Page 1

Jornal do

SANTU SANT UÁRIO

www. santuarioscj.com.br

Joinville, 01 de Janeiro de 2013 | Ano 01 | N° 01

01


Jornal d o

SANTUÁRIO

Opinião CELEBRAÇÕES NO SANTUário

MENSAGEM DO PÁROCO • Segunda-feira - 19h30 (pelos falecidos) • Terça-feira - 16h (pelas intenções da rádio e internet) e 19h30 • Quarta-feira - 19h30 (pelas famílias) • Quinta-feira - 7h, 16h (pelos enfermos) e 19h30 • Sexta-feira - 7h, 12h30 e 19h30 • Sábado - 7h e 19h • Domingo - 6h30, 8h, 9h30, 11h30, 17h e 19h

INFORMAÇÕES importantes • 1ª sexta-feira do mês Missa às 7h, 12h30, 16h, 19h30 e 23h • Adoração ao Santíssimo Sacramento Toda quinta-feira - das 8h às 19h30 • Missa com tradução em Libras 4° domingo do mês - 19h • Missa dos Grupos Bíblicos de Reflexão 2ª terça-feira do mês - 19h30 • Bênção de objetos Após as missas da 1ª sexta-feira do mês e no expediente • Confissão Terça a quinta-feira - 8h30 às 11h | 14h30 às 17h Sexta-feira - 7h às 11h30 | 12h30 às 19h30 Sábado - 8h30 às 11h

Por padre Sildo César da Costa, scj

Queridos paroquianos e devotos do Sagrado Coração de Jesus: que a graça do amor do Coração de Jesus chegue até os vossos corações e abençoe vossa família. Quero agradecer, antes de tudo, a todas as famílias que estão abraçando conosco o projeto de reforma do Santuário em preparação para o centenário da presença do Coração de Jesus em nossa cidade. Percebo que a comunidade está muito contente com este projeto e vamos juntos preparar o centenário. A você que ainda não colaborou e não sabe do projeto, procure a Secretaria do Santuário e saiba como colaborar. Já iniciamos algumas reformas e construções, mas o maior trabalho começará em janeiro de 2015. Novembro nos recorda a vida de santidade. Somos chamados a viver movidos pela vida de Cristo. São Paulo vai dizer: “Não sou eu que vivo, mas é Cristo que vive em mim” (Gl 2, 20). A santidade vem ao encontro daqueles que conseguem reconhecer a presença de Deus na sua vida e na vida do seu irmão. Descobrir a graça de Deus e levá-la, principalmente aqueles que ainda não encontraram o Senhor. “Deus não nos chamou para a impureza, mas para a santidade” (1Ts 4,7). A vida de santidade nos leva a buscar as coisas do alto. Olhar para o alto, sem tirar os pés do chão, da nossa realidade. A santidade que nos faz dobrar o joelho, para reconhecer Deus como o Senhor e partir para a caminhada, na evangelização do anúncio. Sempre no desejo de um dia estarmos juntos no reino do Coração de Jesus. Somos identificados com Cristo em Sua morte e Ressurreição e Sua vida nos move a viver aqui na terra refletindo a vida de Cristo e com a consciência de que esta vida será manifestada na eternidade. Como vimos, a santidade é uma busca que nos faz refletir a vida de Cristo. Sabemos que somos limitados, diante da nossa humanidade. Sabemos que convivemos nessa vida com o pecado, que muitas vezes destrói o nosso querer viver para Cristo. Mas tenhamos a força da palavra de Paulo: “Onde se multiplicou o pecado, a graça transbordou” (Rm 5,20). Os grandes santos buscaram viver para Cristo. Passaram por humilhações, incompreensões, desprezo. Foram silenciados, enganados, torturados. Viveram na realidade de pecado, mas foram fiéis ao Senhor. O convite é para todos nós vivermos a santidade, sendo fiéis a este chamado. Onde estivermos não percamos a esperança e a nossa fé. Convido a todos também a orar pelos nossos irmãos e irmãs falecidos. No dia das almas, recordamos as pessoas queridas que deixaram saudades e uma bela reflexão para nós sobre a vida. Que a vida deles nos faça meditar e recordar que tudo nos leva para Deus. Que a nossa prece aos nossos irmãos falecidos nos prepare para um dia estarmos com Deus e com nossos irmãos. Fiquemos na graça de Deus e que possamos viver um mês de santidade e de proximidade com Deus. Que o Coração de Jesus vos abençoe. Seja amado por toda a parte: o Sagrado Coração de Jesus!

