__MAIN_TEXT__

Page 1

Jornal do

SANTU SANT UÁRIO

www. santuarioscj.com.br

Joinville, 01 de Janeiro de 2013 | Ano 01 | N° 01

01


Jornal d o

SANTUÁRIO

Expediente CELEBRAÇÕES NO SANTUário • Segunda-feira - 19h30 (pelos falecidos) • Terça-feira - 16h (pelas intenções da rádio e internet) e 19h30 • Quarta-feira - 19h30 (pelas famílias) • Quinta-feira - 7h, 16h (pelos enfermos) e 19h30 • Sexta-feira - 7h, 12h30 e 19h30 • Sábado - 7h (devocional mariana) e 19h • Domingo - 6h30, 8h, 9h30, 11h30, 17h e 19h • 1ª sexta-feira do mês: 7h, 12h30, 16h, 19h30 e 23h • Missa com tradução em Libras: 4° domingo do mês - 19h • Missa dos Grupos Bíblicos de Reflexão: 2ª terça-feira do mês - 19h30

INFORMAÇÕES importantes • Atendimento de confissões, orientação espiritual e bênção de objetos Terça a sexta-feira - 8h30 às 11h | 14h30 às 17h Sábado - 8h30 às 11h • Adoração Eucarística Quinta-feira - 8h às 19h30 • Grupo de Oração RCC Quinta-feira - 20h30 • Santuário Jovem Sábado - 20h • Terço dos Homens Segunda-feira - 19h

hORÁRIOS DAS RÁDIOS Rádio Clube (AM 1590) Segunda a sexta 7h55 - Nos Caminhos da Palavra 11h55 - O Pão da Palavra Sábado 7h - A Voz do Santuário 7h30 - Direção Espiritual

MENSAGEM DO PÁROCO

Por padre Sildo César da Costa, scj

Queridos Devotos do Sagrado Coração de Jesus: que bom encontrar com vocês pelo Jornal do Santuário. Estamos no mês Mariano, mês de Maria. Recordar a presença da Mãe de Deus em nosso meio é ter a graça de conhecer as maravilhas que o Senhor fez e continua fazendo no coração da humanidade. Em 7 de outubro, lembramos o dia de Nossa Senhora do Rosário, enquanto dia 12 é dedicado à Padroeira do Brasil, Nossa Senhora Aparecida. Nosso Santuário tem, na sua história, a lembrança bonita de tantas comunidades que foram fundadas com o título de Nossa Senhora. Além disso, temos na Casa do Coração, um oratório da Mãe Aparecida. É um sinal de muitas graças e bênçãos aos devotos do Coração de Jesus, que se aproximam da Mãe para entrar na casa de seu Filho. Por isso, no projeto de reforma do Santuário tivemos a ideia de fazer um espaço bonito, para acolher a imagem de Nossa Senhora Aparecida. Estamos construindo uma gruta para destacar nossa Mãe, Maria Santíssima. Percebemos que dia e noite temos pessoas acendendo velas e fazendo seus pedidos a Nossa Senhora. Muitas pessoas alcançaram graças e até mesmo irmãos de outras denominações cristãs tiveram seus pedidos realizados com a intercessão de Nossa Senhora Aparecida. Queremos fazer deste espaço um lugar de aproximação dos devotos ao coração da Mãe que pede: “Fazei o que Ele vos disser” (cf. Jo 2,5). Nossa Senhora é aquela que aponta para seu Filho como Caminho, Verdade e Vida. Maria quer que também possamos experimentar a graça de gerarmos dentro de nós o amor de Deus: “Minha alma engrandece o Senhor e meu espírito exulta em Deus meu Salvador” (cf. Lc 1,46-47). Ter Maria conosco é ter a certeza de Deus mais perto de nós. Alguns dizem que Maria é uma mulher qualquer. Maria, é sim uma mulher, mas não qualquer. Se Deus olhou para ela, é porque viu nela uma mulher cheia de graça, de dons, de bênçãos, de Deus. Se Ele fez o convite a ela é porque sabia que ela cumpriria o Seu plano de amor. Se Deus cobriu Maria com o Seu Espírito é porque ela desejava servir a Deus e tudo que estava para ser realizado com o seu “sim”. Ela não pode ser considerada uma mulher qualquer, porque aos olhos de Deus, ela é a mãe de Seu Filho muito amado. Aquele que diz amar Jesus, e não ama Maria, no mínimo, está negando o amor que Jesus teve por Sua mãe. Não se nega o amor de Deus, ao contrário, se acolhe. Assim, temos um Santuário muito abençoado. De um lado uma espiritualidade sempre renovada na graça da misericórdia do Coração de Jesus, e de outro lado, não nos falta a presença da Mãe para encorajar e buscar essa renovação no Coração de seu Filho. Somos chamados a cumprir um pedido que Jesus fez no alto da cruz, quando olhou para sua mãe: “Jesus viu a Sua mãe e, ao lado dela, o discípulo que Ele amava. Então disse a mãe: ‘Mulher, eis aí o teu filho.’ Depois disse ao discípulo: ‘Eis aí a tua mãe.’ E dessa hora em diante, o discípulo a recebeu em sua casa” (cf. Jo 19,26-27). Cuidemos da Mãe para estarmos sempre mais perto do Coração de seu Filho. Seja amado por toda parte: o Sagrado Coração de Jesus!

