Page 1

INFORMATIVO N° 06 / 2016

CASA NOVA SEDE RECÉM-INAUGURADA REÚNE EQUIPES DE TODAS AS EMPRESAS DO GRUPO PLUMA NO FRIGORÍFICO DESCUBRA POR ONDE PASSAM OS PRODUTOS DA BELLO ANTES DE SEREM EXPORTADOS VALE SAÚDE PLANO EMPRESARIAL OFERECE ASSISTÊNCIA MÉDICA PARA COLABORADORES E FAMILIARES PALAVRA DO ESPECIALISTA CONHEÇA AS FUNÇÕES DE CADA SETOR DA ÁREA ADMINISTRATIVA DA PLUMA AGROAVÍCOLA FEITOS PARA NASCER 22 MILHÕES DE PINTINHOS NASCEM TODOS OS MESES NA PLUMA AGROAVÍCOLA. SAIBA MAIS SOBRE A TECNOLOGIA QUE SIMULA O TRABALHO DAS GALINHAS


PALAVRA DA DIRETORIA

CRISE? CRIE! EXPEDIENTE Diretores Lauri Paludo Adroaldo Paludo Adriano Paludo Mauri Mazurek Diretora de Criação Jéssica Pagani Diretor Executivo Douglas Popenga Jornalista Responsável Amábyle Sandri Responsável pela Comunicação Grupo Pluma Patrick Mantovani O Informativo Pluma é produzido pela Sacca Publicidade. A publicação é trimestral e a tiragem é de 5000 exemplares. Fale com a redação: atendimento@sacca.adv.br Central de atendimento (45) 3306-6336 / 3306-3663

2016, como anunciado, não foi um ano

as turbulências foram enfrentadas. O foco

fácil. A instabilidade política tomou conta do

agora é recuperar e equilibrar o orçamento.

cenário. O dólar variou. O preço do soja e do

E, com olhos em 2017, o planejamento será

milho foi às alturas. O custo de produção,

mais cauteloso que nos anos anteriores,

inevitavelmente, aumentou. Houve excesso

mas movido pela audácia e coragem:

de alojamento de matrizes. O mercado

características que nos mantiveram firmes

sentiu o impacto. Grandes empresas do

até aqui!

ramo da avicultura demitiram ou fecharam

Para que você entenda melhor o

as portas. E não houve noticiário que deixou

funcionamento das empresas do Grupo,

a situação passar despercebida.

deixamos o convite para folhear as páginas

Na contramão da crise, o Grupo Pluma se

deste informativo. Aqui, você passeia por

adequou. Apertou os cintos, refez cálculos,

setores da Bello Alimentos e da Pluma

redirecionou recursos. Foram várias

Agroavícola, fica por dentro do que

medidas estratégicas com dois intuitos

aconteceu nos últimos meses e descobre

principais: manter a colocação no mercado

personagens da vida real que – como

e não demitir colaboradores. E, assim foi!

você – fazem a diferença na empresa. Boa

No ano em que tudo mudou, o quadro de

leitura!

funcionários não foi alterado. A meta foi

Rua Minas Gerais, Nº 1932, 14º andar Centro Comercial Unique - Centro CEP 85812-035 - Cascavel - PR

cumprida: valorizar o colaborador continuou sendo prioridade. Não foi fácil, no entanto não foi – e nunca será – impossível atravessar a crise econômica. Com empenho e criatividade,

2 | GRUPO PLUMA


NOSSAS METAS

META DADA É META ATINGIDA! A vida é movida por metas. Seja na vida

E, os números não se restringem à

pessoal, seja numa empresa. Quanto maior

estrutura física. Na Conversão Alimentar, a

a empresa, mais ambiciosas são as metas.

redução foi de 11 gramas de ração/kg de

Sempre focado no possível, mas com

frango. Para o GPD, houve um incremento

o olhar voltado para os sonhos, o Grupo

de 38,5 gramas a mais por ave – com a

Pluma traça objetivos claros e a curto,

mesma idade de abate. Consequência do

médio e longo prazos. Cada ação realizada

bom trabalho em equipe, no qual, bem

hoje é pensada para ter resultados num

instruídos pelos técnicos, os produtores

amanhã próximo.

aplicam as boas práticas de manejo nos

2016 foi ano de dar continuidade ao plano.

aviários.

