Issuu on Google+

AGENDA CULTURAL LISBOA OUT 2015

CAPA_AF.indd 1

29/09/15 12:26


www.teatromariamatos.pt • telf. 218 438 801

CAPA_AF.indd 2

V latk a H or va t Pa blo Fid alg o L ar e o Apoio Europa em Casa

Viriat o S oro m enho -M arq u es

MARIA MATOS TEATRO MUNICIPAL

Espetáculos de Pablo Fidalgo Lareo apresentados no contexto da Mostra Espanha

Rimini P r o to koll

Europa Improvável é um projeto House on Fire com o apoio do Programa Cultura da União Europeia

classifi cação etária: a classifi car pela CCE

T 2 a 18 E AT RO o u tu b ro 21 5

29/09/15 12:26


25 ANOS Catarina Vaz Pinto

Vereadora do Pelouro da Cultura

Um quarto de século Há 25 anos era lançado o primeiro número da Agenda Cultural de Lisboa (ACL). A revista que cabia no bolso e listava todos os espetáculos da cidade tornou-se, durante os anos 90, um modelo seguido por várias autarquias que viram nestas publicações uma forma de promoção da Cultura. Passados 25 outubros, a ACL passou por várias mutações, vários formatos e estruturas que obrigatoriamente espelham a visão e as estratégias delineadas para cada período. A ACL constitui um testemunho dos tempos e por isso escolhemos assinalar o seu aniversário com uma edição especial em formato gigante. A ACL, em papel e na sua versão on-line, é a ferramenta de informação base e mais completa sobre a atividade mensal da cidade, indispensável para fazer chegar a todos a oferta disponível e as nossas sugestões. A sua missão é não só compilar, organizar, sistematizar, categorizar e destacar as várias iniciativas que acontecem em toda a cidade, como mostrar os protagonistas da Cultura: os artistas, os técnicos, os produtores, os atores, os bailarinos, os escritores, os curadores; enfim, os agentes no terreno, aqueles que realmente fazem as coisas acontecerem. Lisboa tem como objetivo criar as condições para uma oferta cultural diversificada, para todos os tipos de públicos, abrangente a todas as áreas artísticas, transversal a todas as faixas etárias e estratos sociais. Quer dar voz às várias iniciativas municipais, governamentais, independentes, privadas, comerciais, marginais. A ACL faz este meritório trabalho para que todos os dias do ano, a qualquer hora do dia, os lisboetas, os habitantes da área metropolitana, os que visitam Lisboa, tenham o poder de escolha. E também para sentir que, em Lisboa, se tiver uma Agenda Cultural nunca está sozinho e encontrará sempre alguma informação ou alguma atividade para si. Nesta edição os anos 90 estão em destaque. Quisemos recordar, não sem alguma nostalgia, o que nos marcou: lugares que frequentávamos, livros que líamos, espetáculos que nunca mais esquecemos, pessoas que nos inspiraram. Recuperamos nesta edição a memória de objetos e lugares que faziam então parte do nosso quotidiano, alguns dos quais desaparecidos para sempre. Para nos avivar essa memória, entrevistamos 25 pessoas ligadas, há 25 anos, à cultura, à moda, ao lazer, à cidade. E é este o presente que deixamos aos leitores de sempre.

AGENDA_MIOLO_Outubro12.indd 1

25 OLHARES 2 SE BEM ME 14 LEMBRO ...

SOBRE A LISBOA DOS ANOS NOVENTA

25 ESCOLHAS DOS ANOS NOVENTA

ENTREVISTA TÓNAN QUITO 44

CADERNOS ESPECIAIS PROJECTO TEATRAL 26 TEATRO SÓ PARA ROMANO 30

AGENDA

RIR ! 46

ARTES20 CIÊNCIAS28 CINEMA32 DANÇA35 LITERATURA37 MÚSICA40 TEATRO 48 VISITAS GUIADAS51 CRIANÇAS54

VEJA NO SITE DA AGENDA CULTURAL 64 29/09/15 12:00


2

FRÁGIL, Fotografia de Luísa Ferreira.

AGENDA_25_Entrevistas_IC8.indd 2

15/09/25 11:38


25 3

CHAMARAM-LHE

A DÉCADA DA PROSPERIDADE.

NA INTRODUÇÃO AO VOLUME

DEDICADO AOS ANOS 90 DA OBRA PORTUGAL SÉCULO XX,

COORDENADA POR JOAQUIM VIEIRA, DIZ-SE

QUE “O ESPÍRITO É DE DESCONTRAÇÃO, CELEBRAÇÃO E FESTA, DE URGÊNCIA EM SABOREAR A VIDA”. A AGENDA CULTURAL FOI CRIADA EM 1990 PARA DIVULGAR OS

OLHARESL ISBOA EVENTOS DE UMA

QUE COMEÇA A AGITAR-SE E QUE QUER

TER ACESSO A UMA MAIOR E MAIS COSMOPOLITA OFERTA CULTURAL. PA R A E VO C A R E S S E S T E M P O S , DESAFIÁMOS 25 PERSONALIDADES

SOBRE A LISBOA ÁREAS DAS MAIS VARIADAS

CULTURAIS

DOS ANOS NOVENTA

PARA PARTILHAREM O SEU OLHAR SOBRE

ESTE PERÍODO TRANSFORMADOR DA CIDADE. Reportagem TOMÁS COLLARES PEREIRA Fotografia HUMBERTO MOUCO

AGENDA_25_Entrevistas_IC8.indd 3

15/09/25 11:38


4

Jorge Salavisa Qual era a sua atividade principal nos anos 90? Diretor do Ballet Gulbenkian e da Companhia Nacional de Bailado. Como era a Lisboa cultural dos anos 90? Energia, entusiasmo, esperança e inocência. Qual foi o momento, ideia ou evento mais relevante? Lisboa’ 94 – Capital Europeia da Cultura. Quais as transformações que sentiu no ambiente cultural? A criação de um Ministério da Cultura com um ministro com estratégia e visão: Manuel Maria Carrilho. O que ficou por cumprir? Visão e estratégia a longo prazo que não nos levasse às dificuldades dos dias de hoje. Qual o seu local preferido, dessa época, para sair ou estar? Como em todas as épocas, a minha casa. Escolha um objeto que simbolize, para si, os anos 90. O estupor do telemóvel.

AGENDA_25_Entrevistas_IC8.indd 4

Elísio Summavielle

Hernâni Miguel

Qual era a sua atividade principal nos anos 90? Administrador do setor de intervenção urbana da Lisboa’94 . Como era a Lisboa cultural dos anos 90? Tenho uma enorme saudade desses tempos, em que a cidade ainda muito adormecida culturalmente, deu início a uma caminhada “épica” de mudança, e de valorização cultural como até então nunca se tinha visto. Uma dinâmica em crescendo, que teve os seus pontos culminantes na Lisboa’94 e na Expo’98. É uma enorme saudade, que estendo à criação da (até então inexistente, pasme-se!) Agenda Cultural, pelo Rui Perdigão. Qual foi o momento, ideia ou evento mais relevante? Não esqueço um evento que infelizmente nunca mais se repetiu, a noite de encerramento da Lisboa’94, na rua, com os Sons da Sétima, onde nas igrejas de Lisboa soaram todos os sinos em simultâneo, criando uma ambiência sonora única e inolvidável. Quais as transformações que sentiu no ambiente cultural? A chamada “movida cultural” de Lisboa iniciou-se nos anos 90. A oferta aumentou muito e em boa harmonia com a crescente procura. A cidade assistiu a uma verdadeira democratização do acesso à cultura, e de forma plural, multidisciplinar. O que ficou por cumprir? Infelizmente houve dinâmicas interrompidas, amortecidas, e por falta de consolidação cultural efetiva, assistimos hoje a alguns fenómenos negativos, como este excessivo primado do Turismo, que é quase o exclusivo condicionador da animação urbana. Qual o seu local preferido, dessa época, para sair ou estar? Desse tempo e de toda a vida, a “minha” Lisboa será sempre a da “Sétima Colina”, o eixo romântico da cidade. Escolha um objeto que simbolize, para si, os anos 90. É muito difícil escolher. Talvez um grande “objeto arquitetónico”: a pala de Siza Vieira no Pavilhão de Portugal (1998). Um monumento classificado, que irónica e desgraçadamente está hoje praticamente abandonado.

Qual era a sua atividade principal nos anos 90? Promotor de diversão noturna e musical. Como era a Lisboa cultural dos anos 90? A partir do final dos anos 80 houve um boom na noite, que se confirmou nos anos 90. Em 1990 abri o bar Targus, que se manteve durante 10 anos. Um bar que não nasce da moda mas fez uma moda, onde parava toda a gente, era o bar da nova geração: jornalistas, manequins, políticos, de tudo um pouco. Qual foi o momento, ideia ou evento mais relevante? A Expo’98, sem dúvida, e a Lisboa’94. Uma inicia e a outra reafirma. Penso que se complementam. Quais as transformações que sentiu no ambiente cultural? Trouxe mais gente, abriu as mentes das pessoas, na forma como se começou a olhar para a Cultura, sobretudo por parte dos agentes culturais, que continuam a caminhar sozinhos, com os políticos a vê-los de longe e nos momentos que lhes são oportunos. O que ficou por cumprir? Criar mais espaços, perceber quem deve ter subsídios e que a Cultura gera dinheiro. Qual o seu local preferido, dessa época, para sair ou estar? O Targus, claro. O meu e de muitos outros como eu. Escolha um objeto que simbolize, para si, os anos 90. A música, no sentido da afirmação do hip-hop em Portugal (Da Weasel, Boss AC, etc.)

15/09/25 11:38


5

25 OLHA RES

Manuel João Vieira Ruben de Carvalho Qual era a sua atividade principal nos anos 90? Jornalista. Como era a Lisboa cultural dos anos 90? Uma cidade que vinha lentamente a ganhar novos hábitos e espaços culturais, mais cosmopolita, renovando e acolhendo novidades (o fado, as Festas de Lisboa, a música caboverdeana, os megaconcertos, o espaço público). Qual foi o momento, ideia ou evento mais relevante? Seguramente a Expo’98, não apenas pelo momento cultural que representou, mas também pelas transformações urbanas que introduziu, nomeadamente no quadro da relação entre Lisboa e o Tejo. Quais as transformações que sentiu no ambiente cultural? O crescente predomínio do audiovisual em todos os aspetos, desde a crescente hegemonia da TV à presença da informática noutras áreas, como nomeadamente a música. O que ficou por cumprir? O desenvolvimento de uma política cultural estruturada e articulada, nomeadamente a ligação à realidade escolar juvenil. Qual o seu local preferido, dessa época, para sair ou estar? Mantive-me fiel ao meu triângulo de décadas: Portugália, Trindade, Ribadouro... Re-apropriei-me do recuperado Império! Escolha um objeto que simbolize, para si, os anos 90. Parece-me difícil fugir ao computador portátil e ao telemóvel. Se não tudo, quase tudo mudaram...

AGENDA_25_Entrevistas_IC8.indd 5

Qual era a sua atividade principal nos anos 90? Artista plástico e músico. Como era a Lisboa cultural dos anos 90? Os anos 90 continuaram ainda, durante os primeiros anos, com um acréscimo de atividade cultural inversamente proporcional ao das atividades agrícolas, piscatórias ou industriais, que vinha dos anos 80. Proliferavam galerias, inauguraram-se museus e instituições (Serralves, Berardo, Culturgest, CCB, etc.). Pensava-se na época que ainda era possível que os artistas periféricos, se fossem bons copistas, pudessem ser protagonistas no maravilhoso mundo da Arte Contemporânea internacional, controlado por meia dúzia de especuladores com laços obscuros aos novos centros do Poder Colonial Cultural (POCOCU). Qual foi o momento, ideia ou evento mais relevante? Com a reunificação alemã em 1990 e o fim do bicho-papão soviético deixou de haver uma razão para prosseguir com políticas sociais democráticas na Europa e começou devagarinho a implementar-se o neoliberalismo. Isto com a vulgarização do computador, a Ana Malhoa a fazer o Buerére, o Dartacão e o álbum És muita Linda dos Ena Pá 2000, deu como resultado direto o surgir do Euro na Europa em 95 (cá foi mais tarde). Daí estarmos no estado em que estamos (muito bom estado), do qual apenas o Candidato Vieira (surgido em 2001 mas pensado em 1999) nos pode salvar. Quais as transformações que sentiu no ambiente cultural? Na economia consagrou-se o modelo económico do patobravismo português em toda a sua extensão. Além do já mencionado na primeira pergunta, creio que no fim dos anos 90 se chegou a um limite na expansão do mercado de arte. Os artistas portugueses, na música e nas artes plásticas continuaram a falar cada vez mais a linguagem do colono cultural, o inglês, e o macaquismo de imitação. De salientar a invenção das feiras medievais. O nascimento das televisões independentes abriu caminho à tentativa de proceder à alegre estupidificação maciça dos portugueses. O que ficou por cumprir? O que tinha ficado por cumprir nos anos 10, 20, 30, 40, 50, 60, 70 e 80. Qual o seu local preferido, dessa época, para sair ou estar? Lisboa antiga, antes dos turistas. E Monsanto, antes de acabarem as profissionais. As árvores profissionais. Escolha um objeto que simbolize, para si, os anos 90. O meu velho Mac 6100. Ainda funciona e gostava de dizer que está à venda.

15/09/25 11:38


6

25 OLHA RES

Rui Reininho

Nuno Mateus

Qual era a sua atividade principal nos anos 90? Artes de palco. Como era a Lisboa cultural dos anos 90? Em pleno boom de entrada de verbas europeias, a arte do subsídio atingia um dos seus períodos áureos... Qual foi o momento, ideia ou evento mais relevante? Antes do Bug do milénio em 1999/2000, Lisboa recebeu o reconhecido êxito popular do Grupo Novo Rock , em 1992, que invadia um dos seus estádios de futebol mais emblemáticos na música popular, o de Alvalade . Quais as transformações que sentiu no ambiente cultural? Que não há nada lá em cima, pondo mesmo em causa a existência de divindades. O que ficou por cumprir? Além do mar, ficaram por cumprir as internacionalizações enquanto a política festivaleira se tornou subserviente, como o resto da sociedade. Qual o seu local preferido, dessa época, para sair ou estar? Para sair, da cama! Para passear, O Tejo e o Alterne . Escolha um objeto que simbolize, para si, os anos 90. A Coca Expo.

Qual era a sua atividade principal nos anos 90? Arquiteto. Como era a Lisboa cultural dos anos 90? Uma cidade em forte transformação que procurava afirmar a sua presença europeia através dos grandes eventos internacionais . Qual foi o momento, ideia ou evento mais relevante? Inauguração do CCB, Lisboa Capital Europeia da Cultura, Expo’98. Para mim, pessoalmente, foi a fundação da ARX com o meu irmão, e que faz este ano também 25 anos de existência. Quais as transformações que sentiu no ambiente cultural? A abertura definitiva e plena ao mundo da Cultura internacional veio demonstrar a energia criativa e a relevância da produção específica da cidade e do país. O que ficou por cumprir? Ficou por cumprir que essa conceção da Cultura como bem de primeira necessidade se enraizasse como indispensável a todas as políticas organizativas e sobretudo de governação. Qual o seu local preferido, dessa época, para sair ou estar? O Bairro Alto e Chiado. Escolha um objeto que simbolize, para si, os anos 90. O fax, que nasceu e morreu nessa década.

Fotografia de André Brito.

AGENDA_25_Entrevistas_IC8.indd 6

15/09/25 11:38


7

Zeferino Coelho

Miguel Abreu

Henrique Cayatte

Qual era a sua atividade principal nos anos 90? Editor. Como era a Lisboa cultural dos anos 90? Os anos 90, tanto quanto me lembro, foram uma década de grande exaltação nacional, e a vida cultural contribuiu muito para isso. Recordo dois exemplos: a realização da Expo e a atribuição do Prémio Nobel da Literatura a José Saramago. Saramago, disse, a propósito do prémio, que todos nós, portugueses, nos sentimos nesse momento um pouco mais altos. Creio que foi este o sentimento que marcou toda a década. Qual foi o momento, ideia ou evento mais relevante? Por razões pessoais, sendo à época o editor de José Saramago, foi sem dúvida o tempo que decorreu entre o início de outubro (data do anúncio do Prémio Nobel) e 10 de dezembro de 1998 (data da entrega). Quais as transformações que sentiu no ambiente cultural? O tom geral da vida nesse tempo era de grande otimismo, às vezes mesmo exagerado. Foram os anos de ouro da adesão à União Europeia. Ninguém prestava atenção aos poucos que avisavam sobre o que estava para vir. Estes eram liminarmente condenados como Cassandras irritantes. Não acreditámos que fazer uma festa com o cavalo de Troia acaba fatalmente em pesadelo, que é o que estamos a viver hoje. O que ficou por cumprir? O que foi feito foi feito, e creio que em geral não nos envergonha. O que ficou por cumprir? Acho que a queda foi tão grande que ainda não percebemos muito bem o que nos aconteceu e ainda está a acontecer. Mas o mundo não acaba e tudo voltará ao normal. Nessa altura saberemos o que ficou por cumprir e então mostraremos o que realmente valemos. Qual o seu local preferido, dessa época, para sair ou estar? A minha casa, na minha biblioteca. Escolha um objeto que simbolize, para si, os anos 90. A medalha de ouro do Prémio Nobel. Não era minha, claro, mas eu estava por ali e tive-a na mão.

Qual era a sua atividade principal nos anos 90? Ator e produtor cultural. Como era a Lisboa cultural dos anos 90? Uma cidade culturalmente periférica, distante dos centros de produção cultural contemporânea. No entanto, é nos princípios dos anos 90 que novos sistemas de produção cultural e novas tendências artísticas se começam a afirmar, mais alinhados com a Europa comunitária e diversa. Qual foi o momento, ideia ou evento mais relevante? O imaginário de desenvolvimento económico, social e cultural criado a partir da ideia de uma Europa Comunitária unida e solidária. A adesão de Portugal à CEE teve um forte impacto na produção cultural portuguesa dos anos 90 proporcionando a realização da Europália 91, Lisboa’94 e da Expo’98. Quais as transformações que sentiu no ambiente cultural? Um progressivo aumento da diversidade da oferta cultural, em quantidade e em qualidade, mais cosmopolita, assegurando uma maior separação e clarificação entre as dinâmicas de entretenimento, as práticas artísticas e as práticas culturais, com claros benefícios para o aparecimento e caraterização de diferentes públicos. O que ficou por cumprir? Uma efetiva Democracia Cultural, consequência da incapacidade (ou falta de vontade do Poder, em geral, em compreender que, sem investimento cultural nos cidadãos não há desenvolvimento sociocultural nem crescimento económico sustentáveis a médio e longo prazo. Qual o seu local preferido, dessa época, para sair ou estar? Café A Brasileira (literalmente o meu escritório diurno) e o bar Frágil (o meu escritório noturno). Escolha um objeto que simbolize, para si, os anos 90. O telemóvel da TMN .

Qual era a sua atividade principal nos anos 90? Designer, ilustrador e professor. Como era a Lisboa cultural dos anos 90? Uma cidade de festa. Uma época fantástica! Qual foi o momento, ideia ou evento mais relevante? Não houve um. Houve vários. Destaco, entre outros, a Lisboa’94 e a Expo’98. Quais as transformações que sentiu no ambiente cultural? Tudo mudava. Não à velocidade de hoje e por isso mesmo foi extraordinário. Um enorme movimento cultural com mais espetáculos, mais edições, rádios piratas, novos jornais e o advento da televisão global. O computador entra em cena por essa época, logo seguido da internet e dos telemóveis. As pessoas viviam de forma diferente com menos tecnologia mas quero acreditar que mais felizes, sem esta crise e este medo. O que ficou por cumprir? Muito e para muitas pessoas que estão a passar um muito mau bocado. E a culpa não é delas. Ficou por cumprir uma maior participação democrática e uma cidadania interventiva mais ativa. Qual o seu local preferido, dessa época, para sair ou estar? Bairro Alto, casas de amigos, restaurantes, frente ribeirinha, Expo, ruas, livrarias, museus e jardins... Lisboa inteira! Escolha um objeto que simbolize, para si, os anos 90. Dois objetos e não um se me permitirem. A caneta de desenho Rotring e o Filofax, objeto tipicamente urbano. Havia quem não passasse sem ele e quando se perdia era uma angústia. Claro que passou de moda porque o telemóvel entretanto apareceu. Primeiro timidamente e depois tomou conta de (quase) tudo.

AGENDA_25_Entrevistas_IC8.indd 7

15/09/25 11:38


8

25 OLHA RES

Leonel Moura

Diogo Dória

Qual era a sua atividade principal nos anos 90? Artista. Como era a Lisboa cultural dos anos 90? Os anos 80 trouxeram uma nova dinâmica cultural, sobretudo assente na ideia do pós-modernismo. Essa dinâmica prolongou-se na década de 90, até resultar na decadência artística e criativa a que se assiste daí em diante e até hoje. Qual foi o momento, ideia ou evento mais relevante? A Expo’98. Quais as transformações que sentiu no ambiente cultural? Como disse, passou-se de um estado de dinamismo para o marasmo. Em grande parte devido à própria transformação das condições de produção artística e culturais que passaram da iniciativa individual para o domínio do mercado. O que ficou por cumprir? A Cultura é uma história que não acaba. Por vezes tem momentos de retrocesso conservador, como acontece atualmente, seguidos de explosões de grande criatividade. É isso que está em preparação através das artes não convencionais, em particular aquelas que recuperam a relação Arte e Ciência. Qual o seu local preferido, dessa época, para sair ou estar? O meu ateliê. Deixei de ter vida social no final dos anos 80. Escolha um objeto que simbolize, para si, os anos 90. O meu primeiro robot.

Qual era a sua atividade principal nos anos 90? Ator Como era a Lisboa cultural dos anos 90? No início dos anos 90, Lisboa vivia na expetativa do que seria uma grande década para o Teatro e para a Dança, e que culminaria na Expo’98, que acrescentou a cidade, deu animação e hoje dá vistos Gold ou vistos Macedo. Qual foi o momento, ideia ou evento mais relevante? O surgimento de três grupos de teatro: Artistas Unidos; Teatro Meridional; Teatro Praga. Saliento o primeiro. Nascido sob o signo “sem deus nem chefe”, mas com um chefe que se toma por um deus, e do “antigo testamento”, o grupo tem desenvolvido um trabalho ímpar, quer na revelação de novos autores, como Jon Fosse, Lagarce, Mayorga, Stephens, quer na revisitação de clássicos, como Esta Noite Improvisa-se Pirandello. Quais as transformações que sentiu no ambiente cultural? Transformações sinto-as em mim, naqueles que comigo trabalham e nos meus colegas atores. Uns, vão melhor; outros, nem tanto. É a vida. O que ficou por cumprir? O mesmo de sempre: que haja lisura e transparência na atribuição de subsídios, ao invés do último concurso do teatro-dança. E que não haja júris anónimos! Que bom foi ler o nome do júri no genérico do filme As Mil e Uma Noites. Qual o seu local preferido, dessa época, para sair ou estar? O restaurante Tica-Tica, em Campo de Ourique, onde ainda hoje como umas belas iscas. Escolha um objeto que simbolize, para si, os anos 90. A estátua ao 25 de Abril, de João Cutileiro. A meu ver, apontada a colegas, a primos, a sobrinhos e amigos de presidentes de câmara, que enxameiam o território de mamarrachos em rotundas e quitandas.

AGENDA_25_Entrevistas_IC8.indd 8

15/09/25 11:38


9

Ramon Font

Pedro Rolo Duarte

Delfim Sardo

Qual era a sua atividade principal nos anos 90? Correspondente da TVE, assessor da Lisboa’94 e da Expo’98. Como era a Lisboa cultural dos anos 90? A revolução no Bairro Alto, com a influência de novos códigos urbanos sem descaraterizar a identidade dos bairros históricos, está na génese do atual estado de agitação que tanto apreciamos nós, os loucos por Lisboa. A insurreição cultural que o 25 de Abril pressagiava, só explodiu no final da década dos 80 tendo amadurecido na reta final do século, momento em que Lisboa atinge o ponto alto do seu esplendor cultural. Qual foi o momento, ideia ou evento mais relevante? A Lisboa’94 e a Expo’98 são duas caras da mesma moeda. A primeira aproveita o burburinho cultural do centro histórico com a incorporação de novos espaços, novos programas e novos públicos. O programa Sétima Colina é um bom exemplo de agitação cultural. A Expo’98 é uma mudança de paradigma, uma operação perfeitamente desenhada que abre a cidade e cria novos horizontes que estimularam a autoestima nacional até limites pouco antes imaginados. O génio de Mega Ferreira é um luxo que merecia segundas e terceiras partes. Quais as transformações que sentiu no ambiente cultural? Julgava que a revolução urbana da Expo e a vitalidade do centro histórico entre Santos e Alfama contagiariam mais rapidamente o mundo por descobrir entre Santa Apolónia e Marvila. Qual o seu local preferido, dessa época, para sair ou estar? O revitalizado Coliseu dos Recreios e o Clube de Fado, que conserva a matriz tradicional com os novos valores que o mestre Mário Pacheco vai descobrindo. Lamento profundamente a extinção do antigo B’leza. Escolha um objeto que simbolize, para si, os anos 90. O Coby, de Javier Mariscal, símbolo dos Jogos Olímpicos de Barcelona 92 e o Gil, da Expo’98, as minhas duas cidades.

Qual era a sua atividade principal nos anos 90? Jornalista, editor da revista K e diretor do suplemento DNA. Como era a Lisboa cultural dos anos 90? Uma cidade em revolução, descoberta e renovação: as grandes festas do Frágil, a abertura do Lux e da Bica do Sapato, os anos de ouro da Moda Lisboa, a maturidade da geração de 80 do Bairro Alto. A imprensa, a rádio, a TV em expansão, com novos projetos (quase todos muito urbanos: CMR e Rádio Energia, revista K, a Ícon, etc.), e uma ascensão da ideia de movimento urbano, cultura e moda em conciliação. Dez anos de glória, coroados pela Expo’98. Qual foi o momento, ideia ou evento mais relevante? Para a cidade, a Expo’98. Para mim, a abertura do “eixo” Lux-Bica do Sapato-Casa Nova-Delidelux. E se me perdoarem o excesso de personalização, o nascimento do meu filho, mesmo a meio da década, em 1995. Quais as transformações que sentiu no ambiente cultural? Ao mesmo tempo que entravam em decadência ideias clássicas da cidade, nasciam e cresciam alternativas que viriam a conduzir à Lisboa de hoje: cosmopolita, variada, vibrante. Para tudo isso contribuiu o incêndio do Chiado - que tendo sido uma catástrofe, obrigou a renovar e recuperar todo o centro de Lisboa, com os felizes resultados que hoje estamos a ver. O que ficou por cumprir? Ficou por cumprir a cultura de bairro, a manutenção de espaços que podiam hoje conviver com a modernidade. Para além do Quarteto, posso falar do cinema Londres, de alguns teatros, do Parque Mayer, da Feira Popular. E a baixa de Lisboa ainda está longe do que deveria ser, e o Chiado já é. Qual o seu local preferido, dessa época, para sair ou estar? Já respondi: Bica do Sapato, Lux, Pap’açorda, Casanostra, Casanova, Bar do Rio. Escolha um objeto que simbolize, para si, os anos 90. O telemóvel.

Qual era a sua atividade principal nos anos 90? Curador. Como era a Lisboa cultural dos anos 90? Grandes expetativas. Havia crítica e opiniões divergentes, uma excitação no ar, o Manuel Reis a dar o ar cosmopolita à cidade, uma geração de artistas a aparecer, a anterior a afirmar-se internacionalmente, um olho em Madrid outro no Bairro Alto, a cacimba dos governos Cavaco que pareciam eternizar-se, a cultura como uma flor na lapela dos políticos, o Chiado ferido do incêndio, tudo à espera, nervoso. Qual foi o momento, ideia ou evento mais relevante? O aparecimento da Culturgest e do CCB, as exposições de Hélio Oiticica, John Coplans e John Baldessari na Gulbenkian, Lisboa’94 (que mudou estruturalmente a oferta cultural da cidade), Douglas Gordon no CCB, Pina Bausch em Lisboa, a mudança que a Expo produziu e tive dois filhos. Muitos políticos, treinadores de futebol e sindicalistas cortaram os bigodes. Quais as transformações que sentiu no ambiente cultural? Passou da fase glamour emocional da década de 80 para a fase técnico-produtiva. Essa profissionalização da Cultura não destruiu a energia de uma nova geração de artistas que rebarbativamente se foi afirmando. O que ficou por cumprir? As instituições culturais não se solidificaram, não se internacionalizaram nem se desenvolveram, quer porque têm hoje orçamentos muito mais baixos, quer porque não criaram carreiras para os profissionais da cultura. Qual o seu local preferido, dessa época, para sair ou estar? O escritório que tive no Chiado, jantar no Pap’Açorda, copos no Frágil e no Mah Jong, Pastorinhos enquanto houve, lá para o fim da década, o Lux. Passar na Assírio & Alvim, ir ao Ponto Final em Cacilhas. E a Biblioteca da Gulbenkian, como hoje. Escolha um objeto que simbolize, para si, os anos 90. O Apple LC, o CD e o Nokia 900.

AGENDA_25_Entrevistas_IC8.indd 9

15/09/25 11:38


10

25 OLHA RES

Clara Andermatt Qual era a sua atividade principal nos anos 90? Bailarina e coreógrafa. Como era a Lisboa cultural dos anos 90? Promissora, em expansão, em desenvolvimento; ativa, virada para fora. Qual foi o momento, ideia ou evento mais relevante? Lisboa Capital da Cultura 94; Ministério da Cultura 95; Expo‘98. Quais as transformações que sentiu no ambiente cultural? Desde logo a criação de um ministério da Cultura com o início de programas estruturados de apoio às artes, incluindo pela primeira vez a Dança. A afirmação da Nova Dança Portuguesa; o surgimento de várias associações culturais, o investimento, requalificação e conquista de novos espaços e a realização de festivais, fundamentais para a visibilidade da criação contemporânea assim como para a reflexão e valorização das artes e da cultura. A abertura de formações e cursos privilegiando estas áreas. Acreditou-se na experimentação. A inovação tecnológica; a internet. Mais interesse e informação e consequentemente mais público. A aproximação do mundo, das pessoas e das ideias. O que ficou por cumprir? A sustentação e consolidação; houve um desinvestimento. Faltou organização, planeamento e visão. Agora privilegiam-se outras coisas. A cultura passou para a periferia e o negócio começou a ocupar o centro. Qual o seu local preferido, dessa época, para sair ou estar? O rio e o Bairro Alto. Escolha um objeto que simbolize, para si, os anos 90. O globo.

AGENDA_25_Entrevistas_IC8.indd 10

Pedro Lapa Qual era a sua atividade principal nos anos 90? Curador. Como era a Lisboa cultural dos anos 90? O convencionalismo da década anterior prolongava-se e assumia o protagonismo nas artes visuais, por vezes de forma dogmática e pretensiosa. Simultaneamente uma nova geração emergia, mas era escorraçada pela politização e deriva a que submetia as formas artísticas. As instituições quase não existiam, embora algumas estivessem em construção, o que levantava o ânimo. A política cultural era nula, reacionária, e a arte contemporânea era ostracizada, estava a dez anos de entrar na moda. Qual foi o momento, ideia ou evento mais relevante? Talvez o mais importante tenha sido Life/Live: a cena artística no Reino Unido 1996: novas aventuras, no CCB (1997) pelo contacto que proporcionou com as mais diversas tendências no Reino Unido, na época convergência de todas as atenções. Quais as transformações que sentiu no ambiente cultural? Novos equipamentos culturais iniciaram funções: CCB, Museu do Chiado, Culturgest, quase tudo o que hoje consideramos parte do quotidiano. Foi criado o Instituto de Arte Contemporânea para apoiar a criação emergente e organizar as representações às bienais. O ministro da Cultura foi o melhor. Espaços alternativos como a ZDB e a escola Maumaus marcaram linhas programáticas de relevo. As galerias comerciaiscresceram e contribuíram para a revelação e apresentação de muito do que foi feito (Graça Fonseca, Módulo, Luís Serpa, entre outras). O que ficou por cumprir? Uma política pública de aquisições, definitivamente um museu internacional para a arte moderna e contemporânea em Lisboa, a continuidade e desenvolvimento dos apoios à criação, programas de residências artísticas... Qual o seu local preferido, dessa época, para sair ou estar? O Chiado, o jardim do Adamastor e o Bairro Alto à noite. Escolha um objeto que simbolize, para si, os anos 90. O fax, no início, e o computador ligado à rede, no final.

15/09/25 11:38


11

Maria do João Paulo António Cotrim Pinto Ribeiro Céu Guerra Qual era a sua atividade principal nos anos 90? Jornalista. Como era a Lisboa cultural dos anos 90? A noite dominava tudo e possuía ainda algo de aventura e conquista, não era sinónimo de consumo. Consumava a liberdade de acolher o futuro numa cidade que se redescobria a partir de meia dúzia de espaços, tendo o Bairro Alto como nervoso epicentro. As conversas de engate andavam entre o pós-modernismo e os Nirvana. E o palco maior era a rua. Qual foi o momento, ideia ou evento mais relevante? Sobretudo pelo pensamento contra e a favor que provocaram, os macroeventos Lisboa’94 - Capital Europeia da Cultura e Expo’98 foram terramotos que aceleraram quedas e construções. Quais as transformações que sentiu no ambiente cultural? Desconfio que a coleção completa da Agenda será dos melhores sismógrafos e daria tese, se não deu já… Do lado da quantidade, o salto é assombroso. Percebeu-se de uma vez o sentido da palavra cosmopolita. Do lado da qualidade, o ar do tempo sopra confundindo entretenimento e cultura, lazer e arte. Se excluirmos os megaconcertos, a internet mantém-nos mais em casa. O que ficou por cumprir? A cultura que se pratica ainda depende demasiado das instituições, que, a propósito, também se multiplicaram. Vejo, contudo, sinais de esperança a nascer um pouco pelo mapa todo e não apenas no centro. Qual o seu local preferido, dessa época, para sair ou estar? A rua era um belo lugar, sobretudo a que unia o Estádio ao Ópera, o Botequim ao Incógnito, o Snob ao Tokio, os Três Pastorinhos ao Fontória, o Frágil ao Artis. Escolha um objeto que simbolize, para si, os anos 90. Hesito entre a disquete e o telemóvel. Seja o segundo: um Motorola MicroTAC 7200.

AGENDA_25_Entrevistas_IC8.indd 11

Qual era a sua atividade principal nos anos 90? Diretor artístico da Culturgest. Como era a Lisboa cultural dos anos 90? Lisboa ao encontro da Europa depois de Portugal ter entrado na CEE. Lisboa a construir-se como uma cidade europeia, uma cidade à procura de marcar o seu lugar na Europa, atlântico e mediterrânico, uma cidade a construir-se como cidade solar e hospitaleira, de novas festividades e nova identidade. Qual foi o momento, ideia ou evento mais relevante? Foi a ideia de aprender a ser internacionalista e cosmopolita. Quais as transformações que sentiu no ambiente cultural? Tratou-se da passagem de uma Lisboa triste, a viver a depressão pós-revolução, para uma Lisboa a reconstruir-se de novo. Começava a Lisboa “cidade branca”. O que ficou por cumprir? O que fica para cumprir é sempre o que há-de vir e é a possibilidade de isso acontecer que faz uma cidade – esta cidade – um lugar de futuro. Qual o seu local preferido, dessa época, para sair ou estar? A Culturgest. Escolha um objeto que simbolize, para si, os anos 90. A capa da edição do livro de Al Berto O Medo.

Qual era a sua atividade principal nos anos 90? Atriz. Como era a Lisboa cultural dos anos 90? Uma chatice... um período de artificialidade e betão de dinheiro mal gasto e mau gosto. De bom, as caricaturas do António, as crónicas do Nuno Brederode e os Noturnos da Maria João Pires. Qual foi o momento, ideia ou evento mais relevante? O fim do Cavaquismo e daquele insuportável Estado Novo que fez de Portugal um país mais desigual. Anos em que estivemos na mão de um primeiro ministro completamente insensível para as questões sociais e de uma série de políticos que a justiça veio a designar como corruptos e criminosos. Quais as transformações que sentiu no ambiente cultural? As vitórias de Sampaio e Guterres foram uma Primavera que com Manuel Maria Carrilho e Ruy Vieira Nery deram um novo alento à vida política e cultural. No que diz respeito à Barraca, que esteve durante 10 anos sem os apoios de que beneficiara desde o 25 de Abril, a nossa vida melhorou. Voltámos a ter apoios e a fazer da Barraca o grupo de teatro que o público reconhece e estima. Foi nesta década também que, com o incentivo de João Soares como presidente da Câmara e Francisco Louçã no Parlamento se combateu o preconceito homofóbico. E a década da despenalização do aborto que resultou de uma enorme luta das mulheres portuguesas. O que ficou por cumprir? Levar mais longe a luta contra a droga e garantir como definitivas as vitórias alcançadas. Como agora, a esquerda deveria ter sido capaz de se unir para que a direita não voltasse como voltou, com a faca entre os dentes. Qual o seu local preferido, dessa época, para sair ou estar? Adorei a Expo’98. Sentimo-nos competentes, cosmopolitas. A pala prodigiosa do Pavilhão de Portugal é para mim um motivo de orgulho. Pela Ponte Vasco da Gama quero viajar sempre, porque é linda. Escolha um objeto que simbolize, para si, os anos 90. A moeda de dez paus que dava e sobrava para o pequeno-almoço na pastelaria da esquina.

15/09/25 11:39


12

25 OLHA RES

João Pinharanda

Margarida Martins

Eduarda Abbondanza

Qual era a sua atividade principal nos anos 90? Crítico de arte no jornal Público. Como era a Lisboa cultural dos anos 90? A minha geração tomava consciência de que o mundo, e Portugal, passava de uma real euforia (democracia, Portugal na Europa, mercado, internacionalização das artes, queda do Muro) à perspetiva de uma crise cujos contornos iam da sida às quebras bolsistas, à Guerra do Golfo. Qual foi o momento, ideia ou evento mais relevante? A Primeira Guerra do Golfo. Quais as transformações que sentiu no ambiente cultural? Nos anos 90 viveu-se em Portugal a última polémica artística intergeracional em torno da exposição Imagens para os Anos 90 (Fund. de Serralves). Paradoxalmente, a falta de debate e a quebra do mercado não foi acompanhada de uma diminuição de energia criativa e surgimento de novos nomes e obras. O que ficou por cumprir? Na história nunca fica nada por cumprir. Nos projetos (artísticos) ficou por cumprir a internacionalização e a criação de um Museu (do Estado) de Arte Contemporânea em Lisboa. Qual o seu local preferido, dessa época, para sair ou estar? Para estar em Lisboa, a casa dos amigos ou a minha casa, com os amigos. Para sair, Lagos. Escolha um objeto que simbolize, para si, os anos 90. Não um objeto mas um projeto que diariamente se objetualizava (objetivava): o Público.

Qual era a sua atividade principal nos anos 90? Presidente da Associação Abraço. Como era a Lisboa cultural dos anos 90? Para mim foi a década da consolidação da modernidade e contemporaneidade. Foi consolidar o que nasceu nos meados dos anos 80, no Bairro Alto, que se foi alastrando pela cidade e claramente assumido no início dos anos 90. Qual foi o momento, ideia ou evento mais relevante? A Expo’98 foi o grande acontecimento da década, que conseguiu mobilizar a totalidade dos portugueses e, dessa forma, mobilizar também, a maioria dos agentes culturais... Assistimos, em todas as áreas, a um verdadeiro acontecimento excecional. Não posso deixar de referir que, do meu ponto de vista, o início de tudo surgiu com a Lisboa’94. Foi o pontapé de saída de uma nova realidade cultural que se instalou na cidade... Quais as transformações que sentiu no ambiente cultural? Em termos históricos, saídos de uma revolução, descobrimos a Europa e somos descobertos por ela, momento das grandes obras públicas, das estradas e autoestradas, enfim, do betão... Passado esse tempo, foi sentida a necessidade de subirmos mais um degrau da nossa evolução como povo e é assim que aparecem esses grandes acontecimentos de referência, que conseguiram mexer e desafiar toda a comunidade cultural, e que, desta forma, a obrigou a transformar-se, a virar-se mais para o exterior, no sentido de uma maior modernidade e contemporaneidade. O que ficou por cumprir? Nada ficou por cumprir, tudo tem o seu tempo e momento. E naquele tempo, tudo foi aproveitado ao máximo. Qual o seu local preferido, dessa época, para sair ou estar? A cidade para mim é, e sempre foi, um todo. Como tal, penso que todos os locais têm o seu encanto, tenho muitos e variados locais

Qual era a sua atividade principal nos anos 90? Designer de moda e Art Director. Como era a Lisboa cultural dos anos 90? Nos anos 90 Lisboa atravessa um período fantástico a nível cultural. Havia uma efervescência nas várias áreas artísticas que comunicavam e colaboravam entre si. Houve um desenvolvimento evidente da cultura e criatividade nacionais. Qual foi o momento, ideia ou evento mais relevante? Para mim, a criação da ModaLisboa - Lisboa Fashion Week em 91 foi um marco incontornável. A Expo’98 foi outro acontecimento admirável e que teve um sucesso enorme. De salientar também o prémio Nobel da Literatura atribuído a José Saramago. Quais as transformações que sentiu no ambiente cultural? Nos anos 90 assistimos a uma revolução tecnológica. A facilidade de comunicação entre pessoas/criativos foi notável e deu origem a um movimento de partilha de informação inédito. Os chats eram utilizados por pessoas de todo o mundo, o que para os criativos foi excecional. Em 96 fizemos uma ModaLisboa única, que durou dez dias, na Cordoaria Nacional, em que explorámos todas as novas tecnologias disponíveis. Transmitimos desfiles em streaming, o segundo país a conseguir tal feito. O que ficou por cumprir? A Cultura gera benefícios e promove a imagem nacional. É uma das componentes essenciais para a identidade de um país. Acho lamentável Portugal não ter um Ministério da Cultura. Portugal atravessa um período de estagnação cultural agravado pela crise. A Cultura fica em segundo plano e, como é obvio, isso vai ter consequências a longo prazo. Qual o seu local preferido, dessa época, para sair ou estar? Eram imensos: Frágil, Papa Açorda, Pastorinhos, Gulbenkian, Bairro Alto, Chiado, Brasileira, Benard, Sinal Vermelho... Escolha um objeto que simbolize, para si, os anos 90. Foi a década do meu primeiro telemóvel, do meu primeiro computador. Nessa altura o fax ainda era um importante meio de comunicação mas atualmente é completamente obsoleto.

preferidos... Escolha um objeto que simbolize, para si, os anos 90. O pin com o símbolo da Associação Abraço...

AGENDA_25_Entrevistas_IC8.indd 12

15/09/25 11:39


13

Joaquim Leitão

João Soares

Qual era a sua atividade principal nos anos 90? Realizador. Como era a Lisboa cultural dos anos 90? Variada e muito ativa. Qual foi o momento, ideia ou evento mais relevante? O sentimento que Portugal estava a aproximar- se e, num futuro próximo, iria mesmo igualar os níveis de vida dos países mais desenvolvidos da Europa. O que era uma ilusão, como hoje é evidente. Quais as transformações que sentiu no ambiente cultural? Sobretudo uma crescente autoconfiança e uma vontade, muitas vezes conseguida, de afirmação internacional. O que ficou por cumprir? Aquilo que era pura fantasia. Escolha um objeto que simbolize, para si, os anos 90. Escolho um sítio: o Frágil.

Presidente da CML 1995-2002 João Soares foi Vereador da Cultura da Câmara Municipal de Lisboa entre os anos de 1990 e 1996, tendo acumulado este cargo durante os primeiros tempos em que foi nomeado presidente da CML, por substituição de Jorge Sampaio. Foi no seu mandato de Vereador que a Agenda Cultural foi lançada, enquanto publicação periódica divulgadora de iniciativas culturais na cidade. Pedimos-lhe para regressar a esses tempos e contar-nos como foi: Para ser justo devo mencionar que antes da Agenda publicaram-se alguns folhetos ainda no tempo do Vítor Reis. Já enquanto Vereador, resolvi criar um formato de bolso. Foi desenvolvido pelo designer Rui Perdigão, que colaborava connosco. Lembro-me bem desse início. Era ponto de honra sair a tempo e horas. Foi uma coisa relativamente revolucionária, passe a imodéstia. Sou jurista de formação, mas a minha profissão é editor e sempre tive o sonho de trazer o modelo do Pariscope ou similar para Lisboa. Cheguei a editar um guia da cidade, noutro formato, quando nem me passava pela cabeça vir a ser autarca. Penso que foi um projeto bonito e que deixou raízes. Eu tenho cinco filhos e é sempre bom vê-los crescerem e autonomizarem-se . É uma sensação parecida. Nunca fiz coisas megalómanas, aliás, nem sempre era fácil o equilíbrio entre as várias forças na Câmara e eu habituei-me a fazer omeletes com ovos de codorniz. Costumava dizer: sem ovos não se faz, mas com uns ovinhos de codorniz ainda se consegue. A Agenda foi um desses exemplos. Depois aumentaram-lhe o formato, que deixou de ser de bolso. Mas os bolsos também aumentaram. Creio que a Agenda tem cumprido a sua função, ao longo dos tempos.

AGENDA_25_Entrevistas_IC8.indd 13

15/09/25 11:39


14

SE BEM ME

LEMBRO..

25

ESCOLHAS DOS ANOS

NOVENTA

Calças de cintura subida

Televisão privada

O seu aparecimento foi anunciado como a grande revolução no panorama audiovisual nacional. Para já porque pôs fim a 35 anos de serviço exclusivo da televisão estatal. A SIC teve a sua primeira emissão no dia 6 de outubro de 1992 e a TVI, fundada por entidades ligadas à Igreja Católica, iniciou as emissões experimentais em fevereiro de 1993. E sim, para o bem e para o mal, a televisão nacional não voltou a ser mesma.

Pokémon

Satoshi Tajiri ter-se-à inspirado no seu hobby de colecionar insetos quando começou a desenvolver o conceito para o Game Boy. Mais do que um jogo, é um universo ficcional que se transformou em fenómeno global e se desdobrou numa panóplia de produtos de multimédia e de marketing. É ainda uma das franchises mais bem sucedidas desde o seu lançamento em 1995.

Imprensa Cor-de-rosa

As revistas cor-de-rosa impõem -se definitivamente nos anos 90. Fomentam a avidez pública pela vida das estrelas e o culto da personalidade. Contam a versão autorizada da intimidade dos famosos, universo que aparenta uma permanente felicidade. Os colunistas sociais alimentam boatos e rumores.

AGENDA_25_Entrevistas_IC8.indd 14

A par das camisas de flanela aos quadrados, as calças (e saias) de cintura subida foram a grande tendência da moda dos anos 90 (estão a voltar, a propósito). Os modelos de então, hoje considerados vintage, tinham como objetivo diminuir o volume abdominal e realçar a curva da cintura.

Pulp Fiction

Elevou Quentin Tarantino ao patamar dos realizadores de culto e registou cenas que se tornaram icónicas na história do Cinema. Quem não se lembra da dança sensual de Uma Thurman, imitada à exaustão nas discotecas da época? O filme contou com um elenco de luxo que, soube-se recentemente, não era o que Tarantino tinha inicialmente previsto.

EXPO’98

Na Expo’98, Portugal apresentou-se como um país cosmopolita e aberto ao mundo. Lisboa ganhou uma nova área urbana, ressuscitada de um pesadelo de dejetos industriais e garantiu a representação de 141 países e 14 organizações internacionais, criando equipamentos de vanguarda que subsistem como uma mais-valia da cidade. Apesar das polémicas refletidas na comunicação social do país, foi um momento de orgulho nacional.

15/09/25 11:39


15

Madredeus

AGENDA_25_Entrevistas_IC8.indd 15

A Vaca de Fogo (Dias da Madredeus, 1987) e O Pastor (Existir, 1990) foram dois fenómenos que levaram os Madredeus a consagrarem-se como banda de grande sucesso em Portugal. O grupo de Pedro Ayres Magalhães, Teresa Salgueiro, Francisco Ribeiro e Rodrigo Leão combinava influências da música tradicional portuguesa com música erudita e música popular contemporânea. São, até hoje, um dos grupos nacionais com maior projeção mundial. Fotografia de Inês Gonçalves.

15/09/25 11:39


16

25 ESCO LHAS

Lux

Em 1998, Lisboa vira-se definitivamente para o rio. É nesse ano que Manuel Reis, já consagrado como uma das referências da noite lisboeta, transfere o seu foco do apertado Frágil para um armazém junto à estação de Santa Apolónia. Desde então, é um dos principais locais da noite de Lisboa, eminentemente trendsetter. Os mais saudosistas terão pena da intimidade e calor do Frágil, mas as vistas de rio e a versatilidade e elegância do enorme espaço, são do melhor que a noite de Lisboa oferece. Fotografia de Luísa Ferreira.

AGENDA_25_Entrevistas_IC8.indd 16

15/09/25 11:39


17

O Independente Semanário português fundado em 1988. Inaugura uma verdadeira “presstroika” em Portugal, nos anos 90, agitando a cena política e jornalística ao usar as manchetes para denunciar figuras públicas, casos de corrupção e uso indevido de fundos públicos. Foi um dos principais responsáveis pelo declínio do cavaquismo.

Macintosh

Em 1984, com o lançamento do primeiro Macintosh começava a era dos computadores pessoais. Apesar do sucesso inicial só na década seguinte se generalizou como objeto de desejo, sobretudo em áreas como o design gráfico. Apesar do aspeto maciço, sobressaíam já pela sua elegância e ergonomia.

LISBOA’94 O programa das Capitais Europeias da Cultura, ainda em vigor, deve-se sobretudo à iniciativa da famosa atriz e ministra da Cultura grega, Melina Mercuri. Lisboa foi a cidade escolhida em 1994. De fevereiro a dezembro desse ano, mais de 800 manifestações culturais agitaram a cidade, como nunca antes. Na noite de inauguração terão estado cerca de um milhão de espetadores nas ruas de Lisboa, uma adesão massiva que até surpreendeu a organização.

Tamagotchi

Lançado no Japão em 1996 pela Bandai, o Tamagotchi era um gadget do tamanho de um portachaves, de formato oval, que consistia em cuidar de um animal de estimação virtual como se fosse real, dando-lhe comida virtual, banho virtual, carinho virtual e cuidados virtuais.

AGENDA_25_Entrevistas_IC8.indd 17

Preservativo Papal

A controversa ilustração de António surgiu no dia 5 de dezembro de 1992, no Expresso, na habitual crónica de João Carreira Bom. O ilustrador pretendia criticar a interdição papal do preservativo, apesar da deflagração da sida. A caricatura tornou-se icónica e correu mundo, originando os mais variados artigos de apoio e de repulsa. Na imprensa nacional, várias personalidades subscreveram a defesa do direito à livre expressão e criação.

