roupas da mãe, lesmas bailarinas e um sapo, que costuram essa história musical e de memórias afetivas. Finalizando o projeto Pintando o 7, já no mês de agosto, a Cia. Elisabete Finger (PR) apresenta nos dias 4, 5 e 6 o espetáculo Buraco, um trabalho em coprodução com a Alemanha. No palco, os artistas mostram as perspectivas do que é um buraco: uma relação entre dentro e fora do corpo, entre diferentes corpos, entre diferentes materiais. São frestas, vazamentos, são passagens para outros lugares, são portais para outros mundos. Todos os espetáculos acontecem nas sextas e sábados, às 16h, e domingos, às 10h, com classificação livre e ingressos à preço popular R$ 10 (inteira) e R$ 5 (meia). Os ingressos para todos os espetáculos estarão à venda na bilheteria da Caixa Cultura Recife à partir das 10 horas da quinta feira que antecede o espetáculo. Pintando o 7 De 21 de julho a 6 de agosto Caixa Cultural Recife - Av. Alfredo Lisboa, Informações: 81. 3097.5268 l info@fervoprojetos.com

ARTES CÊNICAS

7


PROGRAMAÇÃO ESPETÁCULOS

60min. Indicação: Livre

Público Alvo: Crianças de 4 a 12 anos acompanhadas dos pais ou adulto. Vagas: 20(10 crianças, 10 adultos) Trajes: Usar roupas leves e flexíveis para esta oficina. Inscrições: de 13 a 18 de julho Publicação da lista de participantes no facebook da CAIXA Cultural: 20 de julho

O Tempo Perguntou ao Tempo

Brincando de Danças Urbanas

28, 29 e 30 Sex e Sáb  16h e Dom 10h Teatro da Caixa Cultural Recife

27  15h às 17h

A Mão do Meio - Sinfonia Lúdica 21, 22 e 23 Sex e Sáb  16h e Dom 10h Teatro da Caixa Cultural Recife Ingressos: R$ 10 e R$ 5

Ingressos: R$ 10 e R$ 5 55min. Indicação: Livre

Buraco 4/8, 5/8 e 6/8 Sex e Sáb  16h e Dom 10h Teatro da Caixa Cultural Recife Ingressos: R$ 10 e R$ 5 45min. Indicação: Livre

Pintando o 7 pedagógico O projeto pretende ultrapassar a experiência do palco e proporcionar para o público uma oportunidade de vivenciarem, juntos, um momento educativo e de diversão. Pais e filhos poderão participar de workshops desenvolvidos pelas companhias convidadas. As inscrições são gratuitas e devem ser realizadas na Caixa Cultural com a equipe do programa educativo Gente Arteira através do e-mail gentearteirape@gmail.com, em datas pré-estabelecidas (confira abaixo). O número de vagas é limitado. Mais informações: (81) 3425.1906.

Workshops Dança Contemporânea e Jogos Lúdicos 22  13h às 15h

Companhia de Danças de Diadema (SP) Orientadores: Ana Bottosso e Ton Carbones Gratuito

8  JUL 2017

Grupo Acaso (PE) Orientadores: Hulli Cavalcanti, Anderson Dimas e Ayrton Tavares Gratuito Vagas: 20 (10 crianças, 10 adultos) Trajes:Usar roupas leves e flexíveis para esta oficina Inscrições: de 19 a 23 de julho Publicação da lista no facebook da CAIXA Cultural: 24 de julho

Jornada ao Interior do Buraco 5/8  17h30 às 18h30 6/8  11h15 às 12h15

Elisabete Finger (Brasil/Alemanha) Orientadores: Jamil Cardoso e Priscila Maia Gratuito *Encontros realizados após as sessões dos espetáculos Público Alvo: crianças de 04 a 12 anos, acompanhadas por seus pais ou adulto. Vagas: 15 (crianças acompanhadas pelos pais ou responsáveis) Inscrições: na bilheteria da CAIXA Cultural a partir de uma hora antes do início do espetáculo


Foto Pedro Portugal

Sebastiana e Severina

14º Festival de Teatro para Crianças de Pernambuco 1 a 30 16h30 Ingressos: R$20,00 (Inteira) e R$10,00 (Crianças a partir de 02 anos, estudante e boa idade) Informações: (81) 988590777 / 994180025

Homenagem a Cira Ramos, uma dama Teatro do Pernambucano. Trabalha no mercado das artes cênicas há 39 anos, atuando como atriz, gestora pública, diretora teatral, locutora, dubladora e preparadora de elenco. No teatro para infância e juventude, tem notório reconhecimento, pois ao longo da sua trajetória profissional, participou de grandes referências de qualidade no teatro para Crianças em Pernambuco, dentre eles: Maria Borralheira (Papagaios Produções), Avoar (TTTrês Produções Artísticas), A Ver Estrelas(Adriana Falcão / Alexandre Alencar), Caxuxa (Grupo ou Entra no Tom ou sai da Música), Peter Pan no Circo do Chocolate (Chocolate Produções). Cira Ramos é apaixonada por boas histórias contadas por meio do teatro, e para ela, isso o teatro para crianças é fundamental na formação ARTES CÊNICAS

9


de um público crítico e apreciador de boas histórias.

TEATRO DE SANTA ISABEL (Praça da República)

29 e 30 Ariel, Uma História dos 7 Mares (Humantoche Produções – Paulista/PE)

TEATRO BARRETO JÚNIOR

1e2

(Paulista North Way Shopping)

Sebastiana e Severina

15 e 16

(Teatro de Kamikaze – Recife / PE)

Três Contos Mágicos

8e9

(Humantoche Produções – Paulista/PE)

Pinóquio e suas Desventuras

22 e 23

(Cênicas Cia. de Repertório – Recife/PE)

Branca de Neve

15 e 16

(Humantoche Produções – Paulista/PE)

Meu Reino Por Um Drama

29 e 30

(Métron Produções – Recife/PE)

22 e 23 O Pequeno Príncipe (Cia. do Riso – Recife/PE)

TEATRO LUIZ MENDONÇA

Malévola e Aurora em Uma Bela Adormecida (Capibaribe Produções – Recife/PE)

TEATRO EXPERIMENTAL ROBERTO COSTA (Paulista North Way Shopping)

(Parque Dona Lindu / Boa Viagem)

08 e 09

1e2

A Bicharada

João e o Pé de Feijão

(Grupo Tam-Tam de Teatro – Paulista/PE)

(Capibaribe Produções – Recife/PE)

15 e 16

8e9

Malévola e Aurora em Uma Bela Adormecida

Três Contos Mágicos (Humantoche Produções – Paulista/PE)

15 e 16 Pluft, o Fantasminha (Cênicas Cia de Repertório – Recife/PE)

22 e 23 O Fantástico Mistério da Feiurinha (Cia Individual de Teatro – Recife/PE)

10  JUL 2017

(Capibaribe Produções – Recife/PE)

22 e 23 João e o Pé de Feijão (Capibaribe Produções – Recife/PE)

29 e 30 Os 3 Super Porquinhos (Roberto Costa Produções – Paulista/PE)


Foto Erik Almeida

Norival Rizzo, interpretando Freud; Cassio Scapin, como Salvador Dalí; Érica Montanheiro, vivendo uma misteriosa mulher, e Milton Levy, como Yarruda, um médico judeu. O ator Rubens Caribé poderá substituir Cassio em algumas sessões.

8  21h e 9 19h Teatro RioMar Av. República do Líbano, 251, 4º piso – RioMar Shopping Classificação: 14 anos | Duração: 115 minutos Ingressos: Plateia Baixa R$ 120 (inteira) e R$ 60 (meia) Plateia Alta - R$ 100 (inteira) e R$ 50 (meia) Balcão - R$ 80 (inteira) e R$ 40 (meia) *Canais de vendas oficiais: bilheteria do Teatro RioMar Recife (terça a sábado, das 12h às 21h, e domingos e feriados, das 14h às 20h) Vendas online: www.ingressorapido.com. br | Televendas: 4003-1212

“Um encontro entre Freud e Dalí, realmente, só poderia terminar em uma imensa histeria”, brinca Jô Soares, que completa 59 anos de trajetória artística e mergulhou no relacionamento improvável entre o pai da psicanálise e o mestre do surrealismo para dar forma à comédia “Histeria”, do autor britânico Terry Johnson. O espetáculo, escrito em 1933, marca o retorno de Jô Soares à direção teatral. No elenco estão

Foto Divulgação

Histeria

Espetáculo Sons e Sonidos 11  20h Teatro Barreto Júnior R. Est. Jeremias Bastos - Pina, Recife Ingresso: R$30 (antecipado até o dia 10/07)no Studio Aire R$ 60 (inteira) e R$30 (meia) no dia do show. Vendas e informações: (81) 98527.0474

O Flamenco, patrimônio cultural da humanidade, possui admiradores em todos os lugares do mundo e no Recife vem crescendo cada dia mais. A Cia Karina Leiro difundiu mais este dança por aqui e agora, junto com o Studio Aire traz o espetáculo de música e dança flamenca “Sons e Sonidos” com a bailarina Yara Castro e músico Fernando de La Rua, ambos radicados em Madrid, ao longo ARTES CÊNICAS

11


de 20 anos. Durante uma hora, será dançado com música ao vivo, tendo Fernando de La Rua (guitarra flamenca), Mek Natividade (percussão) e Bruno Lopes (baixo elétrico).

político nacional. Francisco Everardo Oliveira Silva, o Tiririca, promete arrancar boas risadas do público com histórias da sua infância, da época em que trabalhava no circo, onde atuava como palhaço, trapezista e mágica; o sucesso Florentina, que vendeu mais de 1,5 milhão de cópias, além de claro, comentários sobre a carreira na política.

