Page 1


M E N S A G E M D O PÁ R O C O P E . H É L I O F E U S E R , S C J

A VITÓRIA SOBRE A MORTE Inicio dizendo da importância da continuidade dos exercícios da Quaresma, da vivência intensa da Semana Santa, de usufruir as graças do período pós-páscoa. Este ano, o mês de abril é muito intenso, forte para a espiritualidade do cristão. Por isso, chamo atenção para estarmos atentos às graças que nos são oferecidas, que são próprias desta época da Páscoa. Pois, a nossa fé esta baseada na Paixão, Morte e Ressurreição. A Ressurreição de Cristo é importante por vários motivos. Primeiro, é um testemunho do imenso poder de Deus. Acreditar na ressurreição é acreditar em Deus. Se Deus realmente existe, e se Ele criou o universo e tem poder sobre o mesmo, então Ele tem o poder de ressuscitar os mortos. Se Ele não tem tal poder, Ele não é um Deus digno de nossa fé e louvor. Apenas Aquele que criou a vida pode ressuscitá-la depois da morte. Só Ele pode reverter o medo e incerteza que temos da morte. Ao ressuscitar Cristo dos mortos, Deus nos faz lembrar Sua absoluta soberania sobre a morte e vida. Segundo, a Ressurreição de Jesus é um testemunho da ressurreição de seres humanos, que é uma doutrina básica da fé cristã. Ao contrário de outras religiões, o cristianismo possui um fundador que transcende a morte e promete que os Seus seguidores farão o mesmo. Todas as outras religiões foram fundadas por homens e profetas, cujo fim foi o túmulo. Como cristãos, podemos nos confortar com o fato de que Deus

MISSAS MATRIZ SÃO SEBASTIÃO Terça-feira: 19h Quarta-feira: 7h e 15h30 Quinta e sexta-feira: 19h Sábado: 19h Domingo: 7h, 9h30 e 19h Primeira sexta-feira do mês: 7h, 15h30, 19h e 23h COMUNIDADE SÃO LUÍS GONZAGA Sábado: 19h | Domingo: 10h COMUNIDADE RAINHA DA PAZ Sábado: 17h30 Domingo: 9h30 Dia 25 de cada mês: 19h30 (quando cair durante a semana) COMUNIDADE SÃO BENEDITO Sábado: 17h30

se tornou homem, morreu pelos nossos pecados, foi morto e ressuscitou no terceiro dia. O túmulo não podia segurá-Lo. Ele vive hoje e se senta à direita do Pai no céu. Em I Coríntios 15, Paulo explica em detalhe a importância da Ressurreição de Cristo. Alguns em Corinto não acreditavam na ressurreição dos mortos, e nesse capítulo Paulo lista seis consequências desastrosas se a ressurreição nunca tivesse ocorrido: 1) pregar sobre Cristo seria em vão (v.14); 2) fé em Cristo seria em vão (v.14); 3) todas as testemunhas e pregadores da Ressurreição seriam mentirosos (v.15); 4) ninguém poderia ser redimido do pecado (v.17); 5) todos os cristãos que dormiam teriam perecido (v.18); e 6) cristãos seriam os mais infelizes de todos os homens (v.19). Mas, Cristo realmente ressuscitou dos mortos e é “as primícias dos que dormem” (v.20), assegurandonos de que vamos segui-Lo na ressurreição. A ressurreição é a vitória triunfante e gloriosa para todo o crente que crê em Jesus Cristo, pois Ele morreu, foi sepultado e ressuscitou no terceiro dia de acordo com as Escrituras. Esse é o testemunho que todo cristão deve dar. Por isso, queridos paroquianos testemunhem com a vida, na família, no trabalho, na comunidade, o Cristo Ressuscitado, glorioso, que sua vida seja um reflexo disso. E aqueles que acreditam em Cristo não vão permanecer mortos, mas serão ressuscitados à vida eterna. Essa é a nossa firme esperança!

