Glossário publicitário, segundo Ana Couto

Page 1

MATERIAL DE CONSULTA ECOSSISTEMA ANA COUTO

GLOSSÁRIO

VERSÃO 2.0


Esse glossário é uma iniciativa TIP e Curso de Branding da Ana Couto – LAJE, onde selecionamos algumas palavras para você ampliar seu conhecimento. Separamos termos que usamos diariamente no nosso ecossistema e esperamos que esse material contribua com a sua jornada de aprendizado.

LEGENDA # - apresenta-se em números absolutos % - apresenta-se em porcentagem $ - apresenta-se em valor monetário


A

ACESSOS AO SITE (#) Quantidade de acessos que um site possui em um determinado período. ALWAYS ON Uma Campanha Always On é aquela que mantém seus anúncios sempre ativos em todos os pontos de contato da Marca com o seu público. APP DOWNLOAD (#) Mede a quantidade de downloads que um app teve em determinado período

ARQUÉTIPO . Esse conceito é definido por meio de uma ideia da psicanálise, definida por Jung, dos 12 "personagens/ papéis" que ocupam o imaginário coletivo, como se fossem associações universais que todos compartilham no subconsciente de alguma forma. Comumente, essas definições são usadas na construção de Marcas. O nosso toolkit tem os 12 arquétipos e exemplos de Marcas que ilustram cada um deles.


B

BRAND AWARENESS Mede o quanto uma Marca é conhecida por um público específico. Um brand awareness elevado leva as pessoas a lembrarem da Marca quando pensam em uma determinada categoria. BRAND EQUITY É o valor da Marca, a forma como o consumidor pensa, sente e age em relação à Marca. É um item avaliado conforme opinião dos consumidores. O desenvolvimento do brand equity é feito com ações que promovam a Marca no mercado e tornam ela conhecida pelo público. BRAND LIFT É uma ferramenta importante usada para mensurar os resultados de uma campanha publicitária, considerando os impactos e percepções do consumidor durante a jornada de compra.

BRAND MOMENTS São responsáveis por construir momentos memoráveis entre a Marca e o consumidor, reunindo empatia, estratégia e criatividade. Podem ser de vários tipos e presentes em diversos momentos da jornada. Investir em experiência promove relacionamentos mais duradouros e traz resultado para o negócio. BRANDING Marca, Negócio e Comunicação - Branding é o alinhamento sinérgico entre Marca, Negócio e Comunicação. É também como uma Marca constrói valor, oferecendo um produto ou serviço de qualidade, criando relacionamentos de valor com seus públicos e colocando o Propósito em prática, trazendo impactos positivos para o mundo.


C CAC ($) Mede o custo para se adquirir um cliente. CAC = $investimento/#clientes adquiridos CONSIDERAÇÃO Mede o quão propensas as pessoas estão a escolher uma determinada Marca em relação aos concorrentes. CROSS SELLING ($) Mede o volume de produtos complementares que são vendidos junto ao produto principal. CUSTO POR LEAD - CPL ($) Mede o custo para se conquistar um lead. CPL = $investimento/#leads conquistados

E

ECOSSISTEMA É a nomenclatura usada para compreender todos os atores ao redor de uma organização e as relações entre eles. Empresas, clientes, colaboradores, sociedade e até mesmo os competidores podem fazer parte de um ecossistema no qual trocas de valor podem beneficiar todas as partes. ENGAGEMENT RATE CAMPANHA (%) Mede o grau de interação das pessoas com uma determinada peça de uma campanha. Engagement rate = #interações/#impressões ENGAJAMENTO GERAL DA MARCA Mede as interações da Marca, como compartilhamentos, comentários, reações e menções em todos os seus pontos de contatos.


F

FRAMEWORKS Assim como a planta de um edifício, frameworks são mapas que permitem a construção da estratégia e o seu desdobramento em Marca, Negócio e Comunicação. O método Ana Couto é pautado em frameworks e desenvolvido para estar em constante evolução.

H

HARD SELL Definido como uma abordagem de venda mais direta, focada em conversão rápida. No conceito de Ondas do Branding, falamos sobre ela na Onda 1, que é focada na oferta e venda. Na Onda 2, é focada em construir relacionamento, fidelidade e conexão emocional. E na Onda 3, o foco é impactar positivamente o mundo.


J

JOB TO BE DONE Não compram o produto ou serviço em si, mas as tarefas (jobs) que entendem/percebem que este produto/serviço realiza para eles (done). Par a construir uma experiência memorável, é fundamental saber qual o job to be done da sua persona. JORNADA DO USUÁRIO Outra ferramenta de design que possibilita colocar a pessoa no centro da solução é a jornada do usuário. Esse método é um mapeamento de todos os pontos de interação entre usuário e produto, expondo as dores e felicidades. A jornada ajuda a sincronizar esses pontos para criar uma experiência mais consistente e possibilitar que o usuário atinja seus objetivos.