hORÁRIOS DAS RÁDIOS Rádio Clube (AM 1590) Segunda a sexta 7h55 - Nos Caminhos da Palavra 11h55 - O Pão da Palavra Domingo 20h30 - A Voz do Santuário

CRONOGRAMA MENSAL Encontro de pais e padrinhos Local: Auditório Data: 8 de novembro Horário: 14h

Encontro de leigos dehonianos Local: Jaraguá do Sul Data: 23 de novembro

Curso de Libras Local: sala 16 Data: 19 de novembro Horário: 18h30

Vigília RCC Local: Igreja Data: 28 de novembro Horário: 20h30

Rádio Difusora Arca da Aliança (AM 1480) Domingo 8h - Transmissão da missa 1ª sexta-feira do mês 15h45 - Bênção das casas 16h - Transmissão da missa Rádio Cultura (AM 1250) 1ª semana do mês (segunda a sexta-feira) 10h - Refletindo a Palavra

2

www.santuarioscj.com.br


Jornal d o

SANTUÁRIO

Geral Por Jouber Castro

Filme de Irmã Dulce será lançado no fim do mês O centenário de nascimento da Bem-Aventurada Dulce dos Pobres, em 2014, será completado com o lançamento do filme “Irmã Dulce”, a ser lançado em 27 de novembro. Será mais um resgate das virtudes de doação e caridade do “Anjo Bom da Bahia”. Indicada ao Prêmio Nobel da Paz em 1988 e internacionalmente reconhecida, conciliou oração e ação, alcançando um nível de maturidade na fé expresso em uma de suas frases mais famosas: “A gente não vive mais a nossa vida. A gente vive a vida de Cristo na pessoa do pobre.” O filme remonta passo a passo a trajetória de Maria Rita, seu nome de batismo, reconstruindo cenas históricas de sua trajetória desde a infância – como os primeiros sinais da vocação para a caridade numa comunidade carente em Salvador –, passando pela juventude, quando transformou o porão de sua casa num albergue ainda com 13 anos. A história continua com o resgate da sua ordenação como freira, aos 19 anos, momento em passa a ser conhecida como Dulce em homenagem à mãe falecida. Outros episódios marcantes da vida da Irmã Dulce, vivida pelas atrizes Bianca Comparato e Regina Braga, também estão retratados no filme: os despejos dos locais onde dava assistência aos pobres; a fundação de um albergue no galinheiro do Convento de Santo Antônio, em Salvador – que deu origem a um dos maiores hospitais beneficentes do Brasil; e os dois encontros com o papa João Paulo 2º, com uma grande homenagem em 1980 e já no leito de morte da beata, em 1991. Assista ao trailer e saiba sobre o filme em: globofilmes.globo.com.

