__MAIN_TEXT__

Page 1

SAN T UÁ R I O S AG R A DO COR AÇ ÃO D E JE SU S | JOINVILLE | MARÇO | 2 0 1 9 | DI ST R I B U I Ç ÃO G R AT U I TA


EXPEDIENTE 2

EVENTOS DO MÊS

Carnaval, sim ou não?

- Feriado de Carnaval 5 de março Não haverá atendimento dos padres

Por Pe. Léo Heck, scj

nem da Secretaria - Quarta-feira de Cinzas (dia de jejum e abstinência)

Etimologicamente, o termo Carnaval advém, dentre várias interpretações, de “carne vale” que significa “adeus carne” ou “despedida da carne. O Carnaval chegou ao Brasil através das festas que ocorriam na Europa, principalmente na Itália e na França. No início, as festas de Carnaval aconteciam nas ruas, com desfiles de fantasias. Posteriormente, passaram a ser realizadas nos clubes, onde eram tocadas as marchas, os sambas e os frevos preparados para os festejos. Atualmente, algumas cidades se destacam nas festas de Carnaval no Brasil, onde esta festividade é considerada uma das maiores do mundo. Desde a origem da festividade do Carnaval, há um contraste entre o Carnaval cristão e o Carnaval pagão. E, de fato, percebemos ainda hoje essa discrepância. De um lado, muitos jovens aproveitam essa data para extravasar seus desejos, influenciados pela sensação de “liberdade”, em que tudo é permitido. É comum, portanto, vermos a presença do excesso: de bebidas, de drogas, do apelo sexual etc. Vale lembrar que estes “sintomas” são perceptíveis, também, em outras épocas do ano, não apenas no Carnaval. Tal comportamento vem acompanhado do vazio, da “ressaca moral”, da ausência daquilo que verdadeiramente é capaz de nos preencher: o amor, a paz no coração, a liberdade de poder dizer sim e não. Por outro lado, o Carnaval cristão experimenta a verdadeira alegria de estar na presença viva e real do Amor. O dançar, o cantar, a forma de se comportar muda de feição. Aqui, tudo o que é do bem e para o bem é permitido. Todos somos chamados a viver e aproveitar o tempo do Carnaval, que é tempo de festejar, com a alegria própria que o momento requer, sem, no entanto, extremar os excessos. Fomos criados para amar ao próximo como a nós mesmos, para propagar e incentivar aquilo que é bom e verdadeiro, para vivermos conforme nos exige o senso de responsabilidade social, respeitando os limites da coletividade. Não somos meros expectadores da vida, mas estamos aqui, para sermos os atores, exercendo fielmente nosso papel de cristãos, com alegria e entusiasmo, com música e dança, com amigos e familiares, com respeito e fraternidade. Independentemente do local onde você for passar o Carnaval, o segredo é não perder o senso de responsabilidade cristã. Um carnaval de dentro para fora, onde nós possamos aproveitar três dias de alegria plena e duradoura. “Orai e vigiai, pois o espírito está pronto, mas a carne é fraca” (Mt 14,38).

- Feriado do Aniversário de Joinville 9 de março Não haverá atendimento dos padres nem da Secretaria - Missa em ação de graças pelo 176º aniversário de nascimento de Pe. Leão Dehon 14 de março, às 19h30 - Pastoral do Empreendedor 26 de março 19h30 - missa 20h30 - encontro

MEMÓRIAS PE. ALOÍSIO, SERVO DE DEUS

Com São José nós podemos aprender a conviver de modo perfeito com Jesus e com Maria. Ele se deixava guiar pelo amor. Na Sagrada Família, São José era igual a nós. Se somos parecidos com ele na nossa condição humana, ele pode ensinar-nos a conviver com Jesus e Maria.