EXPEDIENTE DA SECRETARIA MATRIZ SÃO SEBASTIÃO Segunda-feira: 13h às 18h Terça a sexta-feira: 7h30 às 18h (sem fechar para almoço) Sábado: 8h às 11h COMUNIDADE SÃO LUÍS GONZAGA Terça a sexta-feira: 7h30 às 11h30 e 13h às 17h30 Sábado: 8h às 11h COMUNIDADE RAINHA DA PAZ Segunda-feira: 13h às 17h30 Terça a sexta-feira: 8h às 11h30 e 13h às 17h30 2º e 4º sábado do mês: 8h às 11h COMUNIDADE N. SRA. DO ROSÁRIO Temporariamente na Secretaria da Matriz

COMUNIDADE N. SRA. DO ROSÁRIO Domingo: 8h30 2 . E D I TO R I A L | R E V I S TA S Ã O S E B A S T I Ã O

ATENDIMENTO DOS PADRES (confissão, orientação espiritual e bênção de objetos) MATRIZ SÃO SEBASTIÃO Terça, quarta e sexta-feira: 8h às 11h30 e 13h30 às 17h30 Quinta-feira: 8h30 às 11h30 e 13h30 às 17h30 Sábado: 8h às 10h30 COMUNIDADE SÃO LUÍS GONZAGA Quinta-feira: 15h às 17h30 COMUNIDADE RAINHA DA PAZ Quinta-feira: 14h às 17h

Lembrete! Missa Penitencial, às 6h15, de segunda a sexta-feira, durante o período da Quaresma, na Igreja Matriz.


RECONCIALIAÇÃO PE. DARLAN D. MARASCA, SCJ

DICAS PARA FAZER UMA BOA CONFISSÃO Para uma boa confissão é preciso antes de tudo fazer um profundo exame de consciência e esse precisa ser feito na intimidade diretamente com Deus. Questiona-se a si mesmo sobre os mandamentos não vividos, as ações boas que não foram feitas e as omissões que se tenha vivenciado. Aqui é o momento de pensar bem em cada pecado, como ocorreu, as circunstâncias que levaram a ele e como se pode evitá-lo no futuro. Então, arrependerse do pecado e assumir com firme propósito evitar com todas as forças cometê-lo novamente. Depois desse exame, o penitente dirige-se ao sacerdote para verbalizar os pecados e receber a absolvição e a penitência. A Igreja ensina que deve ser sumária, isso é, resumida, não tem necessidade e nem convém contar a história do pecado, o que acaba por prolongar a confissão. Basta dizer o pecado, quantas vezes o cometeu e se existe algum agravante. A quantidade de vezes e os agravantes ajudarão o sacerdote a fixar a penitência. Então o sacerdote fixará a penitência que tem por finalidade oferecer a Deus uma satisfação pelo pecado cometido e ajudar a pessoa a dar passos em sua conversão. Em seguida, ele dará a absolvição sacramental que perdoará todos os pecados. Por isso é importante ter presente que não existe necessidade de pedir perdão pelos pecados que não se lembra. Mas, deve-se alertar que esse “não lembrar” não pode ser um “escondimento voluntário” por vergonha, nesse caso a confissão seria sacrílega e o que era para ser um remédio acabara por se tornar um mal. A Igreja estabelece que todo batizado deve confessar-se ao menos uma vez por ano e a confissão é condição imprescindível para aproximar-se do Sacramento da Eucaristia. A Quaresma como tempo de reconciliação é o momento favorável para buscar esse sacramento.

HORÁRIOS DE CONFISSÕES Confissões na Matriz Terça-feira a Sexta-feira | 8h30 às 11h30 | 13h30 às 17h Sábado | 8h às 10h30 Confissões - Semana Santa Matriz 15 e 16 de abril | 8h30 às 11h30 | 14h às 17h 17 de abril | 8h30 às 11h30 18 de abril | 8h30 às 11h30 | 14h às 17h 19 de abril |7h às 11h30 Comunidade São Luís Gonzaga 15 de abril | 18h30

Comunidade N. Sra. Rainha da Paz 15 de abril | 18h30 Comunidade São Benedito 13 de abril | 15h Comunidade N. Sra. do Rosário 19 de abril | 5h Via-sacra | Caminhada penitencial para a Comunidade N. Sra. do Rosário, no Rio Molha | Confissões no local. Levar vela e o livro do Grupo Bíblico de Reflexão