Na Bello Alimentos, em Itaquiraí, Mato

Teve recorde também na área de segurança

Grosso do Sul, os resultados são notórios.

dos trabalhadores. Em 2016, foram 129 dias

O Projeto de Expansão está a todo vapor.

sem nenhuma ocorrência. 19 dias a mais

As ações, que começaram em 2013, não

que no mesmo período do ano anterior.

param. De lá pra cá, foram 55 aviários

Vitória para a empresa e colaboradores que

construídos – 27 só de janeiro até agora. A

desempenham suas atividades com mais

meta? Chegar aos 100 até 2018. Isso só em

segurança e qualidade de vida.

Mato Grosso do Sul.

GRUPO PLUMA | 3


ACONTECE PLUMA SEMANA INTERNA DE PREVENÇÃO DE ACIDENTES Saúde, segurança e qualidade de vida foram os principais temas abordados na 6ª Semana Interna de Prevenção de Acidentes, realizada em julho, no incubatório da Pluma, em Dois Vizinhos, no Paraná. Entre os assuntos discutidos, estiveram: o poder das relações no contexto do trabalho, ergonomia e qualidade de vida, álcool e outras drogas, planejamento familiar e conservação auditiva. No encerramento, uma aula de Zumba animou os colaboradores, que são incentivados a adotar hábitos saudáveis.

VACINAÇÃO CONTRA H1N1 Numa parceria com o Instituto Butantã, a Pluma Agroavícola realizou a campanha de vacinação contra o vírus Influenza H1N1 – vírus responsável por 75% dos casos de infecções respiratórias no país. Foram vacinados os colaboradores do incubatório Pluma, incubatório Cruzeiro, Rações Colina, granjas de produção e recria e setores administrativo, manutenção civil, mecânica, elétrica e produção. Ao todo, mais de mil colaboradores foram imunizados.

TREINAMENTO BRIGADA DE INCÊNDIO Os colaboradores da sede administrativa do Grupo Pluma, unidade Cascavel, Paraná, receberam um treinamento de Brigada de Incêndio, realizado pelos técnicos de segurança do trabalho, Claudio Cesar Pontes e Vandelei Benini. Entre os assuntos discutidos, estiveram: os conceitos de prevenção e combate a princípio de incêndio, teoria do fogo, equipamentos de combate a incêndio e atenção com pessoas com mobilidade reduzida. O intuito é fazer com que os colaboradores estejam preparados para agir em situações de emergência.

NR 35 – TRABALHO EM ALTURA Para trabalhar em altura, é preciso seguir requisitos mínimos, como: planejamento, organização e execução adequados a fim de garantir segurança aos trabalhadores. É isso que prevê a Norma Regulamentadora, NR 35, que foi tema de um curso na Pluma Agroavícola, unidade São Paulo. O evento, realizado em parceria com o CPEA, Centro Paulista de Estudos Agropecuários, teve como público os auxiliares de manutenção, mecânicos, eletricistas e demais colaboradores, uma vez que as medidas de segurança são válidas para quem trabalha direta e indiretamente com a atividade.

4 | GRUPO PLUMA


ACONTECE BELLO COBB-VANTRESS EM ITAQUIRAÍ A Bello Alimentos, em Itaquiraí, Mato Grosso do Sul, recebeu, em junho, a visita do novo presidente da Cobb-Vantress Global, Joel Sappenfield e do vice-presidente, Stan Reid, além de parte da equipe da multinacional no Brasil, liderada pelo presidente, Jairo Arenazio. A eles foram apresentados o frigorífico e as granjas do estado. A Cobb-Vantress é uma empresa multinacional de pesquisa agrícola, que trabalha no desenvolvimento, produção e comercialização de material genético para frangos de corte.

