Page 1

FEVEREIRO MARÇO ABRIL ‘2010 Rua Dr. Leonel Sotto Mayor 2500 Caldas da Rainha tel. 262 889 650 / fax. 262 889 660 geral@ccc.eu.com

EDITORIAL Contradições de uma programação e da ideia que temos dela... O CCC, ao prosseguir de forma sistemática o seu programa que visa dar a conhecer aos públicos a diversidade das artes dos espectáculos, cumpre um papel estratégico de convívio e de aquisição de saberes fundamentais nas sociedades contemporâneas. Pretende-se assim dar corpo ao essencial, deixando de fora o acessório e as vozes da desgraça. A visibilidade desta urbe está nos canais nacionais também por esta causa, a dignificação das populações que é uma das linhas de força que o projecto CCC persegue. Incontrolável e incorporado nos quotidianos das gentes desta região, muito caminho teremos que percorrer, muita energia temos que agrupar, muitos parceiros temos que encontrar se quisermos superar o isolamento provinciano. Os mecanismos estão criados, os procedimentos encontrados, os públicos convivem, procuram, inquirem, constroem-se numa dimensão centrada na escala do espaço, trazendo à “cena” desde os sentidos da Agora grega, aos da utilização do ciberespaço num universo de relações, consensuais e conflituais, tendentes à apropriação e expressões de poder com interesse no controlo do espaço público. Tudo à nossa volta se encontra apenas temporariamente no estado em que o encontramos. Nada é estático, tudo é dinâmico. A cultura é um trabalho em progresso. Se até agora ela se constrói lentamente é arcaica e pobre, porque cada passo, inovador, parte de um processo em contínuo desenvolvimento. Se existirem pessoas que aprendam a lidar com esta realidade, no sentido positivo ou negativo da palavra, o processo desencadeia uma evolução mais rápida e segura. Existe assim a possibilidade de darmos saltos de décadas, contribuindo para retirar uma sociedade da sua inércia atávica provinciana. Porque acreditamos, propomos de corpo renovado um programa que conta com novos colaboradores e nova imagem também! Não cruzamos os braços à espera de outros interlocutores, o corpo está criado, a batalha é diária, é público o nosso objectivo: Contribuir para a aquisição de saberes e proporcionar plataformas de cooperação capazes de regenerarem os modelos que teimam em sobreviver, apesar de desfasados no tempo e nos conteúdos. “Todavia, como a seu respeito já anteriormente se disse, não havia teoria alguma da vida que lhe parecesse ter alguma importância em comparação com a própria vida. Sentia-se plenamente cônscio da esterilidade de toda a especulação intelectual, quando desacompanhada da acção e da experiência. Sabia que os sentidos, não menos que a alma, têm os seus mistérios espirituais a revelar-nos.”(*) Carlos A. Ribeiro Mota (*) Óscar Wilde – O Retrato de Dorian Gray

ccc.eu.com


03

05

07

MÚSICA

OUTROS

INFANTO JUVENIL

Quarta

Sexta

Domingo

FEVEREIRO tindersticks |21h30 |Grande Auditório M/6anos Duração: 75 minutos 1ª/2ª Plateia e Tribuna: 25€ Camarotes: 20€ A digressão mundial do novo disco da banda inglesa Tindersticks, Falling Down a Mountain, tem início no Centro Cultural e de Congressos das Caldas da Rainha. Esta banda inglesa, da cidade de Nottingham, liderada por Stuart A. Stapples regressa a Portugal, onde tem uma legião de fãs, que fazem deles um dos grupos de maior culto dos últimos anos, já passaram pelo Festival Vilar de Mouros em 1996 e 1999, pelo Festival Sudoeste em 2008, actuaram no Teatro Micaelense, no Coliseu dos Recreios e na Casa da Música em 2009. Ficha Técnica Voz, Guitarra | Stuart Ashton Staples Guitarra, Vibrafone | Neil Timothy Fraser Teclados, Percussão | David Leonard Boulter Produção

08

11

EXPOSIÇÃO

MÚSICA

PAREDES DE COR desenhos de João Cabaço

KANUKANAKINA

Segunda

|Café CCC Durante o mês de Fevereiro vão estar expostos desenhos de João Cabaço no Café Concerto do CCC das Caldas da Rainha, no âmbito da iniciativa “Paredes de Cor”. O ilustrador vai apresentar uma série de trabalhos feitos entre 2006 e 2009 (tamanhos A4 e A5) e mais alguns novos desenhos, de maiores dimensões, realizados especificamente para esta exposição no Centro Cultural e Congressos das Caldas da Rainha. Será uma retrospectiva do trabalho que João Cabaço tem vindo a fazer ao longo dos anos. “Quando comecei, desenhava muito em diários gráficos e fui levando isso cada vez mais a sério. Acho que isso se percebe na minha obra”, explicou o autor. Aos 33 anos, João Cabaço tem uma carreira consolidada como ilustrador, tendo realizado ilustrações para diversos livros, entre eles O Coração das Coisas, de António Torrado e O Gato Juno, de Rita Campos. O antigo estudante de Artes Plásticas na ESAD das Caldas da Rainha publicou também o fanzine Notibó e o livro de desenhos Do Acidente e da Culinária. Participa com ilustrações para as revistas Sábado e Visão e para o jornal Correio da Manhã.