Foto Divulgação

Astana Ballet

Tiririca - Minha História 15  21h30 Teatro Guararapes Centro de Convenções de Pernambuco 3182.8020 Classificação: livre Plateia - R$ 94 (inteira) e R$ 47 (meia) Balcão -R$ 84 (inteira) e R$ 42 (meia)

14  21h Teatro Guararapes Centro de Convenções de Pernambuco Informações: (81) 3182.8020 Duração: 120 minutos (já com intervalos) | Classificação: Livre Ingressos: Plateia Especial: R$ 124 (inteira) e R$ 62 (meia) Plateia: R$ 104 (inteira) e R$ 52 (meia) Balcão: R$ 84 (inteira) e R$ 42 (meia) * À venda na bilheteria do teatro, lojas Ticketfolia e www.eventim.com.br

Aclamado na Ásia e Europa, o Astana Ballet, do Cazaquistão, faz sua primeira turnê pelo Brasil. As tradicionais danças Kazakh e as coreografias em estilo clássico e neoclássico estão no repertório do grupo. No Recife, o Astana apresenta programa que Fenômeno de público por onde pascontempla os balés “Love Fear Loss”, sa, Tiririca volta a Pernambuco com inspirado em Edith Piaf , “Gaia”, soo espetáculo “Minha História”, no bre os elementos que regem a Terra, qual repassa momentos marcantes e “Diversity”, que remete à evolue engraçados da sua vida, incluindo ção do balé. As tradicionais danças comentários sobre a carreira política Kazakh também estão no repertóenquanto deputado federal. A monrio. Fundada em 2012 na cidade de tagem é repleta de músicas, piadas, Astana, a companhia tem como direesquetes e brincadeiras, além de crítor artístico e coreógrafo residente o ticas bem-humoradas sobre o cenário

12  JUL 2017


Foto Divulgação

brasileiro Ricardo Amarante, que já foi solista do Royal Ballet of Flanders, na Bélgica, e montou várias de suas obras para escolas e companhias pelo mundo, a exemplo de balés em Londres e na Alemanha.

mulheres do Casaquistão. Misteriosas, orgulhosas, preocupadas com a família e com a preservação do planeta. consultório pelo pintor Salvador Dalí. “Achei que era uma fantasia da cabeça do autor, mas é tudo baseado em fatos. Poucos sabem da conexão entre essas duas personalidades”, relata Jô, que conheceu o texto na montagem dirigida por John Malkovich, em Paris, e logo correu atrás da compra dos direitos.

Love Fear Loss Um balé inspirado na gloriosa vida de Edith Piaf e suas canções. Em cada ‘pas de deux’, as diferentes fases de As danças típicas refletem a riqueza um relacionamento. A música de Piaf de tradições populares: multifaceé um reflexo completo de nossas vitadas e vibrantes. Música expressidas; canções de amor que conquistava, imagens artísticas, movimentos ram o mundo. O “Hymne à l’amour” plásticos impressionam em cada reflete o sentimento ao início de um performance. Na dança Arular, interrelacionamento. Após seu casamento, pretada por mulheres, gestos suaves, as discussões e o medo da solidão movimentos discretos, olhos e mãos eram presentes na maioria das canem destaque. A dança masculina traz ções. Um exemplo foi a hipnotizante movimentos expressivos e vitais; as interpretação de “Ne me quitte pas”. posições dos dançarinos reproduzem Com a trágica perda de seu amante, o voo majestoso dos pássaros e a rá“Mon Dieu” foi uma das músicas mais pida cavalgada. A águia e os cavalos comoventes. Edith era um espelho da foram símbolos da liberdade para os vida de todos. Ao som de um piano, nômades. A dança narra a grandiosiao vivo, três sentimentos. As letras e dade da população, seu poder vital e a voz de Piaf se fazem presentes na destreza. Por fim, a AssemKonyr é um emoção e interpretação de cada casal. retrato poético inspirado nas belas

Danças Nacionais Kazakh

ARTES CÊNICAS

13


Foto Divulgação

Foto Divulgação

Gaia

Diversity

Na antiguidade, os sábios acreditavam que o mundo era formado por quatro elementos básicos: água, terra, fogo e ar, o que explicava a dinâmica do universo. Outro elemento importante para a continuação da vida são as matas e florestas. Sem a maior fonte de energia, o Sol, a Terra não sobrevive, não há verde, não há vida. “Gaia” propõe que os organismos interagem com seu ambiente inorgânico na Terra para formar um sistema autorregulador e complexo que ajuda a manter as condições de vida no planeta. O que são esses organismos? Entidades espirituais, fadas relacionadas aos elementos da natureza que desempenham tarefas muito importantes. Fadas que trabalham e dançam de acordo com as águas, voam como o vento, brilham como fogo, purificam como verde e são tão fortes como a Terra.

Desde o início dos tempos, o balé encantou e tocou muitos corações. A evolução nas artes, esportes, estilo de vida, pensamentos, maneiras de trabalhar e agir causou grande mudança visual, musical e física em nosso modo de dançar. De todas as partes surgiram diversos artistas, em épocas e culturas diferentes, tornando nosso mundo melhor e mais interessante para viver. “Diversity” nos transporta a uma grande jornada ao mundo do balé, com compositores e trajes de épocas diferentes. A evolução aconteceu, no entanto, o balé permanece puro e romântico - pode ser elegante, poderoso, neoclássico, moderno e contemporâneo como o mundo de hoje, cheio de diversidade.

14  JUL 2017


MÚSICA

Projeto Terreiro Musical recebe o grupo “Bate o Ganzá” A segunda edição do Projeto Terreiro Musical do Centro de Capoeira São Salomão (Ponto de Cultura) encerrará as programações de aniversário do São Salomão, que este mês completa de 20 anos de fundação. Nesta edição o Terreiro Musical, no balanço dos tradicionais “Acorda Povo” do Recife, traz o grupo de coco Bate o Ganzá. O evento será no dia 1º de julho, às 20h. Com a formação básica de quatro percussões e três vozes, o grupo Bate o Ganzá, formado em 2011 no bairro da Várzea, procura resgatar a tradição dos antigos mestres de coco sobre o enfoque inovador, tendo como referência dois grandes mestres de nossa cultura popular: Seu Dida (Coquista e fundador da Burra da Várzea), e Zé Neguinho do Coco (Casa Amarela). O Terreiro musical contará também com uma feirinha de comedoria e artesanato, além de cerveja artesanal e do Bistrô “Café com Ginga”. A entrada custa R$ 15,00 (preço único).

foto Divulgação

Terreiro Musical com Bate o Ganzá 1º   20h Centro de Capoeira São Salomão Rua Amaro Gomes Poroca, 267, Várzea, R$ 15 (81)99172.1957 (Dani Gouveia) | (81 99761.6984 (Gabi Apolonio) Utilidade: Linhas de ônibus que passam por lá: 202 - Barro/ Macaxeira (Várzea); 522- Dois Irmãos Rui Barbosa; 302 - Ti Tip/ Caxangá. Linhas de Ônibus que deixam próximo: CDU Várzea (Praça da Várzea); CDU Boa Viagem (CFiCH); Rio Doce CDU (CFiCH); Casa Amarela CDU (CFiCH)

MÚSICA

15


Festival de Música Instrumental Conservatório Pernambucano de Música Av. João de Barros, 594 - Santo Amaro Estúdio/Auditório Cussy de Almeida Gratuito

1  17h Zé Filho Trio (PB) Henrique Albino Trio (PE)

2 17h

Foto Divulgação

Noise Viola (PE) 31 19h30 Recital de Piano - Maria Clara e Elyanna Caldas

Flávio Venturini 6 e 7  21h Teatro de Santa Isabel Pradça da república, s/n - Santo Antônio Ingressos: R$ 100 (Inteira) e R$ 50 (Meia) - à venda na Bilheteria do teatro e pelo site ​www.compreingressos.com

O cantor, compositor e instrumentista Flávio Venturini chega ao Recife para apresentar o novo Paisagens

16  JUL 2017

Sonoras. O show mostra sucessos da carreira do mineiro e um pouco das suas diversas influências, além de contar ainda com as participações dos pernambucanos Almério (6) e Nando Lauria (7). Durante as duas noites o público poderá conferir músicas como “Todo azul do mar”, “Noites com Sol”, “Pierrot”, e a versão em inglês para o hit “Nascente”. As apresentações vão contar também com temas instrumentais, sempre presentes na sua carreira. O guitarrista Augusto Rennó vai acompanhar Venturini no palco. Em sua trajetória como cantor, pianista e arranjador, Venturini vendeu mais de 1 milhão de cópias em 25 álbuns, com inúmeras músicas emplacadas para o teatro, cinema e TV. Milton Nascimento, Caetano Veloso, Nana Caymmi, Ivan Lins, Renato Russo, Ney Matogrosso, João Bosco e Jorge Vercilo são alguns dos artistas da MPB que já interpretaram suas composições e mostraram, assim, a sua força de melodista e versatilidade como compositor.


Foto Divulgação

Foto Divulgacão

e Zé McCartney surpreendem o público pela originalidade na releitura dos Beatles. O encerramento de julho será na quinta, dia 27, com a banda Radiola 80, que promete arrasar no palco com grandes sucessos do rock da década de 80 e da música eletrônica.

Taca Mais Música 6, 13, 20 e 27  19h Shopping Tacaruna (Área Gourmet) - Av. Gov. Agamenon Magalhães, 153 - Santo Amaro Gratuito

A programação do Taca Mais Música de julho está bastante eclética para agradar o público de vários gostos e idade. A primeira apresentação, marcada para a quinta-feira, dia 6, será um tributo aos cantores Gilberto Gil e Caetano Veloso, com o cantor, guitarrista, compositor e arranjador, Luciano Magno, músico baiano radicado no Recife. No dia 13 (quinta-feira) a banda Mr. Elvis promete agitar com muito rock em um tributo ao Rei Elvis Presley. Já no dia 20 os fãs dos Beatles não podem perder a apresentação da banda FAB4, conhecida como uma das melhores de cover dos Beatles, que faz versões fabulosas de Liverpool em vozes e violões. Jeff Lennon

​Festa Nocaute 7  23h Toca Cultural Rua Santa Cruz, 84 – Boa Vista Ingressos: R$ 15 a R$ 25 - à venda no site www.sympla.com/nocaute *Aniversariantes de Julho tem entrada gratuita, acompanhados de três pagantes. Informações: www.facebook.com/nocautefesta | (81) 99598.2082

Nessa edição de férias a noite será animada por um combate entre DJs, a batalha será entre duas pistas simultaneamente. Para quem quer curtir pop, funk e brega, a pista é o infernino e para quem busca dançar ao som de indie rock, hip hop e low bpm, a pista é o céu. As atrações são: banda Los Sarrosos, DJ Pasha, Ornando Dantas, Nuno Pires, DJ Lucas Es-

MÚSICA

17


Foto Divulgação

Foto Diego Araujo

tevão, DJ Camila Dllitzer, Squad, DJ Marcela Nunes, DJ Emanuel Alves, DJ Eitagiga e DJ Babi Cavalcanti.