PROGRAMA 5S Utilização, organização, limpeza, higiene e respeito são alguns dos conceitos do Programa 5S – tema de palestra em Itaquiraí. Os novos colaboradores da Bello Alimentos participaram do evento e receberam as diretrizes do programa. O objetivo foi conscientizar os funcionários sobre a necessidade de melhorias no ambiente de trabalho. Por meio do incentivo à criatividade, a ideia é prevenir acidentes, reduzir custos – evitando desperdícios –, aprimorar o trabalho em equipe e, consequentemente, a qualidade do produto final. Tudo isso com base nos 5S.

DUBAI EM MATO GROSSO DO SUL Um dos maiores importadores dos produtos da Bello Alimentos são os Emirados Árabes Unidos – e a tendência é aumentar o volume de alimentos exportados. Isso porque a Bello trabalha na qualificação de uma nova linha de produtos, que atende às normas de certificação de abate Halal (regras islâmicas). Issam Hassan, representante da empresa Massi, que tem sede em Dubai, veio pessoalmente a Aparecida do Taboado conferir a produção. Durante a visita foram discutidas e avaliadas as exigências para atender o novo mercado.

PRODUTORES NA BELLO Agosto foi mês de visita técnica ao abatedouro da Bello Alimentos. Avicultores da região de Pérola, no Paraná, foram para o Mato Grosso do Sul, para conhecer todo o processo que ocorre no frigorífico – desde a plataforma de pendura até o produto final. O grupo foi acompanhado pelo supervisor agropecuário, Cidmar França, a sanitarista, Ana Paula Beckers, os supervisores do fomento agrícola, Gustavo Joazeiro e Marco Guedes e duas integrantes do setor de produção, Laís Alfed e Camila Scheffer. A visita terminou com um almoço na companhia do gerente geral de operações, Rodrigo Belasques – que discursou sobre as expectativas de mercado da avicultura brasileira.

GRUPO PLUMA | 5


NOVO ESCRITÓRIO

DE CASA NOVA!

Integração é palavra-chave no Grupo Pluma! A proximidade entre diretoria, gerentes e colaboradores, destacada como um dos pontos fortes da empresa, não se restringe apenas à comunicação. Agora, todos dividem o mesmo espaço. Três andares de um edifício comercial, numa região estratégica de Cascavel, no Paraná, reúnem os principais departamentos do Grupo. Direção; Financeiro; Exportação e Comercial; Compras e Suprimentos;

TI; Fomento e Marketing. 40 colaboradores que estão distribuídos conforme as afinidades de função. A estrutura também concentra parte da equipe que antes trabalhava na Unidade de Dois Vizinhos. Com decoração elegante e equipe pronta para recepcionar visitantes, fornecedores e clientes, o novo escritório representa a ideologia do Grupo Pluma: todos devem crescer – literalmente - juntos!

A sede do Grupo Pluma fica na Rua Minas Gerais, Nº 1932, no 14º andar do Centro Comercial Unique, em Cascavel, no Paraná. O telefone é (45) 3229-1061.

6 | GRUPO PLUMA


PLUMA

FÁBRICA DA VIDA

COM TECNOLOGIA DE PONTA, A PLUMA AGROAVÍCOLA INCUBA 22 MILHÕES DE OVOS TODOS OS MESES No ciclo da ave, o momento mais bonito: o nascimento. No Incubatório da Pluma Agroavícola, localizado em Dois Vizinhos, no Paraná, a dinâmica da vida é acompanhada passo a passo em salas com máquinas que simulam o que acontece na natureza. Tudo começa na sala de ovos - onde aqueles que foram selecionados e enviados pela Central de Ovos são mantidos a uma temperatura entre 19 e 21ºC. Temperatura esta, em que o embrião permanece sem desenvolvimento. Dessa sala, os ovos são encaminhados ao pré-aquecimento por 4 horas, o objetivo deste é uniformizar a temperatura de todos os ovos gradativamente, fazendo com que no momento do

nascimento, todos os pintos venham nascer em um menor intervalo de tempo. O tempo ideal entre o nascimento do primeiro e do último pintinho gira em torno de 28 horas. Na etapa seguinte, já na incubadora, serão 19 dias onde estas variam sua inclinação em um ângulo de 45 graus de hora em hora, para que o embrião não venha aderir a membrana da casca. Aqui os ovos permanecem em uma faixa de temperatura de 37,5ºC. Após esta etapa, os ovos são levados para uma sala de transferência, para serem vacinados de acordo com normas e solicitação dos clientes. Imediatamente após, estes ovos são levados aos nascedouros, ficam ali por 2