CRONOGRAMA MENSAL ENCONTRO DE CASAIS QUE CONVIVEM

Data: 17 de outubro Horário: 14h Local: Auditório Inscrições na Secretaria

CURSO DE PAIS E PADRINHOS

Data: 7 de novembro Horário: 14h Local: Auditório Inscrições na Secretaria

Rádio Difusora Arca da Aliança (AM 1480) Domingo 8h - Transmissão da missa Rádio Cultura (AM 1250) 1ª semana do mês (segunda a sexta-feira) 11h - Refletindo a Palavra

2

www.santuarioscj.com.br


Jornal d o

SANTUÁRIO

Geral JUVENTUDE SANTO DO MÊS

Por Arthur Garcia

Santa Teresinha do Menino Jesus

Por Marco Farias

Cruz Missionária O Santuário acolheu entre 29 de agosto e 12 de setembro a réplica da Cruz Missionária da Jornada Mundial da Juventude, a qual está passando pelas paróquias e comunidades da Diocese. A peregrinação do símbolo é uma forma de preparação para a próxima edição do encontro mundial dos jovens com o Papa, que acontecerá em Cracóvia, na Polônia, em julho de 2016. A Cruz foi acolhida pelas pastorais e movimentos do Santuário, especialmente pelo Santuário Jovem e movimento de Emaús, estando presente nas missas, Grupos Bíblicos de Reflexão, encontros de catequese e demais atividades pastorais. Em 12 de setembro, o símbolo foi levado em carreata até a Catedral Diocesana, sendo acolhido durante a missa.

Dia Nacional da Juventude Por Fernanda Felicio Coordenação diocesana do Setor Juventude

www.santuarioscj.com.br

ANIVERSÁRIO

Por Daniela da Rosa Bez Batti

Parabéns, diácono Osvaldo! Pai, é teu aniversário. Deus nos presenteia grandemente com a alegria da tua presença entre nós! Tua sabedoria, paciência, companheirismo e afeto sempre nos guiaram e nos mantiveram unidos na fé e no amor. És exemplo de marido, pai, sogro e avô. Obrigada por sempre estar conosco nos orientando e mostrando os verdadeiros valores a ser seguidos! Te amamos! Com carinho, beijo da tua esposa, filhos, genros, noras e netos.

