Issuu on Google+

om de amor

IGREJA CATÓLICA APOSTÓLICA ROMANA - DIOCESE DE SÃO JOSÉ DOS CAMPOS

Ano 2 - Maio/ Junho - 2012

Eis o Cordeiro de Deus

Aquele que tira o pecado mundo!


om de amor

Tel: (12) 3929-4872

COMUNIDADE TOM DE AMOR Associação São João Batista - ASSOJOB - CNPJ 07.246.345/0001-09 Fundador: Luís Carlos Bustamante Costa - Co-Fundadora: Maria Aparecida Pereira Diagramação: Luís Carlos e Fabrício Flausino - Impressão: Katú Editora Gráfica Jornalista Responsável: Fernanda Albuquerque e Silva - Mtb 25.017 - Tiragem: 5.000 exemplares - Distribuição Gratuita Redação: Praça Ronaldo Davoli, 252 - Jardim das Flores - SJCampos Fone: (12) 3929-4872 - site: www.tomdeamor.com.br - e-mail: contato@tomdeamor.com.br


Como é a revelação de um

Carisma? Como se revela a espiritualidade de um Carisma ? Treze anos de amor e fidelidade! Tempo de grandes graças. Tempo de contemplar o que Deus fez apesar de nossa fraqueza. Tempo de colher. Tempo de podar, de preparar novas mudas e replantar. Tempo de louvar, louvar, louvar. Daí, a primeira pergunta talvez seja: Como se revela a espiritualidade de um Carisma? Ou, se você preferir: Como se forma a espiritualidade de uma vocação? A pessoa do fundador Um primeiro e indispensável elemento é a pessoa do fundador: sua história de vida, sua forma de relacionar-se com Deus, com a Igreja, com a Palavra, com o homem, com os irmãos, com os pobres, com as contingências de sua vida, sua maneira própria de ver o mundo e de viver a fé, a esperança e a caridade. Isso é feito ao longo de toda a sua vida. Antes mesmo de seu nascimento já se pode e deve encontrar na história de sua família elementos do que se chama de “espírito do fundador”. Deus, que é o autor do Carisma, providencia sinais que poderão ser lidos depois pelos discípulos do fundador como elementos importantes na formação da espiritualidade de sua vocação. Na medida em que o fundador vai vivendo, o Carisma revela-se, como vimos, em sua história e visão de mundo. Isso, logicamente, de forma natural, espontânea, não programada. Ninguém nasce e cresce sabendo que vai fundar uma comunidade. Somente ao longo da vida – e, no nosso caso, depois que a Obra foi fundada, a pessoa vai percebendo que Deus lhe deu dois carismas essenciais para a fundação: o Carisma de Fundador (para fundar uma comunidade, instituto religioso, congregação, movimento, etc.) e o Carisma da Fundação (ou seja, o Carisma que caracterizará o que fundou: Carisma Franciscano, Carisma Carmelita, Carisma Vicentino, Carisma Tom de Amor). O primeiro, e exclusivo do fundador. Ninguém a não ser ele tem o Carisma de Fundador. O segundo, o Carisma da Fundação, é o carisma que o fundador fará despertar, por identificação, em todos os seus discípulos ou, se preferirmos uma linguagem mais técnica, o Carisma que o fundador transmitirá aos seus discípulos. Estes, desde toda a eternidade, foram eleitos por Deus para viver este determinado Carisma e o trazem como parte de sua identidade de filhos de Deus. Ao longo da história de vida do fundador, vai-se delineando a espiritualidade de um Carisma a partir do que se chama de “espírito do fundador” que é, em resumo, a forma histórica como o fundador viveu e vive o Carisma da Fundação. O Carisma da Fundação passa pela pessoa do fundador, necessariamente, mas independe dele. A Espiritualidade da Fundação também passa pela pessoa do fundador, necessariamente, e também independe dele. Já o Espírito do Fundador, não somente “passa” pela pessoa do fundador, mas o acompanha durante toda a vida e depende essencialmente dele, pois é a forma como ele, e mais ninguém, o vive. Enquanto vivo, viverá a Espiritualidade do Carisma de sua forma