Quinta

|21h30 |Pequeno Auditório Preço Normal: 5€ Preço Estudante: 3€ TALVEZ POR ACASO, MAS NÃO UM ACIDENTE! “Kanukanakina”, assim se apresenta o projecto musical de Miguel Pipa, desenvolvido a partir de instrumentos musicais construídos na lógica do Circuit-bending. A partir de antigos brinquedos e máquinas electrónicas, os objectos criados com materiais reutilizados e da reinterpretação de objectos do quotidiano, nasce o projecto “Kanukanakina”. Num processo de fusão com os instrumentos electrónicos convencionais, Miguel Pipa, o mentor do projecto, vai criando diferentes paisagens sonoras melódicas e experimentais. E além de se tornarem instrumentos musicais, os objectos modificados são verdadeiras esculturas plásticas. Ficha Técnica Maquinarias, brinquedos e quinquilharia Miguel Pipa Baixo | Miguel Ramos

TOSTA MISTA O Malabarista |22h00 |Café CCC Thorsten Grütjen, mais conhecido como Tosta Mista “o Malabarista”, é um excêntrico manipulador de objectos, um cómico surreal, sempre virtuoso a interpretar personagens “simples” e com muita improvisação. Com um ar ingénuo e sonhador, Tosta Mista anima todos com as suas brincadeiras, situações caricatas e insólitas. É uma personagem inspirada pela atmosfera dos café-concertos e dos teatros de variedades do início do século XIX. Um one man show com cartolas, caixas, bolas a voar e rolar, num espectáculo com pouca magia (um truque) mas com muito fogo (uuiii). Inicialmente apresentou-se em animações e espectáculos de teatro de rua. Com a entrada no novo milénio e com as mudanças climáticas foi criada uma versão “interior” deste espectáculo de malabarismo “clássico”. Este regresso às Caldas da Rainha faz-se agora num espaço interior, sem receio do mau tempo.

O PORCO LAU E OS TRÊS LOBINHOS Os Papa-Léguas |16h30 |Pequeno Auditório M/4anos Duração: 50 minutos Crianças: 4,50€ Adulto: 7,50€ Pacotes Família: Pacote A - 2 Adultos + 1 Criança: 17,50€ Pacote B - 1 Adulto + 2 Crianças: 15€ Bilhete Grupo (10 Crianças + 1 Adulto): 37,50€ A Companhia de Teatro “Os Papa-Léguas” apresenta a peça O Porco Lau e os Três Lobinhos, que conta a história da geração seguinte ao conto tradicional Os Três Porquinhos e o Lobo Mau. Na versão original os Três Porquinhos são perseguidos pelo Lobo Mau que quer comê-los, mas não consegue, acabando por cair na panela da sopa. Neste espectáculo a história não acaba aqui e continua com a nova geração das personagens tradicionais e com os papéis invertidos. Assim temos o Porco Lau, de seu nome Barbosa, que depois se disfarça de Idalete e as Três Lobinhas que se transformam em lobinhos que vão viver novas peripécias. Ficha Artística e Técnica Interpretação | Cristina Basílio, Margarida Borges, Pedro Cardoso e Sofia Petinga Texto, encenação e cenografia | Mário Jorge Concepção musical | J. Gomez Coreografias | Margarida Borges Desenho de luz | O. Anorev Figurinos | Marije Mestra de costura | Maria José Baptista Design gráfico | Miguel Gomes


17

20

25

28

CAFÉ

MÚSICA

MÚSICA

DANÇA

CAFÉ LITERÁRIO Zica Capristano

DAVID FONSECA

JOSÉ JAMES

|21h30 |Grande Auditório

|21h30 |Grande Auditório

A BELA ADORMECIDA Moscow Ballet «La Classique»

Quarta

“De África, From Africa, D’Afrique” |21h30 |Café CCC Vai ser apresentado no CCC o livro De África - From África - D’Afrique, do antropólogo Zica Capristano. Esta obra resultou das diversas viagens de Zica Capristano ao continente africano e constitui um testemunho de convivência com Povos e Comunidades que, hoje como no passado, celebram tradições, culturas, práticas e saberes representativos de todo um legado milenar. A edição trilingue (Português; Francês; Inglês), reúne mais de 400 fotos a cores, e tem como co-autores, testemunhos de diversos especialistas tão prestigiados como António Carmona Rodrigues, Augusto Manuel Correia, Fernando Cardoso Paisana, Gilberto Cardoso de Matos, Guilherme D’Oliveira Martins, José Almeida Negreiros, Leonor Viegas Tavares e Manuel Viegas Tavares. Uma parte da receita do livro é destinada à Associação SOL, em Portugal, e à Associação Save The Children, entidades que desenvolvem prestigiadas acções de solidariedade. Co-Produção

Sábado

1ª e 2ª Plateia: 17,50€ Tribuna: 15€ Camarotes: 12,50€ Clube de Fãs do David Fonseca: 20% de desconto Portadores do Cartão CCC e Visa: 30% de desconto Depois do êxito estrondoso do platinado Dreams in Colour, David Fonseca apresenta-nos Between Waves, o seu 4.º disco a solo, e cujos singles A Cry 4 Love e Stop 4 A Minute são já hits de airplay das rádios nacionais. Este é um trabalho, segundo as palavras do artista “… muito pessoal e intimamente ligado ao meu mundo emocional, uma viagem sempre enigmática.” Este concerto no CCC apanha David Fonseca no momento mais alto da sua carreira a solo. É inegável considerar que as prestações ao vivo de David e respectiva banda estão entre as experiências mais excitantes que os palcos portugueses poderão receber: uma extensa lista de canções emblemáticas do conhecimento geral – desde as menos recentes Someone That Cannot Love, The 80’s passando por Superstars e Kiss Me, Oh Kiss Me ou até aos mais recentes A Cry 4 Love, Stop 4 A Minute e U Know Who I Am; uma extrema preocupação com o conceito plástico do que é um espectáculo ao vivo no século XXI; e a necessidade de noite para noite, de concerto para concerto, surpreender a audiência. Uma noite que se prevê... frenética! Produção

