Page 1

Informativo do Centro Educacional Dom Bosco e da Paróquia Santo Antônio - Joinville/SC - Agosto/2011 | Ano 2 | Nº 14

´ Meio seculo ´ de historia Paróquia celebra cinquentenário com dedicação da Matriz

Pág. 8


Espontâneo

Experiência Salesiana Espaço para que você dê a sua opinião.

Uma história cinquentenária Dom Irineu Roque Scherer

Cinquenta anos se passaram da presença dos Salesianos na Diocese de Joinville. E quando se fala em história vem à mente os fatos e momentos vivenciados. Quantas pessoas poderiam ser elencadas que dela fizeram parte. Mas, em meio a tantas, sempre há as que foram protagonistas, os atores principais desta história. Sem desmerecer ninguém, destacamos a passagem dos vários padres salesianos. E quem são os padres salesianos? Resposta simples: eles são a presença de Dom Bosco no mundo moderno. Com certeza, uma grande responsabilidade. Dom Bosco, quando era pequeno, dizia: "Quando crescer quero ser sacerdote para tomar conta dos meninos. Os meninos são bons; se há meninos maus é porque não há quem cuide deles". E ele cresceu, tornou-se padre e cuidou dos meninos. Fundou obras e mais obras... O seu amor pelos jovens, sua dedicação e sua herança pedagógica vêm sendo transmitidos por homens e mulheres no mundo inteiro. Seu carisma será sempre atual.

Oxalá, se nossos jovens todos pudessem ser atendidos, em nossa cidade e região, como no tempo de Dom Bosco. E os padres salesianos devem se preocupar com isso, como tarefa de seu carisma. Quero me congratular com o cinquentenário da presença dos filhos de Dom Bosco na Paróquia Santo Antônio e no Centro Educacional. Foram muitos serviços prestados. Quantas missas, celebrações, batizados, confissões, casamentos, ordenações, unções, cursos, aulas, festas e celebrações em geral. Quantas crianças, adolescentes e jovens carentes atendidos, educados e formados. Quantos atendimentos de pessoas à procura de informações, orientações e serviços. Diante disso, só temos que parabenizar a todos os protagonistas deste cinquentenário e, em especial, todos os párocos, vigários e irmãos salesianos, os quais já escreveram ou escrevem atualmente as páginas desta história. Que, por intercessão de São João Bosco e Santo Antônio, Deus continue derramando suas bênçãos e graças. Parabéns, felicidades e muitos anos de vida!

Aconteceu

Missionários formados e enviados

Cerca de 150 missionários da Paróquia foram capacitados no Centro Educacional Dom Bosco (CEDB), no dia 2 de julho, para receber o envio às missões de agosto. Na ocasião, houve uma reflexão referente ao tema do encontro e apresentação musical das crianças da Infância Missionária, seguida da encenação do tea-

2 Presença Salesiana | Abril/2011

tro Querigmático, realizada por membros das pastorais. A assessora, Eloir Bez, trabalhou com o grupo os seguintes temas: missão e visitação; passos de visitas de casa em casa; e leitura bíblica de Lucas 10,1-12. A programação foi encerrada com a celebração eucarística, presidida pelo Pe. Severino Piccinini, na Matriz.

