Page 1

Informativo do Centro Educacional Dom Bosco e da Paróquia Santo Antônio - Joinville/SC - Janeiro/2012 | Ano 2 | Nº 19

Conhecendo e imitando Dom Bosco, façamos dos jovens a missão da nossa vida

Tempo de conversão nos chama a refletir mais sobre a saúde pública Pág. 5


Presença de todos

Editorial

Volta das férias, volta da rotina, ao trabalho e a vida pastoral. Sim, chegou a hora de retomar mais ativamente nossas ações pastorais, afinal férias de Deus jamais. Nesta edição, o Jornal Presença Salesiana vem nos preparar para a vivência do Tempo da Quaresma, que inicia no dia 22 de fevereiro, com a celebração da Missa de Quarta-feira de Cinzas. Ainda neste ano, a Campanha da Fraternidade 2012 traz um assunto atual e essencial: Fraternidade e Saúde Pública, este é seu tema. Esta reflexão delicada, porém de extrema urgência, será refletida a luz da parábola do Bom Samaritano (Lc 10,29-37). O cartaz da campanha traduz muito bem esta passagem bíblica, a mão do profissional de saúde, segura nas mãos do doente, afasta a cultura de morte e visibiliza a acolhida entre irmãos (o próximo). A Igreja como mãe, aproxima-se e cuida dos doentes, dos fracos, dos feridos, de todos que se encontram à margem do caminho. Com o lema “Que a saúde se difunda sobre a terra”, o objetivo geral da CF 2012 será a ampla discussão sobre a realidade da saúde no Brasil e das políticas públicas da área, para contribuir na qualificação, no fortalecimento e na consolidação do Sistema Único de Saúde (SUS), em vista da melhoria da qualidade dos serviços, do acesso e da vida da população.

Aconteceu

Espontâneo

e Revisão:

2 Presença Salesiana | Fevereiro/2012

Pe. Severino Piccinini, SDB

Espaço para que você dê a sua opinião.

Recomeçam os trabalhos “O reinício das atividades pastorais representam a retomada da nossa sagrada missão de, como cristãos, e de forma organizada e voluntária, estabelecermos um ambiente comunitário que proporcione igualdade de condições para todos, bem como, ajuda, apoio e consolo para todos aqueles irmãos que estiverem passando por dificuldades de qualquer ordem.” Luiz Carlos Floriani "A expectativa que tenho para 2012 é que possamos aprimorar nossos diálogos, testemunhos, nossas ações pastorais, evangelizações e a vida em comunidade. Que, fundamentados na fé e no amor de Deus, nós consigamos aprender, praticar e ensinar os valores cristãos, e assim promover a dignidade da pessoa, as renovações em nossa comunidade, a formação do povo de Deus, e a construção de uma sociedade justa e solidária". Cleiton Schulz

Paróquia celebra Missa com unção dos enfermos Por ocasião do Advento, momento do tempo litúrgico, que nos convida a prepararmos para a chegada do Verbo Encarnado, o menino Deus que veio morar no meio de nós, a comunidade paroquial preparou a Missa com o Sacramento da Unção dos Enfermos na Igreja Matriz Santo Antônio. A celebração, que aconteceu no dia 21 de dezembro, foi presidida pelo vigário paroquial, Padre Lino Satler, SDB, e contou com a participação expressiva da comunidade. Após a homilia, Padre Lino e o pároco, Padre Severino Piccinini, SDB, receberam os idosos e doentes para ungi-los com a Santa Unção.