dias a uma temperatura de 36,5ºC, onde acontece o nascimento dos pintinhos, que serão retirados no momento da coleta na sala de pintos, que são coletados, classificados e separados para cada cliente de acordo com a programação preestabelecida. Na última etapa, antes de chegar ao produtor, os lotes são carregados em caminhões climatizados, priorizando o bem-estar animal. A capacidade de cada caminhão é de 64 mil pintinhos e até o inicio da manhã do dia seguinte, ao nascimento, todas as aves são entregues aos produtores, para que o ciclo da vida continue.

GRUPO PLUMA | 7


VALE-SAÚDE EMPRESARIAL

VALE-SAÚDE EMPRESARIAL: UM GRANDE BENEFÍCIO AOS COLABORADORES DO GRUPO PLUMA

8 | GRUPO PLUMA


VALE-SAÚDE EMPRESARIAL O Grupo Pluma e o Programa Vale-Saúde Empresarial comemoram a parceria

UMA PARCERIA QUE VALE

que vem dando muito certo. Em 2013, a

SAÚDE PARA OS NOSSOS

empresa fez um levantamento junto aos

COLABORADORES E SEUS

colaboradores e observou que a maioria

DEPENDENTES!

deles desejavam uma assistência à saúde que fosse extensiva aos seus dependentes. Assim, com o objetivo de promover saúde e proporcionar um atendimento digno e com qualidade aos colaboradores e seus dependentes, a Diretoria do Grupo decidiu implantar o Programa Vale-Saúde Empresarial. As Unidades de Aparecida do Taboado e Itaquiraí foram as primeiras a implantarem o programa, seguidas pelas outras Unidades do Mato Grosso do Sul, Paraná, São Paulo e Santa Catarina. Desde então, milhares de consultas e exames foram realizados por profissionais da saúde em consultórios, clínicas e laboratórios particulares. Os colaboradores e seus dependentes passaram a ter o diagnóstico mais rápido e preciso de suas doenças, possibilitando um tratamento mais eficaz. Todos que necessitaram puderam realizar exames de baixa, média e alta complexidade, tais como tomografia e ressonância magnética. Além de todos estes benefícios, o Vale-Saúde Empresarial também trouxe dignidade e humanidade aos atendimentos, utilizando-se da rede particular de assistência à saúde em todas as cidades onde residem ou trabalham os colaboradores da empresa. Tanto nas grandes cidades, como Campo Grande, Cascavel, Dourados, entre outras, quanto nas pequenas cidades, todos passaram a ter direito a um atendimento com qualidade e competência. “É quase um sonho, poder levar minha filha no consultório particular de um pediatra competente e poder realizar os exames solicitados por ele nas melhores clínicas e laboratórios da cidade”, afirma um dos colaboradores. Esta foi a forma que o Grupo Pluma encontrou de demonstrar o respeito O Cartão do “Grupo Pluma” é “Bello” e vale “Ouro” para a saúde dos colaboradores e seus dependentes!!!

e a consideração que tem pelos seus colaboradores: A Saúde da Família em Primeiro Lugar!

GRUPO PLUMA | 9


INTEGRAÇÃO BELLO

AVICULTOR DO PARANÁ É O MAIS EFICIENTE DA BELLO ALIMENTOS NO PRIMEIRO SEMESTRE DE 2016

A produção brasileira de carne de frango

ranking do semestre, com uma conversão

com atenção aos detalhes” – diz Dona

alcançou 13,146 milhões de toneladas no

alimentar média ajustada (para 2,7kg) de

Sônia Calzavara.

ano de 2015. Com este resultado, o Brasil se

1,627 no semestre.