própria, isto é, revelando o Espírito do Fundador. Uma vez falecido o fundador e o co-fundador, a Espiritualidade do Carisma, ou da Fundação, estará, já estabelecida. Da mesma forma, o Espírito do Fundador. Este permanece na história, tradição e espiritualidade da fundação e deverá ser imitado e seguido por seus discípulos, mas, evidentemente, confinado ao tempo histórico do fundador. Caberá aos discípulos “cavar”, pesquisar, rezar, explicitar e vivenciar o Espírito do Fundador e a Espiritualidade da Fundação e conservá-los vivos através de uma adesão vivencial. No entanto, estes não serão mais modificados, sob pena de se mutilar o próprio Carisma, revelado enquanto o fundador e co-fundador estiverem em vida. Os discípulos A existência de discípulos é o “atestado de Deus” de que um Carisma é autêntico. Pela identificação com o fundador e o espírito do fundador, eles começam a aproximar-se dele e se unirem a ele em sua missão e vocação. Estes discípulos, ao longo da história de um Carisma, serão formados de acordo com a Espiritualidade do Carisma (ou da Fundação) e com o Espírito do Fundador, levando-os adiante, através da vivência, mesmo após o falecimento deste. Daí a necessidade absoluta de, no tempo certo, sem queimar etapas, deixar-se bem clara a identidade de um Carisma, sua espiritualidade e o espírito do fundador e de se formar os discípulos segundo esta identidade e espiritualidade. A Dimensão Cristológica e Evangélica Ao longo da história do fundador, o Espírito o introduz no mistério de Cristo cumprindo uma ação iluminativa e conformativa ao mesmo tempo. A partir da compreensão de um determinado mistério e em torno a esse, articulase, em uma síntese harmônica e completa, a visão de todo o mistério de Cristo e do seu Evangelho. Também em torno deste mistério, se harmonizam os elementos estruturais da vocação, o que dá a ela sua característica e identidade única. A dimensão cristológica que o Espírito nos apresentou foi que, “ o filho do homem não veio para ser servido mas, para servir e dar a sua vida em redenção por muitos.” (Mc 10,45) Tal mistério cristológico, embora vivido por todos os cristãos, é entendido e vivenciado pelos que possuem o Carisma Tom de Amor de forma única, a partir da estrada nova percorrida pelo fundador. Ter clareza quanto ao mistério cristológico de uma vocação é essencial para a identificação vocacional e adesão pessoal incondicional ao Carisma com a conseqüente e coerente vivência do mesmo.

Luis Carlos Bustamante Costa Fundador

CASA DE CARNES JOSEENSE Tel.: (12) 3929-9221 Estrada Munic. Martins Guimarães, 68 Jd. ValParaíba - SJCampos - SP

DISK SUPLEMENTOS:

3902-6797 Sem taxa de entrega

- Ganho de Massa Muscular - Redução de Gordura - Energia e Disposição nos Treinos - Saúde e Bem Estar Físico - Produtos Importados e Nacionais

Av. das Rosas 553 – Jd. Motorama – São José dos Campos


Catequese

João Batista Um verdadeiro crítico contundente Coincidentemente, a Festa do Nascimento do profeta João Batista aconteceu no domingo, Dia do Senhor. O momento é de lembrança e de memória da vida desse santo, aliás muito popular, na vida do cristianismo e na tradição do Brasil. Foi um nascimento testemunhado nos primeiros tempos da Igreja e conservado pela história nos escritos da Sagrada Escritura. Os pais de João Batista, Zacarias e Isabel, eram já idosos, mas Deus, numa visão, prometeulhes um filho, o filho da velhice. João seria aquele que deveria prepara o caminho para a realização da Aliança de Deus, em Jesus Cristo. Isto se deu nos arredores de Jerusalém, tendo João Batista relação com o ministério de Jesus. O mesmo fato misterioso aconteceu na vida de Maria, uma jovem da Galileia, temente a Deus, que tinha feito um voto de esterilidade. Mas Deus lhe fez conceber e dar à luz um filho, concretizando a Aliança feita com Abraão e agora finalizando com a nova humanidade, com o nascimento de Jesus Cristo. Na mentalidade do tempo, ser estéril era visto como desonra e castigo de Deus, uma vergonha (Gn 30, 23). Todas as mulheres deveriam ser como a terra, aquela que faz germinar a semente. Zacarias e Isabel entendem que o filho era um dom de Deus, um