INFORMAÇÕES IMPORTANTES

• Rádio Clube Joinville (AM 1590) Segunda a sexta-feira 9h - O Santo do Dia 12h - O Pão da Palavra Sábado 8h - A Voz do Santuário • Rádio Arca da Aliança (AM 1480) Domingo 8h - transmissão da Santa Missa Segunda a sexta-feira 12h - Oração do Almoço Sábado 8h - Especial Pe. Zezinho Canção & Mensagem 1ª sexta-feira do mês 15h45 - bênção das casas 16h - transmissão da Santa Missa

O Jornal do Santuário é uma publicação do Santuário Sagrado Coração de Jesus, sob responsabilidade do padre Léo Heck, scj Rua Inácio Bastos, 308 - Bucarein - Joinville/SC 47 3455-2204 | www. santuarioscj.com.br

Missa às 8h, 16h e 19h30

HORÁRIOS NAS RÁDIOS

MISSAS NO SANTUÁRIO • Segunda-feira: 19h30 (pelos falecidos) • Terça-feira: 19h30 (pelas intenções do rádio e da internet) • Quarta-feira: 16h (pelos enfermos) e 19h30 (pelas famílias) • Quinta-feira: 7h e 19h30 • Sexta-feira: 7h, 12h30 e 19h30 • Sábado: 7h (devocional mariana) e 19h • Domingo: 6h30, 8h, 9h30, 11h30, 17h e 19h • 1ª sexta-feira do mês: 7h, 12h30, 16h e 19h30 e 23h (Missa Jovem) • 4º domingo do mês: 19h - missa com tradução em Libras (Língua Brasileira de Sinais)

6 de março

Produção

• Atendimento de confissões, orientação espiritual e bênção de objetos Terça a sexta-feira: 8h30 às 11h e 14h30 às 17h Sábado: 8h30 às 11h • Adoração Eucarística Quintas-feiras, das 8h às 19h30 • Grupo de Oração (RCC) Quintas-feiras, às 20h30 • Pastoral Antialcoólica Sextas-feiras, às 20h

SUGESTÃO DE CONTEÚDO: redacao@agenciaarcanjo.com.br www.agenciaarcanjo.com.br facebook/agenciaarcanjo 47 3227-6640

DIAGRAMAÇÃO: Giovana Melo

JORNALISTA RESPONSÁVEL: Rayana Borba (DRT/SC 3809)

REDAÇÃO: Taty Feuser

TIRAGEM: 2.600 exemplares

REVISÃO: Eva Croll

IMPRESSÃO: Gráfica Volpato

www.santuarioscj.com.br


ENTREVISTA Por Rayana Borba

GERAL

Vocação feminina Em comemoração ao Dia Internacional da Mulher, o Jornal do Santuário entrevista a irmã Edena Bittencourt, consagrada pela Fraternidade Mariana do Coração de Jesus, que fica na região de Nereu Ramos, em Jaraguá do Sul/SC. A instituição foi fundada pelo padre Aloísio Boeing, scj, que hoje está em processo de beatificação pelo Vaticano. A seguir, conheça mais sobre a vocação religiosa feminina. Jornal do Santuário (JS) - Como foi o seu despertar vocacional? Irmã Edena Bittencourt - Eu entrei para a Fraternidade Mariana em 1974, sendo uma das cofundadoras. À época, era uma bênção a mulher seguir a vida consagrada. Meu avô materno, Antônio Raulino, sempre sonhou com um religioso em sua família. Sou fruto das suas orações e também do seu sacrifício. Em casa, meus pais também sempre viveram e me ensinaram a viver bem a religião, apoiando a minha decisão.

3

Ir. Miriam Demarchi, Ir. Teresinha Marcelino, Ir. Neide Girolla (cofundadora), Pe. Aloísio Boeing, Ir. Zenaide Araújo e Ir. Edena Bittencourt

JS - Houve alguma barreira ou impedimento para essa sua decisão? Irmã Edena - Eu nunca fui muito vaidosa. Sempre gostei de viver de um modo mais natural e não tive dificuldades nesse sentido. Viver a vida celibatária foi a minha opção de vida, por isso não considero ter rompido nenhum padrão da sociedade. JS - Como vocês vivem a espiritualidade do Coração de Jesus? Irmã Edena - Nós buscamos o amor e a reparação, segundo a expressão do nosso fundador, padre Aloísio: “esforçar-se para chegar a um amor esponsal ao Coração Eucarístico de Jesus. Ocupar-se continuamente, no coração, com Ele. Não só agir por Ele, mas com Ele. Fazer isso em nome do povo que não ama e não convive com Jesus. Para viver a reparação, usaremos de misericórdia no agir com os nossos irmãos”. Essa união oblativa e esponsal tem uma grande força reparadora, e raízes na experiência de fé de padre Dehon, fundador da Congregação dos Padres do Sagrado Coração de Jesus. Ir. Edena Bittencourt, cofundadora da Fraternidade Mariana do Coração de Jesus