Telemóvel

Surgiu nos anos 80 mas o seu uso generalizou-se na década seguinte. Eram caros, pesados e tinham pouca autonomia. Mesmo os mais resistentes, acabaram por se render ao aparelho que hoje nos controla a vida. Apesar disso, durante os anos 90 ainda havia quem utilizasse as cabines telefónicas públicas.

Ovelha Dolly

Quando a conhecemos tinha sete meses e um potencial científico ilimitado. Foi alvo de acesos debates, sobretudo médicos e éticos. O primeiro mamífero clonado com sucesso a partir de uma célula adulta teve uma vida normal para a sua espécie. Foi inclusivamente mãe de dois filhotes. Morreu em 2003 e o seu corpo empalhado está hoje no Royal Museum da Escócia. Para quem não sabe, o seu nome é uma referência à cantora country Dolly Parton.

Ficheiros Secretos

Foi a série de culto dos anos 90 (passou na televisão entre 1993 e 2002). Para além das conspirações e invasões extraterrestres que semanalmente nos prendiam ao ecrã, sobrepunha-se outra trama mais interessante: quando assumiriam os agentes do FBI Mulder (David Duchovny) e Scully (Gillian Anderson) a paixão latente desde o primeiro episódio? A resposta demorou: só na 7a temporada deram o primeiro beijo. Para os fãs uma boa notícia: a série regressa no próximo ano.

15/09/25 11:39


18

25 ESCO

Poucos livros fraturaram tanto a sociedade portuguesa como O Evangelho Segundo Jesus Cristo (1991) de José Saramago. Os setores católicos mais conservadores consideraram-no blasfemo; a Associação Portuguesa de Escritores atribuiu-lhe o Grande Prémio de Romance e Novela. O Governo, num ato de censura, riscou o livro da lista de concorrentes ao Prémio Literário Europeu. Zangado, o escritor partiu para Lanzarote. Em 1998 recebeu o Prémio Nobel de Literatura.

LHAS

Fotografia de João Francisco Vilhena.

AGENDA_25_Entrevistas_IC8.indd 18

Saramago

15/09/25 11:39


19

Supermodelos

Foi a época de ouro das supermodelos. Eram poucas e a sua longevidade nas passerelles não se esgotava, como agora, numa estação. Claudia Schiffer, Kate Moss, Naomi Campbell, Eva Herzigova, Christy Turlington e Linda Evangelista encarnavam, pela sua versatilidade e profissionalismo, a mulher ideal. Por cá tínhamos a Sofia Aparício, a musa do costureiro José Carlos, que nos anos 90 era presença obrigatória nos desfiles nacionais.

Vacas Loucas

No início dos anos 90, as previsões eram apocalípticas. Em 10 anos a doença neuro degenerativa, descoberta uns anos antes, que afetava o gado bovino doméstico manifestar-se-ia nos humanos (Doença de Creutzfeldt-Jakob). O medo do contágio epidémico levou ao abate de milhares de animais. E deixou de se comer gelatina, dobrada e mioleira.

Converse All Star

Quando, em 1918, o jogador de basquete Chuck Taylor começou a usar uns ténis fabricados pela canadiana Converse, estava longe de imaginar que o seu sucesso permaneceria até um século depois. Popularizados nos anos 50, os All Star mantiveram-se em voga até ao fim dos anos 70. Nos anos 90, o look grunge de bandas como os Nirvana fez voltar a febre dos famosos ténis. Atualmente, os All Star são dos ténis mais vendidos em todo o mundo.

Viagens de Pedro Abrunhosa

Corria o ano de 1994 quando as rádios foram inundadas com o single Não Posso Mais. Pedro Abrunhosa e os Bandemónio invadiram o panorama musical e tornaram-se numa verdadeira banda de culto com o álbum Viagens. O disco era uma explosão de funk, jazz e sexo, tendo atingido a marca de tripla platina. É Preciso ter Calma, Socorro, Tudo o que eu te Dou e Lua foram outros grandes sucessos deste álbum.

WWW

Hoje é quase impensável viver sem ela, mas nos 90 a internet dava os primeiros passos em Portugal. A Universidade de Lisboa foi a primeira entidade portuguesa a estar ligada à internet. Em 1992, dá-se início aos registos de domínios com a terminação .pt, que, em dezembro de 1993 atinge o espantoso número de 40 domínios.

Game Boy

Em 1989, a Nintendo revolucionou o mercado dos jogos com a consola portátil Game Boy. Com um ecrã de fundo verde e apenas dois botões, permitia aos utilizadores levarem a diversão para fora do conforto do lar ou dos salões de jogos. Funcionava a pilhas, sendo os jogos mais populares o Tetris, Super Mário e Pokemon. Teve várias versões nos anos 90, tendo a sua vida chegado ao fim em 2005, com o lançamento da Nintendo DS.

AGENDA_25_Entrevistas_IC8.indd 19

Centro Cultural de Belém

Com projeto de Manuel Salgado e de Vittorio Gregotti, numa polémica implantação na Praça do Império, o CCB foi concebido para acolher, em 1992, a sede da presidência portuguesa da Comunidade Europeia. No ano seguinte abre como centro cultural e de conferências, tornando-se num dos principais polos dinamizadores da capital. Alberga desde junho de 2007 o Museu Colecção Berardo.

Rua Sésamo

Transmitido pela RTP entre 1989 e 1997, Rua Sésamo foi uma aposta mais do que ganha da produção nacional. Adaptada de Sesame Street, o formato americano criado em 1968, a versão portuguesa reuniu um elenco que conheceu sempre o carinho das crianças, com nomes como Alexandra Lencastre, Fernanda Montemor e Vítor Norte.

15/09/25 11:39


20

I N AU G U R A M ALECRIM 50 TER A SÁB: 14H-19H

INÊS FAVILA E ISABEL FAVILA

ARTES

8 OUT A 21 NOV

Pintura

ATÉ 3 OUT

LUÍSA FERREIRA

APPLETON SQUARE TER A SÁB: 14H-19H

QUATRO DIAS E MEIO – INCREÍBLE 

CARLOS NOGUEIRA

Fotografia

O PESO DAS COISAS. LEVEZA E CLARIDADE

7 OUT A 18 DEZ

Escultura

CENTRO DE DOCUMENTAÇÃO DO EDIFÍCIO CENTRAL DO CAMPO GRANDE SEG A SEX: 8H-20H

2 A 29 OUT O ARMÁRIO

HUGO BARATA

JOSÉ JÚLIO BARROS

UM COMPASSO NO BOLSO Pintura, instalação

24 OUT A 29 NOV

EFEITOS DE LUZ

RUI HORTA PEREIRA

Pintura

13 A 26 OUT

21 DIAS (DESIDRATAÇÃO E ASFIXIA)

SEG A SEX: 9H30-17H

A IMAGEM CONTEXTUALIZADA ANA MARTINS

O TRIGO DOS LOBOS

MARIANA PESSOA PORCELANA

MIGUEL ARAÚJO BARRADAS WHITE MATTER

HENRIQUE VIEIRA RIBEIRO

3ª TEMPORADA DE ARQUITETURA

MADRID ABIERTO EM LISBOA: ATIVANDO O ESPAÇO PÚBLICO A terceira edição da Temporada de Arquitetura, uma produção da NOTE que está inserida na Mostra Espanha 2015, inaugura este mês na Galeria da Boavista e prolonga-se até fevereiro, apresentando um programa de exposições, debates, conferências e conversas sobre arquitetura. A primeira mostra, que pode ser visitada até dezembro, reúne informação sobre a produção mais significativa das duas edições anteriores, expondo projetos de L. Bonvin, S. Grennan/C. Sperandio, W. Weileder, e T.

Yamaguchi/M. e K.Portilla-Kawamura/A. Ganjavian, ao mesmo tempo que exibe documentação diversa como peças de vídeo e arte sonora. Paralelamente, o espaço irá receber, ainda, intervenções de artistas espanhóis e debates com artistas portugueses que desenvolvem o seu trabalho no campo das artes públicas. Estes encontros pretendem fomentar o intercâmbio de experiências entre projetos, artistas e todos os interessados em arte contemporânea. Ana Rita Vaz

Festival Todos’15

21 OUT A 20 NOV

JOSÉ FONTES

Sala de Exposições, Piso 0

Retratos

STILL FILM (2014)

SEG A SÁB: 10H-19H

EDUARDO PORTUGAL MI.NÚS.CU.LO Fotografia

ATÉ 23 JAN

Sala de exposições [ANTE] câmara, Piso 1 SEG A SÁB: 10H-19H

[ANTE] CÂMARA CIBACHROME

5 OUT A 7 NOV

AGENDA_MIOLO_Outubro12.indd 20

MIGUEL BOMBARDA. MEMÓRIAS ATÉ 17 OUT ARQUIVO NACIONAL DA TORRE DO TOMBO SEG A SEX: 9H30-19H30, SÁB: 9H30-12H30

A TERCEIRA IMAGEM

A FOTOGRAFIA ESTEREOSCÓPICA EM PORTUGAL E O DESEJO DO 3D 7 OUT A 16 JAN

ESPAÇO SANTA CATARINA TER A SEX: 15H-21H, SÁB: 10H-16H

JACQUES SCHNEIDER Fotografia

16 OUT A 11 NOV FABULA URBIS SEG A DOM: 10H30-13H30/15H-20H

ALFREDO LUZ, BELA SILVA, DANIEL VIEIRA, ISABEL BOMBA, KIM PRISU, MÁRIO BRANCO Coletiva de pintura 10 OUT A 31 JAN

FERNANDO BARNABÉ

GALERIA MONUMENTAL TER A SÁB: 15H-19H30

Fotografia

PAISAGENS DE CAMINHAR: DETALHE ÍNFIMO 

OLHARES NA CIDADE

GALERIA MUNICIPAL DA BOAVISTA 3 DE OUTUBRO A 22 DE DEZEMBRO RUA DA BOAVISTA, 50

APOKATASTASIS

IVO RELVEIRO

3 A 10 OUT

CASA DA AMÉRICA LATINA SEG A SEX: 9H30-13H/14H-18H30

STILL SCENARIOS N.1-9

Sala de Leitura

LUÍS CASTRO MELO THOMAS DO ALENTEJO A LISBOA Pintura MENDONÇA OMNIPOTENTIS 4IN1 Desenho FERNANDA DE CARVALHO Pintura 12 OUT A 5 NOV

BLITZFORUM #9

ARQUIVO MUNICIPAL DE LISBOA | FOTOGRÁFICO

ESPAÇO RIBEIRA SEG A DOM: 17H-22H

2 A 15 OUT

DESENHO E PINTURA/2015

ATÉ 11 OUT

CASA DO ALENTEJO

27 OUT A 9 NOV

ALICE RESENDE FASES DE UM PERCURSO Pintura

ATÉ 12 OUT CULTURGEST SEG, QUA, SEX: 11H-19H, SÁB, DOM: 14H-20H

VON CALHAU! OXIMOROBORO

24 OUT A 23 DEZ

PROJECTO TEATRAL

MARGARIDA LAGARTO

Aguarelas sobre papel 10 OUT A 7 NOV

GALERIA OPUS 14 TER A QUA: 14H-19H, QUI A SÁB: 14H-23H

NIM CASTANHEIRA E RITA NUNES DA PONTE AGUADAS

Aguarela

24 OUT A 21 NOV

24 OUT A 23 DEZ

ALEXANDRE GRAVE E JOÃO CATARINO

ESPAÇO 62

Desenho

NENHUMA ENTRADA ENTREM

POR FORA & POR DENTRO

CATHY DOUZIL, ADRIENNE APERS ARMANDO CASTRO DELPHINE EPRON, MOSAICO MYRTA KÖHLER, HERMAN HERMSEN LAND(E)SCAPE Pintura Fotografia | TYMOTHY INFORROBERT BORTH Colectiva de desenho, pintura, DIOGO ROSA E KERK MATION LIMITED gravura e fotografia ENTES E G’ENTES ARTE GRAÇA TER A DOM: 16H-20H

8 A 25 OUT

Escultura, pintura

29 OUT A 15 NOV ATELIER-MUSEU JÚLIO POMAR TER A DOM: 10H-18H 

JÚLIO POMAR E RUI CHAFES DESENHAR

8 OUT A 20 FEV

BIBLIOTECA DOS CORUCHÉUS TER A SEX: 10H-18H

ATÉ 17 OUT

GALERIA REVERSO SEG A SEX: 14H-19H

2 A 29 OUT

CASA DA ACHADA – CENTRO MÁRIO DIONÍSIO SEG, QUI, SEX: 15H-20H, SÁB, DOM: 11H-18H

SER PROFESSOR REAPRENDER SEMPRE A ENSINAR

Documentos e imagens inéditas 3 OUT A 18 ABR

24, 25 OUT: 15H-20H

EXTRANALITIES

ESPAÇO ESPELHO D’ÁGUA SEG A DOM: 10H-00H

9 A 30 OUT

RALPH KERLE WATER JOURNEYS Fotografia

3 A 31 OUT

Fotografia

GALERIA TAPEÇARIAS DE PORTALEGRE SEG A SEX: 14H-19H30

COLETIVA DE TAPEÇARIAS 1 A 31 OUT

29/09/15 12:00


A R T E S I N AU G U R A M / F E S T I VA I S

21

MUSEU BORDALO PINHEIRO ATÉ 30 DE DEZEMBRO CAMPO GRANDE, 382 / 218 170 667

RUA DAS GAIVOTAS 6 17 DE OUTUBRO, ÀS 22H RUA DAS GAIVOTAS, 6 / 912 191 940

ATELIER-MUSEU JÚLIO POMAR 8 DE OUTUBRO A 21 DE FEVEREIRO RUA DO VALE, 7 / 218 172 111 / WWW.ATELIEMUSEUJULIOPOMAR.PT

A FARSA DA VIDA LUÍS FILIPE

OLD SCHOOL #38 DIOGO ALVIM & MATILDE MEIRELES

DESENHAR JÚLIO POMAR E RUI CHAFES

A exposição Farsa da Vida acompanha o percurso artístico de Luís Filipe (1887-1949), um dos pioneiros do Modernismo em Portugal. Luís Filipe despertou cedo a sua consciência política e social e, em 1909, deu à estampa o jornal A Farça, tendo sido dos primeiros a publicar desenhos modernistas no nosso país. Após a Implantação da República, a 5 de outubro de 1910, Luís Filipe marcou uma forte presença nos jornais com desenhos acentuadamente políticos, anticlericais e denunciadores de situações de injustiça social. Já durante a sua vida adulta, o artista dedicou-se principalmente às caricaturas de figuras locais – nessa altura vivia em Viana do Castelo – e representações da cor e movimento do folclore, nunca pondo de parte o seu olhar humorístico. A presente exposição apresenta também autocaricaturas e obras que outros artistas lhe dedicaram, como Cristiano Cruz e Almada Negreiros. ARV

HOTEL NH LIBERDADE

ANNA ROCHETA COLORS SOUL Pintura

1 OUT A 28 NOV MEETING ART GALLERY TER A SEX: 14H-19H

LISBON INTERNATIONAL CONTEMPORARY EXHIBITION Arte Contemporânea 5 A 10 OUT

TAP PORTUGAL. A IMAGEM DE UM POVO

IDENTIDADE E DESIGN DA COMPANHIA AÉREA NACIONAL | 1945-2015 ATÉ 31 OUT

MUSEU DA ELETRICIDADE TER A DOM: 10H-18H

PASSAGENS DOCLISBOA 2015 17 OUT A 13 DEZ

PEDRO BARATEIRO JOSÉ PEDRO CABELO E MÃOS CORTES Performance e instalação A MONTRA

24 OUT A 29 NOV

SÉRGIO CARRONHA INLAND VIEW / VISTA PARA O INTERIOR ATÉ 11 OUT

MUDE – MUSEU DO DESIGN E DA MODA . COLEÇÃO FRANCISCO CAPELO TER A DOM: 10H-18H

ONE’S OWN ARENA Fotografia

16 OUT A 17 DEZ

AFINIDADES ELECTIVAS. JULIÃO SARMENTO COLECCIONADOR Coletiva

22 OUT A 7 FEV

AGENDA_MIOLO_Outubro12.indd 21

VALTER VINAGRE

EU E OS OUTROS

Fotografia

ATÉ 4 OUT

POSTO DE TRABALHO ATÉ 4 OUT

MUSEU NACIONAL DE ARTE ANTIGA TER: 14H-18H, QUA A DOM: 10H-18H

MARCO GODINHO OUTRO DIA

ATÉ 18 OUT LEITURIA

A VISTA DE LISBOA DO CASTELO DE WEILBURG

SOU ESTA CASA 

JOYEUSE ENTRÉE 14 OUT A 14 FEV

Sala do Mezanino

DO JAPÃO

ESTAMPAS E NETSUKE

Estampas japonesas 27 OUT A 24 JAN

LUCA CAMBIASO EDesenhos O SEU CÍRCULO ATÉ 18 OUT

MUSEU NACIONAL DE ARTE CONTEMPORÂNEA – MUSEU DO CHIADO TER A DOM: 10H-18H

20 OUT A 3 JAN

Fotografia

ADRIANO SOUSA LOPES Pintura

ATÉ 11 OUT

COLEÇÃO ALBERTO CAETANO

Sala do Tecto Pintado

RUI TOSCANO

DESIGN EM PORTU- DUARTE BELO CESARINY – EM CASAS COMO GAL (1960-74) AQUELA EXPOR, DEBATER, PROTAGONIZAR

Rua das Gaivotas 6 é o espaço cultural do Teatro Praga no coração de Lisboa. Com inauguração agendada para 6 de outubro, o equipamento irá funcionar como um centro de documentação e mediateca de artes performativas e cinema, com uma programação que incluirá espetáculos, performances , leituras, oficinas, exposições e festivais. Este espaço, agora aberto ao público em geral, recebe este mês uma exposição da autoria de Diogo Alvim e de Matilde Meireles, incluída no projeto mensal Old School , criado pela curadora Susana Pomba, em 2011. Este programa tem o objetivo de apresentar obras inéditas de artistas plásticos, sem qualquer restrição gestacional, num acontecimento que se circunscreve às horas úteis de uma só noite. ARV

31 OUT A 31 JAN

ATÉ 8 NOV

TIAGO DA NETA 3 A 16 OUT

CONCEIÇÃO FREITAS 17 OUT A 5 NOV

OBJECTISMO, CERÂMICA MODERNISTA PORTUGUESA TER A SÁB: 11H-19H

QUERUBIM LAPA

PRIMEIRA OBRA CERÂMICA, 1954-1974 2 OUT A 28 NOV

RUA DAS GAIVOTAS 6

OLD SCHOOL #38 DIOGO ALVIM & MATILDE MEIRELES 17 OUT: 22H

TEATRO TABORDA SEG A DOM: 15H-00H

GRAÇA MORAIS

AS MAIS RECENTES OBRAS 15 OUT A 8 NOV

Júlio Pomar e Rui Chafes: Desenhar gira em torno da ideia do “desenho” e cruza os trabalhos de Júlio Pomar e de Rui Chafes. Com curadoria de Sara Antónia Matos, a mostra apresenta desenhos de Júlio Pomar e duas instalações em ferro da autoria do escultor Rui Chafes, sendo que uma das obras foi produzida propositadamente para esta exposição, enquanto a outra é mostrada pela primeira vez em Portugal. Esta exposição é pensada, desde a sua génese, como uma intervenção específica no espaço do Atelier-Museu, onde Pomar e Chafes desenham recorrendo às qualidades dos traços negros, esboçados ora em linhas de carvão e grafite ora em linhas de ferro tridimensionais. De salientar que o Atelier-Museu Júlio Pomar, que completou dois anos em abril deste ano, já recebeu cerca de 30 mil visitantes desde a sua inauguração. ARV

F E S T I VA I S

MOSTRA ESPANHA 2015

CENTRO CULTURAL DE BELÉM TER A DOM: 10H-18H

Bengaleiro Norte Centro de Reuniões

GUILLERMO TRAPIELLO

LA RAYA INVISIBLE

Objetos, desenho, fotografia, video, cartografia

A SAGRADA FAMÍLIA COM SANTA ANA

Obra convidada - Toledo, Museo de Santa Cruz

ATÉ 10 JAN SOCIEDADE NACIONAL DE BELAS-ARTES SEG A SEX: 12H-19H

TAPAS. SPANISH DESIGN FOR FOOD

Desenho e gastronomia 22 OUT A 1 DEZ

CONDOMÍNIO FESTIVAL DE CULTURA LOCAL

8 OUT A 8 NOV FÁBRICA DO BRAÇO DE PRATA

EM ESPAÇOS HABITACIONAIS

Trabalhos de graffiti

FESTA NO CHIADO 2015

A ARTE DO GRAFFITI 19 A 25 OUT

Colóquio

22 OUT: 21H30 GALERIA DA BOAVISTA QUA A SÁB: 14H30-19H30

3ª TEMPORADA DE ARQUITETURA - NOTE MADRID ABIERTO EM LISBOA: ACTIVANDO O ESPAÇO PÚBLICO 8 OUT A 22 DEZ MUSEU NACIONAL DE ARTE ANTIGA TER: 14H-18H, QUA A DOM: 10H-18H

EL GRECO

7, 8 NOV: 15H-23H IA

condominiofestival. wordpress.com

VÁRIOS LOCAIS

MÚSICA, LIVROS, EXPOSIÇÕES, VISITAS GUIADAS E AÇÕES DE RUA 17 A 24 OUT

FESTIVAL DE KITSCH VIÚVA

Mostra coletiva de artes plásticas ATÉ 31 OUT

29/09/15 12:00


22

A R T E S C O N T I N UA M

C O N T I N UA M 3+1 ARTE CONTEMPORÂNEA TER A SÁB: 14H-20H

CARLOS NOGUEIRA NEM O TEMPO PASSA Desenho, escultura ATÉ 7 NOV

30 ANOS

ABYSMO SEG A SEX: 11H-13H/15H-19H

A PARTILHAR ARTE CONSIGO

CARLOS CARVALHO ARTE CONTEMPORÂNEA SEG A SEX: 10H-19H30, SÁB: 12H-19H30

FUNDAÇÃO CALOUSTE GULBENKIAN QUA A SEG: 10H-18H

GALERIA BANGBANG TER A SÁB: 12H30-20H

36

LATEST WORK

OLHOS NOS OLHOS

O RETRATO NA COLEÇÃO DO CAM

ISIDRO BLASCO Fotografia, instalação ATÉ 7 NOV

CASUAL LOUNGE GALLERY SEG A SÁB: 16H-02H, DOM: 16H-00H

LUÍS AFONSO

NATÉRCIA BERNARDINO

Ilustração

Pintura

BARTOON 25

ATÉ 16 OUT ALLARTS GALLERY TER A SÁB: 11H-19H

REALISMO MÁGICO Coletiva ATÉ 10 OUT

AMOREIRAS SHOPPING CENTER

Piso 2 – Escadaria Central

DO ALTO DOS MEUS 30 ANOS 30 anos de história, de

memórias, de imagens e testemunhos ATÉ 30 OUT

APAIXONARTE

VANESSA TEODORO  YES, YOU VAN

Posters e originais ATÉ 22 OUT

BIBLIOTECA ORLANDO RIBEIRO TER A SEX: 10H-19H, SÁB, SEG: 13H-19H

NUNO BARRACAS MERGULHO Desenho

ATÉ 7 OUT CASA DA LIBERDADE – MÁRIO CESARINY SEG A SÁB: 14H-20H

MARTINS CORREIA EXPOSIÇÃO ANTOLÓGICA Escultura

ATÉ 24 OUT CARPE DIEM

POEMAS

ATÉ 13 DEZ CENTRO CULTURAL DE BELÉM TER A DOM: 10H-18H

Garagem Sul

CARRILHO DA GRAÇA LISBOA

Arquitetura

ATÉ 14 FEV CRISTINA GUERRA CONTEMPORARY ART TER A SEX: 12H-20H, SÁB: 15H-20H

CHRISTIAN ANDERSSON ATÉ 12 NOV

ESPAÇO CULTURA AXA SEG A SEX: 12H-17H

ARLINDO ABREU PERCURSO

ATÉ 9 OUT ESTAÇÃO DE LISBOAORIENTE

A PONTE QUE NOS LIGA Fotografia ATÉ 20 OUT

ESTUFA FRIA DO PARQUE EDUARDO VII SEG A DOM: 9H-18H

ANTÓNIO VASCONCELOS LAPA E BÁRBARA ASSIS PACHECO

BRUNO VILELA, DANIELA KRTSCH, PERCURSO(S) DAVID OLIVEIRA, Cerâmica e desenho LUÍSA JACINTO, PAULA SCAMPARINI, PEDRO PALMA, TERESA PEDRO PIRES & MAGALHÃES JOÃO DIAS Pintura Instalação ATÉ 25 OUT

Mais de 2.600 edições de 500 artistas Condições muito especiais para Sócios SÃO BENTO

BELÉM (CCB)

ANT. AUGUSTO AGUIAR

T. 213 933 260

T. 213 162 175

T. 213 571 167

NOVO SITE

FUNDAÇÃO ARPAD SZENES-VIEIRA DA SILVA TER A DOM: 10H-18H

ATÉ 19 DEZ

www.cps.pt

ATÉ 31 JAN

Edifício Sede

Pintura

ATÉ 19 OUT

ANTÓNIO CRUZ Pintura ATÉ 19 OUT

Museu Calouste Gulbenkian

MANUEL BOTELHO E FANTIN LATOUR

GALERIA BELOGALSTERER TER A SEX: 12H-19H, SÁB: 14H-19H

ALEXANDRE CONEFREY

GRAZIE MILLE MILLE GRAZIE Desenho, instalação ATÉ 14 NOV

CLAUDIA FISCHER

ATÉ 26 OUT

Fotografia

Galeria de Exposições Temporárias do Museu Gulbenkian

GALERIA BESSA PEREIRA TER A SÁB: 14H30-19H30

Fotografia, pintura

LOURDES CASTRO TODOS OS LIVROS Livros de artista ATÉ 26 OUT

Centro de Arte Moderna

ANTÓNIO CHARRUA X DE CHARRUA Pintura

ATÉ 26 OUT

TENSÃO E LIBERDADE ATÉ 26 OUT

FUNDAÇÃO CARMONA E COSTA QUA A SÁB: 15H-20H

MIGUEL BRANCO

AUSLOTEN

ATÉ 14 NOV

JOSÉ PEDRO CROFT DUAS MESAS, UMA CONSOLA Mobiliário

ATÉ 2 NOV GALERIA DA FACULDADE DE BELAS-ARTES DA UNIVERSIDADE DE LISBOA

ANTIFRÁGIL Coletiva de cerâmica ATÉ 8 OUT

GALERIA FILOMENA SOARES TER A SÁB: 10H-20H

ÂNGELA FERREIRA ATÉ 14 NOV

SOMBRA

GALERIA GRAÇA BRANDÃO TER A SÁB: 12H-20H

GABINETE

ENTRE O BONÉ E OS TÉNIS

ATÉ 30 DEZ

LABORATÓRIO DE MATERIAIS ATÉ 31 OUT

GALERIA 111 TER A SÁB: 10H-19H

PEDRO A. H. PAIXÃO DO FUNDO Desenho

ATÉ 31 DEZ GALERIA DE ARTE URBANA

MOSTRA ANUAL DE ARTE URBANA GODMESS, HagaieL, Isa Silva, KLIT, MURTA e UIVO, Sofia Pidwell e Tamara Alves TODOS OS DIAS

GALERIA BAGINSKI TER A SÁB: 14H–20H

PAULO BRIGHENTI FAMÍLIA

Pintura

15/09/2015 12:36:30

ATÉ 7 NOV

MEETING POINT

ATÉ 7 NOV

AGENDA_MIOLO_Outubro12.indd 22 pub 30 anos agenda cultural.indd 4

DIANA COSTA

TIAGO ALEXANDRE ATÉ 31 OUT

GALERIA JOÃO ESTEVES DE OLIVEIRA SEG: 15H-19H30, TER A SÁB: 11H-19H30

MANUEL AIRES MATEUS

CADERNO DE ALHAMBRA

Desenhos de arquitetura ATÉ 6 DEZ

GALERIA MILLENNIUM SEG A SÁB: 10H-18H

WITHIN LIGHT / INSIDE GLASS

AN INTERSECTION BETWEEN ART AND SCIENCE ATÉ 9 JAN

GALERIA NOVO SÉCULO TER A SÁB: 14H-19H

CARLOS BARROCO EColetiva AMIGOS de pintura, desenho, escultura, fotografia e gravura ATÉ 17 OUT

29/09/15 12:00


A R T E S C O N T I N UA M

23

VÁRIOS LOCAIS 23 A 25 DE OUTUBRO ASSOCIAÇÃO CASTELO D’IF / WWW.CASTELODIF.COM

MEETING ART GALLERY 5 A 10 DE OUTUBRO ESPAÇO CHIADO, RUA DA MISERICÓRDIA 12-20 933 206 294 / WWW.NATALIAGROMICHO.COM

GALERIA ZÉ DOS BOIS 1 A 4 DE OUTUBRO RUA DA BARROCA, 59 / 213 430 205 WWW.ZEDOSBOIS.ORG

ATELIÊS DE ARTISTA FIM DE SEMANA INTIMISTA

LICE LISBON INTERNATIONAL CONTEMPORARY EXHIBITION

FILMES SOBRE ARTE GALERIA ZÉ DOS BOIS

A Abertura de Ateliês de Artista, que vai já na sua 6ª. edição, é uma iniciativa promovida pela Associação Castelo d’If que privilegia as artes visuais e que convida o público, durante um fim de semana, a visitar os espaços de criação e exposição contemporâneos de uma forma mais intimista. Este ano, o evento conta com a participação de 44 ateliês e de 102 artistas, como Ana Tecedeiro, Cathy Douzil, Sara Maia, Rui Mourão, entre outros. O festival conta também com o intercâmbio de oito artistas internacionais vindos de Paris, Marselha, Turim e Glasgow. Para saber mais sobre os ateliês e os artistas participantes consulte o website www.castelodif.com. ARV

A LICE – Lisbon International Contemporary Exhibition é uma iniciativa internacional que reúne em Lisboa artistas plásticos de diversos países, tendo contabilizado, em dois anos de existência, a presença de mais de 50 artistas de 17 países de todo o mundo, sendo o grande objetivo deste evento a troca de experiências, a partilha e a divulgação da arte contemporânea. Nesta 3ª. edição estarão presentes Alberto Valle Souto, de Espanha; Andrea Cola, de Itália; Charlice Bartsch-Bailley, Ilsa E. Garcia Gonzalez e Uili Lousi, dos EUA.; Laura Lomiento, do Uruguai; Martine Bossuyt, da Bélgica; Natália Gromicho, de Portugal; e Samah El Hage, da Suécia. ARV

A Galeria Zé dos Bois apresenta apresenta uma extensa seleção de filmes nacionais e internacionais sobre arte . O objetivo é divulgar o trabalho de realizadores que, através da sua arte, exploram o universo de outros artistas. A programação abre com a exibição de Tapes From The Revolutionary, de Scott Willis, uma peça sobre Andy, um autoproclamado revolucionário comunista que documenta a sua vida com uma câmara de vídeo Hi8. O português Rui Simões é outro dos nomes presentes com o documentário (Entre)Cenas, sobre a rodagem de Os Maias. Itália, Bielorússia, França, Rússia, Canadá, Alemanha e EUA são alguns dos países que marcam presença no evento. AF

GALERIA QUADRUM TER A SEX: 10H-19H, SÁB, DOM: 14H-19H

MERCADO DO FORNO DO TIJOLO

FRANCISCO QUEIRÓS

NO WAY IS NARROW NEM TODO O CISNE UM ABISMO Pintura e vídeo ATÉ 22 NOV

GALERIA RATTON SEG A SEX: 10H-13H/15H-19H30

ANDREAS STÖCKLEIN E PEDRO PROENÇA O AZULEJO E A PALAVRA Azulejaria

ATÉ 15 NOV GALERIA DAS SALGADEIRAS TER A SÁB: 15H-21H 

JOÃO FRANCISCO VILHENA O AMOR MATA Fotografia

ATÉ 14 NOV GALERIA DE SÃO MAMEDE SEG A SEX: 10H-22H, SÁB: 11H-19H

VITOR RIBEIRO FOGO

Escultura

HECTOR RAMSAY LIFELINES

AGENDA_MIOLO_Outubro12.indd 23

Desenho

ATÉ 13 OUT GARAGEM – CENTRO DIFUSOR DE ARTES TER A SEX: 18H-00H, SÁB, DOM: 14H-00H

MAC 2015 MOSTRA DE ARTE CONTEMPORÂNEA Coletiva ATÉ 6 DEZ

FLÂNEUR – Novas Narrativas Urbanas

CIDADES PARTILHADAS Fotografia ATÉ 5 OUT

MUSEU DA ÁGUA DA EPAL – RESERVATÓRIO DA MÃE D’ÁGUA DAS AMOREIRAS SEG A SÁB: 10H - 17H30

A ÁGUA NO AZULEJO PORTUGUÊS DO ILHA DE SÃO JORGE SÉCULO XVIII SULEIMANE BIAI + FILIPA HANGAR CENTRO DE INVESTIGAÇÃO ARTÍSTICA QUA A SÁB: 15H-19H

CÉSAR, RUI TERNEIRO + FILIPE BRANQUINHO E TIAGO CORREIA-PAULO, MÓNICA DE MIRANDA, IRINEU DESTOURELLES, KILUANJI KIA HENDA, E RENÉ TAVARES + KWAME SOUSA  Vídeo

ATÉ 9 OUT LARGO DO INTENDENTE

ATÉ 31 DEZ

MUSEU BORDALO PINHEIRO TER A DOM: 10H-18H

LUÍS FILIPE E A FARSA DA VIDA Desenho ATÉ 30 DEZ

FLÂNEUR – Novas Narrativas Urbanas

BORDALO À MESA

BANG

MUSEU DO CENTRO CIENTÍFICO E CULTURAL DE MACAU TER A DOM: 10H-18H

AUGUSTO BRÁZIO Fotografia

MARTINA CLEARY

AT NIGHT WE DREAMED OF TALL SHIPS Fotografia

ATÉ 5 OUT

ATÉ 18 MAI

PAZ E SERENIDADE CERÂMICAS SONG DA COLECÇÃO QINGJINTANG ATÉ 31 OUT

MUSEU COLEÇÃO BERARDO TER A DOM. 10H-19H

NOVO BANCO PHOTO 2015 Fotografia ATÉ 11 OUT

DESENHO DE OBJETOS ATÉ 15 NOV

MUSEU NACIONAL DO DESPORTO TER A SÁB: 10H-17H30

PALÁCIO NACIONAL DA AJUDA QUI A TER: 10H-18H

TIRÉE PAR… A RAINHA D. AMÉLIA EFotografia A FOTOGRAFIA antiga

DESPORTO. PATRIARTE E CIÊNCIA EM MÓNIO.MEMÓRIA RICORDO DE VENEZIA LUÍS DOURDIL MUSEU DA FARMÁCIA SEG A SEX: 10H-18H

ATÉ 20 JAN

ATÉ 31 DEZ

Pintura

ATÉ 14 NOV MUSEU NACIONAL DE ARQUEOLOGIA TER A DOM: 10H-18H

(A)RISCAR O PATRIMÓNIO 2014 ATÉ 31 DEZ

MUSEU NACIONAL DE ARTE CONTEMPORÂNEA – MUSEU DO CHIADO (RUA CAPELO) TER A DOM: 10H-18H

NARRATIVA DE UMA COLEÇÃO Coletiva ATÉ 12 JUN

MUSEU NACIONAL DO AZULEJO TER A DOM: 10H-18H

A ARTE INTERIOR. SIZA VIEIRA E O

MUSEU DO ORIENTE TER A DOM: 10H-18H, SEX: 10H-22H

VIDROS DE MURANO DA CASA REAL PORTUGUESA

SO FAR, SO CLOSE

PERVE GALERIA SEG A SÁB: 14H-20H

CINDY NG Pintura

ATÉ 23 OUT MUSEU DE SÃO ROQUE TER A DOM: 10H-18H, QUI: 14H-21H

Galeria de Exposições Temporárias

ATÉ 29 NOV

7+5=1

SETE AUTORES, CINCO GEOGRAFIAS, UM OUTRO ARQUIPÉLAGO Coletiva

ATÉ 3 OUT PLATAFORMA REVÓLVER SEG A SÁB: 14H-19H30

DE ROMA PARA THE REAL LISBOA: UM ÁLBUM TWIST Coletiva PARA O REI MAGNÂNIMO ILÍDIO CANDJA Desenho CANDJA ATÉ 7 NOV

ATÉ 25 OUT MUTE

YUGA HATTA

NÃO SE PREOCUPEM, É SEGURO DENTRO DA CASA DE PEDRA ATÉ 17 OUT

MAHALA BLOOD ATÉ 7 NOV

ISSO – IN ON WAY OR ANOTHER Coletiva ATÉ 7 NOV

29/09/15 12:00


A R T E S C O N T I N UA M / C O N C U R S O S / C O N F E R Ê N C I AS/C O N V E R SAS / C U R S O S/ WO R KS H O P S

24

JOÃO JACINTO

E FORMOSA TORRE

ATÉ 7 NOV

ATÉ DEZ

ACADEMIAS

DOMINGOS RÊGO E JOÃO FRANCISCO HÉSTIA

ATÉ 7 NOV PRIMEIRO ANDAR SEG A SÁB: 19H-02H

CATARINA CESÁRIO AT THE MOVIES Ilustração

ATÉ 3 NOV RUA POÇO DOS NEGROS

MUNDOS ALTERNATIVOS Arte vídeo: projeções de

vídeos de artistas e, janelas e montras da rua ATÉ 3 OUT: 21H-2H

SYNTAX QUA A SÁB: 14H-19H

KATARÍNA POLIAČIKOVÁ, NIKOLAI NEKH Nocturnal Measurements and the Invisible State of Shine  ATÉ 24 OUT

TEATRO DA POLITÉCNICA TER A SEX: DAS 17H ATÉ FINAL DO ESPECTÁCULO, SÁB: 15H ATÉ FINAL DO ESPECTÁCULO

500 ANOS DA TORRE DE BELÉM TORREÃO POENTE DO TERREIRO DO PAÇO SEG A DOM: 14H-20H

ADocumental, LUZ DE Fotografia, LISBOA Pintura

ATÉ 20 DEZ TRAVESSA DA ERMIDA

Projeto Vicente’15

Concurso de composição para repertório tradicional

ENTREGA DE TRABALHOS ATÉ 31 JAN MAUMAUS

Candidaturas ao Programa Independente de Estudos da Maumaus 2016 ATÉ 31 OUT

maumaus @mail.telepac.pt C O N F E R Ê N C I AS / C O N V E R SAS

ALESSANDRO LUPI 

ARQUIVO MUNICIPAL DE LISBOA | FOTOGRÁFICO

GABRIELE SEIFERT

Conversa com Andreia Poças e os autores: Ana Martins, Mariana Pessoa, Miguel Araújo Barradas, Henrique Vieira Ribeiro e Ivo Relveiro.

ESCULTURA EFÉMERA À TRAVESSA DO MARTA PINTO INSTALAÇÃO DE VÍDEO ATÉ 25 OUT

A imagem contextualizada

20 OUT: 18H30

TREMA - ARTE CONTEMPORÂNEA SEG A SEX: 15H-19H30 SÁB: 11H-19H

PAULO DAMIÃO INTERLÚDIO

ARQUIVO NACIONAL DA TORRE DO TOMBO

Stereo & Immersive Media Conferência internacional

7, 8 E 9 OUT: 9H30-18H30 ASSOCIAÇÃO CASTELO D’IF

Pintura

ATÉ 17 OUT ZARATAN – ARTE CONTEMPORÂNEA

ANDRÉ SIER E ALEXANDRE CASTRO Radiotelescópio ATÉ 4 OUT

6ª edição das Aberturas de Ateliês de Artistas 23 A 25 OUT

Mais info: www.castelodif. com CULTURGEST

Pintura

ENTREGA DE TRABALHOS ATÉ 31 OUT

TORRE DE BELÉM

ENTREGA DE TRABALHOS ATÉ 2 NOV

ATÉ 24 OUT

Art.In Concurso de Artes Plásticas Concurso de video

A MAGNÍFICA

1

11/09/15

Ateliê de Máscaras, Ateliê Trabalhar o Papel / Trabalhar o Plástico, Ateliê de Marionetas Marotes Info: 218 429 730

IA

AR.CO – CENTRO DE ARTE E COMUNICAÇÃO VISUAL

Curso de Joalharia 7 OUT A 17 JUN

Curso de Ilustração e Banda Desenhada 7 OUT A 17 JUN

Workshop: Ilustração

8 OUT A 17 DEZ: QUI: 18H30-20H30

Workshop: Desenho para Ilustração

Diego Peris (Todo Por la Praxis) com Tiago Mota Saraiva (ateliermob) 10 OUT: 18H

13 OUT A 15 DEZ: TER: 18H30-20H30

Workshop de Fotografia: Pós-produção digital

15 OUT A 31 MAR: QUI: 18H-20H IA ARTE ILIMITADA

Curso de Desenho Nível 1

16 OUT A 12 FEV SEX: 10H30-13H 15 OUT A 11 FEV QUI: 18H30-21H

IA

Orientação pela artista Catarina Silva

Iniciação e aprendizagem das técnicas e métodos da Joalharia VÁRIOS HORÁRIOS

IA

Curso de Pintura | Desenho

catrinasilva@gmail.com / 965 424 279

Curso de Restauro

ATELIER DE LISBOA – ESCOLA DE FOTOGRAFIA E CENTRO DE ARTES VISUAIS

SEG E QUI: 16H-18H OU 18H30-20H30 QUI: 14H30-17H30 ARTLIER

Restauro e reciclagem de móveis VÁRIOS HORÁRIOS

Projecto 1

Por Bruno Pelletier Sequeira 6 OUT A 12 JUL TER: 19H30-22H30

Projecto e Construção Livro

Restauro de Loiça

Por Paulo Catrica

QUI: 11H-13

7 OUT A 29 JUN QUA: 19H30-22H30

Limpeza de uma pintura

TER OU QUI: 10H-13H

Projecto 3

Iniciação à Marcenaria

Por António Júlio Duarte 8 OUT A 30 JUN QUI: 19H30-22H30

SEG: 14H-17H

Iniciação à Talha

QUA: 18H30-20H30

Curso Técnico de Fotografia

ASSOCIAÇÃO DOS ARTESÃO DA REGIÃO DE LISBOA

ATELIÊ MF

Cerâmica, olaria e vidrados, desenho e pintura, restauro de loiça e móveis e talha VÁRIOS HORÁRIOS

IA

5 OUT A 4 JULHO SEG: 19H30-22H

Workshop de Desenho e Pintura para Azulejos

TER, QUI: 10H30-12H, 18H30-20H

Info: 912 576 393

ASSOCIAÇÃO  DE RESIDENTES DE TELHEIRAS

ATELIÊ MELÍCIO

SÁB: 10H-13H OU 15H-18H

QUI, SEX

Aulas de pintura óleo

ATELIÊ DE ARTE E ARTEPSICOTERAPIA

Aulas de pintura terapêutica e sessões de artepsicoterapia VÁRIOS HORÁRIOS

Cursos de Aguarela, Pintura e Escultura Info: 967 521 886 ATELIÊ SANTA RUFINA

Workshop de Mosaicos SÁB: 11H-13H

Info: 934 188 287

Info: 918 207 671

ATELIER DE SÃO BENTO

ATELIÊ DE CERÂMICA CHAMOTE FINO

VÁRIOS HORÁRIOS

Cursos de Cerâmica, Pintura sobre Azulejo SEG A SEX: 14H-17H, 18H-21H, SÁB: 10H-13H

Info: 969 578 860

Cursos de desenho, pintura, gravura e história de arte ATELIER DO PAÇO

Livros de artista SÁB: 14H-16H

Desenho iniciação

10:36

15

B2 DESIGN

FNC'15_ANUNCIO_CML_AF.pdf

8 OUT: 18H

IA

APCC - ASSOCIAÇÃO PARA A PROMOÇÃO CULTURAL DA CRIANÇA

GALERIA DA BOAVISTA

Debate Cidade, arte e política

QUE GRANDE POUCA-VERGONHA (MORDE COM TODOS OS SENTES QUE TENS NA LÍNGUA)

ANJODESIGN - DESIGN E RESTAURO

Workshop: Ilustração Infantil

31 OUT: 17H

IA

Workshops de Fotografia

ATELIER DE JOALHARIA

ARTE PEL’ARTE

Info: 922 025 297

9 OUT A 12 FEV: SEX: 15H-18H

FUNDAÇÃO INATEL

SOFIAL AREAL

Desenhar&Pintar Lx, Fotografar Lx, Cerâmica, Pintura em Azulejo VÁRIOS HORÁRIOS

Nível 2

21 OUT A 17 FEV QUA: 10H30-13H 19 OUT A 15 FEV SEG: 18H30-21H

ACADEMIA DE ARTES E TECNOLOGIAS

Conversa com Von Calhau! 3ª TEMPORADA DE ARQUITECTURA Conferência com Diana Larrea

CONCURSOS

CURSOS / WO R KS H O P S

19º

20

17

Fe a2 4 o CNho sta utu iado b

COLÓQUIOS PORTAS ABERTAS MONUMENTOS VIVOS

ro

EXPOSIÇÕES

CENTRO NACIONAL DE CULTURA Rua António Maria Cardoso, 68 1249-101 LISBOA Tel.: 213 466 722 Fax: 213 428 250 Email: info@cnc.pt

LIVROS ACTIVIDADES INFANTIS

ENCONTROS À ESQUINA

CONCERTOS

www.cnc.pt APOIOS

AGENDA_MIOLO_Outubro12.indd 24

DIVULGAÇÃO

SALA DO ARQUIVO (PAÇOS DO CONCELHO) 18, 19, 20 NOVEMBRO 2015

INSCRIÇÕES E INFORMAÇÕES Telefone 21 780 01 56 Sócios GAL: 15€ ou 7,5€/dia | Não Sócios: 20€ ou 10€/dia www.amigosdelisboa.com

29/09/15 12:00


A R T E S C U R S O S/ WO R KS H O P S

25

MUSEU DA ELETRICIDADE

Um retrato da decadência do Novo Workshop de imagem 17, 24, 31 OUT

MUSEU NACIONAL DE HISTÓRIA NATURAL E DA CIÊNCIA

Curso de Desenho de Natureza Desenho científico e desenho de campo INÍCIO 1 OUT A MONTRA 24 DE OUTUBRO A 29 DE NOVEMBRO CALÇADA DA ESTRELA, 132 /213 954 401 / WWW.A-MONTRA.COM

GABINETE RUA RUBEN A. LEITÃO, 2B / FACEEBOOK.COM/GABINETELISBOA

CABELO E MÃOS PEDRO BARATEIRO

LABORATÓRIO DE MATERIAIS FERNANDA FRAGATEIRO

Cabelo e Mãos é, simultaneamente, uma autobiografia e um autorretrato escrito, criado a partir de um texto-poema que Pedro Barateiro tem vindo a escrever e que se encontra no espaço da Montra, naquela que é a sua primeira apresentação ao público. O artista decidiu ligar a ideia do autorretrato ao espaço da Montra por encontrar semelhanças nas formas de apresentação e representação do sujeito e do objeto. O texto, de cariz e conteúdos pessoais e biográficos, será lido por Barateiro na inauguração da mostra e será usado numa instalação no espaço expositivo. ARV

Fernanda Fragateiro apresenta o trabalho Laboratório de Materiais no Gabinete, o novo espaço lisboeta dedicado à arte, aos criadores contemporâneos e ao colecionismo, editando e promovendo múltiplos de arte em séries exclusivas e limitadas. Delfim Sardo assume a direção artística do Gabinete, que não se enquadra no conceito de ‘galeria’ mas antes de editora, loja e espaço de programação artística. O portefólio do Gabinete, reúne nomes maiores da arte contemporânea nacional, como Ângela Ferreira, João Louro, João Onofre, Jorge Molder, Julião Sarmento e Susanne Themlitz. ARV

QUA: 18H30-21H

IA cursolisboa@gmail.com 962457850 ATELIERS DE ALFAMA

Workshop de Técnicas Criativas SÁB: 11H-14H

Workshop de Desenho QUI: 19H-22H MP / IA

ricardo.andrade@ ncreatures.com CÁ – ATELIÊ DE EXPRESSÃO PLÁSTICA

Workshops de pintura em aguarela IA

CASA-ATELIER VIEIRA DA SILVA

Um ano a desenhar para o futuro Oficinas de desenho com os Urban Sketchers

Rosário Félix

10 OUT: 10H-12H30

Eduardo Salavisa

31 OUT: 10H-12H30 CASA ESTRELA DO MAR

Oficinas de Libertação Artística para Adultos QUI: 19H-20H30

Workshops Temáticos de Fotografia Com João Caseiro SÁB: 14H-18H

CASA NIC E INÊS

CASA DE TRÁS-OSMONTES E ALTO DOURO

Curso de pintura em azulejo e faiança QUA: 17H30-19H30

Curso de desenho

HORÁRIO A COMBINAR

Curso de fotografia

TER, QUI: PÓS-LABORAL CAULINO CERAMICS

Atelier de cerâmica

SEG A SEX: 11H-21H

IA

CENTRO DE RECREIO POPULAR DO BAIRRO

Curso de Pintura

SEG A DOM: 15H-23H CERÂMICA BAIRRO ALTO

Curso de Cerâmica, Workshop de Porcelana, Esmalte e recriação de bijuteria. VÁRIOS HORÁRIOS

Curso de costura criativa

Traço e Pintura de Azulejos e Modelação de Barro TER: 14H15-16H45 

Info: 919 981 288

CONTRAPROVA ATELIER DE GRAVURA

Técnicas de gravura

Curso de Pintura

GALERIA 36

SÁB: 10H-13H

Curso de Pintura

SEG A SEX: 14H-16H

IA

GALERIA DIFERENÇA

Cursos de Gravura

QUA, SEX: 16H30-19H30, TER: 18H30-21H30, 1º E 3º SÁB/MÊS: 15H30-19H30

SEX: 18H30-20H

IA

Sessões de Modelo Vivo SÁB: 11H-13H

IA

IA

GALERIA OPUS 14

Cores & Sons: do impressionismo às vanguardas

12, 19, 26 OUT, 2 NOV: 18H

Escola de Belas Artes Cursos de Desenho/Pintura, Iniciação à Gravura, Desenho de Corpo Humano (com modelo), História da Arte, Desenho e Geometria Descritiva GALERIA REVERSO

O PRAZER DE FAZER, a Jóia ao Alcance da Mão

Encadernação Belga Secreta

EDAK - ESCOLA DE DANÇA ANA KÖHLER

Livro Infinito Ilustrado

SÁB: 11H30

Cursos práticos de joalharia info: 919809131

ESPAÇO 62

INSTITUTO DE ARTES E OFÍCIOS

10 OUT: 10H-13H 17 OUT: 10H-13H

Encadernação Longstitch 31 OUT: 10H-13H

Pintura e Desenho Criativo Desenho de Modelo TER: 18H-19H30

Info: 968506535

Oficina de mobiliário, oficina de pintura, oficina de escultura e talha IA

AGENDA_MIOLO_Outubro12.indd 25

Com Carlos Franco IA

JUNTA DE FREGUESIA DA ESTRELA

Centro Comunitário da Madragoa 117º Encontro do Grupo dos Origamigos de Lisboa Dobragem de papel 3 OUT: 15H-19H

Com José Feitor

10 OUT: 10H-18H

Curso de Técnicas de Impressão Textil Com Cláudia Dias

17, 18 OUT: 10H-17H

Workshop de Engenharia do Papel e Pop-Ups Com Catarina Leitão 24 OUT: 10H-17H

MUSEU DO ORIENTE

Workshop de Cianotipia

Workshop

31 OUT: 10H-17H

Origami arquitetónico

POLO DA PENA DA JUNTA DE FREGUESIA DE ARROIOS

O Olhar fotográfico 3 OUT: 10H-18H

Workshop

17 OUT: 10H30-12H30

Iniciação à pintura chinesa

Com Hugo Soares

Memórias em álbum QUI: 10H-12H

Curso

PONTO DE LUZ ATELIER

Origami no Ocidente: Os Anos 60

Por José Faria pontodeluz21@hotmail.com

17, 31 OUT: 10H-13H

Workshop

23 OUT: 15H-17H

Kumihimo – Cordão de Seda Workshop

31 OUT: 10H15-12H15 NÚCLEO DE ARTE FOTOGRÁFICA DO INSTITUTO SUPERIOR TÉCNICO

Curso de Iniciação à Fotografia Analógica Introdução à Câmara Escura 13 OUT A 19 JAN TER: 16H30, 19H30 OU QUI: 19H30 IA OFICINA DO CEGO

Curso de Iniciação à Encadernação Com Manuel Leitão 3 OUT: 10H-17H

Desenho e gravura IA

SOCIEDADE DE INSTRUÇÃO GUILHERME COSSOUL

Cursos de Formação

Com Luís Rocha e Tânia Araújo Info: 213 973 471 IA SOCIEDADE NACIONAL DE BELAS-ARTES

Cursos de Formação Artística Ano letivo 2015/2016 IA WWW.SNBA.PT

E ESCOLAS EG ENTRADA GRATUITA IA INSCRIÇÕES ABERTAS GO GRUPOS ORGANIZADOS MP MARCAÇÃO PRÉVIA PG PÚBLICO EM GERAL

> Contactos pág 62

EG / PG

Cursos de Desenho (iniciação)

Info: 917 540 178

Formação contínua

INSTITUTO PORTUGUÊS DO DESPORTO E DA JUVENTUDE

TER E QUI: 9H30–13H30

GALERIA PEDRO SERRENHO

CLUBE ESTEFÂNIA

TER, QUI: 19H-22H

ESPAÇO MOURARIA INATEL

IA

Curso de Introdução à Serigrafia

Info: origamigos.lx@gmail. com 936 258 619 LEITURIA

Workshop de Iniciação à Fotografia   3 OUT A 7 NOV SÁB: 12H-15H

Workshop de Brinquedos ópticos   24 OUT: 14H30-17H

LISBON PHOTOGRAPHER

Ateliers de Fotografia a céu-aberto LABORAL E PÓS LABORAL

Info: www. lisbonphotographer.com MAPA – ESPAÇO CRIATIVO

Curso de Desenho e Pintura Com Teodora Boneva QUA: 14H MART

Desenho e Pintura

10H-13H OU 18H3020H30 MESTRES DO REGUEIRÃO / ARTA

Introdução à cerâmica SEG: 19H-21H

29/09/15 12:00


PROJECTO

EXPOSIÇÃO E SETE ESPETÁCULOS AGENDA_MIOLO_Outubro12.indd 26

Texto FREDERICO BERNARDINO

Apesar de ter iniciado a sua atividade há quase 20 anos, o Projecto Teatral mantém-se uma entidade quase secreta no panorama artístico nacional. Coletivo multifacetado, explorador de um território artístico sem fronteiras que se propõe, praticamente desde a sua génese, a desafiar todas as convenções teatrais e os seus fundamentos, o percurso do Projecto Teatral tem assentado numa “arqueologia radical” que, nas palavras de Mark Deputter,

“toca em todos os elementos fundamentais do teatro” de uma “maneira intimista, procurando o grau zero da teatralidade”. Esta busca é sublinhada em muitas das criações do coletivo, onde, citando Miguel Wandeschneider, se notam “ausência de ator, ausência da voz, ausência do texto”. Uma espécie de vazio do teatro que, ao longo dos anos, tem vindo a construir objetos absolutamente singulares, construídos, e complementados, na instalação, no vídeo ou

29/09/15 12:00


O TEATRAL na literatura. É este universo aparentemente fantasmático do coletivo – atualmente formado por Maria Duarte, Helena Tavares, Gonçalo Ferreira de Almeida, João Rodrigues e André Maranha – que, de 22 de outubro a 23 de dezembro, o teatro municipal Maria Matos e a Culturgest convidam a ser (re)conhecido através da apresentação de algumas emblemáticas criações e da exposição nenhuma entrada entrem. Todo o programa é de entrada gratuita.

