__MAIN_TEXT__

Page 1


M E N S A G E M D O PÁ R O C O P E . D I O M A R R O M A N I V, S C J

“VIVAMOS O ADVENTO À LUZ DA FÉ!” Estamos no Advento, neste caminho de preparação e espera. Expectativa e alegria marcam este momento de caminhada em nossa vida cristã, pois o Salvador está próximo! A correria do fim do ano, as compras, os encerramentos, as programações de férias e viagens não podem prejudicar este tempo litúrgico marcado pelo silêncio, recolhimento, celebrações e preparação espiritual para acolher o Menino Deus. Há diversos símbolos e imagens que nos ajudam a vivenciar bem este tempo. O presépio é o sinal mais importante porque nos remete ao mistério do nascimento de Jesus. Por isso, não basta uma linda árvore de natal, por mais enfeitada que esteja! A Palavra de Deus na liturgia, durante o Advento, é um rico alimento espiritual que desperta esperança, alegria, paz e nos conduz ao mistério da encarnação do Verbo de Deus. Ainda, fim de ano é sempre tempo de fazer balanços, avaliações e revisão do ano vivido. Aproveite estes dias para fazer uma avaliação e

MISSAS MATRIZ SÃO SEBASTIÃO Terça-feira: 19h Quarta-feira: 7h e 15h30 Quinta e sexta-feira: 19h Sábado: 19h Domingo: 7h, 9h30 e 19h Primeira sexta-feira do mês: 7h, 15h30, 19h e 23h COMUNIDADE SÃO LUÍS GONZAGA Sábado: 19h | Domingo: 10h COMUNIDADE RAINHA DA PAZ Sábado: 17h30 Primeiro domingo do mês: 10h Dia 25 de cada mês: 19h30 (quando cair durante a semana) COMUNIDADE SÃO BENEDITO Sábado: 17h30 COMUNIDADE N. SRA. DO ROSÁRIO Domingo: 8h30

revisão do seu ano de fé, de sua caminhada cristã: faça sua prece de gratidão a Deus, agradeça àqueles que participaram de sua vida e, pelo Sacramento da Reconciliação, peça perdão pelos pecados cometidos. Aos nossos dizimistas enviamos, pelo correio, uma carta de agradecimento, partilhando um pouco do que realizamos nas diversas áreas em que investimos os recursos que recebemos. Destaco que estamos concluindo a reforma da igreja da Comunidade São Benedito e a reforma dos banheiros e das salas de catequese da Comunidade São Luís Gonzaga. Já na Matriz, realizamos a troca do telhado do Salão Pe. Dehon. Aos nossos agentes de pastorais e lideranças manifesto minha gratidão pela caminhada pastoral realizada! Como é bom vermos os frutos da semente semeada com alegria e fé! São muitos e belos os testemunhos de fé renovada, esperança fortalecida e missão assumida com disponibilidade e doação. Sejam estes dias de Advento, dias de profundo e intenso espírito cristão! Com minha bênção!

EXPEDIENTE DA SECRETARIA MATRIZ SÃO SEBASTIÃO Segunda-feira: 13h às 18h Terça a sexta-feira: 7h30 às 12h e 13h às 18h Sábado: 8h às 11h COMUNIDADE SÃO LUÍS GONZAGA Terça a sexta-feira: 7h30 às 11h30 e 13h às 17h30 Sábado: 8h às 11h COMUNIDADE RAINHA DA PAZ Segunda-feira: 13h30 às 17h30 Terça a sexta-feira: 8h às 12h e 13h30 às 17h30 Sábado: 8h às 11h COMUNIDADE N. SRA. DO ROSÁRIO Segunda a quinta-feira: 13h às 17h30 Sexta-feira: 13h às 17h Sábado: 7h30 às 11h

2 . E D I TO R I A L | R E V I S TA S Ã O S E B A S T I Ã O

ATENDIMENTO DOS PADRES (confissão, orientação espiritual e bênção de objetos) MATRIZ SÃO SEBASTIÃO Terça, quarta e sexta-feira: 8h às 11h30 e 13h30 às 17h30 Quinta-feira: 13h30 às 17h30 Sábado: 8h às 10h30 COMUNIDADE SÃO LUÍS GONZAGA Quinta-feira: 15h às 17h30 COMUNIDADE RAINHA DA PAZ Quinta-feira: 14h às 17h COMUNIDADE N. SRA. DO ROSÁRIO Sexta-feira: 15h às 17h