Foto: Miniestúdio Wedding Photo + Movie

Marie Franáoise Therese Martin nasceu em 1873, em Alenon, na França. Muito devota do Menino Jesus, Marie ingressou no carmelo de Lisieux, aos quinze anos, com o nome de Teresa do Menino Jesus. Viveu apenas nove anos na clausura, falecendo de tuberculose, aos 24 anos. Sua autobiografia “História de uma alma” foi desenvolvida após o pedido de seus superiores. Nesta obra, além da narrativa de sua vida terrena propriamente dita, encontra-se a descrição de sua relação com o Menino Deus e os meios que viveu a profundidade do amor do Senhor. Foi canonizada por Pio 11, em 1925, declarada co-padroeira das Missões e da França. São João Paulo 2º a declarou Doutora da Igreja em 1997. Sua festa litúrgica é celebrada em 1º de outubro.

Em 2015, celebramos o 30º Dia Nacional da Juventude (DNJ). As reflexões propostas para ação de graças destes 30 anos partem do tema da Campanha da Fraternidade: “Fraternidade: Igreja e sociedade”. O lema do DNJ, neste ano: “Juventude construindo uma nova sociedade”, deseja recordar a presença dos jovens cristãos na sociedade. O Santo Padre, Papa Francisco, insiste que os jovens sejam construtores da paz, da vida nova, superando a cultura do consumo e do descarte. Por isso, esse encontro é tão importante. É mais uma oportunidade de aprofundar a fé, estudar as temáticas que envolvem o presente e o futuro da juventude, da Igreja e do mundo. A programação acontece no domingo, 18 de outubro, das 8h30 às 17h, no Colégio Santo Antônio na cidade de Mafra/SC. Estão previstas diversas atividades para a juventude, sendo o encerramento com a Santa Missa. Mais informações podem ser obtidas na Secretaria do Santuário ou diretamente com a organização do evento pelo e-mail setorjuventude@diocesejoinville.com.br ou telefone (47) 3451-3728.

3


Jornal d o

SANTUÁRIO

O espaço devocional de Nossa Senhora Aparecida já começa ganhar forma no Santuário. Depois de muito esforço na campanha pelas reformas e colaboração dos fiéis, a gruta já está de pé. Ela é construída em formato de coração justamente para elucidar o Coração de Jesus e reservar um acolhimento especial aos devotos da Mãe Aparecida, num local aconchegante e privilegiado. É um verdadeiro presente para a festa do Centenário da Casa do Coração, em Joinville, visto que as demais reformas internas e externas da igreja estão progredindo. A construção da gruta começou em agosto e está caminhando bem, pois mesmo sem data prevista para entrega, todos que passam pelo Santuário podem ver o avanço das obras. O responsável pela construção já é conhecido: Herivan Testoni, foi contratado em obras anteriores no Santuário, como as pedras que revestem a até então gruta de Nossa Senhora e o antigo altar do Santuário. “Participo aqui no Santuário há anos e fazemos obras de arte pelo prazer que, vai além do dinheiro”, enfatiza. Segundo ele, a gruta terá em seu interior um altar para Nossa Senhora e uma cascata, de forma que as pessoas se sintam bem no espaço. Na parte pastoral, um dos idealizadores do projeto é Nicolau Monteiro, que há dez anos participa do Santuário e atualmente é responsável pelo setor financeiro da Paróquia. “A proposta da gruta é proporcionar maior acolhimento à imagem de Nossa Senhora Aparecida e aos devotos que vem até ela. Até porque, antes das celebrações é raro ver alguém que não passe para fazer sua oração à Mãe”, assegura. De acordo com Nicolau, a gruta é feita de frente para a igreja, porque ela acolhe os que ali chegam, e conduz os devotos do Coração de Jesus ao Santuário.​Junto a ele, existem outras pessoas, que pensam, executam e fazem os projetos caminharem. “Somos uma equipe em busca do melhor para o Santuário, e o que mais nos deixa tranquilo é a presença do padre Sildo nas tomadas de decisão”, conclui. A Gruta de Nossa Senhora proporcionará novos momentos com a Mãe. Novo no sentido de renovação do local, e das orações a serem feitas. Os fiéis terão a oportunidade de ficar mais tempo com Nossa Senhora, rezando o terço, ou pedindo a ela que leve seus pedidos ao Pai. Todos ganham com essa nova conquista, mas em especial, os devotos que participam da missa devocional mariana, realizada aos sábados às 7h da manhã, onde a bênção final é dada diante da imagem de Nossa Senhora Aparecida.

