__MAIN_TEXT__

Page 1


M E N S A G E M D O PÁ R O C O P E . H É L I O F E U S E R , S C J

OS FIÉIS E A EUCARISTIA A Eucaristia é o centro da vida da Igreja porque torna presente o sacrifício de Cristo na cruz e permite que dele participemos, ofertando-o com Cristo. É vida para a Igreja que, à luz do exemplo de Cristo, realiza o lava-pés, servindo, despojando-se e doando-se, sobretudo aos mais necessitados de bens, justiça, amor e perdão. Da comunhão de Deus com os que creem é que nasce a comunidade, a assembleia cristã, que encontra, na participação do corpo e sangue de Cristo, o seu momento comunitário culminante. Por isso, a Eucaristia, além de ser banquete, convida os cristãos a viver a comunhão eucarística em uma comunidade, que age segundo o Seu exemplo. A Igreja vive da Eucaristia. Fonte e centro de toda a vida cristã, ela nos dá a força necessária para, por meio do Espírito que o Cristo nos comunica, levar a todos o anúncio da salvação e a proposta da construção do Reino de Deus. O Mistério Pascal de Jesus Cristo, na sua paixão, morte, ressurreição e ascensão ao céu, celebrado e vivido na Eucaristia, estimula e ativa a esperança de que podemos construir um mundo que esteja de acordo com a vontade de Deus. Quando nos esforçamos para viver na unidade e procuramos ter ações comuns de serviço ao povo de Deus, criamos as condições básicas da atuação libertadora que Jesus Cristo nos propõe em sua prática redentora. Somos assim convocados a sermos construtores de um mundo novo onde a santificação MISSAS MATRIZ SÃO SEBASTIÃO Segunda-feira: 19h Terça-feira: 19h Quarta-feira: 7h e 15h30 Quinta e sexta-feira: 19h Sábado: 19h Domingo: 7h, 9h30 e 19h Primeira sexta-feira do mês: 7h, 15h30, 19h e 23h COMUNIDADE SÃO LUÍS GONZAGA Sábado: 19h | Domingo: 10h COMUNIDADE RAINHA DA PAZ Sábado: 17h30 Domingo: 9h30 Dia 25 de cada mês: 19h30 (quando cair durante a semana) COMUNIDADE SÃO BENEDITO Sábado: 17h30

das pessoas se dá na luta pela justiça e pela paz. O povo de Deus se alimenta da presença de Cristo para ter a força de edificar a Igreja. A Eucaristia gera a verdadeira comunhão daqueles que, de coração sincero e motivado pela ação do Espírito Santo participam e mergulham na plenitude do mistério da salvação. A comunhão presente na Eucaristia se torna sinal naquelas famílias e pessoas que, unidas, participam da missa dominical em sua comunidade. O testemunho da família unida na fé estimula os vizinhos, os parentes e os amigos a se tornarem também participantes. Celebrar a Eucaristia hoje é unir-nos ao sacrifício de Cristo, ofertando ao Pai a entrega de Cristo junto às nossas alegrias e dores. É olhar para Jesus de Nazaré, sua vida, seus gestos, suas atitudes e seus sentimentos, deixando-nos impregnar por eles, sobretudo por seu amor: “Amai-vos uns aos outros como eu vos amei” (Jo 15, 17). É aprender a partilhar sempre os dons e os bens. É assumir a causa dos excluídos, atitude coerente com a prática de Jesus. É assumir o compromisso de derrubar as barreiras, construir comunhão. É renovar a fé, vivendo a Palavra que impulsiona a missão. É renovar a esperança no coração desesperançado. É renovar a caridade, sem a qual toda riqueza é vã. Eucaristia é estar, é viver a comunhão, é partilhar e compartilhar a vida e as lutas.