Quinta

Preço Único: 15€ Portadores do Cartão CCC e Visa: 30% de desconto José James criou um novo estilo na música contemporânea ao combinar blues urbano, hip hop, soul, drum n’bass para produzir um som fresco e inovador, mas totalmente enraizado nas tradições do jazz. O músico regressa a Portugal, onde actuou em 2008, para apresentar o seu segundo disco, intitulado Blackmagic. Ficha Técnica Voz | José James Coro | Jordana De Lovely Piano | Grand Windsor Baixo | Neil Charles Bateria | Richard Spaven Co-Produção

Apoio

Domingo

|17h00 |Grande Auditório Bailado com um prólogo e três actos Duração: 140 minutos (c/ dois intervalos de 15 minutos) 1ª Plateia: 25€ 2ª Plateia: 22€ Camarote e Tribuna: 18€ Grupos + 10 pessoas: 10% de desconto Jovens < 16 anos: 10% de desconto Séniores > 65 anos: 10% de desconto A BELA ADORMECIDA é uma obra baseada no conto de Charles Perrault La Belle au Bois Dormant bem ao estilo francês do século XVII. Considerado um dos bailados que maior interesse desperta junto do grande público é dançado por todas as companhias do mundo, esta obra-prima de Tchaikovsky é sem dúvida uma das mais belas páginas do ilustre compositor russo. A relação da música de Tchaikovsky com a coreografia de Petipa é de tal forma perfeita que seria difícil imaginar outra leitura da partitura. Por isso, música e coreografia numa simbiose genial, fizeram com que esta peça fosse considerada a obra emblemática da dança clássica. Ficha Técnica Música | Pyotr Tchaikovsky Coreografia | Marius Petipa Libreto | Ivan Vsevolojsky Cenografia | Evgeny Gurenko Première | 15 Janeiro de 1890, Teatro Mariinsky, em Sait Petersburg, Rússia Produção Classic Stage

REAL COMBO LISBONENSE

IRMÃOS ESFEROVITE

|22h00 |Grande Auditório

|00h30 |Café CCC

Preço Único: 10€ Crianças menores de 10 anos: Gratuito Grupos de 10 pessoas: 80€

Preço: + 3,50€ Espectáculo faz parte do pacote (13,50€).

Com um repertório essencialmente constituído por clássicos de sempre e pérolas perdidas da música portuguesa, e uma formação que recupera, sob uma perspectiva actual, o espírito e o repertório das orquestras e conjuntos de baile dos anos 50 e 60. A sua música aspira, dessa forma, a ser congregadora, transgeracional, transsocial e transcultural. Novos e menos novos, ricos, pobres e remediados – a todos, com um piscar de olho, o Real Combo Lisbonense convida para a dança!

BAILE DE CARNAVAL PACOTE COMPLETO: Preço: 10€ + 3,50€ Inclui: RCL + Irmãos Esferovite + Animações para crianças + 2 Palhaços no Bar

Ficha Técnica Ana Brandão (voz), Bernardo Barata (baixo, coros), Ian Mucznik (voz, guitarra, percussões), João Paulo Feliciano (orgão Hammond, piano, guitarra), João Pinheiro (bateria, coros), Márcia Santos (voz), João Leitão (guitarra), Mário Feliciano (orgão Farfisa, voz, percussões), Rui Alves (percussões, bateria, coros) e Sérgio Costa (piano, flauta, saxofone tenor). Produção

Os Irmãos Esferovite regressam às Caldas da Rainha para o Carnaval do CCC com a sua música e palhaçadas, mas também com muita interacção com o público, depois de terem participado na Animação de Verão das Caldas da Rainha. O quarteto de palhaços surpreende a audiência com números de malabarismo, equilibrismo, acrobacia e um repertório musical composto por músicas originais e versões que passam pelo universo da banda desenhada e do circo. Ficha Técnica Direcção Artística | Pedro Correia Palhaços | Luís Almeida (percussão), André Teixeira (saxofone), André Lima (guitarra) e Pedro Correia (buzinas, apitos, malabarismos e afins...). Produção | Nuvem Voadora


6/7

11

13

MULTI

VIDEO

MÚSICA

VALE

PIONÉS O Programa da Tininha

ANDRÉ SANTOS & QUINTETO

|21h30 |Pequeno Auditório

|21h30 |Grande Auditório

Preço Único: 2,50€

Preço: 10€ Preço especial (estudantes, séniores e portadores do cartão CCC): 7,50€

Sáb./Dom.

