Page 77

T E AT R O E S T R E I AS

75

SÃO LUIZ TEATRO MUNICIPAL

A NOITE DA IGUANA

Artistas Unidos. Tennessee Williams, autoria; Jorge Silva Melo, encenação; Nuno Lopes, Maria João Luís, Isabel Muñoz Cardoso, Joana Bárcia, Catarina Wallenstein, Pedro Carraca, entre outros, interpretação. Ver entrevista a Jorge Silva Melo. 19 JAN A 5 FEV QUA A SÁB: 21H, DOM: 17H30

NÃO QUERO MORRER

Elmano Sancho e Juanita Barrera, texto, encenação e interpretação. Um ator português e uma atriz colombiana sobem ao palco para evocar os artistas outrora amados que o público esqueceu. 25 A 29 JAN QUI A SÁB: 21H, DOM: 17H30 TEATRO DO BAIRRO

NOITE DE REIS, OU COMO LHE QUEIRAM CHAMAR

A partir de Twelft Night, or What You Will, de William Shakespeare. Luís Moreira, encenação; Alice Medeiros, Frederico Coutinho, Joana Chandelier, José Redondo, Paulo Duarte Ribeiro, Rui Westermann, Sandra Pereira, Victor Yovani e Vítor d’Andrade, interpretação.

TEATRO IBÉRICO

ROMEU E JULIETA

Cia. João Garcia Miguel. William Shakespeare, texto; João Garcia Miguel, encenação; David Pereira Bastos e Sara Ribeiro, interpretação.

O mais imortal dos casais da dramaturgia universal revisitado por João Garcia Miguel que enfoca um mundo despojado de amor. 6 A 22 JAN QUA A SÁB: 21H30 TEATRO NACIONAL D. MARIA II

OS ÚLTIMOS DIAS DA HUMANIDADE – ESTA GRANDE ÉPOCA Ver destaque. 12, 20 JAN:21H 15 JAN: 16H

OS ÚLTIMOS DIAS DA HUMANIDADE – GUERRA É GUERRA

© Vel Z

Nesta comédia de Shakespeare, ritmada por uma sucessão de peripécias, o jogo é entre o amor, o engano e a palavra. 6 A 22 JAN QUA A SÁB: 21H, DOM: 17H

TEATRO THALIA 19 A 29 DE JANEIRO ESTRADA DAS LARANJEIRAS, 205 / WWW.KARNART.ORG

FOGO

KARNART. Luís Castro e Vel Z, direção arística; Bibi Perestrelo, Fernando Grilo, Ivone Fernandes-Jesus, Marco Patrocínio e Xana Lagusi, interpretação.

Depois de uma viagem muito livre pela Commedia de Dante, Luís Castro e Vel Z abraçam o desafio de criar uma nova experiência perfinst (combinação entre performance e instalação) a partir do fogo, “elemento nobre e mitológico (…) ponto de partida para a afirmação do Homem no planeta Terra”. Criado especificamente para a sala do Teatro Thalia, edifício oitocentista recentemente recuperado, Fogo é “uma imensa instalação performativa”, onde quatro atores e um body-artist corporizam personagens e imagens inspiradas, sobretudo, na pintura clássica, mas também no cinema e na fotografia, sem esquecer um conjunto de “referências científicas, históricas e antropológicas”. O espetáculo, financiado pelo Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, contará com a “participação direta” do público, “compelido a estilhaçar a unidade da narrativa, personalizando-a por um lado, metaforizando-a por outro.” FB

Agenda Cultural Lisboa | janeiro '17  

Em 2017, Lisboa será a Capital Ibero-americana de Cultura, um evento que trará a cerca de 40 equipamentos culturais e às ruas de Lisboa, exp...

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you