“A ave está a cada ano mais aprimorada

consolidou como segundo maior produtor

Com a cafeicultura não muito boa na

geneticamente, e com isso vem a exigência

de carne de frango do mundo, superando

época e também pelo giro demorado da

tanto ambiental (microclima do aviário)

a China que produziu 13,025 milhões de

atividade, Anselmo Calzavara, 58 anos, e

como nutricional. A ração é responsável

toneladas. Os Estados Unidos lideram a

sua esposa Sônia Calzavara, 48, moradores

por aproximadamente 70% dos custos

produção mundial, com 18,6 milhões de

do município de São Jorge do Patrocínio/PR,

de produção do frango vivo, e para ser

toneladas. Apesar do segundo lugar em

tentaram também a atividade leiteira, mas

ótimo o avicultor deve produzir o máximo

produção, o Brasil é o maior exportador

em termos de custo-benefício e retorno a

de peso (deposição proteica muscular)

mundial desta proteína animal.

avicultura se mostrou muito mais vantajosa

com o mínimo de consumo (da ração),

Apesar das boas estatísticas, o setor vem

segundo eles.

otimizando a conversão alimentar, e

passando por um período turbulento,

Notaram que a avicultura tinha um giro

consequentemente a performance” – diz

onde os altos custos dos insumos e de

rápido de capital (em torno de 60 dias) e

Marco Guedes, Supervisor do Fomento

produção oneram a cadeia como um

iniciaram na atividade avícola em outubro

Avícola da Bello Alimentos do Paraná.

todo. Com base nisso, o desempenho

de 2005. Desde então, apesar de tratar-

Seu Anselmo e Dona Sônia estão satisfeitos

zootécnico (performance) do frango deve

se de uma atividade mais rápida que as

com a empresa por conseguirem se

ser otimizado ao máximo para diluir estes

outras, estiveram sempre empenhados

manter estáveis em uma época turbulenta

custos e viabilizar o negócio. Atuando nisso,

na observação dos detalhes do manejo

na economia: “a empresa sólida honra os

alguns produtores se destacaram em

no dia-a-dia, processo que mais impacta

pagamentos em dia, isto nos tranquiliza” –

desempenho no primeiro semestre, entre

na performance do frango: “Conversão

diz Dona Sônia.

eles Anselmo Calzavara, primeiro lugar no

alimentar se constrói sem desperdício e

10 | GRUPO PLUMA


INTEGRAÇÃO OURO

UNIDADE FRANGO OURO

(Da esquerda para a direita, Granjeiro Manoel Miranda, Técnico Adriano César Pereira, Produtor Antônio Carlos Cano Dias)

O produtor rural, Antônio Carlos Cano Dias,

alojamento para 25.000 aves, em agosto

da Frango Ouro, referente ao resultado de

proprietário do Sítio Curupá, o qual recebe o

de 2014, sendo a Bello, a primeira e única

conversão alimentar no primeiro semestre

nome do Distrito em que situa-se na região

integradora deste produtor. Assim, temos

do ano. Resultados estes que o leva a

de Tabatinga, estado de São Paulo, produz

uma parceria desde novembro de 2014 até

querer mais e mais objetivar melhorias

hortaliças, além de ser um integrado da

os dias atuais. A integração conta com 02

estruturais e zootécnicos, a fim de

Bello Alimentos – Unidade de Aparecida

funcionários, Manoel e Néia, para cuidados

permanecer na lista de bons resultados do

do Taboado do estado de MS, na criação

com as aves. Desde o início da parceria,

Grupo Pluma. A propriedade é assistida pela

de frangos de corte. Trata-se de uma

ocorreram algumas modificações e

Veterinária, Fernanda A. Machado Moreira e o

propriedade familiar, onde pais e filhos

adequações no âmbito técnico e estrutural,

Técnico Agropecuário, Adriano César Pereira,

trabalham juntos em prol da produção.

mas sempre objetivando o melhor

profissionais que sempre acreditaram no

O produtor construiu um galpão

resultado.

potencial desta integração.

convencional, com capacidade de

Senhor Antônio foi o destaque na Unidade

AVICULTORES MAIS EFICIENTES DO ANO - 01/01/2016 A 30/06/2016 UNIDADE DE ABATE - ITAQUIRAÍ/MS NOME

MUNICÍPIO

ORDEM / C.A.A

C.A.A - 2,7 KG

C.A - REAL

PESO MÉDIO

GPD

%MORT

TÉCNICO

Anselmo Calzavara

São Jorge do Patrocínio - PR Toledo - PR Tacuru - MS Marechal Cândido Rondon - PR Esperança Nova - PR