Marsa Astral 8  18h Casa Astral Rua Joaquim Xavier Andrade, 104, Poço da Panela Ingressos: R$ 15 - à venda na Passsadisco (Casa Amarela) e no site https://www. sympla.com.br/marsa-astral__156007

Cantoria Agreste 12  20h Teatro de Santa Isabel Praça da República, s/n - Santo Antônio | Informações: 3355.3323 Ingressos: R$ 60 (inteira) e R$ 30 (meia)

O projeto Cantoria Agreste foi concebido como uma travessia que leva o espectador do sertão ao litoral A energia da Casa Astral, comidas, através do cancioneiro de Dominbebidas e o DJ Marco da Lata ani- guinhos, aqui homenageado por mando os intervalos. O artista plás- Gennaro, João Neto, Marcelo Melo tico Raoni Assis também vai estar e Sérgio Andrade. O repertório irá por lá criando e pintando inspirado explorar não só as canções do sanno som. Ao fim da noite, a obra fica foneiro, como também outros títulos disponível para venda. A Marsa inicia que se inserem no universo sonoro o show às 20h. A Marsa é Thiago agrestino. Estão previstas músicas e Martins (voz e guitarra); Rogério Sa- parcerias de Dominguinhos como mico (voz, guitarra e sintetizador); “Eu só quero um xodó”, “Arrebol”, Carlos Amarelo (bateria e percussão) “Sanfona Sentida”, Seja como Flor”, e Rodrigo Félix (percussão). Para este “Lamento Sertanejo” e “Quem me leshow a banda conta com o baixista vará sou eu”, além de composições Rogê Victor como convidado. de outros artistas, como “O Plantador” (Geraldo Vandré), “Ouricuri” (João do Vale) e “Asa Branca” (Luiz Gonzaga/Humberto Texeira).

18  JUL 2017


Projeto Cantautor aniversário de 2 anos 13 a 26

Foto Divulgação

Cantautor é uma iniciativa independente que valoriza o (a) artista enquanto compositor e compositora, priorizando a formação de plateia para a nova canção pernambucana. O projeto está comemorando dois anos de existência e conta agora com parcerias de produtoras locais em diversas cidades para a promoção de shows autorais, buscando ampliar ainda mais o alcance da nova música autoral latinoamericana. Haverá shows em diversa cidades e até no Uruguai. Confira a Agenda na página do projeto: www.facebook.com/webcantautor

Tibério Azul 13  20h30 Teatro de Santa Isabel Praça da República, s/n - Santo Antônio Ingressos: R$ 30 (inteira) e R$ 15 (meia) + taxas.

Ingressos a venda na bilheteria do teatro e através do site www.sympla.com.br/ tiberio-azul Informações: 3355.3323

O cantor e compositor lança o esperado segundo disco em sua cidade natal, Recife, no Teatro de Santa Isabel. O show dá continuidade ao lançamento nacional que já passou por São Paulo e Rio de Janeiro. Azul sobe ao palco com banda completa: bateria, baixo acústico, piano, sanfona, guitarra, trombone, trompete, sax e violão. O repertório além do novo disco, passeia pelos trabalhos antigos, como o primeiro disco e músicas da Mula Manca.

Festa Bregalize 14  22h Rosada Recepções Avenida Santos Dumont, 657, Aflitos Ingressos: R$ 30 (primeiro lote), R$ 40 (segundo lote) e R$ 50 (terceiro lote) Informações: (81) 9 9748.1054

A festa Bregalize, balada frequentada pela da galera descolada que curte brega no Recife, já tem data para a próxima edição. As atrações são João do Morro, Sheldon Ferrer e a cantora Michele Melo. Os ingressos custam R$ 30 (primeiro lote), R$ 40 (segundo lote) e R$ 50 (terceiro lote), e já começaram a ser vendidos na Oficina Cabrón (Casa Forte), na Redley (Shopping Recife), Colcci (Shopping Rio Mar) e site da Sympla: sympla. com.br/bregalize.

MÚSICA

19


Orquestra Infantojuvenil Criança Cidadã Foto Divulgacão

19  19h30 Caixa Cultural Recife Av. Alfredo Lisboa, 505 - Recife Antigo Informações: 3425.1900

Show de Mayra Clara 15  21h Teatro Capiba (Sesc de Casa Amarela) Ingressos (limitados): R$20,00 (inteira) e R$10,00 (meia) Mais informações: (81)997935162

Alguns meses após o lançamento do seu primeiro álbum, o EP Ímã, a cantora Mayra Clara leva seu show para o Teatro Capiba (Sesc de Casa Amarela). Nesse show Mayra Clara interpretará canções da Nova MPB pernambucana de compositores como Isabela Moraes, Pc Silva (bandavoou), Thiago Martins (banda Marsa) entre outros. Mayra foi aluna de canto da professora Katarina Meneses, no Sesc de Casa Amarela, e o Teatro Capiba já a recebeu algumas vezes para os recitais entre os anos de 2009 e 2011. Para a cantora, retornar a esse palco é motivo de muita felicidade e maravilhosas lembranças. Amaro Freitas (direção musical, arranjos e teclados) e Zeck Silva (bateria) formam o time musical junto com a cantora.

20  JUL 2017

Com regência e Enoque Souza, a Orquestra Criança Cidadã apresentará um programa que inclui “Suíte São Paulo”, de Gustav Holst; “Sinfonia n° 40 e Eine kleine Nachtmusik”, de Wolgang Amadeus Mozart, “Aquarela do Brasil”, de Ary Barroso e “O trenzinho do caipira”, de Heitor Villa-Lobos.

Radiola no Mercado com Vintage Project Sáb 8 12h  Mercado da Madalena, quiosque Canto Sertanejo Sáb 15 2h  Mercado da Encruzilhada, na Reciclobike Gratuito Para saber mais sobre o Vintage Project: www.facebook.com/VintageProjectDJ

A frequência nos mercados públicos é um dos tradicionais hábitos do recifense. Tanto para compras e serviços como para diversão e cultura. Essa tendência cultural dos mercados levou o DJ, jornalista e escritor, Paulinho Costa, a criar o Radiola no Mercado com o seu Vintage Project. Música em vinil e digital, dos anos 60, 70 e 80: rock, pop, Mpb, dance music, black music, sambas. Clássicos que marcaram e marcam gerações.


CIRCULANDO Foto Divulgação

Instituto Ricardo Brennand abre inscrições para Oficinas de Férias As férias de Julho se aproximam e, em menos de uma semana, muitos pais vão se deparar com o impasse de todos os anos: quem ficará com seus filhos enquanto estão no trabalho? Pensando na preocupação dos pais com que o tipo de atividade que seus filhos irão ocupar as férias escolares, o Instituto Ricardo Brennand criou e abriu as inscrições para suas Oficinas de Férias. Unindo esta necessidade das famílias de ocupar o tempo livre das crianças com um aprendizado cultural extracurricular, o centro cultural vai realizar uma série de oito oficinas ao longo do próximo mês para crianças de 03 a 12 anos. Também no mês de julho o circuito de visitação funcionará com reforço nas visitas guiadas e haverá atividades do setor de ação educativa que são monitoradas por professores e especialistas em educação infantil. Os cursos têm capacidade para 16 crianças por turma.

CIRCULANDO

21


Para fazer as inscrições ou reserva da vaga os pais ou responsáveis devem ligar para o número 2121-0349/0352. *reserva da vaga válida por dois dias úteis. Serviço: Oficinas de Férias - Instituto Ricardo Brennand São João, s/n, na Várzea (Alameda Antônio Brennand) 4 a 27 Horário das oficinas:  8h a 12h ou das 13h30 a 17h30 Investimento: R$ 200 por oficina Contato e inscrições: 2121- 0349 formacao.oficinas@institutoricardobrennand.org.br

PROGRAMAÇÃO

4 a 07 8h às 12h  Chefs no Museu (03 a 05 anos) A partir de contação de histórias e com acervo do Instituto, André Hélio e Poliana Oliveira ensinarão de maneira divertida, segura e descontraída sobre alimentação e comida, estimulando os pequenos a preparar receitas saborosas. 13h30 às 17h30  Customizando (06 a 08 anos) A arte-educadora Lyana Vasconcelos promove a “Customizando!”, onde irão modificar suas próprias roupas através de técnicas simples, dando um toque pessoal e exclusivo às peças, incentivando a criatividade e a consciência ecológica.

11 a 14 8h às 12h   Eu Artista (04 a 07 anos) A oficina “Eu Artista”, com o propositor Bruno Cabral, propõe atividades como desenho e pintura, além da técnica do light paint para estimular a interação, criatividade e o trabalho em grupo, para crianças entre 04 e 07 anos. 13h30 às 17h30  Mini Artistas (06 a 08 anos) Patrícia Pereira, arte-educadora do Instituto Ricardo Brennand, fará a oficina “Mini Artistas”, para a garotada de 06 a 08 anos, propondo atividades com técnicas em pinturas e esculturas inspiradas no acervo do museu.

18 a 21 8h às 12h  Esportes no Museu (03 a 05 anos) Com a proposta de estimular as atividades físicas e a convivência em equipe. Os participantes poderão descobrir a origem dos esportes desbravando as obras do castelo. Os professores são André Hélio e Poliana Oliveira. 13h30 às 17h30  Pequeno Escultor (06 a 08 anos) Na parte da tarde Lyana Vasconcelos propõe a oficina “Pequeno Escultor” com atividades de escultura em argila e em outros materiais.

25 a 27 8h às 12  Eu Artista (06 a 08 anos) O arte-educador Bruno Cabral retoma as atividades da sua oficina “Eu Artista”, agora para crianças entre 06 a 08 anos. 13h30 a 17h30  Mini Artistas (08 a 12 anos) A “Mini Artistas”, com Patrícia Pereira também volta ao calendário, desta vez para os mais velhos,

22  JUL 2017


Férias em família no Shopping Foto Divulgação

1 a 30 Shopping Recife Rua Padre Carapuceiro, 777 - Boa Viagem | Informações:3464. 6464

Visitas monitoradas ao Instituto Ricardo Brennand Engenho São João, s/n – Várzea (Alameda Antônio Brennand) Ter a Dom R$ 7 (para escolas agendadas) | R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia) Crianças com até sete anos não pagam 21210352 O Instituto Ricardo Brennand oferece visitas monitoradas para grupos escolares de instituições privadas e públicas. O intercâmbio entre o museu e as instituições de ensino acontece de terça a domingo, mediante agendamento. Realizadas por monitores capacitados, o atendimento serve para prestar maior assistência aos visitantes. Escolas públicas têm entrada gratuita. Para escolas privadas, o bilhete custa R$7, ambas, porém, precisam de agendamento prévio. Além das instituições de ensino, grupos particulares, empresas e turistas também podem agendar a visitação. Com o mais completo acervo sobre o período Brasil-Holanda do mundo, o IRB, na Várzea, propõe-se a ser uma extensão da sala de aula. Lá os estudantes têm acesso ao castelo de armas, à biblioteca, à pinacoteca, entre outros espaços.