JS - Qual a função da Fraternidade dentro da congregação dehoniana? Irmã Edena - Nosso fundador pertencia à Congregação dos Padres do Sagrado Coração de Jesus e nos reconhecemos como participantes dessa família. Acima de tudo, somos consagrados a Deus e estamos totalmente a serviço dos irmãos. JS - Ainda há chamado vocacional às jovens de hoje? Irmã Edena - Sim e para as de ontem também. As mulheres devem buscar a vida consagrada, primeiramente para uma união de vida com Jesus. A partir disso, ouvirão o apelo que o Senhor lhes faz para exercer uma missão junto ao povo. A atividade corresponde sempre ao carisma pessoal, de acordo com o aquilo que o Senhor quiser.

www.santuarioscj.com.br


A Quaresma é esse tempo litúrgico que antecipa a Semana Santa, da Morte e da Ressurreição de Nosso Senhor, do mistério Pascal. Então, é um grande tempo que a Igreja nos dá para que possamos preparar o nosso coração para viver verdadeiramente o tempo da Páscoa. A Quaresma é um momento de recolhimento para que possamos rever a nossa vida enquanto cristãos, até que ponto correspondemos àquilo que Nosso Senhor nos pede. Ela serve para analisarmos se estamos verdadeiramente amando Deus sobre todas as coisas ou se outras coisas estão dominando o nosso coração. É um tempo de balanço geral em nossa vida, de pararmos, silenciarmos e refletirmos. O livro da irmã Zélia "40 dias de oração e libertação" (conforme informações na pág. 5) pode ser um grande aliado na caminhada quaresmal. Ela, que na década de 90 ouviu o chamado do Senhor e seguiu sua caminhada religiosa na comunidade da Pia União das Irmãs da Copiosa Redenção, é missionária evangelizadora no Brasil e no exterior - onde vai acompanhada pela família da Copiosa Redenção a fim de ajudar na conversão e salvação das almas. Na obra, irmã Zélia propõe uma nova

forma de se colocar a serviço de Deus por meio da oração. Ao perceber, durante os atendimentos que fazia, que o mais difícil para as pessoas é se manter fiel a uma vida de oração, irmã Zélia criou um guia de fortalecimento espiritual, por meio da prática diária do contato com Deus. A meditação que ela sugere para ser feita durante 40 dias orienta na caminhada de busca do Senhor. São 40 oportunidades de aprender verdadeiramente a rezar, meditar, e estar pleno, repleto do Espírito Santo. Este aprofundamento espiritual colocado no itinerário de 40 dias sugere sempre uma reflexão e principalmente um jejum - prática tão necessária para a busca da santidade e tão essencial, principalmente no período da Quaresma como forma de penitência. Então, aproveitar o período especial da Quaresma para iniciar esse movimento que nos aproxima de Deus e também dos irmãos, alicerçados pela Palavra e o amor de Cristo, é algo realmente valioso. Busquemos essa conversão, busquemos o aprofundamento espiritual e a reconciliação com Deus por meio da oração, da penitência, do jejum, e vivamos uma vida plena pautados pelos planos e desígnios de Deus.

www.santuarioscj.com.br


Confira algumas sugestões de oração e jejum para praticar durante a Quaresma, segundo irmã Zélia: Praticar o jejum • Não comer nenhum doce e nada que contenha açúcar • Não comer nenhum tipo de pão e massa • Não beber refrigerante • Não pecar pela língua e proclamar somente as bênçãos do Senhor • Deixar de fazer alguma refeição do dia

• Não comer carne • Não assistir televisão e não ouvir rádio • Comer apenas legumes e frutas • Desligar-se das redes sociais e manter-se em oração durante o dia • Fazer um ato de caridade

Oração e textos bíblicos para rezar e meditar • Salmo 50 • Êxodo 40,1-38 • Salmo 22 • Êxodo 16,1-36 • Salmo 8

Versículos bíblicos para repetir ao longo do dia • “Quem teme ao Senhor, este é grande para sempre!” (Judite 16,16)

• “Renovai vossos prodígios, fazei milagres inéditos” (Eclesiástico 36,6)

• “Senhor, sois grande e glorioso, de admirável poder, invencível” (Judite 16,13)

• Não vos deixeis enganar: “Más companhias corrompem bons costumes” (I Coríntios 15,33)

• “Se, portanto, o Filho vos libertar, sereis verdadeiramente livres” (João 8,36)