Experiência Salesiana

“Conhecendo e imitando Dom Bosco, façamos dos jovens a missão de nossa vida”. Queridos paroquianos e paroquianas! Estamos reiniciando as atividades de pastoral e evangelização em nossa Paróquia. Temos duas ideias-força, muito pertinentes, para nos guiarem em nosso dia a dia de Pastoral Salesiana e Eclesial. O Pe. Pascual Chaves Villanueva, nosso Reitor-Mor, vem com a primeira: a estreia para toda a Congregação Salesiana, e portanto, para nós também. É um apelo para não perdermos o horizonte da missão salesiana: o cuidado com a educação das crianças, dos adolescentes e jovens. Certamente, todos nós sabemos que esta não é uma tarefa das mais fáceis, mas também sabemos que mais do que nunca, em nossos tempos é uma tarefa urgente e necessária. Acolhamos, portanto, este apelo de nosso Superior Geral: “Conhecendo e imitando Dom Bosco, façamos dos jovens a missão de nossa vida”. A Conferência Nacional dos Bispos do Brasil vem com a segunda: a Campanha da Fraternidade. A preocupação pela saúde pública nos sensibiliza para agir. Quem não percebe que esta é uma preocupação inquietante de todo o povo brasileiro? “Fraternidade e saúde Pública” é o grande tema de reflexão, e vem acompanhado de um lema, para ser divulgado a fim de tornar a ideia assimilada por todos: ”Que a saúde se difunda sobre a terra”(Eclo 38,8). Que estas linhas de ação estejam sempre presentes em todas as nossas atividades pastorais, e que tudo seja iluminado pela Palavra de Deus. Não façamos apenas uma Pastoral Bíblica, mas façamos uma Animação Bíblica de todas as pastorais. Rogo a Santo Antônio que interceda junto a Deus para que Ele nos abençoe e nos proteja.


Diversidade

Presença da juventude

Grupos jovens para todos os gostos

A experiência da AJS no amadurecimento do jovem

A Articulação da Juventude Salesiana tem nova coordenação nos diversos grupos da Paróquia.

O Grupo Dança Gaúcha se reúne para cultivar a religiosidade e o carisma salesiano e também para ensinar noções de dança gauchesca. O grupo é itinerante e atualmente se encontra na comunidade Nossa Senhora de Fátima. As coordenadoras são Bruna Corso e Graciele Graper. Todos esses grupos são articulados pela equipe de coordenação paroquial; Eduardo Schmitz assume o car-

go de coordenador paroquial que até 2011 era ocupado por Milena Regina da Silva. A antiga coordenadora segue na equipe de assessores da AJS. No grupo também estão Bruna Fistarol e Douglas Guilherme Lima. A partir de 2012 se integram à equipe Bárbara Duarte, Wilian José Jakomulski, Darlan Camilo, Gustavo Harger Paul e Luana Corso Camilo. A equipe de assessoria é composta por: Cida Elisio, Graciele Weber, Jeferson Junio Moreira, Lygia Mara Jaques, Maria de Lourdes Selinke, Milena Regina da Silva.

Presença da Juventude

A passagem de ano é o momento de revelar novas lideranças na ação pastoral. Na Articulação da Juventude Salesiana (AJS) a situação não é diferente. A maioria dos grupos muda de coordenação a cada dois anos dando a possibilidade de novos jovens experimentarem uma situação de liderança mais ativamente. Na matriz, o Movimento de Jovens Encontristas (MJE) troca de coordenação. Nos próximos dois anos os jovens Alexandre Fernandes Dias Filho, Eduardo Vicente dos Santos, Thays Thiessen e Vanessa Sakakibara Batista vão estar à frente do grupo. O MJE surgiu a partir do movimento de casais encontristas e mantêm essa identidade. No grupo São Domingo Sávio (SDS), os novos coordenadores serão jovens Leandro de Brito e Fernanda de Brito. O SDS segue a linha da Renovação Carismática Católica (RCC). O terceiro grupo da matriz é o Grupo de Jovens Dom Bosco, o mais antigo da paróquia com quase 40 anos. A coordenação de André Luiz dos Santos, Helouise Regina Christ, Karina Alves e Rodrigo Buss continua até o final deste ano. Na Comunidade Nossa Senhora Aparecida há o Grupo Nossa Senhora Aparecida (NSA). Ele está sob a coordenação de Alessandra Fistarol e Aline Fistarol. O Grupo Jovens Mergulhadores de Cristo Senhor (JMCS) se reúne na comunidade Cristo Bom Pastor e tem como coordenadores: Guilherme Alberto Moreira dos Santos e Andressa Santos Esídio. A AJS da paróquia também conta com um grupo de jovens de interesse.