3 . I G R E J A | R E V I S TA S Ã O S E B A S T I Ã O


A Páscoa de Jesus Cristo é para os cristãos a revelação plena da face trinitária de Deus no acontecimento pascal e se estabelece a Nova Páscoa na qual Jesus é o cordeiro que tira o pecado do mundo. Em Jesus Cristo fazemos parte pelo Batismo do Povo da Nova Aliança. Na Nova Aliança selada por Jesus Cristo, Ele a realiza de forma definitiva pela Sua Encarnação, Sua Paixão, Morte e Ressurreição. A nova e definitiva Páscoa da Ressurreição de Cristo é essencialmente diferente das ressurreições que Ele realizara na sua vida pública, como a filha de Jairo, o jovem de Naim e Lázaro. Cristo passa de um estado de morte para outra vida, para além do tempo e do espaço. Na Ressurreição, o corpo de Jesus é repleto do poder do Espírito Santo. A Ressurreição de Cristo é objeto de fé enquanto intervenção transcendente do próprio Deus na criação e na história. O Cristo ressuscitado não se manifesta ao mundo, mas a seus discípulos, “aos que haviam subido com ele da Galiléia para Jerusalém, os quais são agora suas testemunhas diante do povo”(At 13,31). A ressurreição constitui antes de mais nada, a confirmação de tudo o que o próprio Cristo fez e ensinou. Todas as verdades, mesmo as mais inacessíveis ao espírito humano, encontram sua justificação e ao ressuscitar, Cristo deu a prova definitiva, que havia prometido, de sua autoridade divina. A Ressurreição de Cristo é o cumprimento das promessas do Antigo Testamento e do próprio Jesus durante sua vida terrestre. Assim, a verdade da divindade de Jesus é confirmada por Sua ressurreição. Por Sua Morte Jesus nos liberta do pecado e por sua Ressurreição nos abre as portas de uma nova vida (Rm 6,4). Ela realiza a adoção filial, pois os homens se tornam irmãos de Cristo, como o próprio Jesus chama seus discípulos após a Ressurreição: “Ide anunciar a meus irmãos”(Mt 28,10). A Ressurreição de Cristo - e o próprio Cristo ressuscitado - é princípio e fonte de nossa ressurreição futura: “Cristo ressuscitou dos mortos, primícias dos que adormeceram... assim como todos morrem em Adão, em Cristo todos receberão a vida” (1Cor 15,20-22). Cristo, “primogênito dentre os mortos”(Cl 1,18), é o princípio de

nossa própria ressurreição, desde já pela justificação de nossa alma, mais tarde pela vivificação de nosso corpo. Cristo, o verbo encarnado do Pai, o crucificado e morto na cruz, o ressuscitado e glorificado junto do Pai, tendo entrado uma vez por todas no santuário do céu, intercede sem cessar por nós como mediador que nos garante permanentemente a efusão do Espírito Santo. A experiência da Quaresma é um convite a mergulhar nos mistérios insondáveis do amor de Deus pela humanidade. A cada novo ano, na Liturgia, pelos exercícios espirituais do jejum, da oração, da esmola e demais exercícios, mergulhamos na nossa pequenez e nos nossos limites, diante do infinito amor e da infinita misericórdia de Deus, manifestada por nós na pessoa do Filho de Deus, Jesus Cristo. O apelo de conversão da Quarta-feira de Cinzas: “Convertei-vos e crede no Evangelho!” ou “Lembrate que tu és pó, e ao pó hás de voltar”, não são apelos para causar impacto, mas ao contrário são verdades da nossa fé para seguirmos e valorizarmos todo o amor salvífico com que Deus nos adquiriu por um elevado preço: a morte de Cristo na cruz. Abandonando a vida de pecado e superando nossas fraquezas pela constância na oração, na escuta da Palavra de Deus, na prática das obras de justiça e na caridade, somos favorecidos na fidelidade à graça de Deus, numa vida pascal continuada, numa vida de santidade. A nossa Páscoa em Cristo será mais frutuosa e verdadeira, quanto mais fielmente nos mantivermos coerentes com o espírito de amor e serviço em Cristo, mantendo-nos vigilantes com o auxílio da graça de Deus, para vencermos as tentações e servirmos sempre aos irmãos, especialmente os fracos e empobrecidos, inspirados no mestre Jesus Cristo. Viver a Páscoa é manter a alegria espiritual bem viva em nossas vidas. Pela prova de amor com que Deus nos amou, ama e sempre nos amará não podemos nos deixar abater facilmente, diante dos desafios da vida em família, em comunidade e na vida social. Sejamos luz e testemunhemos a alegria do Ressuscitado! Por Pe. Eloi José Schons, scj