1,627

1,781

3,317

66,34

4,30

João Paulo Basseto

2º 3º 4º

1,656 1,664 1,678

1,818 1,802 1,815

3,347 3,250 3,246

66,95 65,01 65,92

5,56 5,21 4,52

Mauri Pelizzer Carla Capatto Debora Schlemmer

1,691

1,832

3,266

65,77

6,44

João Paulo Basseto

Olderi Luis Dries Paulo E. Carvalho Cladimir Schiavini Gilcelio Alves Silva

UNIDADE DE ABATE - APARECIDA DO TABOADO/MS NOME

MUNICÍPIO

ORDEM / C.A.A

C.A.A - 2,7 KG

C.A - REAL

PESO MÉDIO

GPD

%MORT

TÉCNICO

Antonio Carlos Cano Dias Antonio Carlos Rossi Sitio Aguas Claras Loreto Jose Tomasetto Roberto Carlos Miotto Ferreira E Outros

Tabatinga - SP

1,715

1,691

2,600

55,33

3,65

Adriano Pereira

Itápolis - SP Araraquara - SP Gavião Peixoto - SP

2º 3º 4º

1,723 1,735 1,759

1,792 1,799 1,767

2,978 2,958 2,732

64,04 64,31 54,64

3,70 2,98 3,33

Adriano Pereira Adriano Pereira Adriano Pereira

Aparecida do Taboado - MS

1,785

1,818

2,831

60,42

4,42

Diego Sarambelle/Gustavo Costa/Paulo Luchetta

GRUPO PLUMA | 11


NO FRIGORÍFICO

SETOR CONHECIDO POR EMBALAGENS SECUNDÁRIAS!

OS PRODUTOS DO FRIGORÍFICO SÃO ACONDICIONADOS EM TÚNEL DE CONGELAMENTO ATÉ ATINGIREM A TEMPERATURA PADRÃO

#4 CAIXAS + ESTOQUE Numa área com temperatura ambiente, a agilidade das mãos que manuseiam e dão forma às caixas são de pessoas que sabe o que estão fazendo. O papelão reto ganha contorno e forma. Enquanto o maquinário e as auxiliares de produção se revezam em turnos, as caixas são montadas diariamente. Segundo a inspetora de controle de qualidade de embalagens, Dayane Aline, por turno, são 11 mil caixas com capacidade para 10 kg ou 4 mil caixas para até 15 kg. Isso quando o assunto é exportação. No padrão para o mercado interno, a produção diária chega a 10 mil caixas. É para essas embalagens que os pro-

12 | GRUPO PLUMA

Na edição passada, o Informativo Pluma mostrou o passo a passo do que ocorre todos os dias na sala de corte e de embalagens. Agora é hora de conhecer outros dois setores super importantes por onde o produto passa antes de chegar ao consumidor – do Brasil e do exterior.

dutos prontos vão assim que chegam da sala de cortes. Depois são pesados e seguem, pela esteira, até o túnel contínuo. O tempo de permanência e a temperatura dependem do destino final. De acordo com o operador de máquinas, Gelson Cordeiro de Oliveira, os produtos que exigem apenas resfriamento ficam menos tempo no túnel. Já os que são exportados e do mercado interno, permanecem a mais tempo, podendo chegar até trinta horas. As caixas são divididas em até três linhas acumuladoras com regulagens de tempo. A capacidade é de 42 níveis (o equivalente a uma altura de 12 metros, ou um prédio de cinco andares). Após atingir os níveis de temperatura desejados, os produtos são

paletizados e encaminhados para o setor de armazenamento. No armazenamento, a temperatura é padrão, garantindo a adequação dos produtos: vinte e duas mil caixas são armazenadas diariamente. “Quando estamos armazenando, utilizamos roupas apropriadas, equipamentos adequados, empilhadeiras com sistemas de climatização e seguimos todas as normas de segurança, a equipe também trabalha na forma de rodizio”, explica o supervisor da área fria, Ademir Reis – conhecido como Jamaica. Da câmera de estocagem, os produtos seguem para expedição para distribuição aos clientes. Setor que você visitará na sétima edição do Informativo Pluma.