COMUNIDADE N. SRA. DO ROSÁRIO Domingo: 8h30 Dia 11 de cada mês: 19h terço em seguida celebração EXPEDIENTE DA SECRETARIA MATRIZ SÃO SEBASTIÃO Segunda-feira: 13h às 18h Terça a sexta-feira: 7h30 às 18h (sem fechar para almoço) Sábado: 8h às 11h COMUNIDADE SÃO LUÍS GONZAGA Terça a sexta-feira: 7h30 às 11h30 e 13h às 17h30 Sábado: 8h às 11h COMUNIDADE RAINHA DA PAZ Segunda-feira: 13h às 17h30 Terça a sexta-feira: 8h às 11h30 e 13h às 17h30 2º e 4º sábado do mês: 8h às 11h

2 . E D I TO R I A L | R E V I S TA S Ã O S E B A S T I Ã O

COMUNIDADE SÃO BENEDITO Temporariamente na Secretaria da Matriz COMUNIDADE N. SRA. DO ROSÁRIO Temporariamente na Secretaria da Matriz ATENDIMENTO DOS PADRES (confissão, orientação espiritual e bênção de objetos) MATRIZ SÃO SEBASTIÃO Terça, quarta e sexta-feira: 8h às 11h30 e 13h30 às 17h30 Quinta-feira: 8h30 às 11h30 e 13h30 às 17h30 Sábado: 8h às 10h30 COMUNIDADE SÃO LUÍS GONZAGA Quinta-feira: 15h às 17h30 COMUNIDADE RAINHA DA PAZ Quinta-feira: 14h às 17h


MEMÓRIA POR AGÊNCIA ARCANJO

INÍCIO DA IGREJA MISSIONÁRIA Pe. Pedro Boaventura Franken nasceu na Alemanha em 1880. Entrou no seminário em 1984. No ano de 1906 fez seus votos perpétuos na Congregação dos Padres do Sagrado Coração de Jesus (dehonianos). Foi ordenado sacerdote no ano seguinte. Foi um dos padres fundadores da congregação, junto ao Pe. Dehon. Pe. Franken sempre teve o desejo de se tornar missionário em terras brasileiras. Isso aconteceu em 1910, quando desembarcou em Florianópolis. Junto ao Pe. Henrique Timóteo Meller, Pe. Pedro chegou a Jaraguá do Sul em 1º de outubro de 1911 para assumir a administração eclesiástica do então Distrito de Jaraguá, que se tornaria Paróquia Santa Emilia, em jullho de 1912. Uma das preocupações de Pe. Franken foi a construção de uma matriz. Isso se concretizou em janeiro de 1917 após muita dedicação dos padres e da comunidade paroquial.

Pe. Franken comandou também a construção de uma escola paroquial. Acreditava que a escola era o prolongamento da família, por sua vez o ambiente propício para se lançar as bases de uma paróquia bem constituída. A princípio as aulas eram ministradas pelos padres, que logo pelo excesso de trabalho procuraram professores. Conseguindo a vinda, em 1919, das Irmãs da Divina Providência, que assumiram a escola, onde hoje se encontra o Colégio São Luis, dos Irmãos Maristas. Pe. Pedro Franken faleceu aos 39 anos, vítima de tifo (doença infecciosa) em 11 de junho de 1919. Ele acabara de ser transferido para São Bento do Sul (SC) por conta da saúde debilitada. Suas últimas palavras foram: “Eu ofereço minha vida pela conversão dos pecados e pela Congregação”.

E VA N G E L I Z A Ç Ã O

POR NOVIÇO ELIAS JOSÉ MARTINENGHI

INÍCIO DA IGREJA MISSIONÁRIA Celebrando o dia de Pentecostes (9 de junho) a Igreja comemora a efusão do Espírito Santo, coroando assim o tempo pascal vivido desde a Ressureição de Cristo. Às vezes, isso pode passar quase por despercebido aos nossos olhos na história da salvação da Igreja e na nossa vida. Porém, é por meio deste Espírito que temos conhecimento dos gestos de Deus com seu povo, conosco. Acreditar no Espírito Santo é reconhecê-lo como terceira pessoa da Santíssima Trindade, equivalendo-se ao Pai e ao Filho, portanto, da mesma forma deve ser adorado e glorificado por nós. Pois, desde o início com o Pai e o Filho, o Espírito já agia, na criação e no projeto de salvação de Deus por nós, e continua agindo nos dias atuais. Mas, foi revelado como pessoa a partir da encarnação redentora, em Jesus Cristo.