Opção de lazer é o que não vai faltar para toda a família nas férias de julho do Shopping Recife. Durante o período, que vai de 1 a 30/7, o centro de compras recebe três atrações especiais que prometem divertir os clientes do mall. Na Praça de Eventos haverá um circuito da Patrulha Canina, atração inspirada na animação exibida pelo canal Nickelodeon. Nos dias 1 e 2/07, os personagens da animação canina estarão presentes recebendo os fãs. Para os adolescentes e adultos, o game interativo Recife Escape, traz para a vida real os desafios dos famosos jogos virtuais de escape room, envolvendo raciocínio para resolver enigmas. Já no Terraço de Eventos, nos domingos 9, 16, 23 e 30, sempre a partir das 15h30, a garotada poderá conferir pela primeira vez, o espetáculo “Bita e o Corpo Humano”, que traz show e brincadeiras com a turma completa de personagens queridinhos dos pequenos.

Patrulha Canina

Praça de Eventos 01 a 30 Horário de funcionamento do Shopping 07 atividades diferentes Ingressos: a cada R$ 50 em compras no mall, troca por 1 ingresso

CIRCULANDO

23


Recife Escape

Praça de Eventos 01 a 30 Horário: o de funcionamento do Shopping Ingresso: R$ 20

Bita e o Corpo Humano

Foto Divulgação

Terraço de Eventos 09, 16, 23 e 30 Horário: abertura às 15h30 e show às 17h. Ingresso: R$ 30

Exposição multissensorial Bordados de Passira 5/7 a 5/8 Museu Cais do Sertão Av. Alfredo Lisboa, s/n – Bairro do Recife Ter a Sex  9h às 17h Sáb e dom  13h às 17h R$ 10 (inteira) e R$ 5 (meia-entrada para estudantes e idosos) Gratuidade: quintas-feiras Conhecida naquela região como a “Terra dos Bordados”, Passira faz jus à alcunha e resiste à sedução industrial em busca da manutenção da sua mais reconhecida expressão cultural, o bordado. A mostra será instalada no 1º andar do equipamento cultural com uma perspectiva multissensorial. Serão expostos trabalhos em tela de 40 bordadeiras do município, retratando a resistência e a força da tradição secular repassada entre

24  JUL 2017

gerações. Em atenção à necessidade de preservação dessa expressão cultural, o espaço contará também com uma oficina de produção na qual o público visitante poderá aprender e desenvolver tais habilidades com as próprias artesãs. O workshop tem carga horária de nove horas e acontecerá nos dias 25, 26 e 27 de julho, sempre das 14h às 17h. São 15 vagas disponíveis e as inscrições que são gratuitas (será cobrada apenas a taxa de entrada do Museu) deverão ser realizadas pelo Facebook do Cais do Sertão. As bordadeiras também protagonizam uma instalação sonora na qual narram suas histórias em torno da tradição do bordado e a importância dele dentro de uma perspectiva cultural. No âmbito visual, a exposição ainda conta com um ensaio fotográfico assinado pela fotógrafa Hélia Scheppa com registros do cotidiano de trabalho dessas mulheres. Ainda compõe a mostra uma feira com os produtos para os visitantes que desejarem adquirir peças produzidas pelas passirenses.

3º Festival Vegano do Recife 8 e 9  10 às 18h Faculdade Santa Helena Av Caxangá, 990 - Madalena Entrada franca - estacionamento interno A famosa e maior feira vegana em linha reta da av Caxangá já promete repetir o sucesso das outras edições. A programação terá palestras e oficinas com foco no Veganismo Interseccional. Uma novidade importante é a abertura das novas turmas das pós-graduações em Alimentação Vegetariana e Nutrição Vegetariana, daFaculdade Santa Helena, parceira do peojeto, junto com


m², é o que restou do aterro promovido na região. Lá, pode-se conhecer um pouco do ecossistema do mangue, com peixes, caranguejos, aves, entre outras espécies.

Espaço Ciência

Visita guiada ao Teatro de Santa Isabel

Foto Divulgação

Foto Andréa rêgo Barros | PCR

o grupo SBV Recife. Informações sobre a feira, oficinas ou palestras por msg na página do festival ou pelo email sobrado423@gmail.com

Complexo de Salgadinho - Olinda Parque Memorial Arcoverde, Parque 2, sem número Agendamento: (81) 3241-3226 Seg a Sex  8h às 12h e 13h às 17h Sáb e Dom  13h30 às 17h Hora limite para a entrada de grupos: 16h30 Entrada gratuita O Espaço Ciência dispõe da Trilha ecológica, que conduz o visitante a um passeio com passagem por uma casa de vegetação, um formigueiro gigante, o memorial Chico Science e o píer do manguezal, de onde se pode ter uma bela visão do parque. Completam a trilha o passeio de barco, movido a energia solar; e o observatório de aves onde, com o uso de binóculos, é possível observar canários da terra, socós, garças e falcões peregrinos, entre algumas das 65 espécies já identificadas no ecossistema. O Manguezal Chico Science foi batizado assim em homenagem ao artista, morto em 1997. Com 20 mil

Educação Patrimonial Terças-feiras (programação sujeita a alteração quando houver espetáculos) Agendamento para grupos de até 40 pessoas pelo e-mail: teatrodesantaisabel. educativo@gmail.com Visita: Domingos (programação sujeita a alteração quando houver espetáculos) Horários: 14h, 15h e 16h | Grupos de até 25 pessoas; a entrada é gratuita e não precisa agendar As Visitas Guiadas são oferecidas aos domingos e não exigem agendamento prévio. São três os horários disponibilizados pela administração do teatro, para grupos de, no máximo, 25 pessoas: 14h, 15h e 16h. O outro modelo de visita é chamado Educação Patrimonial e destina-se a estudantes, grupos artísticos, centros comunitários e ONGs. Disponível nas terças-feiras à tarde, precisa de agendamento prévio pelo e-mail teatrodesantaisabel.educativo@ gmail.com.

CIRCULANDO

25


FOTO Rafael Bandeira

Os dois formatos de visitas contemplam todos os espaços do teatro, desde o saguão de entrada ao salão nobre, cômodos que receberam importantes nomes da política e das artes do Brasil, tais como o imperador Dom Pedro II, Castro Alves e Tobias Barreto. O Teatro de Santa Isabel - cujo nome é uma homenagem à Princesa Isabel, foi inaugurado em 18 de maio de 1850, inserindo a então província de Pernambuco numa nova fase cultural. Idealizado pelo Barão da Boa Vista, teve o projeto dirigido pelo engenheiro francês Louis Léger Vauthier, que inovou na época, não utilizando o trabalho escravo na construção de arquitetura neoclássica. Tombado pelo Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) em 31 de outubro de 1949, o equipamento foi mais tarde eleito um dos 14 teatros-monumentos do país. Com as visitas guiadas, toda essa história pode ser conferida de perto pelos recifenses e turistas.

Paço do Frevo Praça do Arsenal, s/n – Bairro do Recife 3355-9500

Hora do Frevo

Apresentações musicais no espaço do Evoé Frevo Café. Visita a todos os pavimentos do Museu, mediada por nossos educadores, voltada ao público

26  JUL 2017

espontâneo em passeio ao Paço do Frevo. Sáb e dom, sessões às 15h, 16h e 17h Grupos acima de 20 pessoas, agendar pelo telefone 3355-9527 Acesso incluso no ingresso, sujeito à lotação. Todas as sextas às 12h, Gratuito, sujeito à lotação.

Falando para o mundo

Com microfone aberto na Praça do Frevo (3º andar), os visitantes serão convidados a cantar, recitar poesias, contar causos e histórias que evocam a poesia e a memória do frevo, do carnaval. Sáb e dom  14 às 18h Acesso gratuito, mediante apresentação do ingresso.

Vivência “Vamos Cair no Passo”

Utilizando-se do binário do frevo, ao término da visita, o/a visitante experimenta 10 passos básicos e encerra com um jogo de improvisos. Professor Junior Viégas Ter  9 às 12h | 14 às 17h; Sáb e dom  14h às 17h Praça do Frevo (3º andar) Acesso incluso no ingresso.

Vivência “Toca Frevo”

Por meio de jogos musicais (dinâmicas com uso da voz e do corpo), a vivência permite que o visitante ative uma audição consciente, reconhecendo o compasso binário do frevo e as variações de orquestração (frevo de rua, frevo canção e frevo de bloco). Professor Reuel Gomes Qua e sex 9 às 12h | 14 às 17h

Tour Recife e seus Bairros Restaurante Catamaran – Cais das Cinco Pontas Dom  10h (reserva prévia) – Passeio com duração de aproximadamente duas horas. Adulto: R$ 60 | 6 a 10 anos: R$ 30 | 0 a 05 anos: gratuito 34242845 / 999734077


ma. Além de divertimento, o tour se preocupa em oferecer aos passageiros informações sobre as histórias reais que deram origem às lendas, enriquecendo bastante a experiência, que vai muito além de sustos vazios. O roteiro do tour, que tem como base a programação feita pela Prefeitura do Recife para o passeio assombrado do projeto Olha Recife por catamaran, foi inspirado no livro “Assombrações do Recife Velho”, de Gilberto Freyre, e adaptado por Roberto Beltrão, André Balaio – criadores do Recife Assombrado –, Cláudia Heráclio, do Catamaran Tours, Niil Martins e Fabiano Barbosa. No tour, o percurso segue por baixo das pontes do Rio Capibaribe, passando por recantos históricos da capital pernambucana e retorna passando pela Cruz do Patrão, um dos lugares mais assombrados do Recife.

Foto Rodrigo Cavalcanti

Foto Divulgação

O passeio contempla as paisagens urbana e natural da cidade, passando por 14 bairros do Recife, entre eles, os contemporâneos e outros bem antigos que, erguidos durante o período colonial, mostram-se ainda belas edificações, hoje tombadas, que mantêm conservada a paisagem secular do Recife.