PERSONAGEM

NO FRIGORÍFICO PERSONAGEM VIAGEM CONJUNTA No processo de montagem das caixas, ganha forma por meio das mãos de Sonia. Há dez anos na empresa, ela se orgulha ao pensar que as embalagens que monta vão para vários lugares do mundo. Ao olhar para trás, lembra que a exportação parecia realidade distante. “A caixa que montei aqui vai para um contêiner, viaja 45 dias até chegar lá. Isso aqui, que passa pela gente, vai longe”.

Sônia Antônia da Silva – auxiliar de produção

PLUMA AGROAVÍCOLA PERSONAGEM

ENTRELAÇADAS Duas histórias difíceis de separar. Néia é “veterana” no Grupo Pluma. Há 13 anos trabalha aqui. Começou como secretária e evoluiu junto com a empresa. Com a expansão, mudou com a Pluma para Dois Vizinhos e, por lá, ficou até 2016. De volta a Cascavel, avalia, com orgulho, a carreira: “É muito legal acompanhar esse crescimento, crescer junto e ver que deu certo – e que eu faço parte disso!”.

Néia Anastacio – supervisora de compras

GRUPO PLUMA | 13


PALAVRA DOS ESPECIALISTAS Matéria feita por: Luciano André Santin Gerente de Recursos Humanos

Contratar, treinar, contabilizar, controlar, transportar, armazenar, processar informações... A área administrativa da PLUMA Agroavícola, compreende vários setores que dão suporte as áreas de produção, comercial, suprimentos e financeira,

além do apoio às demais Empresas do Grupo. A seguir, vamos conhecer um pouco de cada setor que compõe o Administrativo, através de suas respectivas lideranças.

Altair Girardi - Supervisor de Contabilidade, relata que o setor é responsável pelo controle patrimonial de todos os bens, direitos e obrigações, das empresas do Grupo. A amplitude das informações contábeis vai além do simples cálculo de impostos e atender a legislação. Para Altair, Contabilidade é uma ferramenta importantíssima na tomada de decisões. Os profissionais da Contabilidade precisam possuir conhecimentos de contabilidade societária e tributária, bem como precisam preservar a ética; Os serviços internos são prestados para todas as unidades e demais setores através de consultoria e assessoria, além de atender as obrigações acessórias junto aos Órgãos Federais, Estaduais e Municipais. O departamento fornece ainda informações à Direção e auxilia nos trabalhos de auditorias e assessorias externas. É através da Contabilidade que são sintetizadas todas as informações financeiras, comerciais, patrimoniais, receitas custos e despesas - finaliza Altair.

O Coordenador de Controladoria, Gustavo Pchirmer, diz que o departamento tem a principal finalidade de garantir as informações e acima de tudo que estas estejam totalmente apropriadas a tomada de decisão da empresa. A Controladoria desempenha seu papel de dar apoio à Diretoria em diversos pontos relacionados à gestão, mantendo acima de tudo a confiabilidade dos processos, bem como a competitividade e sobrevivência da empresa, unindo assim produtividade com eficiência.

Para Adriana Bussanello, Supervisora de Recursos Humanos, o departamento é um dos setores estratégicos na organização, pois possui um conjunto de ações que visam planejar, recrutar, selecionar e integrar pessoas, além de tarefas como: análise e descrição de cargos e funções, avaliação do desempenho no trabalho, planos de cargos e salários, remuneração e benefícios, higiene e segurança no trabalho, formação e desenvolvimento profissional, análise, controle e auditoria em Recursos Humanos.

PARA QUE OS TEMAS SEJAM TRATADOS DE FORMAS ESPECÍFICAS, O RECURSOS HUMANOS ESTÁ COMPOSTO DA SEGUINTE FORMA: Departamento Pessoal: Segundo a Coordenadora, Suzana Roratto, o setor processa a folha de pagamento, produz informações referentes ao quadro de colaboradores, preza pela privacidade desses conteúdos através da organização e manutenção dos arquivos expedidos durante as rotinas trabalhistas.

