Page 1

Comunidade Sacramento de Amor

Ano III. Edição 31 . Junho / 2011

Sacramento de Amor Dois anos de episcopado à frente da Diocese de Divinópolis

Carisma Rezar pela cura interior

O amor é Concreto Carmosina

Espiritualidade Vem , ò Espirito Santo!

Sacramor em Ação Festa da Divina Misericórdia Encontro de Cura Interior Processo Formativo

Fé e Vida Adeir da Silva

A Igreja Somos Nós Dom Tarcisio dois anos a frente da Diocese


Sacramento de Amor somos nós!

o! t n a S o it

r i p s E ò Vem,

O amor é concreto

Vem, ó criador Espírito,

Por ti nós bem conheçamos,

As almas dos teus visitai;

E em ti, Espírito de ambos

Os corações que criastes,

Em todo tempo creiamos.

Enche de graça infinita.

A Deus Pai se de a glória

Tu, Paráclito és chamado

E ao Filho ressuscitado,

Dom do Pai celestial,

Paráclito e a ti também

Fogo, caridade, fonte

Com louvor perpetuado. Amém

Viva e unção espiritual.

V. Envia o vosso Espírito, e a

Tu dás septiforme graça;

tudo será criado.

Dedo és da destra paterna;

R. E renovareis a face da terra.

Do Pai, solene promessa,

Oremos. O' Deus, que instruíste

Dás força da voz suprema.

os corações de vossos fieis com

Nossa razão esclarece,

a luz do espírito conheçamos o

Teu amor no peito acende,

que é reto, e gozemos sempre as

Do nosso corpo a fraqueza

sua consolação. Por Cristo Nosso

Com tua força defende.

Senhor.

De nós afasta o inimigo.

Amém.

Dá que Deus Pai e seu Filho

Carisma

Rezar pela cura interior é uma prática necessária e eficaz Todo ser humano, alguns mais, outros m e n o s , t ê m necessidade de cura interior, isso porque temos feridas internas, às vezes ocultas, mas que podem influenciar de modo negativo nosso agir, comportamentos e caráter, impedindonos de vivermos uma vida emocional equilibrada e relacionamentos sadios. Rezar pela nossa cura interior é uma prática necessária e eficaz, mas que requer muita perseverança. Quando temos em nosso corpo alguma ferida inflamada, evitamos a todo custo que alguém a toque, caso contrário pode doer muito. A solução é procurar o médico e passar por um processo doloroso para retirar toda inflamação, processo que precisará ser repetido várias vezes até que a ferida seja completamente curada. O que vai determinar o tempo do tratamento necessário será a gravidade da inflamação. Por causa da dor, às vezes paramos o tratamento, mas não devemos. Se o nosso corpo reage dessa maneira em relação ao sofrimento, não podemos dizer que em nosso coração a reação seja diferente. As mágoas, os ressentimentos, raivas, desejo de vingança e outros sentimentos que se enraízam dentro de nós podem causar grandes feridas em nosso interior. E todas as vezes que alguém tocar nessas feridas, ainda que não tenha

intenção de fazê-lo, poderá nos machucar profundamente. Por causa disso, podemos nos tornar pessoas amargas, desconfiadas, rancorosas, deprimidas e difíceis de conviver. Trazemos feridas na alma e nem sempre temos coragem de assumi-las e tratá-las. Daí a importância de se “mostrar” essas feridas a Jesus e deixar que o amor gratuito d'Ele nos ajude a perdoar aqueles que nos ofenderam, para assim curar por completo toda inflamação interna do nosso coração. Esse processo também é doloroso, precisará ser repetido muitas e muitas vezes até sermos curados. No meio do caminho, provavelmente choraremos, pois, podem nos faltar forças, talvez tenhamos vontade de desistir, mas é preciso perseverar. Muitas pessoas deixam de viver as promessas de Deus e experimentar Seu poder porque não perseveram. Jesus disse que aquele que “perseverar até o fim, será salvo”. Deus tem, com certeza, uma missão grande para nossa vida, mas é preciso deixar que Ele cure tudo aquilo que nos impede de prosseguir. Ele não desistiu de Pedro quando este o negou, não desistiu de seu povo no deserto quando lhe desobedeceram, não desistiu de Davi quando se adulterou e não desistirá de nós enquanto não alcançarmos tudo aquilo que Ele sonhou para cada um de nós. “Deus sempre abençoa o esforço da busca” (João Paulo II)