AGENDA_MIOLO_Outubro12.indd 27

PROGRAMA DITADO

O SABÃO

«TEATRO»

LION NOIRE

MARIA MATOS TEATRO MUNICIPAL 22 A 27 DE OUTUBRO

MARIA MATOS TEATRO MUNICIPAL 22 A 27 DE OUTUBRO

NENHUMA ENTRADA ENTREM CULTURGEST 24 DE OUTUBRO A 23 DE DEZEMBRO

EMPÉDOCLES

ESPAÇO ALKANTARA 24 E 25 DE OUTUBRO, 6 E 7 DE NOVEMBRO

ANTENA 2 (TRANSMISSÃO RADIOFÓNICA) 14 DE NOVEMBRO

TEATRO NACIONAL D. MARIA II 27 E 28 NOVEMBRO

CORO

MARIA MATOS TEATRO MUNICIPAL 19 A 21 DE NOVEMBRO

TRANSIBERIANO

MARIA MATOS TEATRO MUNICIPAL 17 A 19 DE DEZEMBRO

29/09/15 12:00


28

CIÊNCIA

Medieval: Contributos de Luís Krus Exposição

1 A 31 OUT EG SEG A SEX: 9H30-19H30, SÁB: 9H30-12H30

Poder, Mitos e Memórias na Sociedade Medieval Conferência

1 OUT: 9H30-17H ASSOCIAÇÃO PORTUGUESA DOS AMIGOS DOS CASTELOS

EG

Curso de Iniciação à Astronomia e Ateliê de Microfoguetes IA

NÚCLEO DE INTERPRETAÇÃO DA MURALHA DE D. DINIS Visitas Livres QUA A SÁB: 10H-18H (ÚLTIMA ENTRADA 17H50) EG

Visitas Orientadas

SEX: 13H30, SÁB: 11H EG / GO /MP

Info: 213 213 240 BIBLIOTECA DE BELÉM

CICLO DE TERTÚLIAS 2015 As Mulheres e o Teatro

Por Fernanda Lapa. Moderação de Leonor Xavier 30 OUT: 17H30

União Europeia, Anatomia da Crise e Cenários de Futuro

O Culto da Identidade no Século XX

GO / MP

7 OUT: 17H

19 OUT: 17H

27 OUT: 17H

Visitas Guiadas

Exposição Permanente no Museu Maynense SEG, QUA : 10H-18H

CICLO DE CONFERÊNCIAS A HISTÓRIA TAL QUAL SE FAZ Crise de Valores

Por Loureiro dos Santos 5 OUT: 17H

Cidadania e Conflitualidade Por Nuno Lemos Mires Martins 6 OUT: 17H

AGENDA_MIOLO_Outubro12.indd 28

Por João Vieira Borges.

Guerra Ideológica e Terrorismo Mundial: Razões e Consequências Por Mário Crespo. 12 OUT: 17H

Conflitos Atuais e Perspetivas de Evolução Por Loureiro dos Santos 13 OUT: 17H

Visita Guiada à Academia Militar 16 OUT: 15H

slourenco@acad-ciencias.pt

Por Viriato Soromenho-Marques

Por Adriano Moreira

Aprender com a História: Fatores de Bloqueio e Desenvolvimento da Economia Portuguesa

Ser Português na Europa e no Mundo

21 OUT: 17H

ARQUIVO NACIONAL DA TORRE DO TOMBO

Por José Luís Carlos

CICLO DE CONFERÊNCIAS PORTUGAL E AS CRISES DE IDENTIDADE

Crise de Identidade no Séc. XIX Por Ilídio do Amaral 26 OUT: 17H

Por João Abel da Fonseca 28 OUT: 17H

…Anões às Costas dos Grandes Gigantes do Passado. Poder, Mitos, Memórias na Sociedade

9 OUT: 18H30

TERTÚLIAS DE OUTONO: O CASTELO - A GEOGRAFIA DO TEMPO O Tempo da Expansão 11 OUT: 16H

O Tempo da Restauração

Ponto de encontro: estátua de D. Afonso I. Info: 218 800 620 EG / MP

EL CORTE INGLÉS

Reflexões Sobre a Vida

Conferência por Manuel Neves-e-Castro 6 OUT: 19H

BANCO DE PORTUGAL

O Mundo em Mudança - Uma Nova Organização Mundial?

Por Eupremio Scarpa

18 OUT: 16H

ASSOCIAÇÃO PARA A PROMOÇÃO CULTURAL DA CRIANÇA - APCC

ACADEMIA DAS CIÊNCIAS DE LISBOA

A Escola Moderna de Ferrer: Uma Utopia Realizada?

Ponto de encontro: estátua de D. Afonso I.

26 OUT: 18H

Novo Contexto Histórico e Social” por personalidades de diferentes áreas como Francisco Sarsfield Cabral, Bento Domingues, João Wengorovius Menezes, P. Luís Manuel Pereira de Almeida e os arquitetos Diogo Lino Pimentel e João Santa-Rita. Também é apresentado o documentário O Meu Bairro que mostra o trabalho de missionários da Consolata no bairro do Zambujal. Mais informações através do nº 213 241 135. CE

HISTÓRIAS DA HISTÓRIA

13 OUT: 17H30

Por Filomena Andrade

“A Igreja não nasceu para dominar mas para servir” é um princípio pastoral do Concílio Vaticano II que o Papa Francisco retomou em forma de apelo: “Como eu gostaria de uma Igreja pobre.” “O verdadeiro poder é o serviço.”Como o podemos exprimir em termos de arquitetura, de arte e de liturgia? Nesta jornada são abordados temas como “Tipologias da Pobreza”, “Cuidar do Outro” e “Igreja Servidora em

DOM: 15H30-17H30

CASTELO DE SÃO JORGE

Isabel de Aragão: Uma Rainha Exemplar

ARQUITETURA PARA UMA IGREJA POBRE E SERVIDORA

Por Lara Afonso, Rubina Oliveira e Susana Baeta Exercícios a partir de A Física no Dia-a-Dia de Rómulo de Carvalho.

CICLO DE CONFERÊNCIAS AMOR E POLÍTICA NA REALEZA Mafalda de Sabóia, uma Rainha Esquecida Por Maria Alegria Marques

ORDEM DOS ARQUITECTOS 17 DE OUTUBRO, DAS 9H30 ÀS 18H TRAVESSA DO CARVALHO, 23 / 213 241 140 / ARQUITECTOS.PT

A Física no Dia-a-Dia

EG

BIBLIOTECA DOS CORUCHÉUS

OFICINA PRÁTICA DE FILOSOFIA O Enigma de Deus 8 OUT: 16H30-17H30

IA

Quase Tudo Sobre a Infância Conferência por Margarida Crujo 13 OUT: 19H

IA

Ideias Religiosas

Curso por José Manuel Anes

19, 21, 26, 28 OUT, 2, 4, 9, 11, 16 NOV: 15H30

Inscrições abertas até 12 out.

História de Portugal

Curso por Lourenço Pereira Coutinho 16, 18, 23, 25, 30 NOV, 2, 9, 14, 16, 21 DEZ: 19H

Inscrições abertas até 28 out. EG

ESTUFA FRIA

1ª Exposição Internacional de Orquídeas de Lisboa 16 OUT: 17H-19H, 17, 18 OUT: 10H-19H

Info: 969 811 459

Info: 218 172 049

FUNDAÇÃO CALOUSTE GULBENKIAN

CAFÉ MARTINHO DA ARCADA

20, 21 OUT: 9H

EG / MP

CICLO DE DEBATES E REFLEXÕES: PORTUGAL E O FUTURO O Futuro da Escola Pública Moderado por Fernando Sobral 22 OUT: 20H30

Info: 919 163 525 (Grémio das Artes e Ciências) CASA DA ACHADA CENTRO MÁRIO DIONÍSIO

As Escolas Onde Estudamos: Espaços e Edifícios Por Filomena Marona Beja e outros 16 OUT: 18H30

Contra a Escola Capitalista Por Fátima Chorão e outros 31 OUT: 16H

Fórum Gulbenkian de Saúde 2015: Saúde e Arquitetura EG

FUNDAÇÃO CIDADE DE LISBOA

Lisboa e Düsseldorf ao Tempo da Rainha D. Estefânia Colóquio

20 OUT: 9H30

EG

Info: 217 800 156 (Grupo Amigos de Lisboa) FUNDAÇÃO PORTUGUESA DAS COMUNICAÇÕES

O Cabo Submarino num Mar de Conetividades Exposição

ATÉ 30 ABR SEG A SEX: 10H-18H, SÁB: 14H-18H

29/09/15 12:00


CIÊ NCIA

GABINETE DE ESTUDOS OLISIPONENSES

CICLO DE CONFERÊNCIAS TEMAS OLISIPONENSES A Edição da Peregrinação de Fernão Mendes Pinto em Lisboa em 1614 e a Divulgação da Vida do Maior Viajante de Todos os Tempos Por José Manuel Garcia 8 OUT: 18H30

Vapor em Portugal e Lisboa Por Jorge Custódio 22 OUT: 18H30 EG

29

Visitas Guiadas ao Jardim Botânico Tropical

Em português e inglês Info: 933 756 154 (CERCiência) MP

LISPOLIS - ASSOCIAÇÃO PARA O PÓLO TECNOLÓGICO DE LISBOA

Evento Linux 2015

1 OUT: 9H-16H30

EG / MP

www.eventolinux.org LIVRARIA BULHOSA (CAMPO GRANDE)

OLHA A CONVERSA - CICLO DE

MUSEU GEOLÓGICO DE PORTUGAL /LNEG

100 Milhões de Anos da História de Lisboa

Portugal Antes do Homem As (Primeiras) 27 Maravilhas do Museu Geológico Seg a sáb: 10h-18h

MUSEU DE LISBOA - CASA DOS BICOS

Núcleo Arqueológico da Casa dos Bicos

SEG A SÁB: 10H-18H

(ÚLTIMA ENTRADA 5º CICLO DE CONFERÊNCIAS PSICOLOGIA 17H30) RELAÇÕES LUSO-ITALIANAS Para Onde Vai Portugal? Info: 217 513 215 (Museu de A autora Raquel Varela Lisboa - Palácio Pimenta) – SCRIGNI DELLA MEMOEG conversa com o psicólogo RIA: ARQUIVOS E FUNDOS Carlos Céu e Silva. MUSEU DE LISBOA 9 OUT: 18H30 EG DOCUMENTAIS PARA O TEATRO ROMANO ESTUDO DAS RELAÇÕES MUSEU DA ÁGUA DA EPAL Visitas Guiadas LUSO-ITALIANAS TER A DOM: 10H-18H Exposição Permanente

Para um Estudo dos Italianos em Portugal na Primeira Metade do Século XIX nos Arquivos de Lisboa (Torre do Tombo e Arquivo Histórico Militar) e Nápoles (Archivio di Stato) Por Carmine Cassino 29 OUT: 18H30

lella.45@hotmail.com GRUPO AMIGOS DE LISBOA

A “Prata do Casamento” de D. Maria Pia: Um Centro de Mesa no Palácio da Ajuda Conferência por Teresa Martins 3 OUT: 15H

Chiado: Montra Literária dos Anos 1850-1950. Ou a Ladeira das Vaidades Conferência por José Gameiro Lopes. 10 OUT: 15H

Becos, Travessas, Ruas e Azinhagas: Uma Certa Memória de Lisboa Conferência por Salete Salvado 24 OUT: 15H

HOTEL SANA METROPOLITAN

ETPA 2015 Annual Conference – Psicologia Transpessoal em Movimento: Projetos, Intervenções e Resultados 16 A 18 OUT: 8H30

etpa2015lisbon@gmail.com INSTITUTO GEMOLÓGICO PORTUGUÊS

Curso de Diplomados em Gemologia

23 OUT A 24 JUL UM SÁB E DOM POR MÊS: 10H-19H

formação@igp.com.pt

JARDIM BOTÂNICO TROPICAL

Os Descobrimentos Portugueses

Visita guiada temática

AGENDA_MIOLO_Outubro12.indd 29

do Museu da Água

TER A SÁB: 10H-12H30, 13H30-17H30

Info: 217 513 215 (Museu de Lisboa - Palácio Pimenta) MP

MUSEU DO ALJUBE - RESISTÊNCIA E LIBERDADE

MUSEU NACIONAL DE ARQUEOLOGIA

Exposição.

Exposição

Manifestação. Um Direito. ATÉ DEZ TER A DOM: 10H-18H

VIDAS PRISIONÀVEIS Domingos Abrantes e Conceição Matos Tertúlia aberta por Ana Aranha

António Borges Coelho e Jorge Tavares da Silva Tertúlia aberta por Ana Aranha 21 OUT: 16H

MUSEU DO COMBATENTE E FORTE DO BOM SUCESSO

A Trincheira

A Grande Guerra ao Vivo Evocando a Paz Exposição

200 Anos de Armas Regulamentares em Portugal Exposição

História da Aviação do Século XX Exposição

História do Soldado Português no Século XX Exposição

TODOS OS DIAS: 10H-17H MUSEU DA FARMÁCIA

O Caos: As Diferentes Faces da Desordem Congresso de história e mitologia

EG / IA

Entrada livre para quem não pretenda certificado nem materiais do congresso. congressohistoriamitologia. weebly.com

A Aventura da Terra - Um Planeta em Evolução Exposição

Minerais: Identificar e Classificar Exposição

Joias da Terra - O Minério da Panasqueira Exposição

Allosaurus - Um Dinossáurio, Dois Continentes? Exposição

TER A SEX: 10H-17H, SÁB, DOM: 11H-18H

CICLO DE CONVERSAS LIGHT

Encontro com Isabel Ferreira 14 OUT: 19H EG

MUSEU DO ORIENTE

A Coreia Contemporânea e Global Curso por Luís Mah

17 OUT: 9H30-18H

Info: 213 241 135

PADRÃO DOS DESCOBRIMENTOS

Alguma Mezinha Lá Dessa Terra do Cabo do Mundo Exposição

ATÉ 30 NOV TODOS OS DIAS: 10H-19H

Aprendiz de Boticário

Oficina que dá a conhecer o trabalho do boticário e as plantas, ervas e frutos que usavam e quais as doenças que podiam ser tratadas dessa forma. 18 OUT: 10H30-12H

PAVILHÃO DO CONHECIMENTO - CIÊNCIA VIVA

Pordata Viva - O Poder dos Dados

IA

Religiões da Lusitânia Loquuntur Saxa

Workshop de Especiarias

TER A SEX: 10H-18H, SÁB, DOM, FER: 11H-19H

10 OUT: 14H-18H

TER A SEX: 10H-18H, SÁB, DOM, FER: 11H-19H

Tesouros da Arqueologia Portuguesa Antiguidades Egípcias Exposição. Ter a dom: 10h-18h

MUSEU NACIONAL DE ETNOLOGIA

10 Anos Depois: Objetos de Outros Lugares. Doação Francisco Capelo Artes de Pesca: Pescadores, Normas, Objetos Instáveis

Exposição

Por Luís Mendonça de Carvalho

Dóing - Oficina Aumentada

NÚCLEO ARQUEOLÓGICO DA RUA DOS CORREEIROS

HÁ QUANTO TEMPO NÃO VAI A UMA AULA DE CIÊNCIA?

Visitas Guiadas

Visitas, atividades de laboratório, cozinha e ateliês científicos para maiores de 65 anos. SEX: 10H15, 14H15

PLANETÁRIO CALOUSTE GULBENKIAN

Planetário Calouste Gulbenkian 50 Anos Exposição

ATÉ DEZ EG TER A SEX, DOM: 10H-12H, 14H-16H30, SÁB: 14H-16H30

A Descoberta do Universo

TER A QUI: 11H, 14H30, 16H, SEX: 11H, SÁB: 15H, 16H, DOM: 11H30, 15H, 16H TORRE DE BELÉM

A Magnífica e Formosa Torre

Exposição de mupis em frente da Torre de Belém. ATÉ 31 DEZ

ATÉ DEZ TER A SEX: 10H-18H, SÁB, DOM, FER: 11H-19H

ATÉ 29 NOV

Exposição

Hortas à Janela

Exposição

Explora

Exposição

Exposição e workshop de construção de trincheiras

Exposição

Wengorovius Menezes, Luís Manuel Almeida, Diogo Lino Pimentel e João Santa-Rita

17, 24, 31 OUT, 7, 14, 21 NOV: 10H-13H

Exposição

7 OUT: 16H

28 A 30 OUT

A I Idade do Ferro no Sul de Portugal: Epigrafia e Cultura

Memórias da Politécnica Quatro Séculos de Educação, Ciência e Cultura

E ESCOLAS EG ENTRADA GRATUITA IA INSCRIÇÕES ABERTAS GO GRUPOS ORGANIZADOS MP MARCAÇÃO PRÉVIA PG PÚBLICO EM GERAL

> Contactos pág 62

Da Beterraba à Camisola Pintada, Lollipops de Fruta,

SEG A SÁB: 10H-12H, 14H-17H

Info: 211 131 004 E / GO / MP

OBSERVATÓRIO ASTRONÓMICO DE LISBOA

Visita Dramatizada

ÚLTIMO SÁB: 11H30

A+

Artes e Engenhos Almada

www.arteseengenhos.com

geral@museus.ulisboa.pt OCEANÁRIO DE LISBOA

Os Dramas das Princesas A Morte e a Donzela

TER: 14H-18H, QUA A DOM: 10H-18H

Exposição

Alexandra Viveiros, Alexandre Pieroni Calado, Gustavo Vargas, Paula Garcia, Sandra Hung, Sofia Dinger Espaço Alkantara (Festival Temps d’Images) Lisboa 18/19/20/21/22 Dezembro, 2015 21.30 horas

MUSEU NACIONAL DE HISTÓRIA NATURAL E DA CIÊNCIA

Almanaque Perpétuo dos Oceanos

Exposição

O Museu, Muitas Coisas Exposição

II Feira da Matemática

Atividades científicas, culturais e educativas desde palestras, demonstrações, jogos. oficinas, visitas orientadas e sessões do Circo Matemático 23, 24 OUT: 10H-18H

feiradamatematica@gmail. com IA

Borboletário E / MP

Francisco Arruda Furtado, Discípulo de Darwin Exposição

Mero, o Senhor das Pedras Exposição

Florestas Submersas by Takashi Amano TODOS OS DIAS: 10H-19H

Visita guiada para maiores de 65 anos. TODOS OS DIAS: 10H-19H MP

Na Crista da Onda

Workshop para professores sobre o novo mapa “Portugal é Mar”. TODOS OS DIAS: 10H-19H MP

ORDEM DOS ARQUITECTOS

Arquitetura para uma Igreja Pobre e Servidora Conferências e debates por Francisco Sarsfield Cabral, Frei Bento Domingues, João

(Oficina) Vontade de Arquivo Alexandre Pieroni Calado Latoaria Lisboa 21/22/23/24/25 Setembro, 2015 20.00/23.00 horas (Colóquio) Quem tem Medo de Elfriede Jelinek? Anabela Mendes/Ângela Orbay/Bruno Monteiro/ Vera San Payo de Lemos Goethe-Institut Lisboa 20 Outubro, 2015 18.00 horas (Colóquio/Cinema) Imagens do Irrepresentável em Rogério de Carvalho/A Caça de Manoel de Oliveira Sara de Castro/João Costa Dias/Jorge Ribeiro Cinemateca Lisboa 5 Novembro, 2015 21.30 horas Financiamento Governo de Portugal, Direcção Geral das Artes, Câmara Municipal Almada, Câmara Municipal Lisboa, Fundação Calouste Gulbenkian Parceria EGEAC, Festival Temps d’Images, Espaço Alkantara, O Bando, Companhia Olga Roriz, C.E.N.T.A., Cinemateca Portuguesa, Instituto Goethe de Lisboa, DCSA/FCT - UNL, RTP/Antena 2, Rádio África

29/09/15 12:00


TEATRO ROMANO

NOVO PROJETO DO MUSEU AGENDA_MIOLO_Outubro12.indd 30

Texto CRISTINA ENGRÁCIA

O Museu de Lisboa -Teatro Romano reabriu no final de setembro com um novo projeto de museografia composto por uma renovada exposição de longa duração, com mais peças expostas que datam do século VIII a.C. até ao século XIX, contribuindo para um conhecimento mais abrangente sobre esta parte da cidade antes da construção do teatro e depois do seu desaparecimento. Vários

passadiços metálicos permitem uma maior proximidade aos vestígios arqueológicos por parte do público e a informação colocada nos varandins possibilita uma melhor leitura das suas ruínas. As visitas guiadas necessitam de marcação prévia para o número 217 513 215 (Museu de Lisboa - Palácio Pimenta). Rua de São Mamede, 3A

29/09/15 12:00


BILHA EM CERÂMICA COMUM COM VIDRADO AMARELO PRIMEIRA METADE DO SÉCULO XIII

PANELA DECORADA COM BOLBOS DE LÓTUS DE VIDRADO A MANGANÊS SÉCULO XII

FRAGMENTO DE ESTÁTUA, DE MÁRMORE, DE MUSA MEADOS DO SÉCULO. I D.C.

DESENHO AGUARELADO DA AUTORIA DE FRANCISCO XAVIER FABRI REALIZADO EM 1798

CORNIJA DE CLACÁRIO DECORADA COM ÓVULOS E LANCETAS INÍCIOS SÉC. I D.C.

FRAGMENTOS VÁRIOS DE FRESCOS ROMANOS INÍCIOS SÉCULO I D.C.

FIVELA DE BRONZE PRIMEIRA METADE DO SÉCULO XVIII

AGENDA_MIOLO_Outubro12.indd 31

PRUMO DE BRONZE INÍCIOS SÉCULO I D.C.

BILHA, OU PICHEL, DE CERÂMICA COMUM VIDRADA, PROVENIENTE DE PARIS SÉCULO XIV

PANELA EM CERÂMICA COMUM SÉCULO XVI

29/09/15 12:00


32

E S T R E I AS

ADAM JONES

De John Wells, com Bradley Cooper, Sienna Miller, Omar Sy

Um chef que destruiu a carreira, devido ao uso de drogas e a um comportamento arrogante, depois de recuperado regressa à profissão determinado a ser o melhor. Abre um restaurante em Londres com o objetivo de conseguir três estrelas Michelin.

A ASSASSINA

De Hsiao-hsien Hou, com Qi Shu, Chen Chang,  Satoshi Tsumabuki

Com apenas 10 anos a filha de um general chinês é levada por uma freira, que a inicia nas artes marciais transformando-a numa assassina implacável de homens corruptos. Depois de falhar uma missão é enviada para a sua terra natal como professora, com o intuito de matar o líder local.

Greene, Alexandra Daddario

Max, um apaixonado por filmes de terror e proprietário de uma loja relacionada com o tema, vê a sua vida complicarse quando a namorada resolve mudar-se para sua casa. Cansado de a aturar, sente algum alívio quando esta morre atropelada. Infelizmente para Max a jovem regressa ao mundo dos vivos como uma zombie.

e misterioso, indo viver com ele para uma casa no cimo de uma colina de argila vermelha. A nova morada esconde assombrações e segredos que a irão perseguir para sempre.

O ESTAGIÁRIO

De Nancy Meyers, com Anne Hathaway, Robert De Niro, Rene Russo Ben Whittaker é um

com  Thomas Mann, RJ Cyler,  Olivia Cooke

Greg é um finalista do secundário que juntamente com o seu amigo Earl tenta sobreviver à vida de adolescente. Quando a mãe de Greg o obriga a relacionar-se com uma rapariga de turma a quem foi diagnosticado cancro, o verdadeiro valor da amizade ganha um novo sentido na vida do jovem.

nos campos de trabalhos forçados, do deserto de Gobi.

UMA HORA INCERTA De Carlos Saboga, com Joana Ribeiro, Paulo Pires, Carloto Cotta

JOÃO BÉNARD DA COSTA: OUTROS AMARÃO AS COI-

CINEMA

Uma mulher solteira vê-se acidentalmente envolvida num blind date e descobre que acabou de conhecer o homem da sua vida.

COMO ENTERRAR A EX De Joe Dante, com Anton Yelchin, Ashley

AGENDA_MIOLO_Outubro12.indd 32

De Brian Helgeland, com Tom Hardy, Emily Browning,  Taron Egerton A história de dois gangsters que são gémeos idênticos e que nos anos 60, em Londres, ficaram famosos pelo seu império construído através do crime.

AS MIL E UMA NOITES, VOLUME 3, O ENCANTADO

De François Ozon, com Romain Duris, Anaïs Demoustier,  Raphaël Personnaz

Claire perde a sua melhor amiga e mergulha em depressão. Alguns anos mais tarde reata a amizade com o marido da amiga, David, por quem sente uma paixão secreta. Certo dia aparece em casa de David sem aviso e descobre um segredo desconcertante sobre o mesmo.

De Scott Cooper, com Johnny Depp, Benedict Cumberbatch, Dakota Johnson

Um guionista que vive em Los Angeles tenta perceber os eventos estranhos que o rodeiam e que se sucedem na sua vida.

LEGEND

UMA NOVA AMIGA

BLACK MASS – JOGO SUJO

De Terrence Malick, com Christian Bale, Natalie Portman, Cate Blanchett

Um pai de família está sozinho em casa quando duas jovens batem à porta a pedir ajuda. O homem acolhe-as, mas cedo percebe que cometeu um erro e que a sua vida está em risco…

No último volume das Mil e Uma Noites, Xerazade sente que não consegue agradar por muito mais tempo ao rei, com as suas histórias. Resolve fugir e percorrer o reino em busca de prazer e encantamento. Por fim conta mais uma história sobre um bairro pobre onde os homens ensinam pássaros a cantar.

De Ben Palmer, com Lake Bell,  Simon Pegg, Olivia Williams

CAVALEIRO DE COPAS

De Eli Roth, com Keanu Reeves, Lorenza Izzo, Ana de Armas

De Miguel Gomes, com Crista Alfaiate, Américo Silva, Teresa Madruga

ASSIM É COMPLICADO

A história verídica de James Whitey Bulger, um ganster irlandês, que nos anos 70, em Boston, colaborou com o FBI para derrotar um inimigo comum: a máfia italiana. Com esta colaboração Whitey consolida o seu poder, transformandose num dos mais perigosos criminosos de Boston.

KNOCK KNOCK

VÁRIOS LOCAIS 22 DE OUTUBRO A 1 DE NOVEMBRO WWW.DOCLISBOA.ORG

DOCLISBOA’15 A nova edição do Doclisboa apresenta uma programação focada na Europa, na sua história e presente. A Grécia está em destaque com a presença de filmes contemporâneos e históricos que abordam temas como democracia, geopolítica, relações de poder e questões de cidadania. Numa tentativa de compreender a atualidade e a herança ideológica que a acompanha, é exibida a retrospetiva I don’t throw bombs, I make films – Terrorismo, Representação que inclui obras de

CRIMSON PEAK: A COLINA VERMELHA

De Guillermo del Toro, com Charlie Hunnam, Jessica Chastain, Mia Wasikowska Uma jovem apaixona-se por um homem, sedutor

alguns elementos de lutas armadas como Ulrike Meinhof ou Holger Meins. O fundador da Vaga Negra do cinema jugoslavo, Želimir Žilnik, marca também presença no festival para apresentar uma retrospetiva dedicada ao seu trabalho. Robert Gardner, autor importante da história do cinema documental na sua relação com a antropologia, é outro nome a destacar. Este ano realizase ainda a primeira edição do projeto Arché, dirigido a um público profissional. Ana Figueiredo

reformado e viúvo de 70 anos que resolve voltar ao ativo, trabalhando como estagiário num site de moda.

A FOSSA

SAS QUE EU AMEI

EU, O EARL E A TAL MIÚDA

Relato das condições de vida extremas a que foram sujeitos milhares de cidadãos condenados pelo regime chinês, no final dos anos 50,

Documentário sobre João Bénard da Costa, pensador, crítico, programador e diretor da Cinemateca, durante 18 anos.

De Alfonso Gomez-Rejon,

De Wang Bing, com Cheng Zhengwu, Jing Niansong, Lian Renjun

De Manuel Mozos

PAN: VIAGEM À TERRA DO NUNCA De Joe Wright, com Hugh Jackman, Levi Miller, Jimmy Vee Um jovem órfão é transportado para a Terra do Nunca onde, com a ajuda do Capitão Gancho, terá de derrotar o terrível Barba Negra salvando o local e ficando para sempre conhecido como Peter Pan.

PAWN SACRIFICE

De Edward Zwick, com Tobey Maguire, Lily Rabe, Liev Schreiber

A história de Bobby Fischer, campeão americano de xadrez, que em 1972 venceu o campeão russo Boris Spassky.

29/09/15 12:00


C I N E M A E S T R E I AS

33

CINEMA S. JORGE E CINEMATECA PORTUGUESA 8 DE OUTUBRO A 29 DE NOVEMBRO FESTADOCINEMAFRANCES.COM

16ª FESTA DO CINEMA FRANCÊS

VÁRIOS LOCAIS ESTREIA A 15 DE OUTUBRO WWW.AUMAHORAINCERTA.COM

VÁRIOS LOCAIS 1 A 4 DE OUTUBRO WWW.ARQUITETURASFILMFESTIVAL.COM

A UMA HORA INCERTA

ARQUITETURAS FILM FESTIVAL LISBOA 2015

A diversidade da produção cinematográfica francesa é apresentada na 16ª Festa do Cinema Francês. A programação inclui 41 antestreias e muitos convidados. O padrinho da Festa é, este ano, o realizador Jean-Jacques Annaud a quem é dedicado um ciclo de seis filmes e que marca presença em Lisboa para apresentar o seu mais recente trabalho, A Hora do Lobo. Jacques Doillon, cineasta cuja carreira se confunde com a história recente do cinema francês e da nouvelle vague, está também em destaque no festival com uma retrospetiva de oito filmes. O programa inclui ainda várias fitas de animação e um ciclo de cinema, na Universidade de Lisboa, que tem como tema as fronteiras. AF

Carlos Saboga, mais conhecido pelo seu trabalho como argumentista, nomeadamente nos filmes Linhas de Wellington e Mistérios de Lisboa, realiza A Uma Hora Incerta, com estreia marcada para outubro. A história desenrola-se em Portugal, em 1942, durante a ditadura. Dois refugiados franceses, Boris e Laura, são ajudados por um inspetor que os esconde em sua casa, onde vive com a filha, Ilda, e a mulher doente. O inspetor desenvolve um fascínio crescente por Laura. Ilda descobre a presença dos refugiados e consumida pelo ciúme tenta fazê-los desaparecer. Do elenco fazem parte Joana Ribeiro, Paulo Pires, Judith Davis e Pedro Lima. A curta-metragem Coro dos Amantes, de Tiago Guedes, estreia juntamente com o filme. AF

A mostra internacional de filmes documentais, experimentais e de ficção sobre arquitetura, Arquiteturas Film Festival Lisboa, regressa para a 3ª edição. Diferentes visões do futuro são reveladas através da programação, que tem como figura central o realizador português Edgar Pêra. O cineasta tem uma sessão dedicada exclusivamente aos seus filmes e apresenta também uma masterclass. A programação inclui muitas estreias e integra obras de 39 países na secção competitiva. O Cinema City Alvalade, a Cinemateca Portuguesa e o Fórum Lisboa são os vários espaços que acolhem o evento. Paralelamente realizam-se exposições, visitas guiadas, oficinas e workshops. AF

PERDIDO EM MARTE

a de ter cometido. Um psicólogo de renome é destacado para lhe reavivar a memória.

SICARIO - INFILTRADO

SLEEPING WITH OTHER PEOPLE

Kate, uma agente do FBI é destacada para localizar um barão da droga na fronteira entre os EUA e o México. Um homem com um passado duvidoso irá ajudá-la durante a missão. Todo o processo fará Kate questionar tudo em acredita.

Um homem e uma mulher que não conseguem manter uma relação sem enganar o parceiro encontram-se num grupo de apoio. Ambos procuram ser apenas amigos, mas a atração entre os dois é crescente…

De Ridley Scott, com Matt Damon, Jessica Chastain, Kate Mara Durante uma missão a Marte um astronauta é dado como morto. Vivo e sozinho num planeta a milhões de quilómetros da Terra terá de enviar um sinal para que o tentem resgatar. Em terra uma equipa de cientistas tudo fará para o trazer de volta.

AS RECORDAÇÕES

Romain, um jovem que tem com a avó Madeleine uma relação extraordinária, onde a diferença de idades não parece existir, passa um dia perfeito no local onde Madeleine viveu a sua juventude.

REGRESSÃO

De Alejandro Amenábar, com  Emma Watson, Ethan Hawke, David Thewlis

71

De Yann Demange, com Jack O’Connell, Sam Reid, Sean Harris

Um jovem soldado britânico é acidentalmente deixado para trás, pelo seu pelotão, durante um tumulto nas ruas de Belfast em 1971. Sozinho terá de lutar para se manter vivo.

Um pai é acusado pela filha de um crime que não se lembr

De Denis Villeneuve, com Emily Blunt, Benicio Del Toro,  Josh Brolin

De Leslye Headland, com Jason Sudeikis, Alison Brie,  Jordan Carlos

TIME OUT OF MIND

De Oren Moverman, com Richard Gere, Ben Vereen, Jena Malone Um sem-abrigo resolve ir viver para um refúgio em Manhattan numa tentativa de corrigir erros do passado e remediar a relação complicada que tem com a filha.

3 IRMÃS De Wang Bing

Documentário sobre três crianças chinesas que vivem numa pequena aldeia, numa região montanhosa da China.

Vieira Rodrigues

De Jean-Paul Rouve, com Michel

Blanc, Annie Cordy,  Mathieu Spinosi

pintura | fotografia | instalação | arquitectura | desenho escultura | artes aplicadas | museologia

Cordoaria Nacional . Lisboa QUATRO DIAS E MEIO – INCREÍBLE

www.verafestival.com

Exposição fotográfica de Luísa Ferreira

7 de outubro a 18 de dezembro 2015

OUTUBRO 08 8 5 7 - 17|2015

CASA DA AMÉRICA LATINA Av. 24 de julho, 118-B

Patrocinadores

facebook.com/verafineartsfestival.com Organizadores

Apoios

GlavUpDK

AGENDA_MIOLO_Outubro12.indd 33

29/09/15 12:00


34

C I N E M A E S T R E I AS / C I C L O S/ F E S T I VA I S / C O N C U R S O S / C U R S O S

OS ÚLTIMOS DIAS NA TERRA

De Craig Zobel, com Margot Robbie, Chris Pine, Chiwetel Ejiofor

Quando o mundo acaba há um vale que permanece intacto. Uma mulher e dois homens que sobreviveram encontram apoio uns nos outros, envolvendo-se num triângulo amoroso.

A WALK IN THE WOODS

De Ken Kwapis, com Robert Redford, Nick Nolte, Emma Thompson

Bill Bryson chegou à terceira idade e está cansado de funerais e doenças. Resolve por isso abraçar o desafio de percorrer o Trilho dos Apalaches, um percurso ambicioso, difícil até para os mais jovens. Com ele vai um amigo dos tempos da juventude, com quem não se relaciona há décadas.

THE WALK – O DESAFIO

De Robert Zemeckis, com Joseph Gordon-Levitt, Ben Kingsley, Charlotte Le Bon 

A história verídica do francês Philippe Petit que, em 1974, tentou colocar um fio ilegal para atravessar, sem rede, as torres gémeas do World Trade Center. C I C L O S/ F E S T I VA I S

ARQUITETURAS FILM FESTIVAL LISBOA 2015 VÁRIOS LOCAIS 1 A 4 OUT

arquiteturasfilmfestival.com

CINEFIESTA 2015 CINEMA CITY DO CAMPO PEQUENO 1 A 7 OUT

www.cine-fiesta.pt

CONTEMPORÁNEOS. CINE ESPAÑOL ACTUAL

INSTITUTO CERVANTES DE LISBOA

De Susan Sollins

Visionamento e análise de filmes em cartaz conduzido por um crítico de cinema.

De Eva Vilamala

CINEMA CITY CLASSIC ALVALADE

3º SÁB DO MÊS: 10H

INSCRIÇÕES ATÉ À VÉSPERA DA SESSÃO

ESCOLA, PARA QUE TE QUERO? CASA DA ACHADA

Uma Criança à Espera De John Cassavetes 5 OUT: 21H30

Carrie

De Brian de Palma

DOCLISBOA’15

CINEMA S. JORGE 22 OUT A 1 NOV

www.dolisboa.org/2015

De Ilda Teresa Castro

The Island That Was De Alberto Gambato

Maddalena

De Ila Bêka, Louise Lemoine

Marcel Storr, Clandestin Painter De Joëlle van Effenterre

Delirium of Paradise

De Daniil Bondar, Igor Morozov

Kiki of Montparnasse

19 OUT: 21H30

De Viktar Korzoun

De Amelie Harrault

De Vittorio de Sica

Amerykanka. All Included.

Manhã Submersa

Satiesfictions – Promenades With Eric Satie

De Lauro António 26 OUT: 21H30

16 ª FESTA DO CINEMA FRANCÊS VÁRIOS LOCAIS 8 A 18 OUT

www.festadocinemafrances.com

FESTIVAL DE FILMES SOBRE ARTE

GALERIA ZÉ DOS BOIS

Tapes From de Revolutionary De Scott Willis

Andrea Zittel: Wagon Station Encampment De Ian Forster

Master and Tatyana

De Anne-Kathrin Peitz, Youlian Tabakov 4 OUT: 19H30

Entrega de prémios + festa 4 OUT: 22H30

NOS CAMINHOS DA INFÂNCIA

FUNDAÇÃO CALOUSTE GULBENKIAN

Trabalhos de Casa

De Abbas Kiarostami

Zero de Conduite De Jean Vigo

30 OUT: 21H

Mesa-redonda

Extremeños

11 OUT: 14H-23H

Info: Arquivo Municipal de Lisboa - Videoteca CONCURSOS ARQUIVO MUNICIPAL DE LISBOA - VIDEOTECA

PROCURAM-SE FILMES Recolha de filmes caseiros feitos em Lisboa ou por lisboetas

INDIE LISBOA 2016 Inscrições de filmes ATÉ 31 DEZ

indielisboa.com

MONSTRA – FESTIVAL DE ANIMAÇÃO DE LISBOA Inscrições de filmes ATÉ 31 OUT

www.monstrafestival.pt CURSOS AR.CO – CENTRO DE ARTE E COMUNICAÇÃO VISUAL

Laboratório de Vídeo 1 e 2 7 OUT A JUN

Curso Teórico – O Cinematógrafo 9 OUT A 18 DEZ

Workshop Iluminação do Plano e Continuidades Cinematográficas 13 OUT A 15 DEZ

31 OUT: 11H-13H

IA

My Childhood

1 OUT: 18H

De Bill Douglas

CINECLUBE CINE-REACTOR 24I

Rhythm of Time

De Bill Douglas

7 OUT A 27 JUN

De Gierè Žickyté

De Elias Djemil

Rough Peter Brötzmann – a Jazz-Odyssey from Wuppertal to China De Peter Sempel 1 OUT: 20H45

Graciela Iturbide De Susan Sollins

(Entre)Cenas

De Rui Simões 2 OUT: 18H

Jamian Juliano-Villani’s Painting Compulsion De Nick Ravich

Reza Abdoh, Theatre Visionary De Adam Soch

De Ana Maria Vîjdea

27 OUT: 19H

B Bird B Boy

Maddalena… Zero in Condotta

6 OUT: 19H

De Fernando Franco

3 OUT: 20H45

4 OUT: 17H

Diamantes Negros La Herida

The Truth Beneath the Ground. Guatemala, the silent genocide

12 OUT: 21H30

2 OUT: 20H45

De Miguel Alcantud

AGENDA_MIOLO_Outubro12.indd 34

ENQUADRAMENTOS

Rehearsals

Spring & Arnaud

De Marcia Conolly, Katherine Knight 3 OUT: 18H

Sombras

De Luís Alves de Matos

Trevor Paglen

My Ain Folk

11º Curso Geral de Cinema

31 OUT: 15H

www.cursogeraldecinema. com

My Way Home? De Bill Douglas

Tarrafal

De Pedro Costa

31 OUT: 18H30

TRAÇA – MOSTRA DE FILMES DE ARQUIVOS FAMILIARES

RUA DO RECOLHIMENTO, BAIRRO DO CASTELO

A família não se escolhe

Instalação e performance de Tânia Dinis. Apresentação de álbuns e filmes de família depositados no Arquivo Municipal de Lisboa 10 OUT: 14H-23H

Programa de filmes Family Fiction Film Project

Projeção de filmes da família José Diogo Gonçalves

Projeto La Mirada de Los

IA

DARC/DESTERRO

Curso de Documentário KINO-DOC OUT A JUN

Info: 919 300 853 GRUPO DRAMÁTICO RAMIRO JOSÉ

Oficina - História do Cinema de Animação 7, 14, 21, 28 OUT: 19H-22H30

Info: 210 027 148 (Fundação Inatel) NB ACADEMIA

Curso de Representação para Cinema e Televisão IA

RESTART

Realização I

SEG, QUA, SEX: 9H-12H, 20H-23H EG ENTRADA GRATUITA IA INSCRIÇÕES ABERTAS MP MARCAÇÃO PRÉVIA

> Contactos pág 62

29/09/15 12:00


35

DANÇA

E S P E TÁC U L O S CENTRO CULTURAL DE BELÉM

TENIR LE TEMPS

Rachid Ouramdane, coreografia; Fernando Carrion, Jacquelyn Elder, Annie Hanauer, Alexis Jestin, Lora Juodkaite, Arina Lannoo, Sébastien Ledig, Lucille Mansas, Yu Otagaki, Mayalen Otondo, Saïef Remmide, Alexandra Rogovska, Ruben Sanchez, Sandra Savin, Leandro Villavicencio e Aure Wachter, interpretação.

SÃO LUIZ TEATRO MUNICIPAL 16, 17 DE OUTUBRO ÀS 21H R. ANTÓNIO MARIA CARDOSO, 38 / 213 257 650 / WWW.TEATROSAOLUIZ.PT

SEM UM TU NÃO PODE HAVER UM EU

17 OUT: 21H, 18 OUT: 18H

PAULO RIBEIRO, COREOGRAFIA E INTERPRETAÇÃO

MUSEU DO ORIENTE

MEMORY BLUEPRINT II

Soda-City Experimental Workshop Association. Candy kuok, coreografia; Teresa Cheong, Katrina Lai, Candy Kuok, Oscar Cheong, interpretação.

A autobiografia do cineasta Ingmar Bergman Lanterna Mágica serve de ponto de partida para Paulo Ribeiro coreografar este espetáculo e regressar uma vez mais à sua condição de bailarino. Um solo onde há mais entrega que posse e onde o coreógrafo desenha um verdadeiro mapa afetivo: amor, ódio, solidão, angústia, dilemas conjugais, luta interior e desmoronamento. Os figurinos são da responsabilidade de José António Tenente e do reportório musical destaca-se o tema Insensatez de Robert Wyatt. Cristina Engrácia

1 OUT: 21H30

SÃO LUIZ TEATRO MUNICIPAL

FICA NO SINGELO

Clara Andermatt, direção e coreografia; André Cabral, Bruno Alves, Francisca Pinto, Joana Lopes, Linora Dinga, Sergio Cobos, Catarina Moura, Luís Peixoto e Quiné, interpretação. 2, 3 OUT: 21H, 4 OUT: 17H30

SEM UM TU NÃO PODE HAVER UM EU Paulo Ribeiro, coreografia e interpretação.

QUI: 19H30-21H30

TER: 22H30

Mastro Chinês Por Jun Han.

Aulas de Forró

SEG A QUI: 20H30

QUI: 19H30-21H30

QUI: 20H, 21H, 22H

Info: 938 226 403

ACADEMIA DE DANÇA DANÇARTE

Ballet, Barra de Chão, Danças de Salão, Sapateado, Sevilhanas, Flamenco, Danças Orientais, Jazz Cursos

ALUNOS DE APOLO ESCOLA DE DANÇA

Aulas de Tango

SEX: 19H, 20H

Info: 917 736 549

Danças de Salão

SEG A SEX: 19H-23H, SÁB: 15H-19H ARMAZÉM 13

Acrobacia Aérea

SEG: 11H, 19H30, QUA: 19H30, QUI: 11H

Workshop por Loiuse Chardon 5 A 8 OUT: 15H-17H

Above the Sky - Dreaming Away Por Peter Michael Dietz.

ARTE GRAÇA

Aulas de Dança Terapia SEX: 19H

10, 17, 24, 31 OUT: 10H30

Flymoon

Por Clara Trigo.

geral@anapar.pt ART!ST - ACADEMIA DE DANÇA, TEATRO E PERFORMANCE

Cursos Sevilhanas, Flamenco, Ballet, Contemporâneo, Hip-Hop, Kizomba, Bachata, Salsa, Afromoves ASSOCIAÇÃO CRISTÃ DA MOCIDADE DE LISBOA

Zumba

TER, QUI: 20H15

23 OUT: 16H30-18H, 24 OUT: 15H-18H

História da Dança/ Improvisação

Por Patrícia Milheiro. 31 OUT: 15H-19H, 1 NOV: 10H-14H

LABORATÓRIOS DE INVESTIGAÇÃO ARTÍSTICA A Sopa

Por Sofia Neuparth e Margarida Agostinho.