SANTO DO MÊS

Por padre Geraldo Kohler, scj

Finados: dia de vida, não de morte A vida é um dom de Deus. É no amor dEle que viemos ao mundo para uma missão: nos realizar no amor, morrer por amor e ser ressuscitados no amor. Jesus diz: “Eu sou a ressurreição e a vida. Aquele que crê em mim, ainda que esteja morto, viverá” (cf. Jo 11,25). E complementa que “esta é a vontade do meu Pai: que todo aquele que vê o Filho e nEle crê, tenha a vida eterna; e Eu o ressuscitarei no último dia”. É pelas escrituras que podemos ter certeza da vida eterna: “Na casa de meu Pai há muitas moradas. Se não fosse assim, eu vos teria dito; pois vou preparar-vos um lugar. Depois voltarei e tomar-vos-ei comigo, para que, onde eu estiver, estejais também vós” (cf. Jo 14,1-3). Celebramos Finados vivendo, amando, rezando e acreditando. Vivendo a vida que Deus dá e conserva; amando de coração a Deus, o próximo e a nós mesmos; rezando a exemplo de Jesus para que se cumpra a vontade do Pai e não a nossa. Acreditando em Deus, no Cristo e na força e sabedoria do Espírito Santo, rezemos para que esta vida seja digna, e a vida após a morte, seja eterna. Rezemos também pelos falecidos, na certeza da ressurreição. Visitemos os túmulos, como gesto de amor.

Santo André Apóstolo

Entre os doze apóstolos de Cristo, André foi o primeiro a ser Seu discípulo, mas conhecido como número dois, depois somente de Pedro. Na lista dos apóstolos, pela ordem está entre os quatro primeiros. Morava em Cafarnaum, era discípulo de João Batista, filho de Jonas de Betsaida, irmão de Simão Pedro e ambos eram pescadores. Ele participou da vida pública de Jesus, estava presente na última ceia, viu o Cristo Ressuscitado, testemunhou a ascensão, recebeu o primeiro Pentecostes e ajudou a sedimentar a Igreja de Cristo. André foi martirizado nas mãos do inimigo, Egéas, governador e juiz romano local. André ousou não obedecer a autoridade do governador, desafiando -o a reconhecer em Jesus um juiz acima dele. Egéas não hesitou e condenou-o à crucificação, ficou dois dias pregado numa cruz em forma de “X”. Santo André é celebrado em 30 de novembro, data de sua morte.

www.santuarioscj.com.br

LEMBRANÇAS

MISSÃO

Por Marco Farias

Diácono Donat Natural da República de Camarões, país localizado na parte ocidental do continente africano, o diácono Donat Tchinda esteve em outubro fazendo estágio no Santuário. No Brasil, o diácono tem o objetivo de aprender nossa língua, cultura e forma de evangelizar. Durante o período em Joinville, Donat participou do dia a dia do Santuário, como missas, formações e reuniões, e de outros momentos extraordinários, como a assembleia paroquial e as visitações missionárias. Após sua despedida em 26 de outubro, o mesmo seguiu para a região noroeste do Rio Grande do Sul, onde juntamente com os padres dehonianos que lá atuam, irá continuar seu processo de formação para futuramente ser ordenado padre em sua terra natal.

3

Foto: Marco Farias

HISTÓRIA


Jornal d o

SANTUÁRIO

Faltando apenas dois anos para a celebração do centenário da Paróquia Santuário Sagrado Coração de Jesus, os devotos do Coração resgatam a memória da igreja reunindo arquivos antigos em uma exposição histórica. A mostra contará, por meio de fotos e documentos, toda a caminhada deste Santuário que, há quase um século, reúne fiéis seguidores do Coração de Jesus. A exposição acontecerá entre os dias 5 e 21 de dezembro deste ano, no Centro Comunitário do Santuário. As comunidades atendidas e paróquias formadas a partir do Santuário também trarão seus arquivos históricos, montando cada pedaço da sua jornada. Carin Montes, que está há 50 anos no Santuário e agora organiza a exposição, explica que a mostra será uma aproximação da comunidade atual com a história da igreja. “Será pela exposição que a comunidade conhecerá os passos dados desde 1916 até hoje”. A participação do povo será essencial na exposição: quem possui fotos ou objetos relacionados a história do Santuário, são convidados a ajudar também e serem participantes/colaboradores da reconstrução histórica desses cem anos de graças experimentadas. “Cada pessoa que valoriza a sua história, valoriza também a história da sua comunidade. Por isso, descobrir e ajudar a montar a história do Santuário é tão importante, tanto para os membros quanto para o povo que hoje participa”, conclui Carin. As fotos e recordações históricas deverão ser entregues na Secretaria do Santuário, e serão devidamente identificadas e devolvidas aos proprietários. Participe!