Há doze anos nascia a Comunidade “Sacramento de Amor”! Esta é também a idade de meu renascimento! Naquela época sentia em meu coração um forte desejo de dar um novo rumo à minha história. Sempre trabalhei muito para ter o que queria para mim e para minha família. Não posso me queixar porque Deus foi muito generoso comigo: tenho uma família maravilhosa e mais do que o necessário para viver. Depois de tantos anos de lutas e conquistas, começou a arder em minha alma um forte sentimento de gratidão e uma necessidade de trabalhar para Deus. Foi quando conheci a Comunidade “Sacramento de Amor” e sua missão junto aos pobres. Ofereci minha disponibilidade e toda boa vontade de meu coração. Percebi a necessidade de alimento naquele lugar porque era grande o número de necessitados que procuravam a ajuda da Comunidade. Comecei batendo às portas daqueles que conhecia e também daqueles que nunca vira antes, para pedir auxílio material. Não foi fácil porque nem todas as pessoas estão dispostas a ajudar e outras nem mesmo têm a sensibilidade para escutar, mas encontrei muita generosidade também! Nunca me desanimei porque sempre vi que a Comunidade “Sacramento de Amor” não parou nas dificuldades e sua confiança em Deus sempre foi a minha força. Meu impulso para a luta renascia quando contemplava cada necessitado de pão, roupas, remédios, amor e atenção. Nesta Comunidade vi Jesus crucificado e, ao abraçálo, uma nova vida renasceu em mim. Nesta nova vida fiz a mais surpreendente constatação: nenhuma riqueza deste mundo se iguala ou se compara à riqueza que encontrei na Comunidade “Sacramento de Amor”. Algumas das pedras preciosas que cintilam ali eu quero revelar para você: alegria, simplicidade, perdão, despojamento, partilha, fé, perseverança, oração. Ali eu vi o rosto de Deus, ali eu vi a misericórdia, ali eu renasci! Venha fazer parte dessa obra! Carmosina de Sousa - Empresaria aposentada Contribuinte da Comunidade

Eduardo Moreira - Fundador

Sacramento de Amor somos nós! (37)3222-5322 Conta: 904421-2 Ag:0113 Op:003 - Caixa Econômica Federal Associação Imaculada Conceição

Isabela Lamounier Av. Cel. Amancio Bernardes, 205, sala 101-Centro Santo Antônio do Monte-MG (37)3281.2212 - 9984-1200

Produção de Moda e Styling Maquiagem Profissional Designer de Acessórios

(37) 8827 5014

Ajude-nos patrocinando este espaço (37) 3222 5322


Sacramento de Amor somos nós!

Ele cura os corações despedaçados.

Sacramor em Ação

Festa da Divina Misericórdia em Araújos Missionários da Comunidade “Sacramento de Amor” estiveram em Araújos/MG no dia, primeiro de maio para a “Festa da Misericórdia”. O encontro começou às 14h:30 minutos na Igreja Matriz de São Sebastião com momento de louvor e oração. Às três horas foi rezado com toda a assembléia o “Terço da Misericórdia”. Em seguida, Eduardo Moreira conduziu uma oração de perdão, para que, a partir da experiência do amor misericordioso de Deus, todos pudessem vivenciar também a experiência libertadora do perdão. Roberta Vivas, durante o encontro, falou sobre a necessidade de se buscar viver o amor em família, que é o bem maior que possuímos. E que só o amor seria capaz de nos transformar e nos fazer viver em comunhão, conforme nos ensinam as Palavras de Jesus. Ao final do encontro, houve um momento de adoração ao Santíssimo Sacramento, quando todos puderam rezar por suas intenções particulares e suplicar a Jesus Misericordioso, as graças que Ele prometeu conceder aos devotos de sua Divina Misericórdia.