Semana Santa COMUNIDADE SÃO BENEDITO 13 /4 - SÁBADO - COLETA DA SOLIDARIEDADE CF/2019 17h30 - Bênção de ramos, procissão e missa 18 /4 – QUINTA-FEIRA SANTA 19h30 – Celebração da Ceia do Senhor e Lava-pés 19 /4 – SEXTA-FEIRA SANTA 15h – Celebração da Paixão do Senhor 20 /4 – SÁBADO SANTO 19h30 – Solene Vigília Pascal (trazer velas) 21 /4 - DOMINGO DA RESSURREIÇÃO - PÁSCOA 8h30 - Missa de Páscoa COMUNIDADE NOSSA SENHORA DO ROSÁRIO 14 /4 - DOMINGO DE RAMOS - COLETA DA SOLIDARIEDADE CF/2019 8h30 - Bênção de ramos, procissão e missa 18 /4 - QUINTA-FEIRA SANTA 20h30 - Celebração da Ceia do Senhor e Lava-pés 22h - Vigília Eucarística - Adoração ao Santíssimo Sacramento 19 /4 - SEXTA-FEIRA SANTA 15h - Celebração da Paixão do Senhor 20 /4 – SÁBADO SANTO 19h30 - Solene Vigília Pascal (trazer velas) 21 /4 - DOMINGO DA RESSURREIÇÃO - PÁSCOA 8h30 - Missa de Páscoa COMUNIDADE MATRIZ SÃO SEBASTIÃO 13/4 - SÁBADO - COLETA DA SOLIDARIEDADE CF/2019 19h - Bênção de ramos e missa 14/4 - DOMINGO DE RAMOS - COLETA DA SOLIDARIEDADE CF/2019 7h - Bênção de ramos e missa 9h30 - Bênção de ramos, procissão e missa (início: pátio Colégio Marista São Luís) 19h - Bênção de ramos e missa (com confissões) 15/4 - SEGUNDA-FEIRA SANTA 6h15 - Missa 16 /4 - TERÇA-FEIRA SANTA 6h15 - Missa 19h - Procissão do Encontro 19h30 – Missa (com confissões) 17/4 - QUARTA-FEIRA SANTA 6h15 - Missa 9h30 - Missa e Unção dos enfermos 15h30 - Missa 19h30 - Missa dos Santos Óleos – Joinville 19h30 - Via-Sacra 18/4 – QUINTA-FEIRA SANTA 19h30 - Celebração da Ceia do Senhor e Lava-pés 21h às 24h - Vigília Eucarística - Adoração ao Santíssimo Sacramento 19/4 - SEXTA-FEIRA SANTA

17h - Celebração da Paixão do Senhor e Procissão do Senhor morto (trazer cruz e rádio para acompanhar a transmissão pela Jaraguá AM) 20/4 - SÁBADO SANTO 19h - Solene Vigília Pascal (trazer velas) 21/4 - DOMINGO DA RESSURREIÇÃO - PÁSCOA 6h – Missa da Ressurreição com procissão 9h30 - Missa de Páscoa 19h - Missa de Páscoa COMUNIDADE SÃO LUÍS GONZAGA 13/4 – SÁBADO COLETA DA SOLIDARIEDADE CF/2019 19h - Bênção de ramos e missa 14/4 - DOMINGO DE RAMOS - COLETA DA SOLIDARIEDADE CF/2019 10h - Bênção de ramos, procissão e missa 18/4 - QUINTA-FEIRA SANTA 19h30 - Celebração da Ceia do Senhor e Lava-pés 21h às 24h - Vigília Eucarística - Adoração ao Santíssimo Sacramento 19/4 - SEXTA-FEIRA SANTA 15h - Celebração da Paixão do Senhor 20/4 - SÁBADO SANTO 19h - Solene Vigília Pascal (trazer velas) 21/4 - DOMINGO DA RESSURREIÇÃO - PÁSCOA 10h - Missa de Páscoa COMUNIDADE NOSSA SENHORA RAINHA DA PAZ 13/4 - SÁBADO - COLETA DA SOLIDARIEDADE CF/2019 17h30 – Bênção de ramos e missa 14/4 – DOMINGO DE RAMOS 9h30 - Bênção de ramos, procissão e missa 18/4 - QUINTA-FEIRA SANTA 19h30 - Celebração da Ceia do Senhor e Lava-pés 21h às 23h - Vigília Eucarística - Adoração ao Santíssimo Sacramento 19/4 - SEXTA-FEIRA SANTA 15h - Celebração da Paixão do Senhor 20/4 - SÁBADO SANTO 19h - Solene Vigília Pascal (trazer velas) 21/4 - DOMINGO DA RESSURREIÇÃO - PÁSCOA 9h30 - Missa de Páscoa TODAS AS COMUNIDADES 16/4 - TERÇA-FEIRA SANTA 19h – Procissão do Encontro na Matriz, Missa e Confissões 19/4 - SEXTA-FEIRA SANTA 5h - Via-Sacra, caminhada penitencial para a igreja do Ribeirão Molha. Confissões no local (trazer velas e livro do Grupo Bíblico de Reflexão)