4

www.santuarioscj.com.br


Jornal d o

SANTUÁRIO

Em 2016, o Santuário Sagrado Coração de Jesus celebra cem anos de fundação. A seguir, confira a entrevista com padre Sildo, responsável pelas comemorações do centenário. Jornal do Santuário (JS): Faltam apenas dois anos para celebrar o centenário do Santuário. Qual sua expectativa para esta festividade? Padre Sildo (PS): A expectativa é grande por ser um acontecimento único. Celebrar cem anos é fazer uma viagem lá atrás e verificar o quanto essa paróquia cresceu e se desenvolveu junto com a própria cidade de Joinville. Para celebrar o centenário, cria-se a expectativa de comemorar a vida de um povo, história de fé e caminhada que foi traçada ao longo desses cem anos. Quantas coisas foram transformadas, quantas coisas novas foram vivenciadas e renovadas dentro do contexto de cem anos. A expectativa que gera é uma espera de alegria, de festa, lembranças e saudades. (JS): Quais as ações que já estão sendo tomadas e como a comunidade tem se envolvido nos preparativos? (PS): Existe uma comissão de leigos que está preparando o centenário desde o início de 2014. Eles são responsáveis por planejar as comemorações, escolhendo músicas, criando slogan e nova marca, além de organizar a exposição histórica. O centenário perpassa por uma expectativa muito grande. Também estamos reformando estruturalmente o Santuário: a parte interna da igreja ganhará novo piso, iluminação, som e pintura, enquanto que a área externa será beneficiada pelo estacionamento, capela de Nossa Senhora Aparecida, sala dos milagres e oratório do Sagrado Coração de Jesus. Estas perspectivas só podem ser alcançadas com a contribuição dos nossos fiéis que aderiram à campanha, doando recursos pelos carnês distribuídos nas missas e entregues na Secretaria.

www.santuarioscj.com.br

(JS) O que representa para o senhor, enquanto pároco, celebrar os cem anos do Sagrado Coração de Jesus em Joinville? (PS): Para mim e para os padres Kleber e Geraldo, o que mais marca é poder participar desse momento tão sublime da vida do Santuário e dos devotos do Coração de Jesus. Nós somos partes integrantes desse processo e queremos nos alegrar junto com a comunidade. Então, cabe a cada um de nós nos esforçar em divulgar e colaborar com esse projeto. A partir do momento que eu me insiro dentro do projeto do centenário, não tem como não dar certo. O projeto só vai dar certo se todos o abraçarem com carinho e amor. Eu espero que toda a comunidade possa perceber o mesmo que eu, a necessidade de preparar a nossa casa para o centenário e deixarmos um legado para as futuras gerações.

5


Jornal d o

SANTUÁRIO

Santuário Por Marco Farias

DEVOÇÃO

Status: em obras!

Por Marco Farias

Eles e Maria

Os frequentadores da segunda paróquia mais antiga de Joinville têm percebido que estamos passando por uma série de reformas nos últimos meses. Estas melhorias visam, além da segurança e do conforto de nossos paroquianos e visitantes, deixar o Santuário preparado para as celebrações do centenário em 2016. Para angariar fundos para a realização de todas as obras planejadas, foi lançada no mês passado a “Campanha em prol da reforma do Santuário – rumo ao centenário”, onde os devotos do Coração de Jesus poderão contribuir com dez boletos bancários, no qual o próprio benfeitor define a quantia mensal com que irá contribuir. Se você também deseja contribuir com a reforma, retire seu carnê na Secretaria do Santuário ou entre em contato pelo telefone 3455-2204.