Momento de oração durante o encontro.

A Comunidade “Sacramento de Amor” realizou no dia 15 de maio o seu primeiro encontro de Cura Interior deste ano de 2011. Com vários momentos de oração, pregações e adoração, o encontro que teve início às 08 horas encerrou-se com a Santa Missa presidida pelo padre Hélio Cristino de São Joaquim de Bicas e concelebrada pelo Padre Adão Carlos. Pela manhã ,foi trabalhado o tema “A cura pelo amor”. A missionária da Comunidade, Roberta Vivas, abordou esse tema, afirmando que amar e ser amado é condição fundamental para ser feliz. “É importante amar para que as pessoas se tornem melhores e não o contrário, ou seja, esperar que elas melhorem para que possamos amá-las”. O fundador da Comunidade, Eduardo Moreira, falou sobre a importância

de se permanecer em Deus, para conseguir perseverar em seu caminho: “caminho de vitória”. Houve alguns testemunhos de irmãos que foram acolhidos pela Comunidade e se recuperaram na Casa de Acolhimento “São Pio” . No período da tarde, Pe. Daniel Leão preparou todos que ali estavam para um grande momento de adoração. Falou sobre o tema do encontro “Ele cura os corações despedaçados” à luz do “encontro de Jesus com a samaritana”. A emoção tomou o coração de todos no momento em que Pe. Daniel trouxe em procissão o Santíssimo Sacramento para que pudéssemos adorá-Lo. Muitas pessoas estiveram presentes e puderam testemunhar o amor de Deus que continua curando muitos corações! Como nos lembra Hebreus: “Jesus Cristo é o mesmo, ontem, hoje e sempre”! Dep. Comunicação Sacramento de Amor

Processo Formativo e entrada de novos “Filhos da Misericórdia” aqueles que queiram futuramente se tornar membros consagrados. No dia 29 de abril, foi celebrada na Capela Nossa Senhora Aparecida a Santa Missa presidida pelo Padre Ulisses Alvim. A Missa foi celebrada de modo especial pela entrada em mais uma etapa do processo formativo ‘‘Tratos de Amor’’ de Michele Aparecida da Silva e Carolina Fonseca. Ainda nesta Eucaristia deu-se a entrada de novos “Filhos da Misericórdia”. Os “Filhos da Misericórdia” que fizeram o compromisso são: Daniel Diniz e Tais Regina, Gabriela Cristina e Frederico Tiago, Marcos Machado e Larissa Pardini, Leonardo Arruda e Ketry Barros, Eliana de Fátima, Leila de Paula e Edmar Santana, Patrícia de Paula e Irani Pereira. No dia 24 de maio, o casal Geraldo e

www.sacramentodeamor.org.br

Rádio online no site da comunidade aguaviva106.7@hotmail.com Citologia e Anatomia Patalógica Ltda. Prevenção: O melhor remédio Citologia e Anatomia Patológica

Fone:(37)9904-1402

E-mail: ciap@laboratoriociap.com.br - Site www.laboratoriociap.com.br Av. Getúlio Vargas, 840 - Centro Fone (37) 3222-4100 - Fax: (37) 3214-2930 CEP: 35500-024 - Divinópolis - MG