Catamaran Assombrado Restaurante Catamaran Cais das Cinco Pontas, S/N - São José Sáb  18h e 20h R$ 60 e R$ 30 crianças de 10 a 12 anos Censura: 10 anos | Duração: 1h30min Vendas:www.catamarantours.com.br Informações: (81) 3424.2845 www.facebook.com/catamarantiourspe Estacionamento gratuito O passeio, que faz do Recife palco e cenário para as lendas que habitam o imaginário da cidade há anos, surgiu como uma forma de misturar turismo, história e cultura em um único progra-

Show Folclórico Ter  21h Restaurante Catamaran Cais das Cinco Pontas, S/N - São José R$ 40 34242845 / 999734077 Todas as terças, o restaurante Catamaran oferece um grande show com um balé que apresenta ao público a

CIRCULANDO

27


Legislativa, o Teatro de Santa Isabel e o casario da Rua da Aurora. A bordo, os visitantes contam com a presença de um guia que relata histórias e curiosidades sobre o Recife.

Tour Rio Capibaribe e suas Pontes

Feiras do Prodarte

Restaurante Catamaran – Cais das Cinco Pontas, s/n Seg a Sex  16h e 20h (reserva prévia) Sáb  11h | 14h30 | 16h | 17h30 | 20h Dom  11h | 14h30 | 16h | 17h30 Adulto: R$ 50 | 6 a 10 anos: R$ 25 | 0 a 05 anos: gratuito 34242845 / 999734077

O Programa de Desenvolvimento do Artesanato (Prodarte) promove feiras de artesanato em diversos pontos da capital pernambucana. A iniciativa, realizada desde 1987, tem como objetivos de apoiar os artesãos cadastrados no programa; fortalecer a geração de renda e divulgar a cultura da cidade. Fibras, tecidos, madeira e couro são alguns dos materiais selecionados pelos artesãos que dão vida à grande diversidade de peças.

Foto Inaldo Lins

Foto Divulgação

diversidade e beleza dos ritmos da cultura nordestina: xaxado, maracatu, coco, ciranda, caboclinho, frevo e forró. O espetáculo tem duração de aproximadamente duas horas.

Nesse tour, a Cidade do Recife pode ser observada por um ângulo diferente, ou seja, das águas do rio Capibaribe, ao longo do qual o observador percorre as três ilhas do Centro do Recife (Santo Antônio, Bairro do Recife e Boa Vista) e passa por baixo de cinco pontes (Pontes 12 de Setembro, Maurício de Nassau, Manuel Buarque de Macedo, Princesa Isabel e Duarte Coelho). Durante o city tour aquático, os visitantes apreciam belas paisagens de vários pontos turísticos, tais como o Parque de Esculturas de Francisco Brennand, a Praça do Marco Zero, o Paço Alfândega, o Ginásio Pernambucano, a Assembleia

28  JUL 2017

3355.8755

Feira Lagoa do Araçá – Lagoa do Araçá, Imbiribeira 1º e 3º Sábados  13h às 21h

Feira Casa Forte – Praça de Casa Forte 2º e 4º Sábados  15h às 20h

Feira do Capibaribe – Sede da Prefeitura do Recife Última semana do mês  8h às 15h

Feira Parque Dona Lindu – Av. Boa Viagem, s/n, Boa Viagem Sáb e Dom  13h às 21h


Feira de Boa Viagem – Pracinha de Boa Viagem – Boa Viagem Diariamente  14h às 22h Foto Kassá reprodução

Feira Prodarte na Rua - Bairro do Recife (Avenida Barbosa Lima) Dom  13h às 20h

Foto Divulgação

Torre Malakoff – Visita mediada e Observatório Astronômico Centro de Artesanato de Pernambuco no Recife Avenida Alfredo Lisboa, s/n, Armazém 11 – Bairro do Recife Seg a Sáb  8h às 19h e Dom  8h às 16h 3181.3150 Com criatividade de sobra e uma grande diversidade de referências, a produção artesanal de Pernambuco se revela através das mais variadas expressões. Seja no barro, na madeira, nas fibras e palhas ou no couro, o fazer artesanal é um dos grandes patrimônios do povo pernambucano. O Centro de Artesanato proporciona um espaço de 2.511m² onde funciona uma loja, um espaço gastronômico, assim como uma galeria para exposição, auditório e o setor administrativo da unidade. Com foco na arte popular e no artesanato tradicional, são comercializadas peças artesanais de todas as regiões de Pernambuco.

Praça do Arsenal da Marinha, s/n, Recife Antigo Ter a sex  10h às 18h; Sáb  15h às 18h e Dom  15h às 19h (81) 3184-3180 Gratuito A Visita Mediada é voltada para grupos de estudantes desde o ensino fundamental I até universitários, grupos de projetos sociais e ONGs, turistas, etc. Os mediadores contam a história da Torre Malakoff (Educação Patrimonial) e apresentam as exposições temporárias em cartaz no local. Deve ser agendada com antecedência. Já o acesso ao Observatório Astronômico acontece aos domingos, das 16h às 19h30 podendo ter alterações do horário devido a alterações climáticas. É necessário deixar o nome na recepção para reservar o horário pretendido e comparecer no hall ou jardins da Torre pelo menos 5 minutos antes para chamada do grupo para a visita.

CIRCULANDO

29


ARTES VISUAIS

Daniel Santiago em dois tempos Museu de Arte Moderna Aloísio Magalhães – Mamam Rua da Aurora, 265 – Boa Vista Até 13/08

Composta por cerca de 30 obras, muitas inéditas, selecionadas pela curadora Joana D´Arc Lima. A curadora vê essa mostra como uma espécie de celebração e reconhecimento da trajetória do artista de 78 anos que começou sua carreira na década de 1960 e, hoje, 50 anos depois, segue atuando com uma enorme potência criativa.

30  JUL 2017


Henri Matisse – JAZZ Caixa Cultural Recife Avenida Alfredo Lisboa, 505 – Bairro do Recife Até 22

Linguagem do Agreste II

Centro Cultural Correios Avenida Marquês de Olinda, 262 - Bairro do Recife A exposição é um conjunto de deAté 07

senhos feitos com tesoura, técnica desenvolvida por Matisse no início da década de 1940. Obrigado a passar longos períodos na cama e na cadeira de rodas, recuperando-se de uma delicada cirurgia, o pintor primeiro dedicou-se ao desenho e à ilustração. Depois, foi mais longe, combinando desenho e pintura em colagens feitas com papéis recortados e coloridos com guache.

Exposição do artista plástico pernambucano Joaz Silva. Com cores fortes e pinceladas impressionistas, Joaz apresenta, em primeira mão, obras que também serão exibidas na Bienal de Florença, em outubro. O artista também leva ao CCC tela finalista do salão de artes “Art Revolution Taipei” deste ano.

Sobre o artista: Pintor, gravurista, desenhista e escultor, o francês Henri Matisse é considerado um dos principais artistas do século 20, exercendo uma figura de liderança na arte moderna.

ARTES VISUAIS

31


cional festival de rock de Pernambuco, o Abril pro Rock, a exposição reúne e pôsteres de festivais de várias artes do mundo, a exposição explora as possibilidades da cena artística visual do Estado, do Brasil e do mundo.

Religiosidade e Política na Obra de Renato Valle Galeria Janete Costa – Parque Dona Lindu Avenida Boa Viagem, s/n - Boa Viagem Até 23

Com cerca de 30 obras entre desenhos, objetos e instalações distribuídas pelo salão principal e mezanino da galeria, a exposição tem a curadoria de Valquíria Farias (PB) e sua concepção parte, inicialmente, da conhecida série de cinco mil desenhos, produzida por Renato Valle entre 2003 e 2005, intitulada “Diários de Votos e Ex-votos”.

6ª Mostra Pôster Arte Design Centro Cultural Correios Avenida Marquês de Olinda, 262 - Bairro do Recife Até 21

Com cerca de 60 cartazes do tradi-

32  JUL 2017

Mão Molenga – Cenas de uma História Galeria de Arte Corbiniano Lins Sesc Santo Amaro – Rua Treze de Maio, nº 455 - Santo Amaro Até 30

A exposição valoriza o Teatro de Animação brasileiro feito no Estado. A mostra pensa o boneco como obra de arte, com vida independente da encenação para a qual foi criado. São apresentados vídeos, fotografias, figurinos de época, croquis de personagens e roupas do acervo construído em 31 anos pelo grupo pernambucano Mão Molenga Teatro de Bonecos.


A Casa dos Bonecos Gigantes de Olinda

buco e do Museu da Cidade do Recife, datados do final do século XIX e início do século XX, pesquisados por Betânia Correa de Araújo. Já o século XXI foi retratado por estudantes da rede estadual de ensino, durante a oficina de Foto e Vídeo Celular ‘Um Olhar Sobre Recife’, ministrada pela Malakoff em 2013.

Estação Quatro Cantos Galeria & Café Rua Prudente de Moraes, 440, Carmo – Olinda

São 44 calungas do mais famoso artista plástico de bonecos de Olinda, Sílvio Botelho, considerado Pai dos bonecos gigantes, em permanente exposição no local.

Andes Venezuelanos

O Tempo da Torre Torre Malakoff Praça do Arsenal, S/N – Bairro do Recife 3184 3180

A mostra conta a história do monumento desde a sua construção como Arsenal da Marinha, em 1853, até passar a ser gerido pela Fundação do Patrimônio Histórico e Artístico de Pernambuco. A exposição é formada por um acervo mostrado há 15 anos na exposição ‘Por que Malakoff?’, composta por fotografias do Museu do Estado, da Fundação Joaquim Na-

Consulado Geral da República Bolivariana da Venezuela em Recife Av. Conselheiro Aguiar, 597, Boa Viagem 3131 8150 ( agendamentos para grupos e escolas) Seg a sex  9h às 12h e 14h às 16h Gratuito

Entre as diversas maravilhas e atrativos turísticos que a República Bolivariana da Venezuela possui, destaca-se uma região montanhosa   5.000 metros acima do nível do mar. Esta região conformada por três estados venezuelanos: Mérida, Táchira e Trujillo se revela pela sua geografia, seu clima temperado, suas fauna e flora, suas paisagens, seu povo e sua história, conformando assim, os Andes Venezuelanos.  ARTES VISUAIS

33


forte influência na gastronomia, no comportamento, na arquitetura e urbanismo; e o desenvolvimento da cidade que se construiu a partir da junção das terras dos engenhos de açúcar com um porto exportador de mercadorias.