Quinta

DISCIPLINAR

Sábado

MARÇO 15 Segunda

EXPOSIÇÃO

|21h30 |16h30 |Grande Auditório M/6anos Duração: 75 minutos Preço Normal: 12,50€ Preço Especial: 10€

PAREDES DE COR pinturas de Mónica Landim |Café CCC A iniciativa “Paredes de Cor”, no Café Concerto do CCC, vai ser preenchida em Março com quadros de Mónica Landim, onde confronta as culturas portuguesa e caboverdiana (da qual descende), numa série de auto-retratos. Licenciada em Artes Plásticas na ESAD das Caldas da Rainha, Mónica Landim nasceu em Alcobaça (1986), mas reside actualmente no Porto, onde está integrada no projecto de teatro “Elástico”. “No meu trabalho plástico, o meu rosto está quase sempre presente, sendo executado de forma obsessiva pela forma como excluo, pelo menos aparentemente, outro tipo de figuração”, explica a pintora. Segundo Mónica Landim, esta obsessão prende-se com uma busca de identidade. Esta convergência de categorizações no âmbito das questões de Beleza, é o meio escolhido para mostrar a sua situação de confronto “miscigenação entre duas culturas a que pertenço (Portuguesa e Cabo-verdiana) e a que sempre estarei submetida”.

VALE é um espectáculo coreográfico e musical que mobiliza 14 intérpretes, vindos da dança, do teatro e da música, e 40 participantes locais. VALE cria, com a sua dinâmica laboratorial, espaços de encontro e trabalho regular entre artistas e as populações. VALE é um projecto de criação artística regional que parte do património dos lugares e das gentes do Vale do Tejo e se conjuga com os Teatros e as comunidades onde estes, hoje, se integram. Nesta terra onde o rio é mar aprendemos que a pele tem flor, que o gado tem vida de homem, que os lençóis são de água escura, que as pedras se rebentam para fazer nascer as oliveiras, que no tomilho poisam morcegos, que o vento lava, leva e traz. Este VALE, instalado no algar do teatro, envolverá então o público e irá transportá-lo até terras fundas de vaidade e obediência, onde se desafia o medo, onde a água transborda e inunda, onde o sol e a sombra se encontram...

Da mesma equipa do “Pionés”, programa que passou na SIC Radical, esta série apresenta um talk show com convidados que mais ninguém quer nos outros programas. A Tininha, personagem protagonizada pela caldense Tânia Leonardo, é a apresentadora deste programa que é apanhada de surpresa pelos convidados mais surpreendentes. Desde um duvidoso médico que faz transplantes de órgãos em pleno estúdio, a um padre homossexual que mudou de sexo e se tornou numa freira lésbica, mas também um homem que põe 40 malaguetas de seguida na boca.

Partindo das três vertentes base do Flamenco (cante, baile e toque) o guitarrista André Santos funde a sua paixão flamenca com todos os outros géneros musicais que o formam enquanto músico. Do cante soa o lamento, do baile surge a energia e a sensualidade, da música vive a paixão. Ficha Artística André Santos (Guitarra), Nuno Tavares (Piano), Ivo Nogueira (Baixo), Carlos Mil-Homens (Percussão), Gil Costa (Cante) e Sofia Abraços (Baile Flamenco).

32,50€

5 espectáculos 15* entradas CARTÃO 15* boas no bar

Ficha Artística e Técnica Criação | Madalena Victorino em co-criação com os intérpretes Direcção Musical e Música | Carlos Bica Interpretação | Ainhoa Vidal, Costanza Givone, João Vladimiro, Lucília Raimundo, Marta Silva, Martinho Silva e Miguel Fragata Músicos | André Silva [guitarras], Carlos Santos [baixo eléctrico], Emanuel Soares [acordeão], Isaac Achega [bateria], Luís Martins [guitarras] e Pedro Salvador [guitarras] Produção Executiva | Inês Barahona

Jovens/Estudantes

* 3 por espectáculo

Produção Projecto Co-financiado pela união Europeia

19

CARMINHO

MÚSICA

|21h30 |Grande Auditório

Sexta

1ª e 2ª Plateia: 15€ Tribuna e Camarotes: 12,50€ Há um par de anos que era aguardada com grande expectativa a estreia em disco de Carminho, a voz a que muitos já chamaram “a grande esperança do fado”. Carminho cresceu no meio do fado: filha da fadista Teresa Siqueira, desde cedo esta música fez parte do seu dia-a-dia. Estreou-se a cantar em público, no Coliseu de Lisboa, com apenas 12 anos de idade e desde aí começou a cantar regularmente na Taverna do Embuçado, em Alfama “onde tive grandes mestres”. “Sentada na mesa da Bia, ouvia com atenção as mil e uma histórias de noites e fadistas”, conta. Além da participação em vários discos, destaca-se ainda a sua presença no filme Fados de Carlos Saura e o Prémio Revelação Feminina atribuído pela Fundação Amália Rodrigues. O seu novo disco tem sido um sucesso. “Este disco sou eu. O meu passado (fados que sempre cantei), o meu presente (a evolução que o meu fado tem sofrido ao longo dos anos) e o meu futuro (em que irei, ainda mais, deixar-me guiar pela minha sensibilidade)”. O concerto está integrado nas comemorações do 150º aniversário do Montepio Rainha D. Leonor. Co-Produção