POINT

STEP POINT POINT PUMP AERO POINT

O acréscimo “batista”, ao nome de João, significa aquele que batiza, isto é, que batizou Jesus Cristo nas águas do Rio Jordão. Que veio pedir conversão do povo e mostrar a profunda misericórdia de Deus, diferente das atitudes praticadas pelo Imperador Herodes, autoridade sem piedade, que mandou decapitar João na prisão. A presença de João Batista, pela sua fidelidade e coerência, tornou-se um perigo para as “falsas” autoridades do tempo. João foi um crítico contundente do poder vigente. Foi esse o real motivo de sua condenação e martírio. Isto significa que as falsas autoridades têm medo das palavras do profeta, de quem age defendendo a vida do povo e seus verdadeiros direitos. Dom Paulo Mendes Peixoto Arcebispo de Uberaba (MG)

BOXE TAEKWONDO KRAV MAGA

C O N S U LT Ó R I O ODONTOLÓGICO

MUAY THAI MUSCULAÇÃO JIU-JITSU STREET BALL MMA PISTA DE CORRIDA

A c a d e m i a

24h

3431-2591 (12) 3906-0565

Das 6h de Segunda às 18h de Sábado Domingo: das 09h às 13h

Dra. Janaína de A. Vieira Especialista em Prótese Dentária ID 14*158272 (12) 3906-6614

CROSP 76941

FITNESS

verdadeiro presente, que nasce com uma missão em Israel.

Av. das Rosas, 687, Sala 7 - Jd. Motorama Particular e Convênio

Tel. 3902-2517


Na comunidade tive uma juventude muito saudável e feliz Na história da Comunidade Tom de Amor passaram muitos filhos e filhas de Deus, muitos deixaram suas marcas, e podemos dizer com certeza que a nossa querida «Fran» deixou saudades. Francislene Faria Costa, 26 anos, é Planejadora de Importados na Empresa Johnson. Filha de José Sebastião da Costa e Célia Faria Costa, que também são muito queridos dentro da comunidade onde sempre estiveram a disposição na realização de vários eventos como o Hallel Vale em todas as suas edições. Fran tem apenas um irmão, mais novo, que é o Vanderson Faria Costa. Fran não teve só um passagem pela comunidade, ela participou, celebrou, chorou, sorriu, enfim, em seus 10 anos de Comunidade (Janeiro/ 2000 á Agosto/ 2010), deixou marcou que levaremos sempre em nossa memória. Ela diz que durante todo esse caminho na comunidade ela teve uma juventude muito saudável e feliz, na qual aprendeu a se comunicar bem, obteve um crescimento na área espiritual e pessoal, aprendeu a lidar com seus medos e inseguranças, e tudo isso devido ao convívio com os irmãos. Fran sempre gostou de cantar, enfim de tudo que a comunidade proporcionava. Luís Carlos, nosso fundador comenta: «No início de 2000, depois de 6 meses de criação do Coral São João Batista, na Paróquia São Sebastião da Vila Industrial, recebemos em nosso ensaio que sempre foram 2 horas antes da missa duas meninas, adolescentes ainda, Mônica e a Fran. A dupla inseparável, rsrs! Lembro que naquele dia quando começamos a ensaiar os olhos das duas brilhavam. Fran depois de alguns minutos já soltava a garganta e que em pouco tempo nós já a identificávamos facilmente. Lembra Gralha? rsrs... Seu crescimento se deu de maneira rápida pois sempre gostou de expressar suas aptidões. Sempre franca,