• “Que o Senhor dirija os vossos corações para o amor de Deus e a paciência de Cristo” (II Tessalonicenses 3,5)

• Mas Jesus replicou: “Antes bemaventurados aqueles que ouvem a Palavra de Deus e a observam” (Lucas 11,28) • “Não se perturbe o vosso coração. Credes em Deus, crede também em mim” (João 14,1)

• “Nisso todos conhecerão que vós sois meus discípulos, se vos amardes uns aos outros” (João 13,35) • “Coração alegre, bom remédio; um espírito abatido seca os ossos” (Provérbios 17,22)

• Êxodo 11,1-10 • Salmo 150 • Êxodo 5,1-23 • Salmo 90 • Êxodo 17,1-16

40 dias de oração e libertação Autora: irmã Zélia Número de páginas: 168 Editora: Ave-Maria O livro está disponível na Livraria do Santuário (R$ 19)

Aparelho Auditivo O Lyric é o aparelho auditivo totalmente invisível e resistente a água. Você não precisa trocar pilhas, não requer manutenção e você o utiliza 24 horas por dia. Rua Anita Garibaldi, 164 - Joinville/SC 0800.052.9191 | 47 9 9966.2034 www.digsom.com.br /clinicadigsom

www.santuarioscj.com.br

@clinicadigsom

Conheça o Lyric na DigSom


SANTUÁRIO

ACONTECEU

Ação entre amigos O sorteio da Ação entre Amigos foi realizado no dia 29 de dezembro, e a entrega dos prêmios, em 4 de janeiro. Os contemplados foram:

6

Bilhete 5539 - 5º prêmio Sueli de Borba

Bilhete 1514 - 4º prêmio Carmelo Nones

Em 23 de fevereiro aconteceu no Clube Amigos de Joinville (CAJ) a abertura do Ano Pastoral do Santuário, com a participação de 82 agentes de pastorais e movimentos

Bilhete 1055 - 3º prêmio Mário Roque

Bilhete 5244 - 2º prêmio Simone dos Santos

Bilhete 8445 - 1º prêmio Sandro Gomes

Padre Helton presidiu a missa de envio de cinco jovens para o Seminário São José de Rio Negrinho, em 26 de janeiro

FORMAÇÃO Por Enriete Stolf

SACRAMENTO DO BATISMO A Diocese de Joinville apresenta uma nova proposta que procura auxiliar pais padrinhos em uma preparação adequada para o Sacramento do Batismo. O Batismo é o primeiro e mais importante sacramento da vida cristã, pois abre a porta para os demais sacramentos. Por meio dele, deseja-se oferecer uma oportunidade para que os pais e padrinhos retomem sua vida cristã, aprofundem a fé e assumam o compromisso de educar os filhos e afilhados no conhecimento e seguimento de Jesus Cristo. Como acontece Os pais se inscrevem e a equipe da pastoral com os endereços em mãos agenda uma visita. Este contato nos torna próximos e há uma acolhida por parte da família, o que é muito importante. Nesta visita os pais e padrinhos são convidados para uma fundamentação doutrinal sobre o Sacramento do Batismo em sua dignidade e os símbolos e sinais que dão significado à graça desse sacramento. São orientações

para valorizar a vivência do batismo, o crescimento do batizado na comunidade de fé, as características, os aspectos psicológicos e os aspectos catequéticos nas diversas etapas da vida. Esta proposta, por meio de palestras e orações, celebrações e conteúdos formativos próprios, conduz a pessoa a um mergulho no projeto de Deus, comprometendo-se a viver e assumir um novo dinamismo cristão. A preparação para o Sacramento do Batismo é uma tarefa fascinante, porque, por meio dela, reavivamos em nós o dom do batismo, que sela o cristão com um sinal espiritual de seu pertencimento a Deus. Da mesma forma, pode-se dizer que o batismo é uma semente deixada no coração da pessoa. Por ele, somos ungidos pelo Espírito Santo e enviados em missão para viver a nossa fé em comunidade. A fé que se requer para o batismo não é uma fé perfeita e madura, mas um começo, que é chamado a desenvolver-se. Somente quando e onde há fé em Jesus Cristo, que se revelou, é que se pode administrar o batismo.