20 Sábado

27

28

MÚSICA

INFANTO JUVENIL

Sábado

TEATRO

CICLO DE CINEMA FRANCÓFONO

Domingo

|Pequeno Auditório Sessões Diurnas: 1,50€ Sessões Nocturnas: 2,50€

DRÁKULA Chapitô

ANAQUIM |21h30 |Grande Auditório

|21h30 |Grande Auditório M/12anos Duração: 90 minutos Preço Normal: 5€ Preço Estudantes: 3€ Preço grupos de alunos: 2,50€ Dr. Jonathan Harker, um célebre dentista inglês, é chamado de urgência à Transilvânia. Ao chegar ao castelo do seu cliente depara-se com um vasto espólio de doenças e estranhos hábitos de dieta e higiene oral: queda de dentes, gengivite, mau hálito e uma acentuada ausência de vitamina D. No regresso a Londres, sucedem-se incidentes ainda mais perturbantes: o conde não consegue abandonar os seus hábitos perversos, nem a sua particular preferência por certos grupos de sangue. Nada parece detê-lo. Sem alternativa, Dr. Harker pede auxílio ao seu colega e amigo Prof. Van Helsing – o grande Vampirologista. Entre A positivo e RH negativo, o romance, o suspense e o drama nas ruas sombrias de Londres. O renascimento do afamado Conde Drácula, para recuperar uma dentição que não resistiu à passagem dos séculos. O mito no seu sentido mais vampiresco... Ficha Técnica e Artística Autoria | Criação Colectiva Encenação | John Mowat Interpretação | Jorge Cruz, José Carlos Garcia e Tiago Viegas Assistente Encenação | Liliana Lopes e Rui Rebelo Sonoplastia | Rui Rebelo Desenho de Luz | Paulo Cunha e Jochen Pasternacki Apoio à Cenografia | Filipe Domingues, Liliana Lopes e Paulo Cunha Carpinteiro | Nuno Simão Produção | Tânia Melo Rodrigues e Patrícia Maio

Projecto Co-financiado pela união Europeia

Quarta

MÚSICA

Anaquim, projecto a solo de José Rebola (guitarrista dos The Cynicals), explora uma sonoridade folk que revisita os grandes nomes da música portuguesa ao mesmo tempo que inova, seja na temática, na escolha de instrumentos ou nos arranjos. Nascido em 2006, o projecto conta ao vivo com alguns dos melhores músicos de Coimbra que não deixam de dar o seu cunho pessoal ao resultado final, todo ele leve na forma e forte no conteúdo. As músicas têm sempre uma portugalidade e uma actualidade que cria uma empatia imediata com o ouvinte. Depois do primeiro E.P., Anaquim lança a 1 de Março o seu primeiro álbum. Apoio

|16h30 |Pequeno Auditório M/4anos /CCE Duração: 40 minutos Crianças: 4,50€ Adulto: 7,50€ Pacotes Família: Pacote A - 2 Adulto + 1 Criança: 17,50€ Pacote B - 1 Adulto + 2 Crianças: 15€ Bilhete Grupo - 10 Crianças + 1 Adulto: 37,50€ “Aventuras de João Ratão (e outros Contos do Caldeirão)” é mais uma peça infanto-juvenil da Companhia de Teatro de Animação “Os Papa-Léguas”. Nesta peça é recontada a história da Carochinha e do João Ratão, analisada pela memória e pontos de vista de duas antigas pretendentes. Esta história que vão ver, a bem dizer, não passa de um enredo vulgar de ciumeiras, invejas e intrigas entre duas amigas: a primeira é Carmela, que se julga muito bela, a segunda é Belmira, que se julga muito gira. E ambas guardam em si, bem juntinho ao coração, um segredo muito antigo sobre um tal de João Ratão. Por ele andaram as duas tão perdidinhas de amores! Ai, que tremuras!... Que ardores! Por isso, perante vós, Eis Belmira!... Eis Carmela!... Ou... Eis Carmela!... Eis Belmira!... Explicando, não me entendo! Mas vós a entendereis... em vendo! Ficha Técnica e Artística Interpretação | Cristina Basílio e Margarida Borges. Texto, encenação e cenografia | Mário Jorge Concepção musical | J. Gomez Coreografias | Margarida Borges Desenho de luz | O. Anorev Figurinos | Marije Mestra de costura | Maria José Baptista Apoio à montagem | Miguel Gomes e António Pinto Design gráfico | Alexandre Azevedo Produção

Produção

31

Preço Normal: 10€ Preço Especial: 7,50€

AVENTURAS DE JOÃO RATÃO e outros Contos do Caldeirão Os Papa-Léguas

Projecto Co-financiado pela união Europeia

A JIGSAW |22h00 |Café CCC Os “a Jigsaw” são um quarteto indie multi-instrumentista que se rendeu ao som do folk, do country e dos blues. Depois do sucesso atingido com o álbum conceptual Letters From The Boatman (2007), João Rui, Jorri, Susana Ribeiro e Marco Silva fazem chegar até nós um segundo álbum: Like The Wolf (2009). As intensas performances ao vivo, onde diferentes instrumentos surpreendem o público a cada momento, fazem deste um projecto a acompanhar em 2010. Após a sua bem sucedida tour promocional em 2009 e com a muito esperada segunda edição do álbum Like the Wolf à vista, os “a Jigsaw” embarcam numa longa tour europeia a partir de Fevereiro: a “Like the Wolf European Tour”, que passa pelo CCC.