I G R E J A VA N Í PA N S T E I N

COMO É O ANO LITÚRGICO? Ano Litúrgico é o período de doze meses em que a Igreja celebra os mistérios de Cristo. Inicia-se com o Primeiro Domingo do Advento e termina nas vésperas do Primeiro Domingo do Advento do ano seguinte. Já o ano que conhecemos como Ano Civil, inicia-se em dia 1º de janeiro e termina em 31 de dezembro. A Igreja inicia seu calendário litúrgico levando em conta a vida de Nosso Senhor Jesus Cristo. De acordo com as Normas Universais sobre o Ano Litúrgico e o Calendário, no decorrer do ano, a santa Igreja comemora em dias determinados a obra salvífica de Cristo. Cada semana, no domingo (dia do Senhor), ela recorda a ressurreição do Senhor. Durante o ciclo anual desenvolve-se todo o mistério de Cristo e recordamse os santos e mártires, bem como, as festas da Bem-aventurada Virgem Maria (NALC 1-8). O Ano Litúrgico é composto por três ciclos: - Ciclo da Páscoa – compreendes os tempos litúrgicos da Quaresma, do Tríduo Pascal, do Domingo de Páscoa e do Tempo Pascal (da Páscoa à Solenidade de Pentecostes). - Ciclo Comum – Compreende o período entre os ciclos da Páscoa e do Natal. - Ciclo do Natal – Tempo do Advento, o Natal de Nosso Senhor (25 de dezembro) e do Tempo do Natal (até a Festa do Batismo do Senhor). O Advento é o ponto de partida e de chegada do Ano Litúrgico, que nos ajuda a pôr os pés na estrada e irmos ao encontro daqu’Ele que vem. É tempo de espera, de preparação, mas, também, de chegada. Esperar alguém requer cuidadosa e alegre preparação. É um tempo de esperança. A grande oração deste tempo deve ser: “Vem, Senhor Jesus!”. É tempo de preparação para a festa do Natal, em que se comemora a primeira vinda do Filho de Deus entre os homens, sendo, também, o tempo que por meio desta esperança voltam-se os corações para a expectativa da segunda vinda do Cristo no fim dos tempos. Por este duplo motivo, o Tempo do Advento se apresenta como um tempo de piedosa e alegre expectativa (NALC 39).

DOUTRINA

NERESI GROSSL

A IMACULADA CONCEIÇÃO Maria foi escolhida desde o princípio para ser a mãe de Deus: “Eis aqui a serva do Senhor” (Lc 1,38). Em 1304, o Papa Bento XI em uma assembleia com os doutores mais eminentes em Teologia, definiu as questões de escola sobre a Imaculada Conceição da Virgem. Foi o franciscano Duns quem solucionou a dificuldade ao mostrar que era sumamente necessário que Deus preservasse Maria do pecado original, pois a Santíssima Virgem era destinada a ser a mãe do Seu Filho. Deus é onipotente, portanto, o Senhor, de fato, a preservou, antecipando os frutos da Redenção de Cristo. Rapidamente a doutrina sobre a imaculada conceição de Maria, no seio de sua mãe Santa Ana, foi introduzida no calendário romano. Em 8 de dezembro de 1854, por meio da bula Ineffabilis Deus do Papa Pio IX, a Igreja oficialmente reconheceu e declarou solenemente como dogma que Maria foi isenta do pecado original. Que aprendamos com Maria a dizer “sim”, mesmo diante das dúvidas e das incertezas. Maria é a mãe do Advento, da esperança e do Filho de Deus. Que a Imaculada Conceição nos inspire para sermos cristãos que levam Jesus a toda parte!

Ó, MARIA CONCEBIDA SEM PECADO, ROGAI POR NÓS QUE RECORREMOS A VÓS!