LIVRARIA DA PAZ 25 Anos A Serviço da Boa Leitura e Formação

(12) 3922-2353 R. Cel. José Monteiro, 525 - Centro - S.J.Campos - SP email: livrariadapaz@bol.com.br

sincera, pode aos poucos mergulhar no carisma da comunidade que ali nascia. Em 2009 quando Deus nos inspirou a dar um nome que expressasse nosso servir e amar, Fran teve um papel importante na sugestão inspirada de Deus para nosso novo nome. Dali para frente, deixávamos de se chamar Associação São João Batista e começamos a ser chamados Comunidade Tom de Amor, onde o carisma de servir no amor e na alegria fosse buscado sempre no Tom Maior de Deus em nossas vidas. Enfim, Franscilene, a Fran, é filha querida, como outros, e que sempre terá lugar especial conosco. Hoje ela continua sendo benfeitora porque sempre acreditou e acredita nessa obra que não é humana, mas que conta com nossa humanidade para produzir os frutos que o Senhor idealizou e sonhou. No momento Fran participa do Coral na Missa das crianças na Paróquia Nossa Senhora do Rosário na Vila Tesouro. E deixa uma mensagem: “Desejo que Deus continue a abençoar a Comunidade e toda a obra que Deus à confiou. Que nós sejamos sempre fervorosos na oração e ouvintes à voz do Espírito Santo”.

Depósito

CENTRAL Tudo para sua construção Cimento - Pedra - Areia - Tijolos Hidráulica e Elétrica - Pisos - Revestimentos

Tel: 3929-5091 - Fax: 3929-1509 Av. Antônio Costa Nunes, 781 Campos de São José - São José dos Campos - SP

Shoppings: Vale Sul / Colinas S.J.C.

E X P R E S S


e t n e g a o m o c e t n e G Família: Sustentáculo da Missão Se podemos descrever um perfil para o Diácono Nelson é: simpatia. Nelson Albino Thomaz nasceu em Caçapava, no dia 23/11/48. De família humilde cresceu observando já dentro de casa uma grande luta de fé: seus pais eram de outras religiões. A mãe era espirita e o pai evangélico. Começou a trabalhar cedo e quando conseguiu realizar alguns cursos com muita dificuldade iniciou seus trabalhos como Ajustador de Torno Automotivo e Torno Revolver. Em 1971 casou-se com sua querida Odete da Silva Thomaz, filha ilustre de Eugênio de Melo, com quem teve cinco filhos: 01 homem e 4 mulheres, além de ter também 9 netos. Nelson sempre gostou de futebol e por causa dele na juventude começou a participar da Congregação Mariana na Paróquia São José. Depois foi convidado para ser Ministro da Eucaristia na Paróquia Imaculada Conceiçaõ. Também mais tarde foi coordenador das Ceb’s e Pastoral da Saúde também na Paróquia Imaculada Conceição. Em 1994 foi convidado pelo Pe Rogério Felix Machado, com o qual tem muita estima, para a Escola Diaconal. Os estudos eram muito puxados, exigiam muita entrega, mas com a graça de Deus pude com a ajuda de toda minha família realizar todo o curso em seus cinco anos de duração, comenta Nelson.

Em 25 de Julho de 2003, Nelson e outros companheiros de caminhada receberam a Ordenação Diaconal pelas mãos do então Bispo Diocesano Dom Nelson Westrupp. Hoje, Diacono Nelson atua na Paróquia São José Operário, na Vila Paiva, onde é muito querido pelos paroquianos, mas continua com suas raízes fundadas em nossa região morando no Galo Branco. Que o Senhor lhe abençoe e lhe dê muita saúde para continuar nesta caminhada de serviço a comunidade eclesial.

Estética e Beleza Sandra

bo Ce

Cortes • Quí micas • Penteados Maquiagens • Progressivas • Depilaç ã o

la Lanche s

Pedicure • Manicure • Limpeza de Pele TRABALHAMOS TAMBÉM COM

Consórcio Premiado Tupperware

NOVIDADE!! de BATATA RECHEADA

Ganhe R$ 300,00 em peças sem sorteio!

