Page 1

ano 5 - agosto 2012

Falando de Arte convida

fotógrafos da cidade para responderem a pergunta: fotografia é arte?

Rodrigo lança seu novo disco, Bezerra Cancioneiro, no SIGA

e mais

espetáculos, oficinas e um depoimento do GOG sobre seu novo disco

#16


Início: 02/08

Todas as quintas do mês de agosto, das 19h às 21h.

Gratuita!

Oficina de Danças Brasileiras com a dançarina e pesquisadora Luana Araújo

E

sta oficina direciona o participante a encontrar seu movimento autêntico a partir das formas de expressão popular das danças brasileiras. A exploração e ampliação do repertório corporal e dos aspectos simbólicos associados à movimentação tornam-se base para a criação de um caminho próprio na abordagem de cada ritmo. A cada encontro serão trabalhados diferentes ritmos, divididos por regiões.

2

Não é necessário ter experiência em dança REVISTA MOSAICO #16


R$ 365,00 mensais

Início: 15/08

Todas as quartas, das 19h às 21h30. Duração: 4 meses.

com a estilista Giza Morais

A

oficina vai enfatizar a prática do desenho com a criação de croquis, mas também abordará curiosidades do mundo fashion, onde professor e aluno trocam informações a respeito de moda retro e também atual. Será realizado um pequeno teste de iniciação, de forma a direcionar corretamente cada aluno. A apostila será fornecida ao longo dos dias do curso. Os participantes devem trazer os seguintes materiais para o curso: Papel A3 e A4; lápis 3B, 4B e 6B; lápis de cor; borracha; régua; pasta folhada; caneta nanquim 0.3 e estilete. REVISTA MOSAICO #16

3


03, 04 e 05/08

A Vida Impressa em Xerox

sexta e sábado às 21h e domingo às 20h. No Espaço Mosaico Entrada Franca!

Açúcar – DF) (Cia Teatro de

Pouquíssimas pessoas sabem que o governo criou um departamento para se tirar fotocópias para todos os órgãos públicos, porém, como todos já possuem sua própria máquina de xerox, as funcionárias da instituição fotocopiadora acabam não tendo ocupação.

4

REVISTA MOSAICO #16


Depois dos espetáculos “Além do que se vê” e “Tenho febre, mas vou buscar nosso dinheiro”, a companhia Teatro de Açúcar termina sua vida útil com a conclusão da “Trilogia Sobre o Tédio e o Tempo” com “A Vida Impressa em Xerox”. Este terceiro e último espetáculo traz a batalha final entre os caprichos da arte e a obsessão pelo funcionalismo público numa cidade onde cada dia é a fotocópia do outro. FICHA TÉCNICA

Texto: Marco Michelângelo lo Direção: Gabriel F. e Marco Michelânge la Façanha, Eli Moura Mirel , arães Guim Elenco: Ada Luana, Luiza Campos Sheila e ndes Ferna Gercy s: Atrizes Convidada Marco Michelângelo e F. el Gabri inos: Figur e grafia Ceno lângelo Execução Cenográfica: Tony Miche Diego Bresani rafia: Fotog | Iluminação: Igor Calonge r Açúca De o Produção: Teatr REVISTA MOSAICO #16

5


O dia em que aprendi a dizer não (El Sótano Colectivo Teatral)

P

6

or meio de Miguel, uma pessoa como qualquer outra, ao mesmo tempo especial e única, o espetáculo questiona nossa ausência e fuga: corpo sem mente no presente, mente sem corpo em qualquer tempo ou espaço, e o desejo de se ter tudo ao mesmo tempo. E se você tivesse nome de anjo, mas não fosse bonzinho? E se tivesse nome de guerreiro, mas não quisesse lutar? Nossos medos e desejos, responsabilidades e paixões fusionados na figura de Miguel: homem, anjo e guerreiro, ser único que um dia aprendeu a dizer não. REVISTA MOSAICO #16


10, 11 e 12/08

R$10,00

(meia-entrada)

(sexta e sábado às 21h e domingo às 20h) Espaço Mosaico

O dia em que aprendi a dizer não FICHA TÉCNICA Concepção e Atuação: Maico Silveira | Orientação Cênica: Camila Bauer Texto: Pablo Berned e Maico Silveira | Trilha Sonora Original: Leonardo Dias Técnica: Tainá Ramos e Casimiro Azevedo | Produção Porto Alegre: Carol Zimmer e Ursula Collischonn | Produção Geral: El Sotano Colectivo Teatral REVISTA MOSAICO #16

7


A FALECIDA

(Cia Teatro no Ato – DF)

"Este projeto foi contemplado pela Fundação Nacional de Artes - FUNARTE no Prêmio FUNARTE NELSON BRASIL RODRIGES: 100 ANOS DO ANJO PORNOGRÁFICO/2012"

8

“Este espetáculo tem seus direitos autorais licenciados pela REVISTA MOSAICO ABRAMUS – Associação Brasileira de Música e Artes”.

#16


18, 19, 25 e 26/08

Entrada Franca!

Sábados e Domingos, com sessão dupla todos os dias: às 18h e às 21h. Espaço Mosaico

A Falecida, de Nelson

Rodrigues, leva aos palcos a obsessão de Zulmira por seu próprio funeral. O único projeto do DF contemplado pelo Prêmio FUNARTE Nelson Brasil Rodrigues: 100 Anos do Anjo Pornográfico, abre o jogo teatral diante do público, como o próprio autor propõe. FICHA TÉCNICA Texto: Nelson Rodrigues | Direção: Diego de León Preparação de elenco: Luana Proença | Elenco: André Rodrigues, Diego de León, João Campos, Luisa Duprat, Mateus Ferrari, Tati Ramos e Vanderson Maciel | Produção: No Ato Produções | Iluminação: Marcelo Augusto | Fotos: Raquel Pellicano REVISTA MOSAICO #16

9


{

Falando de Arte apresenta:

Fotografia é Arte?