Talentos Humanos: A Coordenadora, Edineia Borges, explica que o departamento busca reconhecer as habilidades individuais aplicando o processo de recrutamento e seleção, direcionando cada colaborador para a melhor colocação profissional dentro do seu perfil. Entender as necessidades de cada um dos colaboradores de uma empresa é um dos maiores desafios dos gestores de hoje. O TH é responsável ainda pelos diferentes treinamentos aplicados aos colaboradores, prezando sempre pela segurança de forma eficiente e eficaz.

14 | GRUPO PLUMA


PALAVRA DOS ESPECIALISTAS SESMT (Serviço Especializado em Engenharia de Segurança e em Medicina do Trabalho): O Coordenador, Vandelei Benini, explica que este setor da empresa é responsável pela prevenção de acidentes e doenças do trabalho, através do monitoramento e controle dos riscos ocupacionais. As atividades realizadas pelo setor incluem tarefas como: ministrar treinamentos, realizar campanhas internas de vacinação, inspeções periódicas nos postos de trabalho, entre outras. Cada uma delas voltada diretamente ao cuidado com a saúde e segurança dos colaboradores. Atualmente o SESMT da Unidade Dois Vizinhos está composto por diferentes profissionais, incluindo: Médico do Trabalho, Engenheiro de Segurança do Trabalho, Enfermeiro, Fonoaudiólogo, Técnico em Segurança e Técnico em Enfermagem do Trabalho.

VEJAMOS A SEGUIR OS SETORES DE LOGÍSTICA, ALMOXARIFADO E TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO: Jair Jubelli - Supervisor de Logística, explica que o setor trata das atividades de movimentação que facilitam o fluxo de produtos desde a busca da matéria-prima até o ponto de entrega do produto ao cliente. Tem a finalidade de assegurar a disponibilidade do produto correto, na quantidade correta, na hora, lugar e consumidor certo. Pode-se observar que a logística oferece vários benefícios como: distribuição mais rápida, menores custos, menores volumes e custos de estoque, menos perda de produtos / avarias, melhor serviço ao cliente, lançamentos das despesas dos veículos, orçamentação das manutenções, entre outros. Não basta ter um bom produto e um bom preço. Sem dúvida, a entrega tem que ser excelente, com local e horário corretos.

Quanto ao Almoxarifado, o Supervisor, Cláudio Simonetti, descreve como um local destinado à guarda e conservação de materiais, tendo a função de receber mercadorias, armazenar no local correto e onde permanece à disposição, aguardando a necessidade para uso ou aplicação. É um patrimônio que exige controle total, controle de entrada com nota fiscal e ordem de compras e a saída do estoque com uma requisição via sistema impressa pelo solicitante e atendida pelo almoxarife. Após essa conferência de entrega, ficamos isentos de percas ou danos. Destaco que o setor de almoxarifado está operando parcialmente via sistema – o que facilita a elaboração de relatórios e também o trabalho da equipe, tendo mais segurança e confiabilidade no que está sendo feito.

Por fim, o setor de Tecnologia. Segundo o Supervisor, Schellbi Basso, o TI do Grupo Pluma tem a diretriz de prover aos colaboradores do Grupo o acesso a tecnologias e sistemas de gestão que permitem a eles desempenar as funções de forma otimizada e produtiva. O TI deve buscar sempre manter os serviços de informática ativos, trabalhando com duas premissas: alta disponibilidade e escalabilidade. Características que ajudam a atender à busca das corporações por sistemas e tecnologias, e ainda, a demanda que aumenta gradativamente de processamento, velocidade da informação e armazenamento dados.

ESSE É UM RESUMO DOS SETORES QUE COMPÕEM A ESTRUTURA ADMINISTRATIVA DA PLUMA AGROAVÍCOLA. DEPARTAMENTOS COM RELEVANTE PAPEL NA ORGANIZAÇÃO, POIS REALIZAM FUNÇÕES FUNDAMENTAIS PARA A MANUTENÇÃO DAS DEMAIS ÁREAS DO GRUPO PLUMA.

GRUPO PLUMA | 15


Grupo Pluma - Informativo 6