Jesus ressuscitado apareceu aos apóstolos soprando sobre eles e dizendo: “Recebei o Espírito Santo” (Jo 20, 22). Este é o mesmo sopro que se estende e inspira nossas vidas nos dias de hoje e nos introduz numa vida nova, a vida cristã missionária. Aí está a grande novidade da vida nova, pessoas que se põem em missão, anunciando e seguindo o Cristo, por meio do Espírito. Pessoas que não se acomodam com aquilo que acontece ao seu redor, pessoas que precisam agir como o próprio Jesus agiu, imitarmos seus gestos e palavras diante dos outros. Notamos que o Espírito Santo é o que nos vivifica, é o que nos movimenta, é o que nos anima, mas acima de tudo, nos sustenta. Por isso, não tenhamos medo de viver esta nova vida!

3 . I G R E J A | R E V I S TA S Ã O S E B A S T I Ã O


Como sabemos, o dia da instituição da Eucaristia é a quinta-feira Santa. Pouco antes do Senhor Jesus entregar a vida na cruz ele instituiu esse sublime sacramento para perpetuar seu amor. Por ser o dia da instituição, um tempo de luto e tristeza frente à Paixão do Senhor que se avizinha, a Igreja não pôde naquele dia celebrar com o regozijo que merece essa festa. Por isso, em 1264 o papa Urbano IV instituiu a festa de Corpus Christi, celebrada na quinta-feira depois da oitava de Pentecostes. Mais tarde, em 1317 o papa João XXII criou a procissão de Corpus Christi. Com essa procissão os fiéis pretendem fazer a profissão pública de sua fé na presença real e substancial de Cristo no Santíssimo Sacramento. Por isso, para além de manifestar publicamente aquilo que se crê, a procissão quer também oferecer ao Senhor um desagravo as ofensas que Ele sofre no augusto sacramento de seu amor. Para, além disso, a procissão recorda nosso caráter de peregrinos neste mundo, que caminham junto do Senhor em busca de uma vida de comunhão com Ele. Quando conduzimos o Santíssimo Sacramento pelas ruas de nossa cidade, caminhando sobre os tapetes que adornam o caminho, temos de ter presente para além da nossa profissão pública de fé, o encontro com Cristo. Em tese, esse é o único dia que se retira a eucaristia da Igreja para uma procissão, porém muitas outras vezes ela é retirada para ser levada aos doentes. Aos que estão impossibilitados de vir até Jesus, Ele vai até eles. Isso nos recorda que cada um como membro do corpo de Cristo deve ser presença de Cristo entre os que sofrem, sobretudo levando o conforto da oração e reafirmando a esperança da presença de Cristo junto a nós. Ao celebrarmos essa festa somos convidados por Cristo a avivar em nós o mistério da eucaristia e assim como Ele veio até nós para manifestar seu amor e estar conosco, irmos também nós ao encontro do próximo manifestando nossa proximidade e caridade. Por Pe.Darlan Dejaime Marasca, scj

VENHA AJUDAR NA MONTAGEM DOS TAPETES DIA 20 DE JUNHO A PARTIR DAS 5H30. Após, às 9h haverá missa na escadaria da igreja matriz, seguida de procissão.

PARTICIPE!


DICAS PARA MONTAGEM DOS TAPETES DE CORPUS CHRISTI Lembremos sempre que o tema central é a Eucaristia, Corpo e Sangue de Jesus, mas como este ano é dedicado às missões, então, podemos explorar esse tema também. Devemos evitar usar materiais que dificultem a caminhada dos padres sobre os tapetes, por exemplo, caixas, vasos de flor, peças de roupas, quadros, peças plásticas e metálicas. Umas sugestões de materiais que são bons de usar são: serragem, pó de café usado, cal, areia colorida, pétalas de flores e folhas.