Kizomba

19 A 22, 26 A 29 OUT: 11H-16H

Info: 916 540 235

AULAS REGULARES

ASSOCIAÇÃO SUBUD

Por Sofia Neuparth.

SEX: 20H-22H

Biodanza

Práticas de Criar Corpo SEG: 8H30-10H

QUA: 19H30-21H30, SEX: 19H-21H

Em Dança

Info: 965 350 034

Por Valentina Parravicini.

ATENEU COMERCIAL DE LISBOA

Aulas de Kizomba

Above the Sky - Dreaming Away

QUI: 11H-12H

SEG A QUI: 19H30-21H30

SEG: QUA

Por Alexandre Figueiredo.

Por Peter Michael Dietz.

Info: 926 589 675

Corpo, Dança, Movimento

DOM: 18H

AU L AS/C U R S O S / WO R KS H O P S

Motional Body

Aulas de Tango Argentino Por Miriam Nieli.

TEATRO CAMÕES

8 A 10, 15 A 17, 22 A 24 OUT: 21H, 11, 18 OUT: 16H

Roda de Choro

C.E.M - CENTRO EM MOVIMENTO

ARTA - TABERNA DAS ALMAS

B.LEZA

Companhia Nacional de Bailado. Olga Roriz, coreografia, dramaturgia e seleção musical.

© José Alfredo

CASA DE LAFÕES

16, 17 OUT: 21H

PEDRO E INÊS

AGENDA_MIOLO_Outubro12.indd 35

Equilíbrios e Flexibilidade Por João Gouveia.

IA

Por Mariana Lemos.

TER, QUI: 18H-19H30

Aulas de Dança

CENTRO CULTURAL ARTE PURA

Info: 963 612 816

Capoeira, Forró, Samba no Pé, Maracatu e Kizomba

CASA DO ARTISTA

Curso de Ballet RAD

Info: 917 495 610

SEG A SEX: 17H30, SÁB: 10H30

Dança de gafieira

Curso de Sapateado

SEX: 19H30-20H30

SÁB: 11H30-12H50

CENTRO CULTURAL PADRE CARLOS ALBERTO GUIMARÃES

Info: 919 122 371

Por Marinela.

Info: 963 773 636 (Centro de Formação) CASA DA COMARCA DE ARGANIL

Curso Intensivo de Tango Argentino com Milongas 15 OUT A 17 DEZ QUI: 19H15-20H15

MP

Aulas de Movimento Sensível Por Dora Vicente.

TER: 10H-11H30

Aulas de Movimento Orgânico

Aulas Regulares de Tango Argentino

Por Dora Vicente.

Info: 964 859 049

Aulas Ballet, Barra de Chão, Dança Criativa, Sevilhanas e Tango Argentino

QUI: 20H30-21H30 CASA DA COMARCA DA SERTÃ

Aulas Movimento Orgânico Por Dora Vicente. QUA: 20H-21H30

Info: 968 884 787

Aulas de Tango Por Sérgio do Carmo.

QUI: 10H-11H30

Info: 968 884 787

pontifice73@gmail.com CENTRO NOESIS

Biodanza

QUA: 19H45-21H30

Info: 964 522 219

QUI: 20H30, 21H30

29/09/15 12:00


DA N ÇA AU L AS / C U R S O S / WO R KS H O P S

© Inês D’Orey

36

CENTRO CULTURAL DE BELÉM 17 DE OUTUBRO ÀS 21H E 18 DE OUTUBRO ÀS 18H PRAÇA DO IMPÉRIO / 213 612 400 / WWW.CCB.PT

CENTRO CULTURAL DE BELÉM 30 DE OUTUBRO, ÀS 21H PRAÇA DO IMPÉRIO / 213 612 400 / WWW.CCB.PT

SÃO LUIZ TEATRO MUNICIPAL 2 E 3 DE OUTUBRO ÀS 21H, 4 DE OUTUBRO ÀS 17H30 RUA ANTÓNIO MARIA CARDOSO, 38 / 213 257 650 / WWW.TEATROSAOLUIZ.PT

TENIR LE TEMPS

PEDRO E INÊS

FICA NO SINGELO

Rachid Ouramdane, coreografia; Fernando Carrion, Jacquelyn Elder, Annie Hanauer, Alexis Jestin, Lora Juodkaite, Arina Lannoo, Sébastien Ledig, Lucille Mansas, Yu Otagaki, Mayalen Otondo, Saïef Remmide, Alexandra Rogovska, Ruben Sanchez, Sandra Savin, Leandro Villavicencio e Aure Wachter, interpretação.

Companhia Nacional de Bailado. Olga Roriz, coreografia, dramaturgia e seleção musical.

Clara Andermatt, direção e coreografia; André Cabral, Bruno Alves, Francisca Pinto, Joana Lopes, Linora Dinga, Sergio Cobos, Catarina Moura, Luís Peixoto e Quiné, interpretação.

O espetáculo estreado em julho passado no Festival Montpellier Danse chega agora ao Centro Cultural de Belém. Uma peça para 16 bailarinos coreografada por Rachid Ouramdane que após uma formação no Centro Nacional de Dança Contemporânea de Angers trabalhou com artistas como Meg Stuart, Emmanuelle Huynh, Odile Duboc, Alain Buffard, entre outros. Neste espetáculo, Rachid Ouramdane deixa no ar a seguinte reflexão: “quem tem o controlo sobre o quê nas sociedades velozes de hoje em dia?” CE

CFA - CENTRO DE FORMAÇÃO ARTÍSTICA / TEATRO DA VOZ

Dança Contemporânea para Seniores Por Rafael Alvarez.

SEG: 18H30-19H30

Dança para Todos

A Companhia Nacional de Bailado abre a temporada com uma peça de Olga Roriz que estreou no Teatro Camões há precisamente 12 anos. Depois de várias tentativas coreográficas protagonizadas por Almada Negreiros, António Ferro/Francis Graça e Os Bailados Verde Gaio, foi Olga Roriz que conseguiu dar a Pedro e Inês a dimensão universal de um clássico. Um bailado intemporal baseado na eterna paixão entre o príncipe D. Pedro e a bela dama da corte, Inês de Castro. A história do amor de Pedro e Inês, uma das mais cantadas e encenadas em Portugal, faz parte do imaginário coletivo dos portugueses. CE

DANÇATTITUDE

Dança Oriental

ESCOLA DE MEDICINA TRADICIONAL CHINESA

DANÇA DO SABER

Por Dora Vicente.

Aulas de Dança Salsa, Ritmos Africanos, Kizomba TER, SEX: 19H30, 20H30

Por Bruno Cochat.

QUA: 20H30-22H

Aulas de Fasciaterapia e Movimento

Info: 924 368 752

IA

DANCE FACTORY STUDIOS

Por Ana Ribeiro e Sâmara Botelho.

Aulas Regulares, Cursos e Workshops Kizomba Zero, Tango Argentino, Danças de Salão, Salsa, Tarrachinha, Semba

Técnicas de Manipulação

DANCE SPOT - ESCOLA DE DANÇA

TER: 19H-21H

Info: 915 773 155

CHAPITÔ

Técnicas Circenses SEG, QUA: 19H30-21H

Por Tommaso Mortari.

Capoeira

Por Miguel Castel-Branco e Mário Correia. TER, QUI: 19H30-21H

COMUNIDADE HINDU DE PORTUGAL

Dança Clássica Kathak VÁRIOS HORÁRIOS

CONVENTO DE SÃO PEDRO DE ALCÂNTARA

Dançar com Pk

Aulas para doentes de Parkinson e cuidadores por Rafael Alvarez e Leonor Tavares. SÁB: 10H30-12H

Info: 939 672 545

EG / MP

DANÇA LIVRE

Cursos e Workshops Ballet Clássico, Contemporâneo, Barra de Chão, Hip-Hop SEG A SEX: 16H-22H30

Info: 916 472 612

AGENDA_MIOLO_Outubro12.indd 36

Street Dance e Danças Sociais DE PURA CEPA - ESCUELA DE TANGO

Tango Argentino (Iniciação) TER: 18H15

Info: 967 481 049 EDAK - ESCOLA DE DANÇA ANA KÖHLER

Cursos Ballet, Dança Contemporânea, Jazz, Dança Tradicional Irlandesa, Hip-Hop

TER: 20H30-22H30

Info: 968 884 787

ESPAÇO DANÇA DE PALMIRA CAMARGO

Aulas e Workshops Ballet, Repertório Clássico, Dança Contemporânea, Barra de Chão e Hip-Hop

escoladedanca@raquel-oliveira.pt

Info: 924 368 752

Dança Contemporânea (Nível Avançado) Por Jácome Filipe TER, QUI: 10H30-12H

Dança Contemporânea (Nível Iniciado e Intermédio) Por Maria Ramos

TAP DANCE CENTER LISBON

Aulas de Sapateado

SEG, QUA: 17H30, 18H30, 19H30, SEX: 17H

Por Michel. Info: 932 940 988

GINÁSIO BEIJA-FLOR

DOM: 20H-21H30

TER: 20H-22H

SEG, QUA, SEX: 20H30

TEATRO DOM LUIZ FILIPE

Dança Escocesa

Capoeira

Info: 925 221 843 ESTÚDIO 1 - ACADEMIA LIFECLUB

Aulas de Dança Contemporânea para Maiores 55 anos Por Rafael Alvarez TER: 17H30-19H30

Info: 968 037 924

IA

ESTÚDIO ACCCA

Aulas de Dança Contemporânea Por Sofia Silva

TER: 19H, 20H30, SÁB: 10H, 11H30

Programa de Dança e Movimento: Linhas de Improvisação Por Marina Nabais

Danças para Todos e Danças Espanholas

FORUM DANÇA

Aulas Dança Oriental, Dança da Terra, Burlesca

ESPASSUS 3G

ESCOLA DE DANÇA PROJETO LATINO

ESCOLA DE DANÇA RAQUEL OLIVEIRA

S ESPAÇO

QUI: 18H30-20H30

TEATRO CINEARTE

Info: 919 657 249

VÁRIOS HORÁRIOS

Por Ana Mira.

TER, QUI: 19H30-21H

Info: 961 268 279

Cursos e Workshops Roda de Casino, Ritmos Latino-Americanos, Africanas, Sevilhanas,, Tango

A partir do universo da dança e da música tradicionais portuguesas exploram-se as suas mais variadas manifestações numa abordagem contemporânea. Com esta criação, Clara Andermatt reflete sobre uma área muito pouco aprofundada como é a do folclore português. No final, o público pode integrar o espetáculo e participar num baile onde tem a oportunidade de experimentar algumas das danças que serviram de inspiração a esta peça tão singular. CE

7, 14, 19, 21 OUT,9, 11, 18, 25 NOV, 2, 9, 14, 16 DEZ: 19H30-21H

marinanabais@gmail.com EVOÉ - ESCOLA DE ACTORES

Soma: Práticas do Corpo, Movimento e Dança Contemporânea

I-ART

Pole Heart Aulas de pole dance por Carolina Ramos SEG, QUA, QUI: 19H-23H

Info: 969 090 881

INSTITUTO PORTUGUÊS DO DESPORTO E JUVENTUDE

Aulas de Kizomba, Salsa, Hip-Hop e Dança do Ventre Por Tiago Alexandre SEG: 19H-22H

Info: 913 474 666 LUSITANO CLUBE

Samba de Gafieira

QUI: 20H-22H30 LX DANCE

Cursos Ballet, Jazz, Musical, Barra no Chão, Contemporâneo, Flamenco e Sevilhanas PRO.DANÇA

Aulas Ballet Clássico, Dança Contemporânea, Sevilhanas e Flamenco

Aulas de Tango Milonguero Aulas de Novo Circo - Acrobacias Aéreas: Tecido, Trapézio, Lira e Corda SEG A QUI: 19H30-21H

Info: 932 904 467

Danças Tradicionais Europeias VÁRIOS HORÁRIOS

balldados@tradballs.pt WORK IN STUDIO

Dança Criativa Contemporânea Maiores de 55 Por Marina Nabais QUA: 11H-12H15

Barra no Chão Por Liliane Viegas

QUI: 17H30-18H30

Dança Jazz Por Liliane Viegas

QUI: 18H40-19H40

Info: 932 940 988

EG ENTRADA GRATUITA IA INSCRIÇÕES ABERTAS MP MARCAÇÃO PRÉVIA

> Contactos pág 62

29/09/15 12:00


LITERATURA

37

da obra de Hélia Correia, com a participação de Mariana Abrunheiro, Sílvia Laureano Costa e Suzana Branco 10 OUT: 18H30

Ángel Crespo POETA PLURAL, ESPÍRITO IBÉRICO Colóquio

22, 23 OUT: 10H-17H

Exposição

22 OUT A 10 NOV

Orpheu Acabou

Mesa redonda com Arnaldo Saraiva e convidados 24 OUT: 17H

Nós, Os de Orpheu Exposição

24 OUT: 18H CENTRAL DA BAIXA

Convívios Poéticos do Círculo Nacional d’Arte e Poesia Tertúlia

QUI: 16H-18H

Info: 21 3 973 717 CENTRO CIENTÍFICO E CULTURAL DE MACAU

Curso de Língua e Cultura Chinesas

SÁB: 9H-11H/11H-13H IA

CENTRO CULTURAL DE BELÉM

Ciclo Modernidade na Ficcao Portuguesa Por Maria Alzira Seixo

1, 8, 15 OUT: 18H-19H30

Ciclo Obra de Luís de Camões por Isabel Almeida

29 OUT, 5, 12, 19 NOV, 3 DEZ: 18H-19H IA

GOEHTE -INSTITUT DE LISBOA 20 OUTUBRO, ÀS 18H CAMPO DOS MÁRTIRES DA PÁTRIA, 37 / 218 824 510 / WWW.GOETHE.DE LISBOA.COM

QUEM TEM MEDO DE ELFRIEDE JELINEK?

COMUNIDADE HINDU DE PORTUGAL

Aulas de Língua Hindi QUI: 19H15–20H30

COLÓQUIO NO GOEHTE-INSTITUT

CULTURGEST

Comunidade de Leitores nomeação categorizadas como pornográficas”. No presente colóquio, com Vera San Payo de Lemos, Anabela Mendes e Bruno Monteiro,procurase entender por que é que a internacionalmente aclamada Elfriede Jelinek é persona non grata na sua Áustria natal e persiste praticamente invisível nos palcos portugueses. Este colóquio inscreve-se no projeto de criação teatral A morte e a donzela tendo como pontos de partida certas peças da escritora e materiais documentais do percurso artístico do encenador Rogério de Carvalho, com estreia no próximo dia 18 dezembro (Alkantara/ Temps d’Images). A entrada é livre. Luís Almeida d’Eça

Em 2004 a Academia Sueca surpreendeu o mundo ao atribuir o Nobel de Literatura a Elfriede Jelinek. Inscrevendo-se na tradição literária austríaca de grandes polemistas como Karl Kraus e Thomas Bernhard, é uma das vozes mais relevantes no atual espaço cultural de língua alemã. Figura polémica, ostracizada no seu país, é autora de uma obra de contundente crítica social. Explora os temas da violência e do poder na sociedade de consumo, da opressão feminina e da sexualidade, recorrendo a um estilo original e a uma linguagem crua para criar “uma escrita do desejo sexual em que apropria, e reelabora, uma enunciação e uma ACADEMIA ATELIER LÁZARO LOZANO

Rapsódia Lacunar

L. Miranda, acompanhado por Regina Brasil, lê algumas das Figuras do seu livro inédito Da Incrível Máquina Cerebral do Senhor de São Marçal. Música improvisada por Vicente Rodrigues, à viola. 12 OUT: 19H

APCC - ASSOCIAÇÃO PARA A PROMOÇÃO CULTURAL DA CRIANÇA

Ateliê de Marionetas de Dedo e Animação do Livro e da Leitura IA

AGENDA_MIOLO_Outubro12.indd 37

ARQUIVO NACIONAL DA TORRE DO TOMBO

BIBLIOTECA DA PENHA DE FRANÇA

Mostra documental

Diário de um Killer Sentimental, Luis Sepulveda

Eis Bocage, em quem luz algum talento…

ATÉ 12 DEZ SEG A SEX: 9H30-19H30, SÁB: 9H30-12H30 EG ASSOCIAÇÃO RENOVAR A MOURARIA

Vem falar das coisas sem partir a loiça Tertúlias sobre temas polémicos da atualidade 1ª, 3ª QUA: 19H30

IA

Comunidade de Leitores 28 OUT: 17H30 EG / MP

BIBLIOTECA NACIONAL DE PORTUGAL

Onde os nossos livros se acabam, ali começam os seus... O Japão em fontes documentais dos séculos XVI e XVII Exposição

ATÉ 15 OUT

EG

CASA DA ACHADA - CENTRO MÁRIO DIONÍSIO

CASA DE MACAU EM LISBOA

Leitura de A Paleta e o Mundo de Mário Dionísio com projeção de imagens.

QUA: 18H30-20H IA

Ciclo a Paleta e o Mundo

SEG: 18H30

Mário Dionísio pelos seus alunos e colegas 24 OUT: 16H

Livros Livres – Biblioteca de ofertas e trocas

SEG, QUI, SEX: 15H-20H, SÁB, DOM: 11H-18H EG

Curso de Língua e Cultura Chinesa CASA FERNANDO PESSOA

Seminário Aberto: Assuntos Ocultos Projecto Estranhar Pessoa

Seminário que foca a vertente ocultista da obra de Fernando Pessoa 1, 2 OUT: 10H-18H

A textualização da História ou o historicismo do texto Por Helena Vasconcelos

Bomarzo, de Manuel Mujica Lainez 15 OUT: 18H30

IA

EL CORTE INGLÉS

Viagem à Ficção Hispano-Americana Curso por António Mega Ferreira 

12, 14, 19, 21, 26, 28 OUT, 2, 4, 9, 11 NOV: 19H IA ATÉ 5 OUT

ESCREVER ESCREVER

Escrita criativa; Escrever ficção; Escrever telenovelas; Revisão de textos; Pontuação sem dúvidas; Desformatar através da escrita; Contadores de histórias Cursos

Exercício sobre Hélia Sem Casas não Haveria Ruas

Leituras e cantos de textos

29/09/15 12:00


L I T E R AT U R A

38

LIVRARIA BULHOSA 6, 13, 20, 27 DE OUTUBRO, ÀS 18H CAMPO GRANDE, 10 B / 217 994 190 / ENTRECAMPOS@BULHOSA.PT

O SUICÍDIO NA LITERATURA PORTUGUESA Miguel de Unamuno dedicou parte da sua vida a refletir sobre a “Alma portuguesa” e o pessimismo nacional. Portugal Povo de Suicidas é uma antologia de textos sobre a cultura portuguesa, organizada e traduzida por Rui Caeiro, na qual o ilustre pensador espanhol evoca os suicídios de Soares dos Reis, de Camilo, de Antero, de Manuel Laranjeira, concluindo: “Portugal é um povo triste, e é-o até quando sorri”. (…) “Portugal é um povo de suicidas, talvez um povo suicida”. Cerca de cem anos depois, e partindo de duas questões – será Portugal um país de poetas e um país de suicidas? -, o psicólogo clinico Carlos Céu e Silva analisa a obra e o perfil de vários autores portugueses unidos pelo “traço da tragédia e da fatal desilusão, onda a vida não basta e o apelo da morte é superior”. Em quatro sessões abordam-se os casos de Antero de Quental e Guerra Junqueiro, de Florbela Espanca e Camilo Castelo Branco e de Mário de SáCarneiro. Discutir-se-á ainda se houve suicídio na morte lenta e etilizada de Fernando Pessoa. O preço de cada sessão, com duração de 90 minutos, é de 5 euros. LAE

ESPAÇO EVOÉ

Curso de Escrita Criativa Com Isabel Costa.

TER: 18H30-20H IA

ESPAÇO MOURARIA – INATEL

Oficina de Escrita criativa Ler Mais & Escrever Melhor Com Filipa Melo

SEX: 18H30-20H30 IA

FACULDADE DE CIÊNCIAS SOCIAIS E HUMANAS

Instituto Oriental Curso livre de Língua e Cultura Turca Info: 931 625 424 IA

FUNDAÇÃO JOSÉ SARAMAGO

José Saramago – A Semente e os Frutos

GOETHE INSTITUT

Quem tem medo de Elfriede Jelinek?

Colóquio com Vera San Payo de Lemos, Anabela Mendes e Bruno Monteiro 20 OUT: 18H EG

GRÉMIO LITERÁRIO

Centenário da morte de Ramalho Ortigão

Ciclo de Conferências

Cebolas feias, lindas mãozinhas

Mostra Bibliográfica

ATÉ OUT : 10H-18H EG

Florbela Espanca e Camilo Castelo Branco. 20 OUT: 18H

Literatura: lugar de vida e de morte.

TER: 21H30

PORTUGUÊS ET CETERA

Cursos de português, língua estrangeira e língua materna

27 OUT: 18H

Cursos

Exposição

INSTITUTO CULTURAL ROMENO

Por Sandra Neves Marques e Carlos Fernando Marques

Prof.ª Rodica Adriana Covaci

10, 31 OUT: 15H

Cursos de Língua Romena SEG, QUA: 19H-20H30

Prof. Simion Doru Cristea TER, QUI: 19H-20H30

Oficinas Cinco às Seis SEG: 18H IA

​ IVRARIA BULHOSA L (ENTRECAMPOS)

O Suicídio na Literatura Portuguesa Ciclo de conferências por Carlos Céu e Silva

Depressão na criatividade. O lugar das palavras na poesia e na prosa. 6 OUT: 18H

Escrita criativa e literária Latim e cultura Clássica

Por Sandra Neves Marques 10, 31 OUT: 16H IA

Hero e Leandro de Ovídio (leituras de um mito)

Leitura encenada numa produção do teatromosca 24 OUT: 16H EG

MUSEU DO ORIENTE

Workshop de Mandarim Por Gao Hengyu

31 OUT, 7, 14, 21 NOV: 10H-13H IA

ORIENTA-TE, CENTRO ESTUDOS E WORKSHOPS

UNIVERSIDADE NOVA DE LISBOA

ILNOVA - Instituto de Línguas Cursos semestrais

Alemão, Árabe, Búlgaro, Coreano, Dinamarquês, Espanhol, Finlandês, Francês, Grego Moderno, Hebraico, Hindi, Húngaro, Inglês,

Italiano, Japonês, Mandarim, Neerlandês, Polaco, Romeno, Russo, Sérvio, Sueco, Turco.

EG ENTRADA GRATUITA IA INSCRIÇÕES ABERTAS MP MARCAÇÃO PRÉVIA

> Contactos pág 62

Info: 969 056 067

EG / IA

Escrita criativa por Filipa Melo

Ramalho e Lisboa

O amor mata o quê?

Cada sessão tem um poeta convidado e um poeta celebrado

14 OUT: 19H

Por Maria João Ortigão

GABINTE DE ESTUDOS OLISIPONENSES

8 OUT: 18H30

13 OUT: 18H

Tertúlia de Poesia

SOCIEDADE PORTUGUESA DE AUTORES

JUNTA DE FREGUESIA DE ARROIOS

Conferência por José Manuel Garcia

Antero de Quental e Guerra Junqueiro.

PHARMÁCIA DE CULTURA BUÉDALOUCO

Mário de Sá-Carneiro. Que livro é Portugal?

Exposição documental e bibliográfica

A edição da Peregrinação de Fernão Mendes Pinto em Lisboa em 1614 e a divulgação da vida do maior viajante de todos os tempos

Há suicídio na morte lenta e etilizada de Fernando Pessoa?

O Douro nos Caminhos da Literatura - Miguel Torga ATÉ DEZ

TEATRO CAMÕES

A Poesia De Cada Dia Nos Dai Hoje

Oito individualidades da sociedade portuguesa são desafiadas a selecionar poemas para serem lidos por eles próprios ou por convidados 10 OUT: 19H-20H EG

TEATRO NACIONAL D. MARIA II

Clube de Leitores do D. Maria II

Desenvolve a discussão em torno de textos teatrais, estimulando o gosto e o hábito de leitura de peças de teatro. SEX: 17H-19H

Iniciação à Língua Chinesa TER: 18H30-20H, QUA, QUI: 19H-20H30

orientate.ifp@gmail.com IA

AGENDA_MIOLO_Outubro12.indd 38

29/09/15 12:00


39

LIT E R ATU R A O S LIVRO S D E O UTU B RO

THOMAS HARDY

JOANA BÉRTHOLO

JOHN KENNEDY TOOLE

ANTÓNIO PINTO RIBEIRO

LONGE DA MULTIDÃO

INVENTÁRIO DO PÓ

UMA CONSPIRAÇÃO DE ESTÚPIDOS

MISCELÂNEA

PRESENÇA

CAMINHO

RELÓGIO D’ÁGUA

COTOVIA

Poucos escritores se distinguiram igualmente na poesia e na prosa; Thomas Hardy foi um deles. Os seus poemas, longe de preciosismos, escritos numa linguagem próxima do discurso falado, prepararam o caminho para a poesia inglesa moderna. Os seus romances realistas, profundamente pessimistas, recebidos com a maior severidade pela sociedade vitoriana, perspetivaram o Homem como refém das duas maiores influências da civilização ocidental: a tragédia grega clássica e a noção de destino, o cristianismo e o conceito de culpa. As suas magistrais descrições da natureza, mesmo sem humanidade à vista, surgem sempre impregnadas das negras desolações humanas. A história do amor do lavrador Oak pela bela e orgulhosa Bathsheba é um dos seus romances menos trágicos, levando um personagem a concluir com ironia: “[as coisas] ’inda podiam ter sido piores, e eu sinto-me grato como convém”.

Em 1958, o pintor René Bértholo (19352005) instala-se em Paris e começa a publicar, com Lourdes Castro, sua primeira mulher , a revista KWY, projeto coletivo a que irão juntarse Jan Voss, Christo, José Escada, Costa Pinheiro, João Vieira e Gonçalo Duarte. O artista equaciona de forma extremamente pessoal a relação entre figuração e abstração, articulandose entre o universo da arte pop e do Nouveau realisme francês. A partir de 1966 começa a experimentar com mecanismos e eletrónica, dando origem a uma singular makina de fazer mosika. Em 2002 é editada uma compilação do seu trabalho sonoro, sob o título Um Argentino no Deserto. Neste livro, escrito por Joana Bértholo, parente afastada que nunca chegou a conhecer o artista, cada conto corresponde a um dos 18 temas do álbum de música eletróncia, estabelecendo um diálogo contínuo entre a obra e a vida do pintor.

O autor e professor universitário Walter Percy lecionava em Loyola, Nova Orleães, quando uma persistente senhora lhe propôs ler um “manuscrito formidável” do filho, já falecido. Obrigado a lê-lo, reagiu com espanto e incredulidade. O protagonista do romance, Ignatius J. Reilly, é um dos personagens mais memoráveis da literatura norte-americana. É “um Oliver Hardy louco, um Dom Quixote gordo e um Tomás de Aquino perverso”. Intelectual, ideólogo, vadio, mandrião, glutão rabelaisiano, Ignatius move uma guerra solitária contra tudo e contra todos: Freud, homossexuais, heterossexuais, protestantes… Na companhia da mãe, dedica-se a escrever uma denúncia épica e furiosa dos excessos do século XX. O jovem autor suicidou-se aos 32 anos e foi-lhe atribuído o Prémio Pulitzer de Ficção em 1981 a título póstumo, na sequência da publicação desta obra de referência.

Miscelânea é um termo que, a partir do século XVI se dava às compilações de textos de natureza variada. Aqui se reúne uma seleção de artigos originariamente publicados no jornal Público, entre março de 2011 e dezembro de 2014, nos suplementos Ípsilon e caderno P2. Os artigos apareceram associados a duas rubricas essenciais, Cidades e Política Cultural, mas nunca tiveram o propósito de constituir um sistema abordando uma grande diversidade de temas: muitos descontentamentos, o poder e a morte, arbitrariedade dos governos, educação e democracia, o reverso do pós-colonialismo, rebelião e outros assuntos que afetam a nossa vida e que precisamos procurar entender. Poucas coisas se mantêm inalteráveis neste mundo em permanente mutação. Só o Nilo, cujas águas [em plena “Primavera Árabe”] “são de uma calmaria tal que é, neste momento histórico, quase desesperante”.

CARMEN CHICA E MANUEL MARSOL

MARGARIDA MESTRE E ANTÓNIO-PEDRO

ANA CRISTINA PEREIRA

AFONSO CRUZ

O TEMPO DO GIGANTE

POEMAS PARA BOCAS PEQUENAS

À CONQUISTA DE LISBOA

CAPITAL

ORFEU NEGRO

BOCA

LIVROS HORIZONTE

PATO LÓGICO

Será que os gigantes vivem a azáfama do dia-a-dia dos humenos: horas, minutos e segundos num corrupio sem fim? Ou será que para eles o tempo é imenso, uma sensação de eternidade onde nunca acontece nada? Esta obra fala com grande sensibilidade poética da passagem do tempo, da memória e das pequenas coisas que sucedem à nossa volta sem que, tantas vezes, façamos caso delas. As maravilhosas ilustrações de Manuel Marsol, que contam um história quase sem recurso ao texto, receberam o 1º Prémio do V Catálogo Ibero Americano 2014.

O recital Poemas para Bocas Pequenas, de Margarida Mestre e António-Pedro, destinado a crianças dos três aos cinco anos, é agora publicado em disco e livro. Aqui se realça a musicalidade dos versos para que cheguem melodiosamente aos ouvidos das crianças e se faz notar a qualidade que a poesia tem para abrir mundos no pensamento. Para além dos autores, reúnem-se poemas de António Torrado, Fernando Miguel Bernardes, Luísa Ducla Soares, Teresa Martinho Marques, Sidónio Muralha, e do cancioneiro popular português. Ilustrações de Marta Madureira.

Feito a pensar nos pequenos aventureiros, este roteiro da cidade de Lisboa, destinado a crianças com mais de oito anos, é um guia prático e divertido que conta a história da cidade ao mesmo tempo que sugere os percursos mais estimulantes, os locais adequados para os jovens viajantes conhecerem, os melhores caminhos, as subidas menos cansativas… Junta os teus amigos e parte à descoberta da cidade de Ulisses! Irás tirar o maior partido da tua visita se seguires estes itinerários e te deixares surpreender com as curiosidades, pistas, jogos e desafios indicados.

Capital conta a história, sem recurso a palavras, de um menino que recebe um porquinho-mealheiro, de louça. Com o amor e ternura que lhe dedica, o porquinho depressa se torna um animal obeso, cheio de lucros fabulosos, com um apetite descomunal e uma voracidade incontrolável. Afonso Cruz cria uma brilhante narrativa visual metafórica, aberta a públicos de todas as idades, que ajuda a promover uma reflexão sobre temas como a amizade, a ambição, a cobiça ou a ascensão social. Esta obra venceu a 19ª edição do Prémio Nacional de Ilustração – 2015. LAE

AGENDA_MIOLO_Outubro12.indd 39

29/09/15 12:01


MÚSICA

40

CINE THEATRO GYMNÁSIO

FADO IN CHIADO SEG A SÁB: 19H

Info: 961 717 778

CINEMA SÃO JORGE

ORPHANED LAND WITH THE STIMMGEWALT CHOIR 1 OUT: 21H

COLISEU DOS RECREIOS

ANA MALHOA

30 Anos de Carreira 10 OUT: 22H

NÉMANUS Furacão

17 OUT: 22H

GNR

Caixa Negra

31 OUT: 22H CULTURGEST

NUNO COSTA DETOX 9 OUT: 21H30 CENTRO CULTURAL DE BELÉM 30 DE OUTUBRO, ÀS 21H PRAÇA DO IMPÉRIO / 213 612 400 / WWW.CCB.PT

16 OUT: 19H ESTAÇÃO FERROVIÁRIA DO CAIS DO SODRÉ

Bom Fim-de-Semana

REI PIANO – 10 E 20 DEDOS 2 A 4 OUT

ASSOCIAÇÃO CRISTÃ DA MOCIDADE DE LISBOA

FORRÓ PESADO APRESENTA KABAÇA ROOTS AO VIVO SÁB: 23H

BASÍLICA DOS MÁRTIRES

CONCERTO DE ÓRGÃO COM MARIA TERESA FONSECA

Obras do séc. XVII ao séc. XXI 18 OUT: 16H EG

CASA DO ALENTEJO

CASA INDEPENDENTE

THEY’RE HEADING WEST SMOOTH FM – 4º ANIVERSÁRIO Lançamento do álbum

ADRIANA QUEIROZ

6 A 8 OUT: 22H

Há Fado no Cais

de estreia

LA LUZ

11 OUT: 22H

FOGO-FOGO 17 OUT: 23H

Com Stacey Kent, Anthony Strong, Maria Ana Bobone, Cláudia Franco, Cherry e Orquestra Jorge Costa Pinto 13 OUT: 21H

RED TRIO

17 OUT: 21H

LEGENDARY TIGERMAN ORQUESTRA METRO+ CASA CLÁUDIA POLITANA DE LISBOA 31 OUT: 23H CENTRO CULTURAL DE BELÉM

JOHN PIZZARELLI

Concerto de Outono - Ravel, Sibelius 25 OUT: 17H

ORQUESTRA DE CÂMARA PORTUGUESA

GRUPO CORAL 4 OUT: 21H Integral Sinfonias I FORA D’HORAS DE Schumann e Brahms PAVEL GOMZIAKOV + MONTEMOR-O-NOVO + Carneiro, direção BERLINSKAIA Pedro GRUPO CORAL JUVENIL LUDMILLA musical 10 OUT: 21H 28 OUT: 21H DE MONTE DO TRIGO GRUPO DE METAIS E (PORTEL) STACEY KENT 29 OUT: 21H Poeta Silvais PERCUSSÃO DA OR3 OUT: 15H QUESTRA SINFÓNICA DAVID FONSECA PORTUGUESA Futuro Eu The Music of Sinatra Tour

11 OUT: 17H

AGENDA_MIOLO_Outubro12.indd 40

Tempo

30, 31 OUT

ALDINA DUARTE

ESPAÇO ARMAZÉM F

JACOB WHITESIDES 17 OUT: 20H

FUNDAÇÃO ARPAD SZENES-VIEIRA DA SILVA

3 OUT: 21H

ORQUESTRA METROPOLITANA DE LISBOA

MÁRIO PACHECO

Schubert

Apenas o Amor

Guitarra Portuguesa 4 OUT: 18H

LUÍSA ROCHA 16 OUT: 21H

Bom Dia Música

TRIO DO DESASSOSSEGO 4 OUT: 11H

Escolas de Música

ESCOLA SUPERIOR DE MÚSICA DE LISBOA 18 OUT: 17H

CCBeat

TAPE JUNK 28 OUT: 21H

TRIO DO DESASSOSSEGO 2 OUT: 18H

MÚSICOS DO TEJO

Vencedor da Categoria de Música Barroca 2 OUT: 19H

CONCERTO DO JOVEM MÚSICO DO ANO 2 OUT: 21H30 EG

ORQUESTRA GULBENKIAN

8 OUT: 21H, 9 OUT: 19H

Schubert Em 2015, David lança o seu sexto álbum de originais, Futuro Eu, que tem a particularidade de ser o primeiro totalmente cantado em português. É com base neste disco que o cantor se apresenta no dia 30 de outubro, no Centro Cultural de Belém. O concerto, tal como o álbum, explora um conceito inédito que assenta na imprevisibilidade . Filipa Santos

2 OUT: 17H

EL CORTE INGLÉS

Música Íntima

Artista multifacetado, David Fonseca escreve, toca, interpreta as suas canções, e é também o responsável pelo design gráfico dos seus álbuns, bem como pela conceção dos seus videoclips. Foi vocalista dos Silence Four, banda mítica do final dos anos 90, e desde 2003 tem construído uma sólida carreira a solo com o lançamento de cinco álbuns de originais.

APRESENTAÇÃO DO NOVO CD DOS MÚSICOS DO TEJO

Estágio Gulbenkian para Orquestra

ORQUESTRA METROPOLITANA DE LISBOA

FUTURO EU NO CCB

1 OUT: 21H30

OY DIVISION

15 OUT: 21H30

DAVID FONSECA

JOVEM ORQUESTRA PORTUGUESA + ORQUESTRA JUVENIL GERAÇÃO

Música Íntima 17 OUT: 16H

FUNDAÇÃO CALOUSTE GULBENKIAN

Joana Carneiro, maestrina Conrad Tao, piano

STRAVINSKY — A SAGRAÇÃO DA PRIMAVERA CONHECER UMA OBRA — GUIA DE AUDIÇÃO 9 OUT: 18H EG

ORQUESTRA GULBENKIAN

Paul McCreesh, maestro Saleem Abboud Ashkar, piano

15 OUT: 21H, 16 OUT: 19H

ORQUESTRA GULBENKIAN

David Zinman, maestro

22 OUT: 21H, 23 OUT: 19H

TRIO AETERNUS 23 OUT: 21H30 EG

CORO E ORQUESTRA GULBENKIAN

Joana Carneiro, maestrina Dora Rodrigues, soprano

Festival Jovens Músicos

29 OUT: 21H, 30 OUT: 19H

1 OUT: 17H

Obras de Gerardo Matos Rodríguez, Luis Gianneo, Angel Villoldo, Jacob Gade, Alberto Ginastera, Carlos Gardel, Astor Piazzolla

DEBATE: MÚSICA COMO FATOR DE INCLUSÃO ENSEMBLE JUVENIL DE SETÚBAL 1 OUT: 18H

VENCEDORES DA CATEGORIA DE MÚSICA DE CÂMARA 1 OUT: 19H

SOLISTAS DA ORQUESTRA GULBENKIAN

30 OUT: 21H30 EG

Met Opera Live in HD

IL TROVATORE, GIUSEPPE VERDI 3 OUT: 18H

30 OUT: 21H

29/09/15 12:01


M Ú S I CA E S P E TÁC U L O S

© Maria Rita

41

SÃO LUIZ TEATRO MUNICIPAL 21 DE OUTUBRO, ÀS 21H R. ANTÓNIO MARIA CARDOSO, 38 / 213 257 650 / WWWTEATROSAOLUIZ.PT

SÃO LUIZ TEATRO MUNICIPAL 9 DE OUTUBRO, ÀS 21H RUA ANTÓNIO MARIA CARDOSO, 38 213 257 650 / WWW.TEATROSAOLUIZ.PT

LUX FRÁGIL 15 DE OUTUBRO, ÀS 23H AV. INFANTE D. HENRIQUE, ARMAZÉM A, CAIS DA PEDRA A STA. APOLÓNIA / 21 882 08 90 / WWW.LUXFRAGIL.COM

BRIGADA VICTOR JARA

FILIPE RAPOSO

ISAURA/FRANCIS DALE

Corria o ano de 1975 quando vários jovens de Coimbra se juntaram para cantar músicas revolucionárias, portuguesas e estrangeiras. Ao grupo deram o nome do cantor chileno Victor Jara, morto pelos militares após o golpe de Pinochet. A Brigada Victor Jara comemora 40 anos de carreira, quatro décadas de canções e dez álbuns na bagagem. Para assinalar a data, o coletivo lançou recentemente uma edição especial, a caixa Ó Brigada!, que inclui os dez álbuns, alguns temas inéditos e um livro com testemunhos de individualidades convidadas pelo grupo, como Sebastião Antunes, Sérgio Godinho ou Vitorino. No dia 21 de outubro, a Brigada sobe ao palco da sala principal do São Luiz para celebrar as suas canções de cariz tradicional em conjunto com o público. FS

O músico e compositor Filipe Raposo teve uma formação clássica, mas depressa se interessou pelo jazz, pela música improvisada, pela música popular e pelo fado. First Falls, de 2012, foi o seu primeiro álbum enquanto líder, e evidencia as suas diversas influências. No ano seguinte, editou A Hundred Silent Ways, um disco que revela um músico e compositor mais maduro. O seu novo trabalho, Inquietude, é fruto dos dois anos que passou em Estocolomo, e reflete a sua aprendizagem enquanto músico e compositor, bem como as suas vivências enquanto ser humano. É este disco que o músico vem apresentar ao São Luiz, no dia 9 de outubro. Em palco, contará com a presença de Andy Yeo na guitarra elétrica, Samuel Löfdahl no baixo e Karl-Henrik Ousbäck na bateria. FS

Useless e Change it deram o mote para o arranque da carreira de Isaura. A cantora tem-se afirmado como uma das grandes vozes da pop eletrónica nacional, como provou a sua prestação na última edição do Super Bock Super Rock. O EP Serendipity foi lançado este ano com chancela da NOS Discos e tem produção de Ben Monteiro, dos D’Alva. Em outubro, Isaura inicia uma digressão conjunta com Francis Dale, outro novo valor da música nacional cujo som se pode definir como soul alternativo, a fazer lembrar Jeff Buckley. O seu EP de estreia, □ – square, conta com produção de Fred Ferreira (Banda do Mar). Em Lisboa, o público pode vê-los no Lux, dia 15 de outubro. Ao palco, sobem os dois artistas com respetivos produtores. Uma viagem feita a quatro, por dois mundos diferentes mas que se complementam. FS

OTELLO, GIUSEPPE VERDI 24 OUT: 18H

TANNHÄUSER, RICHARD WAGNER 31 OUT: 16H

Concerto de Domingo

JAZZ NO MUSEU - KATIA LEONARDO QUINTETO 4 OUT: 12H EG

Ciclo de Música Antiga

JORDI SAVALL, VIOLA DA GAMBA SOPRANO E DIREÇÃO 11 OUT: 19H

CRISTIANO HOLTZ, CRAVO

A Verdadeira Arte de tocar Cravo 20 OUT: 19H

Grandes Intérpretes

CHAMBER ORCHESTRA OF EUROPE

Leonidas Kavakos, violino e direção 25 OUT: 19H

Inquieta Luz

GIRL BAND, CAVE STORY 11 OUT: 18H

4 OUT: 19H

17 OUT: 19H

w w w. c a s a f e r n a n d o p e s s o a . p t

28 OUT: 22H

8 OUT: 22H

CIRCUIT DES YEUX

Dietrich Paredes, maestro

C a sa Fe r n a nd o Pes s oa

JESSICA PRATT HOT CLUBE DE PORTUGAL

HIRUNDO MARIS

Chants du Sud et du Nord

25 OUT: 18H

GALERIA ZÉ DOS BOIS

SINFÓNICA JUVENIL DE ISLAM CHIPSY 14 OUT: 22H CARACAS

Músicas do Mundo

BILL ORCUTT

JORGE MONIZ 1 A 3 OUT: 22H30, 00H

DESBUNDIXIE

8 OUT: 22H30, 00H

CLÁUDIA FRANCO

9, 10 OUT: 22H30, 00H

IGREJA DE SÃO ROQUE

Coro Gulbenkian

CAMINHOS DE SANTA CASA Michel Corboz, maestro 17 OUT: 21H

IMPRENSA NACIONAL – CASA DA MOEDA

ORQUESTRA METROPOLITANA DE LISBOA Música Íntima Schubert

15 OUT: 18H30 JUNTA DE FREGUESIA DE ALCÂNTARA

ORQUESTRA ACADÉMI-

CA METROPOLITANA

Jean-Marc Burfin, maestro 17 OUT: 21H

JUNTA DE FREGUESIA DE OLIVAIS

VITORINO SALOMÉ + BANDA DA SOCIEDADE FILARMÓNICA UNIÃO E CAPRICHO OLIVALENSE (SFUCO) Olivais vive a República 10 OUT: 18H

LUX FRÁGIL

ISAURA/FRANCIS DALE 15 OUT: 23H

24 oUT sÁBado a ParTIr das 17H00

orpheu acabou Mesa-redonda, inauguração, lançamento de livro e cd.

Quanto ao mais, Nada mais. Cá estamos sempre. Orpheu acabou. Orpheu continua. fernando pessoa, revista sudoeste 3, 1935

casa fernando pessoa rUa CoeLHo da roCHa, 16; 1250-088 LIsBoa BUs 709, 713, 720, 738, 774 eLÉCTrICo TraM 25, 28 / MeTro raTo TeL.: 21 391 32 70 / InFo@CasaFernandoPessoa.PT

pubagenda.indd 1

AGENDA_MIOLO_Outubro12.indd 41

encerramento das celebrações do centenário da orpheu, revista que adensou cumplicidades estéticas, literárias e artísticas e que trouxe o escândalo e o escárnio aos circuitos literários da Lisboa de 1915.