4

www.santuarioscj.com.br


Jornal d o

SANTUÁRIO

Herivan Testoni é responsável

pela obra e dono da empresa contrada para contruir a Gruta de Nossa Senhora Aparecida

Nicolau Monteiro é responsável

pelo setor financeiro do Santuário e um dos idealizadores do projeto da gruta

www.santuarioscj.com.br

A devoção a Nossa Senhora Aparecida durante quase 300 anos tem arrastado multidões por todo o mundo. Desde o primeiro milagre, no dia em que a imagem foi encontrada, pelos pescadores. E como intermediadora da graça, a Mãe Aparecida leva até hoje muitos milagres e prodígios aos seus devotos. Alguns são mais conhecidos, outros, nem tanto, mas o fato é que todos se encontram no mesmo lugar, no Santuário de Aparecida, construído em homenagem a Nossa Senhora. O Santuário acolhe em média 12 milhões de peregrinos por ano. Ou seja, a devoção é cada vez mais propagada ao mundo. Aquilo que começou com humildes pescadores em suas próprias casas, hoje conta com uma majestosa basílica, e recebeu grandes pontífices, como São João Paulo 2º, em 1980, Bento 16, em 2007, e recentemente Francisco, em 2013, quando veio ao Brasil para a JMJ Rio 2013. A Padroeira do Brasil, como assim é intitulada pela nação, tem grandes registros de devotos que alcançaram graças de Deus por sua mediação. Como a exemplo de um que aconteceu em 1850, ainda no período da escravidão, quando um servo de nome Zacarias estava preso com muitas correntes grossas. Ele estava sendo transportado e pediu a seu feitor que o deixasse rezar diante da imagem de Nossa Senhora Aparecida por um momento. Após receber a permissão, se ajoelhou e rezou. Durante sua oração, as correntes que o prendiam a carroça se quebraram e se soltaram de seus pulsos, tornando-o um escravo livre. Há outra história também, de uma menina que nasceu cega. Ela tinha imensa vontade de visitar a igreja de Nossa Senhora Aparecida, porém era muito difícil chegar lá. Com muita fé e sofrimento, mãe e a filha resolveram enfrentar essa dificuldade. Chegaram até as escadarias da igreja de Aparecida quando surpreendentemente a filha disse: “Mãe, esta igreja é muito linda!”. Daquele momento em diante a menina começou a enxergar. Estes milagres estão dentre tantos outros registrados por intercessão de Nossa Senhora. São milagres impressionantes, mas Nossa Senhora não precisa fazer algo de tamanha magnitude para interceder por cada um. Basta olhar para o Santuário Sagrado Coração de Jesus, perceber a realidade de cada devoto, como está o coração e a fé de cada um. É importante lembrar que Deus age na maior simplicidade. Nossa Senhora, então, leva todas as intenções ao Coração de Jesus e está a todo momento rezando pelo seus filhos. Que da mesma forma como disse São João Paulo 2º, em sua vinda ao Brasil há 34 anos: “Maria nos aponta as vias da Salvação, vias que convergem todas para Cristo, seu Filho, e para a Sua obra redentora”, todos possam também acessar essa via de ligação entre Deus e o ser humano.

MÃE APARECIDA, rogai por nós!