L’ÎLE DE BLACK MOR

De | Jean-François Laguionie Com | Frédéric Cerdal (voz), Jean-François Dérec (voz), Jean-Paul Roussillon (voz), Agathe Schumacher (voz) e Mehani Taric (voz). FR (2004) | 85’ | COR

LA GRANDE SÉDUCTION

De | Jean-François Pouliot Com | Raymond Bouchard, David Boutin, Pierre Collin, Benoît Brière, Rita Lafontaine e Lucie Laurier. CAN (2003) | 110’ | COR

LA VRAIE VIE EST AILLEURS

De | Frédéric Choffat Com | Sandra Amodio, Vincent Bonillo, Dorian Rossel, Jasna Kohoutova, Antonella Vitali e Roberto Molo. SUI (2006) | 84’ | COR

23 Terça

24 Quarta

25 Quinta

|10h00 - L'Île de Black Mor |15h00 - La Vraie Vie Est Ailleurs

|10h00 - L'Île de Black Mor |15h00 - La Vraie Vie Est Ailleurs |21h30 - La Vraie Vie Est Ailleurs |10h00 - L'Île de Black Mor |15h00 - La Vraie Vie Est Ailleurs |21h30 - La Grande Séduction

26 Sexta

|10h00 - L'Île de Black Mor |15h00 - La Vraie Vie Est Ailleurs

27

|10h00 - L'Île de Black Mor |15h00 - La Vraie Vie Est Ailleurs

Sábado


10

15

18

MÚSICA

MÚSICA

INFANTO JUVENIL

DJ RIDE AND THE BEAT BOMBERS

BUNNYRANCH

TI-TÓ-TIS Passos e Compassos

Sábado

Quinta

Domingo

ABRIL 19 Segunda

EXPOSIÇÃO

|22h00 |Grande Auditório Preço Único: 10€

PAREDES DE COR

Trabalho dos alunos do curso de Fotografia do CCC da responsabilidade de António Campos Leal |Café CCC A iniciativa “Paredes de Cor”, este mês, tem lugar reservado para os alunos do curso de Fotografia promovido pelo Centro Cultural e de Congressos das Caldas da Rainha. Ministrado pelo fotógrafo António Campos Leal, o curso teve início a 26 de Janeiro e conta com 20 participantes. O curso decorre às terças-feiras, com formandos de áreas muito distintas. Desde o fotógrafo amador que tira fotografias ocasionalmente e que pretende aprender um pouco mais, até ao profissional que procura bases teóricas mais consistentes. Esta é a montra ideal para a exposição do trabalho desenvolvido pelos alunos durante o curso.

The Beat Bombers é um projecto do caldense DJ Ride e DJ Ovelha Negra, “a real turntablism crew”, que apresenta o que de melhor se faz na música urbana nacional. O hip-hop foi sempre, por definição, o terreno do real, da rua, do concreto. A metáfora, quando aflora nas rimas, é quase sempre para reforçar a ideia de realidade, por analogia. Por tudo isto, é entusiasmante ver como um criador usa a música não para escapar dessa realidade, mas praticamente para inventar uma nova dimensão. Ride é esse criador e Psychedelic Sound Waves é o novo capítulo na sua incrível e pessoalíssima viagem ao mundo dos beats. Ride estreou-se com Turntable Food na Loop: Recordings, surpreendendo logo em 2007 com uma inédita mistura em que hip-hop, funk, electrónica e mais qualquer coisa indefinível (“talento” é a palavra que alguns usam para isso) ousavam construir um espaço novo para si. Seguiram-se vários outros capítulos interessantes, tanto no campo do djing, campeão nacional por quatro vezes, como da produção: editou 180 gr., scratch tool que ganhou dimensão de vinil graças à aliança à plataforma Red Bull Home Groove e foi convidado por Henrique Amaro a integrar a primeira leva de edições da Optimus Discos com o EP Beat Journey, lançado em 2009. 2010 promete agora ser um ano em grande. Um Ano Grande. Ride começa por lançar Psychedelic Sound Waves num novo selo, Rockit. Mas participará igualmente numa temporada do coreógrafo Rui Horta no CCB e será figura central no documentário “Dig in Japan”.

|21h30 |Pequeno Auditório Preço Normal: 5€ Preço Estudante: 3€ Os Bunnyranch, banda portuguesa de rock’n’roll, vai apresentar no CCC o seu último álbum, If You Missed The Last Train. O quarteto é actualmente composto por Kaló (voz e bateria), Pedro Calhau (baixo), João Cardoso (teclas e vozes) e o mais recente Augusto Cardoso (guitarra). Sempre que os Bunnyranch gravam novo disco e preparam nova digressão, o aviso impõe-se: deixar soltas as moças casadoiras pode ser decisão arriscada! Sempre que desce à cidade – e hoje o mundo inteiro não é mais do que uma grande cidade – este circo deixa marcas nas gentes de bons costumes. Lou Reed aconselhava passeatas pelo lado selvagem da vida. Os Bunnyranch são um nadinha diferentes: são eles próprios uma espécie de wild side itinerante. Itinerante e capaz de invadir e transformar a vida de moças casadoiras, metrossexuais depilados, geeks de bigode, freaks do folk e Betty Boops dadas ao garage rock dos 60s. If You Missed The Last Train foi gravado e misturado em nove dias nos estúdios Serra Vista, em Monchique, Algarve.