AGENDA

Segundo os Estatutos da “Comunidade Sacramento de Amor”, todos os membros devem passar por um processo formativo, aprovado pelo Conselho Geral, em preparação para a Consagração ao Carisma. Esse processo dura aproximadamente de três a quatro anos os quais são divididos em “1º e 2º ano de Compromisso” e “Tratos de Amor”. Após a Consagração, periodicamente, os membros recebem “formação permanente” elaborada pelo Moderador e pelo Formador Geral. Entretanto, é preciso lembrar que anterior a esse processo acima citado tem-se a etapa dedicada aos chamados “Filhos da Misericórdia”. Estes são voluntários e vocacionados que assumem o compromisso apoiados pelo Carisma – de ajudar a Obra e também de fazer parte da Comunidade. Essa é a primeira fase do processo vocacional para

R o b e r t a V i t o r, t a m b é m m e m b r o s d a Comunidade, renovaram seus compromissos com a Obra, no processo formativo de “2º ano de Compromisso”, com a Santa Missa presidida pelo Pe. Adão Carlos Teixeira, na cidade de Pitangui. Christyam de Lima / Sabrina de Fátima

13 a 17/06 Semana de Adoração Local :Centro de Evangelização 19/06 Encontro de Casais Local : Centro de Evangelização 25/06 Luau Local :Centro de Evangelização


Sacramento de Amor somos nós!

A Igreja somos nós

Fé e Vida Meu nome é Adeir da Silva, tenho 39 anos, sou natural de Piracema e fui acolhido pela Comunidade Sacramento de Amor há cinco anos. Quando criança éramos muito pobres e aos seis anos de idade perdi meus pais. Eu e meus quatro irmãos tivemos que nos separar. Cada um foi adotado por uma família. Sofri muito neste período, antigamente os pais batiam muito para educar seus filhos e comigo não foi diferente. Apanhei bastante. Estudei até a quarta série, fiz o catecismo e a primeira comunhão. Com dez anos comecei apresentar sintomas de esquizofrenia e fui internado no hospital de Resende Costa. Fiquei morando em um albergue para continuar o tratamento, que durou alguns anos. Neste tempo sentia muita falta da minha família. Quando voltei para Piracema comecei a trabalhar e tinha uma vida normal. Com quatorze anos minhas crises voltaram a ser freqüentes. Precisei de um acompanhamento médico e por causa disso fui levado para o asilo da cidade, aonde permaneci até 2006. Era bem cuidado, mas às vezes sentia solidão. Em 2006 por conseqüência de uma crise, tive que vir para Divinópolis. Fui internado no hospital Bento Menni para um tratamento psiquiátrico. Fiquei neste hospital 2 meses. Não tinha como voltar para minha cidade e nem condições de viver sozinho. Minha família adotiva não tinha mais condições de cuidar de mim. Um amigo muito próximo da minha família buscou ajuda na Comunidade Sacramento de Amor e no dia 04 de julho de 2006 fui acolhido na Casa de acolhimento “São Pio”. Aqui estou a cinco anos e sou muito feliz. Conheci a Deus e ganhei uma outra família. Sou acompanhado pelos médicos e voluntários da Comunidade. Às vezes sinto saudades da minha família e dos meus irmãos. Rezo para que eles também estejam bem. Agradeço muito por esta Casa e por todos que fazem parte desta Obra. Adeir Silva

Dom Tarcisio fala sobre os seus dois anos de episcopado à frente da Diocese de Divinópolis No dia 17 de maio Dom Tarcisio completou dois anos à frente da Diocese de Divinópolis. Em entrevista concedida ao departamento de Comunicação da Comunidade “Sacramento de Amor”, ele reafirmou que a Diocese de Divinópolis possui um presbitério muito bom e um laicato bastante dinâmico e ativo. Disse também que encontrou aqui uma presença rica de religiosos. Destacou ainda a importância, para a vida da Igreja, dos Movimentos e das Novas Comunidades que são as ‘Associações Privadas de Fiéis’.