Como salesiano de Dom Bosco, considero gratificante o trabalho de protagonismo com a juventude. Em entrevista com uma ex-participante da AJS (Articulação da Juventude Salesiana) pude perceber que não se trata de um trabalho em vão, seja para nós religiosos seja para eles quando experimentam a proposta. Vejamos o depoimento da jovem, Juliana Letícia Cardoso Rangel, 21 anos, estudante de Pedagogia de Porto Alegre/RS: “ A oportunidade de ter feito parte da AJS foi muito significativa na minha vida, especialmente por ter sido em um período de transição e ao mesmo tempo de consolidação do meu ser, do jeito de ver o mundo de agir comigo mesma, com os outros e o mundo à volta. Foi extremamente importante ter um espaço aberto que proporcionasse a oportunidade para troca de experiência, onde eu poderia ser, e era ouvida, onde os questionamentos nunca eram negados e sim discutidos, onde o aprendizado era constante e grupal; um espaço aberto a tudo e a todos, mas com princípios (na espiritualidade, no amor, na razão), proporcionando a autonomia, mas ao mesmo tempo sem deixar de dar uma referência de vida coesa. Muito aprendi na AJS e muito do que eu sou hoje (no meu jeito de ser) devo a este período da minha vida, valores de bom cristão e honesto cidadão.” Colaboração: S. Tiago Rodrigues Lopes, SDB Presença Salesiana | Fevereiro/2012

3


Presença de comunhão

Matriz

Missas especiais reforçam devoção popular

Formação O que é Animação Bíblica de Pastoral? Por Dom Eugênio Rixen

Durante todo o mês, celebrações com intenções específicas são celebradas na Igreja Santo Antônio. Confira!

Santo Antônio, São José, Nossa Senhora Auxiliadora, Sagrado Coração de Jesus, Mãe Peregrina... Essas são algumas das devoções mais populares da Paróquia Salesiana, na Comarca Norte de Joinville. Para fortalecer essas devoções e criar espaços sadios de fé, a Paróquia tem, entre as suas missas diárias, celebrações especiais para paroquianos e devotos.

A intercessão dos santos

Santo Antônio, padroeiro da Paróquia, é lembrado toda a terça-feira do mês, na Missa do dia, às 19h. Pãezinhos são abençoados e, ao final da celebração, partilhados entre os presentes. A figura de São José também é bem conhecida entre os fiéis, especialmente os trabalhadores, que participam da Missa celebrada sempre no dia 19 de cada mês.

Presença da Mãe

Duas celebrações do mês lembram a intercessão e amor de Nossa Senhora por seus filhos. Todo o dia 18 de cada mês, o Movimento Apostólico de Schoenstatt celebra a Missa da Aliança de Amor da Mãe Peregrina, às 19h. E a figura da Nossa Senhora Auxiliadora dos Cristãos é lembrada todo o dia 24 de cada mês, em uma celebração com motivação especial preparada pela Associação de Maria Auxiliadora (ADMA). Na Missa, os fiéis e seus familiares são consagrados à Virgem Maria, aclamada pelos salesianos com o título de Auxiliadora dos Cristãos.