3 . I G R E J A | R E V I S TA S Ã O S E B A S T I Ã O


Celebramos em dezembro o Tempo do Advento. Este período que antecede o Natal e representa o início do ano litúrgico é formado por quatro semanas de espera e preparação para a vinda do Salvador ao mundo. Para bem viver esse Tempo é necessário, entretanto, entender primeiro a importância do Natal. O Natal é o dia do nascimento de Jesus Cristo. A data relembra que Deus se fez homem aqui na Terra, por meio de uma pequena criança, para nos dar a oportunidade da salvação. O Filho se fez obediente ao Pai, assumindo toda a natureza humana, com o fim de “desatar” o nó da desobediência de Adão e Eva. Nesse contexto, Maria surge também como outro retrato de obediência a Deus, seu papel é inigualável na vinda do Salvador, por conta justamente do ‘sim’ dado pela Virgem ao Pai. Ela foi obediente. As figuras emblemáticas do Natal ao todo são três: Jesus Cristo, que vem com a missão de salvar através da entrega de sua vida, Maria, que se permitiu instrumento para que o Verbo se tornasse carne, e José, o homem escolhido por Deus para ser o pai adotivo de Jesus na Terra. Esta é a Sagrada Família! Que representa todo o sentido do Natal, reforçando o quão essencial é a família. Jesus nasceu há mais de 2 mil anos, e hoje é importante lembrar que o local onde Ele deve nascer é no coração de cada um de nós, por isso tão essencial o prepararmos para a sua vinda e acolhimento nesta espera ansiosa e cheia de alegria. A preparação deve percorrer um caminho e ser feita a cada semana do Advento.

No primeiro domingo do Advento é acesa durante a celebração eucarística a primeira vela, que representa o perdão oferecido a Adão e Eva. Somos então convidados a refletir e voltar à prática da oração, recordando a atitude de vigilância. É interessante que dediquemos momentos para orar ainda mais, com muito empenho nessa missão que só contribui para a nossa santificação e purificação. No segundo domingo do Advento, a segunda vela acesa representa o desejo e busca pela conversão, surge como sinal para que nos arrependamos dos pecados e busquemos o perdão tão essencial para receber bem o Senhor em nossos corações. É preciso estar com o coração “limpo” para que o Senhor possa fazer morada nele. Aproveitemos para buscar o sacramento da Confissão, que nos permite aproximarmo-nos ainda mais de Deus e rompermos com o mal. Pedir perdão e confessar, mas também perdoar! Na terceira semana, a terceira vela acesa significa o sentimento de alegria que transborda, pois ela representa justamente esse júbilo pela chegada do Senhor que se aproxima ainda mais. É momento de aproveitar para levar a alegria a quem tanto precisa, doar tempo, amor e ajudar os necessitados, que às vezes estão por aí na cidade, comunidade, mas por vezes dentro de nossas próprias casas. Oferecer um olhar além, o olhar de Cristo é a missão que contribui para vivenciarmos melhor essa espera e preparação. Na quarta e última semana do Tempo do Advento, exaltamos a nossa fé. A vela acesa simboliza a luz emanada por Jesus em seu nascimento, que ilumina a cada um de nós em nossas ações. Essa luz que deve guiar as ações não somente na noite de Natal, mas deve manter-se acesa todos os dias, até se adentrar na vida eterna. Por Agência Arcanjo


Vários são os símbolos do Advento que auxiliam para nos introduzirmos cada vez mais na espiritualidade desse tempo de preparação para o Natal. Conheça alguns deles e seus significados!