{

A partir da invenção da fotografia as artes plásticas conquistaram novos rumos em direção à abstração. A capacidade dos novos aparelhos de produzir imagens mais realistas, e de maneira muito mais rápida, estimulou a produção cada vez mais intensa de imagens fotográficas, que conquistaram um espaço importante na cultura contemporânea. Posta em movimento, a fotografia se transformou no cinema e toda a revolução técnica por que passaram as criações artísticas, a partir do advento fotográfico, impulsionou o estabelecimento de novas linguagens para o campo das artes. Mas fotografia é arte?

10

REVISTA MOSAICO #16


Evento Gratuito

07/08

Terça-feira às 20h30. Espaço Mosaico.

Para responder a pergunta e esquentar o debate acerca da fotografia na era da super-reprodutibilidade técnica, o projeto Falando de Arte convida o fotógrafo e diretor de teatro Diego Bresani, o premiado fotógrafo de cinema André Luis da Cunha, o fotógrafo publicitário Alexandre Magno e a fotógrafa e jornalista Ana Volpe. Bresani estudou fotografia em Nova Iorque no ICP - International Center of Photography, onde se especializou em Retratos e em Large Format. De volta a Brasília, vem desenvolvendo interessantes narrativas fotográficas com personalidades do cenário cultuREVISTA MOSAICO #16

Alexandre Magno

André Luis da Cunha

Ana Volpe

Diego Bresani

11


12

ral da cidade, como Ellen Oléria, Coletivo Casa 30, Sistema Criolina, Cia de Teatro Andaime, dentre outros. Através da fotografia de cinema, André Luis da Cunha construiu uma carreira de sucesso, que rendeu diversos prêmios em festivais de cinema pelo mundo. Já trabalhou em dezenas de produções audiovisuais e hoje compõe o time do Coletivo Casa 30. Alexandre Magno tem como principais clientes o Banco do Brasil, Correios, GM do Brasil, Fiat e Claro, mas também já realizou diversas exposições individuais no Brasil e no exterior. Hoje seu nome é conhecido tanto pelos trabalhos publicitários, quanto artísticos e também cinematográficos. Ana Volpe estudou cinema em Barcelona, mas hoje trabalha com fotojornalismo no departamento de Relações Públicas do Senado Federal, onde faz a cobertura dos eventos oficiais. Tem trabalhos publicados na Rolling Stone, Carta Capital, Zero Hora (RS) e jornal Folha de São Paulo, além de fotografias premiadas em concursos nacionais, como o Brasília Céu Aberto. REVISTA MOSAICO #16


Vavá Afiouni convida:

SARAUSIGA

Sarau do Infinito Galaxial Autoral - O Programa das Várias Artes Se você ainda não curtiu o SIGA devo lhe dizer... Em nossa edição de Agosto teremos: um disco em seu lançamento, Cancioneiro, de Rodrigo Bezerra, uma performance em movimento com a atriz Julieta Zarza e um olhar sobre o universo fantástico de Hermes III (miniaturas e figurinos). No SIGA é sempre assim, um lugar onde você provavelmente não faz ideia do que vai acontecer, e se alguma ideia faz, vai torcendo para que esteja errado, pois o inusitado tem voz mais alta que o convencional no Sarau do Infinito Galaxial Autoral. REVISTA MOSAICO #16

Entrada Franca 28/08

terça-feira às 21h Espaço Mosaico

13


Para apresentar o novo show, que lança o seu 10º álbum, Iso 9000 do Gueto, GOG concede uma mini - entrevista para a Revista Mosaico e conta todas as novidades do seu último disco. De onde nasce a poesia do GOG? Da vivência, da leitura e principalmente da energia que capto das pessoas. Meu trabalho é um reflexo dessas relações.

14

Qual a importância de se fazer um ensaio aberto, antes do show de lançamento do disco? O menor número de pessoas presentes faz com que as mesmas estejam mais atentas, REVISTA MOSAICO #16


alertas aos acertos e aos erros, logo, o que seria descontração tem uma boa dose de concentração e de aprendizado. Eu gosto disso, pois tira a pressão da estreia. O que o público pode esperar desse novo disco, ISO 9000 do Gueto, e do novo show? Um trabalho sério, focado no bom gosto e com textos fortes. Outro ponto que estamos trabalhando é o diálogo mais profundo com outros estilos, parceria com artistas, produtores da cidade e uma aproximação com as duas linguagens que fazem parte do nosso dia a dia: a dança e o vídeo. O resultado de tudo isso está sendo excelente e eu e a Banda MPB Black estamos muito felizes com o lançamento do disco e do que chamamos de “Celebração”. No dia 26 de julho, o ponto de encontro do Cena Contemporânea e dentro da programação do V Latinidade, a Praça do Museu Nacional será palco para o lançamento de Iso 9000 do Gueto. REVISTA MOSAICO #16

15


DIREÇÃO Cláudio Chinaski Daniela Gonçalves Rangéria Amorim

ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO

Luiza Spínola Amaral Território Cultural

PROJETO GRÁFICO

Laissa Reis Larissa Brasil

FOTO DE CAPA

Alexandre Magno REALIZAÇÃO

ESPAÇO MOSAICO

SCRN 714/715 Bloco: D - Loja: 16 Asa Norte, Brasília - DF Informações: 61 3032-1330

APOIO

Confira a programação do Espaço Mosaico: www.espacocultural mosaico.blogspot.com.br

Revista Mosaico - Agosto 2012  

Publicação mensal do Espaço Cultural Mosaico - Edição 16 - Agosto de 2012.

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you