A Palavra de Deus é vida. A insistência sobre a animação bíblica de toda a pastoral foi uma grande contribuição da América Latina, no Sínodo dos Bispos, sobre a Palavra de Deus, na Vida e na Missão da Igreja (2008). Com efeito, a Bíblia está presente na liturgia a qual alimenta os fiéis. A Bíblia é também a referência central na catequese. Como Jesus Ressuscitado, os catequistas são chamados a aquecer os corações dos catequizandos ao explicar as Sagradas Escrituras. A iniciação à fé encontra na Palavra de Deus um caminho seguro para amadurecer as pessoas na vida cristã, qualquer que seja a idade. O estudo bíblico não deve parar quando se termina a catequese. Necessitamos encontrar caminhos para uma formação continuada ou permanente. Como a vida sempre traz novos questionamentos, novas respostas também precisam ser procuradas na Palavra de Deus. Pequenas comunidades reunidas com frequência em volta da Bíblia ajudam muito no crescimento da fé. A troca de experiências faz crescer o entendimento das Sagradas Escrituras. Todas as pastorais, todos os movimentos e todas as associações são chamadas a uma conversão pastoral, colocando a Bíblia no centro dos seus estudos e orações. A Bíblia é o primeiro livro de oração. Hoje, fala-se muito da leitura orante ou lectio divina. Mais importante que os métodos mesmo que eles sejam tão importantes é o fato de que a Palavra de Deus ajuda os fiéis a entrar na intimidade com Deus, a enamorar-se d’Ele. Como a Palavra de Deus é Jesus Cristo, que salva e que a Sagrada Escritura por autoridade e inspiração transmite, a pastoral bíblica" não pode ser uma a mais, entre as outras pastorais que a Igreja oferece para evangelizar. A Palavra de Deus é chamada a ser a alma de toda a pastoral ou a seiva que nutre de vitalidade salvífica a atividade evangelizadora da Igreja.

Paróquia reinicia trabalhos pastorais

Dias especiais para os salesianos

A família salesiana também se reúne todo o dia 16 de cada mês para a Missa, às 19h, lembrando o dia de nascimento de Dom Bosco. E todo dia 31, a memória do fundador da Congregação Salesiana também é lembrada na celebração eucarística, sendo o dia no qual ele faleceu.

Um coração aberto

Na primeira sexta-feira do mês, já é tradição participar da Missa em honra ao Sagrado Coração de Jesus. Antes, os devotos fazem uma hora de adoração ao Santíssimo e rezam o Santo Terço. O Movimento do Apostolado da Oração guarda essa data ainda mais especial, já que a devoção ao sagrado coração é essencial ao carisma do movimento. 4 Presença Salesiana | Fevereiro/2012

No dia 31 de janeiro, a Paróquia Santo Antônio reinicia os seus trabalhos pastorais em uma Missa presidida pelo pároco, Padre Severino Piccinini, SDB, na Igreja Matriz. Para marcar o começo das atividades de 2012, os coordenadores paroquiais das pastorais, movimentos e ministérios receberão a sua pasta com o cronograma anual, lista de presença e demais materiais a serem utilizados durante o ano. E na mesma data em que a Igreja celebra a memória litúrgica de Dom Bosco, haverá a renovação da profissão religiosa de quatro salesianos: Jeferson Junio Moreira, Luiz Antônio Opata, Adriano Aureo Toillier, Luis José Bizarello. São aguardadas a presença de toda a comunidade paroquial, familiares e amigos, além de representantes da Família Salesiana.


Quaresma

Oração, penitência e caridade

Presença da Família Salesiana Antônio Braz renova seus votos

Tempo de conversão, nos chama a refletir sobre a saúde pública

Igreja celebra Epifania do Senhor

A noite do dia 15 de janeiro, na matriz, da Paróquia Senhor Bom Jesus do bairro Aventureiro de Joinville foi marcada pela celebração da Eucaristia em que o salesiano Antônio Braz de Oliveira renovou sua Profissão Religiosa por mais um ano na Congregação Salesiana. A celebração foi presidida pelo P. Ademir Ricardo Cwendrych, CDB e concelebrada pelo P. Dirceu Fernando Belotto, SDB, que, juntamente com o Salesiano Volnei Rafael Sevenhani, assistiram como testemunhas. Para nós, salesianos de Dom Bosco, é um momento vocacional muito rico em nossa caminhada. “Eis que venho Senhor, com Alegria, faço a vossa vontade” (Sl 39). Este foi o lema da primeira profissão religiosa do S. Antônio, em janeiro de 2008. E no dia da renovação de seus votos teve a honra de ter como salmo da Missa este mesmo salmo. “Foi uma alegria muito grande poder renovar o meu SIM vocacional na presença de amigos e irmãos de caminhada e amigos que fui conquistando ao longo desta missão. Isto me anima e me incentiva na caminhada, pois me dá a certeza de que vale a pena empenhar a vida por Cristo, seguindo os passos de nosso pai Dom Bosco”, afirma o Salesiano Antônio.