Coroa do Advento: possui galhos verdes (para simbolizar a esperança) entrelaçados em forma de círculo, com quatro velas. Essas que são acesas a cada semana do Tempo do Advento para indicar a aproximação ao Natal. Os detalhes dourados prefiguram a glória do Reino que virá e a forma da coroa é em círculo para simbolizar a eternidade, sem começo e sem fim. Além disso, na Coroa é inserida também uma fita vermelha simbolizando o amor de Deus e a manifestação do nosso amor à espera ansiosa pelo nascimento de Jesus. Cor roxa: utilizada nas vestes do sacerdote, paramentos litúrgicos e para a decoração da igreja, representa uma espera paciente e calma, vigilante e penitente pelo nascimento de Jesus. Presépio: obra de São Francisco de Assis, o presépio visa recriar a cena do momento em que Jesus nasceu. São Francisco, a princípio, utilizou pessoas e animais para reproduzir a cena, mas com o passar do tempo as pessoas começaram a desenvolver imagens de gesso para colocar em casa e nas igrejas. Árvore de Natal: símbolo da esperança e de vitória da vida contra a morte, com seus galhos e frutos coloridos, refere-se ao Reino de Deus a partir do nascimento de Jesus. Na Europa, durante o inverno, o pinheiro é a única árvore a não perder as folhas, representando, assim, o cristão que nunca abandona sua fé diante das adversidades. Bolas de Natal: representam os frutos e dons dos cristãos. Com cores variadas, a cada uma é atribuído um significado distinto: realeza, amor, esperança, glória e até mesmo o céu. Estrela: coloca-se a estrela na ponta da árvore de natal para representar a estrela cadente que guiou os reis magos até Jesus para adorá-Lo.


CONFISSÕES Comunidade N. Sra. do Rosário 11/DEZ (terça-feira): 19h Comunidade São Benedito 15/DEZ (sábado): 16h30 Matriz São Sebastião 18/DEZ (terça-feira): 19h Comunidade N. Sra. Rainha da Paz 19/DEZ (quarta-feira): 18h30 Comunidade São Luís Gonzaga 20/DEZ (quinta-feira): 18h30 MISSAS 24/DEZ (segunda-feira) Missa da Vigília de Natal Comunidade São Benedito: 18h Comunidade N. Sra. Rainha da Paz: 18h Comunidade São Luís Gonzaga: 18h Matriz São Sebastião: 20h Comunidade N. Sra. do Rosário: 20h 25/DEZ (terça-feira) Missa do Natal do Senhor Matriz São Sebastião: 7h, 9h30 e 19h 31/DEZ (segunda-feira) Matriz São Sebastião: 19h 1/JAN (terça-feira) Solenidade de Santa Maria, Mãe de Deus Matriz São Sebastião: 9h30 e 19h


#teologia Uma missa marcou o encerramento do Curso de Teologia da Paróquia, em 31 de outubro.

#assembleia

#girassol

A 7ª edição do encontro “Girassol”, para crianças entre 8 e 10 anos, aconteceu em 10 e 11 de novembro.

#crisma

Em 31 de outubro, as lideranças e os agentes de pastorais da Paróquia, estiveram reunidos em assembleia.

Em 17 de novembro, 122 jovens da catequese de Crisma, das comunidades Matriz, São Benedito e Nossa Senhora Rainha da Paz participaram de um retiro. Na missa de encerramento, os jovens renovaram suas promessas batismais e acompanharam a celebração de Crisma dos adultos.

7 . C O M U N I D A D E | R E V I S TA S Ã O S E B A S T I Ã O


Chegou o Natal! Uma das grandes festas da Igreja, pois nele celebramos o nascimento do Menino Jesus. Para celebrar o Natal, temos uma atividade especial para você: primeiro encontre os 7 erros do presépio abaixo, e depois, identifique quais os três presentes deixados pelos reis magos para Jesus. Vamos lá?

REDAÇÃO Marco Farias

Este informativo é uma publicação sob responsabilidade do Pe. Diomar Romaniv, scj e da Paróquia São Sebastião, situada na Av. Marechal Deodoro da Fonseca, 632 Centro - Jaraguá do Sul/SC - (47) 3371-0321

DIAGRAMAÇÃO Giovana Melo SUGESTÃO DE CONTEÚDO redacao@agenciaarcanjo.com.br www.agenciaarcanjo.com.br facebook.com/agenciaarcanjo (47) 3227-6640

REVISÃO Larissa Graça IMPRESSÃO Gráfica Sbardelatti TIRAGEM 2.000 exemplares

Profile for Agência Arcanjo

Revista São Sebastião - dezembro de 2018  

Revista São Sebastião - dezembro de 2018  

Advertisement