Pe. Severino Piccinini, SDB

Celebrações intensas nos espera neste mês “Todos os homens e mulheres batizados devem tomar consciência de que foram configurados com Cristo Sacerdote, Profeta e Pastor” (Bento XVI em D. A.). Estimados paroquianos, A caminhada catequética e evangelizadora da Igreja está marcada por momentos fortes no decorrer do ano. Há, assim, um mês mariano, um mês missionário, um mês do Rosário, um mês da Bíblia... E há também um mês vocacional. O mês de agosto é o mês vocacional. De modo especial, nossa Paróquia vai celebrar com muita intensidade este mês: o dia do padre, o dia dos Pais, o nascimento de Dom Bosco – exímio sacerdote -, a festa da dedicação de nossa Igreja Matriz, - grande centro de cultivo vocacional humano e cristão -, o aniversário de nascimento e a outorga do título de cidadão joinvillense ao Pe.Lino Satler, como retribuição da sociedade pelos seus 40 anos de dedicação em favor da verdadeira formação cristã e cidadã. Vamos vivenciar estes momentos com intensa alegria salesiana, colocando nas mãos do Senhor o esforço para viver todos os dias de nossa vida a serviço do seu Reino e agradecendo os inumeráveis benefícios vindos desde esta igreja que estamos consagrando para o culto divino. Como é bom termos estas oportunidades para crescer em nossa vida cristã e no conhecimento e vivência do carisma salesiano, trazido para esta cidade desde o ano de 1961. Bons festejos para todos! E que Deus derrame suas generosas bênçãos sobre todos nós.

Ar


Arraiá

Presença da juventude

Em clima caipira, sô

A Articulação da Juventude Salesiana também parabeniza a Paróquia pelos seus 50 anos. Veja o que os jovens disseram:

A festa tradicional foi animada por bandas populares e brincadeiras

Mais de cem jovens lotaram o auditório do Centro Educacional Dom Dosco para o arraiá da Articulação da Juventude Salesiana (AJS). O festerê aconteceu no dia 2 de julho e reuniu todos os grupos de jovens da paróquia. A festa já é tradição na AJS e, como toda boa festa julina, os pontos altos foram o casamento caipira e a quadrilha. Este ano, cada grupo de jovens ficou responsável por uma tarefa. O casamento foi encenado pelo grupo Jovens Mergulhadores de Cristo Senhor (JMC’S), da Comunidade Cristo Bom Pastor. Já a quadrilha ficou sob o comando do grupo de dança gaúcha, que também se encontra na Comunidade Nossa Senhora de Fátima. Os grupos Dom Bosco e Nossa Senhora Aparecida (NSA) trabalharam em conjunto, enfeitando o salão. As brincadeiras fi-

caram por conta do grupo São Domingos Sávio (SDS), enquanto a acolhida era de responsabilidade do Movimento de Jovens Encontristas (MJE). Para animar os presentes, a banda Almas da Canção tocou músicas populares e de animação. A elegância dos trajes e do comportamento caipira foi geral, mas com destaque para um casal do grupo de jovens SDS. Depois de uma criteriosa avaliação do júri, este casal foi escolhido o melhor par caipira da festa. A disputa para o próximo ano deverá ser mais concorrida. Os grupos NSA e SDS já contabilizam uma conquista cada. Os outros grupos já avisaram que “ano que vem voltarão para ganhar”, principalmente aqueles que se sentiram injustiçados pela escolha.

Presença da Juventude

“O jubileu de ouro de uma paróquia é um marco importante para todos que já passaram por aqui. São 50 anos dedicados à formação humana, social e espiritual. Durante minha vida de coordenadora e assessora da AJS, tive a oportunidade de coordenar e participar de eventos marcantes que puderam mostrar o rosto jovem desta comunidade paroquial. Agradeço a todos os salesianos que passaram por aqui e garantiram que o carisma de Dom Bosco fosse impresso nesta paróquia.” Maria Aparecida, assessora da AJS

Formação para líderes da AJS

Notas Curtas

Juventude será consagrada na JMJ ao Sagrado Coração de Jesus O Papa Bento XVI consagrará a juventude do mundo ao Sagrado Coração de Jesus durante a vigília de sábado, 20, na Jornada Mundial da Juventude (JMJ). Por meio da consagração, o pontífice pedirá que Deus auxilie a juventude a testemunhar, diariamente, a fé católica. Com esse gesto, o Papa pretende motivar os jovens a uma maior aproximação do próprio Cristo. Para que todos estejam bem preparados para a consagração, os organizadores da JMJ propuseram um breve catecismo, explicando as consequências deste ato. O catecismo tem como base a mensagem de Bento XVI para a JMJ de 2011, em Madri, e aponta que a consagração é um ato de fé, esperança e amor por Cristo.