Família Salesiana

No dia 22 de fevereiro acontece a celebração de Quarta-feira de Cinzas, que abre o Tempo da Quaresma. Momento do recolhimento, da oração, da penitência e da caridade. Um período que nos atrai para as abstinências a fim de nos purifi-

car para o momento glorioso no qual se encontrará em Cristo a vitória da vida. Cada comunidade terá sua celebração de Quarta-feira de Cinzas, os horários serão divulgados mais próximos à data, durante as Missas que antecedem este tempo. Campanha da Fraternidade 2012 A Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) promove a Campanha da Fraternidade, desde o ano de 1964, como itinerário evangelizador para viver intensamente o tempo da Quaresma. A Igreja propõe como tema da Campanha da Fraternidade deste ano: A fraternidade e a saúde pública, e com o lema: Que a saúde se difunda sobre a Terra (cf. Eclo 38,8). Deseja assim, sensibilizar a todos sobre a dura realidade de irmãos que não tem acesso à assistência de Saúde Pública condizente com suas necessidades e dignidade. É uma realidade que clama por ações transformadoras. O objetivo geral desta CF é “promover ampla discussão sobre a realidade da saúde no Brasil e das políticas públicas da área, para contribuir na qualificação, no fortalecimento e na consolidação do Sistema Único de Saúde (SUS), em vista da melhoria da qualidade dos serviços, do acesso e da vida da população”.

Dizimo: opção generosa da pessoa de fé

A Comunidade Santo Antônio realizou a Missa de Terno de Reis, animada por um grupo de canto litúrgico, no domingo, dia 8 de janeiro, às 19h. A celebração foi presidida pelo pároco, P. Severino Piccinini, SDB, e animada com melodias resgatadas por um grupo de canto litúrgico da Comunidade Matriz. Conforme a tradição foi no dia 6 de janeiro, em que os reis magos Belchior, Baltazar e Gaspar visitaram Jesus Cristo. Neste mesmo dia, costuma-se desmontar os presépios e reti-

rar todos os enfeites natalinos. A solenidade da Epifania do Senhor nos ajuda a compreender o mistério do Natal, como manifestação da glória de Deus sobre todos os povos e nações. Nos magos do Oriente contemplamos os primeiros pagãos que reconhecem a manifestação de Deus indo ao seu encontro para adorá-Lo. A exemplo dos magos somos convidados a buscar em nossa vida a verdadeira Estrela que brilhou em Belém para todos os povos.

A Bíblia diz que quanto mais uma pessoa é generosa que abre a mão e o coração para partilhar, tanto mais recebe as bênçãos de Deus. O coração do egoísta é fechado para dar e, em consequência, também fechado para receber. Só quem é generoso e não tem medo de partilhar o que possui, está de fato, aberto para receber as bênçãos de Deus. “A alma generosa será cumulada de bens; e o que largamente dá, largamente receberá” Prov. 11. 25. Convidamos você a fazer a experiência do Dízimo neste ano, a partilhar de coração aberto esta oferta e perceber o quanto Deus é generoso. A fidelidade do dizimista não traz benefícios exclusivos para ele, há uma comunidade paroquial inteira que ganha com isso. Portanto, abra seus olhos para perceber as maravilhas do dízimo em sua vida e na do irmão. Presença Salesiana | Fevereiro/2012

5


Presença da salesianidade

Janeiro

Do Brasil para Joinville Mais um verão de missão salesiana, este ano as comunidades Nossa Sra. Aparecida e N. Sra. da Esperança, do bairro Aventureiro, foram as escolhidas