5


Jornal d o

SANTUÁRIO

Santuário EVANGELIZAÇÃO

Por Maitê de Oliveira

Outubro Missionário Novamente nos colocamos a caminho para o anúncio da boa-nova de Jesus. Em 2014, o Santuário propôs o projeto de missões permanentes, onde nos meses de maio e outubro sairíamos à rua para visita e bênção das casas, considerando esses meses como tempo forte de missões. Como o cristão católico deve ter um espírito missionário, não nos limitamos a esses dois meses, mas buscamos dentro dessa dimensão realizar reuniões frequentes para oração, adoração e planejamento desse projeto. As missões permanentes do Santuário, ao estilo querigmático, tem como objetivo proclamar que Jesus Cristo é o fundamento da nossa fé. Levando àqueles que aceitam a visita, um pouco da história de amor de Deus para conosco, desde a criação até o envio de Seu Filho Jesus e do Espírito Santo, para nos conceder vida plena. Neste mês de outubro, iniciamos mais uma etapa das visitas. Vamos bater nas portas da chamada “Região D”, que compreende parte das ruas Alexandre Schlemm e Afonso Penna, entre a Avenida Procópio Gomes e a Avenida Getúlio Vargas. Durante a semana, as casas missionadas receberão a bênção do padre ou do diácono, sendo convidadas ao segundo objetivo das missões: criar ou fortalecer os Grupos Bíblicos de Reflexão. O grande desafio em toda a região que pertence ao Santuário são os prédios e condomínios, onde há necessidade e vontade do anúncio. Embora as dificuldades que essa realidade apresente, temos evoluído no contato com os moradores. Aqueles que já passaram pela experiência das visitas e bênçãos testemunham com alegria e entusiasmo como é importante irmos ao encontro do outro, para ouvir e partilhar, levando a Igreja para mais perto de seus fiéis. É o Santuário em missão, pés no chão, ouvidos e coração à disposição do irmão.

Piquenique das famílias A Semana da Família ganhou mais uma atração com o piquenique realizado no Seminário de Corupá, em 4 de setembro. As famílias participaram de momentos de oração e espiritualidade, além de brincadeiras e partilhas. O fim do passeio foi no túmulo do Servo de Deus, Pe. Aloísio Boeing, scj, em Jaraguá do Sul.

6

12 PROMESSAS Adaptado de: As 12 promessas do Coração de Jesus, Pe. Joãozinho, scj

10ª promessa do Sagrado Coração de Jesus: “Darei aos sacerdotes que praticarem especialmente essa devoção o poder de tocar os corações mais endurecidos”

Antes de começar a escrever sobre esta promessa, fiz uma revisão dos meus anos de sacerdócio na Congregação dos Padres do Sagrado Coração de Jesus. Na verdade, eu nunca tinha prestado muita atenção a esta promessa. Mas ela se cumpriu em cada minuto de meu apostolado. Nestes anos todos, fiz muitas canções. Porém nenhuma ficou tão marcada na alma do povo quanto aquela em que o Espírito Santo me inspirou a cantar: “Conheço um coração tão manso, humilde e sereno... Jesus manda Teu Espírito, para transformar meu coração”. É impossível não ficar emocionado quando chego a um lugar onde nunca estive antes e vejo o povo cantando de cor (que significa “de coração”) esta canção que um dia fez parte de meu diálogo íntimo com o Coração de Jesus. Na verdade, eu amo muito este Coração humano-divino. Não sei pregar durante cinco minutos sem falar da ternura de Deus que se faz visível, sensível, palpável no Coração de Jesus. Ele é a manifestação mais concreta do amor de Deus por nós. Os frutos são imediatos. A promessa se cumpre. Até os corações mais endurecidos são tocados. Entre as tarefas que Deus me confiou, está a de ser professor de teologia. Posso lhe dizer que é uma tentação muito grande a gente querer entender Deus. Santo Agostinho bem que tentou. Santo Tomás perseguiu essa compreensão a vida toda. Mas o que fez destes homens grandes santos não foi sua preciosa inteligência, mas seu grande amor a Deus.