|16h30 |Pequeno Auditório M/0anos Preço Adultos: 7,50€ Preço Criança: 4€ Pacote Família 2 Adultos + 1 Criança ou 1 Adulto + 2 Crianças: 12,50€ Criámos um baú de brinquedos... Um baú mágico onde a imaginação não tem limites e onde todos nos sentimos bem. Um baú habitado por um mundo de fantasia, por bebés meninas e bebés meninos, mas também por mamãs e papás babados. O ti-tó-tis dá horas, mas horas especiais, num mundo de brincar, de ilusão, num mundo fantástico; o gato, a boneca, o soldadinho e o comboio são alguns dos amigos que perdem a timidez e convidam os bebés para brincar. Por entre notas de música e movimentos de dança, ouvem-se risos e gargalhadas e trocam-se mimos. Num contexto singular, pensado ao pormenor, partilhamse instrumentos, passos de dança e novos amigos. E quando o baú se volta a fechar fica a memória de um dia muito especial! Coreografia | Sofia Belchior Composição Musical | António Machado Cenografia | Ricardo Mondim, Sofia Belchior e António Machado Desenho de Luz | António Machado e Sofia Belchior Figurinos | Sofia Belchior e Mariana Santos Interpretação | DançArte – Companhia residente no Teatro S. João, Palmela e Ária da Música António Machado, Rita Cardoso, Ricardo Mondim, Sérgio Oliveira e Sofia Crispim Apresentação | Sofia Belchior e Joana Machado Agradecimentos | Joana e Manuel Produção

Projecto Co-financiado pela união Europeia

21 Quarta

MÚSICA

GUTA NAKI |22h00 |Café CCC Vencedores do Restart Resound Fest 2009, os lisboetas Guta Naki são um trio com “um electrónico melódico, pop, enriquecido pelo texto, cantado em português. Um fado electrónico com baixo e guitarra… eléctricas.” A banda resultou das várias experiências musicais que foram acontecendo na vida de cada um dos membros, que, desde os seus 15 anos, sempre estiveram envolvidos em projectos de bandas. Este acumular de experiências e influências diversas deram então origem aos Guta Naki. “A evolução é natural: conhecemo-nos, partilhamos o interesse pela música e juntámonos para fazermos a música que nos diverte e que nos deixa felizes. As coisas foram acontecendo…”, contam. O seu som é, acima de tudo, de ambiência electrónica, não dispensando o baixo de Dinis Pires e a guitarra – por vezes em distorção - de Nuno Palma que avança, nalguns momentos, para os teclados, assumindo também as programações. Num dos temas, Nuno Palma usa mesmo o arco de violino para tocar as seis cordas da guitarra. A fazer lembrar os islandeses Sigur Rós.

PáSCOA 2010


VAI-SE ANDANDO |21h30 |Grande Auditório Preços: 1ª Plateia: 20€ 2ª Plateia: 17,50€ Tribuna: 15€ Camarotes: 12,50€ “Vai-se andando”, uma típica expressão dos portugueses, serve de título à nova peça cómica de José Pedro Gomes, com encenação de António Feio. José Pedro Gomes, depois do espectáculo “Coçar Onde É Preciso” de 2005, continua a tentar perceber o que faz de nós um povo tão especial. Realmente, que nos leva a conseguir fazer coisas que mais ninguém faz? De uma forma que noutros países tem resultados totalmente diferentes. O que nos faz sermos melhores ou piores do que os outros? O que é que nos faria ser muito melhores? Quais são as pequenas arestas a limar para ficarmos perfeitos? A peça volta a juntar a dupla de Conversa da Treta, mas desta vez António Feio encena e José Pedro Gomes interpreta o monólogo, no qual, durante hora e meia, vai deambular com sarcasmo sobre os portugueses, em áreas como a sexualidade, o clima, a relação com a comida e com o trabalho. Ficha Artística e Técnica Interpretação | José Pedro Gomes Encenação | António Feio Textos | Eduardo Madeira, Filipe Homem Fonseca, Henrique Dias, Luísa Costa Gomes, Marco Horácio, Nilton, Nuno Artur Silva e Nuno Markl Cenário | Marta Carreiras Música | Alexandra Manaia Vídeo | Tiago Forte Figurinos | Bárbara Gonzalez Feio Desenho de Luz | Luís Duarte Ass. Encenação | Sónia Aragão Produção | Uau

FEVEREIRO MARÇO

TEATRO

ABRIL

Sábado

|Segundas |21h30 |Pequeno Auditório |Preço: 4,50€

CICLO DE CINEMA NO CCC

24

01

NÃO TE MEXAS, MORRE E RESSUSCITA

08

UNS BELOS RAPAZES

22

BIRDWATCHERS

01

CINZAS E SANGUE

08

TETRO

15

UM PROFETA

22

ANDANDO

29

5X2

05

O LAÇO BRANCO

12

35 SHOTS DE RUM

19

LUNA PAPA

26

OS AMANTES REGULARES

Título Original | Zamri, Umri, Voskresni! De | Vitali Kanevski Com | Pavel Nazarov, Dinara Drukarova, Yelena Popova, Valeri Ivchenko, Vyacheslav Bambushek e Vadim Yermolayev. URSS (1989) | 105’ | PB

Título Original | Les Beaux Gosses De | Riad Sattouf Com | Vincent Lacoste, Anthony Sonigo, Alice Trémolières, Noémie Lvovsky, Emmanuelle Devos, Irène Jacob e Valéria Golino. FR (2009) | 104’ | COR

Título Original | BirdWatchers De | Marco Bechis Com | Claudio Santamaria, Alicelia Batista Cabreira, Chiara Caselli, Abrisio da Silva Pedro e Ademilson Concianza Verga. IT / BR (2008) | 90’ | COR