“Quando um a comunida marca de 50 de chega anos de histó à ria é um núm que nos anim ero a a continua r andando e dá certeza nos de uma bas e concreta. século de e Meio xistência é muita coisa, ainda há m mas uito por vir. Depende de mantermos nós essa trajetóri a, para que samos pross poseguir e mos trar a identid do jovem cri ade stão, rumo a o centenário .” Helouíse Regina

No próximo mês, a AJS promoverá a segunda etapa da escola de coordenadores e líderes. Serão dois dias de estudos para os coordenadores e lideranças dos grupos de jovens da paróquia. O evento tem o objetivo de capacitar a juventude para continuar o trabalho dos grupos. A formação vai acontecer na comunidade Nossa Senhora de Fátima, nos dias 24 e 25 de setembro. São esperados aproximadamente 40 jovens. No sábado, a juventude participará da missa na comunidade. A primeira etapa da escola aconteceu nos dias 30 de abril e 1° de maio, na Comunidade Nossa Senhora Aparecida. Presença Salesiana | Abril/2011

3


Presença de comunhão

Vocações

Toda a vida é um chamado divino Descobrir a missão que Deus nos deu traz realização pessoal e espiritual

A irmã Maria Plebani descobriu sua vocação na infância, por volta dos 12 anos de idade. A ideia de ser freira amadureceu com o tempo e, ao completar 23 anos, ela recebeu a permissão de seu pai, após intermédio de um promotor vocacional. “Hoje são 39 anos de alegrias na minha caminhada como irmã. Os desafios são descobrir novas formas para que a missão seja mais transformadora. Sou feliz e realizada”, conta a irmã que também incentiva as jovens a responderem positivamente ao chamado religioso. Realização pessoal também é característica da vocação de Antonio José Paul, ministro extraordinário da comunhão que descobriu na vida em família seu chamado divino. Para ele, a vida familiar é como um berço das vocações e a primeira comunidade de todos nós. “É na família que nascerão autênticos médicos, advogados, empresários, empregados e, especialmente, autênticos religiosos e consagrados”, enfatiza. Os exemplos de vocações são diversos e, sempre que respondidos pelo vocacionado, abrem possibilidades de realização pessoal e espiritual. Quem segue o caminho de Deus só tem a ganhar. E você? Já descobriu sua missão?

Grupos Bíblicos

S

5ª Concentração dos GBR's

Cerca de 90 pessoas participaram da 5ª Concentração Paroquial dos Grupos Bíblicos (GBR), no dia 23 de julho, momento de integração que reuniu 74 grupos de nossa paróquia. O evento contou com a assessoria do Pe. Jorginho e, durante o encontro dos grupos, também houve uma gincana, animada pelo Pe. Ivanor e acompanhada por nosso pároco, Pe. Severino e pelo Pe. Lino, considerado o pai do GBR. As comunidades Nossa Senhora Aparecida e Santo Antônio foram as campeãs da gincana que contou com muita música e apresentações culturais. O próximo grande encontro dos GBR será em setembro, por ocasião das Missas nas Casas.