15/09/15 03:10

29/09/15 12:01


M Ú S I CA E S P E TÁC U L O S / F E S T I VA I S

MARIA MATOS TEATRO MUNICIPAL

RODRIGO AMADO MOTION TRIO & MATTHEW SHIPP 1 OUT: 22H

VASHTI BUNYAN Heartleap

30 OUT: 22H

POSTCARDS 4 OUT: 19H

PRAÇA DE TOIROS DO CAMPO PEQUENO

MARIA GADÚ Guelã

9 OUT: 21H30 PRATINHO FEIO

MEO ARENA

FESTIVAL INTERNACIONAL DE HIP-HOP CPLP 9 OUT : 20H

DAVE MATTHEWS BAND 11 OUT: 20H

MUSEU DA MÚSICA

Um Músico um Mecenas: III Ciclo de Concertos com Instrumentos Históricos

Paulo Gaia Lima interpreta À Volta das Suites de Bach no Violoncelo Stradivarius Chevillard-Rei de Portugal (1725) 1 OUT: 18H

PENSÃO AMOR

EG

MUSEU NACIONAL DE ARTE ANTIGA

ORQUESTRA METROPOLITANA DE LISBOA Quartetos com Piano Mozart, Mendelssohn 17 OUT: 16H

MUSEU DO ORIENTE

ORQUESTRA METROPOLITANA DE LISBOA Mozart, Dvořák 18 OUT: 16H

PAÇOS DO CONCELHO

ORQUESTRA METROPOLITANA DE LISBOA Sonatas em Trio

Händel, Telemann, Vivaldi, Bach 16 OUT: 13H

PALÁCIO FOZ

ORQUESTRA METROPOLITANA DE LISBOA Ensuite

TIAGO GOMES

Victor Roque, maestro 25 OUT: 17H30

PEDRO CALDEIRA CABRAL

Guitarristas Lendários – Homenagem a Carlos Paredes 31 OUT: 19H

SAX ON THE ROAD, LINDU MONA 10 OUT

JAMESON URBAN ROUTES

Literatura, desenho, música

HOLY NOTHING, EL GUINCHO

MINGO RANGEL

SOCIEDADE PORTUGUESA DE AUTORES

7 OUT

MIGUEL PEREIRA 10 OUT

Noite de poesia

O Telhado do Mundo 20 OUT: 21H

DJ LUCJY

ORQUESTRA METROPOLITANA DE LISBOA

17OUT

Mozart, Mendelssohn

11OUT

Noite Mama África

HUGO CLARO

Compusitor multi instrumentista 18 OUT

CANTE ALENTEJANO

Desce-se ao Alentejo para cantar, comer e beber Info : 213 974 744

RCA CLUB – REAL COMPANHIA DOS ANIMAIS

LEPROUS + RENDEVOUZ POINT 8 OUT: 20H30

SOEN + LIZZARD + THE RED PAINTINGS

PILOOSKI, MAGAZINO 22 OUT: 01H30

23 OUT: 22H30

NICOLA CRUZ, BABAZ FOZ + NUNEX E FAMIFOX 23 OUT: 01H30

INGA COPELAND, PAUS 24 OUT: 22H30

ANDY SCOTT, GUSTAVO

15 OUT: 18H30

THE SUNFLOWERS, LA FEMME, XINOBI (LIVE)

A SEVERA

Ópera-Cómica

2, 3 OUT: 21H30 4 OUT: 17H TEATRO NACIONAL DE SÃO CARLOS

MADAMA BUTTERFLY, GIACOMO PUCCINI

24 OUT: 01H30

30 OUT: 22H30

HYENAH

30 OUT: 02H30

RICARDO REMÉDIO, HHY & THE MACUMBAS, SUUNS & JERUSALEM IN MY HEART 31 OUT: 22H30

RP BOO, BLASTAH

31 OUT: 02H30

20, 22, 24, 26, 28, 30 OUT: 20H, 1 NOV: 16H

MÚSICA NAS PRAÇAS

TEATRO THALIA

ORQUESTRA DE SOPROS DA METROPOLITANA

ORQUESTRA METROPOLITANA DE LISBOA

LARGO DE SÃO CARLOS 3 OUT: 17H

15 OUT: 20H30

BIG BAND DE ALUNOS DA ESCOLA DE JAZZ LUIZ VILLAS-BOAS

10 OUT: 21H

3 OUT: 19H

SÃO LUIZ TEATRO MUNICIPAL

TEATRO TIVOLI BBVA

SEPTETO DO HOT CLUBE DE PORTUGAL

6 OUT: 21H

13 OUT: 21H30

X GALA AMÁLIA

LURA

SIMONE DE OLIVEIRA

HMB

Em Concerto – 58 Anos de Carreira 7, 8 OUT: 21H

FILIPE RAPOSO Inquietude

9 OUT: 21H

70 Anos de Carreira

Sente

21 OUT: 21H

ORQUESTRA SINFÓNICA RIVERSIDE + THE SIXXIS JUVENIL Do Classicismo ao + THE SHEPHERD Romântico 23 OUT: 21H30

22 OUT: 21H

ATELIÊS DO CONSERVATÓRIO DE MÚSICA DA METROPOLITANA

Percussão

3 OUT: 15H

TEATRO VILLARET

3 OUT: 16H

12 OUT: 21H30 UNIVERSIDADE NOVA DE LISBOA – REITORIA

ORQUESTRA ACADÉMICA METROPOLITANA

Rameau, Ravel THE OTHER SIDE: A PINK Mostra España 2015 23 OUT: 21H FLOYD LIVE EXPERIENCE FESTIVAL FLAMENCO 9 OUT: 20H30 F E S T I VA I S DE LISBOA 13, 19 OUT: 21H ENSIFERUM + FESTIVAL MUSIDANÇAS CRUZ DE FERRO BRIGADA VICTOR JARA MUSICBOX 19 OUT: 21H Ó Brigada! 40 Anos

3 OUT: 20H30 MUSEU DO CHIADO

20 OUT: 21H30

CEBOLA MOL

ROCK ENLATADO, URBAN VIBZ 1 OUT B.LEZA

ESTRELAS ALENTEJANAS DA DAMAIA, MONTE REAL, SORAYA MORAIS, GUTO PIRES, TANIRA 7 OUT

SEXTA-FEIRA.23 BILHETE DE FESTIVAL 3,50€ (INCLUI 2 ATIVIDADES / CADA ATIVIDADE EXTRA 1€) SÁBADO.24 CADA ATIVIDADE 4€ / INSTALAÇÕES INSONO E DAS GAVETAS NASCEM SONS 2€

22 OUT: 22H30

Quartetos com Piano

TEATRO IBÉRICO

PREÇOS

CAVE STORY, PEGA MONSTRO, GALGO

Mendelssohn, Barber, Beethoven

10 OUT: 21H

AGENDA_MIOLO_Outubro12.indd 42

9 OUT

Música do mundo

Spoken word e companhia limitada

PARADISE GARAGE

30 OUT: 20H30

CRÓNICAS DO INVERNO, TUTIM D’GIRALDA

MUSICBOX

17 OUT: 21H

OH LAND

FÁBRICA DO BRAÇO DE PRATA

ONDJAKI, FILIPE RAPOSO E ANTÓNIO JORGE GONÇALVES

CELESTE RODRIGUES

Nuno Inácio, flauta e direção

CONCERTO CORELIS

Cordas Sopros

3 OUT: 17H RUÍNAS E MUSEU ARQUEOLÓGICO DO CARMO

CORO INFANTO-JUVENIL DA UNIVERSIDADE DE LISBOA 3 OUT: 16H

CORO JUVENIL DE LISBOA 3 OUT: 17H30

CORO DO TEJO

3 OUT: 19H PRAÇA DO MUNICÍPIO

ENSEMBLE DE METAIS E BATERIA 3 OUT: 17H

ORQUESTRA CLÁSSICA DA UNIVERSIDADE DE ÉVORA 3 OUT: 19H

ORQUESTRA METROPOLITANA DE LISBOA

Encerramento

23 ⁄ 24

Out

FESTIVAL DE MÚSICA E AVENTURA PARA UM PÚBLICO JOVEM 2015 4>12 ANOS+FAMÍLIA

O BIG BANG É UMA COPRODUÇÃO ENTRE O CENTRO CULTURAL DE BELÉM E A ZONZO COMPAGNIE, FINANCIADA PELO PROGRAMA EUROPA CRIATIVA DA UNIÃO EUROPEIA

42

CONCERTOS E INSTALAÇÕES BILHETEIRA ONLINE WWW.CCB.PT

3 OUT: 22H

29/09/15 12:01


M Ú S I CA C U R S O S

43

FUNDAÇÃO CALOUSTE GULBENKIAN 17 DE OUTUBRO, ÀS 19H AVENIDA DE BERNA, 45 A / 217 823 700 / WWW.GULBENKIAN.PT

MARIA MATOS TEATRO MUNICIPAL 30 DE OUTUBRO AV. FREI MIGUEL CONTREIRAS, 52 / 218 438 800

SINFÓNICA JUVENIL DE CARACAS

VASHTI BUNYAN

A Sinfónica Juvenil de Caracas atua, no dia 17 deste mês, na Fundação Gulbenkian. O concerto conta com direção do maestro Dietrich Paredes, discípulo de José António Abreu, fundador do El Sistema. Este modelo didático-musical foi criado na Venezuela em 1975 com o intuito de providenciar uma educação musical gratuita a crianças e jovens adultos de todas as camadas sociais. O primeiro maestro titular da Sinfónica Juvenil de Caracas foi o famoso Gustavo Dudamel, tendo Dietrich Paredes assumido a sua direção em 2009. Em Portugal foi criada, em 2007, a Orquestra Geração/Sistema Portugal. O objetivo era criar uma rede de orquestras composta por alunos de escolas problemáticas da área metropolitana de Lisboa. Em 2015, a orquestra integra cerca de 900 alunos abrangendo 14 escolas na zona metropolitana de Lisboa, quatro em Coimbra e uma em Gondomar. Além da Quinta Sinfonia de Chostakovitch, a Sinfónica Juvenil interpreta a suite La Noche de los Mayas, de Silvestre Revueltas, particularmente notável pelos efeitos de percussão, utilizando instrumentos étnicos como bongos, congas ou o guiro, entre outros. FS

E eis que chega a Lisboa um dos segredos mais bem guardados da música britânica. O seu primeiro single remonta à década de 1960 e foi escrito pela dupla Mick Jagger/Keith Richards. Chamava-se Some Things Just Stick to Your Mind, e antecedeu Just Another Diamond Day (1969), um daqueles álbuns capazes só por si de edificar um mito. À época, poucos foram aqueles que se deixaram tocar pela voz aveludada de Vashti e pelas suas harmoniosas baladas folk libertárias mas, certamente, uma minoria de melómanos nunca a esqueceu. Surpreendentemente, o nome de Vashti Bunyan renasce em 2000, quando a Spinney Records decidiu reeditar esse trabalho praticamente esquecido. Depois de mais de 30 anos de vida no campo, dedicada a marido e filhos, a cantora e compositora voltou aos discos: primeiro, com participações em trabalhos de Devendra Banheart, Stephen Malkmus (fundador da banda de culto norte-americana Pavement) e Animal Collective; depois, a solo, com Lookaftering (2005) e Heartleap (2014). Vashti Bunyan é um dos mais genuínos tesouros da música popular das últimas décadas. Felizmente, e em boa hora, a Filho Único trá-la ao convívio do público português. FB

CURSOS ACADEMIA DO LUMIAR

Formação instrumental, musical, coral IA

ATELIER MUSICAL DO AREEIRO

Aulas de acordeão, contrabaixo, flauta transversal, guitarra, piano e violino IA

ACADEMIA DE MÚSICA DA GRAÇA

Cursos de Canto, Guitarra, Piano, Violoncelo, Violino, Bateria, Baixo MP

Info: 917 687 025 ARTS2SCIENCE

Formação Musical, Piano, Violino, Violoncelo, Tecnologias da Música SEG A SÁB: 10H-20H

Workshops gratuitos de Piano, Violino e Violoncelo SÁB 

ASSOCIAÇÃO GAITA-DE-FOLES

Oficinas de gaita-de-foles MP

Info: 938 118 192 ASSOCIAÇÃO DE RESIDENTES DE TELHEIRAS - ART

Aulas de guitarra e piano MP

NO MARIA MATOS

CENTRO CULTURAL ARTE PURA

Forró, Samba no Pé, Maracatu, Afro Brasil, Percussão, Violão Vários horários Info: 917 495 610 IA

AVENIDA AFONSO III, 77, R/C DIR, ALTO DE SÃO JOÃO

Aulas de Harpa e Harpa Céltica

Com Eva Guerra Também para crianças TER A SEX: 18H-21H

Info: 914 071 042 | evaguerra@ gmail.com CASA DO ALENTEJO

Tardes alentejanas SÁB: 15H30 EG

CASA DA COMARCA DA SERTÃ

Curso de Adufe

TER: 19H-20H30

Aulas de Expressão Vocal

CENTRO CULTURAL DE BELÉM

Ciclo O Sagrado na Música Ocidental Com Rui Vieira Nery

3, 10, 17 OUT: 17H-18H CENTRO INTERCULTURACIDADE

Construção de Instrumentos de Percussão SEG A SEX: 16H-19H MP

COMUNIDADE HINDU DE PORTUGAL

Raga Curso de Música Indiana

Vários horários Info: 217 57 6 524 | cultura@ comunidadehindu.org

SEG: 16H-21H

IA

Flauta de Tamborileiro TER: 20H45-22H15

EVOÉ – ESCOLA DE ACTORES

Aulas de Piano

QUA: 14H, 15H, 16H, 17H IA

ESPAÇO PESSOA E COMPANHIA

Aulas de piano, guitarra MP

ESTÚDIO VANDA MELO

Voz e Canto

TER: 19H-20H30 IA / MP

Info: icampelo58@gmail.com GOETHE-INSTITUT (INSTITUTO ALEMÃO)

Conversas sobre Wagner à volta de Tristão O que é um drama musical? Óperas e dramas wagnerianos. O caso de Tristão. Com Eugénio Harrington Sena e Paulo Ferreira de Castro 15 OUT: 18H30

O que é um Leitmotiv? Os Leitmotive de Tristão e Isolda

Com Eugénio Harrington Sena e João Paulo Santos 29 OUT: 18H30

COLISEU DOS RECREIOS 31 DE OUTUBRO, ÀS 22H R. DAS PORTAS DE SANTO ANTÃO, 96 / 213 240 585 / WWW.COLISEULISBOA.COM

GNR NO COLISEU 34 ANOS DE CARREIRA Na noite de Halloween, o Coliseu dos Recreios promete aquecer com um concerto dos GNR. A sua discografia é vasta, com grandes êxitos como Dunas, Efetivamente, Pós Modernos e Bellevue. Em 1988, Vídeo Maria gera polémica e, no ano seguinte, a popularidade da banda é confirmada com temas como Impressões Digitais e Morte ao Sol. Os anos 90 trazem também músicas de sucesso, com Sangue Oculto ou Pronúncia do Norte e, nos anos 2000, Popless, Asas (Elétricas) - incluído no telefilme Amo-te Teresa, ou Quero Que Vá Tudo Pró Inferno, uma versão da canção de Roberto Carlos. Em 2015, os GNR lançam Caixa Negra, que inclui os êxitos Cadeira Elétrica, Caixa Negra ou MacAbro. Para além das novas canções, o grupo promete incluir no alinhamento do concerto temas que há muito não são tocados, e que fazem parte do imaginário dos seus 34 anos de carreira. Um espetáculo, certamente, memorável, a avaliar pelas palavras de Reininho: “tem lá coisas que não lembram ao Diabo”. FS

MUSEU DO FADO

Cursos de guitarra portuguesa, seminário de letristas, seminário de poética de fado, gabinete de ensaios para intérpretes IA

MUSEU DO ORIENTE

O Oriente de que as Óperas falam Madame Butterfly, Giacomo Puccini

VÁRIOS HORÁRIOS MP

SOU – MOVIMENTO E ARTE

Aulas livres de música MP

TEATRO D. LUÍS FILIPE

Canto Tradicional

O’CULTO DA AJUDA

Concertina I

Arquivos e Preservação da Música Eletroacústica Concertos e conferência internacional 2 A 4 OUT

Info: www.misomusic.com PRIMO CANTO - ASSOCIAÇÃO CULTURAL

Curso de Canto

SEG: 21H

TER: 19H30

Info: balltoques@tradballs.pt VOZES EM CONSERTO

Aulas de canto, piano, guitarra clássica, pianista acompanhador, teoria musical, coro IA

Info: 966 555 048

XUVENTUDE DE GALICIA

S ESPAÇO

SEX: 20H30

Adufe, Canto Tradicional Info: 924 368 752

SAGRADA FAMÍLIA

TER: 18H30-20H30

Com a soprano Ângela Silva Info: 213 157 815

IA

MP

Aulas de voz e canto

Aulas de Música

23 OUT: 19H30-20H30

IN IMPETUS

Aulas de Canto

SOCIEDADE DE INSTRUÇÃO GUILHERME COSSOUL

Aulas de Forró

QUA: 20H-21H30

Baile com o Quinteto Luso Baião

Aulas de pandeireta IA EG ENTRADA GRATUITA IA INSCRIÇÕES ABERTAS MP MARCAÇÃO PRÉVIA

> Contactos pág 62

QUA: 22H

AGENDA_MIOLO_Outubro12.indd 43

29/09/15 12:01


44

ENTREVISTA TÓNAN QUITO

Ricardo Afirma ter a paixão de contar histórias. Talvez por isso mesmo, as suas criações levamnos a pressupor Tónan Quito como o mais clássico dos encenadores portugueses da sua geração. Ele que, por sinal, recusa designarse encenador, considerando-se, isso sim, um diretor de atores. Depois de ter dirigido aquela que é, provavelmente, a peça mais política de Ibsen, Um Inimigo do Povo, o também ator decide juntar Shakespeare ao rol de clássicos que soma no currículo. A escolha recaiu em Ricardo III, uma das mais maquiavélicas histórias de poder de todos os tempos. AGENDA_MIOLO_Outubro12.indd 44

FREDERICO BERNARDINO

Depois de Tchekov, Von Horváth, Schnitzler, Ibsen, eis um Shakespeare. Porquê Ricardo III? Não foi uma escolha inocente depois de ter feito Um Inimigo do Povo. Esta é uma peça sobre o poder mas, ao contrário da de Ibsen, é mais abrangente, no sentido em que vai para além da narrativa da ascensão violenta de um homem ao poder. É a história de uma grande família, logo, é uma peça sobre o mundo, e onde o protagonista é o encenador do seu próprio jogo, do seu próprio destino. Shakespeare coloca Ricardo inúmeras vezes a falar diretamente com o público, a revelar os seus intentos, a manipular a cena e a própria audiência. Num período de campanha eleitoral, como o que vai anteceder a estreia da peça, pareceu-me particularmente interessante propor um texto que nos remete para os bastidores do combate político. Como traçaria o perfil de Ricardo? Definiria Ricardo como um ser naturalmente bélico – “eu não existo na paz”, diz a dada altura. É um ser que mente, que constrói e destrói enredos, que está permanentemente contra a ordem. A sua ação na corte impõe o medo, faz com que todos lutem para sobreviver porque ninguém está a salvo. Se por um lado, ele é um ser desprezível, por outro, não deixa de ser um sedutor. Um personagem que usou, para o citar, “mil línguas”, ou seja, que se desmultiplica, e que neste espetáculo decidimos ser interpretado por todo o elenco de atores… Essa desmultiplicação de Ricardo é um modo de sublinhar o jogo da dissimulação na política? O personagem joga constantemente esse jogo e parece-me que, usando nós mesmo este jogo lúdico interno de o desmultiplicar, podemos reforçar essa ideia que se prende com a sua própria ambiguidade. Acontece também que, como na peça estão constantemente a morrer personagens, preenchemos o vazio com essa desmultiplicação de Ricardo, afirmando simultanea-

mente a ideia de que à morte de um déspota, logo outro nasce. A peça estreia pouco tempo depois das eleições legislativas. Ricardo III é também uma mensagem política vinda do teatro? É, tal como foi Um Inimigo do Povo, uma proposta para continuar a pensar a política não só na rua e nas urnas, mas também no teatro. Esta é, como disse, uma peça sobre os bastidores, e os jogos de bastidores na política vão ser muitos na altura em que estivermos a estrear. A par de Hamlet, esta é uma das peças mais longas de Shakespeare. Que exigências dramatúrgicas se colocaram na versão a ser representada? Confesso que tive muita dificuldade em perceber onde cortar e, ao mesmo tempo, em distribuir os personagens – em cena são 11 atores mais quatro crianças e dois músicos. Ao longo do processo de trabalho, optámos por fazer alguns cortes a pensar nos núcleos de cada cena, tendo em conta aquilo que é preciso dizer para que cada uma aconteça. Para mim, nunca se colocou o problema do espetáculo ser longo. Interessa-me sim que as coisas funcionem. Não será um excesso afirmar que as suas incursões pelo teatro de repertório, e basta lembrar Ivanov, Histórias dos Bosques de Viena ou Anatol, fazem de si o mais clássico dos modernos no panorama teatral português… É uma observação que me deixa um pouco perplexo e apanhado de surpresa [sorriso]. Penso que todos esses espetáculos assentavam em textos que são clássicos porque, de facto, são muito bons. Esse amor pelo texto, essa ligação aos clássicos, surgiu do sítio onde comecei a fazer teatro, a Cornucópia. Depois, houve as experiências com o Nuno Cardoso, onde trabalhei textos contemporâneos a par de alguns clássicos, ou com o Tiago Rodrigues que, apesar de ter uma escrita de agora, inspira-se muito nos clássicos. Talvez haja ainda alguma relação com a formação que recebi dos meus pais, músicos clássicos. Talvez…

Mas essas adaptações dos clássicos trazem uma aura de frescura que é muito notada nos seus espetáculos. Há um segredo para que isso aconteça? Sempre gostei imenso de trabalhar com atores de quem gosto muito, e tenho tido a sorte não só de trabalhar, mas de aprender com eles. Não me considero encenador no sentido mais estrito; sou mais aquele que faz direção, que junta uma equipa para pensar o tema da peça e para trabalhar o texto… No fundo, apesar de dirigir, acabo sempre por pensar como o ator que sou. Provavelmente, isso pode resultar numa vibração boa para os espetáculos. Não gosta, portanto, de se assumir como encenador? Aquilo que faço é criar condições para a equipa, traçar três ou quatro linhas de trabalho sobre o qual assenta o projeto, um par de ideias de encenação e depois abre-se a discussão com os atores, estando eu ali para ajudar, para organizar. A encenação nos meus espetáculos acaba por ser inclusiva, ou seja, é feita por todos, dentro das regras do jogo que estabelecemos previamente. No fundo, cada um acaba por ser livre e, ao mesmo tempo, responsável por cada momento do espetáculo. Voltando à importância do texto. Acredita que é a matéria essencial do teatro? Considero ser apaixonante contar histórias e, apesar de haver muitas maneiras de as contar, gosto de ouvir e falar muito. O texto permite isso, logo, para mim, é fundamental. Reconheço que, neste Ricardo III, vou um pouco para fora de pé [risos]. Digo isto porque vamos fazer a tal desmultiplicação do personagem, há a presença do bailarino Romeu Runa, há o Miguel Moreira que deixou o teatro há algum tempo para se dedicar mais à instalação e à dança… mas, dá-me alguma segurança pensar que o texto de Shakespeare tem um lado muito performativo, quase meta-teatral. VER PÁG 49

29/09/15 12:01


© Humberto Mouco

AGENDA_MIOLO_Outubro12.indd 45

29/09/15 12:01


46

SÓ PARA RIR! TEATRO COMÉDIA Texto FREDERICO BERNARDINO

A comédia anda à solta em Lisboa. Neste número especial, sugerimos que deixe os problemas em casa e vá ao teatro, mas… só para rir! E porque rir faz mesmo bem à saúde, destacámos seis espetáculos que vão da comédia mais sofisticada à revista à portuguesa, passando pela stand up comedy e pelo teatro de improviso…

AGENDA_MIOLO_Outubro12.indd 46

29/09/15 12:01


© Bruno Bravo

47

PLAZA SUITE

ENTRARIA NESTA SALA…

REVISTA QUER… É PARQUE MAYER!

Alexandra Lencastre e Diogo Infante reencontram-se numa deliciosa comédia de Neil Simon (n. 1927), no ano em que a atriz assinala os seus 30 anos de carreira. Em palco, os dois conhecidos atores começam por interpretar Karen e Sam, um casal com o casamento à beira do fim. No intuito de o salvar, Karen decidir encenar um encontro romântico na mesma suite de hotel onde, supostamente, há 24 anos, o casal passou a noite de núpcias. Numa segunda história, Lencastre e Infante são os pais de uma jovem noiva que, pouco antes da boda de casamento, se decide trancar na casa de banho do quarto de hotel. Com tradução de Luísa Costa Gomes e encenação de Adriano Luz, a peça conta ainda com as participações de Helena Costa e Ricardo de Sá.

Com assinatura de um dos mais originais criadores do atual teatro português, autor de comédias como Mary Poppins – A Mulher que Mudou o Mundo ou A Batalha de Não Sei Quê, eis uma surpreendente evocação do período dourado do cinema português. Ricardo Neves-Neves chama ao palco Vasco Santana, Beatriz Costa, António Silva e Maria Matos, transformando-os em personagens de uma comédia musical onde as vozes, as deixas e as canções que entraram no imaginário coletivo dos portugueses desde os anos 30 do século XX são recriadas. Com produção do coletivo Primeiros Sintomas, Entraria nesta sala… tem encenação de Sandra Faleiro e, para além do próprio Neves-Neves, conta com interpretações de Cristina Carvalhal, Joana Campelo e Rui Melo.

A revista à portuguesa está de volta a casa, ou seja, ao Parque Mayer. Com mais de meio século de atividade, o produtor Hélder Freire Costa devolve o género ao lendário Teatro Maria Vitória. Com ele, outro regresso a saudar: o de Mariema, nome icónico do fado e da revista, que ainda recentemente passou pelo palco do Teatro D. Maria II num espetáculo de Martim Pedroso. Com os olhos postos na atualidade, Mário Rainho e Flávio Gil escreveram sketches que não poupam vivalma, de governantes a socialites, passando pelo novo domicílio de Sócrates ou pelos lesados de um banco falido. E ainda conseguem contar com a visita da primeira-dama! Com música original de Eugénio Pepe, o espetáculo tem a participação dos New Amazing Dancers.

NOME PRÓPRIO

COMMEDIA A LA CARTE

JE SUIS CORDES

Quatro amigos de longa data reúnem-se para jantar. A dada altura, um deles anuncia que vai ser pai e decide partilhar qual vai ser o nome do bebé. Surpreendentemente, um simples nome próprio desencadeia o conflito, pondo a descoberto um desconcertante rol de factos acerca da vida dos personagens e do que eles pensam uns sobre os outros. Esta delirante comédia sobre as complexidades das relações humanas e o preconceito, escrita por Matthieu Delaporte e Alexandre de La Patellière, foi um enorme sucesso em França e na América Latina, deu origem a um filme e chega agora a Lisboa numa encenação de Fernando Gomes, com os atores José Pedro Gomes, Aldo Lima, Ana Brito e Cunha, Joana Brandão e Francisco Menezes no elenco.

Eles estão de volta, mas em versão zapping. Carlos M. Cunha, César Mourão e Ricardo Peres voltam a convocar o público para uma nova série de espetáculos onde, consciente ou inconscientemente, tudo pode acontecer – sobre o palco e na plateia, esclareça-se. Quinze anos depois da sua fundação, o trio de humoristas, percursor do teatro de improviso em Portugal, continua a esgotar salas em todo o país e a gozar de um significativo reconhecimento internacional, nomeadamente no Brasil, onde contam com participações no Festival Dois Pontos, do Rio de Janeiro, e no Programa do Jô, formato televisivo campeão de audiências com autoria e apresentação de Jô Soares.

Por mera concordância com o idioma do título, apetece-nos dizer que só mesmo à enfant terrible do humor nacional passaria pela cabeça apresentar-se a solo no Coliseu dos Recreios. Mas, Rui Sinel de Cordes tem destas coisas e, num ano em que se prepara para lançar o segundo livro e estrear o seu sexto programa na SIC Radical, nada como uma grande plateia para soltar todas as “verdades incómodas” – preferencialmente, e como sublinha, “carregado de gin tónico”. Mestre do politicamente incorreto, com um humor que, goste-se ou não, recusa a indiferença, o autor de Isto era para ser com o Sassetti está de regresso ao formato mais puro da stand up comedy.

TEATRO TIVOLI BBVA | ATÉ 25 DE OUTUBRO

CASINO DE LISBOA | ATÉ 11 DE OUTUBRO

AGENDA_MIOLO_Outubro12.indd 47

TEATRO NACIONAL D. MARIA I | 22 DE OUTUBRO A 8 DE NOVEMBRO

TEATRO VILLARET | ATÉ 29 DE NOVEMBRO

TEATRO MARIA VITÓRIA | ESTREIA EM OUTUBRO

COLISEU DOS RECREIOS | 16 DE OUTUBRO

29/09/15 12:01


48

CULTURGEST E S T R E I AS AUDITÓRIO DOS OCEANOS (CASINO DE LISBOA)

A FÁBRICA

Os Improváveis. Pedro Borges, Telmo Ramalho e Marta Borges, criação e interpretação. 6 OUT A 24 NOV TER: 21H30

CASA DO CORETO

A IDEIA É APENAS UMA IDEIA

Os Ilusionistas. Criação coletiva, a partir de textos da Bíblia, Alberto Caeiro, Eugénio de Andrade e outros. Lina Paula Pinto, encenação; Elvira Silva, Isabel Coruche, Jorge Pires Silva, Lina Paula, Manuela Martins, Paulo Almeida e Vitória Pato, intepretação.

HOUSE OF DANCE

Tina Satter, texto e encenação; Jess Barbagallo, Jim Fletcher, Elizabeth DeMent e Chris Giarmo, interpretação. No estúdio de sapateado de uma pequena cidade, quatro personagens

- LISBOA

Vlatka Horvat, conceito; Cristina Peres, moderadora. Ao longo de quatro horas assiste-se ao encontro entre sete mulheres provenientes da antiga Jugoslávia que se propõem narrar factos,

MARIA MATOS TEATRO MUNICIPAL

HAVERÁS DE IR À GUERRA QUE COMEÇA HOJE

Carla Nobre Sousa/Materiais Diversos. Pablo Fidalgo Lareo,

O ESTADO SELVAXE. DITADO ESPANHA 1939 PROJECTO MARCO - Museo de Arte TEATRAL. Contemporanea de Vigo. Pablo Fidalgo Lareo, autoria e direção; Mercedes Fernández Vázquez, interpretação.

TEATRO

FESTIVAL

Mala Voadora. Jorge Andrade, com assistência de David Cabecinha, direção; Anabela Almeida, David Cabecinha, Jorge Andrade e Maria Ana Filipe, interpretação. 

Slava Polunin, criação.

Num mundo habitado por palhaços muito especiais é possível desencadear tempestades de neve a partir de um simples pedaço de papel. 6 A 11 OUT TER A SEX: 21H, SÁB, DOM: 17H, 21H CLUBE ESTEFÂNIA

BREVIÁRIO PARA UM EXTERMÍNIO SILENCIOSO

Escola de Mulheres. Mike Bartlett, autoria; Rui Neto, encenação; Carla Chambel e Isabel Medina, interpretação. O confronto entre indivíduo e instituição numa peça satírica e mordaz. 22 OUT A 8 NOV QUI A SÁB: 21H30, DOM: 16H30

AGENDA_MIOLO_Outubro12.indd 48

SÃO LUIZ TEATRO MUNICIPAL

CARTA A UMA DESCONHECIDA Mala Voadora. William Shakespeare, autoria. Jorge Andrade, encenação; Anabela Almeida, Carla Bolito, Carlos António, David Cabecinha, David Pereira Bastos, João Vicente, João Villas-Boas, Jorge Andrade, Manuel Moreira e Marco Paiva, interpretação.

CENTRO CULTURAL DE BELÉM

SLAVA’S SNOWSHOW

24 A 27 OUT: 19H

HAMLET

2, 3 OUT: 22H

2 A 8 OUT SEX, SÁB, SEG, QUA, QUI: 21H, DOM: 16H

«TEATRO» PROJECTO TEATRAL.

14 A 18 OUT QUA A SÁB: 21H, DOM: 17H30

Um caleidoscópio de temas compõem um espetáculo que abre com um maestro frustrado com o seu coro.

Considera-se “um espetáculo de ficção cientifica”, esta aventura passada num escritório onde quatro trabalhadores devem pensar o ainda não imaginado, nomeadamnete, o que poderá ser a vida após a morte.

22 A 27 OUT QUI A TER: 21H30-22H30, SEX: 19H-20H

27 OUT A 1 NOV TER A SÁB: 21H, DOM: 17H30

TEATRO DO BAIRRO

TEMPESTADE. COMPOSIÇÃO DRAMÁTICA A PARTIR DE SHAKESPEARE

MARIA MATOS TEATRO MUNICIPAL E OUTROS LOCAIS 2 A 18 DE OUTUBRO RUA FREI MIGUEL CONTRIRAS, 52 / 218 438 801 / WWW.TEATROMARIAMATOS.PT

EUROPA IMPROVÁVEL Num mês marcado internamente pelas eleições legislativas, o Teatro Maria Matos (MMTM) desafia o público a refletir sobre a Europa com três espetáculos, uma palestra performativa e um debate. Ao desenharse um novo ciclo político, o “velho continente” confronta-se com uma incessante crise migratória (sem paralelo desde a II Guerra Mundial), com um conjunto de interrogações inquietantes sobre o euro e a braços com a crescente desconfiança dos cidadãos acerca das instituições democráticas. Sobre um cenário inesgotável de graves questões a que urge dar respostas, os demónios da história tendem a pairar e, assim se espera, a assaltar consciências. O escritor e encenador galego Pablo Fidalgo Lareo fá-lo com dois espetáculos que, partindo de memórias de família, sublinham os traumas da Guerra Civil Espanhola e do franquismo: Haverás de ir à guerra que começa hoje (7 a 10 de outubro) e O Estado Selvaxe. Espanha 1939 (11 preparam-se para uma competição. Com o passar do tempo, as tensões entre elas começam a surgir.

9 A 11 OUT SEX, SÁB: 21H30,DOM: 17H ESPAÇO ALKANTARA

15TH EXTRAORDINARY CONGRESS

recordar e contar histórias de vida. 10 OUT: 16H30

EMPÉDOCLES PROJECTO TEATRAL.

24 OUT: 23H-00H, 25 OUT: 21H-22H

15 OUT A 1 NOV QUI A SÁB: 21H30, DOM: 16H

de outubro). A artista croata, atualmente a residir em Londres, Vlatka Horvat apresenta, no Espaço Alkantara, 15th Extraordinary Congress (10 de outubro), uma palestra-performance protagonizada por sete mulheres oriundas da ex-Jugoslávia que, num jogo de perguntaresposta, viajam pelas memórias trágicas de um país que implodiu violentamente em plenos anos 90 do século XX. Os irreverentes berlinenses Rimini Protokoll prosseguem em Lisboa o projeto itinerante Home Visit Europe, que leva a casas de cidadãos europeus um desafiador espetáculo-jogo que “brinca” com a Europa da política, da burocracia e das grandes e pequenas decisões. Europa em Casa (2 a 18 de outubro) ocorre em residências particulares de vários bairros de Lisboa, sendo que o ingresso deve ser adquirido na bilheteira física do MMTM. O programa Europa Improvável inclui ainda um debate com Viriato Soromenho-Marques (dia 14), autor do livro Portugal na Queda da Europa. FB

autoria e direção; Cláudio da Silva, interpretação.

Peça autobiográfica de Pablo Fidalgo Lareo que aborda as memórias familiares e as marcas da terrível Guerra Civil Espanhola na vida do seu tio-avô. 7 A 10 OUT: 21H30

Segunda peça autobiográfica de Pablo Fidalgo Lareo apresentada no âmbito do ciclo Europa Improvável. Desta feita, o centro do espetáculo é a avó do autor. 11 OUT: 18H30

TEATRO MERIDIONAL

COLECTIVIDADE

Teatro Meridional. Natália Luíza, encenação e dramaturgia; Vitor Alves da Silva, Rui M Silva, Susana Madeira, Catarina Guerreiro e Grupo de Alunos de artes cénicas da ACT, interpretação.  No 50.º aniversário de uma coletividade, prepara-se um espetáculo capaz de envolver toda uma comunidade. Uma homenagem do Meridional à ideia de coletivo e de cidadania associativa. 21 OUT A 6 DEZ QUA A SÁB: 21H30, DOM: 16H

TEATRO MARIA VITÓRIA

REVISTA QUER… É PARQUE MAYER

Mário Rainho e Flávio Gil, autoria; Mariema, Paulo Vasco, Alice Pires, Flávio Gil, Filipa Godinho, Ruben Dias, Maria Giestas,

29/09/15 12:01


T E AT R O E S T R E I AS / C O N T I N UA M

© Tadeu de França

49

TEATRO -ESTÚDIO MÁRIO VIEGAS – SÃO LUIZ TEATRO MUNICIPAL 14 A 18 DE OUTUBRO RUA ANTÓNIO MARIA CARDOSO, 38 213 257 650 / WWW.TEATROSAOLUIZ.PT

CARTA DE UMA DESCONHECIDA Sentado ao piano, um criado narra a carta de amor de uma mulher que desenvolveu, desde os 13 anos, uma paixão platónica por um homem mais velho. Alimentado ao longo de décadas, oscilando entre a obsessão e a comoção, este amor secreto acaba por culminar num trágico desfecho: o suicídio. Considerada uma pequena relíquia na vasta obra do escritor e dramaturgo austríaco Stefan Zweig (1882-1942), a novela Carta de uma desconhecida, escrita em 1922, deu origem a um aclamado filme de Max Ophuls, protagonizado por Joan Fontaine. Agora, Sandra Barata Belo e Patrícia André adaptam este exemplar drama de paixão e fragilidade humana ao palco, não esquecendo o percurso de vida do próprio autor, também ele um homem que decidiu escolher o momento para deixar a vida, acossado pela tragédia do tempo em que viveu: o advento e triunfo do nazismo. FB

Pedro Silva e Patrícia Teixeira, interpretação.

Um novo espetáculo de Revista à portuguesa, género popular que regressa a casa: o Parque Mayer . ESTREIA OUT QUI A SEX: 21H30, SÁB, DOM: 16H30, 21H30 TEATRO NACIONAL D. MARIA II

PANORAMA

SillySeason. Ana Sampaio, Cátia Tomé, Ivo Silva, João Leitão e Ricardo Teixeira, criação coletiva Em mais um espetáculo do ciclo Recém-Nascidos, os SillySeason apresentam uma peça sobre os medos, a juventude que se perde e a velhice. 2 A 4 OUT SEX, SÁB: 21H30, DOM: 16H30

PRIMEIRA INFÂNCIA: UM FABULÁRIO Terceira Pessoa. Ana Gil, Nuno Leão e Maria Rita Moura, conceito, direção e interpretação. Um história sobre a primeira infância com ressonâncias platónicas. 9 A 11 OUT SEX, SÁB: 21H30, DOM: 16H30

RICARDO III

Homem Bala/TNDM II, Centro Cultural Vila Flor e Stage One. William Shakespeare, autoria; Tónan Quito, encenação; António Fonseca, Márcia Breia, Miguel Loureiro, Miguel Moreira, Paulo Pinto, Raquel Castro, Romeu Runa, Sofia Marques, Teresa Sobral, Tónan Quito, entre outros, interpretação. Ver entrevista com Tónan Quito. 15 OUT A 1 NOV QUA: 19H, QUI A SÁB: 21H, DOM: 16H

ENTRARIA NESTA SALA…

Primeiros Sintomas. Ricardo Neves-Neves, autoria; Sandra Faleiro, encenação; Cristina Carvalhal, Joana Campelo, Ricardo Neves-Neves e Rui Melo, interpretação.

O cinema português dos anos 40 e 50 do século XX revisitado numa comédia musical habitada pela memória viva de Vasco Santana, Maria Matos, Beatriz Costa ou António Silva. 22 OUT A 8 NOV QUA: 19H15, QUI A SÁB: 21H15, DOM: 16H15

SÃO LUIZ TEATRO MUNICIPAL 27 DE OUTUBRO A 1 DE NOVEMBRO RUA ANTÓNIO MARIA CARDOSO, 38 / 213 257 650 / WWW.TEATROSAOLUIZ.PT

TEATRO TABORDA 15 DE OUTUBRO A 8 DE NOVEMBRO COSTA DO CASTELO, 75 218 854 190 / 968 015 251 / WWW.TEATRODAGARAGEM.COM

HAMLET

GRAÇA

A cortina abre-se, e pergunta-se, de imediato, que Hamlet é este. Quem está familiarizado com a versão mais representada da tragédia de Shakespeare – o First Folio é tido como a versão oficial – detetará lacunas e variações que se acentuam ao longo da peça. Estamos perante o Segundo Quarto, aquele que ficou conhecido como o “mau quarto”. Mas não é tudo: este é também o olhar de Jorge Andrade e da mala voadora sobre a peça mais célebre de Shakespeare. Um Hamlet “mais rápido, mais enérgico, mais cru”, como sublinha Andrade, que também interpreta o protagonista. Pegar no “mau quarto”, considerada a “versão pirateada” do clássico (quem sabe escrita a partir de testemunhos de quem conheceu o espetáculo original), possibilitou à mala voadora “ter carta-branca para moldar o texto à medida do teatro da companhia”. Dispor desta “versão bastarda [traduzida por Fernando Villas-Boas], permitiu-nos implodi-lo e transformá-lo, acima de tudo, num ato de revelação da realidade através do teatro”, salienta Jorge Andrade. FB TEATRO DA POLITÉCNICA

TRÊS IRMÃS (MAKING OF)

Teatrão. A partir de Anton Tchekhov. Marco António Rodrigues, encenação;  Inês Mourão, Isabel Craveiro, João Santos, Margarida Sousa, Rui Raposo, Nuno Carvalho e Miguel Rocha, interpretação. O maior dos clássicos de Tchekhov revisto por Marco António Rodrigues.

29 A 31 OUT QUI, SEX: 21H, SÁB: 16H, 21H TEATRO TABORDA

MEU RICO TIO SIMPLICIO

Cena 1. A partir de Almeida Garrett. Rui Luís Brás, encenação; Cristina Lopes, Flávia Filipe, Joaquim Frazão, Célio Alves, Lia Colorado, Maria Ana Vouga, Rita Venâncio,Rui Farinha e Susana Cunha, interpretação. Uma divertida comédia de enganos protagonizada por um tio rico, mas ingénuo; um sobrinho oportunista; uma sogra manipuladora; uma esposa demasiado jovial e uma prima algo inconveniente.

GRAÇA: SUITE TEATRAL EM TRÊS ANTES DO ADEUS MOVIMENTOS Rodrigo Trindade e Sara Cecília, 8 A 25 OUT QUI A SÁB: 21H30, DOM: 17H

15 OUT A 8 NOV QUA A DOM: 21H30

TEATRO TIVOLI BBVA

UMA NOITE NA LUA João Falcão, autoria e direção; Gregório Duvivier, interpretação.

Um dos mais famosos humoristas da série brasileira Porta dos Fundos interpreta um escritor em confronto com a personagem central do seu romance. 27 OUT: 21H30

AGENDA_MIOLO_Outubro12.indd 49

TEATRO TURIM

autoria, encenação e interpretação.

Retrato de um casamento e dos efeitos das rotinas quotidianas numa relação a dois. 29 OUT A 1 NOV QUI A SÁB: 21H30, DOM: 16H VÁRIOS LOCAIS

EUROPA EM CASA

Rimini Protokoll. Helgard Haug, Stefan Kaegi e Daniel Wetzel,

Numa coprodução com o Teatro Municipal de Bragança, no âmbito do Plast & Cine, que prestou homenagem à pintora Graça Morais, nos 40 anos do seu percurso artístico, esta suite teatral da Garagem é “uma viagem pelos ciclos temáticos das suas criações”. Partindo de notas e páginas de diário da artista e de um texto teatral de Antonio Tabucchi, O Fim do Mito, que teve como origem a pintura A Caminhada do Medo VIII, Carlos J. Pessoa propõe três movimentos distintos: o primeiro, sensorial e estético; o segundo, que inclui o texto de Tabucchi e parte do referido quadro da pintora para estabelecer um paralelo entre os fluxos migratórios que atravessam o Mediterrâneo para a Europa com o mito de Eneias. Por fim, o terceiro e último movimento “desagua diretamente no atelier da artista” e, como refere o encenador, “é lá, no confronto da mão e da palavra da pintora com a obra inacabada, que esta suite teatral atinge o seu zénite e a sua razão de ser”. Paralelamente, e ao longo da temporada do espetáculo, o Teatro Taborda apresenta uma exposição das mais recentes obras de Graça Morais. FB

conceito, guião e direção; Katja Hagedorn, dramaturgia; Catarina Vieira e Paula Diogo, mestres de cerimónia. Um jogo sobre a Europa jogado em casas particulares de Lisboa, com versões para adultos e adolescentes. 2 A 18 OUT QUA A SEX: 21H, SÁB, DOM: 16H, 21H C O N T I N UA M AUDITÓRIO DOS OCEANOS (CASINO DE LISBOA)

NOME PRÓPRIO

Matthieu Delaporte e Alexandre de La Patellière, autoria; Fernando Gomes, encenação; José Pedro Gomes, Aldo Lima, Ana Brito e Cunha, Francisco Menezes e Joana Brandão, interpretação. QUI A SÁB: 21H30, DOM: 18H COMUNA

PLAY STRINDBERG

Comuna - Teatro de Pesquisa.  A partir de Dança da Morte de August Strindberg. Frederich Dürrenmatt, autoria. João Mota, encenação; Carlos Paulo, Igor Sampaio e Maria do Céu Guerra, interpretação. ATÉ 4 OUT QUA A SÁB: 21H30, DOM: 16H

MUROS

Delphos - Núcleo de Intervenção Cultural. Carolina Serrão, Cláudia Alfaiate, Francisco Vistas e João Maria, criação coletiva. 4 OUT: 16H, 17H30 HOSPITAL JÚLIO ≠DE MATOS

E MORRERAM FELIZES PARA SEMPRE

Nuno Moreira, autoria; Ana Padrão, encenação; Afonso de Melo, Anton Skrzypiciel, Bruno Rodrigues, Francesca Bertozzi, Guilherme Barroso, Isabel Gaivão, Joana Almeida, Linda Valadas, Luís Caboco e Manuel Henriques, interpretação. ATÉ 17 OUT QUA A SEX: 21H30, SÁB: 22H

LISBOA COMEDY CLUB

CURTAS

André Sobral, Hugo Rosa, João Cruz e Juan Pereira, criação e interpretação. 29 OUT: 22H

TEATRO ABERTO

AS RAPOSAS

Lillian Hellman, autoria; João Lourenço, encenação; Diana Nicolau, Eurico Lopes, Gracinda Nave, João Perry,

29/09/15 12:01


50

T E AT R O C O N T I N UA M / C U R S O S/ WO R KS H O P S

Luisa Cruz, Marco Delgado, Pedro Caeiro, Sofia Cabrita e Virgílio Castelo, interpretação. QUA A SÁB: 21H30, DOM: 16H

TEATRO DO BAIRRO

ANTES/DEPOIS

Lourenço Henriques, texto e encenação; Rui Luís Brás e Sofia Nicholson, interpretação.

QUA A SÁB: 21H30, DOM: 17H TEATRO DO BAIRRO ALTO

HAMLET

Teatro da Cornucópia/Companhia de Teatro de Almada. William Shakespeare, autoria; Sophia de Mello Breyner, tradução; Luís Miguel Cintra, encenação; Alberto Quaresma, Bernardo Souto, Dinis Gomes, Duarte Guimarães, Guilherme Gomes, Isac Graça, João Reixa, José Manuel Mendes, Luís Lima Barreto, Luís Madureira, Luis Miguel Cintra, Marques D’Arede, Nídia Roque, Rita Cabaço, Silvio Vieira, Teresa Gafeira e Tiago Matias, interpretação. ATÉ 17 OUT QUA: 19H, SEX, SÁB: 20H, DOM: 16H TEATRO NACIONAL D. MARIA II

ELECTRA

A partir de Eurípedes, Sófocles e Ésquilo. Tiago Rodrigues, autoria e encenação. Ana Água, Ana Tang, Ana Valente, Flávia Gusmão, Isabel Abreu, João Grosso, José Neves, Lúcia Maria, Manuel Coelho, Marco Mendonça,

Maria Amélia Matta, Miguel Borges, Paula Mora, Sandra Pereira e Victor Yovani, interpretação. ATÉ 4 OUT QUA: 19H, QUI A SÁB: 21H, DOM: 16H TEATRO DA POLITÉCNICA

JOGADORES

Artistas Unidos. Pau Miró, autoria; Jorge Silva Melo, encenação; Américo Silva, António Simão, João Meireles e Pedro Carraca, interpretação.

ATÉ 24 OUT TER, QUA: 19H; QUI, SEX: 21H, SÁB: 16H, 21H TEATRO TIVOLI BBVA

PLAZA SUITE

Neil Simon, autoria; Adriano Luz, encenação; Alexandra Lencastre, Diogo Infante, Helena Costa e Ricardo de Sá, interpretação. QUI A SÁB: 21H45, DOM: 17H

TEATRO DA TRINDADE

SETE PECADOS MORTAIS OU AS TÉCNICAS DE LEGÍTIMA DEFESA

Gato que Ladra. A partir de Bertolt Brecht. Rute Rocha, encenação; Artur Pispalhas e Ana Cloe, música e direção musical; Ana Cloe, Catarina Thane, Cristina Cavalinhos, Ivo Marçal, João Esteves, José Mateus, interpretação. ATÉ 4 OUT QUA A SÁB: 21H45, DOM: 17H

BIODANZA-A DANZA DA VIDA

Aceite o convite à alegria de viver!

Venha conhecer um sistema de desenvolvimento humano que promove a vitalidade e auto-confiança através da dança (nem é necessário saber dançar). Visite-nos!

DANCE FACTORY STUDIOS

UM NOVO DIA

Laurence Mark White, autoria; Eduardo Barreto, direção; Rúben Madureira, Sissi Martins, Pedro Pernas e Joana Manuel, interpretação. ATÉ 24 OUT QUA A SÁB: 21H30, DOM: 18H

Teatro

TER: 20H30-22H30 EL CORTE INGLES

Curso de História do teatro 6, 8, 13 OUT TER, QUI: 15H30

ESCOLA DE ACTORES ILHA D´ARTE

Cursos e workshops de teatro

TEATRO VILLARET

COMMEDIA A LA CARTE

Info: 936 411 313

Carlos M. Cunha, César Mourão e Ricardo Peres, autoria e interpretação. 10 SET A 29 NOV QUI A DOM: 21H30

ESPAÇO EIRA 33

Ateliê de Pesquisa Teatral TER: 20H30-22H30

Info: 962 801 866 EVOÉ

CURSOS/WORKSHOPS ARTYAPLAUSOS

Curso de Teatro Físico

A PARTIR DE OUT SEG A SEX: 9H30-17H30

Curso de Interpretação

Teatro, Teoria, Vida

Info: 918 945 333

Iniciação ao Teatro

SEX: 19H

SÁB: 14H-16H

SEG, QUA: 19H-20H30 TER, QUI: 20H30-22H30

ARTLIER

Curso de Teatro

TER, QUA: 10H30-12H30, QUA: 19H-21H

Info: 939 067 111

Contadores de histórias SEG: 18H30-20H30

Treino Técnico

ASSOCIAÇÃO PARA A PROMOÇÃO CULTURAL DA CRIANÇA - APCC

QUI: 18H30-20H30

Clown e Comicidade

Cursos de Expressão Dramática IA

TER: 20H30-22H30

ASSOCIAÇÃO DE RESIDENTES DE TELHEIRAS

SEG, QUA: 18H30-22H30

Interpretação Teatral (intensivo) IN IMPTUS

Teatro’aparte

DOM, SEG: 21H30-23H20

Curso de Formação de Atores

SEG, QUA, SEX: 20H-23H

CASA DO ARTISTA

Info: 915 444 729

Curso de Formação de Atores

NB ACADEMIA

Formação de novos atores

OUT A JUL QUA, QUI: 20H-23H

Info: www.nbacademia.pt

IA

Oficina de Teatro pós-laboral Por Catarina Gonçalves e João Rosa

IA

SOCIEDADE DE INSTRUÇÃO GUILHERME COSSOUL

ATÉ JAN

Curso de Teatro

CENTRO CULTURAL DE CARNIDE

SÁB: 15H30-19H30

Info: 213 973 471

Familiarte - Teatro Comunitário

TEATRO DE CARNIDE

Oficinas de Interpretação

SEG: 19H-20H30

Info: 936 140 727

SEG, QUA: 21H-23H

Circo Zip

TEATRO DA LUZ

Pela Associção Tenda

Formação em Teatro Por Companhia da Esquina

QUI: 18H-19H, DOM: 9H30-13H

Info: 968 060 047

CHAPITÔ

IA

Expressão Dramática

TEATRO DA TRINDADE

SEG, QUA: 19H-21H

O Chiado e os seus teatros no tempo da Belle Époque Por Paula Gomes Magalhães

Malabarismo

TER: 19H30-21H COMUNA

Oficina Teatral – Encenação e interpretação

6 OUT: 18H30

Por João Mota

BIODANZA • ÁLVARO E VASCO www.biodanza-davida.webnode.pt biodanza.davida@gmail.com 917114332/965350034

AGENDA_MIOLO_Outubro12.indd 50

A PARTIR DE 6 OUT TER A SEX: 18H30-21H CULTURGEST

IA

Algumas Ideias sobre Ideias de Teatro

EG ENTRADA GRATUITA IA INSCRIÇÕES ABERTAS

> Contactos pág 62

Por Francisco Frazão 5 OUT: 18H30

IA

29/09/15 12:01


VISITAS GUIADAS

51

CASA-MUSEU AMÁLIA RODRIGUES

Visitas Guiadas

TER A DOM: 10H-13H, 14H-18H CASA-MUSEU DR. ANASTÁCIO GONÇALVES

Histórias Curiosas sobre Obras de Arte da Coleção, Mobiliário Português e Estrangeiro dos Séculos XVII a XIX e Porcelana da China TER A DOM: 10H-18H

EG

CASA-MUSEU MEDEIROS E ALMEIDA

Armas de Sedução - Leques Europeus do Século XVIII ao Século XX

Visitas guiadas de 30 minutos

EG

CASTELO DE SÃO JORGE

DIAS COM HISTÓRIA Visita ao Pôr-do-Sol

Lisboa Vista ao Espelho

Reservatório da Mãe d’Água Visitas guiadas.

TER A SÁB: 10H-17H30

Info: 218 100 215 (Museu da Água)

ARCO TRIUNFAL DA RUA AUGUSTA TODOS OS DIAS: 9H-19H

Info: 210 312 700 (Associação de Turismo de Lisboa) ARQUIVO HISTÓRICO DA SANTA CASA DA MISERICÓRDIA DE LISBOA

Arquivos Salvaguarda de Memórias

AGENDA_MIOLO_Outubro12.indd 51

Visita guiada temática com workshop.

A descoberta de Lisboa através do periscópio. TODOS OS DIAS: 10H-17H30

À Descoberta do Castelo

A história do Castelo e das personagens que nele habitaram.

SEG: 14H-18H, TER A DOM: 10H-12H30, 14H-18H GO

ARQUIVO NACIONAL TORRE DO TOMBO

Visitas Guiadas às Exposições e Área Pública SEG A SEX: 9H30-15H ASSEMBLEIA DA REPÚBLICA

Visitas Guiadas ao Palácio de S. Bento SEG A SEX GO ÚLTIMO SÁB GO / PG

Info: 213 919 625 MP

TODOS OS DIAS: 13H, 16H MP

Mouraria das Tradições Mouraria do Fado Do Castelo à Mouraria Mouraria dos Povos e das Culturas

Visitas guiadas em português, inglês, francês, italiano, espanhol e alemão. TODOS OS DIAS

MP

Migrantour Rotas Urbanas Interculturais

Visitas guiadas em português, inglês e francês. TODOS OS DIAS

Info: 927 522 883

MP

Tours

lisboa@bikeawish.com BIKES DE LISBOA

Passeio da Sexta

Passeio temático de bicicleta por Lisboa. Ponto de encontro: Vélocité Café, na Avenida Duque de Ávila, 120. SEX: 19H30

EG

bikesdelisboa@gmail.com CASA DO ALENTEJO

Visitas Guiadas à Casa do Alentejo MP

Visitas Guiadas ao Convento SEX: 11H30, 15H, SÁB: 15H, 16H30 GO / MP

Visitas Guiadas ao Convento QUA: 10H

Info: 210 943 287

MP

CPAS - CENTRO PORTUGUÊS DE ATIVIDADES SUBAQUÁTICAS

Visitas Guiadas à Exposição SEG A SEX: 15H-24H

DIREÇÃO MUNICIPAL DE CULTURA

TODOS OS DIAS

BIKE A WISH

CONVENTO DE SÃO PEDRO DE ALCÂNTARA

EG / MP

Visitas em português, inglês e espanhol.