Foto: Jacqueline Freudenborg

A missão do Terço dos Homens é resgatar para o seio da Igreja de Cristo, homens de todas as idades. A presença masculina na Igreja é imprescindível para a formação da família e de uma sociedade cristã. Com esse propósito, o Santuário iniciou as atividades do Terço dos Homens em outubro, mês dedicado à padroeira do Brasil. Desde então, todas as segundas-feiras às 19h, em uma das salas do Centro Comunitário os devotos têm se reunido, diante da imagem de Nossa Senhora Aparecida, para a reza e meditação dos mistérios do santo terço, dando-nos um exemplo de fé e devoção. O terço, além de nos conduzir para a oração, leva-nos a meditar sobre os principais mistérios da redenção que Cristo nos oferece. Sobre isso, em outubro de 1978 testemunhou São João Paulo 2º: “O Rosário é minha oração preferida. Oração maravilhosa em sua simplicidade e em sua profundidade. Nesta oração repetimos muitas vezes as palavras que a Virgem Maria escutou da boca do anjo e de sua prima Isabel. A estas palavras toda a Igreja se associa.” Você, homem, venha ter um momento com Maria no Terço dos Homens!

Foto: Jacqueline Freudenborg

Foto: Marco Farias

A nova capela deverá ficar pronta até o fim de 2014

Foto: Marco Farias

REFORMAS

Também estão previstas melhorias no piso e na iluminação do estacionamento

6

O clero e as lideranças do Santuário estiveram reunidas em assembleia nos dias 16 e 17 de outubro. Na primeira noite os participantes conheceram a realidade do Santuário Santa Paulina, pelas palavras da diretora geral - Ir. Maria Adelina da Cunha. Já a segunda noite foi dedicada à avaliação das atividades desenvolvidas neste ano e para planejar 2015.

www.santuarioscj.com.br


Jornal d o

SANTUÁRIO

Espiritualidade PREPARAÇÃO

Por padre Kleber Ferreira, scj

Advento: tempo de entrar em forma

Por estes dias, chamou-me a atenção em um anúncio a seguinte frase: “Preparese para o verão!” Dentre as sugestões apresentadas, saltou-me aos olhos, a conhecida regra: preparar-se para o verão é entrar em FORMA. Para se preparar para o Natal, também é preciso entrar em forma. O tempo mais propício para entrar em forma e celebrar bem o Natal é o tempo do Advento: Firmar os passos na Palavra de Deus Olhar vigilante e ficar atento à espera do Senhor Reavivar a esperança no Senhor Mudar o rumo e a direção da própria vida Alegrar-se no Senhor. 1. Firmar os passos na Palavra O Advento inicia quatro domingos antes do Natal e termina em 24 de dezembro. Nas duas primeiras semanas, nossa expectativa se volta para a segunda vinda de Jesus. Nas duas últimas, de 17 a 24 de dezembro (novenal) é a preparação para a celebração do Natal. Por isso, o Advento é momento de intenso mergulho na Palavra, que firma nossos passos e nos insere no mistério profundo que é a encarnação do Filho de Deus.