A Fam trab tequ casa devi A rádio da e dou sa d Nov “N da d com dam

Paróquia presente no Arraiá da Esperança

4 Presença Salesiana | Abril/2011

Grupos Bíblicos

O Arraiá da Esperança aconteceu no dia 9 de julho, no Sítio Novo. O evento foi promovido pelo Conselho Diocesano de Assuntos de Dependência Química. A Paróquia Santo Antônio esteve presente e ainda conquistou o título de 1º Príncipe e 1ª Princesa no Concurso de Rei e Rainha 2011. O casal Tânia e Pedro Paulo Graciano conseguiu 6.300 votos. O lucro arrecadado foi dividido entre as casas que promoveram o evento e trabalham na recuperação e prevenção da dependência química, como a Fazenda da Esperança (Garuva), Essência de Vida (Araquari), Associação São Francisco de Assis - ASFA (São Bento do Sul), Pastoral Antialcoólica (Joinville) e Pastoral da Sobriedade (Jaraguá do Sul).Promotor do Arraiá, o Conselho tem a missão de integrar as casas que acolhem os dependentes, grupos de apoio e de prevenção, promover ações, viabilizar e auxiliar na sustentação econômica para que possam oferecer um atendimento especializado aos que buscam tratamento.


Comemoração

Semana da Família 2011

Neste ano, o encerramento contará com apresentação do Pe. Reginaldo Manzotti

com Cristo (ECC), que também tem a família como foco de suas atividades”, avisam os coordenadores paroquiais da Pastoral Familiar, Aurea Maria Bet e Pedro Paulo Bet, que há mais de 15 anos trabalham com famílias (o casal atuou como coordenadores paroquiais na gestão 2009/2010). Atualmente, a Pastoral Familiar da Paróquia Santo Antônio conta com 20 pessoas e organiza cursos de noivos, casamentos comunitários e encontros para casais. No mês passado, a Pastoral promoveu a formação de 100 agentes para orientar casais em segunda união. O evento contou com a assessoria do Pe. Wladimir Porreca (Psicólogo, Doutor e pós Doutor na área de Famílias) e teve como tema “Família, formadora de Valores Cristãos”.

Cerco de Jericó pelas famílias Durante as quartas-feiras de agosto - e nos dias 07 e 14 de setembro -, o Grupo de Oração da Comunidade Santo Antônio promoverá o Cerco de Jericó. Serão 24 horas de orações e meditação da Palavra com temas voltados para as necessidades atuais das famílias. O Cerco de Jericó vai acontecer sempre após as missas das 19h e seu tema tem como referência a passagem do Evagelho de Lucas que anima o movimento da Renovação Carismática Católica neste ano: “...por causa da tua Palavra lançarei a rede” (Lc 5,5).

Notas Curtas

Nova metodologia coloca pais na dinâmica da Catequese Para que os catequizandos contem com o melhor acompanhamento de seus pais ou responsáveis na vida cristã, uma nova metodologia de catequese foi adotada pela Paróquia. As famílias agora participam de uma formação que antecede à catequese, de acordo com o manual da diocese, “Nossa Vida com Jesus”. As turmas que iniciaram a Eucaristia e a Crisma, neste semestre, já participam desta metodologia. Agora em agosto, os catequizandos recebem o livro específico para esses encontros. Assim, daqui a dois anos, eles estarão preparados para receber o sacramento da Eucaristia.

Voluntárias de Dom Bosco: testemunho silencioso Seguir a Cristo, no meio secular, é o principal desafio das mulheres salesianas consagradas que fazem parte do Instituto das Voluntárias de Dom Bosco (VDB), fundado pelo beato Filipe Rinaldi (1856 – 1931), terceiro sucessor do fundador da Congregação Salesiana. As voluntárias não se apresentam como leigas consagradas. Elas vivem sua profissão religiosa (castidade, pobreza e obediência) sem que nada as distinga – aparentemente - dos outros leigos. Sempre atentas às necessidades das comunidades, onde estão inseridas, elas vivem segundo o espírito das bem-aventuranças para ser um dom aos irmãos. Suas presenças são silenciosas, porém evangelizadoras e tem como foco a família, o trabalho, a política, sindicatos, paróquias. Elas estão em qualquer lugar em que possam expressar a espiritualidade salesiana como resposta alternativa à indiferença generalizada nos dias de hoje. O Instituto está presente em quatro continentes (América, Europa, África e Ásia) e tem sede em Roma. No Brasil, 52 voluntárias atuam em 12 cidades, fiéis à vocação marcada pela mesma caridade pastoral que Cristo colocou no coração de Dom Bosco. Para mais informações, visite o site oficial do Instituto (em italiano): http:// www.volontariedonbosco.org.