www.santuarioscj.com.br


ESPIRITUALIDADE

CF 2019

Por Agência Arcanjo

Fraternidade e Políticas Públicas Como você está desempenhando seu papel de cidadão? Sabia que sua atuação é fundamental, para que as políticas públicas atendam, de fato, as necessidades das pessoas? A Campanha da Fraternidade (CF) 2019 propõe uma verdadeira reflexão acerca deste tema. Com o lema “Serás libertado pelo direito e pela justiça” (Is 1,27), nos convida como cristãos a entendermos nossa responsabilidade neste contexto. A CF sugere que saibamos como são formuladas e aplicadas as políticas públicas. Pretende ainda estimular a participação de todos, à luz da Palavra de Deus e da Doutrina Social da Igreja, para fortalecer a cidadania e o bem comum, que são sinais de fraternidade. Refletir sobre políticas públicas é importante para entender como elas

atingem a vida cotidiana e o que pode ser feito para melhor formatá-las, bem como quais as formas de fiscalizá-las. O que é o poder público? Quais os tipos de poder e os condicionantes nas políticas públicas? Qual é a importância da participação da sociedade no controle social das mesmas? Política pública não é somente a ação do governo, mas também a relação entre as instituições e os cidadãos, seja de maneira individual ou coletiva, envolvidos na solução de determinados problemas. Por isso, a CF sugere que participemos de audiências públicas, conselhos, conferências, fóruns e reuniões, além de organizações da sociedade civil e movimentos sociais. A Doutrina Social da Igreja busca estimular a participação dos cristãos, como decorrência de sua missão, para a construção do bem comum.

7

"

Serás libertado pelo direito e pela justiça"

SANTO DO MÊS

Por Rayana Borba

Santa Teresa Eustochio Verzeri do Coração de Jesus Uma mulher forte, inteligente e fiel. Assim foi Santa Teresa Eustochio Verzeri, nascida em 1801 em Bérgamo, na Itália. Foi com a família, em casa, que a jovem aprendeu a conhecer e a amar a Deus sobre todas as coisas, entregando sua vida totalmente a Ele. Após um intenso processo de discernimento, já no Mosteiro Beneditino de Santa Grata, Teresa percebe que a sua vocação é voltada ao apostolado. Ela entende que a sua missão é auxiliar nas carências da Itália que passava por um profundo período de transformações e crises, sendo inspirada a fundar a Congregação das Filhas do Sagrado Coração de Jesus, em 1831. O serviço apostólico consiste na educação das jovens da classe média e baixa; asilo para órfãs em situação de risco, abandonadas ou mesmo transviadas; externatos e internatos; catequese, retiros, recreação festiva; assistência aos enfermos. É a resposta ao chamado do Coração de Jesus, de ir ao encontro de cada irmão. A própria Teresa descreve “as filhas do Sagrado Coração de Jesus, como aquelas que recebem

www.santuarioscj.com.br

a caridade da própria fonte do amor”[...] e que “devem ter para com o próximo o mesmo ardor de caridade daquele Coração Divino: caridade puríssima que não tem em vista senão a glória de Deus e o bem das outros; caridade universal que não faz exceção de pessoas, mas a todas abraça; caridade generosa que não se desorienta nos sofrimentos, que não desanima diante de contrariedades, mas ao contrário, nos sofrimentos e nas oposições cresce em vigor e vence pela paciência”. A sua morte, em 3 de março de 1852, que também é a data da sua veneração, não encerra sua obra. Ela deixa a Congregação aprovada pela Igreja e pelo governo e amplamente documentada. A beatificação ocorre apenas em 1946, pelo Papa Pio 12, sendo a canonização celebrada em 2001, por João Paulo 2º. As Filhas do Sagrado Coração de Jesus continuam a missão de Teresa na Itália, no Brasil, na Argentina e Bolívia, na República CentroAfricana e em Camarões, Costa do Marfim, na Índia e na Albânia.

(Is 1,27)


Estamos na Quaresma, período de oração e de maior união com Deus. Que tal, ao longo desses 40 dias você jogar o tabuleiro da Quaresma? É simples, basta ficar atento às suas atividades e comportamentos do dia a dia e seguir as orientações: avançar para o que tiver feito de bom e voltar no caso de ter feito algo ruim. Sua missão é chegar até a Páscoa, o dia da Ressurreição de Jesus! Vamos lá!

Profile for Agência Arcanjo

Jornal do Santuário - Março de 2019  

Jornal do Santuário - Março de 2019  

Advertisement