ASSOCIAÇÃO RENOVAR A MOURARIA

SEG A SÁB: 14H30-17H30

Info: 969 017 128

Visitas Guiadas

AQUEDUTO DAS ÁGUAS LIVRES

Visitas Guiadas ao Convento

7 OUT: 18H

Info: 218 800 620

realizado em autocarro e com pequenos percursos a pé, tem início no cimo do Parque Eduardo VII, junto às colunas, seguindo depois para o Largo do Rato, Praça do Príncipe Real, Largo de São Pedro de Alcântara, Praça do Município, Ribeira das Naus, Rossio e Largo da Sé. É necessário inscrever-se através do e-mail museudoaljube@cm-lisboa.pt. Cristina Engrácia

CONVENTO DOS CARDAES

CONVENTO DAS TRINAS DO MOCAMBO

1º E 3º SÁB: 12H

Portugal viveu no século XX três momentos de profunda rotura política e social: o fim da monarquia (1910), a queda da I República (1926) e o fim do regime fascista (1974). A visita, guiada por Fernando Rosas, entrecruza no espaço da cidade os momentos únicos da contemporaneidade portuguesa que conduziram o país da monarquia ao regime democrático. O itinerário,

MP

GO / MP

Visitas guiadas que permitem conhecer o fundador da instituição e as peças que mais se destacam na coleção.

UM SÉCULO XX REVOLUCIONÁRIO

Passeios à vela no Estuário do Tejo.

Info: 213 235 233

Sábados no Museu

LISBOA DAS REVOLUÇÕES

PASSEIOS TEMÁTICOS Rota do Sol Entre Pontes De Lisboa até à Barra Fortes da Barra do Tejo Por esse Rio Acima

SEG A SÁB: 13H-17H30

Info: 213 547 892

MUSEU DO ALJUBE - RESISTÊNCIA E LIBERDADE 24 DE OUTUBRO, DAS 10H ÀS 13H E DAS 15H30 ÀS 16H30 RUA AUGUSTO ROSA, 42 / 218 172 400 / WWW.MUSEUDOALJUBE.PT

CONFIQUATRO DESPORTOS NAÚTICOS

CENTRO CULTURAL DE BELÉM

CCB - Uma Leitura Geral do Edifício

Por Fabrícia Valente e Maribel Sobreira. SEG A SÁB: 10H30-18H

CCB - Uma Cidade à Beira-Rio Por Fabrícia Valente e Maribel Sobreira. SEG A SÁB: 10H30-18H

Info: 213 612 650

CENTRO CULTURAL CASAPIANO

Visitas Guiadas à Exposição SEG A SÁB: 10H-18H CHIADO

Visitas Guiadas à Biblioteca Camões

SEG A SÁB: 10H30, 14H30

Info: 218 172 360 EG / MP

Visita Guiada ao Palácio do Beau Séjour 8 OUT: 10H30

Info: 217 701 100 (Gabinete de Estudos Olisiponenses) EG / MP

Visitas Orientadas ao Palácio Pimenta TER A SEX

Info: 217 513 214 EG / GO / MP

Visitas Orientadas ao Museu de Lisboa - Santo António TER A SEX

Info: 217 513 216 (Museu de Lisboa - Palácio Pimenta) EG / GO / MP

Bordalo à Mesa A Cerâmica de Bordalo no Museu

Visitas orientadas às exposições. Info: 218 170 666 (Museu Rafael Bordalo Pinheiro) MP

ITINERÁRIOS DE LISBOA As Lojas de Tradição da Baixa

Lisboa é Poesia

3 NOV

Comemorações do Centenário da Revista Orpheu.

3, 7, 11, 19 NOV

Por Fabrícia Valente e Maribel Sobreira.

QUA A DOM: 14H, 18H, 20H30

Info: 917 021 238 (Passeios Culturais no Chiado)

MP

A História do Município de Lisboa Lisboa de Eça de Queirós 4 NOV

José Saramago e o Memorial do Convento 6 NOV

29/09/15 12:01


52

V I S I TAS G U I A DAS

As Lojas de Tradição do Chiado

Museu Benfica Cosme Damião

Lisboa Hebraica

São Luiz Teatro Municipal

De Xabregas ao Beato

Fábrica de Azulejos de Sant’Anna

10 NOV 10 NOV 11 NOV

Lisboa Medieval 12 NOV

Os 100 Anos da Revista Orpheu

19 NOV

23 NOV

24 NOV

Fundação Carmona e Costa 25 NOV

Raquel Henriques Silva. 7, 19, 21 OUT: 15H

EG

3 OUT: 14H30

Visita orientada por Miguel Horta.

Cidade de Espiões

António Cruz 11 OUT: 12H

Tensão e Liberdade

Visita por Hugo Barata.

Complexo dos Coruchéus

Lisboa Maçónica

Palácio do Lavradio

Calouste Gulbenkian: Da Coleção ao Museu

Lisboa de Fernão Lopes

Marcações preferencialmente por e-mail: lisboa.cultural@cmlisboa.pt Presencialmente no 1º dia útil do mês que antecede as visitas: 10h30-13h Por telefone a partir do 1º dia útil do mês que antecede as visitas: 14h-16h Info: 218 170 593 (Divisão de Promoção e Comunicação Cultural)

17 NOV 17 NOV

Sophia de Mello Breyner Andresen 20 NOV

O Regicídio de 1908 - Os Três Tiros que Abalaram a Monarquia 20 NOV

Junqueira Palaciana 21 NOV

Conhecer a Arte Urbana (GAU) 23 NOV

À Volta do Paço do Lumiar 24 NOV

Lisboa de Camões 26 NOV

Marcações a partir do 1º dia útil do mês que antecede o itinerário. Presencialmente: seg a sex: 10h-12h30 ou por telefone: seg a sex: 14h30-16h30 Info: 218 170 742 (Divisão de Promoção e Comunicação Cultural) lisboa.cultural@cm-lisboa.pt MP

VISITAS COMENTADAS Mural de Pintura de Luís Dourdil 3 NOV

Igreja de Santa Maria dos Olivais 4 NOV

Museu da Água Reservatório da Patriarcal 5 NOV

Artes e Ofícios: Chapelaria Azevedo/Ourivesaria Barreto & Gonçalves 9 NOV

26 NOV 27 NOV

EG / MP

ENIGMA LISBON

JOGO REAL NO CHIADO Homicídio em Pleno 25 de Abril de 1974 Consulta de Astrologia Sala Assombrada

Jogos repletos de enigmas, charadas e puzzles. TODOS OS DIAS

info@enigmalisbon.com MP

ESTÁDIO DO SPORT LISBOA E BENFICA

Visita ao Estádio

TODOS OS DIAS: 10H10-17H

Em dias de jogo não se realizam visitas. Info: 707 200 100 FONTE MONUMENTAL DA ALAMEDA

Artes e Ofícios: FranjarteCasa de Franjas/Casa Forra - Couros e Cabedais 17 NOV

Fundação Champalimaud 18 NOV

AGENDA_MIOLO_Outubro12.indd 52

18 OUT: 11H

Olhos nos Olhos

Visita por Cristina Campos. 18 OUT: 12H

X de Charrua

Visita orientada por Sandra Vieira Jürgens. 25 OUT: 13H15, 27 OUT: 12H

Um Museu no jardim e um Jardim no Museu

Visita orientada por Carlos Carrilho e Diana Pereira. 31 OUT: 11H

FUNDAÇÃO PORTUGUESA DAS COMUNICAÇÕES

O Museu Sai à Rua… Venha Conhecer o Bairro de São Paulo PRIMEIRO SÁB: 10H

Info: 213 935 177

IA

GARE MARÍTIMA DE ALCÂNTARA

Painéis de Almada Negreiros SEG A SEX: 10H30, 14H30

Info: 213 611 025 EG / MP

SÁB: 15H-17H

Jogos de Água

sales@labirintolisboa.com

Jogos de Luz

As luzes acendem-se 15 minutos após o crepúsculo solar. Info: 213 912 300 (Departamento de Ambiente e Espaço Público da CML) FUNDAÇÃO CALOUSTE GULBENKIAN

O Jardim como Síntese da Paisagem Visita orientada por Aurora Carapinha. 7 OUT: 17H

Meeting Point: Fantin-Latour e Manuel Botelho Visitas orientadas por equipa educativa do Museu e por

LISBON MOVIE TOUR

Fernando Pessoa Experience O passeio inclui dormida no quarto onde viveu Fernando Pessoa entre 1908 e 1912.

Afirma Pereira

Passeio dedicado ao filme realizado por Roberto Faenza. Ponto de encontro: Miradouro de S. Pedro de Alcântara, junto à fonte.

Filme do Desassossego

Passeio dedicado a Fernando Pessoa no cinema.

Capitães de Abril

Passeio centrado no filme com o mesmo nome.

Cine-Aperitivo Lisbon Movie Tour by Night TODOS OS DIAS

Info: 969 616 063 MP

TEATRO II II TEATRONACIONAL NACIONALD.D.MARIA MARIA

A Cidade Velha

4 OUT: 14H30

TEATRO NACIONAL D. MARIA II

13 OUT: 14H30

Lendas e Mistérios 20 OUT: 14H30

O Terramoto de 1755 27 OUT: 14H30

Ponto de encontro: Praça do Comércio, na esquina com a Rua do Arsenal. info@lisbonwalker.com LIVRARIA MÓVEL TELL A STORY

PASSEIOS LITERÁRIOS Walk a Story Pessoa

Passeio dedicado à vida e obra de Fernando Pessoa. TODOS OS DIAS

QUA, QUI, DOM:17H-22H, SEX, SÁB: 17H-24H

EG

12 NOV

Visita orientada por Filipa Santos.

A História de Portugal que os Livros não Contam

Igreja de São Roque - A Coleção dos Relicários Quinta da Alfarrobeira

À Mesa dos Povos: Usos e Costumes entre o Oriente e o Ocidente

Visita autoguiada às galerias interiores.

TODOS OS DIAS

11 NOV

12 OUT: 11H

LABIRINTO LISBOA

Centro de Arqueologia de Lisboa 10 NOV

Visita orientada

Venha Conhecer a Fonte por Dentro

TODOS OS DIAS: 12H-15H, 18H-23H

Lisboa Judaica

CADERNO DE APONTAMENTOS - VISITAS DESENHADAS

25 OUT: 12H 25 OUT: 13H15

12 NOV

LISBON WALKER

MP

Walk a Story Lisboa Literária Passeio dedicado a Luís de Camões, Eça de Queirós, Fernando Pessoa e José Saramago. TODOS OS DIAS

MP

walks@tellastory.pt MUSEU DA ÁGUA DA EPAL

Galeria do Loreto Visitas guiadas.

SEX: 15H, ÚLTIMO SÁB: 11H

Info: 218 100 215 (Museu da Água) MUSEU DO ALJUBE RESISTÊNCIA E LIBERDADE

Lisboa das Revoluções - Um Século XX Revolucionário Visita guiada por Fernando Rosas. Ponto de encontro: cimo do Parque Eduardo VII, junto às colunas.

24 OUT: 10H-13H, 15H3016H30

museudoaljube@cm-lisboa.pt IA

MUSEU DE ARTES DECORATIVAS PORTUGUESAS DA FUNDAÇÃO RICARDO DO ESPÍRITO SANTO SILVA

Visitas Guiadas ao Museu e às Oficinas de Artes e Ofícios e de Restauro SEG A SEX: 10H-13H, 14H30-16H30 MP

SEG, QUA: 11H, 15H, QUI: 15H MUSEU DA ASSOCIAÇÃO DE FUTEBOL DE LISBOA

Visitas Guiadas ao Museu SEG A SEX: 9H30-12H, 14H-17H EG MUSEU BENFICA COSME DAMIÃO

Visitas ao Museu

TODOS OS DIAS: 10H-18H

Em dias de jogo realizam visitas até ao início do mesmo. visitasestadio@slbenfica.pt MUSEU DA MARIONETA

Do Museu ao Bairro da Madragoa

Electra

Ricardo III

30 set – 4 out

Sala Garret

Electra 30 set – 4 out

15Ricardo out – 1 novIII

15 out – 1 nov

Sala Garrett

Sala Garrett

Sala Garret

de Tiago Rodrigues Electra produção de Tiago Rodrigues TNDM II produção Sala Garrett coprodução TNDM Viriato II Teatro

de William Shakespeare Ricardo III direção artística de William Shakespeare Tónan Quito direção artística Sala Garret produção TónanBala Quito Homem produção coprodução de William Shakespeare Homem TNDM II Bala direção artística coprodução Centro Cultural Tónan QuitoVila Flor TNDM Stage OneII produção

30 set – 4 out

15 out – 1 nov

coprodução de Tiago Rodrigues

Teatro Viriato M/12 produção

TNDM II M/12 coprodução Teatro Viriato

Centro Cultural Homem Bala Vila Flor coprodução TNDM II M/12 Centro Cultural Vila Flor Stage One

Panorama

Stage One M/12

2 – 4 out

Entraria M/12 sala... nesta

M/12 2Panorama – 4 out [Ciclo Recém-nascidos] Sala Estúdio

[Ciclo Recém-nascidos]

um espetáculo Sala Estúdio Panorama SillySeason criação coletiva um espetáculo Ana Sampaio [Ciclo Recém-nascidos] SillySeason Cátia Sala Tomé Estúdio criação coletiva Ivo Silva Ana Sampaio João Leitão um espetáculo Cátia Tomé Ricardo Teixeira

2 – 4 out

SillySeason Ivo Silva criação coletiva João M/16 Leitão Ana Sampaio Ricardo Teixeira Cátia Tomé Ivo Silva M/16 João Leitão Primeira Ricardo Teixeira

22Entraria out – 8 nov nesta Sala Estúdio sala...

22 out – 8 nov

de Ricardo Neves-Neves Entraria Sala Estúdio encenação nesta Sandra Faleiro sala... de Ricardo Neves-Neves direção artística encenação Tónan Quito Sala Estúdio Sandra Faleiro produção direçãoSintomas artística Primeiros de Ricardo Tónan Quito Neves-Neves coprodução encenação TNDM II produção

22 out – 8 nov

Sandra Faleiro Primeiros Sintomas

a classificar CCE direção pela artística coprodução

infância: M/16fabulário um Primeira

9 – 11 out infância: [Ciclo Recém-nascidos] umEstúdio fabulário Sala Primeira 9 – 11 out um espetáculo [Ciclo Recém-nascidos] infância: Terceira Pessoa Sala Estúdio criação um fabulário

TónanII Quito TNDM produção a Primeiros classificar Sintomas pela CCE coprodução TNDM II a classificar pela CCE

Ana Gil um espetáculo Maria Rita Moura Terceira Pessoa Nuno Leão [Ciclo Recém-nascidos]

9 – 11 out

criação Sala Estúdio

Ana Gil M/6

Maria Rita Moura um espetáculo Nuno LeãoPessoa Terceira

criação M/6 Ana Gil Maria Rita Moura Informações Nuno Leão e reservas 800 213 250 Bilheteira online M/6 www.teatro-dmaria.pt

Informações e reservas 800 213 250 Bilheteira online www.teatro-dmaria.pt PARC E I RO D E C O M U N I CAÇÃO

PARC E I RO S TN D M I I

Informações e reservas 800 213 250 Bilheteira online www.teatro-dmaria.pt PARC E I RO D E C O M U N I CAÇÃO

PARC E I RO D E C O M U N I CAÇÃO

PARC E I RO S TN D M I I

PARC E I RO S TN D M I I

Visita guiada pelo bairro da Madragoa.

29/09/15 12:01


V I S I TAS G U I A DAS

53

PALÁCIO NACIONAL DA AJUDA

O Quotidiano da Família Real Um Dia de Gala no Paço da Ajuda servicoeducativo@pnajuda. dgpc.pt GO / MP

© Luisa Ferreira

PANTEÃO NACIONAL

De Igreja a Panteão

Visita ao monumento. PG

PARQUE FLORESTAL DE MONSANTO

VÁRIOS LOCAIS 10 E 11 OUTUBRO WWW.OPENHOUSELISBOA.COM

Percursos Pedestres

4º OPEN HOUSE LISBOA

EG / MP

museudamarioneta@egeac

De Convento a Museu Marionetas Portuguesas Marionetas Orientais Visitas temáticas.

MP

MUSEU NACIONAL DE ARTE ANTIGA

El Greco, A Sagrada Família com Santa Ana Visita orientada.

Visita ao Museu e ao Parque Botânico do Monteiro-Mor TER: 14H-18H, QUA A DOM: 10H-18H E / GO / MP

MUSEU DO ORIENTE

Presença Portuguesa na Ásia e Sombras da Ásia Visita às exposições permanentes.

4 OUT: 11H

DOM: 16H

Luca Cambiaso e o seu Círculo. Desenhos

MUSEU DA PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA

4 OUT: 11H30

TER A SEX: 10H-13H, 14H-18H

MUSEU NACIONAL DO AZULEJO

GO / MP

Visita orientada.

Visita ao Museu e Convento da Madre de Deus TER A DOM: 10H-16H30 GO / MP

Visitas Orientadas ao Museu

Visitas Orientadas ao Palácio Nacional de Belém e Jardins SÁB: 10H30, 11H30, 14H30, 15H30, 16H30 MP / PG

MUSEU NACIONAL DE ETNOLOGIA

OUTRA LISBOA

TER, QUI, SÁB: 15H30

Sete percursos para uma nova perspetiva sobre Lisboa.

Galerias da Amazónia visitasguiadas@ mnetnologia.dgpc.pt GO / MP

MUSEU NACIONAL DO TEATRO E DA DANÇA

Ex-Votos Teatrais. José Caldas, 40 Anos de Teatro

Visitas guiadas às exposições. TER A DOM: 10H-18H

servicoseducativos@ mnteatroedanca.dgpc.pt EG / GO / MP

Viagens num Espaço Urbano Maior TODOS OS DIAS: 10H30

Info: 927 136 291 E / GO / MP

Comboio de Passeio

SEG A DOM: 10H-19H

Tejo Bike

Aluguer de bicicletas.

TODOS OS DIAS: 12H-18H

Info: 218 919 333 PEDDY +

Passeio da Colina de Santana 31 OUT: 15H

Visita ao Edifício 1º DOM: 11H

EG

ezequiel.marinho@cmlisboa.pt PADRÃO DOS DESCOBRIMENTOS

Visitas ao Padrão E / GO / MP

PLATAFORMA LX

Lisboa numa Linha

Percurso com início na Praça Marquês de Pombal e fim na Praça do Comércio

A Primeira Avenida

Percurso que desvenda histórias da artéria paralela à Avenida da Liberdade - Rua de Santa Marta - que durante muitos séculos foi uma das principais vias de entrada na cidade de Lisboa.

Em Direção à Primeira Colina Com início no Largo de S. Domingos e subindo pelo ascensor do Lavra chega-se à Colina de Sant’Ana. TODOS OS DIAS:10H12H, 14H-16H, 17H-19H

walktheline@plataformalx.pt MP

REITORIA DA UNIVERSIDADE NOVA DE LISBOA

Visitas ao Edifício

As visitas têm de ser marcadas com 15 dias de antecedência. nova.comunica@unl.pt MP

SINGULARTRIPS

PAÇOS DO CONCELHO

TEATRO NACIONAL D. MARIA II

TCHARAN EVENTOS

JANTARES MISTÉRIO A Morte do Artista Noite de Gangsters

Cerveja Artesanal

Ponto de encontro: Fórum Picoas. 11 OUT: 17H

Ginginha

Ponto de encontro: Rossio, em frente ao Café Nicola. 18 OUT: 14H

TEATRO NACIONAL D. MARIA II

IA

TEATRO NACIONAL D. MARIA II

Visitas Guiadas SEG: 11H30

Info: 213 250 829 MP

visitas@saocarlos.pt

PARQUE DAS NAÇÕES

TEATRO NACIONAL D. MARIA II

MP

Peddy Paper

peddymais@gmail.com MUSEU NACIONAL DO TRAJE E DA MODA

SEG A SEX

TEATRO NACIONAL DE SÃO CARLOS

MP

ATÉ NOV ÚLTIMO SÁB: 10H

Visitas Guiadas

Info: 968 297 047 (Acção Natura)

O jogo parte de Campolide, atravessa o Aqueduto e termina em Monsanto. Info: 218 452 689 (Papa-Léguas)

Escolas, palácios, igrejas, teatros, edifícios de escritórios, infraestruturas icónicas e habitações privadas, projetos de raiz ou reabilitações, constam de um vasto programa que promove o conhecimento da capital e o reconhecimento do valor do seu património arquitetónico e urbano. O evento disponibiliza três tipos de visitas: livres, acompanhadas por voluntários e comentadas pelos próprios autores do projeto ou outros especialistas. Esta 4ª edição envolve um maior número de especialistas visando uma maior aproximação dos autores ao visitante, elucidando opções de projeto, desvendando inspirações e revelando processos de criação. LAE

SOCIEDADE HISTÓRICA DA INDEPENDÊNCIA DE PORTUGAL

Visitas Guiadas E / GO / MP

TIME TRAVELLERS

Castelo de São Jorge

Ponto de encontro: entrada do Castelo. 10 OUT: 10H-12H

Inscrições abertas até 8 out.

Passeio à Lisboa Romana Ponto de encontro: Praça do Comércio. 17 OUT: 10H-13H

Inscrições abertas até 15 out.

Passeio à Lisboa Medieval

Ponto de encontro: Casa dos Bicos. 24 OUT: 10H-13H

Inscrições abertas até 22 out.

Os Santos de Lisboa

Ponto de encontro: Miradouro da Graça. 31 OUT: 10H-13H

Inscrições abertas até 29 out.

O Dia em que a Terra Tremeu Ponto de encontro: Largo do Carmo. 1 NOV: 10H-13H

Inscrições abertas até 30 out. Info: 965 107 138/88 UM OUTRO OLHAR

Alcântara - Fé e Trabalho Ponto de encontro: Igreja das Flamengas, na Rua 1º de Maio, 20. 11 OUT: 10H

Alcântara - Palácios, Gentes e Artes

Ponto de encontro: estação da CP de Alcântara-Terra. 18 OUT: 10H

Info: 213 615 200 (Junta de Freguesia de Alcântara) EG

UNDERDOGS ART STORE

Underdogs Public Art Tours

Visitas guiadas em minibus ou sidecar por várias intervenções artísticas. Ponto de encontro: Underdogs Arte Store, na Time Out - Mercado da Ribeira. SÁB: 14H-17H

MP

Música no D. Maria II — Música no Música no a coleção D. II — D.Maria Maria II — de partituras a coleção a coleção

de até 30 dez departituras partituras até 30 dez ter sáb, 15h – 18h até–30 dez Entrada Livre ter – sáb, 15h – 18h ter – Livre sáb, 15h – 18h Entrada Entrada Livre curadoria curadoria David Cranmer David Cranmer curadoria exposição exposição David Cranmer TNDM TNDM IIII exposição em colaboração com em colaboração com TNDM(FCSH-UNL) II(FCSH-UNL) CESEM CESEM em colaboração com CESEM (FCSH-UNL)

APAV 25

APAV 25 anos — Tertúlia APAV 25 anos  — T ertúlia em torno de  anos  —   T ertúlia em torno de  “O Chamador” em torno de  de Álvaro “O Chamador” Laborinho Lúcio “O Chamador” de Álvaro 6de Álvaro out, 18h30 Lúcio Laborinho Entrada Livre 6Laborinho out, 18h30 Lúcio com Entrada Livre 6 out, 18h30 Álvaro Laborinho Lúcio Entrada Livre e Maria João Luís com moderação Álvaro Laborinho com Moura Paula PinheiroLúcio eÁlvaro Maria João Luís Lúcio Laborinho moderação e Maria João Luís Paula Moura Pinheiro moderação Paula Moura Pinheiro Debate sobre

criação emergente portuguesa

Lançamento do catálogo da Lançamento Lançamento exposição do catálogo da “Música do catálogo da no D. Maria II — exposição “Música exposição “Música no D. Maria II  —  no a coleção D. Maria II —  a coleção de partituras”  a coleção de partituras” e recital de partituras” e recital 23 out, 19h e recital 23 out, 19h Entrada Livre

23 out, 19h

Entrada Livre

Entrada Livre edição edição II TNDMTNDM II edição BichoBicho do Mato do Mato TNDM II pianopiano Bicho do Mato João João Paulo Santos Paulo Santos voz piano voz Russo Ana Paula João Paulo Santos Ana Paula Russo voz Ana Paula Russo

Debate “Poder, Debate “Poder, atrocidade Debate “Poder, e imaginário”  — atrocidade a propósito atrocidade e imaginário” — de Ricardo III e imaginário”  —

a propósito de Ricardo III Entrada Livre de Ricardo III 24 out, 16h 24 out, 16h a propósito com Livre DianaEntrada Henderson Francesca Rayner Entrada Livre Robert Sawyer com Rui Carvalho Homem Diana com Henderson

24 out, 16h

Diana Henderson Francesca Rayner Francesca Rayner Robert Sawyer Robert SawyerHomem Rui Carvalho Lançamento Rui Carvalho Homem

do livro “Entraria Debate 11Debate out, 18h sobre sobre Entrada Livre emergentenesta sala…” criação criação emergente27 out, Lançamento 19h com portuguesa Lançamento Entrada Livre portuguesa Ana Pais do livro “Entraria 11 out, 18h José Capela do livro “Entraria edição 11 out, 18h Entrada nesta sala…” Rui Horta Livre TNDMnesta II Entrada Livre sala…”

27 out, 19h 19h 27 out,Livre Entrada

Bicho do Mato

com comPais Ana Ana Capela Pais José José Capela Rui Horta Rui Horta

Entrada Livre

edição edição TNDM II TNDM II Bicho do Mato Bicho do Mato

Bilheteira online www.teatro-dmaria.pt

PARC E I RO D E C O M U N I CAÇÃO

PARC E I RO S TN D M I I

Bilheteira Bilheteiraonline online www.teatro-dmaria.pt www.teatro-dmaria.pt

info@under-dogs.net E ESCOLAS EG ENTRADA GRATUITA IA INSCRIÇÕES ABERTAS GO GRUPOS ORGANIZADOS MP MARCAÇÃO PRÉVIA PG PÚBLICO EM GERAL

PARC E IERO PARC I RO D ED C UN EO CM OM U INCAÇÃO I CAÇÃO

PARC PARCEEI RO I ROSSTN TNDDMM I III

> Contactos pág 62

AGENDA_MIOLO_Outubro12.indd 53

29/09/15 12:01


CRIANÇAS

54

Outras viagens 7-12 anos

TER A SEX E / MP

QUINTA PEDAGÓGICA DOS OLIVAIS

Oficina de Cerâmica Maiores de 3 anos

3, 17, 31 OUT: 11H, 12H, 15H EG

Info: quinta.pedagogica@ cm-lisboa.pt C I Ê N C I AS ASSOCIAÇÃO DOS AMIGOS DOS CASTELOS

Vita Civitatis… A Cidade e o Quotidiano Medieval SEG A SEX: 9H30, 11H, 14H, 15H30 E / MP

CASA DO CORETO

Workshop de Marionetas Maiores de 4 anos 10, 17 OUT: 15H

Info: 938 018 777

CASTELO DE S. JORGE

Domingos em Família Maiores de 5 anos

Romanos, Árabes e Cruzados 11 OUT: 11H

O Séc. XV com a Arte de Gil Vicente 18 OUT: 11H

FUNDAÇÃO CALOUSTE GULBENKIAN

Baú do Explorador do Jardim Oficina 6-10 anos

CENTRO CULTURAL DE BELÉM 23 E 24 DE OUTUBRO PRAÇA DO IMPÉRIO / 213 612 400 / WWW.CCB.PT

17 OUT: 14H30

FESTIVAL BIG BANG

Natureza-Morta a Duas Mãos Visita-oficina 8-12 anos

18 OUT: 10H30

Vem aí mais um Big Bang. Este mês, o CCB volta a ser palco de uma alucinante viagem de descoberta para crianças entre os quatro e os 12 anos. A sexta edição decorre nos dias 23 e 24 de outubro e volta a reunir compositores, músicos e performers portugueses e de outros países da Europa. O intuito mantém-se o mesmo: dar a conhecer aos mais pequenos um mundo musical alternativo, bem diferente da música comercial a que estão acostumados. O sucesso das

edições anteriores vem provar que as crianças gostam de conhecer coisas novas e não negam à partida uma música que desconhecem. O projeto é uma iniciativa da belga Zonzo Compagnie, e conta com parceria de mais seis países, incluindo Portugal. Entre outros nomes nacionais, esta edição conta com participação da Big Band Júnior, Anatomia do Piano, Dead Combo e António Gonçalves com Filipe Raposo. Toda a informação no site do CCB. Filipa Santos

Fauna Marinha Oficina 6-10 anos

24 OUT: 14H30

O Mistério da Esfinge Visita-oficina 5-12 anos

31 OUT: 14H30 ARTES ACADEMIA NOVAS LETRAS

Artes plásticas 5-12 anos

Desenho e Pintura 9-18 anos

4-16 anos

ATÉ JUL TER E QUI: 17H30-19H IA

ATELIER DO PAÇO

Ateliê de Arte 5-12 anos

SÁB: 10H-12H

CFA - CENTRO DE FORMAÇÃO ARTÍSTICA/ TEATRO DA VOZ

Desenho Aberto

Maiores de 7 anos

SEG: 16H45-18H25 QUA: 18H45- 20H15 IA

ESCOLA DE BELASARTES PEDRO SERRENHO

MP

Info: cursolisboa@gmail.com

ARTE ILIMITADA

ATELIER DE SÃO BENTO

Artes Plásticas

SÁB: 11H00-13H00

TER: 15H-17H, 17H-19H

QUA: 14H-16H, 17H-19H30, SÁB: 10H-13H

Expressão Plástica

Formação Vocacional Artes- Escultura TER: 17H-19H IA / MP

ARTKIDS

Ensino artístico, oficinas de arte pedagógicas e sessões de arte como terapia

AGENDA_MIOLO_Outubro12.indd 54

Artes Plásticas MP

CAULINO CERAMICS

Workshops de Cerâmica 5-14 anos

QUA: 17H-18H30 IA

5-12 anos

escoladeartespedroserrenho. blogspot.com MP

ESPAÇO 62

Artes plásticas 5-12 anos

QUI: 18H-19H

MAPA – ESPAÇO CRIATIVO

Desenho e Pintura Maiores de 13 anos IA

MUSEU DAS CRIANÇAS

Vermelho… Uma Viagem através da Cor Exposição MP

MUSEU MILITAR

Uma história com…

Ateliê 4-8 anos Info: uma.historia.com@ gmail.com / 919 724 765 E / GO / MP

MUSEU NACIONAL DO AZULEJO

Pintar um Azulejo! Oficina de pintura

Maiores de 3 anos E / GO / MP

Info: 218 100 340 MUSEU NACIONAL DE ETNOLOGIA

Moinhos e Moídos, Panelas Cantoras Oficinas de expressão plástica 4-12 anos

FUNDAÇÃO PORTUGUESA DAS COMUNICAÇÕES – MUSEU DAS COMUNICAÇÕES

O cabo submarino num mar de conetividades

Oficinas Pedagógicas alusivas à exposição

E / GO / MP / EG

Vive no fundo do mar e não é um peixe?!? Não, é um Cabo

MUSEU DA PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA

MP / PG / E / GO

Frente a frente… com um Presidente 4-12 anos

Como se faz uma bandeira

Visita guiada Maiores de 3 anos

Os Meninos do Mar Contos Maiores de 6 anos MP / PG / E / GO

6-12 anos

Acrescenta um Ponto! 9-12 anos

29/09/15 12:01


C R I A N ÇAS C I Ê N C I AS / C I N E M A / F O TO G R A F I A / C I R C O / DA N ÇA

55

AULA MAGNA 24 DE OUTUBRO, ÀS 16H ALAMEDA DE UNIVERSIDADE / 210 113 448

LIVRARIA CABEÇUDOS SÁBADOS, DE OUTUBRO A JUNHO R. ANTÓNIO LOPES RIBEIRO, 7 A / 218 005 184 / WWW.CABECUDOS.COM

MUSEU DA MARIONETA 31 DE OUTUBRO, ÀS 16H, 1 DE NOVEMBRO, ÀS 11H30 RUA DA ESPERANÇA / 213 942 810 / WWW.MUSEUDAMARIONETA.COM

O LIVRO DA SELVA

PROL EM FAMÍLIA

A FLOR MAIOR DO MUNDO

O intemporal O Livro da Selva, de Rudyard Kipling, sobe ao palco da Aula Magna no dia 24 deste mês. Com produção da Vivon-stage, o musical é uma verdadeira celebração da amizade. Diversão e aventura são os ingredientes principais deste espetáculo que tem como estrela principal Mogli, um rapaz criado por lobos e que vive na selva. A pantera Baguera aconselha-o a procurar segurança no mundo dos homens, mas Mogli, sentindo que a selva é o seu verdadeiro lar, resiste à ideia. Acaba por travar amizade com Balu, um adorável urso que o acompanha na viagem de regresso à civilização. Aí começa uma verdadeira aventura, e os dois amigos vão cruzarse com outros animais e viver verdadeiras peripécias. Com um cenário fantástico e música contagiante, O Livro da Selva promete deliciar toda a família. FS

Caixas de Histórias do Fundo do Mar

Oficina de trabalhos-manuais Maiores de 3 anos MP / PG / E / GO

Casas no Fundo do Mar

Oficina de trabalhos-manuais Maiores de 5 anos MP / PG / E / GO

Fusos Horários: navegar pelo Tempo Visita guiada Maiores de 6 anos MP / PG / E / GO

Rede de Histórias MP / PG / E / GO

Mensagens Submersas Jogo de pistas MP / PG / E / GO

ATÉ 30 ABR/16 MUSEU DAS CRIANÇAS

A Minha Pátria é Portugal 3-8 anos

Era uma vez a Ciência!

MUSEU DA ELETRICIDADE

Carrinhos Solares, Não acordes o Dragão, Laboratório de Invenções Ateliês Maiores de 6 anos MP / PG / E

MUSEU NACIONAL DE ARTE ANTIGA

As Ruas do meu Corpo Oficina Maiores de 6 anos

18 OUT: 10H30-13H MP / EG

Info: se@mnaa.dgpc.pt

MUSEU DO ORIENTE

Sábados em Oficina Uma Cidade Proibida? 6-12 anos

10, 24 OUT: 15H-17H

Domingos dos 2 aos 4 A Estrela Sol! 2-4 anos

11, 25 OUT: 11H-12H OCEANÁRIO

Ciência com balões

Maiores de 4 anos

Brincar com a Matemática

PADRÃO DOS DESCOBRIMENTOS

6-10 anos 4-7 anos

Fantástica Matemática 8-10 anos

H2O – O Ciclo da Água 8-10 anos E / MP

Dormindo com os Tubarões E / PG / MP

Ateliês

O médico do mar, Os segredos do mar, O Grande Jogo dos descobrimentos, Puzzle fantástico, Entre fronteiras, Vou de viagem, o que levo na bagagem, Herbarium, Cruzando mares e oceanos, Entre Fronteiras MP

AGENDA_MIOLO_Outubro12.indd 55

CINE MA/ FOTOGRAFIA ATMOSFERA M

Filminhos Infantis à Solta pelo País

O Coelho e o Veado, Ginjas e as Galinhas Coloridas, Nicolas e Guillemette, As Aventuras de Miriam: A Moldura Partida, Foxy & Meg vão ao Supermercado, Mancha e Manchinhas: os Sapatos Mágicos, Luzinha, Hezarfen Maiores de 4 anos

3 OUT: 15H PG

Viagem ao corpo humano 6-10 anos

A Livraria Cabeçudos reabre as suas portas aos sábados, de outubro a junho. O motivo da reabertura prende-se com um inovador projeto pensado para petizes dos seis meses aos cinco anos que pretende aproximar as crianças da leitura. Denominado Prol em Família – Educação Literária para Crianças, o programa tem o apoio do professor Fernando Pinto do Amaral e do pediatra Mário Cordeiro. Ana Isabel Gonçalves e Paula Pina serão as dinamizadoras de serviço ao longo das 36 sessões previstas, promovendo um contacto afetivo com a linguagem literária, o livro e a leitura. Música, artes visuais, movimento e palavra fundem-se para cativar os mais pequenos para a leitura. Haverá diferentes horários consoante as faixas etárias (ver pág. 57), sendo que as sessões têm o custo de 40€ por mês. Mais informações: info@cabecudos.com. FS

Info: atmosferam.lisboa@ montepio.pt AUDITÓRIO CARLOS PAREDES

Filminhos Infantis à Solta pelo País

O Coelho e o Veado, Ginjas e as Galinhas Coloridas, Nicolas e Guillemette, As Aventuras de Miriam: A Moldura Partida, Foxy & Meg vão ao Supermercado, Mancha e Manchinhas: os Sapatos Mágicos, Luzinha, Hezarfen Maiores de 4 anos

18 OUT: 11H30 PG

Info: servicoeducativo@ zeroemcomportamento.org DARC

Cursos de Expressão Corporal, Dramática e Cinema 3-16 anos

OUT A JUN/16 VÁRIOS HORÁRIOS I A / MP

ESPAÇO INATEL MOURARIA

Que feitiço é este?

Construção de brinquedos óticos 6-12 anos 31 OUT: 10H-13H

Info: 919 300 853 / kino-doc@ sapo.pt MUSEU COLEÇÃO BERARDO

Filminhos Infantis à Solta pelo País

O Coelho e o Veado, Ginjas e as Galinhas Coloridas, Nicolas e Guillemette, As Aventuras de Miriam: A Moldura Partida, Foxy & Meg vão ao Supermercado, Mancha e Manchinhas: os Sapatos Mágicos, Luzinha, Hezarfen Maiores de 4 anos 10 OUT: 15H30 PG

Info: servicoeducativo@ zeroemcomportamento.org CIRCO ARMAZÉM 13

Circo Kids

Workshop de atividades circenses SÁB: 11H

CENTRO CULTURAL DE CARNIDE

Tendas Circus

Workshop de artes circenses Qua: 18h-20h, dom: 9h-13h Info: 936 140 727 MP

Baseado no livro A Maior Flor do Mundo, de José Saramago, o Teatro 4 Elementos criou um uma peça de teatro e sombras, cheia de magia e com uma mensagem de esperança. A Maior Flor do Mundo foi o primeiro livro infantil escrito pelo Nobel português, e conta a história de um menino que, aventurando-se para além dos limites da sua aldeia, encontra uma pequena flor murcha. A criança não hesita em fazer várias viagens a pé até ao rio para, com as suas pequenas mãos, transportar água de forma a salvá-la. A flor retribui, aconchegando-o até que os pais o encontrem. Pensado para crianças a partir dos quatro anos, a peça pode ser vista nos dias 31 de outubro e 1 de novembro. FS

CHAPITÔ

Ateliê de Circo

Maiores de 5 anos SÁB: 10H-11H

4-12 anos

MP

MP

ATELIER DO PAÇO

TEATRO D. LUÍS FILIPE (TEATRO DA LUZ)

Maiores de 5 anos

QUA: 18H

Aulas de Novo Circo

Acrobacias Aéreas: Tecido, Trapézio, Lira, Corda

SEG A QUI: 18H-19H30, SÁB: 11H-13H MP / IA

Danças Tradicionais e de Roda DOM: 10H-11H

C.E.M – CENTRO EM MOVIMENTO

Dançar uma História Maiores de 4 anos

SEX: 18H30-19H30 DA N ÇA A LOJA DAS ATIVIDADES

CENTRO CULTURAL DE CARNIDE

3-6 anos

Vários Horários

Ballet Criativo

Ballet

SÁB: 15H

Hip Hop

ACADEMIA DE DANÇA DANÇARTE

Cursos

Ballet, Hip-Hop, Dança Criativa, Sevilhanas, Flamenco Info: 938 514 529 MP

ALUNOS DE APOLO – ESCOLA DE DANÇA

Aulas de Dança SÁB: 10H

ART!IST – ACADEMIA DE DANÇA, TEATRO & PERFORMANCE

Cursos de Hip-Hop Info: 912 561 972

ASSOCIAÇÃO RENOVAR A MOURARIA

TER E QUI: 18H45-19H45

Info: 936 140 727 MP

CENTRO CULTURAL PADRE CARLOS ALBERTO

Dança clássica, dança contemporânea, dança criativa, barra de chão, pontas IA

Info: pontifice73@gmail.com CENTRO DE FORMAÇÃO – CASA DO ARTISTA

Bailado clássico

Maiores de 3 anos IA

Info: 919 626 383 (Academia de Ballet)

Ballet

29/09/15 12:01


56

C R I A N ÇAS DA N ÇA / F E S TAS D E A N I V E R SÁ R I O / G I N ÁS T I CA /D E S P O R TO / JA R D I N AG E M / L E T R AS

CHAPITÔ

Capoeira

QUI: 18H CULTURGEST

Novo

11, 18 OUT: 16H PG

13 A 16 OUT: 11H E / GO / MP

DANÇA DO SABER

Dança Criativa, Ballet, Hip Hop Kids & Teens Vários horários MP / IA

DANCE FACTORY STUDIOS

TEATRO CAMÕES

Projetos de Aproximação à Dança Morceau de Bravoure Workshop promovido pela Companhia Nacional de Bailado 9-16 anos

21, 27, 29 OUT: 14H-17H

Inscrições até 14 out: www.cnb.pt/gca

TEATRO D. LUIZ FILIPE (TEATRO DA LUZ)

Ballet

A partir dos 3 anos

VÁRIOS HORÁRIOS DANCE SPOT

Hip-Hop, Ballet, Contemporâneo, Sapateado

Ballet, Dança Contemporânea, Dança Jazz, Dança Tradicional Irlandesa, Hip-Hop, Danças Orientais MP

ESPAÇO DANÇA DE PALMIRA CAMARGO

Ballet Kids MP

ESCOLA DE DANÇA RAQUEL OLIVEIRA

Danças espanholas, Dança para crianças IA / MP

FORUM DANÇA

LX DANCE

Ballet MP

SOU – MOVIMENTO E ARTE

Dança Criativa 2-14 anos MP

AGENDA_MIOLO_Outubro12.indd 56

CMS - CENTRO DE MEDITAÇÃO SOLARIS

Toca a Mexer!

25 OUT: 11H30 EG / MP

THE LITTLE GYM

IA

ESPAÇO YOGA RESTELO

QUA: 16H30-17H30

F E S TAS D E A N I V E R SÁ R I O CASTELO DE SÃO JORGE

Núcleo Museológico 6-12 anos

SÁB, DOM: 15H-18H E / GO / MP

CULTURGEST

5-12 anos

SÁB, DOM GO / MP

MUSEU DA MARIONETA

5-12 anos

SÁB, DOM MP

VER MAIS INFORMAÇÃO EM WWW.AGENDALX.PT G I N ÁS T I CA / D E S PORTO A LOJA DAS ATIVIDADES

Karaté

3-6 anos

DOM: 11H-11H45

7-12 anos

ACADEMIA DE DANÇA – DANÇARTE

Karate

Info: 938 514 529 / 217 147 244 ACADEMIA TALENTOS À VISTA

Aulas de Taekwondo 4-14 anos

TER, SEX: 18H15-19H

SÁB: 17H30-19H SEG: 18H30-19H30

MP

1-9 meses

SÁB: 12H-13H

MP

Break Dance Kids, Capoeira Kids, Hip Hop Babies, Hip Hop Kids, Shake-it-up Teens

TER E QUI: 18H30-20H

6-9 anos

ALMA CHEIA

JAZZY DANCE STUDIOS

Até aos 12 meses

6-12 anos

Info: quinta.pedagogica@ cm-lisboa.pt

FULLOUT DANCE ACADEMY

Ballet Kids, Hip-Hop Kids

Massagem para Bebés

Futsal

Tai-Chi

Aulas de Dança Criativa Contemporânea

MP

ÚLTIMO SÁB: 11H-12H

CENTRO OLÁ MAMÃ

POLIVALENTE DE SANTA CATARINA

2-4 anos

MP

Famílias Dançantes

MP

MP

DOM: 12H-12H45

TER: 15H-16H

Info: 936 140 727

MP

MP

Pré-Ballet, Ballet, Dança Criativa, Dança Contemporânea, Teatro, Bebé Dança, Famílias Dançantes Bebé Dança

SEG E QUA: 18H-19H

SEG: 17H30

3-5 anos

MP

ESCOLA DE DANÇA ANA KÖHLER

Savate Kangaroo

QUINTA PEDAGÓGICA DOS OLIVAIS

Hip Hop Teens DANÇA LIVRE - ESCOLA DE DANÇA

TER E QUI: 18H-19

Dodgeball, Defesa Pessoal, Fitness, Badminton, Ginástica

Babyoga

Dança Criativa MP

Capoeira

NEXGYM

Dança Criativa para Crianças

WORK IN STUDIO

3-6 anos

CENTRO CULTURAL DE CARNIDE

Zen Kids

Maiores de 10 anos

Babyoga MP

Ginástica para Bebés e Crianças 4 meses-12 anos

VÁRIOS HORÁRIOS IA / MP

GINÁSIO BEIJA-FLOR

Capoeira Infantil 3-16 anos

QUA E SEX: 19H30-20H30 GINÁSIO CLUBE PORTUGUÊS

Aikido, Ginástica, Judo, Esgrima, Tiro com Arco, Capoeira, Futebol Baby Gym MP

GYMBOREE

Play & Learn: Música, Artes, School Skills, Sports, Mommy and Baby Fitness

JA R D I N AG E M ESCOLA DE JARDINAGEM

Jardim do Saber, Mãos Verdes 3-12 anos

SEG A SEX

Programas de Sensibilização Ambiental MP / EG

QUINTA PEDAGÓGICA DOS OLIVAIS

A Vida na Quinta

Programas de desenvolvimento infantil 0-5 anos

Maiores de 6 anos

IA

Maiores de 3 anos

Workshops The Happiest Baby on the Block, Baby Signs 0-24 meses

HIPÓDROMO DO CAMPO GRANDE

Aulas de equitação

24 OUT: 11H

O Ciclo do Pão 10 OUT: 11H

Aromas e Sabores Maiores de 3 anos 10 OUT: 15H

Da Tosquia à Cor da Lã Maiores de 4 anos 24 OUT: 15H EG / MP

ISSHIN DOJO – LX FACTORY

Aikido

6-14 anos

Yoga

Maiores de 3 anos

VÁRIOS HORÁRIOS IA

JAZZY DANCE STUDIOS

Ginástica, Capoeira 4-12 anos

L E T R AS CASA FERNANDO PESSOA

Tenho um Amigo Imaginário! Oficina de escrita 6-11 anos 3 OUT: 10H30

CENTRO CIENTÍFICO E CULTURAL DE MACAU

MP

A Escrita Chinesa

Info: 960 271 750 | projetozenkids@gmail.com

JUST4TEENS

MP

ART!IST – ACADEMIA DE DANÇA, TEATRO E PERFORMANCE

TER, QUA, QUI: 10H-12H

Judo, Condição Física Info: 912 561 972

CASA DE GIZ – ASSOCIAÇÃO CULTURAL

Happy Yoga 5-12 anos

TER: 18H-18H45 IA / MP

Socialização e Descoberta para Bebés e Crianças

A LOJA DAS ATIVIDADES

Pilates

Maiores de 14 anos SÁB: 11H-11H45

A PISCINA DOS BEBÉS

Natação, Hidroterapia MP

Maiores de 6 anos

CENTRO EUROPEU DE LÍNGUAS

Estudo Lúdico da Língua Inglesa Maiores de 6 anos MP

CENTROS HELEN DORON EARLY ENGLISH

Helen Doron Early English Ensino de inglês 3 meses-14 anos MP

29/09/15 12:01


C R I A N ÇAS M Ú S I CA

57

ESCOLA SECUNDÁRIA PEDRO NUNES

MUSEU DAS CRIANÇAS

QUA: 14H30-15H30

3-7 anos

Hora do Conto Um Sapato Especial

Aulas de Mandarim IA

Música para Bebés e Papás Até aos 3 anos

A Aventura dos 5 Sentidos

ESCREVER ESCREVER

3-8 anos

Escrita Criativa 7-11 anos

O Reino de Pernas p’ro Ar

31 OUT: 15H-17H

3-5 anos

12-15 anos

31 OUT: 17H-19H

Que Rica Alimentação!

MP

ESPAÇO PESSOA E COMPANHIA

SEG A SEX: 14H-20H

História da Carochinha

ALMA ESCOLA DE ARTES

Técnica vocal

Maiores de 6 anos

QUA, QUI E SÁB

MUSEU MILITAR

QUA: 17H30-18H

Escrita Criativa

MP / EG

EVOÉ - ESCOLA DE ACTORES

Contadores de Histórias

8-12 anos Info: uma.historia.com@ gmail.com / 919 724 765 / 967 455 116

SEG: 18H30-20H30

E / GO / MP

LEITURIA

MUSEU DO ORIENTE

3, 10, 24 OUT: 11H

3 OUT A 19 DEZ: 10H3012H30

Sábados de Histórias na Bulhosa Qual é a verdadeira História do Capuchinho Vermelho? 4-10 anos MP

Info: entrecampos@bulhosa. pt

Desenho

MP / E

IA

TERÇA: 17H-19H

Violino, violoncelo, piano, teoria musical ASSOCIAÇÃO RENOVAR A MOURARIA

Guitarra

SÁB: 10H30

IA

6-18 meses

SEG: 17H-19H QUA: 14H30-16H30 SÁB: 11H-13H

Oficina pedagógica 9-12 anos

Mandarim 6-12 anos

OUT A JUN

Info: geral@anapar.pt

ARTS2SCIENCE

SALA D’AULA

Prol - Programa de Literacia Emergente em Família

DOM: 10H

Jovens

TER A SEX

LIVRARIA CABEÇUDOS

4 meses-3 anos

MUSEU DA PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA

Acrescenta um Ponto!

