Page 1


M E N S A G E M D O PÁ R O C O P E . H É L I O F E U S E R , S C J

UM CONVITE À CONVERSÃO Nesse começo de trabalho na Paróquia São Sebastião, convidamos todos a caminhar juntos com a nossa Igreja. O pároco, como pastor da Paróquia, tem como missão orientar, incentivar a caminhada dos paroquianos. Neste mês de março gostaria de lembrar o início da Quaresma, como preparação para Páscoa. Em sintonia com a Igreja, neste período, a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), sempre nos apresenta a Campanha da Fraternidade (CF), que nos ajuda a melhor viver este período, tão forte e profundo. A Quaresma, que este ano se inicia em 6 de março, com a celebração de Quarta-feira de Cinzas, é um período de 40 dias, marcado por apelos ao jejum, partilha e penitência, que serve de preparação para a Páscoa, a principal festa do calendário cristão. A (CF) que se realiza na Igreja do Brasil durante a Quaresma, tem como objetivo apoiar este tempo para que o vivamos de forma ainda mais intensa. Para tanto, ela deve preencher alguns objetivos. O primeiro e mais importante, ela deseja ser um momento forte de evangelização. Isso traz consigo algumas consequências. A CF situa-se mais no campo do anúncio da Palavra de Deus, ou seja, da evangelização e da catequese prolongada na Escola da fé, concretizada nos encontros, na catequese, círculos de estudos e grupos de reflexão. O tema da CF 2019: “Fraternidade e Políticas Públicas” e o lema: “Serás libertado pelo direito e pela justiça”. As constantes MISSAS MATRIZ SÃO SEBASTIÃO Terça-feira: 19h Quarta-feira: 7h e 15h30 Quinta e sexta-feira: 19h Sábado: 19h Domingo: 7h, 9h30 e 19h Primeira sexta-feira do mês: 7h, 15h30, 19h e 23h COMUNIDADE SÃO LUÍS GONZAGA Sábado: 19h | Domingo: 10h COMUNIDADE RAINHA DA PAZ Sábado: 17h30 Domingo: 9h30 Dia 25 de cada mês: 19h30 (quando cair durante a semana) COMUNIDADE SÃO BENEDITO Sábado: 17h30 COMUNIDADE N. SRA. DO ROSÁRIO Domingo: 8h30

crises políticas e econômicas abrem cada vez mais espaço para o crescimento da descrença e desconfiança nas instituições do país. O Papa Francisco, na encíclica Laudato si, adverte sobre essa realidade. Muitas vezes, a própria política é responsável pelo seu descrédito, devido à corrupção e à falta de boas políticas públicas. O problema é que, quando deixamos de acreditar, perdemos também a capacidade de tomar iniciativas e de manifestar interesse em mudanças, e a ganância e ambição dos que deveriam garantir os diretos e o bem comum da população ganham cada vez mais oportunidades e protagonizam um cenário cada vez mais desolador. Nesse panorama brasileiro, destaca-se essa carência de políticas públicas efetivas para contemplar as graves questões sociais do país, como o desemprego, desigualdade social, saúde, moradia, educação, violência e exclusão social. Para combater esses inúmeros desafios, a Igreja no Brasil vai refletir na Campanha da Fraternidade o tema das Políticas Públicas. Todos os cristãos têm a missão e são chamados a participar do processo das políticas públicas. Este é o grande convite e contribuição da CF 2019. Estamos diante de mais uma oportunidade de conversão e aprofundamento da nossa fé. Acolhamos em nossa vida mais este convite da Igreja, como um momento forte em nossa vida de Cristão. Deus abençoe nossa caminhada durante mais esta Quaresma.