www.santuarioscj.com.br


Jornal d o

SANTUÁRIO

Espiritualidade DIA DAS CRIANÇAS

Por Arcanjo Comunicação Católica

Os pequenos e puros de coração No evangelho segundo Mateus, Jesus conversa com as pessoas que o seguiam. Nisto, alguns colocam diante dEle seus filhos para receber oração. Os apóstolos incomodados com a atitude tentam impedir, quando Jesus dirige-lhes a palavra: “Deixai vir a mim estas criancinhas e não as impeçais, porque o Reino dos céus é para aqueles que se lhes assemelham” (Mt 19,14). E desta mesma forma, o Senhor neste mês repete: “Deixai vir a mim as criancinhas”. O mês é importante para elas, porque no dia 12, o Brasil celebra o Dia das Crianças. Grande a afeição de Jesus pelas crianças. Ele com Seu Coração misericordioso as acolhe com muito amor e carinho. E assim também O faz com os jovens e adultos. Ao comparar as crianças ao Reino dos céus, Jesus coloca diante de todos, os pilares da humildade e da pureza, que a criança carrega consigo desde o seu nascimento. A fazer com que todos se voltem a essência, se voltem a Deus com o coração manso e humilde, assim como o de Jesus, assim como o de uma criança. No Santuário, as crianças são muito bem recebidas pelo Coração de Jesus. Seja na catequese, Infância Missionária e tantas outras pastorais. O amor depositado a elas é imenso. Mais do que evangelizá-las, são elas que evangelizam. Pois carregam a presença mais simples de Deus, transmitida por um sorriso e um coração sincero. Junto às crianças, Nossa Senhora também é lembrada. Ela que educou e foi exemplo para o Menino Jesus, o auxiliou para que Ele crescesse e se tornasse o Messias. Assim também fazem os devotos do Coração de Jesus, ensinam seus filhos, os pequenos do Santuário, a crescerem como o Menino Jesus, “em sabedoria e graça” (cf. Lc 2,52). Por isso, todos são chamados a ser como crianças, porta-vozes do Reino de Deus aqui na terra. E as crianças, a continuarem sendo o canal da graça de Deus para a vida de suas famílias e para o Santuário Sagrado Coração de Jesus!

IGREJA

Francisco: o papa não é pop

pecado. Assim, a Igreja não anulará casamentos. Apenas simplificará e agilizará os processos de nulidade matrimonial para quando não houve matrimônio. Quanto ao aborto, a faculdade de absolver o pecado era exclusivamente concedida aos bispos. Em virtude do Ano da Misericórdia, todos os sacerdotes poderão perdoar o aborto pela confissão. “Espero que a indulgência jubilar chegue a cada um como uma experiência genuína da misericórdia de Deus, que vai ao encontro de todos com o rosto do Pai que acolhe e perdoa, esquecendo completamente o pecado cometido”, refletiu o papa, acrescentando que “O perdão de Deus não pode ser negado a quem quer que esteja arrependido”. Sobre a midiatização do papa Francisco, Dom Henrique Soares, bispo da Diocese de Palmares (PE), faz um alerta aos católicos. “Nunca nos esqueçamos: a Igreja é de Cristo, não de um papa! O papa é o primeiro guardião e testemunha da fé da Igreja, juntamente com os bispos em comunhão com ele!” SAIBA MAIS

As recentes medidas anunciadas pelo Vaticano em relação ao perdão do aborto e aos processos de nulidade matrimonial têm promovido uma imagem desvirtuada do papa Francisco. Ao contrário do que se pensa, nosso papa não é pop e não tem poder para mudar as regras da Igreja Católica. O que é pecado, continua sendo

www.santuarioscj.com.br

A Igreja Católica considera o aborto pecado mortal e delito canônico, cuja pena é a excomunhão automática. Para que seja considerado delito, é necessário que a mulher tenha mais de 18 anos, esteja consciente da pena e que o aborto tenha realmente acontecido. O delito também é aplicado aquele que coopera com o aborto.

7


Profile for Agência Arcanjo

Jornal do Santuário - Edição Outubro de 2015  

Jornal do Santuário - Edição Outubro de 2015  

Advertisement