Título Original | Cendres et Sang De | Fanny Ardant Com | Ronit Elkabetz, Abraham Belaga, Marc Ruchmann, Claire Bouanich, Olga Tudorache, Ion Besoiu e Tudor Aaron Istodor. FR (2009) | 105’ | COR

Título Original | Tetro De | Francis Ford Coppola Com | Vincent Gallo, Maribel Verdú, Klaus Maria Brandauer, Alden Ehrenreich, Carmen Maura, Rodrigo De la Serna e Leticia Brédice. USA (2009) | 127’ | PB/COR

Título Original | Un prophète De | Jacques Audiard Com | Tahar Rahim, Niels Arestrup, Adel Bencherif, Hichem Yacoubi, Reda Kateb, JeanPhilippe Ricci e Gilles Cohen. FR (2009) | 155’ | COR

Título Original | Aruitemo Aruitemo De | Hirokazu Koreeda Com | Hiroshi Abe, Yoshio Harada, Ryôga Hayashi, Haruko Kato e Kirin Kiki. JPN (2008) | 114’ | COR

Título Original | 5 x2 De | François Ozon Com | Valeria Bruni Tedeschi, Stéphane Freiss, Géraldine Pailhas, Françoise Fabian, Michael Lonsdale, Antoine Chappey e Marc Ruchmann. FR (2004) | 90’ | COR

Título Original | Das weisse Band De | Michael Haneke Com | Christian Friedel, Ernst Jacobi, Leonie Benesch, Ulrich Tukur, Ursina Lardi, Fion Mutert, Michael Kranz e Burghart Klaußner. GER (2009) | 144’ | PB

Título Original | 35 Rhums De | Claire Denis Com | Alex Descas, Mati Diop, Grégoire Colin, Nicole Dogue, Julieth Mars e Ingrid Caven. FR (2008) | 100’ | COR

Título Original | Luna Papa De | Bakhtiar Khudojnazorov Com | Chulpan Khamatova, Moritz Bleibtreu, Ato Mukhamedshanov, Polina Raykina, Merab Ninidze e Nikolai Fomenko. FR (1999) | 107’ | COR

Título Original | Les Amants Réguliers De | Philippe Garrel Com | Louis Garrel, Clotilde Hesme, Julien Lucas, Mathieu Genet e Eric Rulliat. FR (2005) | 183’ | PB


Rua Dr. Leonel Sotto Mayor 2500 Caldas da Rainha tel. 262 889 659 fax. 262 889 660

Cartão Visa

CENTRO CULTURAL E CONGRESSOS

www.ccc.eu.com geral@ccc.eu.com HORÁRIO DE FUNCIONAMENTO CCC 10h00 às 02h00 BILHETEIRA Dias de Espectáculo Abre 2h antes e encerra após o terminus do espectáculo Quarta a Sexta 18h00 às 21h00 Feriados 15h00 às 18h00 Sábados 10h00 às 13h00 Dias de Cinema 20h00 às 23h00 Encerra às segundas e terças caso não haja cinema ou espectáculo. BILHETEIRA ON-LINE www.ccc.eu.com POSTO DE INFORMAÇÕES Segunda a Sexta 10h00 às 13h00 14h00 às 19h00 Sábado 15h00 às 19h00 Domingo 13h00 às 18h00 SERVIÇOS ADMINISTRATIVOS Segunda a Sexta 10h00 às 13h00 14h00 às 18h00

O CARTÃO Visa CCC não tem custos, está associado ao número de espectáculos que adquirir. Os bilhetes adquiridos por via do CARTÃO Visa CCC têm uma validade temporal de 24 meses. Ao CARTÃO Visa CCC estão associadas várias modalidades de pagamento de um modo progressivo e conforme as disponibilidades financeiras de cada um. Os bilhetes adquiridos pelo CARTÃO Visa CCC são passíveis de serem usados por familiares ou amigos.

Durante o ano os utentes do CARTÃO Visa CCC podem recarregar até 4 vezes (anuidade 5€) para compra de módulos-tipo: 10 Bilhetes .................................. 150€ + 5€ 15 Bilhetes .................................. 200€ + 5€ 30 Bilhetes ................................... 350€ + 5€ 45 Bilhetes .................................. 500€ + 5€ Camarote ................................. 3.500€ + 5€

01 MAIO MÚSICA ÚLTIMA HORA

ESTACIONAMENTO SUBTERRÂNEO Aberto 24h/7 dias da semana

Patrocinador Principal

Administração

Maria da Conceição Jardim Pereira EQUIPA Director

Carlos Ribeiro Mota

Apoios

Direcção Técnica

José Manuel Ramalho Secretariado / Planeamento

Dina Soares Assistente de Produção

Guilhermina Moura Técnica de Luz

Joana Coelho Técnico de Som

João Nunes Audiovisual / Projeccionista

Filipe Fazendeiro Técnico de Palco / Projeccionista

Pedro Godinho Economato/Segurança/Apoio Bastidores

Jorge Santos Design / Imagem

Filipa Serra Galeria de Arte

José Antunes Assessoria de Imprensa

Pedro Antunes Apoio à Imprensa e Internet Associação Oeste Voluntariado Joana Santos

MAZGANI |21h30 |Grande Auditório

Maria Tavares - Pronto a Vestir, Lda

Programação - Fev / Mar - 2010  

Programação Centro Cultural e de Congressos das Caldas da Rainha

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you