Doc(e) Recife Museu da Cidade do Recife Forte das Cinco Pontas, Bairro de São José Ter a dom  9h às 17h

A duas décadas da comemoração dos 500 anos da capital pernambucana, o Museu da Cidade do Recife inicia sua mais nova exposição anual, que remonta a trajetória do município a partir do açúcar. Doc(e) Recife destaca a influência do produto no desenvolvimento urbano e nas relações sociais, além de estimular nos visitantes proposições sobre o futuro da metrópole. Através de narrativa cronológica e histórica, a exposição aborda a memória dos primeiros habitantes do território (anteriores a 1537), que hoje se faz presente em muitos nomes de ruas, de bairros e nos adornos escultóricos de praças e prédios; a cultura do açúcar trazida pela colonização portuguesa,

34  JUL 2017

Frevo Experimental Trânsitos e Experiências Criativas Paço do Frevo Praça do Arsenal da Marinha, s/n, Bairro do Recife Ter a sex  9h às 17h Sáb e dom  14h às 18h

O frevo e seu processo contínuo de transformações, seu poder de reinvenção, de elasticidade e de improviso servem de argumento para a mostra “Frevo Experimental: entre trânsitos e experiências criativas”, com concepção do antropólogo Eduardo Sarmento, em parceria com a cineasta Renata Pinheiro e a arquiteta Cátia Avelar - com estas duas dividindo a curadoria. Abordar o tema “experimental” reafirma sua identidade sociocultural, sua essência e sua renovação contínua. O


Frevo, resultante de um sistema de relações e internalização, nos permite pensar num “sentimento frevo”, “Ser e Estar Frevo”, nesse processo de luta constante de ocupar espaço, viver, preservar e ser realimentado. É também confrontar com aqueles que o concebem como - circulo fechado -, provocando nesse embate, reações e resistências que proporcionarão um estimulante debate.

Campina do Taborba Museu Militar do Forte do Brum Praça da Comunidade Luso-Brasileira, s/ nº, Bairro do Recife Seg a Qui  13h às 18h Sex  8h às 12h

Preservar Igarassu Sobrado do Imperador Rua Barbosa Lima, nº 122, Sítio Histórico, Igarassu | 3545.0537 | 3545.0307 Seg a sex  9h às 12h, e 13h às 17h Gratuito

A exposição marca a inauguração oficial da Casa do Patrimônio/Iphan A Insurreição Pernambucana é o na cidade. E pretende promover o ponto de partida para a exposição patrimônio histórico, cultural e paino Museu Militar do Forte do Brum. sagístico do município por meio de A mostra apresenta obras dos ven- painéis expositivos, exibição de vídeo dedores do concurso de 2015, os / documentário, peças representatiartistas plásticos Ricardo da Cunha vas do seu patrimônio imaterial e Melo e José Elias Júnior. Dentro da apresentação de importantes expresexposição, quadros premiadas dos sões culturais da cidade. Durante a concursos anteriores mostram a permanência da Exposição serão recaracterística que reflete a criativi- alizadas diversas atividades culturais dade dos trabalhos sobre o tema, a e de cunho educativo a serem desenideia, clara nos detalhes, não é só de volvidas em conjunto com a socielembrar aquele momento da nossa dade e a Rede de Parceiros da Casa história, mas provocar uma reflexão, do Patrimônio/Iphan em Igarassu. apresentando novos artistas. O evento marca o aniversário de 362 anos da Restauração Pernambucana.

ARTES VISUAIS

35


ComeMorar Olinda Casa do Patrimônio – Iphan Rua do Amparo, 59, Carmo – Olinda Ter a sex  09h às 12h / 14h às 17h Gratuito 3429 2862

A exposição, sob a curadoria do museólogo e historiador Aluizio Câmara, é um convite à reflexão sobre as particularidades que transformaram a cidade em Patrimônio da Humanidade. Mas com um diferencial: voltar o olhar não às construções mais emblemáticas do Sítio Histórico, e sim à casa do cidadão comum, elemento central da expressão cultural olindense. Partindo da indagação “como é morar em Olinda?”, a exposição procura explorar o universo desconhecido da moradia olindense, buscando evidenciar as especificidades do modo de vida local, sua relação com o patrimônio, as virtudes e as dificuldades de se viver em Olinda. A mostra conta com vários formatos de mídia, entre fotografias, vídeos, textos, narrações de histórias e depoimentos sobre a vida em Olinda, a partir da visão dos moradores, proporcionando, assim, ao visitante, uma leitura dinâmica de como seria morar em Olinda.

36  JUL 2017


Exposições no Instituto de Cultura Brasil-Itália Rua Marques Amorim, 46 – Boa Vista Ter a sex  9 às 21h Sáb  9h às 13h Gratuito

Roma A exposição é composta de imagens de Roma, seus monumentos, sua beleza, seus encantos milenares. Durante a exposição é possível assistir documentários sobre Roma e consultar livros e revistas sobre aquela cidade.

Fotografia em Branco e Preto

Retratos, desenhos de Leonardo da Vinci A exposição é composta por diversos desenhos do famoso artista italiano Leonardo da Vinci. Durante a visita, é possível ver um documentário sobre o artista e sua produção e fazer consulta a livros e publicações a respeito do mestre renascentista.

Exposição: Imigração Italiana no Brasil

Composta de fotografias originais de fotógrafos italianos, retratando o cotidiano da Itália e dos italiano. Fotógrafos italianos participantes: Sergio Cipriani, Aurelio Spinelli, Renato Pennuti, Rosangela Betti, Nicola Frangione, Carlo Manzano, Donato Prosdocimo, Virgilio Carnisio, Luigi Sarallo, Simone Bellagamba, Rino Di Maio, Carlo Fiorentino, Leopoldo Banchi, Maristella Campolunghi, Nando Chiappetta e Renato D’Aleo.

Exposição: Indios do Brasil A exposição é composta de gráficas e objetos do mundo indígena do Brasil. É possível consultar livros e material sobre os índios e o Brasil.

A exposição contém reproduções de documentos e imagens dos italianos no Basil, a contribuição do povo italiano no contexto nacional.

ARTES VISUAIS

37


CINEMA E VÍDEO

CINEMA DA FUNDAÇÃO JOAQUIM NABUCO A Fundação Joaquim Nabuco iniciou mais um projeto para os cinéfilos. Com o nome ‘Sempre aos domingos’, a partir deste domingo (2), às 10h30,vai apresentar filmes inesquecíveis. Clássicos da sétima arte. Para abrir o novo projeto do Cinema da Fundação/Museu, o clássico Sempre aos Domingos, que inspirou o título da sessão. Tarifa única de apenas R$ 2. O restante da programação será publicada durante as semanas que antecedem os domingos. Sempre aos domingos (Les Dimanches de Ville d´Avray - França, 1962) de Serge Bourguignon. Com Hardy Kruger, Nicole Courcel, Patricia Gozzi, Daniel Ivernel. Drama. Preto & Branco. 110’

38  JUL 2017


Clássico do cinema francês dos 1960 que conquistou o mundo pela poesia de sua história e imagens deslumbrantes. Adaptação do romance homônimo de Bernard Eschassériaux, o filme conta a história de Pierre (Kruger), um soldado que sofre de amnésia parcial. Ele volta da Guerra da Indochina traumatizado pela morte involuntária de uma criança. Depois de conhecer uma menina num orfanato, Pierre a visita todos os domingos, como se fosse seu pai. Vencedor do Oscar de Melhor Estrangeiro de 1963.

quele momento Roma é tomada por atentados organizados pelas Brigadas Vermelhas, sendo que a situação caótica também é vivenciada por Alison King (Sharon Stone), uma fotógrafa que está no local. Alison tem uma de suas fotos tiradas em Roma publicada pela revista Time e, devido à sua curiosidade, passa a ser ameaçada pelas facções locais. É quando recebe ajuda de Andrew, que também não está sendo bem visto devido à sua ligação com Lia Spinelli (Valeria Golino), esposa de um grande amigo que vive na cidade.

CINE CLUBE BRASIL-ITÁLIA ICBI - Instituto de Cultura Brasil-Itália Rua Marques Amorim, 46 - Boa Vista 3221 4112

O ano da fúria 07  9h, 15h, 17h, 19h Em janeiro de 1978 o jornalista David Raybourne (Andrew McCarthy) retorna a Roma para mais uma vez colaborar com o jornal American News, dirigido por Pierre Bernier (George Murcell) com grande economia de recursos. Na-

Irmão Sol, Irmã Lua 14 9h, 15h, 17h, 19h A trajetória da vida de São Francisco de Assis (Graham Faulkner), que quando jovem era filho de comerciantes ricos e desfrutava de vinho, mulheres e canções sem ter nenhuma preocupação. CINEMA E VÍDEO

39


Quando a guerra e a doença assolam a região onde vive, ele sofre uma grande transformação. Ao aparecer diante do bispo local e tirar suas roupas renuncia sua vida prévia para se dedicar a Deus. Mas sua pregação só iria chegar ao ápice ao ir para Roma, para ter uma audiência com o papa Inocêncio III (Alec Guinness).

que seus navios naufragaram deixa Antonio em uma situação complicada, com o caso sendo levado à corte para que se defina se a condição será mesmo executada.

O Baile

O Mercador de Veneza 21  9h, 15h, 17h, 19h Na cidade de Veneza, no século XVI, Bassanio (Joseph Fiennes) pede a Antonio (Jeremy Irons) o empréstimo de três mil ducados para que possa cortejar Portia (Lynn Collins), herdeira do rico Belmont. Antonio é rico, mas todo seu dinheiro está comprometido em empreendimentos no exterior. Assim ele recorre ao judeu Shylock (Al Pacino), que vinha esperando uma oportunidade para se vingar de Antonio. O agiota impõe uma condição absurda: se o empréstimo não for pago em três meses, Antonio dará um pedaço de sua própria carne a Shylock. A notícia de

40  JUL 2017

28  9h, 15h, 17h, 19h 1983 - Num grande salão de baile, construído nos anos 30, as mulheres são as primeiras a chegar, uma após outra: elas são desde uma quarentona clássica, com seu coque e seu tailleur preto bem cintado, à loura carnuda que faz como se tivesse sempre 20 anos... Em seguida, entram os homens que se dirigem ao Bar. Entre eles, encontram-se um indivíduo cheio de tiques e que não para de chupar bombons, um outro de idade madura mas sempre bem disposto, um homem tímido de ar amedrontado. Enquanto dançam ao longo do salão, homens e mulheres se recordam do passado, com os bailarinos mudando de personagem à medida que o filme viaja no tempo, repassando a história da França dos anos 30 aos anos 80.