“Com a ação missionária realizamos um trabalho de paciente evangelização e fundamentação da Igreja em um grupo humano. Esse trabalho mobiliza todos os compromissos educativo-pastorais próprios do nosso carisma. A exemplo do Filho de Deus, que em tudo fez semelhante a seus irmãos, o missionário salesiano assume os valores desses povos e partilha suas angústias e esperanças. (C30)” No dia 08 de janeiro, durante a Missa das 19 horas, o Padre Ademir Ricardo Cwedrych, SDB, fez a abertura oficial das missões juvenis salesianas na cidade de Joinville. Com a presença das coordenações e lideranças das comunidades, Nossa Senhora Aparecida e Nossa Senhora da Esperança, foram apresentados os missionários que, durante os 15 dias estarão animando, visitando e abençoando as casas. São ao todo 13 missionários, vindos de diversas casas das presenças salesianas do sul do Brasil. Ao término da celebração, o coordenador da comunidade Nossa Senhora Aparecida, Fernandes, deu as boas vindas a todo o grupo e desejou que as missões fossem um tempo de graças para todos.

6 Presença Salesiana | Fevereiro/2012


75 anos

Presença no mundo

Haiti: dois anos depois Salesianos sonham em contribuir para formação de um país melhor

Fonte: Agência Info Salesiana (ANS) No dia 12 de janeiro de 2010, um terremoto de magnitude 7,0, com epicentro a cerca de 25 quilômetros de Porto Príncipe, atingiu duramente o Haiti. Os danos às construções foram enormes. Segundo a Cruz Vermelha Internacional e a ONU, o terremoto envolveu mais de 3 milhões de pessoas. No abalo sísmico, a realidade salesiana, que em 2012 recordará 75 anos de presença no Haiti, foi intensamente atingida. Quedas e lesões em várias obras. Mais trágica, no entanto, foi a perda de vidas humanas. O Salesiano Irmão, Sr. Hubert Sanon, dois Jovens Salesianos em formação, Atsime Wilfrid e Vibrun Valsaint, e perto de 250 meninos e rapazes da obra ENAM ficaram sob as ruínas. Outros alunos das escolas salesianas e membros da Família Salesiana faleceram neste episódio. A Procuradoria Missionária de Madri di-

vulgou um comunicado de imprensa com alguns dados que atestam o empenho dos salesianos no Haiti, interessados, em primeiro lugar, em formar e educar as novas gerações de haitianos. São mais de 23 mil meninos, adolescentes e jovens, e mais de 1,2 mil professores que hoje frequentam os centros educativos salesianos: escolas e centros de formação profissional. No Haiti, mais de 80% da população já vivia na pobreza e a metade da população não sabia nem ler, nem escrever. “ O Haiti não é um país dilacerado pelo terremoto de janeiro de 2010; é um país que foi espoliado muito tempo antes” – disse o economista haitiano Camille Chalmers. Sem dúvida, “ O Haiti é um país forte e o terremoto nos dá a possibilidade de refazer um país melhor” – dizem os salesianos que ali trabalham há 75 anos.

Salesianidade

A confissão e seus efeitos Um dia, um sacerdote, Vigário de uma cidade importante do Monferrato, foi procurar São João Bosco. Assim que chegou, desatou em pranto. O Santo ergue-o, e, amorosamente começou a interrogá-lo sobre a razão de tal angústia. — D. Bosco! Estou resolvido a abandonar a minha Paróquia, vejo que não posso fazer nada de bem, os meus esforços são correspondidos com indiferença e frieza sempre crescentes. Por toda a parte abundam a blasfêmia, o modo de falar desonesto, o desrespeito dos dias santificados, os maus hábitos, a dança, o escândalo. D. Bosco, aconselhe-me, por piedade! — Desde quando reina este estado de coisas? — Desde muitos anos, e vai sempre piorando. — O senhor rezou, fez rezar? — Imagine, Padre, se eu não havia de rezar! Muitas vezes fiz votos, mas tudo foi inútil. — Mas seus paroquianos vão à Igreja, frequentam os Sacramentos? — Vão à Igreja frequentam bastante os Sacramentos, mas depois... — As confissões são bem feitas? — Qual nada! Esse é o meu maior desgosto!... — Pois bem, faça assim: Volte para casa sossegado, e, de agora em diante faça sermões, unicamente sobre a excelência da confissão bem feita. O zeloso sacerdote obedeceu e quando, depois de três anos, encontrou D. Bosco na sala de espera da estação de Asti, jogou-se novamente aos pés e beijando-lhe a mão com afetuosa efusão, não acabava mais de lhe agradecer pelo conselho iluminado que lhe dera. — Pus em prática o que me aconselhou, e a Paróquia mudou como por encanto; proporciona-me sempre novas e indizíveis consolações. Confessai-vos Bem - Pe. Luiz Chiavarino – Págs. 34-37