EXPEDIENTE DA SECRETARIA MATRIZ SÃO SEBASTIÃO Segunda-feira: 13h às 18h Terça a sexta-feira: 7h30 às 18h (sem fechar para almoço) Sábado: 8h às 11h COMUNIDADE SÃO LUÍS GONZAGA Terça a sexta-feira: 7h30 às 11h30 e 13h às 17h30 Sábado: 8h às 11h COMUNIDADE RAINHA DA PAZ Segunda-feira: 13h às 17h30 Terça a sexta-feira: 8h às 11h30 e 13h às 17h30 2º e 4º sábado do mês: 8h às 11h COMUNIDADE N. SRA. DO ROSÁRIO Segunda a quinta-feira: 13h às 17h30 Sexta-feira: 13h às 17h Sábado: 7h30 às 11h

2 . E D I TO R I A L | R E V I S TA S Ã O S E B A S T I Ã O

ATENDIMENTO DOS PADRES (confissão, orientação espiritual e bênção de objetos) MATRIZ SÃO SEBASTIÃO Terça, quarta e sexta-feira: 8h às 11h30 e 13h30 às 17h30 Quinta-feira: 13h30 às 17h30 Sábado: 8h às 10h30 COMUNIDADE SÃO LUÍS GONZAGA Quinta-feira: 15h às 17h30 COMUNIDADE RAINHA DA PAZ Quinta-feira: 14h às 17h COMUNIDADE N. SRA. DO ROSÁRIO Sexta-feira: 15h às 17h


POLÍTICAS PÚBLICAS

J O Ã O R E N ATO PA N S T E I N

“SERÁS LIBERTADO PELO DIREITO E JUSTIÇA” (IS 1,27)

No transcorrer de 2018, em vista das eleições, o povo brasileiro começou a dar atenção e analisar criticamente os poderes: Legislativo, Executivo e Judiciário. O povo brasileiro optou pela renovação, posicionou-se contra a velha politicagem. As redes sociais, fizeram a diferença. A CNBB iluminada pelo Espírito Santo, fez uma escolha assertiva do tema e lema da Campanha da Fraternidade (CF) 2019. Se nós católicos, demais Igrejas cristãs e todas as pessoas de boa vontade, nos envolvermos com determinação, disposição e amor, na elaboração, formulação e aplicação das Políticas Públicas, especialmente, das “Políticas Públicas Sociais”, conforme orientação da CNBB, os objetivos da CF serão alcançados. As Políticas Públicas Sociais, devem prioritariamente atender aos mais necessitados. A CF deste ano, nos impele a dar atenção prioritária e fortalecer a participação, a cidadania, o bem comum, a verdade, a justiça, a liberdade, os direitos e os deveres. Para que as ações da CF sejam eficazes é preciso VER, JULGAR e AGIR, à luz da Palavra de Deus e da Doutrina Social da Igreja. PE . DIOMAR ROMANIV, SCJ

Objetivo Geral: estimular a participação em Políticas Públicas, à luz da Palavra de Deus e da Doutrina Social da Igreja para fortalecer a cidadania e o bem comum, sinais de fraternidade. Objetivos específicos: -Conhecer como são formuladas e aplicadas as Políticas Públicas. -Exigir ética na formulação e na concretização das Políticas Públicas. -Despertar a consciência e incentivar a participação de

A N O PA S TO R A L

todo cidadão na construção das Políticas Públicas em âmbito nacional, estadual e municipal. -Propor Políticas Públicas que assegurem os direitos sociais aos mais frágeis e vulneráveis. -Trabalhar para que as Políticas Públicas eficazes de governo se consolidem como políticas de governo. -Promover a formação política dos membros de nossa Igreja, especialmente dos jovens, em vista do exercício da cidadania. -Suscitar cristãos católicos comprometidos na política como testemunho concreto de fé.

BIBIANO MACHADO NETO

C O O R D E N A D O R D A PA S TO R A L D O D Í Z I M O

A URGÊNCIA DA CONVERSÃO PASTORAL Toda conversão supõe um processo de transformação permanente e integral, o que implica o abandono de um caminho e a escolha de outro. A conversão pastoral sugere renovação missionária das comunidades, para passar de “uma pastoral de mera conservação para uma pastoral decididamente missionária”. Isso supõe mudança de estruturas e métodos eclesiais e principalmente exige uma nova atitude dos pastores, agentes de pastoral e dos membros das associações de fiéis e movimentos eclesiais. Há muitos batizados e até agentes de pastorais que não fizeram um encontro pessoal com Jesus Cristo. Capaz de mudar

sua vida para se configurar cada vez mais ao Senhor. A expressão “conversão pastoral” remete acima de tudo, a uma renovada conversão a Jesus Cristo, a qual consiste no arrependimento dos pecados, no perdão e na acolhida do dom de Deus (cf At 2,38ss), trata-se de uma conversão pessoal e comunitária. A mudança não é apenas prática, requer uma nova mentalidade. Quanto a conversão pastoral, quero lembrar que pastoral nada mais é do que o exercício da maternidade da Igreja. Ela gera, amamenta, faz crescer, corrige, alimenta, conduz pela mão, por isso, faz falta uma Igreja capaz de redescobrir as entranhas da misericórdia.