Homenagem aos 480 anos da Cidade MARÉ (fragmento)

GIRO LITERÁRIO

POESIA VIVA DO RECIFE

Rodolfo Aureliano Águas barrentas Águas sangrentas Águas que trazem a secura do sertão Águas que trazem a visão do agreste Águas que trazem o pão de cada dia Dos areieiros Águas que trazem a peste de cada dia Dos ribeiros Águas do rio Capibaribe Me levam Águas do rio Beberibe Me levam Para os casebres das ralés Águas proféticas do Recife Me levam Para as ilhas de São José Nas marés e mangues ..........................................

(Da antologia POESIA VIVA DO RECIFE, organizada por Juareiz Correya) ________________________________________________________________________________________ RODOLFO AURELIANO - Recifense. Poeta, compositor popular, jornalista. Formou-se em Engenharia na UNICAP, Recife, PE (1974). Viveu em Caruaru e Petrolina. É funcionário público municipal (Prefeitura de Olinda, PE). Poesia publicada: Estrela do Dia, Postal do Brasil. Participou da primeira edição da antologia Poesia Viva do Recife (CEPE, Recife, PE, 1996). GIRO LITERÁRIO

41


LIVROS:

Cemitério Canários Uma experiência de linguagem. É o que mais chama atenção nos contos de Marcelo Peixoto, que alterando a sintaxe altera também a conotação das coisas, oferecendo uma visão nova ao leitor, que se surpreende com o final de cada história., onde se desvenda a intimidade e alma caótica dos personagens. O autor recifense também escreveu o livro de poesia Pastor da solidão e o de contos Ai quem me dera beijar os lábios de Dorothy Lamour. A mais nova publicação é um lançamento da Editora Cepe com 175 páginas.

42  JUL 2017

A emparedada da Rua Nova Livro mítico da literatura pernambucana, A emparedada da Rua Nova, escrito por Carneiro Vilela, deve seu sucesso, em grande parte, ao mistério que cerca sua criação: o autor retratou um crime verdadeiro e hediondo, em que uma moça indefesa foi emparedada viva, pelo próprio pai, “em defesa da honra da família”? Ou teria Vilela, usando recursos estilísticos de grande genialidade, criado a estória que, de tão bem construída, faz com que até hoje muita gente acredite que ele se baseou em fatos? Verdade ou ficção, o enredo envolve o leitor num torvelinho de emoções,


num crescendo de paixões e loucura, alternativas e primitivas. Publique culminam com o assassinato da cação da Editora Cepe possui 168 jovem burguesa Clotilde, solteira e páginas. grávida, e de seu amante, o seduLançamento na Livraria tor Leandro. Publicado pela Editora Cultura Cepe. Livraria Cultura Paço Alfândega Rua Madre de Deus, s/n – Bairro do Recife

O olhar que penetra nas camadas do mundo Do autor André Valença. O cenário do Recife e a linguagem local acentuam as aventuras de Macabeu, personagem de “O olhar que Poemas do Fim do mundo penetra nas camadas do mundo”, cuja vida é narrada em texto co- 01  16h loquial e ritmo leve, abordando Sessão de autógrafos e lançamento temas como o isolamento das do livro de Eriberto Henrique. pessoas; o domínio da internet; a mercantilização do ser e dos sentimentos; e a busca de elevação espiritual através de religiões

GIRO LITERÁRIO

43


SARAU DA BOA VISTA Restaurante Maremoto Rua do Hospício, 68 – Boa Vista 01  19h

O Sarau da Boa Vista chega ao 45º encontro. Para isto, este evento que reúne poetas e músicos de diversas gerações e estilos para homenagear o poeta Eunápio Mário. Tudo com a produção de Aldo Lins, coordenação de Pollyanne Carlos e Jaci Lins, além da participação dos poetas da casa: Tamires Drielly, Jetro Rocha, Sergio Leandro, Adriana Perruci, Adriana Barbosa, Eduardo Garcia, José Terra, Chicão, entre outros.

O Viajante 07  18h

O autor Luiz Henrique Zanchi, conta a história de um homem comum, sem nome ou rosto que, diante da complexidade da vida, comete o suicídio. Porém, é a partir daí que essa história começa. Empenhado nessa jornada desafiadora, ele encontra respostas para algumas de suas perguntas, mas se depara também com muitos outros questionamentos. Luiz Henrique Zanchi escreve esse romance psicológico, intenso e inquietante com a destreza de um autor experiente e habilidoso, oferecendo ao leitor um suspense que não termina com a morte, exatamente porque começa a partir dela.

44  JUL 2017


Escola de Pequenos Autores Casa Astral Rua Joaquim Xavier de Andrade, 104 - Poço da Panela 4, 5 e 6  14h às 17h

Série de atividades voltadas para crianças e adolescentes. A proposta é estimular de forma lúdica a leitura e desenvolver criatividade a partir da escrita literária para jovens entre 12 e 15 anos. Nos três encontros os participantes se familiarizam com a estrutura do gênero conto, aprendem a criar cenas, personagens e produzim suas próprias narrativas. Ao final da oficina, cada autor e autora receber um exemplar de um livro artesanal, produzido por próprios participantes, com seus contos. As turmas são limitadas a 15 alunos.

GIRO LITERÁRIO

45


Festival Palavra Cifrada Festival literário em comemoração aos 10 anos da produtora Nós Pós, abrangendo cinco municípios pernambucanos (Bezerros, Tabira, Sertânia, Garanhuns e Recife), com mais de 60 poetas. Confira a programação no Recife: 12 a 16

46  JUL 2017


Dia 12

Dia 14

9h às 13h – Oficina: A poesia o corpo a rua

14h às 15h30 – Aula Espetáculo Infantojuvenil: Literatura de cordel e Sustentabilidade

Com GLEISON LUIZ NASCIMENTO Espaço Pasárgada (Obs.: Inscrição paga. Valor R$ 50,00) 19h às 19h20 – Palestra: Mas o que é mesmo uma glosa?! Com MECA MORENO (Palmares/PE) Biblioteca Pública do Estado

19h30 às 21h – Mesa de Glosas CLÉCIO RIMAS (Tabira-Recife/PE), GENILDO SANTANA (Tabira/PE), ALEXANDRE MORAIS (Afogados da Ingazeira/PE), ALLAN SALES (Crato-Recife/PE), GLEISON LUIZ NASCIMENTO (Recife/PE) e ZÉ ADALBERTO (Itapetim/PE) Apresentação: MECA MORENO (Palmares-Recife/PE)

ALLAN SALES (Crato-Recife/PE) e CLÉCIO RIMAS (Tabira-Recife/PE) Biblioteca Pública do Estado 16h às 16h30 – Contação de histórias: O touro azul e as canções ANAÍRA MAHIN (S. J. Egito) e RILDO DE DEUS (Vitória Sto. Antão) Biblioteca Pública do Estado

15h às 16h20 – Oficina expositiva: Como organizar um evento literário realmente acessível?! Com ANDREZA NÓBREGA (VouVer Acessibilidade)

Biblioteca Pública do Estado

Espaço Pasárgada

Dia 13

16h30 às 17h30 – Conversa: Literatura e Editoração independente: Como se faz isso?

9h às 13h – Oficina: Elefantes na xícara – Exercícios de escrita minimalista Com FRED CAJU

Com FRED CAJU (Recife/PE) e PHILIPPE WOLLNEY (Goiana/PE)

Espaço Pasárgada (Obs.: Inscrição paga. Valor R$ 50,00)

Espaço Pasárgada

19h30 às 19h50 – Performance: FEMINAZI Com SILVANA MENESES (PB/PE) Teatro Arraial

20h10 às 21h – Lançamento do disco: Círculo Com HELTON MOURA (Arcoverde/PE) Teatro Arraial

18h às 20h – Sarau em Pasárgada Com Poetas convidados Espaço Pasárgada

19h às 20h – Bate papo e roda de leituras: Escrever ficção não é bicho papão Com AUTOAJUDA LITERÁRIA Mediação: BRUNO PIFFARDINI Teatro Arraial

GIRO LITERÁRIO

47


20h15 às 21h – Show Com ALEX GUTERRES Teatro Arraial

Dia 15

Dia 16 16h às 17h – Conversa: Cultura digital. Pra quê isso? Com THIAGO CORRÊA

16h às 16h40 – Espetáculo Literário infantil: Piquenique de poesia

Mediação: BRUNO PIFFARDINI (SP/PE)

Com AS TROVADORAS

17h30 às 17h45 – EXIBIÇÃO MINI DOC DO FESTIVAL: REVENDO PALAVRA CIFRADA

Teatro Arraial

17h às 17h50 – Conversa: A ficção que existe no real Com FERNANDO MONTEIRO Mediação: THIAGO PININGA Teatro Arraial

18h às 19h – Conversa: Literatura e empoderamento feminino Com CIDA PEDROSA (Bodocó-Recife/PE) Mediação: RENATA PIMENTEL Teatro Arraial

19h10 às 20h – Conversa: Visualidades poética Com RICARDO ALEIXO (MG) Mediação: BRUNO PIFFARDINI (SP/PE) Teatro Arraial

20h20 às 21h20 – Show Com FLAIRA FERRO Teatro Arraial

48  JUL 2017

Teatro Arraial

Direção de FILIPE MARCENA Teatro Arraial

18h às 19h30 – Pré-Balada Literária com MARCELINO FREIRE Com os poetas Convidados: CHICO PEDROSA (Tuparetama-Recife/PE), DEDÉ MONTEIRO (Tabira/PE), FELIPE MORAIS (Sertânia/PE), JUNIOR CORDEL (Sertânia/PE), WILSON FREIRE (S. J. Egito-Recife/PE), ÉSIO RAFAEL (Sertânia-Recife/PE), DAVID HENRIQUE (Belo Jardim/PE), FRED CAJU, PIERRE TENÓRIO (Belo Jardim/PE), LUNA VITROLIRA, RILDO DE DEUS (Vitória Sto. Antão/PE), ANA MARIA PEREIRA e ANAÍRA MAHIN (S. J. Egito-Recife/ PE) Teatro Arraial