Av. das Rosas, 631 Jd. Motorama - SJCampos

(12) 3912-7259 / 3303-3124

sansalao@hotmail.com

TeL.: (12) 3906-0039

nos e 13 a ualidad Q e r Sabo

(12) 3912-5918 / 3912-9290 Avenida das Rosas, 681 - Jd. Motorama


Eu em

os consolarei

todas as suas

aflições O centro geográfico e histórico da devoção ao Sagrado Coração se encontra em Paray de Monial, pequena localidade francesa de Borgoña, na qual vivia a religiosa da Visitação que recebeu as aparições de Jesus no século XVII, Santa Margarida Maria Alacoque (1647-1690). Detalhes e a mensagem desta página da história da Igreja ficam recolhidos na página web da diocese de Autun, na qual se encontra este santuário que cada ano recebe mais de trezentos mil peregrinos. A mensagem que Jesus deixou a estas religiosas francesas, a primeira das aparições aconteceu em 27 de dezembro de 1673, é uma visão de Deus que contrasta com a tendência do século em que estourou o jansenismo. «Meu Coração divino está tão apaixonado de amor pelos homens, e por ti em particular, que ao não poder conter em si as chamas de sua ardente caridade, há que transmiti-las com todos os meios», disse-lhe Cristo nesta ocasião segundo ela escreveu depois. A visita de João Paulo II a Paray le Monial, em 5 de outubro de 1986, deu uma nova vitalidade à devoção ao Sagrado Coração de Jesus. Breve história da devoção

aberta, da qual brotava sangue, e de seu interior saia uma cruz. Santa Margarida escutou o Senhor dizer: 'Eis aqui o Coração que tanto amou os homens e, em troca, recebe da maioria dos homens só ingratidão, irreverência e desprezo, neste sacramento de amor'. Nosso Senhor, com as seguintes palavras nos diz em que consiste a devoção: amor e reparação. Amor pelo muito que Ele nos ama. Reparação e desagravo pelas muitas injurias que recebe, sobretudo na Sagrada Eucaristia. Nosso Senhor apareceu numerosas vezes a Santa Margarida Maria Alacoque (de 1673 até 1675). Nessas aparições, Ele fez 12 importantes promessas. Leia-as abaixo com atenção e você perceberá os grandes benefícios espirituais que essa devoção trará para sua vida. 1ª Promessa:“Eu darei aos devotos de meu Coração todas as graças necessárias a seu estado”. 2ª Promessa:“Estabelecerei e conservarei a paz em suas famílias ”. 3ª Promessa:“Eu os consolarei em todas as suas aflições”. 4ª Promessa:“Serei refúgio seguro na vida e principalmente na hora da morte”.

A devoção ao Sagrado Coração de Jesus existiu desde os primeiros tempos da Igreja, quando se meditava sobre o lado e o Coração aberto de Jesus de onde jorrou sangue e água. Deste Coração nasceu a Igreja e por ele se abriram as portas do céu. Veneramos nela o próprio coração de Deus. No século XVII estabeleceu-se definitiva e especificamente a Devoção ao Sagrado Coração de Jesus, solicitada pelo próprio Jesus Cristo a Santa Margarida Maria Alacoque.

8ª Promessa:“As almas fervorosas subirão em pouco tempo a uma alta perfeição”.

Em 16 de junho de 1675 Nosso Senhor apareceu a ela. Seu Coração estava envolto em chamas, coroado de espinhos, com uma ferida

9ª Promessa:“A minha bênção permanecerá sobre as casas em que se achar exposta e venerada a imagem de meu Sagrado Coração”.

5ª Promessa:“Lançarei bênçãos abundantes sobre os seus trabalhos e empreendimentos”. 6ª Promessa:“Os pecadores encontrarão em meu Coração fonte inesgotável de misericórdias”. 7ª Promessa:“As almas tíbias tornar-se-ão fervorosas pela prática dessa devoção”.