3 . I G R E J A | R E V I S TA S Ã O S E B A S T I Ã O


“CONVERTEI-VOS E CREDE NO EVANGELHO” (MC 1,15)

A Quaresma tem início com a Quarta-feira de Cinzas, inauguramos neste dia o tempo de preparação para a Páscoa: “Convertei-vos, e crede no Evangelho”. A Quaresma é um tempo de recolhimento, de conversão, buscando a cada passo o encontro com o Senhor. Conversão deriva da palavra metanoia, que significa, mudança de pensamento. E isto, não é algo que conquistamos de imediato, mas em uma caminhada, que deve ser constante. Passar pela Quaresma sem experimentar os desafios de um encontro consigo mesmo e com o Senhor não tem sentido. Viver este tempo é desejar converter-se, é buscar o que realmente interessa para nossas vidas: Deus. E, neste caminho de conversão nós encontramos, na Igreja, elementos que nos fortificam e nos acompanham. De acordo com o Papa Francisco, a Quaresma é o momento favorável para intensificarmos a vida espiritual pelos meios santos que a Igreja nos propõe: o jejum, a oração e a esmola. Na base de tudo isto, porém, está a Palavra de Deus, que somos convidados a ouvir e meditar com maior assiduidade neste tempo. “A Palavra de Deus é uma força viva, capaz de suscitar a conversão no coração dos homens e orientar de novo a pessoa para Deus”, afirma o Santo Padre. As práticas de caridade, como o jejum, a oração e a esmola, acompanhadas e iluminadas pela Palavra de Deus, permitem uma maior aproximação com o outro e com Cristo. Na vida cristã, Jesus é o centro de toda nossa vida, da nossa existência. Sem Cristo não há Igreja, não há Quaresma. Por Agência Arcanjo


Oração A oração é uma condição indispensável para o encontro com Deus. Na oração, o cristão entra em diálogo íntimo com o Senhor, deixa que a graça entre em seu coração. A oração requer comprometimento, pode ser pessoal, em comunidade, na meditação da Palavra de Deus, em família, ou mesmo com a participação do fiel cristão na Santa Missa. Mas, é importante que não fique apenas nas palavras. Por isso, aliada à caridade, ela pode se transformar em ações concretas.

Abstinência Sobre a abstinência, o Direito Canônico diz que “consiste na escolha de uma alimentação simples e pobre”. Segundo o documento, a tradição da Igreja indica a abstenção de carne, pelo menos na Quarta-feira de Cinzas e na Sexta-feira Santa. A abstinência é obrigatória a partir dos 14 anos e o jejum dos 18 aos 59 anos de idade.

Caridade É o exercício das obras de misericórdia, ações caridosas pelas quais ajudamos o próximo nas suas necessidades corporais e espirituais. Instruir, aconselhar, consolar, confortar, são obras de misericórdia espirituais, como perdoar e suportar com paciência. As obras de misericórdia corporais consistem em dar de comer a quem tem fome, abrigar quem não tem teto, vestir os nus, visitar os doentes e os presos, sepultar os mortos. A esmola dada aos pobres é um dos principais testemunhos da caridade fraterna e também uma prática de justiça que agrada a Deus (Catecismo da Igreja Católica 2447). “Quem tem duas túnicas reparta com quem não tem nenhuma, e quem tem mantimentos, faça o mesmo” (Lc 3,11).

Jejum O jejum consiste em fazer uma só refeição forte ao dia. Tem por finalidade introduzir na existência do homem não somente o equilíbrio necessário, mas também o desprendimento do que se poderia definir como atitude consumista. Portanto, além da restrição de alimentos durante a Quaresma, outras práticas podem ser feitas como, por exemplo: privar-se de ver televisão ou de usar o celular e redes sociais etc. O homem é ele mesmo quando consegue dizer a si mesmo: não. E isso não é uma renúncia pela renúncia: mas sim, para o melhor e mais equilibrado desenvolvimento de si mesmo, para viver melhor os valores superiores.