K L

KPI Essa é uma medida dos empresários para avaliar o sucesso de um funcionário ou de uma atividade da empresa. No caso do Marketing, os KPIs são analisados para rastrear o progresso em direção às metas estipuladas. Alguns exemplos são: CAC (Custo de Aquisição do Cliente), fontes de tráfego do blog e visualização da página inicial.

LTV ($) Valor que um cliente retorna à empresa em um determinado período.


M

MARKET SHARE (%) Representa a relevância do tamanho de uma empresa frente aos competidores. Geralmente, é a razão do faturamento da empresa pelo valor total do mercado. Market Share = $faturamento da empresa/$valor do mercado

N NPS (#) Mede satisfação e grau de fidelidade dos clientes. • Excelente – NPS entre 75 e 100 • Muito bom – NPS entre 50 e 74 • Razoável – NPS entre 0 e 49 • Ruim – NPS entre -100 e -1 NÚMERO DE LEADS (#) Quantidade de contatos qualificados coletados em um determinado período.


P

PERSONA (DO USUÁRIO) Uma ferramenta que ajuda na exploração das necessidades do(a) usuário(a) e qual o problema que devemos enfrentar. O conceito foi desenvolvido para agrupar padrões de comportamento do público-alvo, de forma a ter um visão geral e criar um personagem fictício que represente mais fielmente um grupo. PREFERÊNCIA Mede o grau em que uma Marca é preferida, ou preterida, pelas pessoas em uma determinada categoria. PRINCIPAIS ASSOCIAÇÕES (BRAND EQUITIES) Principais palavras e ideias que vêm à mente das pessoas quando são expostas a uma determinada Marca. Ajuda a identificar se a imagem da Marca condiz com sua identidade.

PROPÓSITO Declaração de como a Marca traz impactos positivos para o mundo, com relevância para as pessoas e resultados para o negócio. Ou seja, como ela usa seu talento e poder para fazer do mundo um lugar melhor. PROSUMER É um consumidor que colabora com o processo de criação de uma Marca. É uma junção entre o produtor e o consumidor. Um prosumer vai além de querer ser apenas um cliente, pois busca se envolver ativamente na criação de novos produtos ou criar informações relacionadas à Marca.


Q QUANTIDADE DE BUSCAS (#) Número de buscas feitas sobre um determinado termo em um período específico.


S

SHARE DE BUSCAS (#) Mede a relevância das buscas por uma determinada Marca em comparação às buscas pelos concorrentes. SoS = #total de buscas pela Marca/#total de buscas de todas as Marcas na categoria STORYTELLING A Marca fala e o seu storytelling precisa estar alinhado com as Ondas de Valor do Branding: comunicando seus diferenciais com clareza e consistência, criando vínculos emocionais e mobilizando pessoas para colaborarem com o Propósito que gera impacto positivo. Dessa forma, temos uma narrativa de comunicação da Marca.

T

TAGLINE É uma frase que sintetiza o posicionamento de uma Marca. Como se fosse um slogan, mas o slogan é a assinatura de uma campanha (ou seja, ele tem mais probabilidade de aparecer e sumir com mais frequência), enquanto taglines são mais duradouras. Não é uma regra universal, mas a gente traz essa distinção. Ex.: a tagline da Nike é '"Just do It", há muitos anos, e ela convive com vários slogans criados para campanhas específicas. TAKE AWAY Definimos como take aways aprendizados/conclusões que você deve levar como ensinamento no final de uma reunião, apresentação etc. Ex.: "Diante de todos os assuntos tratados, os principais take aways são X, Y, Z”.


T

TAXA DE CONVERSÃO (%) Mede a efetividade de uma campanha em fazer as pessoas passarem de uma etapa do funil de conversão para outra em um determinado período. Taxa de conversão = #número de impressões/#número de conversões TAXA DE REJEIÇÃO (bounce rate) (%) Porcentagem dos usuários que entraram em uma determinada página de um site e saíram sem realizar nenhuma atividade. Taxa de rejeição = #visitantes que saíram sem realizar nenhuma atividade/#total de visitantes.

TEMPO DE PERMANÊNCIA NO SITE Mede o tempo médio dos usuários em uma determinada página de um site. TICKET MÉDIO ($) Valor médio que um cliente gosta por compra/pedido. Ticket médio = ($)valor total em um período/# quantidade de compras/pedidos no mesmo período


V VOLUME DE VENDAS (#) Quantidade de produtos vendidos em um período.