10ª Promessa:“Darei aos sacerdotes que praticarem especialmente essa devoção o poder de tocar os corações mais endurecidos”. 11ª Promessa:“As pessoas que propagarem esta devoção terão o seu nome inscrito para sempre no meu Coração”.

Corpo Incorrupto Santa Margarida Maria Alacoque

12ª Promessa:“A todos os que comunguem nas primeiras sextas-feiras de nove meses consecutivos, darei a graça da perseverança final e da salvação eterna”.

ORAÇÃO DE CONSAGRAÇÃO AO SAGRADO CORAÇÃO DE JESUS (Composta por São Cláudio de la Colombiére) COMO REPARAÇÃO a tantos ultrajes e a tão cruéis ingratidões, ó Coração adorável e amabilíssimo de meu amável Jesus, eu Vos ofereço meu coração com todos os movimentos de que ele é capaz. Dou-me inteiramente a Vós e, a partir de agora, protesto sinceramente que quero esquecer inteiramente de mim mesmo, para destruir o obstáculo que poderia me impedir a entrada nesse Coração divino que Vós tivestes a bondade de me abrir, e onde desejo estar para aí viver e morrer com vossos servidores mais fiéis, inteiramente penetrado e abrasado por vosso amor. Sagrado Coração de Jesus, ensinai-me o esquecimento perfeito de mim mesmo, pois é a única via por onde se pode chegar a Vós. Já que tudo o que farei de agora em diante será vosso, fazei que eu só faça o que seja digno de Vós. Ensinai-me o que devo fazer para chegar à pureza de vosso amor, do qual Vós me haveis inspirado o desejo. Sinto em mim uma grande vontade de Vos agradar e uma imensa impossibilidade de faze-lo sem uma luz e um socorro muito particular, que só posso esperar de Vós. Senhor, eu me oponho a Vós, sei-o bem, mais eu desejaria, parece-me, não me opor. Só Vós tudo podeis fazer, divino Coração de Jesus Cristo. Só Vós tereis a glória de minha santificação, se chego a ser santo, o que me parece claríssimo. Minha santificação será Vós uma grande glória, e é somente por isso que quero desejar a perfeição. Assim seja”. Fonte: www.ascj.org.br


13 anos de serviรงo e


amor a Igreja de Cristo


Música&Arte Pr

Olá caros irmãos e irmãs em Cristo, Salve Maria! Gostaríamos de trazer a todos vocês a partir deste mês uma série de artigos que refletem sobre a Música Sacra, mais especificamente sobre a Música Sacra Católica e sua belíssima e antiquíssima Tradição bimilenar. Vamos percorrer pelas diversas etapas da História da Música as características que mais marcaram cada tipo de repertório e veremos que não é possível falar de Música Ocidental (até mesmo das canções populares que hoje escutamos no rádio!) sem falar de Igreja Católica. E tudo isso, ao contrário daquelas frases que muitas vezes escutamos sendo repetidas, sem nenhum escrúpulo, em nossas escolas, universidades, mídia em geral e, infelizmente, algumas vezes dentro da própria Igreja; frases essas que dizem que a Igreja era contra a ciência, que fé é uma negação da razão, que na idade média a Igreja proibia o estudo de muitos assuntos, e por aí vai a lista de mentiras. Na verdade, qualquer pessoa que se debruce com um mínimo de atenção no estudo da História verá que a maior parte do conhecimento que a humanidade adquiriu desde a Encarnação de Nosso Senhor Jesus Cristo até hoje não se deu apesar da Igreja (como dizem os inimigos da Madre Igreja), mas sim a partir dela. Foi com o apoio da Igreja que muitas áreas do saber humano se desenvolveram, um dos casos mais claros é o do das artes. Seria possível imaginar toda nossa pintura, arquitetura, filosofia, música, aritmética, astronomia sem a influência dos mosteiros católicos medievais? Claramente que não. No entanto, é evidente que o estudo das artes liberais não foi criação da Igreja Medieval, este teve seu início já na

ital v m arcenaria Móveis planejados CNPJ 14.063.448/001-69 IE 645336562111

email: ed.v.jesus@ig.com.br Kelly Edson (12) 9133-0893 (12) 3929-2810 (12) 8144-2986

“Agindo Deus, quem impedirá!”