20h às 21h – Pré-lançamento disco: Pássaro Só (ou uma história de amor e fúria) Com VERTIN MOURA (Arcoverde/PE) Teatro Arraial


Performances nas rua Qui 13 9h e 11h

Márcia Maracajá (Garanhuns)

Sáb 15 9h e 11h

Philippe Wollney (Goiana) Avenida Conde da Boa Vista (em frente ao Shopping Boa Vista)

Praça do Derby

Silvana Meneses

Gleison Luiz Nascimento

Rua da Aurora

Mercado de São José

Güma – Rua da Moeda

Luna Vitrolira

Clécio Rimas (Tabira)

Avenida Guararapes/Praça do Carmo

Kerlle de Magalhães (Arcoverde) Mercado da Boa Vista

Sex 14

Praça do Arsenal da Marinha

Dom 16 9h e 11h

Célio Lima (Bezerros)

9h e 11h

Praça Jaqueira

Jailson Oliveira

David Henrique (Belo Jardim)

Avenida Conde da Boa Vista (em frente ao Shopping Boa Vista)

Praia Pina 3º Jardim

Fred Caju

Boa Viagem – Acaiaca

Estação Central do Recife / Casa da Cultura

André Monteiro

Pierre Tenório (Belo Jardim) Kléber Oliveira Silva (Vitória Sto. Antão)

Mercado da Madalena

Orla de Boa Viagem (próxima ao Parque Dona Lindu)

Ana Maria Pereira

Anaíra Mahin (São José Egito)

Parque 13 de Maio

Mercado Boa Vista

Rildo de Deus (Vitória Sto. Antão) Marco Zero

GIRO LITERÁRIO

49


CURSOS E CONCURSOS

CURSO DE PASSARELA COM NAMIR WIHBY

OFICINA DE DESENHO NO CASATO

Hotel Bristol Boa Viagem 13 a 15 Valor investimento - R$ 700 (À vista ou em até 3x) Informações: 3466-2397 | 99835-1011 Um dos principais nomes das passarelas de moda realiza workshop para modelos em julho. A Top MDI e Amazing Model realizam em julho um curso inédito de modelo/ passarela no Recife com um mestre no assunto: Namie Wihby. Referência no mundo da moda atuando há 25 anos na área, Wihby já atuou em eventos como o SPFW e tem sua própria escola de modelos em São Paulo sendo responsável por treinar diversos modelos como Izabel Goulart e Raica de Oliveira e atrizes como Sophia Abraão, Giovana Ewbank e Tais Araújo. O workshop acontece no Bristol Hotel Boa Viagem entre os dias 13 e 15 de julho com turmas para modelos iniciantes (a partir de 8) e avançadas (para aqueles que desejam aperfeiçoar as técnicas). O diferencial do curso é trabalhar o aluno não só para a passarela mas para saber lidar com o meio artístico nas passarelas. Cada dia de workshop tem 3 horas de aula, sendo a turma iniciante das 14h às 17h e a turma avançada das 18h às 21h. O valor do Workshop é de R$ 700,00 podendo ser pago à vista ou no cartão parcelado. As vagas são limitadas.

Casato Café Bistrô Av. Rui Barbosa, 1503, Graças (Em Frente à Capela do Colégio Damas) Informações: www.facebook.com/CasatoBistro | @casatobistro A partir do dia 4 À frente da Oficina de Desenho de Malassombro na Caixa Cultural em 2016, e com trabalhos expostos em mostras internacionais prestigiadas, a exemplo da Bienal Internacional de Gravura do Douro (2005) e a Bienal de Pintura Cromática na Espanha (2010), o artista e produtor Fábio Rafael promove a Oficina de Desenho – Do Rupestre ao Contemporâneo no Casato Café.Bistrô, a partir do próximo dia 4/07. Os encontros acontecem semanalmente às terças e quintas, das 19h às 21h, totalizando oito ‘aulas’ no decorrer do mês de julho. A Oficina abordará a evolução humana na perspectiva do desenho, tendo em vista esta ser uma das primeiras linguagens de registro desenvolvidas pelo ser humano. Segundo Fábio, as aulas terão como tópicos desde a “signalidade” do desenho, passando pela criação da escrita enquanto elemento visual (desenho) de representação da linguagem verbal até a evolução do desenho artístico propriamente dito através de nomes como Gustav Klimt, Gustave Doré e Rembrandt. As aulas são voltadas para quem tem algum interesse pela arte do desenho e já tem algum contato com este, ainda que amador, e é aberto ao público, a partir dos 15 anos.

50  JUL 2017


O investimento para os oito encontros é de R$ 450 ou em 2x de R$ 250, e as inscrições podem ser feitas presencialmente no Casato ou através dos telefones: (81) 3034.8909/99437.3940 OBS: Os interessados nas oficinas devem levar aos encontros um bloco tamanho A3, creme ou branco, gramatura 240; borracha branca; lápis de desenho nas graduações HB, 2B, 4B, 6B e 9B (dois de cada tipo); apontador em metal ou estilete pequeno; e caderno pequeno para anotações.

USINA A TODO VAPOR COM OFICINAS NAS FÉRIAS Rua Jader Andrade, 160, Casa Forte Inscrições: 9.9890.7559 Cel (whatssap) E-mail: usina.curso@gmail.com

É desta época que, vencido o medo, a homem começa outra aproximação. Primeiro como caçador, depois como admirador e encarcerador – época dos conquistadores e exploradores e da criação dos zoológicos – até a prática da literatura, quando surge a relação de aprendizagem. Vamos viajar pela literatura infantil e compreender o mundo animal nos livros de Rosinha, Clarice e Bob Dylan.

OFICINA PARA CRIANÇAS 3a7 9h às 12h  Direção de Fotografia com Lean-

dro Cunha 13h às 18h  Direção de Fotografia com Le-

andro Cunha

OFICINA ESCRITA CRIATIVA

10 a 14

14 a 21  14h às 17h Carga horária – 15 horas Investimento – R$ 350 Materiais com os alunos – Lápis de cor (madeira) e papel branco. Idade 4 a 12 anos Para início da oficina: (04 no mínimo e 10 no máximo) instrutora: Georgia Alves

14h às 17h  Aquarela para criança com Beto França

Literatura e Natureza Vamos brincar com os bichos? Desde o tempo das cavernas a chama acendeu outra. Ambas sobrevivem até hoje: O fogo e a literatura, importantes na relação com dos seres humanos com os bichos, que ameaçavam os seres humanos, quando não havia lanças e arco e flecha. Histórias contadas em conversas ao redor da fogueira ensinaram às novas gerações.

19h às 22h  Escrita criativa com Geórgia Alves

17 a 21 14 às 17  Escrita criativa p/criança com Geórgia Alves 19 às 22  Aquarela com Beto França

24 a 28 9h às 12h  Roteiro com Leandro Cunha 13h às 18h  Roteiro com Leandro Cunha

CURSOS E CONCURSOS

51


TELEFONES ÚTEIS

POSTOS DE DISTRIBUIÇÃO

3322 4188

Aeroporto

3322 4180 102

Auxílio à lista

Hospital da Restauração 3181 5400

3355 0128 190

Porto do Recife

3183 1949

Procon Estadual

3181 7000 / 0800 280 21 512 3452 1211

Rodoviária

192

Samu Grande

Recife

Transporte

Consórcio

de

0800 081 0158

3182 5552 / 3182 5554

EMPRESAS DE TÁXI Coopetáxi

3424 8944

Copseta

3462 1584

DiskTáxi

3419 9595

Ourotáxi

3423 7777

Teletáxi

3493 8383 2121 4242

2126

3424 1935

Biblioteca da Universidade Católica

Empetur - Casa da Cultura 3182 8296

de Pernambuco 2119 4122

Espaço IPHAN 3228 3011 /3228 3496

/ 2119 4252

Espaço Pasárgada – Casa Manuel

Biblioteca da Faculdade de Filosofia 2122 3500

Biblioteca da Faculdade Maurício de Nassau

3413 4611

Biblioteca Pública do Estado de Pernambuco

3181 2647 / 3181 2642

Bandeira

3184 3165

Escola Profissional de Artes João Pernambuco 3355 4092 / 3355 4093 Fundação Joaquim Nabuco – Casa Forte

3073 6363

Fundação Joaquim Nabuco – Derby

Biblioteca da Faculdade

3073 6767

Metropolitana da Grande Recife

Instituto Cervantes de Recife - Derby

2128 0500

3334 0450

Biblioteca Popular de Afogados

Mercado da Boa Vista 3355 3042

3355 3122 / 3355 3123

Mercado da Madalena 3445 1170

Biblioteca Popular de Casa Amarela

Museu da Abolição

3355 3130

Museu da Cidade do Recife - Forte

Casa da Cultura Luiz Gonzaga 3184

das 5 pontas 3355 3107 / 3355 3108

3151 / 3184 3152

Museu de Arte Aloísio Magalhães

Casa do Carnaval (Pátio de São

(MAMAM) 3355 6870 /3355 6871 /

Pedro) 3355 3302 / 3355 3303

3355 6872

Centro Apolo – Hermilo (Cine e

Museu do Estado de Pernambuco

Teatro) 3355 3311 / 33554331

3184 3170 / 3184 3174

Centro de Atendimento Turístico do

Museu Murillo La Greca 3355 3126 /

3182 8299

Aeroporto

3228 3248

3355 3127 /3355 3129

Centro de Atendimento Turístico do

Teatro Barreto Júnior 3355 6398 /

Arsenal – PCR 3355 3402

3355 6399

Centro de Atendimento Turístico do

Teatro de Santa Isabel 3355 3322 /

Mercado São José

3355 3022

Centro de Atendimento Turístico do Pátio de São Pedro

3355 3310

Centro de Atendimento Turístico do TIP – PCR

3182 8298

3355 3323 /3355 3324 Centro de Atendimento Turístico do Parque Dona Lindu 33559844 Centro de Atendimento Turístico do Shopping Center Recife

Centro de Atendimento Turístico da

34677486

Praça de Boa Viagem 3182 8297

Centro de Atendimento Turístico

Centro de Artesanato de Pernambuco

do Shopping Rio Mar 31828293

3181 3451

52  JUL 2017

Centro Cultural Correios 3224 5739 /

8090

do Recife – FAFIRE

Informações Turísticas 24h

Polícia Militar

Biblioteca Central da UFPE


Agenda Cultural do Recife - julho 2017  
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you