VATICANO

2. Olhar vigilante e ficar atento à espera do Senhor “Advento” significa “que está para vir”. De fato, o Advento nos insere no mistério da vinda do Senhor. Assim, devemos ser como a sentinela, manter o olhar vigilante. Ficar acordado, para acolher o Senhor; estar atento aos sinais da Sua chegada. A espera vigilante exige prontidão, sobriedade, oração, luta contra o comodismo e a indiferença. A vigilância e espera é vivida nas orações em família, no relacionamento fraterno, nas celebrações eucarísticas, nos gestos de amor e solidariedade. 3. Reavivar a esperança no Senhor O Advento possui um clima de esperança, porque Cristo é a nossa esperança (1Tm 1, 1). Nesse tempo, alimentamo-nos da esperança profética de Isaías e João Batista; Zacarias e Isabel e como Maria, acolhemos o Senhor no mais íntimo do coração. O Advento reaviva a esperança diante de um mundo desesperado e reanima a coragem na luta por uma vida mais digna. É tempo de crescer na esperança pois, Deus vem ao nosso encontro e assume a nossa condição. 4. Mudar o rumo e a direção da própria vida Advento é tempo de conversão para preparar o caminho do Senhor. Conversão é atitude de fé, pois, reconhecemos Jesus como Senhor de nossa vida e, como resposta, acolhemos o Reino de Deus por Ele anunciado e transformamos nossa vida segundo o Evangelho. É tempo próprio para recomeçar mudando o rumo da vida pessoal, comunitária e social à luz da Palavra. 5. Alegrar-se no Senhor O Advento é um convite a alegria. O profeta Isaías exclama: “O senhor é a minha grande alegria, meu espírito está em festa pelo meu Deus (Is 61,10). Maria canta: “A minha alma engrandece o Senhor, e meu espírito se alegra em Deus, meu Salvador” (Lc 1,47). A alegria é atitude de pessoas que acreditam em Deus salvador e se fundamenta na presença amorosa de Cristo que garante a transformação do coração humano. E aí, quer se preparar para o Natal? Entre em FORMA, celebrando o Advento.

Por Enriete Stolf

Basílica São João de Latrão Localizada na Praça Giovanni Paolo 2º, em Roma, a Basílica São João de Latrão, tem o nome oficial de Arquibasílica do Santíssimo Salvador e é considerada a “mãe” de todas as igrejas do mundo. A Igreja Católica decidiu dedicar-lhe o dia 9 de novembro, como forma de celebrar a unidade e o respeito para com a Sé Romana. Como Catedral da Diocese de Roma, contém o trono papal (Cátedra Romana), o que a coloca acima de todas as igrejas, inclusive da Basílica de São Pedro, com o título honorífico de mãe e cabeça de todas as igrejas de Roma e do mundo. Ao todo 21 papas da Igreja Católica estão sepultados na Basílica de São João de Latrão. É uma das quatro basílicas patriarcais de Roma. As três outras caracterizadas com uma porta santa e um altar papal são: a Basílica Vaticana, que manifesta a Igreja apostólica fundada sobre o apóstolo Pedro; a Basílica Ostiense, que manifesta a Igreja Católica fundada sobre a missão de Paulo; Basílica Liberiana, ou Mariana que manifesta a Igreja santa gerada com Cristo de Maria. A “Escada Santa” significa na tradição católica a escada usada por Jesus para entrar na sala do Seu interrogatório com Pôncio Pilatos antes da crucificação. A Escada Santa de Roma está em um celebre edifício vizinho da Basílica de São João de Latrão (San Giovanni Laterano, em italiano). Afirma-se que foi trazida a Roma por Helena de Constantinopla, mãe de Constantino 1º, em 326 d. C., nessa escada todos sobem de joelhos, pelo grande significado e respeito. A Basílica de São João de Latrão é propriedade do Vaticano, embora fique fora dos limites da cidade-estado.

www.santuarioscj.com.br

7


A celebração do Natal traz uma nova esperança que reluz na vida das pessoas, uma nova chama que se acende e abrilhanta a fé de cada um que esperou ansiosamente pelo nascimento de Cristo. Assim como Jesus nasceu para formar a nova aliança da unidade, neste ano o Santuário convida seus fiéis a fazer parte do Natal. Enfeites serão distribuídos para que os devotos do Coração possam escrever seus agradecimentos ou pedidos ao Menino Jesus. Eles serão pendurados na árvore de Natal que ficará exposta na igreja. Convidamos você a fazer deste simples gesto um ato de agradecimento. Que em 25 de dezembro possamos ser, de fato, um santuário que acolhe o nascimento do Salvador.

Profile for Agência Arcanjo

Jornal do Santuário - Edição Novembro/ 2014  

Jornal do Santuário - Edição Novembro/ 2014  

Advertisement