A

Profº João Marcos

Antiguidade, mas foi somente nas Universidades Medievais (estas sim criações da Igreja!) que obtivemos o apogeu destes estudos superiores e das artes liberais. Portanto, como vimos e veremos nos próximos artigos, qualquer pessoa que diga que nos mais ou menos 1000 anos de Idade Média a Cristandade não fez outra coisa senão abolir o saber humano, o livre uso da razão e a “ciência” ou é profundo ignorante ou muito mal intencionado. Ainda sobre esse assunto recomendo a todos a leitura do livro Como a Igreja Católica construiu a Civilização Ocidental do historiador e professor americano Thomas Woods. No texto de hoje tivemos apenas uma introdução do que iremos abordar nesta série de artigos. No próximo mês falaremos mais designadamente sobre o Canto Gregoriano, uma joia rara do Catolicismo. Comentaremos suas raízes e influências judaicas, o primado do texto sobre a música, a Criação da Schola Cantorum pelo Papa Gregório Magno, sua oficialização como canto litúrgico, etc. Então, até lá! Anseio que tenham se interessado pelo assunto e por esse mundo fascinante da música que passa necessariamente por dentro da Tradição da nossa tão querida Igreja Católica. S a l v e M a r i a Santíssima, a mãe do Senhor. Santa Cecília, rogai por nós!

João Marcos Viana da Costa, bacharel em Violão Clássico pela USP de Ribeirão Preto e professor da Escola Tom de Amor.

Drogaria

thenas Sua saúde em boas mãos

Entrega em Domincílio

3929-4965

Convênios Droga Bella, Droga 15 e RPC Av. J.K., 6812 - Vila Industrial - S.J.Campos - SP

Cássio

Presentes

A solução para você que quer comprar presentes para casamentos e utilidades para o lar Porcelanas, Inox, Decorações e muito mais Rua das Papoulas, 67 - Jd. Motorama Tel.: (12) 3902-6721


o d a g i l e u fiq

Celebrando o 46º Dia Mundial das Comunicações Sociais, a Pascom Diocesana realizou o encontro com seus agentes com a presença de Pe Joãozinho, scj. Com o tema proposto pelo Santo Padre o Papa Bento XVI: Silêncio e Palavra: Caminho de Evangelização, o evento culminou com a Santa Missa celebrada pelo próprio Pe Joãozinho no Santuário Santa Terezinha do Menino Jesus. Com alegria o Ministério Tom de Amor esteve presente animando toda a Liturgia.

Esta acontecendo na Paróquia Espírito Santo desde o dia 21 de Abril o Curso de História da Igreja com o Professor Felipe Aquino, CN. A Comunidade Tom de Amor está participando com os Postulantes Marcel, Gilberto, Gabriela e Francine. Este estudo está sendo valoroso para nosso aprofundamento na fé, comenta Gabriela. Conhecer a nossa Igreja é mais um atrativo para amá-la cada vez mais.

Mês de Junho é corrido!! Sim, além de ser mês de nosso aniversário de Fundação, é o mês que buscamos fundos para a manutenção da Obra participando com nossa Barraca do Caldinho nas Festas Juninas. Dia 9 de Junho foi na Mectron e como nos anos anteriores foi um sucesso. Boa participação do público e é claro, bastante caldinho e suco de uva.

