Issuu on Google+

Aprendendo sobre Radiação


O que é Radiação? É a propagação de energia através do espaço, podendo ocorrer através de partículas ou de ondas eletromagnéticas.

Dentre os vários tipos de radiações existentes, dois se destacam:

• Radiação ionizante • Radiação não ionizante


Radiação Ionizante (Raios-X) A radiação é dita ionizante quando a energia da radiação incidente sobre um material é suficiente para arrancar elétrons do seus átomos. Esses tipos de radiações são utilizadas para diagnósticos médicos.

Tipos de equipamentos que emitem radiação “X” para uso de diagnóstico médico • Aparelhos de Raios-x em geral (Fixos, móveis, Arco Cirúrgico) • Tomografia Computadorizada – CT • Radiologia Intervencionista - Hemodinâmica


Radiação não Ionizante

A radiação não ionizante é aquela que sua energia não é suficiente para arrancar elétrons dos átomos. Como mostra as figuras abaixo.


Fontes de radiação selada • Medicina Nuclear (Diagnóstico e Tratamento) • Radioterapia (Tratamento) • Braquiterapia (Tratamento)

Agora que você já conhece um pouco sobre radiação, vamos conhecer um pouco sobre a proteção radiológica.


Diretrizes básicas de proteção radiológica Portaria 453, de 1º de Junho de 1998

Filosofia da proteção radiológica: “Proteção dos indivíduos, de seus descendentes da humanidade como um todo e do meio ambiente contra os possíveis danos provocados pelo uso da Radiação Ionizante.” Principal objetivo da radioproteção Fornecer um padrão apropriado de proteção para o homem sem limitar os benefícios das aplicações das Radiações Ionizantes. Temos três princípios de proteção radiológica que devem ser seguidos com seriedade e responsabilidade. São eles: 1 - Princípio da justificativa Qualquer atividade em que há exposição a Radiação Ionizante, a mesma deve ser justificada tendo-se em conta os benefícios para o individuo exposto ou para a sociedade. 2 - Princípio da otimização Implica em que as exposições devem manter o nível de Radiação o mais baixo possível. 3 - Princípio da limitação As doses de Radiação não devem ser superiores aos limites estabelecidos pelas normas de Radioproteção.


Dosimetria pessoal Para que serve a Dosimetria Pessoal? Tem como finalidade determinar o nível de doses de radiação recebida pelo usuário como decorrência do seu trabalho, ele determina a dose e indica as condições de funcionamento do equipamento.

Proteção individual Acessórios como biombos, aventais de chumbo, protetores de tireóide, óculos e outros equipamentos de proteção individual (EPI) devem ser corretamente utilizados.


Algumas dúvidas sobre radiação ionizante Quando estou na UTI ou em algum ambiente hospitalar onde será realizado um exame radiológico, qual a distância mínima que devo ficar da fonte de Radiação (Aparelho de Raios-x)? R: 3 metros - A distância determinada como norma de segurança no setor de radiodiaginóstico é de aproximadamente 3 metros da fonte, lembrando sempre que quanto mais distante estiver da fonte, menor serão os riscos e, quanto maior for a dose aplicada, maior deverá ser a distância da fonte, no caso de UTI, leitos ou outros setores que possam ser realizados exames radiológicos, na maioria das vezes é raio-x de tórax, ou de alguma extremidade onde a dose é baixa e o campo de exposição é bastante limitado. Se estou grávida, qual o perigo para a realização de um exame radiológico? Se eu fizer o exame meu bebê vai nascer com problema (defeito)? R: Não recomendável - Dependendo do período de gestação, a exposição a radiação ionizante não é recomendada, a não ser em casos de extrema necessidade, sendo esses sempre orientados por um médico responsável. O perigo é evidente no caso de o


bebê (embrião) ainda estar em formação, pois é nesse período (entre o 4º e 5º mês de gestação) que há maior possibilidade de sofrer mutações genéticas quando expostos a radiação ionizante, após esse período o bebê tem apenas a fase de crescimento, diminuindo os riscos, porém não ausentando-os. Radiação causa aborto? R: SIM - Quando se tratar de exposição a doses extremamente elevadas. Existem países, como por exemplo a Dinamarca, que recomenda o aborto terapêutico, quando a gestante for exposta a doses superiores á 0,1 GY. Radiação causa reação adversa? R: Dependendo da dose a radiação poderá causar reações como por exemplo: náuseas, vômitos, tonturas. Lembrando que quanto maior a dose, maiores as reações e vice-versa. Quantos exames radiológicos posso realizar durante o dia? R: Na radiologia seguimos os princípios de ALARA, sigla de “as low reasonably achievable” (tão baixo quanto razoavelmente exeqüível), ou seja quanto menos formos expostos a radiação melhor, indicando a exposição a radiação somente quando o custo benefício indicar o exame. Ressaltando não haver um limite de exames, porém sim um limite de dose.


Qual a melhor maneira de me proteger da Radiação Ionizante? R: Utilizando sempre que necessário os EPIS (equipamentos de proteção radiológica), quando possível for, ao se submeter aos exames radiológicos. Radiação Ionizante mata? R: Sim, quando expostos a doses extremas poderá ocasionar a morte, através de diversas complicações no organismo. Quando um exame é realizado na sala de Raios-x, logo em seguida posso adentrar a mesma sem que haja radiação? R: Sim, a radiação ionizante é um tipo de radiação que depende de uma fonte de energia. Quando essa fonte é acionada inicia-se o processo de radiação contra o alvo, logo após a realização do exame, em um processo na velocidade da luz a dose da radiação que não foi absorvida pelo alvo, será absorvida pelo revestimento de chumbo contido nas paredes da sala de exames, possibilitando a entrada de pessoas sem maiores problemas.


Se mesmo assim você ainda está com dúvidas sobre a radiação ionizante, vamos dar uma dica super importante a você!

No dia 26 de Junho de 2008, foi criada a Comissão do Plano de Proteção Radiológica do Hospital Bandeirantes. Uma equipe multidisciplinar com profissionais de vários setores prontos a atender e minimizar suas dúvidas com relação a Proteção Radiológica e tudo que tiver relacionado a Radiação Ionizante.


Comissão do Plano de Proteção Radiológica

Rua Galvão Bueno, 257 - Liberdade CEP: 01506-000 - São Paulo/SP Tel: (11) 3345-2000 Um hospital do Grupo Saúde Bandeirantes


Aprendendo sobre radiação