Família Salesiana

A Pastoral Familiar promoverá a Semana da Família, dos dias 14 a 20 deste mês. O evento trabalhará temas do livro Hora da Família na catequese, no grupo de reflexão e na reunião de casais. Neste ano, não haverá abertura paroquial devido à dedicação da Igreja Matriz. A Semana será organizada em conjunto com a rádio Arca da Aliança por ocasião do aniversário da emissora que, para marcar a ocasião, convidou Pe. Reginaldo Manzotti. Ele celebrará a missa de encerramento da Semana, dia 21, no Sítio Novo. “Nossa paróquia ficou responsável pela acolhida do evento de encerramento, cujas atividades começarão às 13h30. Todas as pastorais nos ajudam, de forma especial no Encontro de Casais

Presença da Família Salesiana

Equipes ensaiam para o Cerimonial de Dedicação da Igreja Matriz Duas etapas de ensaio para a missa solene, por ocasião dos 50 anos da Paróquia Santo Antônio, foram realizadas no dia 30 de julho sob coordenação do Cerimoniário, Pe. Jorge Oskowski, pároco da Catedral de Joinville. No mesmo dia, além das equipes que irão participar durante a celebração, coroinhas e acólitos foram treinados para servir durante as atividades do Cerimonial de Dedicação da Igreja Matriz. A Missa, na qual haverá o rito Dedicação, será celebrada domingo, 14 de agosto, às 9h. Participe deste grande momento! Presença Salesiana | Abril/2011

5


Presença da salesianidade

Ho

Premiação

Educandos fazem aula de Capoeira

Núcleo de Dança conquista 3ª colocação em Festival de Dança Sacra

P h

Cinco estados, além de Santa Catarina, participam da 12ª edição deste evento realizado em junho na cidade de Joinville

A Cia. de Artes Dom Bosco, representada por seu Núcleo de Dança juntamente com a educadora Karina, concorreu pela categoria Dança de Rua 2, durante o 12º Festival de Dança Sacra de Joinville, promovido nos dias 24 e 25 de junho. Com uma grande torcida, o grupo fez

Educandos do curso de Serviços Administrativos participaram de aulas de capoeira do CEDB com o professor convidado Edilson Fernando de Borba. O professor treina capoeira há sete anos e, na ocasião, demonstrou e compartilhou suas habilidades numa aula descontraída que, para muitos, foi desafiante. A aula de capoeira aconteceu no dia 28 de junho e faz parte do investimento em atividades esportivas diversificadas, para beneficiar a saúde e aprimorar as aptidões físicas dos educandos do Centro Educacional Dom Bosco.

uma bela apresentação, conquistando a 3ª colocação na modalidade. Este evento faz de Joinville referência nacional de dança sacra, e desde sua 7ª edição conta com participações de bailarinos de vários estados como: Paraná, São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais e Goiás.

Em clima de Festa Julina, encerrou-se o primeiro semestre do CEDB no dia 15 de julho. Todos foram convidados a vestir traje caipira e entrar no festejo organizado por educadores e líderes das turmas. Depois da oração inicial, feita pelo Ir. Aroldo, a confraternização prosseguiu com vídeo da retrospectiva do

No intervalo das aulas, músicas populares foram tocadas pelo núcleo de música da Cia. de Artes Dom Bosco, no dia 30 de junho, durante sua primeira apresentação musical do ano. Os integrantes doaram seus horários de intervalos para os ensaios da banda na sala de música, com os educadores Agnaldo Armindo e Geraldo Garcia. A apresentação animou o intervalo e mostrou uma proposta diferente para os educandos do Dom Bosco.