Penitência Primeiro, a penitência quer nos fazer lembrar de algo, de uma mortificação da nossa carne, de uma mortificação dos nossos sentidos para nos lembrarmos do centro da nossa vida, que é Deus. Então, a penitência tem que ser algo que lhe custe. Tem que ser algo que verdadeiramente você vá sentir falta. Por exemplo: “Ah, eu gosto muito de café!” Se eu gosto muito dessa bebida, isso vai me fazer falta. Então, a penitência tem que ser algo que recorde você o “para que” você a está fazendo.


FORMAÇÃO

PE. DARLAN D. MARASCA, SCJ

ESCOLA PAROQUIAL DE TEOLOGIA BÍBLICA Em 2019 será aberta na paróquia São Sebastião a Escola Paroquial de Teologia Bíblica. O objetivo dessa escola é auxiliar os fiéis a aprofundarem seus conhecimentos da Sagrada Escritura. Para isso, serão apresentados em 17 módulos uma visão geral da palavra de Deus. A origem e a redação de cada livro, as linhas teológicas fundamentais e a interpretação de textos seletos. Como ensinou Bento XVI na Verbum Domini (n.29), a autêntica hermenêutica da Sagrada Escritura só pode ser feita dentro da fé eclesial. Por isso, se dará prioridade para compreender os textos dentro do modo como a Igreja os leu e compreendeu, não dando demasiada atenção para

A Ç Ã O PA S TO R A L

aspectos puramente exegéticos e literários. Deste modo de ler, os fiéis poderão colher os frutos de espiritualidade intrínsecos ao estudo e a compreensão que a palavra de Deus, lida na Tradição da Igreja, produz. O projeto será desenvolvido em dois anos com encontros semanais de duas horas entre os meses de março e outubro. Os encontros serão sempre às quintasfeiras com início às 19h30 e encerramento às 21h30. Neste ano o estudo ficará centrado no Antigo Testamento e em 2020 se estudará o Novo Testamento. Participe deste encontro com o Senhor na sua Palavra.

A N A L U I S A S O U Z A B R U M E | M AT E U S P E D R I

JOVENS RELATAM A EXPERIÊNCIA DA JMJ NO PANAMÁ Nós fomos para a Jornada Mundial da Juventude em um grupo de oito jovens. Começamos a nos organizar há dois anos para essa viagem. Realizamos vários eventos para arrecadar fundos, tivemos uma grande ajuda da Paróquia São Sebastião e dos movimentos. No Panamá fomos acolhidos pelos coordenadores da comunidade que iríamos ficar. Durante a Pré-Jornada, ficamos na Paróquia San Jacinto, em Colón, estávamos com jovens do México, Venezuela e Colômbia. Na primeira semana fizemos visitação nas casas, aos marcos da região e houve muita interação entre os países, criamos laços de amizade que levaremos para a vida. Na segunda semana fomos para Cidade do Panamá e ficamos na Paróquia Cristo Rei. No dia da chegada do Papa à cidade ficamos a espera dele na rua, a sensação de vê-lo passando tão pertinho foi incrível! Participamos dos festivais, catequeses e dos pronunciamentos do Papa. A Via-sacra também foi linda, com participação de vários países da América e preces em diferentes idiomas. A vigília foi um momento onde adoramos Jesus ao lado de jovens do mundo inteiro. No dia seguinte tivemos a missa de encerramento, que foi linda! Chegava a hora de nos despedirmos dos amigos que fizemos, mas que prometemos encontrar novamente, na próxima JMJ em Portugal. A Jornada Mundial da Juventude foi uma experiência incrível e vamos guardar cada momento, por menor que seja, para sempre.

6 . A Ç Ã O PA S TO R A L | R E V I S TA S Ã O S E B A S T I Ã O


#despedida No dia 27 de janeiro a comunidade se reuniu para a celebração de despedida do Pe. Diomar.

#formação

#catequese Encontro Paroquial dos Catequistas 2019.

Líderes dos movimentos e pastorais participam de formação sobre a Campanha da Fraternidade 2019.