e o centro da vida paroquial. Redescobrir a importância e o valor do Sacramento da Reconciliação. Promover entre nós sempre e cada vez mais uma escuta da Palavra e o anúncio da Palavra”. (Dom Tarcisio) Afirmou a necessidade de empenho no sentido de favorecer cada vez mais a vida cristã, orientar os fiéis sobre a centralidade da Palavra de Deus: Palavra que se expressa para nós nas Sagradas Escrituras e também na Sagrada Tradição; Palavra que é confiada a todo o povo de Deus, e, ao mesmo tempo, uma Palavra cuja autêntica interpretação é confiada ao Magistério da Igreja; a Palavra de Deus como centro; Palavra que nos explica o Papa Bento XVI na exortação Verbum Domini, que é o “Logus” o próprio Verbo de Deus encarnado; Palavra também que expressa toda a história da salvação. Quanto ao Setor da Juventude, lembrou que esse foi um dos primeiros encaminhamentos à frente da Diocese. Logo ao chegar, Dom Tarcísio criou este setor, que antes estava inserido no Setor Família e Vida. Disse ele que é preciso ter uma atenção especial para com a juventude. “O jovem precisa ser protagonista no anúncio desta Palavra em relação a outro jovem”, completou.

Em se tratando dos trabalhos realizados nos últimos dois anos, Dom Tarcisio afirmou que, apesar de suas limitações, não tem medido esforços no sentido de converter cada vez mais a caminhada desta Diocese, apontando para aquilo que ele julga como metas a serem cumpridas. Falou também sobre a Assembléia Diocesana que vem sendo elaborada. Segundo ele, essa é uma assembléia interna da Diocese que está em processo de construção e irá alcançar o seu término em 2012. A última foi realizada em 2001 e seu objetivo é atualizar algumas diretrizes à luz do Documento de Aparecida. “Tenho um sonho: se for possível, promovermos também um Sínodo Diocesano, por ocasião dos 50 anos do Concilio Vaticano II”, afirmou o bispo.

Para Dom Tarcisio a “missão” é um desafio assumido por todos. O Bispo também falou sobre a Assembléia Geral da CNBB que aconteceu em Aparecida/SP, entre os dias 4 e 13 de maio, quando foram aprovadas as novas Diretrizes da Ação Evangelizadora para os próximos 4 anos.

“A grande prioridade, não só para nossa Diocese, mas para a Igreja da América Latina e do Brasil, é o forte apelo que nos faz o Documento de Aparecida sobre a missão Continental”, continuou Dom Tarcisio. Disse ainda: “Temos também como prioridades aquelas que o próprio Papa João Paulo II ,no início deste milênio, apontou como o nosso empenho à vocação a santidade”.

Finalizando, Dom Tarcisio lembrou sua participação em Roma por ocasião da beatificação de João Paulo II e chamou a atenção quanto à percepção que a vocação à santidade é universal: “todos são chamados à santidade”.

“Redescobrir a arte da oração. Nos tornarmos sempre mais orantes. Fazer realmente da Eucaristia dominical o centro de nossas vidas

Roberta Vivas / Christyam de Lima

Expediente: Publicação: Comunidade Sacramento de Amor Rua José Lourenço,1040 São Judas Tadeu Divinópolis MG Cep: 35.501-246 Tiragem: 2.000 exemplares Impressão: Grafica Sidil Diagramação: Tais R. Diniz Fotos: Cristyam de Lima / Arquivos Telefone: (37) 3222-5322 contato@sacramentodeamor.org.br

25/06 - N. Senhora Rainha da Paz 27/06 - N. Senhora do Perpétuo Socorro m

Co

A Mâe

Santo

13/06-Santo Antônio 24/06-Nascimento de São João Batista 29/06-São Pedro e São Paulo, Apóstolos 30/06-Primeiros Mártires da Igreja de Roma

intercessor

gsidil@yahoo.com.br Telefax: (37) 3214-2444 Avenida Paraná, 1.480 - Bairro Sidil - CEP 35501-169 Divinópolis - Minas Gerais

UM NOME DE CONFIANÇA. Telefone: (37) 3222-6255 Endereço: Av. Paraná, 556 – Divinópolis-MG

sacramentodeamor  

sacramentodeamor

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you