17 OUT: 11H

Música para Bebés

Ateliês de Expressão Plástica

7-11 anos

LIVRARIA BULHOSA

ARTE GRAÇA

ARTE ILIMITADA

Primeiras Palavras em Chinês – Nível 1

Hora do Conto

ACADEMIA NOVAS LETRAS

3-6 anos

MP / E

3-5 anos

TER: 18H30

Piano, Guitarra, Saxofone, Violino, Violoncelo, Bateria, Flauta e Acordeão

2-7 anos

Hora do Conto

ACADEMIA DE MÚSICA DE TELHEIRAS

MP

SÁB: 10H30

19-35 meses

M Ú S I CA

SÁB: 11H30

3-5 anos

ACADEMIA DE MÚSICA

SÁB: 16H

Iniciação Musical

Info: info@cabecudos.com       

0-36 meses

ACADEMIA DE MÚSICA DA GRAÇA

Conta uma História de Bombeiros

Guitarra, Piano, Violino, Violoncelo, Bateria, Canto, Baixo

4-10 anos

SEG A SEX: 10H-11H30, 14H-15H30

Maiores de 6 anos MP Info: 917 687 025

E / GO / MP / EG

ED

IÇÃO ESP

DA

Ç

ESPECIA

IAL

EDI

ÃO

EC

MO

L

Aulas de harpa e harpa elétrica

Projeto Reciclo Orquestra Oficina de construção de instrumentos musicais 6-17 anos

QUA: 19H-20H30, SÁB: 10H-13H CENTRO CIENTÍFICO E CULTURAL DE MACAU

Instrumentos Musicais Chineses Maiores de 6 anos MP

CENTRO CULTURAL DE BELÉM

Festival Big Bang’15 Hop Frog Fanfare + Big Band Júnuir Concerto Maiores de 4 anos 23 OUT: 16H30 24 OUT: 17H

Hop Frog Fanfare

Concerto ao ar livre

23, 24 OUT: 13H30 EG

Anatomia do Piano

Quartos dos Músicos

Info: blocooxala@gmail.com (Bloco Oxalá)

Performance musical Maiores de 4 anos

23, 24 OUT: 11H30, 14H, 15H30

Das Gavetas nascem os Sons

Instrumento musical coletivo Maiores de 4 anos

23, 24 OUT: 10H30-17H30

Bicicletas que Cantam

Maiores de 5 anos

23, 24 OUT: 12H, 15H30

4 Mãos

23, 24 OUT: 12H, 14H

Instrumentos de Sopro

Canções com Raízes Concerto Maiores de 5 anos

23, 24 OUT: 12H, 15H

LIVARIA LER DEVAGAR (LX FACTORY)

Sessão A PAR para Pais e Filhos  0-6 anos

25 OUT: 16H-17H

Info: geral@a-par.pt MINIMUNDO

23, 24 OUT: 10H30-13H, 14H-17H30

Até aos 3 anos

Caixa de Ressonância

MUSEU DAS CRIANÇAS

Música no Museu

Instalação interativa Maiores de 4 anos

23, 24 OUT: 10H30-13H, 14H-17H30 CFA - CENTRO DE FORMAÇÃO ARTÍSTICA /TEATRO DA VOZ

Orkestra Digi tal e qual

CLAVE E SOM, ESCOLA DE MÚSICA

Dead Combo A Cidade da Tristeza Profunda

TER: 18H

Instalação Maiores de 6 anos

Babel ou quando todos falamos a mesma Língua 23, 24 OUT: 10H30, 13H, 15H30

Curso de Percussão, Afro Brasileira, Samba Reggae Maiores de 10 anos

IA

Concerto Maiores de 4 anos

ESCOLA EB23 PEDRO DE SANTARÉM

23, 24 OUT: 10H30-17H30

23, 24 OUT: 10H30, 14H

Info: evaguerra@gmail.com

TER E SEX: 19H

Instalação sonora interativa/ oficina Maiores de 5 anos

5-9 anos

TER, SEX: 18H-21H

Maiores de 8 anos

INsono

Concerto Maiores de 4 anos

Concerto para piano e desenho com Filipe Raposo e António Jorge Golçalves Maiores de 5 anos

Com Eva Guerra Maiores de 7 anos

MP / IA

MUSEU DO BOMBEIRO DE LISBOA

AVENIDA AFONSO III, 77, R/C DIR, ALTO DE SÃO JOÃO

CASA DE CULTURA DA JUNTA DE FREGUESIA DE OLIVAIS

TER: 17H30-18H30

Iniciação Musical 4-6 anos

Cursos de Piano, Teclado, Flauta, Guitarra, Acordeão, Violino, Violoncelo Maiores de 6 anos MP

CLUB CLÍNICA DAS CONCHAS

Curso de Música para Bebés SÁB MP

Música para Bebés

3-8 anos MP / E

MUSEU DO FADO

Fado Menor 6-10 anos

Só é Fadista quem Quer 6-15 anos MP / GO

MUSEU NACIONAL DO AZULEJO

Há música no Azulejo!

Visita de descoberta e concerto de piano comentado 4-12 anos E / GO / MP

Info: 218 100 340 MUSEU NACIONAL DE HISTÓRIA NATURAL E DA CIÊNCIA

Sessão A PAR para Pais e Filhos  0-6 anos

10 OUT: 11H-12H

Info: geral@a-par.pt

COMUNIDADE HINDU

MUSEU DO ORIENTE

Info: cultura@ comunidadehindu.org | 217 576 524

Maiores de 4 anos

Aulas de canto e instrumentos

Domingos em Família Escutemos!

4, 18 OUT: 11H-12H30

MP

Até 20 de Outubro de 2015 estão abertas as candidaturas ao Centro de Inovação da Mouraria – a primeira incubadora cultural e criativa de Lisboa a apoiar projectos e negócios nas áreas da moda, design, música, media e ofícios. Aqui encontras postos de trabalho totalmente equipados, apoios diversos e um atelier de moda. Tudo no bairro da Mouraria, junto ao Martim Moniz. Esta segunda ronda de candidaturas tem um enfoque especial (mas não exclusivo) na área da moda. A entrega de candidaturas poderá ser on-line em www.cm-lisboa.pt ou no Balcão Iniciativa Lisboa, Campo Grande nº 13. Para visitas ao local ou esclarecimento de dúvidas: cim@cm-lisboa.pt ou (+351) 218170202

Visite-nos em: www.cm-lisboa.pt/centro-de-inovacao-da-mouraria-mouraria-creative-hub Centro de Inovação da Mouraria / Mouraria Creative Hub |

mourariacreativehub

PARCEIROS DO CENTRO DE INOVAÇÃO DA MOURARIA KOOKY AGENCY | AMAEI – ASSOCIAÇÃO DE MÚSICOS, ARTISTAS,E EDITORAS INDEPENDENTES | VDA – VIEIRA DE ALMEIDA & ASSOCIADOS, SOCIEDADE DE ADVOGADOS R.L. | Ar.Co – CENTRO DE ARTE E COMUNICAÇÃO VISUAL | AMA – ASSOCIAÇÃO MODA AFRICANA EM LISBOA | ETIC – ESCOLA DE TECNOLOGIAS, INOVAÇÃO E CRIAÇÃO | FABLAB LISBOA | FAUL – FACULDADE DE ARQUITECTURA DA UNIVERSIDADE DE LISBOA | FBAUL – FACULDADE DE BELAS-ARTES DA UNIVERSIDADE DE LISBOA | IADE – U INSTITUTO DE ARTE, DESIGN E EMPRESA – UNIVERSITÁRIO | LSD - THE LISBON SCHOOL OF DESIGN | RESTRAT – INSTITUTO DE CRIATIVIDADE, ARTES E NOVAS TECNOLOGIAS

AGENDA_MIOLO_Outubro12.indd 57

29/09/15 12:01


58

C R I A N ÇAS M Ú S I CA / T E AT R O

TEATRO TURIM 3 DE OUTUBRO A 1 DE NOVEMBRO - SÁBADOS, 16H; DOMINGOS: 11H ESTRADA DE BENFICA, 723 A / 217 606 666 / WWW.TEATROTURIM.COM

TEATRO TIVOLI ESTREIA A 10 DE OUTUBRO AVENIDA DA LIBERDADE, 182-188 213 572 025 / WWW.TEATROTIVOLIBBVA.PT

CULTURGEST 13 A 16 DE OUTUBRO ÀS 10H (ESCOLAS), 18 DE OUTUBRO ÀS 16H (FAMÍLIAS) R. ARCO DO CEGO, 50 / 217 905 155 / WWW.CULTURGEST.PT

AS AVENTURAS DOS PIRATAS

UMA HISTÓRIA DO OUTRO MUNDO

NOVO MEMÓRIAS DO CORPO

Em outubro, o Teatro Turim recebe a peça infantil As Aventuras dos Piratas. Ao contrário do que seria de esperar, estas peripécias não decorrem em mar alto, como é próprio de qualquer pirata que se preze, mas sim em terra firme. Na verdade, há um bom motivo para isso: é que o mar acabou! O famoso galeão Bafo de Fogo não pode continuar a navegar porque não há água. Os Piratas, incrédulos, aventuram-se pelo solo para descobrirem o que aconteceu: como é que é que as pessoas gastaram a água toda? Espera-se uma viagem com poucos enjoos mas cheia de aventuras, surpresas e muita comédia. Poderão um jovem pirata e um papagaio medroso salvar o mar? FS

O Tivoli é palco do 1º Encontro Interplanetário do Sistema Solar. Tudo acontece quando o astronauta Luís se encontra com um extraterrestre, algo que sucede pela primeira vez na história da humanidade. Vénia é habitante de Vénus e organizou uma festa para receber os habitantes de todos os planetas do sistema solar. Quando conhece Luís, a cumplicidade entre os dois é imediata. Mas as coisas não correm como se esperava e uma guerra interplanetária está iminente. Nesta grande aventura musical as crianças divertem-se e aprendem sobre a amizade e o universo. AF

João de Brito e Yola Pinto apresentam um espetáculo, para os mais novos (com idades entre os seis e os 12 anos), que cruza teatro e dança. O corpo humano é o centro desta criação. As memórias associadas ao corpo são exploradas, permitindo uma nova noção de anatomia onde o gesto está ligado à palavra, às onomatopeias, à memória visual, tátil e emocional. Por outro lado há também uma reflexão sobre o novo e a ideia de transformação contínua. São ainda abordadas dicotomias entre clássico e contemporâneo, objeto renovado e objeto transformado, natural e adquirido. AF

MÚSICA – CAMPO DE OURIQUE

Info: quinta.pedagogica@ cm-lisboa.pt

Info: 931 402 010

SÃO LUIZ TEATRO MUNICIPAL

Aulas de piano e música Fado Miudinho

Mais Novos Filipe Raposo

DOM: 09H

11 OUT: 11H

OCEANÁRIO

Até aos 4 anos

Concerto para Bebés Até aos 3 anos SÁB: 09H

QUINTA PEDAGÓGICA DOS OLIVAIS

Música & Movimento 6-24 meses

25 OUT: 10H40 MP / EG

AGENDA_MIOLO_Outubro12.indd 58

6-12 anos MP

SOU – MOVIMENTO E ARTE

Guitarra, Violino, Piano, Flauta Transversal, Sitar e Alaúde Turco 2-16 anos

Acordeão de Teclas Maiores de 10 anos MP

VOZES EM CONSERTO

Canto, Dança, Piano, Guitarra, Coro, Teoria Musical MP

T E AT R O 30 DA MOURARIA – PSICOTERAPIA E MOVIMENTO

Drama e Movimento para Miúdos Tímidos, Atrevidos e Mais ou Menos

4-10 anos

QUA: 17H-18H MP

Info: 30damouraria@gmail.com ASSOCIAÇÃO LAMIRÉ

História de Portugal, A Princesa Pele de Cavalo Peça itinerante E / MP

Info: lamire.animacao@ gmail.com  | 935 627 536 ARTYAPLAUSOS

Iniciação às Artes Perfomativas 8-12 anos

SÁB: 10H-13H

AUDITÓRIO DA ADCEO

Auto da Barca do Inferno, Falar a Verdade a Mentir

AUDITÓRIO PEDRO ARRUPE

A Aventura de Ulisses

SEG A SEX: 10H30, 14H30

Maiores de 6 anos

E / MP

Auto da Barca do Inferno

AUDITÓRIO DO GCDT DO BES

Antes de Começar, o Cavaleiro, Auto da Barca do Inferno, Os Lusíadas (de Calções), Falar Verdade a Mentir 10H30, 13H, 14H30, 15H

Info: Companhia de Teatro O Sonho - 218 861 799

Maiores de 12 anos Info: www.culturalkids.com. pt / 213 426 374 E / GO / MP

AULA MAGNA

O Livro da Selva

Maiores de 3 anos 24 OUT: 16H

E / GO / MP

29/09/15 12:01


C R I A N ÇAS V I S I TAS G U I A DAS

BIBLIOTECA ORLANDO RIBEIRO

Aulas de Teatro para crianças e jovens OUT A JUN SEG MP

Info: Palco de Chocolate | 964 379 701   CASA DO ARTISTA

Curso de Teatro Musical Classe Júnior 7-15 anos Sáb: 10h-13h

Curso de Teatro Classe Drama

GATO QUE LADRA

NEXGYM

TEATRO TURIM

Teatro aos Sábados

MP

Maiores de 3 anos

Oficinas

4-12 anos

SÁB: 16H

Info: producao@ gatoqueladra.com / 968 382 245 MP

INSTITUTO PORTUGUÊS DO DESPORTO E JUVENTUDE

Os Sete Cabritinhos

CASA DO BRASIL

TER, QUI: 17H-19H

24 OUT: 16H30

MARIA MATOS TEATRO MUNICIPAL

Europa em Casa

CASA DO CORETO

Maiores de 15 anos

Espetáculo de Marionetas Maiores de 4 anos

O Cão que corre atrás de Mim (e o Avô Elísio à Janela)

Brincos de Penas 24, 31 OUT: 15H

Estórias, Chá e Bolinhos... 27 OUT: 21H

Info: 938 018 777 CASA FERNANDO PESSOA

4, 11, 18 OUT: 16H

29, 30 OUT, 5, 6 NOV: 10H 31 OUT, 7 NOV: 16H30 1, 8 NOV: 11H, 16H30 MUSEU DAS CRIANÇAS

Auto da Barca do Inferno 9º ano de escolaridade

Abre as Cortinas da tua Imaginação

O Reino de Pernas P’ró Ar

SEG A QUI

História da Carochinha

3-11 anos

E / GO / MP

3-5 anos 2-7 anos E / MP

CASTELO DE SÃO JORGE

Sábados no Castelo Baú da Descoberta Maiores de 6 anos 3 OUT 17H MP

MUSEU DA MARIONETA

Tobias e Tomé

Teatro de marionetas Maiores de 4 anos 1, 2 OUT: 10H30 E / GO / MP

CENTRO CULTURAL PADRE CARLOS ALBERTO GUIMARÃES

Curso de Expressão Dramática 6-12 anos IA

CENTRO DE INTERPRETAÇÃO DE MONSANTO

Art7Kids

Oficina de teatro 6-12 anos

3 OUT A 19 DEZ SÁB: 10H-12H

Info: kids@artseven.pt / 219 622 269

ESCOLA DE ACTORES ILHA D’ARTE

3 OUT: 16H 4 OUT: 11H30 PG

Peregrinação

Formas animadas Maiores de 4 anos

Iniciação ao Teatro para Jovens SÁB: 14H30-16H MP / IA

AGENDA_MIOLO_Outubro12.indd 59

Oficina de teatro 4-12 anos IA

PROPOSITÁRIO AZUL, ASSOCIAÇÃO ARTÍSTICA

Bartolina e os seus Botões Maiores de 4 anos 17 OUT: 16H 18 OUT: 11H30 PG

King Kong

Maiores de 4 anos 24 OUT: 16H 25 OUT: 11H30

A Maior Flor do Mundo 31 OUT: 16H 1 NOV: 11H30

20 000 Léguas Submarinas Maiores de 3 anos

ATÉ 11 OUT SÁB: 16H, DOM: 11H

V I S I TAS G U I A DAS ARQUIVO HISTÓRICO DA SANTA CASA DA MISERICÓRDIA DE LISBOA

Letras Habitadas

E / MP

E / GO / MP / EG / IA / PG

Peças itinerantes

Info: teatromais. propositario@gmail. com  |  933 288 560 SÃO LUIZ TEATRO MUNICIPAL

Mais Novos Hamlet, o Príncipe da Dinamarca

Visita com aletiê 6-10 anos

SEG: 14H-18H TER A DOM: 10H-12H30, 14H-18H ASSOCIAÇÃO DOS AMIGOS DOS CASTELOS

Percurso Medieval, Percurso Lisboa Quinhentista, Percurso Pombalino E / GO / MP

Info: 918 748 695

Oficina

BANCO DE PORTUGAL

E / MP

Maiores de 6 anos

27 A 30 OUT SOU – MOVIMENTO E ARTE

Curso de Teatro 14-16 anos

SEX: 17H-19H MP

TEATRO AZUL

Histórias da Avozinha

Contos populares contados pela atriz Florbela Queiroz E / MP

TEATRO DE CARNIDE

Curso de Artes Performativas 6-10 anos

OUT A JUN TER: 18H-19H30 MP

Oficinas de Expressão Dramática 6-12 ANOS MP

Info: 968 060 047 | geral@ companhiadaesquina.com TEATRO PAPA-LÉGUAS

Aventuras de João Ratão TODOS OS DIAS, VÁRIOS HORÁRIOS

Kéketem?!

Espetáculo itinerante E / MP

PG

MUSEU NACIONAL DE HISTÓRIA NATURAL E DA CIÊNCIA

Arte Dramática

Auto da Índia, Auto da Barca do Inferno, Luzes, Câmara… Confusão!!, O Cavaleiro da Dinamarca

TEATRO D. LUIZ FILIPE (TEATRO DA LUZ)

Maiores de 4 anos

SÁB: 10H30-12H

MP

Crescer Teatrando

PG

IA

Iniciação ao Teatro para Crianças

PALÁCIO DE LAGUARES

Info: 910 789 764

PG

EVOÉ - ESCOLA DE ACTORES

VOZES EM CONSERTO

10 OUT: 16H 11 OUT: 11H30

Cursos e workshops Maiores de 8 anos

SÁB: 14H-15H30

6-12 anos

Info: 214 190 722 / 964 379 701 (Palco de Chocolate)

10-14 anos

Expressão teatral

Mikado Grupo de Teatro 13-18 anos

As Aventuras dos Piratas 3 OUT A 1 NOV SÁB: 16H DOM: 11H

OFICINA DA PESSOA

1-5 anos

Oficina de Teatro

Aulas de Teatro

SAB: 11H

Maiores de 15 anos SÁB: 15H-18H

59

TEATRO POLITEAMA

Tarzan

ESTREIA: 2ª QUINZENA OUT TER A SEX: 11H, 14H

Porquê visitar o Museu?

QUA, QUI, SEX: 10H30, 14H30 EG / MP

Lixbõa e o Rei que escrevia poesia Visita orientada Maiores de 6 anos

QUA, QUI, SEX: 10H30, 14H30 EG / MP

O tempo narrado pela Arqueologia Visita ateliê Maiores de 6 anos

QUA, QUI, SEX: 10H30, 14H30 EG / MP

BIBLIOTECA DA SANTA CASA DA MISERICÓRDIA DE LISBOA

Ser Bibliotecário Por um Dia Visita guiada temática com atividades 12-18 anos

SEG: 14H-18H TER A DOM: 10H-12H30, 14H-18H E / GO / MP / EG / IA / PG

CASA FERNANDO PESSOA

P’la Aldeia de Pessoa

Percurso pedestre que dá a conhecer locais de Lisboa importantes para Fernando Pessoa Início: Largo Camões, fim: Terreiro do Paço 6-11 anos SEG A QUI E / GO / MP

E / GO / MP

SÁB, DOM: 15H PG

29/09/15 12:01


60

C R I A N ÇAS V I S I TAS G U I A DAS

CÓCEGAS NOS PÉS 25 DE OUTUBRO RUA ABEL SALAZAR, 37 A, TELHEIRAS / 934 25 7 356 WWW.COCEGASNOSPES.COM

AUDITÓRIO CARLOS PAREDES 4 E 11 DE OUTUBRO ÀS 16H AVENIDA GOMES PEREIRA, 17 / 217 123 000

OFICINA DE FILOSOFIA QUEM SOU EU?

SUSANA NO MUNDO DOS FANTOCHES

ESCUTEMOS! DIA MUNDIAL DA MÚSICA

Aprender o que são as palavras, o que é real, perceber o que nos rodeia são algumas das questões abordadas nas Oficinas de Filosofia, dirigidas a crianças entre os quatro e os 10 anos. Em outubro a pergunta lançada é: quem sou eu? Brincar com o pensamento e treinar o lado crítico é o desafio que se propõe aos mais jovens. Para ser um pequeno filósofo basta enviar um e-mail para joanarssousa@gmail.com. AF

Florbela de Oliveira é autora e encenadora de uma peça musical, para crianças com mais de seis anos, onde a boneca Susana é a atriz principal. Através dela são contadas histórias, novas e antigas, que transmitem a beleza das palavras. Vários fantoches ganham vida e dão a conhecer o universo infantil. Jogos, canções e danças ocupam o palco e os mais pequenos são convidados a participar na magia que o espetáculo oferece. AF

Para comemorar o Dia Mundial da Música, o Museu do Oriente organiza uma oficina para famílias onde os mais pequenos podem encontrar objetos alusivos à data e explorar instrumentos musicais como a biwa (instrumento de cordas japonês) ou o tambor. Inserida no programa Domingos em Família, esta oficina é dirigida a crianças a partir dos quatro anos e requer marcação prévia. AF

CASA-MUSEU DR. ANASTÁCIO GONÇALVES

CULTURGEST

Recriação de Época: Elisa, a criada do Dr. Anastácio Gonçalves, apresenta a Casa e as Obras de Arte às crianças Visita guiada EG / MP

CASTELO DE S. JORGE

Domingos em Família Visitas em Família

E / MP

GABINETE DE ESTUDOS OLISIPONENSES

Visitas guiadas ao Palácio do Beau Séjour GALERIA MILLENNIUM

Visitas orientadas

MP

E / GO / MP

CENTRO CIENTÍFICO E CULTURAL DE MACAU

JARDIM BOTÂNICO DA AJUDA

MP

A Planta, O Herbário Ensino básico Plantas de todo o Mundo, Quem sou Eu? Como me Chamo?, Da Alga à Laranjeira, Os Botânicos e a Conservação da Biodiversidade Ensino secundário

LAVADOURO PÚBLICO DE CARNIDE

À Descoberta do Lavadouro! Visita guiada com encenação Maiores de 4 anos 1º DOM: 11H MARIA MATOS TEATRO MUNICIPAL

Dentro de Cena

Visita guiada ao Teatro Maiores de 3 anos

TER A DOM: 15H-20H EG / MP

E / MP

25 OUT: 11H

Maiores de 6 anos

4-5 anos

Visitas, jogos, oficinas, debates Ano letivo 2014/15

GO / MP / EG

Maiores de 5 anos

Visitas Guiadas

Os Campeões do Jardim, À Descoberta do Jardim

A Culturgest na Escola: Serviço Educativo Portátil

JARDIM BOTÂNICO TROPICAL

Os Sentidos no Jardim, Um Povo Descobridor, Na Ponta do Lápis

Visita Geral, As Plantas Oficinais, O Sabor e os Cheiros

Visitas guiadas e atividades temáticas E / GO / MP

PG / MP

MERCADO 31 DE JANEIRO

Vamos Todos ao Mercado

Visita guiada e atividade lúdica no âmbito da Educação Alimentar Maiores de 8 anos TER A SEX: 9H30-12H E / MP

MUSEU DO ORIENTE 4 E 18 DE OUTUBRO, ÀS 11H AVENIDA BRASÍLIA, DOCA DE ALCÂNTARA 213 585 200 / WWW.MUSEUDOORIENTE.PT

MOSTEIRO DOS JERÓNIMOS

Brincando no Mosteiro, Animais do Mundo, Animais do Rei, Jogo do Mosteiro, Jogo dos Descobrimentos, Ateliê das Iluminuras, Jogando com o Tempo, Viagem de Vasco da Gama, Vem Conhecer o Mosteiro Visitas guiadas e oficinas pedagógicas TER A SEX E / MP

Info: 965 503 841 | 213 620 034 MUSEU DE ARTES DECORATIVAS PORTUGUESAS DA FUNDAÇÃO RICARDO DO ESPÍRITO SANTO SILVA

Visitas Guiadas ao Museu e às Oficinas SEG A SEX MP

MUSEU DA ELETRICIDADE

Percurso Monumental

FINS-DE-SEMANA E FERIADOS: 10H30, 12H, 15H, 16H30 PG

SEG A DOM: 10H, 11H30, 14H, 15H30 E / GO / MP

Percurso Secreto

Maiores de 12 anos 1º DOM: 11H PG

Percurso Secreto

Maiores de 12 anos E / GO / MP

MUSEU MILITAR

Visitas históricas guiadas 8-12 anos

E / GO / MP

Info: uma.historia.com@ gmail.com / 919 724 765 / 967 455 116

mais informações www.cm-lisboa.pt

LISBOA VAI AO PARQUE

\\ SÁBADOS . setembro e outubro . 15h00 às 19h00 Tapada das Necessidades . Parque Urbano do Tejo e Trancão Parque Quinta das Conchas . Parque Recreativo do Calhau Parque Recreativo do Alvito . Parque do Vale Silêncio

NKS NúcleoKarateShotokanLisboa

AGENDA_MIOLO_Outubro12.indd 60

29/09/15 12:01


C R I A N ÇÃS V I S I TAS G U I A DAS / O U T R O S

MUSEU NACIONAL DE ARTE ANTIGA

Serão as cores iguais em todos os tempos? Visita-jogo Maiores de 6 anos 4 OUT 11H30 MP / EG

Info: se@mnaa.dgpc.pt MUSEU NACIONAL DO AZULEJO

Uma Viagem pela História do Azulejo Visita orientada Maiores de 8 anos E / GO / MP / EG

Info: 218 100 340 MUSEU NACIONAL DOS COCHES

Visitas Guiadas, Visitas a Grupos com Necessidades Especiais MP / GO / E

MUSEU NACIONAL DE ETNOLOGIA

Dos Angeja aos Palmela: um percurso no traje e na História Visita com animação E / GO / MP

MUSEU DA PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA

Vamos conhecer o Oriente em São Roque

Visita guiada ao museu Até aos 12 anos MP

Visita guiada ao Palácio de Belém e jardins SÁB: 11H-16H, DOM: 14H30-16H MP

MUSEU DO REGIMENTO DE SAPADORES BOMBEIROS

Do Passado, pelo presente, até ao futuro Visitas guiadas e sessão de sensibilização Maiores de 6 anos E / MP

Galerias da Amazónia Galerias da Vida Rural

Visita-animada 3-8 anos

Visitas guiadas E / GO / MP / EG

MUSEU NACIONAL DO TRAJE & PARQUE BOTÂNICO DO MONTEIRO-MOR

Trajes no Paço: Memórias Escondidas, Histórias de um Vestido Tagarela… e mais esta e mais aquela!, Todos dizem que é seu, mas o dono sou eu! Visitas gerais E / GO / MP

O Traje a sua Época: os sécs. XVIII e XIX, O Traje e a sua Época: do séc. XIX aos nossos dias, Sob saias e Corpetes… entre Rendas e Colchetes! Visitas temáticas E / GO / MP

Flor Desaparecida

Visita de exploração com oficina E / GO / MP

Desenhar a Cidade. Exercícios sobre arquitetura e urbanismo Visita com ateliê de arte 12-15 anos

MUSEU DE SÃO ROQUE

Visitas guiadas

61

Há Animais no Museu? D. Leonor, a princesa perfeitíssima Visita-animada 3-12 anos

Letras Habitadas Visita com aletiê 6-10 anos

Personagens Animadas, Histórias Transformadas

Visita com ateliê de animação 8-12 anos

Vamos Conhecer a Capela de São João Batista Visita-jogo 8-12 anos

A Brincar Construímos o Passado Visita ateliê de arte 6-12 anos

O que nos dizem as Cores Visita-animada 6-12 anos

Uma História Colorida

Visita-jogo 12-15 anos

Pelos Sentidos do Barroco

Visita guiada temática com atividades 12-15 anos

O Padre António Vieira e o Barroco em São Roque

Visita guiada temática com atividades 16-18 anos

SEG: 14H-18H TER A DOM: 10H-12H30, 14H-18H E / GO / MP / EG / IA / PG

OCEANÁRIO

Visitas guiadas à exposição permanente Maiores de 4 anos E / PG

Visitas guiadas à exposição Tartarugas Marinhas – A Viagem Maiores de 4 anos E / PG

PADRÃO DOS DESCOBRIMENTOS

A Primeira visita, Visita encenada e Um Monumento singular E / GO / MP

PALÁCIO DA INDEPENDÊNCIA

Visitas Guiadas ao Palácio SEG A SEX MP

PANTEÃO NACIONAL

Era uma vez uma Igreja e uma princesa – Vamos conhecer o Panteão Nacional e ouvir a história da Igreja de Santa Engrácia

A LOJA DA TIA GLÓRIA

Revivendo a História: O Panteão – do passado ao presente

Yoga para crianças, expressão dramática, artemix, expressão musical, danças do mundo

Visita com jogo 7-12 anos E / PG / MP

Oficinas artísticas

PENTÁCULO EXPO – ACADEMIA DE ESTUDOS

IA

VÁRIOS HORÁRIOS

Atividades lúdicas e culturais com visitas a museus e castelos

CASTELO DE S. JORGE

Domingos em Família Jogos em Família Maiores de 5 anos

MP

PRAÇA DA FIGUEIRA

Lisboa, Cidade Encantada Visita guiada pela Baixa 6-12 ANOS MP

Info: info@lisbonforkids.com

Peddy Paper no Museu 4-12 anos

E / GO / MP / EG

Info: 218 100 340 MUSEU NACIONAL DOS COCHES

Jogos Peddy-Paper, Guia de Exploração Pedagógica, Caça ao Tesouro, Quem é Quem?

4 OUT: 11H

E / MP

CMS - CENTRO DE MEDITAÇÃO SOLARIS

MUSEU MILITAR

Ateliê de Competências para Crianças SÁB: 18H-19H

CÓCEGAS NOS PÉS

PRAÇA DO MARTIM MONIZ (CAPELA DE NOSSA SENHORA DA SAÚDE)

MUSEU NACIONAL DO AZULEJO

Um enigma no Museu

8-12 anos Info: uma.historia.com@ gmail.com / 919 724 765 / 967 455 116 E / GO / MP

Quem sou Eu?

Oficina de perguntas 4-6 anos

Lisboa Alfacinha

Visita guiada pela Mouraria, Alfama, Castelo e Baixa 6-12 anos 25 OUT: 15H-18H

25 OUT: 10H-11H

7-10 anos

25 OUT: 11H-12H MP

Info: geral@cocegasnospes.com

MP

Info: info@lisbonforkids.com TORRE DE BELÉM

Há Piratas Na Torre !, A viagem de Nuno Tristão, Armas e Brasões, À Descoberta de Novos Mundos, Vem Conhecer a Torre Visitas guiadas e oficinas pedagógicas 3-12 anos

E ESCOLAS EG ENTRADA GRATUITA IA INSCRIÇÕES ABERTAS GO GRUPOS ORGANIZADOS MP MARCAÇÃO PRÉVIA PG PÚBLICO EM GERAL

> Contactos pág 62

DEPARTAMENTO DE PROTEÇÃO CIVIL

A segurança em casa, na rua e nos espaços públicos 5-10 anos

SEG A SEX: 9H-12H, 14H-16H30 GO / MP

FIL – FEIRA INTERNACIONAL DE LISBOA

TER A SEX E / MP

Info: 965 503 841 | 213 620 034

Crescer a Ser no Festival Happy Life Atividades para crianças, jovens e famílias Maiores de 2 anos

OUTROS

23 A 25 OUT: 10H-22H A LOJA DAS ATIVIDADES

Pequenas atividades para grandes crianças Maiores de 3 anos

PG

LEITURIA

É tão bom fazer Amigos Oficina de psicologia

DOM: 9H30-13H

10 OUT: 15H-17H

Visita com atividade 4-6 anos

3-6 anos

Encenação Luis Miguel Cintra Cenário e figurinos Cristina

Reis Desenho de luz Cristina Reis, Luis Miguel Cintra e Rui Seabra com apoio de Guilherme Frazão Interpretação Alberto Quaresma, Bernardo Souto, Dinis Gomes, Duarte Guimarães, Guilherme Gomes, Isac Graça, João Reixa, José Manuel Mendes, Luís Lima Barreto, Luís Madureira, Luis Miguel Cintra, Marques D’Arede, Nídia Roque, Rita Cabaço, Silvio Vieira, Teresa Gafeira e Tiago Matias

18 SETEMBRO a 17 OUTUBRO Quarta às 19.00h. Sexta e Sábado às 20.00h. Domingo às 16.00h TEATRO DO BAIRRO ALTO R. Tenente Raul Cascais 1A. 1250-268 Lisboa Tel: 213961515 www.teatro-cornucopia.pt email: info@teatro-cornucopia.pt Bilhetes também à venda: FNAC, Worten, El Corte Inglês, Abreu, www.ticketline.sapo.pt Estrutura financiada por

Apoio 2 015

M/12

HAMLET_AgendaCultural_especial baixo.indd 1

AGENDA_MIOLO_Outubro12.indd 61

9/10/15 10:41 AM

29/09/15 12:01


62

CONTACTOS A Abysmo R. da Horta Seca, 40, R/c; 211 912 755; www.abysmo.pt • Academia de Artes e TecnologiasR. Lagares d’El Rei • Academia das Ciências de Lisboa R. Academia das Ciências, 19; 213 219 730; www.acad-ciencias.pt • Academia de Dança – DançarteR. Prof. Simões Raposo, 8A; 217 147 244; www.dancarte.pt • Academia Danças do Mundo R. Visconde de Santarém, 71 B; 213 579 196; www.dancasdomundo.eu • Academia-Atelier Lázaro Lozano R. Tomás de Anunciação, 25 (Campo de Ourique) • Academia do Lumiar Lg. Júlio Castilho, 3; 217 524 263; www.academialumiar.org • Academia Militar R. Gomes Freire; 213 186 900; www.academiamilitar.pt • Academia de Música R. Rodrigues Sampaio, 170, 4º; 213 512 414 • Academia de Música da Graça Tv. São Vicente, 15, 1º dt; 917 687 025 • Academia de Música de Telheiras R. Armindo Rodrigues, 11C; 217 524 795; www.clavedesoft.pt • Academia Novas Letras Av. Maria Helena Vieira da Silva, 42A; 217 541 015; www.novasletras.com • Academia Recreio Artístico R. dos Fanqueiros, 286, 1º • Academia de Santo Amaro R. da Academia Recreativa de Sto. Amaro, 9; 213 636 637 • Academia Talentos à VistaR. Álvaro Benamor, Lt. 8, Lj. 8A; www.talentos-a-vista.pt • Act - Escola de Atores LxFactory, R. Rodrigues Faria, 103, Edifício I-0.2; 213 010 168; www.act-escoladeactores.com • Alecrim 50 - Galeria de Arte R. do Alecrim, 48-50; 213 465 258; www.alecrim50.pt • Alunos de Apolo, Escola de Dança R. Silva Carvalho, 225; 213 885 366; www.alunosdeapolo.com • AnjoDesign – Design e Restauro R. Tomás da Anunciação, 100B; 213 886 420 • Appleton Square R. Acácio Paiva, 27, r/c; 210 993 660; www.appletonsquare.pt • Armazém F R. da Cintura, Armazém 65, Cais do Gás; 213 220 160; www.armazemf.com • Armazém 13 R. Gomes Pereira, 11; 966 762 047; armazem13.ciaadn.com/blog • Arta - Taberna das Almas Regueirão dos Anjos, 68-70; 963 023 435 • Arte Graça R. da Graça, 27-29; 965 858 009• Aqueduto das Águas Livres Cç. da Quintinha, 6; 218 100 215 • Ar.Co - Centro de Arte e Comunicação Visual R. de Santiago, 18; 218 801 010; www. arco.pt • Armazém F R. da Cintura, Armazém 65; 213 220 160; www.armazemf.com • Arquivo Histórico da Santa Casa da Misericórdia de Lisboa Lg. Trindade Coelho; 213 235 233 ; www. scml.pt • Arquivo Municipal de Lisboa R. B ao Bairro da Liberdade, lt. 3 a 6 - 1º; 213 807 100; arquivomunicipal.cm-lisboa.pt • Arquivo Municipal de Lisboa - Fotográfico R. da Palma, 246; 218 844 060; arquivomunicipal.cm-lisboa.pt • Arquivo Nacional da Torre do Tombo Al. da Universidade; 210 037 180; antt.dglab.gov.pt • Arteilimitada - Escola de Artes Visuais Cç. da Estrela, 128, Anexo A; 213 954 401; www.arteilimitada.com • Arte pel’Arte R. Rodrigues Sampaio, 76, 1º • Artkids R. Pinheiro Chagas, 8, r/c; www.artkids.branded.me • Art!ist – Academia de Dança, Teatro & Performance R. da Manutenção, 45; 218 689 416; www.artistac.com • Artlier R. Gervásio Lobato, 47B; 939 067 111; www.cursos-artlier.com • Artyaplausos Urb. da Ameixoeira, R. Varela Silva, Lote 11 e 12, Loja A e B • Assembleia da República Palácio de São Bento; 213 919 000; www.parlamento.pt • Associação de Artesãos da Região de Lisboa R. de Entrecampos, 66; 217 962 497; aarl.pt • Associação Cristã da Mocidade de Lisboa R. de São Bento, 329, 2º; 213 845 380/5; www.acmlisboa.com • Associação Cultural Companhia Clara Andermatt R. dos Caetanos, 1, 3º; 213 470 333; www.clara-andermatt.com • Associação Cultural Nova Acrópole Av. António Augusto de Aguiar, 17-4º Esq.; 213 523 056 ; www.nova-acropole.pt • Associação Para a Promoção Cultural da Criança – APCCR. Lagares de El-Rei, 21A, 1º esq.; 218 429 730; www.apcc.org.pt • Associação Portuguesa dos Amigos dos Castelos R. Barros Queirós, 20; 218 885 381; www.amigosdoscastelos.org.pt • Associação Renovar a MourariaBeco do Rosendo, 8; 218 885 203; www.renovaramouraria. pt; www.renovaramouraria.pt • Associação Subud R. do Centro Cultural, 23, 2º; 917 392 663 • ATLA – Associação de Tempos Livres de Alfama Beco de Santa Helena, 9 Esq; 218 879 739 • Ateliê 29 Travessa do Corpo Santo, 29 • Ateliê de Arte e ArtePsicoterapia R. Alexandre Herculano, 19; 213 558 060; www.a-ama.com.pt • Ateliê de Cerâmica Chamote FinoCç. da Quintinha, 17A • Ateliê MelícioTrav. Sargento Abílio, Ateliê 5 • Ateliê MFR. Santo António dos Capuchos, 33 B; 218 822 919 • Ateliê Musical do Areeiro R. Abade Faria n. 48, R/C dto.; 211 820 077 • Ateliê do Paço R. da Padaria, 25, 1º. Dto; cursolisboa.wix.com/ateliêdopaco• Ateliê RealR. Poço dos Negros, 55; 213 909 255 • Ateliê Santa RufinaCç. Conde de Penafiel, 9 A/B; 213 225 727 • Ateliê de São Bento R. da Quintinha, n 15, cv dir; 965 769 007 • Ateliês de Alfama R. Terreiro do Trigo, 52, 1º; 965 297 046; ralmstudio@gmail.com • Ateneu Comercial de Lisboa R. das Portas de Santo Antão, 110; 213 246 060 • Atmosfera M R. Castilho, n 5; 210 002 730; www. montepio.pt • Auditório Carlos Paredes Av. Gomes Pereira, 17; 217 123 000; www.jf-benfica.pt • Auditório do GCDT do BES R. D. Luís I, 27; 213 907 192 • Auditório Pedro Arrupe R. da Ilha dos Amores, 53, 4º A – Parque das Nações; 213 426 374 www.culturalkids.com.pt B Banco de Portugal R. do Comércio, 148; www.bportugal.pt • Biblioteca Camões Lg. do Calhariz, 17, 2º esq.; 218 172 360; blx.cm-lisboa.pt • Biblioteca do ISCTE-IUL Av. das Forças Armadas, Edif. II; 217 903 024; biblioteca.iscte.pt • Biblioteca-Museu República e Resistência - Espaço Grandella Est. de Benfica, 419; 217 712 310; republicaresistencia.cmlisboa.pt • Biblioteca Nacional de PortugalCp. Grande, 83; 217 982 000; www.bnportugal. pt • Biblioteca Natália Correia Centro Social Polivalente; R. Rio Cávado; 217 141 535; blx. cm-lisboa.pt • Biblioteca Olivais/Bedeteca de Lisboa Palácio do Contador-Mor, R. Cidade do Lobito; 218 507 100; blx.cm-lisboa.pt • Biblioteca Orlando Ribeiro Antigo Solar da Nora, Est. de Telheiras, 146; 217 549 030; blx.cm-lisboa.pt • Biblioteca Penha de França Cç. do Poço de Mouros, 2; 218 160 750; blx.cm-lisboa.pt • Biblioteca Por Timor R. de São Bento, 182-184; 213 905 702 • Biblioteca de São Lázaro R. do Saco, 1; 218 852 672; blx.cm-lisboa.pt • Bike a Wish R. das Fontainhas a São Lourenço, 29 B; 211 329 949; www.bikeawish.com • B.Leza R. Cintura do Porto de Lisboa, Armazém B, 963 612 816 • Bode ExpiatórioR. Abílio Lopes do Rego, 12; 968 581 898; www.bode-expiatorio.com • O Bom O Mau e o Vilão R. do Alecrim, 21; 967 959 287 • Booktailors R. dos Fanqueiros, 96, 3º Esq C Cá – Ateliê de Expressão Plástica R. da Páscoa, 12 r/c dto; 211 561 348; atelie.ca@ gmail.com • Café Império Av. Almirante Reis, 205 A • Café Martinho da Arcada Pç. do Comércio, 3; 218 879 259; www.martinhodaarcada.pt • Caixa Económica Operária R. Voz do Operário, 64; 218 862 836 • Carpe Diem Arte e Pesquisa R. de O Século, 79; 210 966 274; www.carpediemartepesquisa.com • CAMa - Centro de Artes da Marioneta Convento das Bernardas, R. da Esperança, 152; 212 427 621; www.tarumba.org • Câmara Lisboa Clube Av. do Brasil, 155H; 218 451 352; www.clclube.pt • Carlos Carvalho Arte Contemporânea R. Joly Braga Santos, Lote F, r/c; 217 261 831; www.carloscarvalho-ac.com • Casa da Achada – Centro Mário DionísioR. da Achada, 11, r/c; 218 877 090; www.centromariodionisio.org • Casa dos Açores R. dos Navegantes, 21; 213 699 035; www.casadosacores.org • Casa do AlentejoR. das Portas de Sto. Antão, 58; 213 405 140; www.casadoalentejo.pt • Casa da América LatinaAv. 24 de Julho, 118 B; 213 955 309; www.casamericalatina.pt • Casa dos Amigos do Minho R. do Benformoso, 244-1º • Casa do ArtistaEst. da Pontinha, 7; 217 110 890; www.casadoartista.net • Casa-Ateliê R. do Borja, 57, c/v esq.; 925 028 894 • Casa da Comarca de Arganil R. da Fé, 23; 218 851 896 • Casa da Comarca da SertãR. da Madalena, 171, 3º; 218 872 154; casacomarcaserta. webnode.com • Casa do Coreto R. Neves Costa, 45 • Casa Fernando Pessoa R. Coelho da Rocha, 16; 213 913 270; casafernandopessoa.cm-lisboa.pt • Casa da Galiza R. Júlio de Andrade, 3; 218 853 680; www.juventudedagaliza.com • Casa do Gil Av. do Brasil, 53 D; 217 981 180; www. fundacaodogil.pt • Casa de Giz R. Prior do Crato, 41/43; 216 013 994 • Casa Independente Lg. do Intendente, 45 • Casa de LafõesR. da Madalena, 199, 1º; 218 872 065; casa-de-lafoes.org • Casa da Liberdade – Mário Cesariny R. das Escolas Gerais, 13; 218 822 607; www.pervegaleria. eu • Casa dos MundosR. Nova da Piedade, 66 • Casa-Museu Amália Rodrigues R. de S. Bento, 193; 213 971 896 • Casa-Museu Dr. Anastácio GonçalvesAv. 5 de Outubro, 6; 213 540 823; blogdacmag.blogspot.pt • Casa-Museu Medeiros e AlmeidaR. Rosa Araújo, 41; 213 547 892 ; www.casa-museumedeirosealmeida.pt • Casa Nic e Inês R.José Estêvão, 19 B, r/c esq; 963 731 318; casaniceines.blogspot.pt • Casino de LisboaAl. dos Oceanos; 218 929 000; www. casinolisboa.pt • Castelo de S. Jorge 218 800 620; www.castelodesaojorge.pt • Casual Lounge Caffé R. Bartolomeu Dias, 148B; 213 019 024; www.casuallounge.com • Caulino Ceramics R. de S. Mamede ao Caldas, 28; caulinoceramics.com• Cemitério dos Prazeres Pç. São João Bosco; 213 961 511• Central Parque Quiosque Parque Eduardo VII• c.e.m – centro em movimento R. dos Fanqueiros, 150, 1º; 218 871 763; www.c-e-m.org • Centro Científico e Cultural de MacauR. da Junqueira, 30; 213 617 796; www.cccm.mctes.pt • Centro de Cultura e Desporto dos Trabalhadores da Administração Tributária de Lisboa Av. João XXI, 76;