Nos dias 29 e 30 de Junho foi na ADC Embraer. Acontecendo pela primeira vez em 2 dias, o evento graças a Deus contou também com a ajuda do clima, sem chuvas, e assim o público presente pode desfrutar em muito de nossos caldinhos, diga-se de passagem os amigos da Área de Pré-equipagem do EMB170-190. rsrs

AR

REFEIÇÕES

DISK MARMITEX Atendemos Empresas e Comércio

Restaurante Comida Caseira

Tel: 3929-7005 Avenida JK, 7.730 - Vila Industrial

Revista

ANUNCIE

om de amor

Seja um sócio na evangelização

Servindo no amor e alegria

Te: (12) 3929-4872


a ç a r na g

no vigor!!

Retiro

A gratidão abre as comportas do céu Data: 7, 8 e 9 de Setembro Local: Obra Magnificat (Putim) Taxa: R$ 35,00

Realização Comunidade

om de amor Servindo no amor e alegria

Informações: (12) 3929-4872 Escola

om de amor

Aulas para adultos jovens e crianças

Método prático e Ligue agora: (12) 9156-2560 ou 3207-1854 fácil

Servindo no amor e alegria

Professora Patrícia


S

a ú de no om certo Diabetes 5,6% da população adulta do Brasil (acima de 18 nos) têm diabetes, segundo dados divulgados pelo Ministério da Saúde em maio de 2012 [1] (Pesquisa Vigitel 2011). A diabetes se caracteriza pelo acúmulo de açúcar no sangue e pode ser de três tipos: Tipo 1 (ou insulinodependente), Tipo 2 (ou não insulinodependente) e Gestacional (em mulheres durante a gravidez). A diabetes aumenta o risco de doenças do coração e do rim e pode levar à cegueira, entre outras [1] [2] complicações. Fontes: [1] http://www.biogenetics.com.br/n oticias/ver/ministerio-da-saudediz-que-56-dos-adultosbrasileiros-tem-diabetes[2] http://www.diabetes.org.br/parao-publico/tudo-sobre-diabetes [3] http://www.diabetes.org.br/exam es/531

Samantha Karina Silva Alves (35 anos) descobriu em meados de 2010 que tinha a diabetes tipo 1. Ela disse que sempre foi gordinha, mas nunca teve nenhum problema de saúde, e, por essa razão, não tomava muitos cuidados com sua saúde. Quando foi diagnosticada a doença, ela pesava 91 kg. Samantha estava com 147mg/dl de glicose no sangue (taxa de glicose normal varia de 70 até 110 mg/dl)[3]. Porém, somente, após, aproximadamente, sete meses desse diagnóstico, com o surgimento das alterações em sua saúde, como dificuldades para enxergar, mesmo usando óculos, Candidíase e taxa de glicose no sangue de 336mg/dl, que ela adotou mudanças em seus hábitos, cortando de sua dieta alimentar o açúcar e os carboidratos. Emagreceu 10 kg. No entanto, esse não era um emagrecimento saudável, pois, conforme foi explicado pelo endocrinologista, devido à má alimentação, o organismo estava queimando a gordura porque não tinha o que queimar e, por isso, ela sentia tonturas, dores de cabeça e nas pernas e muito cansaço. Então seu médico indicou uma nova dieta alimentar, a qual ela vem seguindo fielmente. Não foi fácil adotar essas mudanças, mas com perseverança, ajuda da família e dos amigos e confiança em Deus, Samantha conseguiu controlar a diabetes, já que a doença não tem cura. Sua taxa de glicose está agora em 82mg/dl. Quando vai a festas e confraternizações, ela come alguns docinhos, mas sem exageros. Hoje Samantha se sente muito bem e com ótima saúde. Emagreceu bastante, como podemos ver nas fotos. “Em tudo isso dou glórias a Deus, por nunca desistir de mim e por me fazer enxergar o quanto devo dar valor à minha saúde e à minha vida! Hoje sou uma nova Samantha”.


SEMINÁRIO

DONS CARISMÁTICOS DO ESPÍRITO SANTO 21 DE JULHO Á 02 DE SETEMBRO (SÁBADOS)

19h Capela Santa Terezinha Jd das Flores Realização Comunidade

om de amor Servindo no amor e alegria

Informações

Tel: (12) 3929-4872 www.tomdeamor.com.br


Informativo