6 Presença Salesiana | Abril/2011

semestre, casamento caipira, quadrilha, concurso do "mais jeca", apresentações artísticas, dança do "pau de fitas", correio elegante, brincadeiras e muitos brindes. Foi um momento muito alegre e cheio de atrações, marcado pelo jeito salesiano de ser, que contou com a presença garantida de toda a comunidade.

Notas Curtas

Festa Julina encerra o primeiro semestre do CEDB

Núcleo de Música faz primeira apresentação de 2011

N vai rio d cida de a O pelo do Mun mid And “R bilid em pres tidã em sac


Homenagem

Pe. Lino recebe título de cidadão honorário em Joinville Nome do sacerdote salesiano foi aceito por unanimidade na Câmara de Vereadores. Cerimônia acontece dia 18 de agosto No mês das vocações, a cidade de Joinville vai homenagear Pe. Lino Satler, SDB, o vigário da Paróquia Santo Antônio, com o título de cidadão honorário. A cerimônia ocorre dia 18 de agosto, às 17h, na Câmara de Vereadores. O nome do sacerdote salesiano foi indicado pelo secretário regional Pedro Campos, quando assumia o posto de vereador na Câmara Municipal. Os vereadores aceitaram por unanimidade a proposta, que foi articulada pelo Pe. Andreas Tonon, SDB. “Recebo esta honraria sob uma responsabilidade muito grande, mas com humildade, em vista do cinquentenário da paróquia e da presença salesiana no município, e por gratidão à Inspetoria São Pio X. Aceito também em solidariedade a todos os meus irmãos de sacerdócio", declara Pe. Lino. Origens No dia 21 de agosto, o padre, natural de Jaraguá do Sul, também celebra o seu 86º aniversário natalício. Ele realizou seu noviciado na cidade de Pindamonhangaba, em São Paulo, entre os anos de 1945 e 1946, quando professou seus primeiros votos. Sua profissão perpétua foi em 1951 na cidade de Lorena, também no Estado de São Paulo. Ordenado presbítero na capital paulista, por imposição das mãos de Dom Orlando Chaves, assumiu como lema sacerdotal: “Com Jesus Cristo em Deus” (Fl 3,3). Pe. Lino dedicou 40 anos de sua vida sacerdotal à Paróquia Santo Antônio. Quando a paróquia ainda não havia sido desmembrada e abrigava 21 comunidades, o sacerdote chegava a percorrer mais de mil quilômetros, todos os meses, para atender cada uma, sempre com amor e doação.

Notas Curtas

Salesianos Cooperadores se reúnem em Encontro Provincial Nos dias 16 e 17 de julho, estiveram reunidos, em Porto Alegre, os Salesianos Cooperadores da Província. Do Centro Local Santo Antônio, de Joinville, participaram o pároco, Pe. Severino Piccinini, SDB; Rita de Cássia Fernandes, secretaria provincial (SSCC); Lygia Mara Jaques e seus pais, Ademar e Sueli Jaques. O encontro provincial é realizado a cada três anos e busca oferecer um espaço de partilha e amizade entre os Salesianos Cooperadores do Paraná, Rio Grande do Sul e Santa Catarina. A Paróquia vai acolher o próximo evento da província: uma reunião dos coordenadores dos Centros Locais, em 24 e 25 de setembro. Saiba mais sobre os Salesianos Cooperadores em www.salesianoscooperadores.org.