FORMAÇÃO

G I U L I A N O S AV I O B E RT I

CAMINHADA ECUMÊNICA CONDUZIRÁ PARTICIPANTES ATÉ A CHIESETTA ALPINA Caminhar em meio à natureza, respirando ar puro e usufruindo dos primeiros raios solares da manhã, em direção ao ponto mais alto de Jaraguá do Sul, pode ser uma aventura estimulante aos que são regidos pela fé cristã. Essa é a proposta da Caminhada Ecumênica que acontecerá no sábado do dia 13 de abril, na subida do Morro Boa Vista até a Chiesetta Alpina. A iniciativa é do Grupo de Turismo Religioso de Jaraguá do Sul, formado por representantes católicos e luteranos, com apoio da Prefeitura de Jaraguá do Sul, por meio da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico, Indústria, Comércio e Serviços de Jaraguá do Sul. A programação inicia às 6h30, com concentração no posto de combustíveis Mime (antigo Behling) e o início da

E VA N G E L I Z A Ç Ã O

caminhada está previsto para às 7h, com parada na Capela São Benedito. Depois, a caminhada segue em direção à Chiesetta. A previsão é que a Celebração Ecumênica ocorra por volta das 9h30. Serão 4,4 quilômetros de subida íngreme, totalizando 8,8 quilômetros ida e volta. Para os participantes que optarem por caminhar, os veículos devem ser estacionados no local da concentração. O encerramento está previsto para às 10h30. Os organizadores sugerem o uso de roupas leves e calçados confortáveis. É recomendado também que os participantes carreguem água, protetor solar e bastão de caminhada. Ao chegarem ao destino, haverá cachorroquente e bebidas à venda no pavilhão de festas da Chiesetta Alpina.

AGÊNCIA ARCANJO

ANO MISSIONÁRIO EXTRAORDINÁRIO 2019 O Papa Francisco convida toda Igreja para um Mês Missionário Extraordinário, em outubro de 2019, por ocasião do centenário da promulgação da Carta Apostólica Maximum illud, com a qual Bento XV quis dar novo impulso à responsabilidade missionária de anunciar o Evangelho. A proclamação do Mês Missionário Extraordinário tem como objetivo despertar a consciência da missão aos povos e retomar com novo impulso a transformação missionária da vida e da pastoral, de modo que todos os fiéis tenham verdadeiramente a peito o anúncio do Evangelho e a transformação das suas comunidades em realidades missionárias e evangelizadoras (cf. EG 268). Para tal, o Papa pede na sua carta ampla sensibilização das Igrejas Particulares, dos Institutos de Vida Consagrada e das Sociedades de Vida Apostólica, bem como das associações, movimentos, comunidades e outras realidades eclesiais: “Que o Mês Missionário Extraordinário se torne uma ocasião

de graça intensa e fecunda para promover iniciativas e intensificar de modo particular a oração – alma de toda a missão –, o anúncio do Evangelho, a reflexão bíblica e teológica sobre a missão, as obras de caridade cristã e as ações concretas de colaboração e solidariedade entre as Igrejas, de modo que se desperte e jamais nos seja roubado o entusiasmo missionário”. A Igreja orienta que se faça de 2019 um Ano Missionário Extraordinário. Que ele renove nosso vigor de discípulos missionários, considerando-nos todos enviados em missão, a partir do nosso batismo, em nossas famílias, comunidades e na sociedade em que vivemos. Estejamos sempre conscientes que nossa primeira razão de ser Igreja é evangelizar, em todos os ambientes em que vivemos. Por isso, na Paróquia São Sebastião, todo mês é mês missionário neste ano. E todo dia 3 de cada mês, é dia missionário.

Participe! 3/5 (sexta-feira): 1ª sexta-feira do mês – intenção missionária 3/6 (segunda-feira): Terço dos homens na com. N. Sra. Rosário e N. Sra. Rainha da Paz (Terço missionário) 3/7 (quarta-feira): Formação paroquial sobre as Missões (Pe. Osnildo, Pe. Arildo, Pe. Airton) 3/8 (sábado): Missa missionária às 15h, na Matriz.