#posse

Dom Francisco Carlos presidiu a missa de posse do novo pároco Pe. Hélio, em 17 de fevereiro.

#acolhida Pe. Hélio e Pe. Elói foram acolhidos em nossa Paróquia, em 1º de fevereiro.

7 . A C O N T E C E U | R E V I S TA S Ã O S E B A S T I Ã O


De 26/02 a 15/03 para famílias dizimistas da Matriz (vagas limitadas) Documento necessários:

INSCRIÇÕES DE CATEQUESE 1ªCOMUNHÃO (NASCIDOS EM 2010) CRISMA (NASCIDOS EM 2005)

1ª Comunhão Cópia da Certidão de Nascimento ou RG Cópia da Lembrança de Batismo Dízimo em dia | Taxa de inscrição

PROGRAME-SE

Crisma Cópia da Certidão de Nascimento ou RG Cópia das Lembrança do Batismo e 1ª Comunhão Dízimo em dia | Taxa de Inscrição

ESCOLA DE TEOLOGIA PARA LEIGOS

Toda terça-feira | 19h30 às 21h30 | Auditório do Salão Cristo Rei Tema: Lucas e Atos dos Apóstolos | Palestrante: Pe. Hélio Feuser, scj R$30 por mês | Inscrições no local

ESCOLA DE ESTUDO BÍBLICO

Início: 7 de março | Toda quinta-feira | 19h30 Auditório Sagrado Coração de Jesus Tema: Introdução Geral a Bíblia Palestrante: Pe. Darlan Dejaime Marasca, scj

OFICINA DE ORAÇÃO E VIDA

Início: 11 de março | Segunda-feira Horários: 15h às 17h e 19h30 às 21h30 Auditório São José, sala 131 | Inscrições no local

ENCONTRO DE CASAIS DE 2ª UNIÃO

16 e 17 de março | Informações na Secretaria Paroquial Para casais que estão em união estável e um ou os dois cônjuges já foram casados no religioso e agora tem uma nova união. O objetivo é acolhê-los de acordo com os ensinamentos da Igreja.

ENCONTRO DE CASAIS NÃO CASADOS

30 de março | Inscrições na Secretaria Paroquial Somente para casais que vivem juntos e que não há impedimento para casar no religioso.

CATEQUESE EM PREPARAÇÃO PARA O BATISMO (PAIS E PADRINHOS)

9 e 10 de abril | 19h30 às 21h30 Local: Auditório São José Inscrições na secretaria paroquial (vagas limitadas)

19 e 21 março | 19h30 às 21h30 Local: Comunidade São Luís Gonzaga Inscrições na secretaria da comunidade (vagas limitadas)

6 de março - Quarta-feira de Cinzas 7h, 9h30, 15h30 e 19h | Matriz

Celebração da Crisma 30 de março | 19h | Matriz

19h30 | Comunidades São Luís Gonzaga, N. Sra. Rainha da Paz e N. Sra. do Rosário

Missa com as crianças 6 de abril | 15h | Matriz

MISSAS

PENITÊNCIA ORAÇÃO

A Quaresma é um tempo muito especial para nós católicos. Algumas ações marcam esse período que nos aproxima ainda mais de Deus. A missão que preparamos para você mostra na prática como isso acontece. Você precisa ligar a palavra ao desenho correspondente. Vamos lá!

JEJUM SILÊNCIO CARIDADE ABSTINÊNCIA

REDAÇÃO Taty Feuser

Este informativo é uma publicação sob responsabilidade do Pe. Hélio Feuser, scj e Pascom da Paróquia São Sebastião, situada na Av. Marechal Deodoro da Fonseca, 632 Centro - Jaraguá do Sul/SC - (47) 3371-0321

DIAGRAMAÇÃO Giovana Melo SUGESTÃO DE CONTEÚDO redacao@agenciaarcanjo.com.br www.agenciaarcanjo.com.br facebook.com/agenciaarcanjo (47) 3227-6640

REVISÃO Larissa Graça IMPRESSÃO Gráfica Sbardelatti TIRAGEM 2.000 exemplares

Profile for Agência Arcanjo

Revista São Sebastião - Março de 2019  

Revista São Sebastião - Março de 2019  

Advertisement