Presença no mundo

Salesianidade

Dom Bosco rodeado de flores* No Estado de Santa Catarina, a “Cidade dos Príncipes” foi denominada Joinville pelos colonizadores do século XIX, embora aqui já existissem outros príncipes, no sentido de os “primeiros que pegaram o lugar”: os habitantes do sambaqui, os tupis guaranis, os imigrantes do século XVIII. Banhada pelo rio Cachoeira, Joinville acolheu o primeiro filho de Dom Bosco, o Pe. Tercílio Nardelli, no dia 1º de julho de 1961. Ele chegou para assumir os trabalhos de organização da nova Paróquia, dedicada a Santo Antônio, instituída oficialmente em 15 de agosto de 1961. Concretizou-se o sonho de Monsenhor Sebastião Scarzello, que conheceu pessoalmente Dom Bosco, em Turim, e insistiu com os superiores para que os salesianos se estabelecessem aqui. Paulatinamente a localidade do final da Rua Dr. João Colin, relegada e de má fama na cidade, foi modificando. O Pe. Nardelli dedicou-se com afinco na construção da igreja matriz. Em 1963 é substituído pelo Pe. Antônio Possamai que trabalhou para imprimir as linhas de ação pastoral na Paróquia. As abnegadas Irmãs Catequistas Franciscanas, que chegaram a Joinville em 1960, desde os primórdios foram grandes colaboradoras no trabalho de educação e de evangelização. A Paróquia salesiana chegou a atender, além da matriz, mais 20 Comunidades. Em 1977, quando da inauguração da catedral de Joinville, D. Gregório Warmeling deu à Paróquia Santo Antônio o honroso título de “A Sentinela de Joinville”. O coração oratoriano, sempre atento às necessidades dos adolescentes e jovens, levou a construir o Instituto Joinvillense. Atualmente, o Centro Educacional Dom Bosco é um espaço compartilhado pela Paróquia e pela Obra social para o trabalho de promoção humana, de educação e de evangelização, reconhecido publicamente. Celebrar o cinquentenário da Presença Salesiana é olhar para a história com gratidão. Parabenizamos a Paróquia de Santo Antônio e almejamos que esta, junto com o CEDB, continue significativa na cidade. Somos gratos aos Diretores e Párocos que animaram, não obstante os desafios, a ação salesiana. Agradecemos aos salesianos, aos evangelizadores e educadores e a todas as pessoas que construíram os cinquenta anos. Pe. Orestes Carlinhos Fistarol - Inspetor Salesiano * Veja o texto na íntegra no site Presença Salesiana | Abril/2011

7


Rumo aos 50 anos

Aniversário e Dedicação este mês na Paróquia >> Retrospectiva A presença da Igreja no bairro Bom Retiro, em Joinville, iniciou em 8 de fevereiro de 1959, quando foi fundada a comunidade Santo Antônio pelo então bispo diocesano Dom Gregório Warmeling. Em 1961, a Congregação dos Salesianos de Dom Bosco foi convidada para assumir o governo e a animação pastoral da nova comunidade, cheia de desafios e possibilidades. Em 15 de agosto deste mesmo ano foi criada a Paróquia Santo Antônio, com a posse do seu primeiro pároco, Pe. Tercílio Nardelli, SDB. Juntamente com o trabalho pastoral na Paróquia, a preocupação salesiana da educação da juventude foi concretizada nas primeiras máquinas de datilografia doadas por paroquianos para que fosse possível proporcionar um curso à juventude da comunidade. Nascia, assim, o Instituto Joinvillense de Educação e Assistência (IJEA), que deu início anos mais tarde ao Centro Educacional Dom Bosco.

Santo Antônio O bispo emérito de Ji-Paraná (Rondônia), Dom Antônio Possamai, SDB, presidirá a Missa de 50 anos da Paróquia Santo Antônio no domingo, 14 de agosto, às 9h. A celebração contará também com a presença do arcebispo emérito de Cuiabá, Dom Bonifácio Piccinini, SDB. Na ocasião, haverá a dedicação da Igreja Matriz e, durante a Missa, estarão presentes o inspetor da Inspetoria Salesiana São Pio X, Pe. Orestes Carlinhos, SDB, e diversos sacerdotes da inspetoria e da Diocese de Joinville.

Cinquentenário da Paróquia Santo Antônio Missa às 9h, na Igreja Matriz Presença do bispo emérito de Ji-Paraná (RO), Dom Antônio Possamai SDB. 8 Presença Salesiana | Abril/2011

Informativo agosto 2011  

Formação e Informação

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you