F E S TA

POR JANAINA MEIRA DO NASCIMENTO

SÃO LUÍS GONZAGA Considerado o “Patrono da Juventude”, São Luís Gonzaga nasceu em 9 de março de 1.568 na Corte de Castiglione. Recebeu por parte de sua mãe a formação cristã. Já seu pai o motivava a ser príncipe. Sua família tinha muitas posses, mas graças ao amor de Deus, Luís – desde cedo – deixou-se possuir por esse amor. Com 10 anos de idade, na corte, frequentando aqueles meios, dava ali testemunho do Evangelho e se consagrou a Nossa Senhora. Ali descobriu seu chamado à vida religiosa, o sacerdócio. Seu pai, ao saber disso, o levava para festas mundanas, na tentativa de fazê-lo desistir de sua vocação. Mas, não conseguiu. Luís entrou para a Companhia de Jesus onde viveu durante seis anos. Ao tratar os doentes de uma peste que havia se espalhado em Roma, ele contraiu a doença e faleceu com 23 anos, em 21 de junho de 1591. Em 1604, São Luís Gonzaga foi declarado beato e sua mãe, ainda viva, pôde venerá-lo como tal. Em 1724 foi canonizado pelo Papa Bento XIII. Sua festa é celebrada em 21 de junho.

O nome da comunidade São Luís Gonzaga foi sugestão de Marcio Marcatto, por se tratar de um bairro novo e porque São Luís Gonzaga é padroeiro da juventude. O padre João aceitou esse nome sem hesitar. No dia 26 de abril de 1980, no Jardim São Luís, reuniram-se 647 adultos e muitas crianças, e o vigário Pe. João Heidemann celebrou a primeira missa. Nascia assim, a Comunidade São Luís Gonzaga! E com muito empenho e dedicação por todos que pertencem à comunidade, ela foi crescendo e tornando-se uma grande e bela comunidade. Que São Luís Gonzaga continue intercedendo por nós! São Luís Gonzaga, rogai por nós! Fonte: Portal Canção Nova e livro Na Construção de Comunidades (Memória... História 1912-2012)

COMUNIDADE SÃO LUÍS GONZAGA Paróquia São Sebastião Em março de 1980, o então vigário da Paróquia São Sebastião em Jaraguá do Sul, Pe. João Heidemann celebrou uma missa na residência da Sra. Adolorata Pradi (viúva de Arduíno Pradi). Após esta missa, o Pe. João lançou a ideia de fundar uma comunidade no bairro Jaraguá Esquerdo. Ele mesmo saiu à procura de um terreno no local pretendido junto a família Marcatto, e esta ofereceu uma área no loteamento São Luís. E junto ao prefeito da época, Victor Bauer, conseguiram a doação de uma área verde.

PROGRAMAÇÃO DA FESTA EM HONRA A SÃO LUÍS GONZAGA 13 DE JUNHO - quinta-feira 19h30 Missa (1º dia do Tríduo) 14 DE JUNHO - sexta-feira 19h30 Missa (2º dia do Tríduo) 15 DE JUNHO - sábado 13h30 Café com prêmios 19h Missa (3º dia do Tríduo) 16 DE JUNHO - domingo 10h Missa Festiva Almoço com churrasco e completo serviço de bar e cozinha até às 13h30

6 . A Ç Ã O PA S TO R A L | R E V I S TA S Ã O S E B A S T I Ã O


#Romaria

Fiéis da Paróquia São Sebastião participaram da 17ª Romaria do Trabalhador, no dia 1º de maio. O evento promovido pela Diocese de Joinville levou milhares de pessoas ao Santuário Senhor Bom Jesus, em Araquari.