AGENDA_MIOLO_Outubro12.indd 62

217 610 075 • Centro de Cultura e Intervenção Feminista R. da Cozinha Económica. Bloco D, 30 M-N; 218 873 005 • Centro Cultural de BelémPç. do Império; 213 612 400; www.ccb.pt • Centro Cultural Casapiano R. dos Jerónimos, 7 A; 213 614 090; www.casapia.pt • Centro Cultural de CarnideR. do Rio Cávado 3A, Bº Padre Cruz; 936 140 727 • Centro Cultural Franciscano Lg. da Luz, 11 • Centro Cultural das Mercês Rua Cecílio de Sousa, 94; 934 258 802 • Centro Cultural Padre Carlos Alberto Guimarães R. dos Lagares d’el Rey, 4; 218 454 458 • Centro de Informação Urbana de Lisboa - CIUL Picoas Plaza, R. Viriato, 13 E, Núcleo 6, 2º; 218 172 100 • Centro InterculturaCidade Tv. do Convento de Jesus, 16 A; 21 820 7657; interculturacidade.wordpress.com • Centro de Interpretação de Monsanto Est. do Barcal, Monte das Perdizes, Parque Florestal do Monsanto; 218 170 200 • Centro Noesis R. João da Silva, 14 A; 218 403 376 • Centro Português de Atividades Subaquáticas - CPAS R. Alto do Duque, 45; 213 016 961; www.cpas.pt • Centro Português de Serigrafia Centro Cultural de Belém, Lj. 7, Pç. do Império; 213 162 175; www.cps.pt • Centro de Recreio Popular do BairroCç. dos Mestres, R. 7; 966 037 222 • Centro Social de S. Jorge de Arroios R. Carlos José Barreiros 19, 1º D; 965 848 590 • Cerâmica do Bairro Alto R. Diário de Notícias, 24; 919 492 318; www. ceramicabairroalto.com.pt • Chapitô Costa do Castelo, 1/7; 218 855 550; www.chapito.org • Chiado 8 Arte Contemporânea Lg. do Chiado, 8; 213 237 346; www.culturgest.pt • Chiado Underscore – Espaço Bairro Alto Hotel R. das Flores, 100 • Cinema City Classic Alvalade Av. de Roma, 100; 218 413 040; www.cinemacity.pt • Cinema Ideal R. do Loreto, 15/17; 210 998 295 • Cinema São JorgeAv. da Liberdade, 175; 213 103 400; cinemasaojorge.pt • Cineclube Cine-Reactor 24i R. Latino Coelho, 87; 926 536 179; www.cine-reactor24i.com • Cinemateca Portuguesa R. Barata Salgueiro, 39; 213 596 200; www.cinemateca.pt • Clave e Som, Escola de Música Lg. Santa Bárbara, 3 B; 213 150 886; www.claveesom.com • Club Clínica das Conchas R. Luís Pastor Macedo, 27C; 217 507 000; www.clinicadasconchas.pt • Clube Desportivo da Graça R. da Senhora da Glória, 16; 929 187 812; paisdamusica.com • Clube EstefâniaR. Alexandre Braga, 24A; 213 542 318 • Coliseu dos RecreiosR. das Portas de Santo Antão, 96; 213 240 585; www.coliseulisboa.com • Companhia Olga Roriz Palácio Pancas Palha R. de Santa Apolónia, 12-14; 927 298 695; www.olgaroriz.com • Complexo dos Coruchéus Palácio dos Coruchéus, R. Alberto Oliveira, 51; 218 170 534 • Complexo Desportivo Alto do Lumiar (Campo de Futebol) Junto à Av. Santos e Castro, lt. 2; 218 170 137 • Complexo Desportivo do Boavista (Pavilhão e Piscina) R. das Azáleas; 218 170 053 • Complexo Desportivo do Casal Vistoso (Pavilhão e Piscina) R. João Silva; 218 170 107 • Comuna Teatro de Pesquisa Pç. de Espanha; 217 221 770 • Comunidade Hindu de PortugalAl. Mahatma Gandhi; 217 576 524; www. comunidadehindu.org • Confiquatro – Desportos NaúticosR. José Dias Coelho, 36B; 213 627 984/5; www.confiquatro.pt • Conservatório NacionalR. dos Caetanos, 29; 213 425 922; www. em-conservatorio-nacional.com • Convento dos Cardaes R. de O Século, 123; 213 427 525; www.conventodoscardaes.pt • Convento da Encarnação Lg. do Convento da Encarnação • Convento de São Pedro de Alcântara R. Luísa Todi, 1; 213 243 930; www.scml.pt• Convento das Trinas do Mocambo R.das Trinas, 49; 210 943 283; www.hidrografico.pt • Convento da Trindade R. Nova da Trindade, 20; • El Corte Inglés Av. António Augusto Aguiar, 31; 213 711 700; www.elcorteingles.pt • Cozinha Popular da Mouraria R. das Olarias, 5; 926 520 568 • Coworklisboa – LX Factory Rua Rodrigues Faria, 103; www.coworklisboa.pt • Cristina Guerra Contemporary Art R. de St. António à Estrela, 33; 919 099 245 • Culturgest R. do Arco do Cego; 217 905 155; www.culturgest.pt D Dança Livre - Escola de DançaR. Marquês da Fronteira, 76; 213 894 190; www.dancalivre. com • Dançattitude Trav. Escola Araújo, 3 A; 965 127 123; www.dancattitude • Dance Factory Studios R. Soares dos Reis, 11A; 210 169 043; www.dancefactory.com.pt • Dança do Saber R. Barão de Sabrosa, 161 A; 215 932 074; www.dancadosaber.pt • Dance SpotR. Fernando Vaz, 10B; 214 003 877; www.palcoplural.com • DARC/Desterro Cç. do Desterro, 7, 218 871 350, darc.pt • De Pura Cepa - Escuela de Tango Tv. de Santa Teresa, 28; 213 952 697 • Departamento de Património Cultural R. do Machadinho, 20; 218 170 900 • Departamento de Proteção CivilR. Cardeal Saraiva; 217 825 240 • Divisão de Promoção e Comunicação Cultural R. do Machadinho, 20; 218 170 900 E Edifício Central da Câmara Municipal de Lisboa Cp. Grande, 25; 808 203 323 • Embaixada do Luxemburgo R. das Janelas Verdes, 43; 213 931 940 •Enigma Lisbon R. do Crucifixo, 86, 4º esq.; 211 358 975; www.enigmalisbon.com • EKA [Palace] Calçada de Dom Gastão, 12; 216 005 575; www.facebook.com/palace.EKA • Ermida de Nossa Srª da Conceição Trav. do Marta Pinto, 21; 213 637 700; www.ermidabelem.com • Escola de Actores Ilha D’Arte R. Antero de Quental, 18 c/v; 936 411 313; www.escoladeactoresilhadarte.com • Escola António Arroio R. Coronel Ferreira do Amaral; 218 160 330; www.antonioarroio.org • Escola de Artes Vera Santos Silva Cp. Grande, 2, 4º dto.; 217 937 251; escoladeartesverasantossilva.blogspot. com • Escola de Belas-Artes Pedro Serrenho R. Campo de Ourique, 61; 917 540 178 • Escola de Dança Ana Köhler - EDAK R. Luís Pastor de Macedo, 37 A; 217 150 738; www.edak.pt • Escola de Dança Projeto Latino917 860 556; www.projectolatino.com • Escola de Dança Raquel Oliveira R. dos Anjos; www.raquel-oliveira.com/escoladedanca • Escola de Dança e Teatro Musical - EDSAE Edifício Amoreiras Plaza, R. Silva Carvalho, n. 321 Loja M; 213 943 530; www. edsae.com • Escola de Jardinagem e Calceteiros Av. Dr. Francisco Luís Gomes, Quinta Conde dos Arcos; 218 550 690 • Escola de Medicina Tradicional Chinesa R. Dona Estefânia, 175; 213 475 605; www.esmtc.pt • Escola de Música do Conservatório Nacional R. dos Caetanos, 29; 213 425 922; www.emen.edu.pt • Escola Profissional de Imagem - EPI R. D. Luís I, 3; 213 942 550; www.epi.edu.pt • Escola Secundária Pedro Nunes Av. Álvares Cabral; 213 940 090; www. espn.edu.pt• Escola Superior de Artes Decorativas – ESADR. João de Oliveira Miguens, 80; 218 814 696 • Escola Superior de Dança R. da Academia das Ciências, 7; 213 244 770; www. esd.ipl.pt• Escrever EscreverR. do Alecrim, 47, 4A; 210 962 158; www.escreverescrever.com • Espaço 62 R. Conceição da Glória n. 62; facebook.com/Espaco62 • Espaço Alkântara Cç. Marquês de Abrantes, 99; 213 152 267; www.alkantara.pt • Espaço Arte Tranquilidade R. Rodrigues Sampaio, 95; www.tranquilidade.pt • Espaço Bento Martins Junta de Freguesia de Carnide, Lg. das Pimenteiras, 6; 217 121 330; www.jf-carnide.pt • Espaço Cultura da Axa Portugal Ed. AXA, Av. do Mediterrâneo, Lote 1.01 1.2 • Espaço Cultural das Mercês R. Cecilio de Sousa, 94; www.jf-merces.pt • Espaço Dança de Palmira Camargo Av. das Forças Armadas (Centro de Apoio à Juventude); 934 531 025; www.palmira.camargo.com • Espaço Eira 33 R. Camilo Castelo Branco, 33, 1º; 213 530 931; eira33.blogspot.com • Espaço Espelo d’Água Av. Brasília; 213 882 278 • Espaço Evoé R. das Canastras, 40; 218 880 838; www.evoe.pt • Espaço Exibicionista Rua Dona Estefânia 157, Loja C; 214 055 054; www.espacoexibicionista.com • Espaço Interpress R. Luz Soriano, 67, 1º • Espaço Pessoa e Companhia Cç. de Santana, 177 • Espaço Ribeira R. Ribeira Nova, 44 • Espaço Santa Catarina Largo Dr. António de Sousa Macedo, 7; 213 971 165 • Espaço de Yoga e Terapias do Restelo Pcta. das Torres do Restelo, lt. 1527; 213 011 475; www.yogarestelo.com • Espassus 3G R. dos Táxis Palhinha; 936 140 274 • Estádio do Restelo Av.do Restelo; 213 032 653 • Estádio do Sport Lisboa e Benfica Av. General Norton de Matos; 217 219 500; www.slbenfica.pt • Estado Universitário de Lisboa Av. Prof. Egas Moniz; 210 493 407/8; www.estadio.ulisboa.pt • Estúdio 1 - Academia LifeClub R. de Cintura ao Porto de Santos, Armazém J • Estúdio ACCCA R. dos Caetanos, 26, 1º • Estúdio Cassefaz R. da Academia das Ciências, 24 C • Estúdio Vanda Melo Praça Olegário Mariano, 5, 2ºdt; 932 015 610 • Estufa Fria Parque Eduardo VII; 213 882 278 • Eva Guerra Avenida Afonso III, 77, r/c dto; 914 071 042; evaguerr@gmail.com • Evoé - Escola de Actores R. das Canastras, 36/40; 218 880 838; www.evoe.pt • Externato Ergon Av. 5 de Outubro, 21; 213 155 734; www. externatoergon.net F Fábrica do Braço de Prata R. da Fábrica do Material de Guerra, 1; 965 518 068; bracodeprata. net • Fábrica Criativa Galeria Monumental, Campos Mártires da Pátria, 101; 964 440 314; www. galeriamonumental.com • Fabrica Features Lisboa R. Garrett, 83, 4º, 21 32 56 764 • Fabula Urbis R. Augusto Rosa, 27; 21 888 50 32; www.fabula-urbis.pt • Faculdade de Belas-Artes da Universidade de Lisboa Lg. da Academia Nacional de Belas-Artes; 213 252 175; www.fba.ul.pt • Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa Av. de Berna, 26 C; 217 908 300; www.fcsh.unl.pt • Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa Cp. Grande, Edif. C5; 217 500 000; www.fc.ul.pt • Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa Al. da Universidade; 217 920 000; www.fl.ul.pt • Forum Dança Trav. do Calado, 26 B; 213 428 985; www.forumdanca.pt • Full Act R. Fernão Lopes, 9, 1º esq.; 935 068 010; fullact.com • Funarte Galeria LxFactory; R. Rodrigues Faria, 103; www.lxfactory.com • Fundação Arpad SzenesVieira da Silva Pç. das Amoreiras, 56; 213 880 044; www.fasvs.pt • Fundação Calouste

Gulbenkian Av. de Berna, 45 A; 217 823 700; www.gulbenkian.pt • Fundação Carmona e Costa R. Soeiro Pereira Gomes, Lt. 1, 6º A e D; 217 803 003; www.fundacaocarmona.org.pt • Fundação das Casas de Fronteira e Alorna Palácio Fronteira, Lg. Domingos de Benfica, 1; 217 784 599; www.fronteira-alorna.pt • Fundação Champalimaud Av. de Brasília; 210 480 200; www. fchampalimaud.org• Fundação Cidade de Lisboa R. Campo Grande 380; 217 568 241; www. fundacaocidadedelisboa.pt • Fundação INATEL (Espaço Mouraria) Edifício do Amparo, R. da Mouraria, 64, 4º; 210 027 148; www.inatel.pt • Fundação Leal Rios R. do Centro Cultural, 17B; 210 998 623; www.lealriosfoundation.com • Fundação Musical dos Amigos das Crianças R. D. Luís I, 19, 1º; 213 959 147; www.fmacmusica.org • Fundação Portuguesa das Comunicações – Museu das ComunicaçõesR. do Instituto Industrial, 16; 213 935 000; www.fpc.pt • Fundação José Saramago Casa dos Bicos, R. dos Bacalhoeiros; 218 802 040; www.josesaramago.org G Gabinete de Arquitetura Alexandre da Costa Lopes – Espaço Galeria R. Marquês de Subserra, 10 C • Gabinete Curiosidades Karnart (GCK) Av. da Índia, 168 • Gabinete de Estudos Olisiponenses Palácio do Beau Séjour, Est. de Benfica, 368; 217 701 100; geo.cm-lisboa. pt • Galeria 111 Cp. Grande, 113; 217 977 418; R. Dr. João Soares, 5 B; 217 819 907; www.111.pt • Galeria Abraço R. Poço do Borratém, 39; 218 884 310 • Galeria António Prates Av. António Augusto de Aguiar, 58 D; 213 571 167; www.galeriaantonioprates.com • Galeria ArtInzo Rua Marquês de Subserra ,10 C; 911 809 782; galeriartecontemporaneamarquesubserra10c.wordpress. com • Galeria de Arte CA – Grupo Crédito Agricola R. Castilho, 233/233 A; 213 809 900 • Galeria Art Lounge R. António Enes, 9, C; 213 146 500 • Galeria de Arte AFK Av. Professor Fernando da Fonseca, 21 A; 919 046 376; www.arteafk.com • Galeria de Arte Periférica Centro Cultural de Belém, loja 3; 213 617 100; www.arteperiferica.pt • Galeria de Arte UrbanaCç. da Glória e Lg. da Oliveirinha; gau-lisboa.blogspot.com • Galeria BaginskiR. Capitão Leitão, 51-53; 213 970 719; www.baginski.com.pt • Galeria BangBang – Arte Contemporânea R. Dr. Almeida Amaral, 30B; 213 148 018; www.galeriabangbang.com • Galeria Belo-Galsterer R. Castilho, 71, r/c Esq; 213 815 914; www.belogalsterer.com • Galeria Bessa Pereira – Design Séc. XX R. Luz Soriano n-15/17; www.galeriabessapereiradesign.com • Galeria da Boavista R. da Boavista, 50 • Galeria Bozart R. da Escola Politécnica, 4, r/c; 213 432 516 • Galeria Corrente d’Arte Av. D. Carlos I, 109; 213 941 722 • Galeria Diferença R. São Filipe Neri, 42, c/v; 213 832 193 • Galeria Filomena Soares R. da Manutenção, 80; 218 624 122; www.gfilomenasoares.com • Galeria Gest’Arte Av. Prof. Aníbal de Bettencourt; 217 826 100 • Galeria Graça Brandão R. dos Caetanos, 26; 213 469 183; www.galeriagracabrandao.com • Galeria João Esteves de Oliveira R. Ivens, 38; 213 259 940 • Galeria Laboratório R. Graça, 168; 918 968 264; www. laboratorio.urinol.pt • Galeria Luís Serpa Projetos R. Tenente Raul Cascais, 1 B; 213 977 794; www.galerialuisserpa.com • Galeria Maria Lucília Cruz Rua das Salgadeiras, 22; 213 421 135 • Galeria Monumental Cp. dos Mártires da Pátria, 101; 213 533 848 • Galeria Novo Século R. de O Século, 23 A/B; 213 427 712 • Galeria Opus 14 Rua das Gáveas 14; 213 460 216/ 965 520 190; www.opus14.pt • Galeria Pedro Alfacinha Rua de São Mamede, 25C; www.pedroalfacinha.pt • Galeria Pedro Cera R. do Patrocínio, 67; 218 162 032 • Galeria Pedro SerrenhoR. Almeida e Sousa, 21A; 213 930 714; www.galeriapedroserrenho.com • Galeria Quadrado Azul R. Reinaldo Ferreira, 20 A; 213 476 280; www.quadradoazul.pt • Galeria Quadrum R. Alberto Oliveira, Palácio dos Coruchéus, 52; 218 170 534 • Galeria Ratton R. Academia das Ciências, 2C; 213 460 948; www.galeriaratton.blogspot.com • Galeria Reverso R. da Esperança, 59/61; 213 951 407; www.reversodasbernardas.com • Galeria das Salgadeiras R. da Atalaia, 12-16; 213 460 881 • Galeria de São Mamede R. da Escola Politécnica, 167; 213 973 255; www.saomamede.com • Galeria São Roque Too R. de São Bento, 269; 21 397 0197 • Galeria Tapeçarias de Portalegre R. da Academia das Ciências, 2J; 213 421 481 • Galeria do Torreão Nascente da Cordoaria Nacional Av. da Índia; 213 637 635 • Galeria 36 R. de São Filipe Nery, 36 r/c; 918 972 966; www. artelinguas.com • Galeria Valbom Av. Conde Valbom, 89 A; 217 801 110; www.galeriavalbom.com • Galeria Zé dos Bois R. da Barroca, 59; 213 43l0 205; www.zedosbois.org • Gare Marítima de Alcântara Estação Marítima de Alcântara, Ed. Infante; 213 969 551 • Gato que Ladra R. Professor Sousa da Câmara, 156; 968 382 245; www.gatoqueladra.com • Ghost Tours Portugal 912 301 329 • Giefarte R. da Arrábida, 54BC; 213 880 381 • Ginásio Beija-Flor R. Severo Portela Lote C1 - Piso 0; 913 276 159; www.adccbf.com • Ginásio Clube PortuguêsPç. Ginásio Clube Português, 1; 213 841 580; www.gcp.pt • Goethe-Institut (Instituto Alemão) Campo dos Mártires da Pátria, 37; 218 824 510; www.goethe.delisboa • Grupo Amigos de Lisboa R. Portugal Durão, 58 A; 217 800 156; www.amigosdelisboa.com • Grupo Desportivo da Mouraria Tv. da Nazaré, 21; 218 870 713 • Grupo Dramático e Escolar Os Combatentes R. do Possolo, 5-9; 213 961 846; oscombatentes.com.sapo.pt • Grupo Dramático Ramiro José Rua João Villaret, 11 • Gymboree Al. dos Oceanos 1.02.1.11; 218 949 034; www.gymboree.pt H Hangar – Centro de Investigação Artística R. Damasceno Monteiro, 12; 218 870 490; www.hangar.com.pt • Helen Doron Early English Learning Center Av. Álvaro Cunhal 1B; 217 551 870 • Hipódromo do Campo Grande Campo Grande; 217 817 410 • Hospital Júlio de Matos Av. do Brasil; 217 917 000 • Hot Clube de Portugal Pç. da Alegria, 48; 213 460 305; www.hcp.pt • Hotel Sana Metropolitan R. Soeiro Pereira Gomes, 1; 217 982 500 • Hotel NH Liberdade Av. da Liberdade, 180B I I-Art Cç. Marquês de Abrantes, 115; 969 090 881; www.carolinaramos.net • Imprensa Nacional – Casa da Moeda R. de Dona Filipa de Vilhena 12; 217 904 030; www.incm.pt • In Impetus R. de Campolide, 27A; 213 157 815; www.inimpetus.org • Instituto de Artes e Ofícios – IAO R. Particular à R. Saraiva de Carvalho, 207; 213 964 502; www.iao.ual.pt • Instituto Cultural Romeno R. Dr. António Cândido, 18; 213 537 060; www.icr.ro/filiale/Lisabona • IPFEL – Instituto de Formação Av. Sidónio Pais, 2 - 3º; 21 315 03 53 • Instituto Francês de PortugalAv. Luís Bívar, 91; 213 111 400; www.ifp-lisboa.com • Instituto Gemológico Português R. Garrett, 19, 4ºA; 213 240 100 • Instituto Português do Desporto e Juventude R. de Moscavide, lote 47101; 218 920 800; www.ipdj.pt • Instituto Português de Fotografia R. Ilha Terceira, 31 A; 213 147 305 • ISCTE –IUL Av. Forças Armadas; 217 903 000; www.iscte.pt • ISEG – Instituto Superior de Economia e GestãoR. do Quelhas, 6; 213 925 800; www.iseg.ulisboa.pt J Jardim Botânico da Ajuda Cç. da Ajuda; 213 622 503; www.jardimbotanicodaajuda.com • Jardim Botânico Tropical Lg. dos Jerónimos, 213 609 660, www.iict.pt • Jardim Botânico do MNHN R. da Escola Politécnica, 56; 213 921 800; www.mnhnc.ul.pt • Jardim Guerra Junqueiro (Jardim da Estrela) Lg. da Estrela • Jardim do Príncipe Real R. da Escola Politécnica • Jazzy Dance Studios R. da Cintura do Porto a Santos, Armazém J; 213 950 763; www.jazzy.pt • Junta de Freguesia de Arroios R. Maria da Fonte, Mercado Forno do Tijolo; 218 169 970; www.jfarroios.pt • Junta de Freguesia de Benfica Av. Gomes Pereira, 17; 21 712 30 00; www.jf-benfica.pt • Junta de Freguesia de Carnide Lg. das Pimenteiras, 6; 217 121 330; www. jf-carnide.pt • Junta de Freguesia da Estrela - Centro Comunitário da Madragoa - Rua da Esperança, 49; 93 625 86 19 • Just4Teens Azinhaga dos Barros, 27, Lj. 1; 218 003 949; www. just4teens.pt k Kgaleria R.da Vinha, 43; 213 431 676 • Kunsthalle Lissabon R. José Sobral Cid, 9E; 912 045 650; www.kunsthalle-lissabon.org L Labirinto Lisboa R. do Instituto Industrial, 6-10; 213 900 365; www.labirintolisboa.com • LNEG - Laboratório Nacional de Engenharia e Geologia Est. Poço do Lumiar, 22; 210 924 600; • Lavadouro Público de Carnide Est. da Correia; 217 121 330 • Leituria R. D. Estefânia, 123A; 213 570554 • Liberdade Provisória R. Pinheiro Chagas, 48, 2º; 963 118 762; aliberdadeprovisoria. blogspot.pt • Lisboa Autêntica 913 221 790 • Lisboa Comedy Club Av. Duque de Loulé, 22; 213 520 742; lisboacomedyclub.pt • Lisboa Story Centre Terreiro do Paço, 78-81; 211 941 099; www.lisboastorycentre.pt • Lisboa Ginásio Clube R. dos Anjos,63; 213 154 002; www.lgc.pt • Lisbon Movie Tour 969 616 063; www.lisbonmovietour • Lisbon Walker R. dos Remédios, 84; 218 861 840; www.lisbonwalker.com • Lispolis Est. Paço do Lumiar, 44; 217 101 700; www.lispolis. pt • Livraria Bulhosa Campo Grande 10-B; 217 994 190 • Livraria Cabeçudos R. António Lopes Ribeiro, 7A; 218 005 184; www.cabecudos.com • Livraria Ler Devagar R. Rodrigues Faria, 103 - Ed. G - Espaço 0.3; www.lerdevagar.com • Livraria Móvel Tell a Story 963 171 710 • Livraria Palavra de Viajante R. de São Bento, 30; 211 956 340; • LPN - Liga para a Proteção da Natureza Est. do Calhariz de Benfica, 187; www.lpn.pt • A Loja das Atividades Av. Álvaro Cunhal, 3A; 965 261 132 • Lumiar Cité Rua Tomás del Negro, 8A, 217 551 570 • Lusitano Clube R. S. João da Praça, 81, r/c; 218 869 472; lusitano-clube.blogspot.com • Lux Frágil Av. Infante

29/09/15 12:01


63

CONTACTOS Dom Henrique; 218 820 890; www.luxfragil.com • Lx Dance - Escola de Dança e Bailado de Lisboa R. João Amaral, Pista de Atletismo Municipal Professor Moniz Pereira; 961 722 039 ; www. escolalxdance.com • LxFactory R. Rodrigues Faria, 103; 213 143 399; www.lxfactory.com M MAPA - Espaço Criativo Amoreiras Shopping Center, piso 2; 217 974 587; www. mapacampopatrimonio.com • Maria Matos Teatro Municipal Av. Frei Miguel Contreiras, 52; 218 438 800; www.teatromariamatos.pt • Meo Arena Rossio dos Olivais, Parque das Nações, lote 2.13.01A: 218 918 409 • Mercado 31 de JaneiroR. Eng. Vieira da Silva; 213 501 327 • Mérito PróprioR. Professor Mário Chicó, 2G • MeetiNG Arte Gallery Espaço Chiado, R. da Misericórdia, 12-20, 93 320 62 94 / 96 586 54 54, www.nataliagromicho.com • Minimundo R. Armindo Rodrigues, 7A; 936 969 949; www.minimundo.pt • Módulo – Centro Difusor de Arte Cç. dos Mestres, 34 A-B; 213 885 570 • A Montra Calçada da Estrela, 132; 213 954 401 • Mosteiro dos Jerónimos Pç. do Império; 213 620 034; www.mosteirojeronimos.pt • Mosteiro de S. Vicente de ForaCp. de Santa Clara; 218 810 500; www.patriarcado-lisboa.pt • Mouradia Beco do Rosendo, 8-10; 218 885 203; www.renovaramouraria.pt • MAC - Movimento Arte ContemporâneaR. do Sol ao Rato, 9C; 213 850 789; Av. Álvares Cabral, 58; 213867215; www.movimentoartecontemporanea. com • Movimento de Educação pela Arte Pólo da Pena da Junta de Freguesia de Arroios, R. Saco 1-A; 926 848 392 • Museu da Água da EPALR. do Alviela, 12, a Sta. Apolónia; 218 100 215; museudaagua.epal.pt • Museu da Água da EPAL - Reservatório da Patriarcal Jardim do Príncipe Real; 218 100 215; museudaagua.epal.pt • Museu Arqueológico do Carmo Lg. do Carmo; 213 478 629 • Museu de Arte PopularAv. Brasília; 213 011 282; museuartepopular. blogspot.com • Museu de Artes Decorativas Portuguesas da Fundação Ricardo do Espírito Santo SilvaLg. das Portas do Sol, 2; 218 814 600; www.fress.pt • Museu da Associação de Futebol de Lisboa R. Nova da Trindade, 2 - 2º; 213 224 870; www.afl.pt • Museu do Banco Portugal Av. Almirante Reis; 213 130 650; www.bportugal.pt • Museu Benfica Cosme Damião Av. General Norton de Matos; 217 219 500; www.slbenfica.pt/museu • Museu do Bombeiro de Lisboa R. Aurélio Quintanilha; 218 171 525 • Museu da Carris R. 1º de Maio, 101/103; 213 613 087; www.carris.pt • Museu da Cerveja Terreiro do Paço – Ala Nascente, 62 a 65; 210 987 656; www.museudacerveja.pt • Museu Coleção Berardo Arte Moderna e Contemporânea Pç.do Império; 213 612 878; www.museuberardo.com • Museu do Combatentee Forte do Bom Sucesso Av. Brasília; 925 334 955; www.ligacombatentes.org.pt • Museu das CriançasJardim Zoológico de Lisboa; 213 976 007; www.museu-dascriancas.eu • MUDE - Museu do Design e da Moda. Coleção Francisco Capelo R. Augusta, 24; 218 886 117; www.mude.pt • Museu da Eletricidade Av. Brasília, Central Tejo; 210 028 130/90; www.fundacaoedp.pt• Museu do Fado Lg. do Chafariz de Dentro, 1; 218 823 470; www.museudofado.egeac.pt • Museu da Farmácia R. Marechal Saldanha, 1; 213 400 680; www.museudafarmacia.pt • Museu Geológico/LNEG R. da Academia das Ciências, 19; 213 463 915; e-geo.ineti.pt/MuseuGeologico • Museu de Lisboa . Casa dos Bicos R. dos Bacalhoeiros, 10 • Museu de Lisboa. Palácio Pimenta Cp. Grande, 245; 217 513 200; www.museudacidade.pt• Museu de Lisboa. Santo António Lg. de Santo António da Sé, 22; 218 860 447• Museu de Lisboa. Teatro Romano R. de São Mamede, 3A; 218 172 450; www.museuteatroromano.pt • Museu Mãe d’Água Pç. das Amoreiras, 10; 218 100 215 • Museu da Marioneta Convento das Bernardas, R. da Esperança, 146; 213 942 810; www.museudamarioneta. pt • Museu Militar de Lisboa Lg. do Museu da Artilharia; 218 842 569 • Museu da Música R. João de Freitas Branco, Estação do Metropolitano Alto dos Moinhos; 217 710 990; www.museudamusica. imc-ip.pt • Museu Nacional de ArqueologiaPç. do Império; 213 620 000; www.mnarqueologiaipmuseus.pt • Museu Nacional de Arte AntigaR. das Janelas Verdes; 213 912 800; www. mnarteantiga-ipmuseus.pt • Museu Nacional de Arte Contemporânea – Museu do Chiado R. Serpa Pinto, 4; 213 432 148; www.museudochiado-ipmuseus.pt • Museu Nacional do Azulejo R. da Madre de Deus, 4; 218 100 340; mnazulejo.imc-ip.pt • Museu Nacional dos CochesPç. da Afonso de Albuquerque; 213 610 850; www.museudoscoches.pt • Museu Nacional do Desporto Palácio Foz, Pç. dos Restauradores; 213 958 629; www.ipdj.pt • Museu Nacional de Etnologia Av. Ilha da Madeira; 213 041 160; www.mnetnologia-ipmuseus.pt • Museu Nacional de História Naturale da Ciência R. da Escola Politécnica, 54-60; 213 921 800; www.mnhnc.ul.pt • Museu Nacional do Teatro e da Dança Est. do Lumiar, 10; 217 567 410; www.museudoteatroedanca.pt• Museu Nacional do Traje e da ModaLg. Júlio de Castilho; 217 567 620; museudotraje.imc-ip. pt • Museu do OrienteAv. Brasília, Doca de Alcântara; 213 585 200; www.museudooriente.pt • Museu da Presidência da RepúblicaPalácio Nacional de Belém, Pç. Afonso de Albuquerque; 213 614 660; www.museu.presidencia.pt • Museu Rafael Bordalo Pinheiro Cp. Grande, 382; 218 170 667; www.museubordalopinheiro.pt • Museu do Regimento de Sapadores Bombeiros Av. Lusíada; 218 171 450; www.rslisboa.com.pt • Museu de S. Roque Lg. Trindade Coelho; 213 235 233; www.museu-saoroque.com • Música - Campo de Ourique R. Coronel Ribeiro Viana, 25 cv • Musicbox R. Nova do Carvalho, 24; 213 430 107; www.musicboxlisboa.com N NAF – Núcleo de Arte Fotográfica do Instituto Superior Técnico Av. Rovisco Pais, 1; www.nucleoartefotografica.com • Nicolau Breyner Academia Trav. do Recolhimento Lázaro Leitão, 1; 218 438 020, www.nbacademia.pt • Negócio R. da Barroca, 59; 213 430 205; www. zedosbois.org • NexGym R. Luís Pastor de Macedo, 1B; 210 366 165; www.nexgym.pt • Next Room R. da Vitória, 73, 3º • Núcleo Arqueológico da Rua dos Correeiros R. dos Correeiros, 9; 211 131 004 O Objectismo, Loja/Galeria R. D.Pedro V, 55¸ 213 470 050; geral@objectismo.com • Observatório Astronómico de Lisboa Tapada da Ajuda; 213 616 730; oal.ul.pt • Oceanário de Lisboa Esplanada D. Carlos I; 218 917 002; www.oceanario.pt • O’culto da Ajuda Tv. das Zebras, 25/27; www.misomusic.com • Oficina do Cego R. Sabino de Sousa, 42A; www.oficinadocego. blogspot.com • Oficina de Costura Criativa Cç. Moinho de Vento, 3 • Oficina da PessoaAv. 5 de Outubro, 122, 3º dto.; 217 957 393 • Oficina de Teatro R. Sto. António dos Capuchos, 2 B, 1º dto • Ordem dos Arquitectos Tv. do Carvalho, 23; 213 241 140; arquitectos.pt • Orquestra Metropolitana de Lisboa Tv. da Galé, 36; 213 617 344; www.metropolitana.pt • Outra Lisboa 927 136 291; www.outralisboa.wordpress.com P Paços do ConcelhoPç. do Município; 213 236 200; www.cm-lisboa.pt • Padaria do Povo R. Luís Derouet, 20 A; 213 620 464• Padrão dos Descobrimentos Av. Brasília; 213 031 950; www.padraodosdescobrimentos.egeac.pt • Palácio de LaguaresR. Prof. Sousa da Câmara, 156 • Palácio dos Condes da Calheta Jardim Botânico Tropical, Lg. dos Jerónimos; 213 620 210 • Palácio Fronteira R. São Domingos de Benfica, 1; 217 782 023; www.fronteira-alorna.pt • Palácio da Independência Lg. São Domingos, 11; 213 241 470 • Palácio Nacional da Ajuda Lg. da Ajuda; 213 637 095; www.pnajuda.imc-ip.pt • Palácio Nacional de Belém Cç. da Ajuda; 213 614 600; www.presidencia.pt • Palácio-Quinta da Alfarrobeira R. António Saúde, 11 • Panteão Nacional Cp. de Santa Clara; 218 854 820 • Papa-Léguas Viagens de Aventura R. Conde de Sabugosa, 3 F; 218 452 689; www.papa-leguas.com • Paradise Garage R. João de Oliveira Miguens, 38-48; 213 930 216; www.paradisegarage.pt • Parque Florestal de Monsanto- Espaço Monsanto Est. do Barcal, Monte das Perdizes; 218 170 200; lisboaverde.cm-lisboa.pt • Parque das Nações www.parquedasnacoes.pt • Pavilhão da Ajuda Cç. da Tapada; 218 170 143 • Pavilhão do Conhecimento – Ciência VivaAl. dos Oceanos; 218 917 100; www.pavconhecimento.pt • Pentáculo – Academia de Estudos Av. Maria Helena Vieira da Silva, 36 A e 44 A; 21 757 81 10; www.pentaculo.pt • Perve Galeria R. das Escolas Gerais, 17; 218 822 607; www.pervegaleria. eu • Piscina de Alfama 218 170 873 • Piscina da Ameixoeira 218 170 306 • A Piscina dos Bebés • Ed. Gonçalves Zarco, Doca de Alcântara Norte; 213 907 033; www.apiscinadocas.com • Piscina do Oriente 218 170 124 • Piscina da Penha de França 218 170 103 • Piscina do Rego 218 170 309 • Piscina do Restelo 218 170 309 • Piscina Vale Fundão 218 170 121 • Planetário Calouste Gulbenkian Pç. do Império; 213 620 002; planetário.marinha.pt • Plataforma LX www. plataformalx.pt • Plataforma Revólver R. da Boavista, 84, 3º; 213 433 259; www.artecapital.net/ plataforma.php • Polivalente de Santa Catarina Calç. do Combro, 82 A • Ponto de Luz Ateliê Lg. de Sto António da Sé, 21; 218 871 136 • Português Et Cetera R. dos Douradores, 11, 1º, Sala 3; 969 056 067; www.portuguesetcetera.com • Praça de Toiros do Campo Pequeno Centro de Lazer do Campo Pequeno; 217 998 450; www.campopequeno.com • Pratinho Feio R. da Esperança, 6213 974 744 • Primo Canto – Associação CulturalR. da Mouraria, 64, 1º; 966 555 048; primocanto.

AGENDA_MIOLO_Outubro12.indd 63

com.sapo.pt • Pro.Dança - Escola de Dança R. de São Domingos à Lapa, 8; 213 979 937; www. prodanca.pt • Projecto + Skillz R. do Teixeira, 13; 211 937 976; www.bairroaltoe.com • Prova de Artista R. Tomás Ribeiro, 115, 213 199 551, provadeartista-blog.blogspot.com Q Quercus – Associação Nacional de Conservação da Natureza Centro Associativo do CalhauBº do Calhau, Parque Florestal de Monsanto; 217 788 474; www.quercus.pt • Quinta das Conchas e dos Liláses Alameda das Linhas de Torres; 217 594 516 • Quinta Pedagógica dos OlivaisR. Cidade Lobito; 218 550 930; quintapedagogica.cm-lisboa.pt R RCA Club Lisboa R. João Saraiva, 18; 211 972 610; www.rcaclub.com • Red Bull House of Art R. Rodrigues Faria, 103 • Reitoria da Universidade de Lisboa Al. da Universidade; 210 113 400; www.ul.pt • Restart R. Quinta do Almargem, 10; 213 609 450; www.restart.pt • Ribeira R. da Ribeira Nova, 44; 915 341 974; www.primeiros-sintomas.com • Roca Global www.rocaglobal.com • Ruínas e Museu Arqueológico do CarmoConvento do Carmo, Lg. do Carmo; 213 478 629; www. museuarqueologicodocarmo.pt S S Espaço R. das Farinhas, 26; 924 368 752 • SAL – Sistemas de Ar Livre265 227 685; www. sal.pt • Sala d’Aula Av. da República, 41, 6º E; 217 957 083; www.saladaula.com • Saltimbanco Animação e Oficinas Criativas 917 727 683; www.osaltimbanco.blogspot.pt • Santa Casa da Misericórdia de Lisboa Lg. Trindade Coelho; 213 235 000; www.scml.pt • São Luiz Teatro Municipal R. António Maria Cardoso, 38; 213 257 650; www.teatrosaoluiz.pt • Serviços Sociais do Montepio Geral R. Garrett, 47, 5º; 21 324 51 00; www.ssmontepio.pt • Singulartrips Av. Óscar Monteiro Torres, 20-2E; 962 922 567; www.singulartrips.com • Sociedade de Geografia de Lisboa R. das Portas de Santo Antão, 100; 213 425 401; www.socgeografialisboa.pt • Sociedade Histórica da Independência de PortugalLg. de S. Domingos, 11; 213 241 470; www.ship. pt • Sociedade de Instrução Guilherme CossoulAv. D. Carlos I, 61-1º; 213 973 471; www. guilhermecossoul.pt • Sociedade Musical Ordem e Progresso R. do Conde, 77, 1º; 919 829 484 • Sociedade Nacional de Belas-ArtesR. Barata Salgueiro, 36; 213 138 510; www.snba.pt • Sociedade Portuguesa de Autores Av. Duque de Loulé, 31; 213 594 400 • Sou – Movimento e ArteR. Maria, 73; 211 547 790; www.sou.pt • Steps Clube R. dos Caminhos de Ferros, 90 B; 210 150 893; www.steps.pt • Supremo Tribunal de JustiçaPç. do Comércio; 213 218 900 T Tap Dance Center Lisbon R. de O Século, 44; 932 940 988; www.workin.com.pt • Tapada das Necessidades Lg. das Necessidades; 213 912 600 • Tcharan EventosTrav. dos Fornos, 15, 1º dto; 914 107 158; www.tcharan.com • Teatro Aberto Pç. de Espanha; 213 880 086; www. teatroaberto.com • Teatro Armando Cortez Est. da Pontinha, 7; 218 860 503; • Teatro do Bairro R. Luz Soriano, 63 • Teatro Camões Pq. das Nações, Passeio de Neptuno; 218 923 470 • Teatro de Carnide Azinhaga das Freiras; 910 789 764 • Teatro Casa da Comédia R. S. Francisco de Borja, 22; 213 959 417; www.filipecrawford.com • Teatro CinearteLg. de Santos, 2; 213 965 360/275; www.abarraca.com • Teatro da Cornucópia R. Tenente Raúl Cascais, 1; 213 961 515; www.teatrocornucopia.pt • Teatro D. Luís Filipe (Teatro da Luz) Lg. da Luz; 217 120 600 • Teatro-Estúdio Mário Viegas Lg. do Picadeiro; 213 257 641/652• Teatro Ibérico R. de Xabregas, 54; 218 682 531; www.teatroiberico.org • Teatro de Marionetas Algazarra Calçada da Boa-Hora, 58, 2º; 962 429 895; www.algazarrateatro.blogspot.pt • Teatro Meridional R. do Açúcar, 64; 218 689 245; www. teatromeridional.net • Teatro Nacional D. Maria IIPç. D. Pedro IV; 213 250 800; www.teatrodmaria.pt • Teatro Nacional de São CarlosR. de Serpa Pinto, 9; 213 253 000; www.saocarlos. pt • Teatro Papa-LéguasR. Prof. Santos Lucas, 36A; 210 970 654; www.teatropapaleguas. net • Teatro Politeama R. das Portas de Sto. Antão, 109; 213 405 700; www.teatro-politeama. com • Teatro da Politécnica R. da Escola Politécnica, 56; 961 960 281 • Teatro do Silêncio Lg. das Pimenteiras, 6 A; 217 121 330; teatrodosilencio.blogspot.com • Teatro Taborda Costa do Castelo, 75; 218 854 190 • Teatro Thalia Estrada das Laranjeiras, 205 • Teatro Tivoli BBVA Av. da Liberdade, 182-188; 213 572 025; www.teatro-tivoli.com • Teatro TurimEst. de Benfica, 723 A; 217 606 666; www.teatroturim.com • Teatro TrindadeLargo da Trindade, 7A; 213 423 200; www. inatel.pt • Teatro Villaret Av. Fontes Pereira de Melo, 30; 213 538 586; www.teatrovillaret • Teatro da Voz Tv. de S. Vicente, 11; 213 530 931 • The Little GymR. 1 à R. Direita de Palma, 4B; 217 269 464; www.thelittlegym.pt • Time Travellers 965 107 188; www.timetravellers.pt • Torre de Belém Av. de Brasília; 213 620 034; www.torrebelem.pt • Trema Arte Contemporânea R. do Jasmim, 30; 218130523; www.trema-arte.pt • 3+1 Arte Contemporânea R. António Maria Cardoso, 31; 210 170 765; www.3m1arte.com • 30 da Mouraria – Psicoterapia e Movimento R. da Mouraria, n.30, 4º; 30damouraria.weebly.com U Um Outro Olhar 938 258 919; www.umoutroolhar.com • Underdogs Art StoreTime Out - Mercado da Ribeira, Av. 24 de Julho, 49; 218 680 462; www.under-dogs.net • Universidade Autónoma de Lisboa R. Santa Marta, 56; 808 292 929; www.autpnoma.pt • Universidade de Lisboa Alameda da Universidade, Cidade Universitária; 217 967 624; www.ul.pt • Universidade Lusíada R. da Junqueira, 188; 213 611 573, www.ulusiada.pt • Universidade Lusófona Campo Grande, 376; 217 515 500; www.ulusofona.pt • Universidade Nova de Lisboa Campus de Campolide; 213 715 600 V Velha Gaiteira R. das Pedras Negras, 17; 218 865 046; www.facebook.com/AVelhaGaiteira • Vera Cortês Art Agency Av. 24 de Julho, 54; 213 950 177 • 22Ateliê R. de Arroios 22ª; 22ateliê.org • Village Underground Lisboa Museu da Carris R. Primeiro de Maio, 101; 219 362 140; vulisboa. com • Viragem LabR. de Santa Marta, 73 A; 213 580 733; www.viragem-lab.com.pt • Voz do Operário R. Voz do Operário, 13; 218 862 155; www.vozoperario.pt • Vozes em Conserto R. João Menezes, 4A; 218 400 213; www.vozesemconserto.com X Xuventude de GaliciaR. Júlio de Andrade, 3; 218 853 680; www.juventudedagaliza.com w Work In Studio R. de O Século, 44; 932 940 988; www.workin.com.pt

EQUIPAMENTOS MUNICIPAIS ARQUIVO Arquivo Municipal de Lisboa R. B ao Bairro da Liberdade, lotes 3-6, piso 1; 213 807 100/1/2; seg a sex: 9h-17h30 Arco do Cego R. Nunes Claro, 8 A; 218 411 170; seg a sex: 9h-17h30 Fotográfico R. da Palma, 246; 218 844 060; sala de exposições: seg a sáb: 10h-19h; sala de leitura: seg a sex: 9h30-17h ( pedidos de reprodução até às 16h30), arquivomunicipal.cm-lisboa.pt Videoteca Lg. do Calvário, 2; 218 170 433; seg a sex: 10h-17h; www.videoteca.cm-lisboa.pt BIBLIOTECAS Belém R. da Junqueira, 295; 213 616 620; seg a sex: 10h- 17h; seg a sáb: 10h30-18h; seg e sáb abre dias 3, 5, 17, 19, 26 out; blx.cm-lisboa.pt Camões Lg. do Calhariz, 17, 2º Esq.; 218 172 360; seg a sex: 11h- 18h; seg a sáb: 10h30-18h ; seg, sáb abre nos dias 10, 12, 24, 26 out; blx.cm-lisboa.pt Coruchéus Rua Alberto Oliveira; 218 172 049; seg a sex: 10h- 18h; seg a sáb: 10h30-18h; seg, sáb abre nos dias 10, 12, 24, 26 out; blx.cm-lisboa.pt David Mourão-Ferreira R. Padre Abel Varzim, 7 D; Casal dos Machados; 218 536 337; seg a sex: 10h30-13h/14h-18h; ter a sex: 10h30-18h; sáb: 10h30-13h30/14h30-18h; seg, sáb abre nos dias 10, 12, 24, 26 out; blx.cm-lisboa.pt Gabinete de Referência Cultural R. Cidade do Lobito; 218 507 100; Reservado a atividades com estabelecimentos de ensino especial e regular, entidades para deficientes e outras instituições culturais; seg a sex: 10h-19h; blx.cm-lisboa.pt; Marcação prévia

Hemeroteca Rua Lúcio de Azevedo, 21B; 218 172 430; seg a sex: 11h- 18h; ter a sex: 10h-19h, sáb, seg: 13h-19h; 218 504 020; hemeroteca.sr@cm-lisboa.pt Maria Keil R. Maria José da Guia, 8; 217 589 280; seg a sex: 10h- 17h; seg a sáb: 10h30-18h; seg, sáb abre nos dias 10, 12, 24, 26 out; blx.cm-lisboa.pt Natália Correia Centro Social Polivalente; R. Rio Cávado, B.º Padre Cruz ; 217 141 535; seg a sex: 10h-13h/14h-19h, sáb: 10h-13h ; blx.cm-lisboa.pt Olivais/Bedeteca R. Cidade do Lobito; 218 507 100; seg a sex: 10h- 17h; seg a sáx: 10h-18h; seg, sáb abre nos dias 10, 12, 24, 26 out; blx.cm-lisboa.pt Orlando Ribeiro/Fonoteca Antigo Solar da Nora; Estrada de Telheiras; 217 549 030; seg a sex: 13h-19h; ter a sex: 10h-19h; sáb, seg: 13h-19h; blx.cm-lisboa.pt Palácio Galveias encerrada temporariamente Penha de França R. Francisco Pedro Curado, 6A; 218 172 410; seg a sex: 12h-18h; seg a sáb: 10h-18h; seg, sáb abre dias 3, 5, 17, 19, 26 out; blx.cm-lisboa.pt Por Timor R. de São Bento, 182-184; 213 905 702; seg a sex: 13h- 19h; seg a sáb: 10h-18h; seg e sáb abre dias 3, 5, 17, 19, 26 out; blx.cm-lisboa.pt Quiosque Jardim da Estrela Jardim da Estrela; 213 904 198; ter a sáb: 13h-17h; blx.cm-lisboa.pt República e Resistência Cidade Universitária; R. Alberto de Sousa, zona B do Rêgo. 217 802 760; seg a sex: 10h-17h; a partir de 16 set: ter a sex: 10h-20h; sáb, seg: 13h-20h São Lázaro R. do Saco, 1; 218 852 672; ter a sex: 11h-19h; seg: 11h-13h/14h-19h, sáb: 11h-18h; blx. cm-lisboa.pt ITINERANTES/ MÓVEIS 21 8 170 544 / 910 238 089 Ajuda Largo da Memória; 8, 22 out: 14h-18h Arroios Jardim Constantino; 7, 21 out: 14h-16h Benfica Estrada de Benfica, 723-725 C (fte. à igreja); 2, 16 out: 14h-18h Benfica - Buraca R. Maria Violante (jardim); 5, 19 out: 14h-18h Benfica - Fonte Nova Estrada de Benfica, 503 (R. Paulo Renato fte. ao 1G, Centro Comercial); 6, 20 out: 14h-16h Campo de Ourique R. Tomás Anunciação, 43 (Jardim Teófilo Braga);1, 15 out: 14h-18h Chelas Zona J Pç. Dr. Fernando Amado (junto ao campo ); 7, 21 out 16h15-18h Colombo Luz-Colombo (fte. ao CC Colombo junto ao Metro); 13, 27 out: 14h-18h Monsanto (junto ao Estabelecimento Prisional ); 5, 19 out: 11h15-12h15 Parque das Nações Pç. do Oriente (junto à Estação do Oriente); 9, 23 out: 14h-18h Quinta das Conchas Lumiar (à Alameda das Linhas de Torres); 14, 28 out: 14h-18h Roma Av. de Roma, (junto ao Hotel Roma); 7, 14, 21, 28 out: 10h-12h30 Serafina R. da Igreja (junto ao centro social e paroquial); 6, 20 out: 16h15-18h CASA FERNANDO PESSOA R. Coelho da Rocha, 16-18; 213 913 270; Seg a sáb: 10h-18h; casafernandopessoa.cm-lisboa.pt CENTRO DE ARQUEOLOGIA DE LISBOA Avenida da India, 166; 218 172 180; centro.arqueologia@cm-lisboa.pt CINEMA SÃO JORGE Avenida da Liberdade, 175; 213 103 400; cinemasaojorge.pt GABINETE DE ESTUDOS OLISIPONENSES Estrada de Benfica, 368; 217 701 100; Seg a sex: 9h-18h; geo.cm-lisboa.pt GALERIAS Galeria Boavista Rua da Boavista, 50; 213 476 335; Ter a sex: 10h-18h, sáb, dom: 14h-19h Galeria Quadrum R. Alberto Oliveira, Palácio dos Coruchéus, 52; 218 170 534 Ter a sex: 10h-18h, sáb, dom: 14h-19h Cordoaria Nacional Torreão Nascente Avenida da Índia; 213 646 128; Ter a sex: 10h-18h, sáb, dom: 14h-19h Pavilhão Branco e Preto do Museu de Lisboa -Palácio Pimenta; Campo Grande, 245 LIVRARIA Livraria Municipal Av. da República, 21A; 213 567 869; seg a sex: 9h30-17h MONUMENTOS Castelo de São Jorge 218 800 620; Núcleo Museológico; Núcleo Arqueológico; Todos os dias: 9h-21h; www.castelosaojorge.pt Padrão dos Descobrimentos Av. Brasília; 213 031 950; Ter a dom: 10h-18h; www. padraodosdescobrimentos.egeac.pt MUSEUS Ateliê-Museu Júlio Pomar R. do Vale, 7; 218 172 111; Ter a dom: 10h-18h; encerra fer; www. ateliêmuseujuliopomar.pt MUDE, Museu do Design e da Moda. Coleção Francisco Capelo R. Augusta, 24; 218 886 117; Ter a dom: 10h-18h; www.mude.pt Museu do Aljube R. Augusto Rosa, 42; 218 172 400; Ter a dom: 10h-18h; www.museudoaljube.pt Museu de Lisboa. Núcleo Arqueológico -Casa dos Bicos R. dos Bacalhoeiros; Seg a sáb: 10h-18h, encerra dom e feriados Museu de Lisboa. Palácio Pimenta; Campo Grande, 245; 217 513 200; (Serviço de Animação e Pedagogia: 217 513 200); Ter a dom: 10h-13h/14h-18h, encerra fer.; www.museudacidade.pt Museu de Lisboa. Santo António Lg. de Santo António da Sé, 24; Ter a dom: 10h-13h/14h-18h Museu de Lisboa. Teatro Romano Rua de São Mamede, 3A; 217 513 215; Ter a dom: 10h-18h; encerra fer Museu de Lisboa. Torreão Poente Praça do Comércio; todos os dias: 10h-20h Museu da Marioneta Convento das Bernardas; R. da Esperança, 146; 213 942 810; Ter a dom: 10h-13h/14h-18h; www.museudamarioneta.pt Museu do Fado Largo do Chafariz de Dentro, 1; 218 823 470; Ter a dom: 10h-18h; www. museudofado.egeac.pt Museu Rafael Bordalo Pinheiro Campo Grande, 382; 218 170 667; Ter a dom: 10h-18h, encerra fer.; Visitas temáticas guiadas; (Serviço de Animação e Pedagogia: 217 513 200); www.museubordalopinheiro.pt TEATROS Maria Matos Teatro Municipal Av. Frei Miguel Contreiras, 52; 218 438 800; www.teatromariamatos.pt São Luiz Teatro Municipal R. António Maria Cardoso, 38; 213 257 650; www.teatrosaoluiz.pt

29/09/15 12:01


64

VEJA NO SITE DA AGENDA CULTURAL

VERTIGEM E DESESPERO NO TEATRO DA POLITÉCNICA. JOGADORES DE PAU MIRÓ PELOS ARTISTAS UNIDOS O LUX MARCA O ARRANQUE DA TOUR CONJUNTA DE ISAURA E FRANCIS DALE OLÉ! O CINEMA ESPANHOL INVADE LISBOA COM O CINEFIESTA OS SONS LUSÓFONOS DA MUSIDANÇAS TAMBÉM MERECEM UM FESTIVAL GNR ABREM CAIXA NEGRA E PASSAM CARREIRA EM REVISTA

AGENDA CULTURAL LISBOA out 2015 / N.º 293 diretor

Manuel Veiga editora executiva

Paula Teixeira editor

Luis Almeida d’Eça direção de arte

Jorge Silva/ Silva!Designers design

Inês Carmo Tiago Morais na capa

Fotografias de Humberto Mouco e André Brito,   tipografia de Elisabete Gomes coordenação

Madalena Calvo copy desk

Sara Simões redação

Ana Figueiredo Ana Rita Vaz Cristina Engrácia Filipa Santos Frederico Bernardino Tomás Collares Pereira fotografia

Francisco Levita Humberto Mouco relações públicas, publicidade institucional, circulação e assinaturas

Marco Mateus publicidade

Sónia Maia Just Media / 210 939 695 impressão

Multiponto distribuição

Transporta S.A. tiragem

30 000 exemplares depósito Legal

40722/90

periodicidade

Mensal Isenta de registo na ERC ao abrigo da lei de imprensa 2/99 edição

câmara municipal de lisboa/ EGEAC vereadora do pelouro da cultura Catarina Vaz Pinto Todas as informações para a Agenda Cultural devem ser enviadas até ao dia 5 de cada mês. recolha de informação

Rua do Machadinho, 20 1249-150 Lisboa Tel. 218 170 900 agenda.cultural@cm-lisboa.pt

WWW.AGENDALX.PT

A HISTÓRIA E O PRESENTE DA EUROPA NO DOCLISBOA’15 AGENDA_MIOLO_Outubro12.indd 64

29/09/15 12:01


www.teatromariamatos.pt • telf. 218 438 801

CAPA_AF.indd 2

V latk a H or va t Pa blo Fid alg o L ar e o Apoio Europa em Casa

Viriat o S oro m enho -M arq u es

MARIA MATOS TEATRO MUNICIPAL

Espetáculos de Pablo Fidalgo Lareo apresentados no contexto da Mostra Espanha

Rimini P r o to koll

Europa Improvável é um projeto House on Fire com o apoio do Programa Cultura da União Europeia

classifi cação etária: a classifi car pela CCE

T 2 a 18 E AT RO o u tu b ro 21 5

29/09/15 12:26


AGENDA CULTURAL LISBOA OUT 2015

CAPA_AF.indd 1

29/09/15 12:26


Agenda Cultural Lisboa | outubro'15