A urna de Dom Bosco peregrina pelos Grandes Lagos

Fonte: Agência Info Salesiana (ANS)

A urna de Dom Bosco iniciou em 2012 sua peregrinação pela área dos Grandes Lagos Africanos, em Uganda, uma das três nações que compõem a Visitadoria São Carlos Lwanga, da África Grandes Lagos (AGL). Foram visitadas numerosas obras dos Salesianos e das Filhas de Maria Auxiliadora, em poucos dias, nos três países. Também no aeroporto de Bujumbura, capital de Burundi, o P. Gabriel Ngendakuriyo, Superior da AGL, coordenou a comissão de recepção. A primeira etapa da Urna foi o Centro juvenil salesiano, de Buterere, onde a relíquia foi recebida com entusiasmo, quarta-feira, 4 de janeiro, por animadores e jovens oratorianos. Presença Salesiana | Fevereiro/2012

7


Unidade

Missas de Natal uniram famílias Comunidades compartilharam final de ano com celebrações especiais, com expressiva participação

Final de ano é um período especial, afinal celebra-se o nascimento do Menino Jesus. Por isso, as reuniões de família, as ceias, os presentes, a árvore de Natal, tudo faz parte de uma cultura de paz e de unidade. Contudo, como fiéis católicos é preciso lembrar-se do essencial: a Santa Missa de Natal. Sim, porque melhor do que comemorar com a família é comemorar também celebrando a Eucaristia. Abaixo, a Paróquia Santo Antônio e suas comunidades lembram suas Missas de Natal, as imagens são retratos de momentos de muita fé e alegria.

Comunidade Matriz A Missa das 9h da manhã, da Igreja Matriz, foi motivada pela equipe da Infância e Adolescência Missionária, que fez uma linda apresentação de Natal. A Infância e Adolescência têm como objetivo despertar a criança para a missão. A criança missionária tem uma grande disposição ao serviço e justamente por isso se destaca. As crianças e adolescentes acolheram os fiéis da comunidade entregando-lhes uma estrela que foi usada durante a coreografia apresentada por eles após a comunhão. A Missa foi presidida pelo vigário paroquial, Padre Andréas Tonon, SDB.

Comunidade Nossa Senhora Aparecida Neste dia de Natal, tivemos uma Missa muito bonita em nossa comunidade. Por ser um dia tão especial, não podia ser diferente. Já na procissão de entrada, a Sagrada Família foi levada pela família de Luiz e Janeide Leite, sendo o Menino Jesus, levado até a manjedoura pela pequena Gabriela, que está se recuperando de uma enfermidade que sofreu em dezembro. A Missa foi presidida pelo Pe. Lino Satler e animada por um novo grupo de canto, composto pelo nosso tradicional músico Agnaldo, Zoraya, Vanessa (professora de música do Agnaldo e Barbar), Barbara e o marido da Vanessa no baixo. Participaram dessa celebração aproximadamente 300 fiéis.

Comunidade Nossa Senhora de Fátima O presépio foi um dos atrativos da celebração de Natal, ocorrido na Comunidade Nossa Senhora de Fátima. Ele esteve durante todo o tempo de Natal exposto na Igreja para lembrar deste tempo maravilho que encanta os corações e que resgata o valor da família.

8 Presença Salesiana | Novembro/2011

Informação Janeiro 2012  

Informação e Formação

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you