#Comunhão

Inúmeras crianças da Paróquia São Sebastião receberam a Primeira Comunhão durante o mês de abril e maio.

Primeira Comunhão na Comunidade Rainha da Paz

Primeira Comunhão na Comunidade São Benedito

no dia 27 de abril, para seis crianças.

#Festa Nos dias 18 e 19 de maio a Comunidade Nossa Senhora Rainha da Paz fez uma grande festa em honra a padroeira.

Primeira Comunhão na Comunidade N. Sra. do Rosário,

para 32 crianças, no dia 28 de abril.

no dia 5 de maio, para oito crianças do Rio Molha.

132 crianças receberam a Primeira Comunhão na igreja matriz nos dias 4 e 5 de maio.

Na Comunidade são Luís Gonzaga, 61 crianças receberam a Primeira Comunhão, no dia 5 de maio.

7 . A C O N T E C E U | R E V I S TA S Ã O S E B A S T I Ã O


PROGRAME-SE CATEQUESE EM PREPARAÇÃO PARA O BATISMO PAIS E PADRINHOS

Matriz 2 e 3 de julho | 19h30 às 21h30 Local: Auditório São José Inscrições na secretaria Vagas limitadas Comunidade São Luís Gonzaga 16 e 18 de julho | 19h30 às 21h30 Inscrições na secretaria da comunidade Vagas limitadas ESCOLA DE TEOLOGIA PARA LEIGOS

Corpus Christi é a celebração do corpo e sangue de Cristo Jesus, a Eucaristia. Eucaristia é a entrega do próprio Cristo por nosso resgate e pela nossa salvação. Esse amor que nos salva não tem limites e nos acompanha em nossa caminhada e em nosso coração. Quem fez a primeira comunhão, com certeza sabe o significado, não é amiguinho? Na festa de Corpus Christi, que este ano será no dia 20 de junho, a nossa Paróquia e as nossas comunidades se prepararam para montar pelas ruas da cidade o tradicional tapete, confeccionado com serragem colorida, borra de café, farinha, areia, folhas etc. Tudo fica muito bonito e colorido! Que tal você fazer o seu tapete também? Preparamos um para você pintar. Vamos lá?!

Toda terça-feira | 19h30 às 21h30 Local: Auditório do Salão Cristo Rei Mensalidade: R$30 Inscrição no local Tema de junho: Liturgia Assessor: Pe. Darlan Dejaime Marasca ESCOLA DE ESTUDO BÍBLICO

Toda quinta-feira | 19h30 Local: Auditório Sagrado Coração de Jesus Tema de junho: Os livros históricos Palestrante: Pe. Itamar José Zigowski

AVISOS MENSAIS PENTECOSTES

9 de junho - Missa | 19h | Matriz CORPUS CHRISTI

20 de junho - Missa | 9h | Escadarias da Matriz SOLENIDADE DO SAGRADO CORAÇÃO DE JESUS

28 de junho - Missa | 19h

CELEBRAÇÃO DE ANIVERSÁRIO DA DEDICAÇÃO DA IGREJA MATRIZ

15 de junho - Missa | 19h

MISSA COM AS CRIANÇAS

6 de julho | 15h | Matriz

REDAÇÃO Taty Feuser

Este informativo é uma publicação sob responsabilidade do Pe. Hélio Feuser, scj e Pascom da Paróquia São Sebastião, situada na Av. Marechal Deodoro da Fonseca, 632 Centro - Jaraguá do Sul/SC - (47) 3371-0321

DIAGRAMAÇÃO João Victor Funka SUGESTÃO DE CONTEÚDO redacao@agenciaarcanjo.com.br www.agenciaarcanjo.com.br facebook.com/agenciaarcanjo (47) 3227-6640

REVISÃO Larissa Graça IMPRESSÃO Gráfica Sbardelatti TIRAGEM 2.000 exemplares

Profile for Agência Arcanjo

Revista são Sebastião - Junho de 2019  

Revista são Sebastião - Junho de 2019  

Advertisement