(Responsabilidade catequese e infância missionária) 3/9 (terça-feira): Terço dos homens na Matriz (Terço missionário) 3/10 (quinta-feira): Início do Cerco de Jericó (Intenção especial para a Missão) 3/11 (domingo): Celebrar nas missas a intenção missionária 3/ 12 (terça-feira): Missa em honra a São Francisco Xavier às 19h, na Matriz.

6 . A Ç Ã O PA S TO R A L | R E V I S TA S Ã O S E B A S T I Ã O


#cinzas

Fiéis na Missa de Quartafeira de Cinzas na Matriz São Sebastião.

#penitência

Durante a Quaresma tem missa penitencial na Matriz, de segunda a sexta-feira, às 6h15. Registro da primeira missa do período, no dia 8. de março.

#acolhimento

Nos dias 16 e 17 de março a Paróquia realizou encontro para casais em segunda união. O objetivo é acolhê-los de acordo com os ensinamentos da Igreja.

#renovação No dia 9 de março, as crianças que vão receber a 1ª comunhão em maio, participaram da missa de renovação das promessas do Batismo, na Matriz.

#luto Faleceu no dia 8 de março, o Padre Roberto Aripe, conhecido como Padre Chiru. Ele tinha 78 anos e atualmente estava na Paróquia Santa Catarina, em São Leopoldo (RS). Atuou na Paróquia São Sebastião entre os anos de 2002 e 2016. Padre Chiru foi incentivador dos movimentos paroquiais liderados por leigos e foi criador dos cursos: Tachinha, Girassol, Onda, EJA, EJU, Eis-me Aqui, O Senhor é meu Pastor e EPC.

7 . A C O N T E C E U | R E V I S TA S Ã O S E B A S T I Ã O


PROGRAME-SE ESCOLA DE TEOLOGIA PARA LEIGOS

ESCOLA DE ESTUDO BÍBLICO

CATEQUESE EM PREPARAÇÃO PARA O BATISMO PAIS E PADRINHOS

Toda terça-feira Horário: das 19h30 às 21h30 Local: Auditório do Salão Cristo Rei Tema: Mariologia Palestrante: Ir. Zenaide Valor: R$30 / mês | Inscrição no local Toda quinta-feira Horário: 19h30 Local: Auditório Sagrado Coração de Jesus Tema: História do Antigo Israel Palestrante: Pe. Darlan Dejaime Marasca, scj Valor: R$ 20 / mês | Inscrição no local

7 e 8 de maio | 19h30 às 21h30 Local: Auditório São José | Matriz Inscrição na secretaria Vagas limitadas

MISSAS DE 1ª COMUNHÃO

Comunidade São Benedito 27 de abril | 17h30 Comunidade N. Sra. Rainha da Paz 28 de abril | 9h30 Comunidade N. Sra.do Rosário 5 de maio | 8h30 Matriz 4 de maio | 16h 5 de maio | 9h30 Comunidade São Luís Gonzaga 11 de maio | 17h

28 DE ABRIL - DOMINGO DA MISERICÓRDIA

14h Confissão e Adoração 15h Missa | Matriz

No dia 21 de abril vamos celebrar a Páscoa, a Ressurreição de Jesus! A história relata que Maria Madalena e Maria foram as primeiras a verem que Cristo havia ressucitado. Na madrugada do terceiro dia, após a morte de Jeusus na cruz, elas foram ao sepulcro onde seu corpo foi colocado, mas, encontraram a pedra removida e o sepulcro vazio! Qual é o caminho que elas fizeram? Sua missão, amiguinho, é encontrar no labirinto o trajeto correto. Vamos lá!

REDAÇÃO Taty Feuser

Este informativo é uma publicação sob responsabilidade do Pe. Hélio Feuser, scj e Pascom da Paróquia São Sebastião, situada na Av. Marechal Deodoro da Fonseca, 632 Centro - Jaraguá do Sul/SC - (47) 3371-0321

DIAGRAMAÇÃO Giovana Melo SUGESTÃO DE CONTEÚDO redacao@agenciaarcanjo.com.br www.agenciaarcanjo.com.br facebook.com/agenciaarcanjo (47) 3227-6640

REVISÃO Larissa Graça IMPRESSÃO Gráfica Sbardelatti TIRAGEM 2.000 exemplares

Profile for Agência Arcanjo

Revista São Sebastião - Abril de 2019  

Revista São Sebastião - Abril de 2019  

Advertisement